Lançamentos Mercedes Benz Preços Sedãs

Mercedes-Benz Classe A Sedan inicia vendas a partir de R$ 139.900

Mercedes-Benz Classe A Sedan inicia vendas a partir de R$ 139.900

O Mercedes-Benz Classe A Sedan finalmente chega ao mercado brasileiro. Importado do México, o sedã médio da Daimler desembarca em duas versões com preços distintos, conforme apuramos em consulta à rede autorizada. A versão de acesso é a Style e seu preço é de R$ 139.900. A segunda, mais completa, é a Advance com valor de R$ 169.900.


Ambas oferecidas no A 200 Sedan, elas chegam numa faixa de preço competitiva se compararmos com o irmão maior, o Classe C. Tanto é que a marca alemã iniciou uma campanha de vendas para o C 180, que será o mais atingido com a chegada do novo sedã. O Classe A Sedan chega em motorização única, inicialmente, sendo esta de origem Renault.

Mercedes-Benz Classe A Sedan inicia vendas a partir de R$ 139.900

Trata-se do motor 1.33 Turbo (1.332 cm3) de quatro cilindros com turbocompressor e injeção direta de combustível, entregando 163 cavalos a 5.500 rpm e 25,5 kgfm entre 1.620 e 4.000 rpm. O câmbio é automatizado de dupla embreagem com sete marchas 7G-DCT, tendo tração dianteira, já que compartilha a plataforma MFA2 com o Classe A hatch e outros como CLA, GLA e GLB.


Com esse conjunto, o Mercedes-Benz A 200 Sedan vai de 0 a 100 km/h em 8,1 segundos e tem máxima de 230 km/h. Medindo 4,549 m de comprimento, 1,992 m de largura (com retrovisores), 1,446 m de altura e 2,728 m de entre eixos, o sedã premium tem 430 litros no porta-malas e apenas 48 litros no tanque, sendo 5 de reserva.

Mercedes-Benz Classe A Sedan inicia vendas a partir de R$ 139.900

Visualmente, o Mercedes-Benz A 200 Sedan chama atenção por suas rodas de liga leve aro 18 polegadas com pneus 225/45 R18 de série, assim como multimídia MBUX com comando de voz intuitivo, sem acionamento por teclas. Usa-se palavras-chave “Olá”, “Oi” ou “E Aí”, seguidas de “Mercedes”.

Desde ajustes do ar condicionado até a persiana do teto solar elétrico, o comando de voz inteligente liga e desliga diversos equipamentos a bordo. O sedã vem ainda com duas telas de 7 ou 10,25 polegadas para cluster e multimídia (Style e Advance, respectivamente). Ambos vêm com Android Auto e Car Play, além de câmera de ré.

Mercedes-Benz Classe A Sedan inicia vendas a partir de R$ 139.900

O Classe A Sedan na versão Style vem com grade em estilo diamante e para-choque com design “A-wing”, inspirado na AMG. Por dentro, os bancos podem ser totalmente em preto ou azul escuro, assim como em biton de cinza claro e escuro com costuras vermelhas. Na Advance, traz frisos cromados nas janelas e duas saídas de escapes.

Por dentro, detalhes de volante, portas e guarnição em alumínio, sendo a última em metal escovado. Os bancos com revestimento ARTICO tem duas opções de cores: preto ou bege. O banco do motorista tem ajustes elétricos e memória. Há teto solar panorâmico.

Mercedes-Benz Classe A Sedan inicia vendas a partir de R$ 139.900
Nota média 3.7 de 9 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Gabriel

    Eu iria de Civic Touring + remap, ainda sobraria uma grana.

    • Bruno

      Com CVT ? Não tem nem comparação…

      • Gabriel

        Pro dia a dia e estrada isso não me chateia em nada, já pra brincar ai sim.

    • th!nk.t4nk

      Olha, tive um C200 por 2 anos, peguei completaço, e tive a oportunidade de fazer o test-drive justamente num novo A200 (hatch). Eu te diria que pra um casal sem filhos é um carrinho que surpreende. O MBUX é sensacional, nao existe nada com esse nível de ergonomia e integração no mercado hoje. O interior está mais bem cuidado, e esse motor dá conta com folga mesmo na Autobahn. O A45 é justamente um que eu nao pegaria, porque pelo seu valor consigo pegar carros bem superiores (e que ainda assim andam bem, mesmo nao sendo foguetes). Um carro do naipe do A45 acho mais vantagem alugar por um fim de semana de vez em quando, dá uma brincada, e devolve (idem pra cabrios e outros modelos de nicho).

      • Gabriel

        Então, o A45 seria uma escolha irracional, pelo tesão mesmo kkkkkkkkk
        Certamente ele não me atenderia muito bem como único carro, mas teria vontade de encarar o desafio por um tempo, talvez ficasse com ele por um ano ou dois e trocaria em algum sedan.

        Alugar é uma boa ideia, mas aqui no BR deve ser difícil achar carros desse nível pra alugar (pelo menos na minha região)

        • Também creio que no Brasil quem tem um AMG , mesmo um classe A, dificilmente vai ter somente um carro na garagem, no mínimo mais um ou até dois.

