*Destaque Mercedes Benz Pickups Segredos-Flagras

Mercedes-Benz Classe X é flagrada no interior de São Paulo

mercedes-classe-x-flagra-1 Mercedes-Benz Classe X é flagrada no interior de São Paulo

A Daimler está preparando a chegada da picape Mercedes-Benz Classe X ao mercado brasileiro. O modelo vai atuar no segmento médio junto com as irmãs Renault Alaskan e Nissan Frontier, esta última já presente no mercado brasileiro.



A produção vai ocorrer em Santa Isabel, Argentina, onde a Renault investiu US$ 700 milhões para atualizar a fábrica no sentido de produzir os três modelos. A Mercedes-Benz Classe X flagrada pelo leitor Luiz Farias, na rodovia Ayrton Senna, sentido interior de São Paulo, não portava disfarces e nem camuflagem.

mercedes-classe-x-flagra-1 Mercedes-Benz Classe X é flagrada no interior de São Paulo

De acordo com o visual apresentado, no caso a grade com barras duplas dotadas de elementos vazados, bem como protetor central no para-choque em tom de cinza, a Mercedes-Benz Classe X é da versão Power, podendo ser a X250d, apesar da ausência de alguns elementos presentes nesse pacote, tais como estribos laterais e barras no teto, por exemplo.



A Mercedes-Benz Classe X flagrada, no entanto, estava calçada com rodas de liga leve aro 18 polegadas, faróis de neblina com moldura cromada, maçanetas e frisos das janelas com o mesmo acabamento, assim como o para-choque traseiro, que ainda portava engate para reboque.

mercedes-classe-x-flagra-1 Mercedes-Benz Classe X é flagrada no interior de São Paulo

Como se pode ver, a Mercedes não faz questão de que a Classe X fique oculta aos olhos alheios e a exibe tranquilamente em uma via de alto movimento de veículos. Aqui no Brasil, não será estranho vê-la em versões mais simples, tais como as X220d ou X250d sem as opções Progressive e Power.

Isto porque a marca alemã tem enorme tradição no segmento comercial, assim como no segmento de luxo. Por conta disso, a Classe X pode atuar bem tanto na gama de acesso quanto no topo de linha, onde a X350d vem com motor V6 3.0 de 261 cv e 55,9 kgfm, indo de 0 a 100 km/h em 7,9 segundos com câmbio automático 7G-Tronic de sete marchas, o mesmo da Nissan Frontier e Renault Alaskan.

mercedes-classe-x-flagra-1 Mercedes-Benz Classe X é flagrada no interior de São Paulo

Por ora, ela não possui versões com cabine simples, embora haja opção de tração 4×2, o que não deve ocorrer por aqui, mantendo-se inclusive apenas propulsão a diesel, como a rival Amarok. Para isso, existem as versões X220d e X250d com 163 cv e 40,9 kgfm ou 190 cv e 45,7 kgfm, que podem ser manual de seis marchas ou automática de sete.

Com a Mercedes-Benz Classe X atuando de forma mais abrangente, já que dificilmente veremos as irmãs com motor V6 3.0, então a Alaskan pode atuar melhor no segmento de entrada com versões como chassi cabine, enquanto a Frontier fica num patamar mais intermediário, mantendo sempre a cabine dupla. Das três marcas, a Mercedes deve ser a que mais atrairá a atenção dos clientes, sejam particulares ou frotistas.

Mercedes-Benz Classe X – Galeria de fotos

Agradecimentos ao Luiz.

COMPARTILHAR:
  • edgar__rj

    Com certeza irá tirar grande quantidade de vendas da Hilux… Ja que quem compra nesse patamar quer mais status que custo X benefício…

    • Maycon Farias

      Talvez esse carro nem vai dar muito status, quem realmente for entendido sabe que somente a mecânica e alguns retoques são da Mercedes o restante é da Nissan.

      • Cesar Penna

        A estrelinha já é 90% do status. Além disso a Mercedes pode até usar mecânica Nissan no projeto, mas o interior de um Mercedes tem um padrão mínimo de acabamento bem acima de um típico Nissan.

        • Maycon Farias

          Um dia ainda quero ter uma estrelinha dessa, pode ser até uma 180 usada. kkkkk

          • Filipe Augustus

            Me recordo quando era pequeno, eu andei numa 190E acho que 1993 de um amigo do meu pai, e lembro que andar vendo a estrela no capo de dentro do carro era muito legal!

        • th!nk.t4nk

          No Brasil a Mercedes de forma geral é 90% status mesmo, mas na Europa vende bem porque realmente a qualidade de projeto de seus produtos é bem acima de média (o acabamento vira aspecto secundário até). Agora nessa X-Class, se mantiver a diferença de preço que têm na Europa, nao irá custar taaanto a mais assim e irá mesmo oferecer acabamento bem superior. Seria como optar por uma versao mais luxuosa da nova Frontier sim, o que é justo.

        • ObservadorCWB

          Será ?? As Sssang Young (ou sei lá como se escrevia isso) tinha o POWERED BY MERCEDES bem grande estampado e nem por isso venderam….

