*Destaque Europa Mercado Mercedes Benz Sedãs

Mercedes-Benz Classe A Sedan deve chegar em 2018 mas com posicionamento diferente

mercedes-classe-a-sedan Mercedes-Benz Classe A Sedan deve chegar em 2018 mas com posicionamento diferente

O futuro Mercedes-Benz Classe A Sedan já está a caminho, mas chegará de uma forma diferente da aguardada pelo mercado mundial, segundo a revista inglesa Autocar. O sedã de acesso da marca alemã não será exatamente a porta de entrada para o segmento de sedãs de luxo da montadora.



Essa tarefa continuará com o cupê quatro portas CLA, que ganhará uma segunda geração por volta de 2018. O esperado Mercedes-Benz Classe A Sedan, rival natural dos Audi A3 Sedan e BMW Série 1 Sedan, ficará acima do próximo CLA e abaixo do atual Classe C. Sua chegada é aguardada para o fim de 2018.

A mudança de posicionamento do Mercedes-Benz Classe A Sedan surpreende, já que se esperava exatamente o contrário, um sedã menor e mais barato que o CLA, como pode ser visto na projeção acima. Os ingleses contam que o objetivo do novo sedã será reforçar as vendas em mercados-chave, tais como China e EUA.

Assim como o CLA e os demais Mercedes-Benz de tração dianteira nativa, o Classe A Sedan terá a plataforma MFA, mas já em sua segunda geração. Ele terá opção de tração frontal ou integral. A gama de motores deve se concentrar em motores de quatro cilindros Renault-Nissan 1.5 diesel e 1.6, além dos novos motores 2.0 movidos por gasolina ou diesel.

O que intriga é o tamanho do Mercedes-Benz Classe A Sedan. Como já se sabe, os atuais A3 Sedan e Série 1 Sedan medem em torno de 4,45 m com entre eixos variando de 2,63 a 2,67 m, respectivamente. Com isso, o novo sedã deveria ficar acima dos 4,63 m e 2,70 m de entre eixos do CLA atual e abaixo dos 4,68 m e 2,84 m de base do Classe C, mas pode não ser assim.

[Fonte: Autocar]

COMPARTILHAR:
  • Filipo

    Mais um carro pra mercado emergente!
    E esse chute de posicionamento da Autocar é bem errado. Não há espaço para sedan entre CLA e Classe C.
    Claramente ficará abaixo do CLA, sendo um Classe A com porta-malas saliente.
    Mercado: China, India e Brasil.

    • Ⓜ️arcelo

      Também estou contigo, caso contrário seria um CLA com o terceiro volume mais saliente, ou seja, mais do mesmo, um erro estratégico significativo que eu diria até insano.

    • PEDAORM

      Concordo, até devido ao perfil coupé da carroceria do CLA, as alemães sempre cobram mais pelos seus coupes comparado aos sedãs equivalentes.

    • João R

      é possível colocar no mercado emergente dar uma de “joão sem braço” com um carro de categoria inferior para re-posicionalo em 2-3 anos no preço de um classe C-CLA? resposta: SIM.
      Tem aí a “coisinha”, porque isso aí é uma coisinha, pronta para encarar os 100-130mil reais dos seguintes mercados: ansiosos por uma marca premium e totalmente acomodados pelas marcas medias que ainda enxergam algo de positivo em pagar valores estratosféricos nos corolla, Fluence, Jetta, Focus, etc…
      O Clase A e CLA são pequenos (vagas trasseiras). Isso aí… mais do mesmo com pior style!
      O único sinal positivo que eu enxergaria no mercado seria… o mercado NÃO aceitando esse produto da Mercedes por valor superior a 90mil (paridade atual de Eur a 3,8… é claro).

      Enfim… Mercado Automotivo para emergentes… sem surpressa nenhuma! Vai que o consumidor emergente para 2017 amadurece?!

  • Raimundo A.

    Se o CLA não consegue ser tão barato quanto um A3 sedan e o acho com espaço interno similar ou pior ao Audi devido as formas coupe da carroceria, isso sendo maior nas medidas, o que dizer do MB A sedan com possíveis medidas entre o CLA e o C? Vai ser mais caro que o primeiro e com isso, ao meu ver, perderá competitividade com o C que é o MB que mais vejo nas ruas.

    O cara compra um CLA pelo estilo coupe, equivale a um CLS do MB C. Isso porque não tem algo abaixo que é o estranho na estratégia. Só faz sentido, mais pela China, onde há variantes alongadas de vários sedans. Um A maior que o CLA e pouco menor que um C a depender do estilo terá demanda. Quem acha o C comum pequeno irá comprar um alongado ou CLS.

  • RKK

    Que confusão, Classe A Sedan e CLA não deveria estar na mesma categoria ?