      • Edson Fernandes

        Mas vem cá…. no sedan do Classe A, são incriveis 2,72m de entre-eixos. Ele ficou bem maior que o hatch possivelmente.

        Esse deve ser espaçoso.

        Será que esse não daria certo em um casal com um filho?

        • th!nk.t4nk

          É Edson, não entrei no sedã, mas acho difícil que tenham mudado os bancos. Nao adianta alongar o entre-eixos e manter o mesmo interior. Ficar com metade das pernas “no ar” no banco de trás é osso. Mas concordo que com filhos pequenos deve ser mais do que o suficiente mesmo.

    • Andre Luiz Melo

      Amigo, na boa, não tenho porque puxar sardinha por uma das marcas, pois tenho em um casa um A3 e um HRV ambos 2019, além de uma CLA mais antiga.
      Não dá para comparar com uma Mercedes. Sem duvida iria de CLA.
      Carro , quem quer comprar com a razão vai de carro “popular” de entrada. Acima de 100 mil , entra a “emoção “, assim como quem aprecia vinho não se contenta com um espumante abaixo de 50 reais, indo para as caríssimas champanhes francesas…..

    • Abdallah

      Cara, gosto é gosto mais vou t dizer comprei um civic touring atualmente e que arrependimento, iria facil nessa mercedes, com certeza seria melhor.

      • Luan Rayan

        Investe num remap stg2 que o ânimo volta….

      • Edson Fernandes

        Pq o arrependimento?

    • fsjal

      Civic Touring com aquele acabamento meia boca e câmbio CVT por 130 mil não dá pra engolir

    • Samuel Jesus de Sousa

      Estão comparando Mercedes com VW logo abaixo, agora comparam com a Honda. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK é de rir

      • th!nk.t4nk

        Já teve matéria aqui onde um comentarista insistia que o Passat era mais carro que BMW Série 5. Não concordei, e ainda me aparece outro cara dizendo que o Passat era mais carro até mesmo que o Mercedes Classe E. Vish. Daí caí fora, pois religião não se discute.

  • F30FLORIPA

    Jetta GLi ou A Sedan ?

    • Paulo Lustosa

      GLI sem dúvidas

    • Lucas

      Jetta, sem nem pensar muito.

    • Gabriel

      Jetta, mesmo eu não tendo gostado esteticamente dele.

    • Marcelo Amorim

      Se status importa,Mercedes.

      • Eric PB

        Não só status. Conforto e acabamento idem. Pois pagar 150k no jetta e ter aqueles plásticos feios na porta traseira e encosto de cabeça costurado como em um kwid não é nada legal, sem falar na maior quantidade de itens tecnológicos presentes no mb. Tamanho? o entre eixos do mb também é superior aos 2,68 do jetta. Na minha opinião o publico do jetta são pessoas mais jovens, que querem um visual mais chamativo e potencia de sobra no motor, mesmo que não a use em 90% do dia, mas só saberá ao tê-lo. Já na mercedes, para quem já possui um a3 sedan, a4, a5 seminovo, bmw 320, v40 e não quer voltar para as marcar generalistas…sei lá é a minha opinião.

        • Verdades sobre o mercado

          Quanto aos intens tecnológicos você fala no A Sedan completo, porque no básico provavelmente vai perder pro JEtta GLI.

          • Cristiano_RJ

            Perde e perde feio.

        • Cristiano_RJ

          ” pagar 150k no jetta e ter aqueles plásticos feios na porta traseira e encosto de cabeça costurado como em um kwid não é nada legal”

          Isso é verdade. Mas o carro tem outros atrativos que o tornam interessante. E não me refiro só ao motor. Mas o que não é nada legal, mas nada legal mesmo, é comprar uma Mercedes-Benz com volante SEM couro, regulagens manuais do banco do motorista e com ar de uma zona só. Isso me incomodaria muito mais.

          “sem falar na maior quantidade de itens tecnológicos presentes no mb”

          Não. Na versão de R$ 140 mil a falta de itens em relação ao Jetta é notória. E até mesmo a versão Advance, bem mais cara, certamente não terá itens como ACC e farol alto dinâmico. Diferente do acabamento, que é um ponto de crítica, conteúdo tecnológico do Jetta GLi é muito bom.

          “Já na mercedes, para quem já possui um a3 sedan, a4, a5 seminovo, bmw 320, v40 e não quer voltar para as marcar generalistas…”

          Isso não é verdade. Tenho uma 320i e já tive uma 120i também. E tanto o Jetta GLi quanto o Civic Touring são fortes candidatos a meu próximo carro. Essa Classe A na versão Style de entrada, com o que relatei acima, jamais!

          • Eric PB

            Meu irmão tem um civic touring é um baita carro mas não possui os itens da Mercedes e nem uma central bacana como a do jetta gli. Estou me referindo a versao topo de linha da Mercedes. Pois qm esta disposto a dar 150k no jetta pode pagar 19mil a mais na mercedes e subir de patamar. Nao estou desmerecendo o jetta, mas por esse valor é mais sensato optar pelo Passat. Tem um colega aqui q comprou passat pra PJ por 135k. Mesmo a preço padrão de 169k aí eu poderia tender ao passat. Mas jetta não.