          • what_the_hell??

            Também, aquelas ali eram mais feias que bater na mãe no dia de natal!!! :))))))))))))

    • Lucas

      Você tem razão, mas num país feito por gente racional, uma Mercedes jamais seria comparada com um Toyota. Só no Brasil mesmo que marca popular como Toyota é equiparada a uma alemã premium em preço e, se bobear, em status.

    • Tiago GV

      Quer apostar quanto de que 99,9% dessas classe X nunca vão ver terra na vida. Lembro de uma situação que presenciei onde uma moça de um Gol bola estava estacionada (corretamente) na rua no centro da cidade (rua apertada), quando chegou a uma senhora, dona da casa do lado da vaga onde ela estava estacionada, com uma Amarok, e começou a xingar a moça do Gol por que ela não conseguia virar pra entrar na garagem.

      • Filipe Augustus

        Dependendo da rua e de como os carros estão estacionados não da mesmo, lembro que uma vez estourei a frente de um HB20X que estava metade na frente do meu portão, eu fui entrar e acabei pisando no acelerador sem querer e levei a frente embora, ainda bem que meu carro já estava batido! Nunca mais vi o dono do HB20 parar nem na frente do meu prédio! Acredito que as pessoas tem que ter coerência até para estacionar na rua e não parar muito próximo a garagem de ninguém, principalmente em ruas apertadas de bairro!

        • Edson Fernandes

          E digo mais: A pessoa que para na rua (eu sou um exemplo) tem que ter bom senso. As vezes seu carro “cabe no limite” mas isso não quer dizer que isso simplesmente resolve a questão do estacionar.

          As vezes precisa ter noção da pessoa que vai precisa entrar ou sair do local. E eu acho um absurdo quem não respeita isso só em nome de parar onde quer.

          Eu mesmo parei numa vaga rpoxima de um portão, mas joguei um pouco mais a frente por entender que ali se a pessoa dona da casa precisar sair, vai sair sem dor de cabeça (ainda porque, tem carros parados nos dois lados da rua).

          Mas já mta gente folgada mesmo com o carro com uma “partezinha” para fora do local permitido. Pra mim deveriam tomar multa.

    • REDDINGTON

      Pode atrapalhar, mas nada que a Toyota vá se preocupar. Te explico o por que, MINHA opinião: Primeiro preço, estão falando que a Top pode chegar a 300 mil reais(!!!), número de concessionários: mesmo a MB Caminhões vendendo a pick-up, não chegará ao número de lojas Toyota. Se ela vier tão cara assim: seguro, revisão e desvalorização serão altos como todo MB. Toyota tem peso no nome, claro não se compara a MB, e a Hilux tem nome nos mercados onde ela está presente. E as vezes a propaganda vem da concorrência. Antes de lançar a Amarok, o presidente da VW disse que pegaram picapes médias ao redor do mundo e foram testando…S-10, Ranger, Hilux, Frontier, L200 etc…a que quebrou por último foi a…Hilux, onde ele apontou: “Temos que bater essa”! (FONTE :REVISTA MOTOR SHOW não lembro a edição.)Temos que esperar e ver o preço real, já que tem MUITA especulação por ai.

    • Edson Fernandes

      Duvido viu. Na hora de ver a manutenção, o dono de um Toyota corre de um Mercedes.

    • rodrigo

      Mas o preço é ridiculo da mercedes, apesar de ser uma mercedes e ter o acabamento interno no minimo 3x melhor que qualquer picape media. Mas 260mil ja é preço de ram 2500 que mesmo sendo uma mercedes, perde de status pra uma ram 2500, que é digno de ser chamado camioneta de homem e demonstra robustez.

  • Filipo

    Eu (minha opinião) penso que não faz sentido comprar esse veículo, tendo a Frontier (praticamente mesmo carro) por um preço bem inferior. Principalmente as versões X220d e X250d, que usam motor Renault-Nissan.
    Só pelo melhor acabamento (que nem achei tão superior) e a estrelinha de três pontas na frente? Não vale!

    • Filipe Augustus

      Achei a versão Renault a mais bonita das três!!!!!!

      • Edson Fernandes

        Que talvez não venha em nosso mercado. Curiosamente ela tem um visual interessante e um interior com mescla de cores que me agradaram mais tbm1 (a Renault)

    • Nossa, mas você já entrou na versão Mercedes antes dela ser lançada?

    • th!nk.t4nk

      Viu o carro ao vivo ou analisou o acabamento por fotos?

      • Filipo

        Ambos por fotos! Vai me dizer o que? Que ao vivo o acabamento superior justifica a discrepância de preços entre versões de um mesmo veículo?

        • th!nk.t4nk

          Por isso comentei acima: aqui na EU a versao de Mercedes custa só uns 3 mil a mais. Assim acho válido, porque tem sim diferença de acabamento (seria como pegar um pacote adicional, mas de acabamento). Mas se a diferença de preço for grande no BR, lógico que nao compensa e viraria algo só pra status (mais provável mesmo).