    • Dudu Pimentel

      Não, o CLA é um cupê compacto, já o Classe A sedan, é um sedan compacto premium…o primeiro tem proposta voltada a esportividade, já o segundo é voltado a família.

    • PEDAORM

      Devem ser variantes da mesma família de veículos, A (hatch e o novo sedan), GLA (com provável futura variante coupé), CLA (coupe 4p e shooting brake)

  • Paulo Vítor

    Totalmente desnecessário. Aumenta ainda mais a sobreposição de produtos. Só precisa baixar o preço do CLA para algo mais condizente com a proposta e o mercado.

  • Gran RS 78

    A Mercedes está meio perdida com seus sedans de entrada, pois o CLA está custando mais caro que o Classe C, que é superior e custa mais que ele em qualquer lugar do mundo. Esse sedan do Classe A já existe e se chama CLA, era só a marca pedir o preço certo que ele iria vender mais que o A3 sedan.

    • 4lex5andro

      Possivelmente vai acontecer de a Mercedes precificar o Classe A sedan, entre o hatch e o CLA, e este ficar no lugar dos Classe C ”básicos” ou de menor preço.

      Isso pra países como o Brasil, viabilizando um sedan (como o CLA, quase do tamanho do classe C) menos caro de produzir que o classe C, mas vendido com preço equivalente.

  • Jeremias Flores

    e como vamos fazer aqui, que o classe C é mais em conta que o CLA????

    • No_Name

      Segmento D mais barato que segmento C, seria como o Fusion ser mais barato do que o Focus… o povo brasileiro é muito sem noção. Acontece essas coisas porque o povo não entende o que está comprando.

  • Martini Stripes

    Não faz sentido

    • 4lex5andro

      Talvez seja uma estratégia da MB ter um sedan de menor valor de produção em um degrau superior (no caso, CLa e classe C); como tal estratégia hipoteticamente iria funcionar.

      O classe A sedan ficará entre o hatch e o CLA em países como o Br, e este vai ser vendido no ”lugar” dos C 180 ou C 200 por exemplo.

      Os preços do classe C ficarão um pouco majorados, mas o menos caro CLA ficará em tese, com as vendas que seriam do classe C (são sedans de porte quase igual).

      Reiterando que é uma suposição que explicaria o modus operandi da Mercedes com seus sedans de base.

  • Luis Burro

    Achei q CLA já fosse o sedan do Classe A!

    • Dudu Pimentel

      No início tb achei, mas ele é um cupê, não um sedan…isso faz dele um modelo esportivo, sem servir bem uma família, já esse novo modelo vai suprir oq o CLA não consegue e como em carros com porta-malas separado das cabines quem compra são chefes de família, eles tb se preocupam com espaço interno, outro ponto que o CLA é deficiente, por ser esportivo, entendeu? Esse modelo virá para quem tb precisa de espaço interno e assim atender a essa grande parcela de compradores. Se eu pudesse, tinha os 2: o CLA para passeios de fds e o Classe A Sedan para viagens mais longas.

  • Kaian Reis

    mas o CLA já não é o sedã do classe A?

  • pedro

    Não cabe nada entre o CLA e o C. Tanto que hoje o C é o mais barato.

  • Cristiano_RJ

    Deixa ver se entendi. Se no Brasil o CLA é inexplicavelmente mais caro que o Classe C e o Classe A Sedan será mais caro que o CLA, logo, em nosso país, teremos um Classe A Sedan mais caro que o Classe C? Pode isso Arnaldo???!!!

    • André

      É obvio que o Classe A sedã será mais barato que Classe C, isso pensando em mercado mundial. No Brasil, qualquer bizarrice é possível.

  • oscar.fr

    Este posicionamento não faria sentido. O CLA deveria estar para um eventual Classe A sedan assim como o CLS está para a Classe C sedan. Além disso, complica ainda mais o incompreensível posicionamento da Mercedes brasileira, com o CLA mais caro que a Classe C.

  • Dudu Pimentel

    Classe A sedan vai ser um mini Classe C…o CLA vai continuar a ser a carroceria Classe A…foi oq eu entendi.

  • ALVIN_1982

    Poderia ter uma nomenclatura diferente, CLE, por exemplo, para esse modelo, e criar uma família menor realmente A-Class, um A, para o hatch, ALC para um cupê 2 portas, um ALE para o sedan do A hatch, e um ALS, para uma versão alongada que poderia fazer sucesso na China.

  • Elinho Casagrande

    Não sei de onde a Mercedes tira que o CLA é de entrada. Aqui no Brasil um CLA200 custa o mesmo que uma C200.

  • Lucas Duarte Martins

    Podiam transformar o CLA num belo coupé duas portas e deixar por isso mesmo

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email