            • Cristiano_RJ

              “Estou me referindo a versao topo de linha da Mercedes. Pois qm esta disposto a dar 150k no jetta pode pagar 19mil a mais na mercedes e subir de patamar.”

              Estamos falando em uma diferença de 17% a mais que o Jetta GLi (R$ 145 mil) ou 21% em relação à pelada versão Style do A200 sedan (R$ 140 mil). Se isso não fosse nada, então, qual é a lógica da MB lançar essa versão vergonhosamente pelada? Certamente porque sabe que há consumidores que mesmo podendo, não estão disposto a gastar tanto em um carro e outros que na realidade estão em busca de um sedan generalista topo de linha, mas que se tiverem um Mercedes-Benz por pouco mais, fazem um esforço para poder chegar aos R$ 140 mil. Ou seja, já estão no seu limite. Se isso não fosse verdade, só lançariam a topo de linha e ponto final.

              Pense assim, a diferença do Jetta GLi e do Classe A sedan Advance é equivalente à diferença entre:
              – Cronos Precision A/T e Cronos Drive M/T.
              – Civic Sport CVT e City EX.
              – Corolla XEi x Yaris Sedan XLS.

              Se 17% não fossem nada, então por que razão alguém compraria o Cronos Drive manual ou o City EX ou o Yaris sedan topo de linha? Compram, porque não podem ou não querem pagar mais. Idem para o Classe A 200 Style. O mesmo raciocínio é válido para o Jetta GLi. Isso sem contar com o fato de que simplesmente querem um carro esportivo. E com esse motor 1.3 você terá tudo, mesmo esportividade.

              • Eric PB

                Motor 1.3 que vai de 0-100 em 8s esta ótimo. Assim como a gla versao de entrada não representa nem 20% das vendas essa classe a de entrada idem. Aguarde e verá. N misture publico de city e cronos com Mercedes.

                • Cristiano_RJ

                  Esse motor é ótimo, mas não é esportivo. Se o cara quer esportividade E uma Mercedes, ele irá olhar para uma A250 Vision, mas aí o preço supera os R$ 200 mil. E estamos falando de um carro na faixa dos R$ 140 a R$ 150 mil. Então, ou o cara leva o Jetta GLi ou o Golf GTI ou estica um pouco mais e leva um Civic Si. Jamais se contentaria com esse 1.3.

                  PS. Não consigo acreditar que você foi capaz de interpretar que no meu comentário anterior há alguma insinuação de mistura entre os públicos do City / Cronos com o de Mercedes.

                  • Eric PB

                    Motor não é tudo. Prefiro o refino dos materiais do mb e o conforto que o carro me trará (conforto de bancos, isolamento acústico, qualidade sonora)
                    Nao esqueça q entre-eixos da mb é maior, por consequência é para ter um espaço tão bom quanto do jetta. Jetta soh tem motor e um painel digital. De resto ele não se diferencia em nada na concorrência na qual ele briga e qm dirá na categoria premium. Se eu for gastar 169k iria de Mercedes ou passat, mas esse jetta nao. Ele não é referencial nem na categoria dos 100-110mil onde não vende bem quem dirá nos 150k. Colocaram um motor bacana nele e um painel digital e puxaram o preço 40mil reais acima e não vale. Simples assim. Veja o qnto de vendas q esse gli vai ter no mercado e dps veja a desta classe A. Ai some os consumidores q compraram uma v40 e demais premium que no seu pensamento ‘deveriam ter comprado o jetta’ pelo preço.

                    • Cristiano_RJ

                      Motor não é tudo, mas é fundamental para quem buscaesportividade. Portanto, se o cidadão está procurando um carro familiar com pegada desportiva, o Jetta é ótima opção, e esse A200 sedan é carta fora do baralho. Se você prefere o refino dos materiais à esportividade do Jetta é porque não está buscando um carro esportivo e sim um carro sofisticado. Só tome cuidado porque carros premium de entrada só costumam ter de sofisticação a etiqueta. Poderás se decepcionar.

                      Entre eixos não quer dizer nada. Tive uma 120i com 2,69 de entre eixos mas espaço interno de Fiat Uno.

                      “Jetta soh tem motor e um painel digital. De resto ele não se diferencia em nada na concorrência na qual ele briga e qm dirá na categoria premium.”

                      FALSO! O Jetta tem vvários itens exclusivos no segmento e outros que Classe A nem sonha em ter. Entre os principais estão:piloto automático adaptativo, banco com ajustes elétricos com memória e ventilação, frenagem autônoma de emergência, faróis altos automáticos, etc. Se quiser, podemos ficar aqui apostando item a item, concorrente a concorrente e verás que tenho razão no que afirmo.