    • what_the_hell??

      E vai ter a irmã Renault Alaskan também, certamente! Mas aí acho que o preconceito vai acabar prejudicando as vendas!

      Vide o Captur, que NA MINHA OPINIÃO, tem um bom conteúdo comparado com a concorrência, mas tem vendas pífias! Tem vários defeitos, como o acabamento fraco, motor apenas razoável etc. Mas tem muito espaço (porta-malas tb) e altura do solo, 4 airbags, leds nos faróis, ESP/TCS e chave hands free desde a versão de entrada entre outros itens. Pelos preços até mais baixos que as concorrentes (85k), eu achava q ia vender bem.

  • rodpe

    Enquanto a MB não melhorar a central multimídia fica difícil…

    • th!nk.t4nk

      Como assim? É um dos melhores sistemas do mercado. Desde o Classe C oferece tela de 12″ de alta resolução, rápida pra caramba e reconhece até meus garranchos no touch pad. Só o sistema de Audi vence, na minha opiniao. Se você estiver falando dos Mercedes de alguns anos atrás, aí realmente deixava a desejar, mas nos produtos atuais está excelente.

      • rodpe

        Ah bom, pq o uso do sistema da MB até recentemente era sofrível.

        • th!nk.t4nk

          Era ruinzinho mesmo. Mas recomendo experimentar o novo, ficou muito bom. Mesmo as legendas bem pequenas de ruas ficaram bem definidas e fáceis de ler. Ficou bonito com o mapa 3D também (apesar de eu preferir o normal).

    • ObservadorCWB

      Já melhoraram. Até o lugar certo nas no painel das versõs de TOPO e ESPORTIVAS já acertaram. Chega de coisas “jogadas” no painel…

  • viola

    Por mais que a grande midia nao assuma, é sim uma FRONTIER GOURMET.

    • Luciano RC

      Sim… basicamente é isso. Mas vai vender horrores.

  • Alexandre Soares

    A quanto será que vem? 250 mil para cima?

    • Punta-tacco

      O preço será no mesmo patamar das outras vendidas por aqui, o acabamento dela não será padrão Premium com onos carros e SUV da Mercedes. Talvez a Versão V6 até tenha um acabamento melhor, mas acho isso pouco provável.

      • Luciano RC

        Acho que somente a V6 vai custar mais caro. Os modelos com motor menor, deve custar o mesmo que Hillux e S10.

    • th!nk.t4nk

      A diferença de preço na Europa é relativamente pequena pra Frontier. No Brasil é sempre uma incógnita.

  • TFSI

    Uma coisa que ninguém falou, até agora, foi as luzes da placa de cor AMARELA. Destoa completamente do conjunto PREMIUM que essa caminhonete terá. Acho que só a AMAROK tem as luzes de LED na placa em toda a sua gama, corrijam-me se eu estiver errado.

    • Edson Fernandes

      E também essa luz halogena de iluminação? Tbm é amarela… não me parece a versão de topo essa aí.

  • Marcus Vinicius

    Essa unidade da Classe X veio da Espanha !

  • Sergio Quintela

    Ela será do segmento luxo ou comercial?

    • ObservadorCWB

      Será do segmento Luxomercialshopping ……

  • JAG

    Poderiam colocar o motor 2.0 Turbo flex da Vítor, ficaria um carro muito bom!

    • Edson Fernandes

      Primeiro irão testar o mercado e talvez se der certo, coloquem.

  • octavio cesar godoy

    Imaginem importações abertas e uma bela gmc por aqui? isso sim é truck, uma F150, uma dodge ram 1500. Bom, mas como vivemos nessa porcaria de país, temos que aguentar essas pseudos camionetes com preço de Range rover

    • Luciano RC

      Pelo que parece, o problema nem é a importação e sim o problema do Diesel. Se elas forem homologadas para 1 tonelada, passa o PTB de 3500kg e vira caminhão. Parece que a RAM estava tentando homologar a 1500 para se enquadrar como camionete, mas não estava conseguindo.

  • marcos wild

    Frontier da Mercedes,

    nada mais que isso.

  • David Diniz

    Com tanto álcool na gasolina é melhor mesmo que só venha com motor diesel.

  • Mauro Banqueiro

    Está bem carregada. Nenhum dono fará isso 😂😂😂😂😂

  • Franco da Silva

    Já deve ter vigília dos agroboys em frente a concessionária, esperando essa “maravilha” que vai unir os dois mundos deles! Pode cobrar 300 mangos, Mercedes. Eles vão pagar.

    • Luciano RC

      Pior que está tendo mesmo.

  • Luciano RC

    Meu sogro viu foto dela e já ficou todo contente… me disse que lançando, já vai comprar. Não entendo esse povo.

  • rodrigo

    No começo dessa historia achei o maximo uma picape mercedes. Agora eu vejo uma nissan maqueada(e mal maqueada) pela mercedes.. Como usuario de picapes nao compraria. Prefiro amarok v6

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email