Híbridos Mercedes Benz Peruas Salões do Automóvel Sedãs

Mercedes-Benz Classe C e Classe E ganharão versão híbrida a diesel

Mercedes-Benz Classe C e Classe E ganharão versão híbrida a diesel

A Mercedes-Benz prepara para o Salão do Automóvel de Genebra, que acontece entre os dias 8 e 18 de março, a apresentação de dois novos modelos para a sua linha. Trata-se da versão híbrida plug-in a diesel do Classe C e também do Classe E. Esta é a primeira vez que a fabricante alemã utiliza um propulsor turbodiesel de quatro cilindros com um motor elétrico num sistema híbrido.


Em ambos os casos haverá um motor Mercedes OM 654 2.0 litros turbodiesel de quatro cilindros, associado a outra unidade elétrica alimentada por uma bateria de íon de lítio de 13,5 kWh. Números precisos de potência e torque ainda não foram divulgados, mas a marca estima 122 cavalos de potência e 44,8 kgfm de torque para o motor elétrico e uma autonomia de 50 km, podendo chegar a 71,4 kgfm com os dois propulsores atuando simultaneamente.

Mercedes-Benz Classe C e Classe E ganharão versão híbrida a diesel

Ainda somente com o motor elétrico, o Mercedes-Benz Classe C Diesel Hybrid Plug-in e o Mercedes-Benz Classe E Diesel Hybrid Plug-in poderão ser conduzidos a até 140 km/h, contra 130 km/h dos híbridos anteriores da marca.


Mercedes C180

A bateria dos modelos da Mercedes-Benz poderá ser recarregada com um carregador rápido em apenas duas horas ou em sete horas com o uso de um carregador e tomada convencionais. A marca vai dispor de uma nova “Wallbox” para carregamento de carros elétricos na Europa, que terá um app para controle e será exclusiva para seus clientes, podendo ser expandida futuramente para outros mercados.

Mercedes-Benz Classe C e Classe E ganharão versão híbrida a diesel

O conjunto dos modelos híbridos plug-in a diesel vai incluir ainda do sistema Eco Assist, que usa dados de navegação, como informações sobre aproximações de declives ou intersecções, para sugerir ao motorista que ele tire o pé do acelerador para determinar o modo apropriado do conjunto híbrido. O condutor poderá selecionar manualmente ainda quatro modos de condução: Hybrid (seleciona automaticamente o melhor motor); E-Mode (totalmente elétrico); E-Save (usa o motor a diesel e economiza a carga da bateria para uso posterior) e Charge (carrega a bateria no modo regenerativo durante a condução).

Eles serão introduzidos nos próximos meses na Europa.

Mercedes-Benz Classe C e Classe E ganharão versão híbrida a diesel
Este texto lhe foi útil??

  • Mauro Banqueiro

    O futuro é agora

  • CanalhaRS

    Totalmente errada a posição dessa tomada de carregamento na Mercedes.
    Na primeira encostada alí o carro não pode mais ser recarregado.
    Inacreditável que nenhum engenheiro percebeu isso.

    • th!nk.t4nk

      Se acontecer, o cara simplesmente larga o carro na concessionária e pega o reserva (já precisei fazer uma manutenção de emergência e não deu 10-15 minutos pra sair com um reserva da concessionária, sem nenhum custo extra). O atendimento da Mercedes é sensacional.

      • CanalhaRS

        Legal isso, que bom.
        Mas, de qualquer forma, minha crítica é válida, não?

        • th!nk.t4nk

          É sim hehe. Pra você ver como nem mesmo a Daimler pensa em tudo. Eu mesmo tenho um bocado de reclamaçoes sobre meu C200 (mas minha lista de reclamaçoes de outros carros do segmento é maior ainda, entao beleza haha).

    • Lucas

      Bela observação. Ponto bem frágil e vulnerável.

  • Luis Burro

    Deve ser uma moto no consumo.Só trocaria por biodiesel.

  • Luis Burro

    Achava que a híbrida plugin dava pra recarregar com o movimento e freios regenerativos,deviam fazer uma versão que pudesse re/carregar em todas fontes de alimentação existentes.

  • Cromo

    E o consumo?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email