                    • Eric PB

                      Em nenhum momento disse q procuro a esportividade do jetta. Ate pq pelo motor, como eu disse, o Passat é uma escolha muito mais sensata. Vc nem sabe os itens que a classe a vira na versão topo e já está presumindo a falta de itens. Com a excessao do acc, bancos com memória mb tbm tem assim como a conviniencia da mbux q até abre o teto ao comando da voz em detrimento de um farol alto automático (eu q ando 99.8% na cidade) não usaria esse item nunca. Sempre será assim, uns tem certos itens e outros diferentes… Um dos meus carros possui vários itens como sensor de chuva, farol automático, AR dual zone e resumindo a opera são poucos usados e o AR dual em temperaturas muito divergentes soh prejudica o verdadeiro resfriamento da cabine. Enfim eu iria de mb ou passat.

    • Bruno

      Dúvida cruel, pensei no mesmo.

    • Rodolfo Deo

      Se status importa, Mercedes, se não, procure um Passat 2018 semi-novo, anda tanto quanto e é bem mais equipado e refinado que o Jetta.

      • MonHoe

        Um novo com teto solar sai por 169 mil, muito melhor que um Classe A sedan topo de linha

      • Cristiano_RJ

        O Passat é maior e mais refinado, mas também é mais caro que o Jetta e está prestes a mudar, além de ser mais caro. O Jetta é um projeto novo e a versão GLi, recém lançada. Além de mais barato, anda mais que o Passat e é mais equipado. Perde feio no acabamento, mas ganha em outros pontos. Questão de prioridades.

    • Andre Luiz Melo

      Comparar um VW com uma Mercedes? Deve estar de brincadeira. …. está parecendo aquelas comparações das SUVs da CAOA dizendo que é melhor do que a concorrência…..
      Eu NUNCA deixaria de comprar uma CLA para ir de Jetta, se for do grupo VW iria de A3, e ainda te digo mais, a CLA é superior ao A3 (falo por experiência própria).
      O GLi continua sendo um VW com um motor mais possante.
      Só te lembrar , um VW similar em porte e motorização custa menos do que um Audi , que custa menos que um Porsche, basta ver os valores (reais do zero km) do Q5 e do Macan….

      • MonHoe

        O acabamento do Passat é do mesmo nível desse Classe A, vc só percebe muitas diferenças quando olha um Classe C pra cima, e ainda ganha mais espaço, mais motor e mais tecnologia que nos MB vindos pro Brasil até uma simples câmera de Ré eles capam

      • Verdades sobre o mercado

        Depende das prioridades… se for para aparecer (status) é MB na cabeça sem pensar 2 x. Se for por emoção de dirigir Jetta GLI sem dúvidas… tudo vai das prioridades… e também tem a questão da manutenção … e o A Sedan de 140k certamente vai vir bem fraquinho de equipamentos, tanto é que faz semanas que tem release deste carro e nada sobre os detalhes da versão de entrada, apenas se fala das tecnologias disponíveis que o carro tem (obviamente apenas na versão de 170k)

        • Eric PB

          Esse negócio de emoção ao dirigir é coisa de quem é jovem ou usa bastante na estrada. No meu caso, ainda relativamente jovem, 32, meu carro é usado 99.8% na cidade. Não preciso da potencia extra do jetta, já tive um carro com motor thp (excelente) mas tal potencia não tinha serventia rsrs. Obviamente que na estrada é excelente…mas meus carros atuais dão conta do recado. Eu iria de mercedes, seu motor dará conta do recado muito bem, tendo um acabamento superior ao jetta, além de itens de série inexistentes no vw. Não há comparação.

          • Verdades sobre o mercado

            Eu não iria de nenhum dos 2. Também rodo eminentemente na cidade, portanto não preciso do ótimo desempenho do Jetta GLI e não estou nem aí para o status da MB, além de não me agradar o custo de manutenção das marcas “premium”. Agora se fosse obrigado a escolher entre um e outro levaria o Jetta GLI pois certamente será mais equipado que o A Sedan de entrada e não gastaria tanto na manutenção.

            • Eric PB

              O jetta eh 150k, prefiro pagar 19mil a mais e ir de Mercedes. O mb de entrada com certeza virá mais pelado.. isso concordo. Sao públicos diferentes.

              • Verdades sobre o mercado

                Se tivesse que ser sedan (não é a minha preferência), iria de Civic ou Jetta 1.4 TSI (quem sabe o Novo Corolla), gastava bem menos e estaria muito bem atendido dentro das minhas expectativas. O dinheiro economizado aplicava parte em investimentos, parte em viagens.

      • Cristiano_RJ

        Sinceramente não entendo essa babação com carros de marca premium de entrada como se fossem infinitamente superiores e acima até mesmo de serem comparados com carros topo de linha de marcas generalistas. Discordo fortemente disso. E falo isso como proprietário de uma 320i e que também já teve uma 120i e um Jetta Highline de geração anterior. Com relação a Mercedes, em 2018 fui para os EUA e aluguei uma GLA 250 por 10 dias. O acabamento é muito bom. Nível similar ao da 320i (a Classe C está acima). Mas o carro em si não tem nada demais. O Jetta GLi tem um acabamento com altos e baixos. Bem inferior ao de um Mercedes-Benz, mesmo de entrada. Mas carro não se resume a isso. Além de muito mais motor, espaço interno e porta malas, o Jetta GLi tem um conteúdo bem superior a essa A200 Style, que custa praticamente o mesmo preço. E esta, por sua vez, tem faltas imperdoáveis para um carro de R$ 140 mil, como por exemplo, não tem forração de couro no volante, a regulagem dos bancos é manual, o ar condicionado é de uma zona só e o painel digital é minúsculo, de apenas 7″. Ah, e também não tem as saídas de ar para os passageiros traseiros. Portanto, se for para gastar R$ 140 mil em um sedan, prefiro colocar mais R$ 5 mil e levar o Jetta GLi ou economizar R$ 10 mil e pegar um Civic Touring ao invés desse Classe A sedan Style.

    • Júnior Nascimento

      Se você quiser qualidade construtiva e acabamento, vai de Mercedes. Se só quer motor, de Jetta.

      • Cristiano_RJ

        Acabamento, tudo bem, o do Mercedes é superior, mas quem disse que a qualidade construtiva do Classe A é melhor? Não se deixe impressionar pela etiqueta. No mais, opta pelo Jetta, quem além de mais motor, quer mais tecnologia embarcada, mais espaço interno e mais porta malas.

    • Edson Fernandes

      Precisaria pensar no que vc quer. Sei que a comparação foi pensando na motorização e preço. Mas aí precisa ver o que um te agrada para comparar com o outro.

      E te digo mais… quem compra o Classe A não compra o Jetta e vice-versa.

      • Eric PB

        Concordo contigo. São pessoas que já estão em um a3 sedan, bmw 320, volvo v40 s60, por aí vai. Comparar aquele plástico de fox na porta traseira do jetta com uma mercedes não tem sentido. o Vw só ganha no motor, mas a MB atenderá muito bem.

      • Cristiano_RJ

        Edson, discordo dessa afirmação de que “quem compra o Classe A não compra o Jetta e vice-versa”. Eu mesmo sou uma prova disso. Quem é consumidor de sedans generalistas topo de linha, também pode comprar sedans premium de entrada e vice-versa Vai depender das prioridades de cada um. Quando vi a notícia de que esse Classe A Style viria por R$ 140 mil, fiquei até empolgado, porque não queria pagar muito mais do que isso em um carro novo. Mas depois de ver um vídeo dessa versão Style, percebi que as faltas dele me desagradariam muito mais do que suas qualidades. O Jetta tem sim acabamento inferior, fato. Mas é muito superior em conteúdo embarcado. Isso sem falar no motor, espaço interno e porta malas. Ainda não saíram as avaliações completas desse Classe A sedan, mas pelo visto apenas a versão Advance, por R$ 170 mil, é que valerá a pena. Mas aí já são R$ 25 mil a mais.

        • Edson Fernandes

          Eu concordo e te entendo. A grande questão é que para eu considerar um Jetta concorrente direto desse Classe A, seria o R Line, que não deve NADA a versão Style do MErcedes(exceto acabamento).

          O modelo GLi é de nicho simplesmente porque o patamar dele lhe da opção de outras fabricantes que podem colocar a rivalidade forte como opção.

          Vc mesmo possui um BMW hoje. Não te imaginaria consideraria nada inferior e por isso vc citou o Jetta GLi. Mas convenhamos que seu perfil é tbm emocional apesar das suas racionalidades.

          Eu particularmente sou bem parecido contigo. Eu entre os dois possivelmente pensaria no Jetta. Mas se eu fosse considerar a versão Style do Classe A, colocaria o Jetta 1.4 na mente também.

    • Jeanphil

      Ficaria na dúvida… mas o Jetta ficou muito sem sal, parece um Virtusão! Acho que economizaria um pouco e ia de Passat.

    • Danilo

      Com uma estrela de três pontas na dianteira eu iria de velocípede ao invés de um VW (que a tradução se eu não me engano é “carro do povo”). Kkkkkk

    • Junio Tavares Silva

      razão ou emoção?

  • Marcelo Lima

    Eu fico imaginando quem a Mercedes contratou para projetar um painel tão horroroso (não é feio…é horroroso mesmo). Acho que até o painel do Toyota Etios é menos feio que este do Mercedes A200 sedan.

    • Paulo Lustosa

      Realmente o painel está horroroso

    • Gabriel

      Calma la fera, esse painel é mesmo horrendo, mas dizer que o do etios é menos feio acho exagero.

    • Aderson Caldas

      Esse painel parece a frente doFiat Multipla! Feio demais mesmo!

    • El Gato!

      Cara… sério, devo estar olhando uma foto diferente do resto do povo aqui… pelo visto, sou o único que gostou!

    • Rodrigo Pasini

      Tanto painel quanto o volante são horríveis.

    • th!nk.t4nk

      Dica: faça o test-drive. Eu também tinha achado bem esquisito, e virei fã desse painel. Ele foi concebido pra ser usado, pra ser ergonômico, e nao apenas pra ser bonito. Como eu queria que meu 320d tivesse a MBUX viu! Penso até em voltar pra Mercedes só por conta disso, foi um baita acerto deles!

    • Matheus

      Achei lindão esse painel!! Todo digital…

    • André Martani

      Prefiro um Mercedes com painel horroroso do que um Etios com painel feio…kkkkkkkk

  • El Gato!

    Acredito que possa mexer com o mercado de médios. Não vejo ameaça ao GLI, por ser uma proposta muito específica. Mas muitos vão colocar mais uns cruzeiros e desistir do Civic Touring para ter uma Mercedes na garagem.

    • Rodolfo Deo

      Não é simples assim, donos de Honda são fiéis, e é preciso colocar na conta a diferença de valores pra manter um Honda e uma Mercedes, sem contar que o pós-venda da MB é bem críticado.

      • Edson Fernandes

        Além disso, tem a questão de revenda com desvalorização e liquidez. O dono de Honda pensa muit nisso mesmo abrindo mão de mtos itens de série.

        • El Gato!

          Sim Rodolfo e Edson, são pontos importantes de análise, mas vejam: estou falando de uma forma mais genérica. Nosso mercado é recheado de pessoas que desejam ter status em vez de qualidade. O típico “pra vizinho ver”. Me refiro à esses quando menciono uma “mexida” no mercado, que pode ser uma mexida leve, é verdade. Mas que vai ter muita gente que irá preferir gastar mais R$ 10 mil e trocar o Honda pela estrela de três pontas no capô, isso vai!

          • Edson Fernandes

            Assim como irão existir o oposto…rs

            Quem compra um carro desses sem analise, certamente é realização de um sonho. Foi isso que motivou as fabricantes inclusive a produzirem localmente.

            Engraçado que no meu perfil, eu já talvez compraria um Jetta R-Line por R$110900(preço ofertado em SP) se for considerar motorizações “civis” guardando um bom troco no bolso. E o JEtta teria mtas coisas que já seriam de meu desejo.

      • Filipe Melo

        Um conhecido meu é gerente de uma grande corretora de seguros aqui no estado e, conversando com ele esses dias, o mesmo falou que estava com uma ” dor de cabeça “. Um retrovisor de uma MB para trocar. 10k. Então, como você falou, para manter uma MB precisa de muitos bolsonaros.

  • Jetta GLI ou A Sedan ou Passat ? Dúvida cruel!

    • th!nk.t4nk

      O Passat é uma barca bem confortável e completa. Nao tá no nível de um Classe C em dinâmica, tecnologia e conforto, mas se aproxima o suficiente (já tive ambos pra comparar). Vejo como o carro familiar definitivo, pra quem busca custo x benefício. O Classe A Sedan é bem menor, principalmente atrás (com bancos curtos, que nao apoiam bem as pernas) e tem uma pegada mais esportiva ao volante. É também bem mais tecnológico e tem refinamentos que valem a diferença (como a MBUX, que o Passat nao tem nem cheiro de algo parecido). Se você não tem muita necessidade de espaço, recomendo fácil o novo Classe A. Dê uma boa olhada pessoalmente e faça o test-drive, que vai ficar fácil decidir.

      • Rodolfo Deo

        Pra Realidade do Brasil o Passat seria a melhor pedida co o semi-novo, já que é vendido na versão completa, e tem boa oferta com baixa km, por menos que os 139 do A de entrada.

        • Marcos Megda

          Não dá nem pra comparar. Opção muito melhor

        • Edson Fernandes

          Além de ter o Active Display Info que tbm é muito bom.

      • Marcos Megda

        Mas vale lembrar que a MBUX completa só está presente na versão top de 170k. A de entrada é bem mais simples

        • Edson Fernandes

          Bom saber! O texto deu a entender que poucas coisas mudariam.

          Algo que seria bom era a versão de entrada ter rodas menores que aro 18″. Essa roda vai ser um inferno para rodar em SP.

          • Verdades sobre o mercado

            Certamente a versão de entrada vai ter rodas menores (aposto no máximo 16″). Creio que virá sem alguns itens “básicos” para a faixa de preço (comparando com os sedans de marcas generalistas) como bancos em couro, câmera de ré, piloto automático, sensor de estacionamento, apoio de braço central, entre outros.

            • Edson Fernandes

              Tbm concordo com vc. Apoio de braço não, mas é ridiculo ver que até um sensor traseiro com camera de ré é tido como algo super revolucionario num opcional por volta dos R$2000 geralmente.

  • zekinha71

    Um Classe A ou um HR-V, que dúvida cruel.

    • Danilo

      Por pouco não duvidei da ironia, se não já ia soltar uns palavrões referente a sua pessoa kkkkk

      • zekinha71

        kkkkkk, nosso mercado está tão louco que criou essas aberrações.

        • Danilo

          kkkkk a gente ri, mas só pra não chorar!

    • Edson Fernandes

      Acredite…. eu vi no grupo do HRV uma mulher comprando o HRV Turbo.

      Motivos de compra:
      – Já tinha um EXL anteriormente
      – Queria um carro não tão grande (como se a HRV fosse pequena)
      – Citou não ter nada no mercado igual

      Qdo eu li os argumentos, eu prefiro que a pessoa venha e diga: “Eu comprei pq o dinheiro é meu e eu gosto do carro” do que ela vir com argumentos nada racionais.

      De cara tem o Tucson 1.6T no mesmo preço. Então realmente não tem “nada igual”, mas sim superior. Mas o HRV é mais economico… mentira, em medições ambos tem o mesmo consumo. Se colocarmos o 3008 na jogada ele é mais que o HRV turbo.

      Dito isso, o Tucson e 3008 são ainda mais completos. Voltando a situação de carro “não tão grande”. Ela queria um carro altinho, logo poderiamos citar então já qu eela veio pedir carro turbo, um C4 Cactus THP. Afinal, é perfeito para o que ela disse! não quer um carro grande, mas quer bem equipado e com motor turbo. E por fim, digo que as pessoas não sabem comprar o que desejam. Compram pela emoção seja um carro de R$50000 a um carro de R$140000.

      Eu não vejo problema comprar por emoção, o que eu vejo de problema é ficar deturpado e vender como se tivesse tido uma compra super normal, super racional com base em pesquisa e querer citar isso num grupo de HRV. Nem as pessoas donas de HRV aprovaram essa compra ou argumento(virou chacota).

      Enfim…. eu acho que para tudo tem bom senso, eu sei que no seu caso é uma zoeira, mas eu fico impressionado que existam pessoas que estejam dispostas a pagar isso em um carro compacto. A Honda com certeza viu que consegue vender e está vendendo a esse valor.

      Dureza vai ser o Civic Touring que vai ficar a R$149900 na reestilização sem aumento de conteudo. (e já confirmado por concessionario)

      • El Gato!

        Quanto ao “(…) citou não ter nada no mercado igual”… Isso ela tem TODA A RAZÃO, amigo. If you know what i mean… =D

        • Edson Fernandes

          Dureza viu. Eu não gosto mto de dar essas respostas, pq o gosto e necessidade de cada é mto especifico. Mas qdo a pessoa responde de forma emocional e tenta colocar racionalidade na sua emoção, isso não dá.

          É o mesmo que dizer que foi pra disney e não ter curtido o castelo da Disney. Para né…. vc tá lá…. vai curtir…rs

          Agora seja diret, comprei e pronto. Era oque eu queria. Ninguem vai poder criticar o seu poder de compra e decisão, não joga para os outros uma decisão que vc tomou…rs

    • Leandro Rech

      Eu fico de HR-V sem dúvida nenhuma, pelo menos quando quiser vender terá alguém querendo comprar, se contar custo de manutenção e espaço.

      • Cristiano_RJ

        Sempre haverá um comprador para qualquer coisa. A questão é, a que preço? Ou você acha que a desvalorização desse absurdo HR-V Turing será igual à do HR-V EX, a versão mais vendida?

  • Mr Tony

    Já que a compra da Ferrari miou, vou nesse aí mesmo….

  • Danilo

    Cadê os haters dos câmbios de dupla embreagem? Dizem que nem na Ferrari são confiáveis, onde vocês estão agora?

    • RodrigoABC

      E motor de origem renault, quero ver os haters.

      • Edson Fernandes

        Ser um motor Renault é um belo de apelo positivo. Sempre foram considerados motores robustos. Então nessa parte, o carr oesta bem.

        O que o pessoal adora pegar no pé é dizer que devido ser um motor “Renault” ele deixa de ser essencialmente um Mercedes…rs

        E eu fico imaginando como esse motor deve ser economico.

  • 1945_DE

    E cadê a Classe X aqui no Brasil. Não vai ter nem exemplar para colecionadores? KKKKKKKKKKKKK
    Um carro nesse preço, e não tem nem uma dobradiça tampográfica no porta-malas. O meu antigo VW-Bora tinha.

    • Pedrob

      pantográfica*

  • Fabio Marquez

    A versão de entrada é muito pelada… Mas vai falar com os haters que muitos sedãs médios de outras marcas são melhores pedidas, faltam te bater. Se for para comprar um carro que custa uma fortuna uma troca de oleo, seguro caro e desvalorização alta, que seja na versão mais completa.

  • RPM

    Espetáculo de carro….mas imprestável para se usar aqui na banânia….Ipva,seguro,revisões,qualidade do combustível,qualidade das vias,segurança…..vish

  • RKK

    Mercedes-Benz A 200 Sedan Style ou Honda HRV Touring ?

  • FREDRED

    Muitos falam do Civic Touring, mas nem se quer andaram nele ou viram de perto, Eu pilotei por 2x e andei mais de 50 km em estrada (indo de itupeva a indaiatuba, aquela cheia de curvas e infelizmente muitas lombadas) de um amigo meu, posso dizer com total certeza em parte de desempenho e estabilidade o carro deixa a desejar, na retomada após curvas ele não ia bem, podia estar com o sport ligado ou não que a ecu demora pra entender que vc quer acelerar, ache o lag entre acelerador + câmbio + ecu muito alto, e por mais que os haters e justiceiros de comentários não irão aceitar, senti mais segurança e confiança fazendo a MESMA curva com meu Rs do que Civic, esse que custa o dobro.

    • Edson Fernandes

      Interessante. TE digo que numa estrada sinuosa, a melhor forma de usar um CVT é usando o modo sequencial. Para carros como o Sentra que não o possuem, usar o botão overdrive ajuda demais a ter força.

      Mas só para vc saber, mesmo o 1.5 turbo, a Honda calibra a transmissão para ser voltada a economia. Tanto que no HRV turbo, a transmissão tem programação diferentedo Civic.(dizem que é anestesiada no Civic).

      Agora, sacanagem pegar o seu SAndero RS como comparação. O seu carro foi feito para track days. Logo, resposta de acelerador sera mais rapida, a forma de apontar o carro em curvas será mto mais esportiva de fato. Vc sabe até que ponto vc pode atingir o limite de tração dele ou não.

      Sei que vc citou preço, mas esse é justamente o diferencial dos carros preparados para te dar prazer ao volante. O Civic faz mto bem curvas? Faz… mas o CVT definitivamente o DELE não é para isso. Então toda essa lentidão dita por ti, será em prol do consumo. Só que veja, a maioria dos donos não são tão amantes das curvas e qdo pisam é na reta. E atualmente é isso que ocorre nos carros. Eles tem até uma boa direção, mas o carro não foi calibrado para te dar tudo que ele poderia ofertar. E é aí que entra o Civic SI que “anda menos que o Touring” mas deve ter uma direção mais afiada.

      Mas mesmo assim, eu entendi o que vc quis dizer e no meu caso eu particularmente abriria mão por flata de recursos no Civic. Acho que o Jetta 1.4 uma boa opção ainda que ele tenha sido capado em relação a versão anterior.

      • FREDRED

        Não sabia dessa das trocas sequências no cvt , ele tem as borboletas, mas vi relatos que a troca é mais lenta ainda, procede?

        • Edson Fernandes

          Vou te dizer com base no Fluence que tem só o sequencial na alavanca: Não procede.

          As trocas de marchas são extremamente rapidas. Só que não espere uma experiencia de sensação das trocas… não tem.

          Tanto que as vezes no Fluence, me obrigo a olhar no painel para saber qual marcha eu estou de tão rapido e suave que é! A não ser que eu solte o pé do pedal a cada troca, aí sinto “a mudança” de marcha.

          Mas é que não faz mto sentido tirar o pé do acelerador já que vc está fazendo uma aceleração interina né?

          Devo te dizer, eu acho isso algo espetacular de tão rapido que é. De tudo que eu possa reclamar, as trocas de marchas com certeza estão longe de serem ruins.

    • El Gato!

      Esse lag dele é MUITO irritante, realmente. Fora o CVT extremamente ruidoso. Mas devo dizer que gostei do comportamento dele em curvas, em uma tocada mais geriátrica. Achei ele “no chão”.

  • Tulio Bianchini

    Temos dados do consumo? Ele vai vir Flex?

  • Baetatrip

    Carros mais eletronicos……… E cada vez menor o tanque de combustivel….!
    Tem montes que mal chegam a 50L…… Autonomia porca!
    Essa MB e tão feinha que nem deveria existir…..!

  • Freaky Boss

    O espaço interno do sedan é o mesmo do hatch?
    Gosto muito dos carros da mercedes mas nesse caso, se for, eu não colocaria esse classe A sedan na minha lista não.

  • Marcos Paulo

    Eu iria de Fusion mesmo com a Ford Agonizando kk

  • Alvarenga

    Para um motorzinho de dentista até que tem bons numeros de desempenho !
    Talvez seja uma boa opção aos BMW, que não são confiaveis ( e antes que alguem chore eu posso afirmar isso dos BM por experiencia propria )

    • GPE

      320i 2014 por 5 anos, 83mil KM e o único problema foi a bomba de combustível aos 75mil KM por culpa de gasolina adulterada. Carro íntegro, praticamente sem barulhos internos. A pessoa q comprou ficou amiga minha. Então isso é bem relativo. E o q eu escuto da BMW é mais coisa positiva do que negativa nos carros de 2012 p frente.

  • igomd

    Na faixa iria no Fusion Hybrid numa escolha mais racional se objetivo é ter sedan.

    Com mais cash na C180 Exclusive e sua frente clássica

  • roger ferraz

    Motor 1.3 por 170 k ?? Estão loucos . Após o lançamento vão vender esse carro por 150 e olha lá … ainda acho caro !

    • Cristiano_RJ

      Sem querer defender os preços, mas eu ainda prefiro esse motor 1.3 com 170 cv e 25,5 kgfm do que o atual 1.6 de 156 cv e os mesmos 25,5 kgfm da C180.

  • Brasil_MG

    Essa roda é maravilhosa!

  • Eduardo Edu

    Se for o mesmo painel que estava no ultimo salão do automóvel pra justificar a versão mais barata…parece uma calculadora

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email