China Mercedes Benz Sedãs

Mercedes-Benz CLS ganha motor 1.5 na China

Mercedes-Benz CLS ganha motor 1.5 na China

O Mercedes-Benz CLS é um carro de grande porte e se espera que o mesmo tenha motores igualmente volumosos. Com 4,998 m de comprimento, 1,890 m de largura, 1,435 m de altura e 2,938 m de entre eixos, ele tem boas dimensões.


Ainda que tenha os motores M256 3.0 seis em linha e OM656 2.9 diesel, também com seis cilindros, o Mercedes-Benz CLS da atual geração (C257) tem ainda dois propulsores de quatro cilindros: M264 2.0 e OM654 2.0, respectivamente a gasolina e diesel.

Mercedes-Benz CLS ganha motor 1.5 na China

Na China, porém, a Mercedes-Benz resolveu descer um pouco mais no tamanho do motor e agora disponibiliza o modelo CLS 260 com propulsor 1.5 Turbo. Trata-se de uma unidade que tem 184 cavalos a 6.100 rpm e 28,5 kgfm entre 3.000 e 4.000 rpm, funcionando no lugar do 2.0 normalmente usado no Classe C, por exemplo.

Embora a Daimler tenha ainda este último motor, na China, os propulsores até 1.500 cm3 possuem incentivos fiscais melhores que aqueles impostos aos que ficam acima disso. Seguindo a tendência de adicionar motor 1.5 em vários segmentos naquele mercado, o CLS 260 surge como nova opção de acesso, abaixo dos CLS 300 e CLS 350.

Mercedes-Benz CLS ganha motor 1.5 na China

Apesar do pequeno tamanho, o Mercedes-Benz CLS 260 vai de 0 a 100 km/h em 8,7 segundos com velocidade máxima de 250 km/h e consumo médio de 13,9 km/l. O sedã de luxo com estilo cupê custa 576.800 yuans ou R$ 467.680.

Elegante, o Mercedes-Benz CLS tem acima disso, a versão 300 com motor 2.0 Turbo de 299 cavalos e 40,6 kgfm, assim como a versão CLS 350.

Mercedes-Benz CLS ganha motor 1.5 na China

Acima disso, o propulsor de seis cilindros 3.0 com 367 cavalos na CLS 450 e 435 cavalos na AMG CLS 53 4Matic. Nesse último, o cupê quatro portas vai de 0 a 100 km/h em 4,5 segundos.

Na Europa, com diesel, o CLS tem versões 220d com 211 cavalos e 300d com 244 cavalos, ambos com o mesmo motor 2.0. Com propulsor diesel de seis cilindros em linha 2.9 vem com potências de 286 cavalos no CLS 350d e 340 cavalos no CLS 400d, ambos com tração integral.

Mercedes-Benz CLS 260 2020 – Galeria de fotos

[Fonte: Carscoops]

 

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • El Gato!

    Sem entrar no mérito dos países onde é comercializado, se tá caro, se tá barato, se o motor é x e poderia ser y… enfim… nossa, como ele é bonito, proporcional, elegante! A Mercedes acertou muito nessas linhas de design. Belíssimo carro.

    • Guilherme Melo

      pouts, eu não consegui ver grança nesse novo estilo da Mercedes, para mim o Mercedes mais bonito que existe eh o Classe G principalmente por não ter o novo estilo dos novos Mercedes

      • PEDAORM

        Apesar das atualização, esse tem o literalmente o velho estilo da marca.

      • 😎.

        Também gosto do AMG GT e só.

    • Lucasss

      É maravilhoso! Pessoalmente então nem se fala, ele tem um porte muito grande e imponente.

    • Diego Nascimento

      Pra mim, o modelo de 2008 é o mais bonito, de longe!!

  • G. de F.

    Esses 28,5 kgfm de torque devem fazer desse motor 1.5 uma opção bem interessante… Fora que, com qualquer up eletrônico disponível facilmente, não será nada complicado elevar a potência/torque disponível desse motor…

  • th!nk.t4nk

    Não deixa de ser um absurdo usar esse motorzinho nesse caro, mas admito que os números de desempenho não são tão terríveis quanto se espera. Agora, que realmente fica claro é como incentivo fiscal com base em cilindrada não faz sentido.

  • HENRY ME

    Acompanho modelo deste primeiro CLs esse design mais estranho ,além frente muito parecida classe A

  • PEDAORM

    Acho o desempenho suficiente… Não vejo maiores problemas. Um pouco triste para um CLS, mas atende bem, dependendo da faixa de preço pode ser uma boa.

  • AlexM-XR3

    Mesma potência de Uma C200 2013 que tivermos. (só que ela era 1.8 turbo) Conhecendo a dirigibilidade das MB’s creio que não decepcionará!

  • Bruno Silva

    Poderia trazer pelo menos a versão 300 com o 2.0 turbo pro Brasil, o 450 que vem pra cá é muito caro, 466.990.

  • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿® ✅

    Praticamente potência e torque de motores 2.0 Turbo de pouco tempos atrás, a BMW tinha(tem) um 2.0 turbo (320IA) com 184cv e 27,5 kgfm, se fosse 2.0 não tinha tanta aversão a ele, o problema aí é a baixa litragem que para alguns ainda é sinônimo de fraqueza.

    • th!nk.t4nk

      Olha, a principal diferença hoje entre um 1.5 forte e um 2.0 de potência similar é que o motor menor é bem mais barulhento porque mantém rotação mais elevada (vide o novo Classe A com o 1.3 e também o Série 1 com o B38 1.5). Em termos de desempenho em si as diferenças só ficam nítidas na estrada, quando o motor de menor cilindrada faz reduçoes bizarras nas ultrapassagens e o urro chega a incomodar (e aí o consumo vai pro espaço também). Penso que depende muito do uso. Eu pago caro num carro justamente pra aproveitá-lo na estrada, e aí quero toda a disposição e conforto nessa situação. Já pra quem roda basicamente na cidade e/ou tem um estilo bem tranquilo de direção, todos esses dão conta com folga.

      • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿® ✅

        Eu não acho que uma empresa como a Mercedes que preza pela qualidade de seus produtos iria fazer algo que beira ao amadorismo e botar algo que arranhe a image dela no carro, se ela viu que é possível colocar este motor e ter um desempenho bom, ela fez, o 2.0 turbo do AMG A 45 S com mais de 400cv tem potência e torque elevados para a cilindrada e nunca vi ninguém falando que é ruim, como eu disse no comentário muita aversão ao motor se diz somente pela cilindrada dele, porque de concreto mesmo nada, fora que se ninguém quiser o 1.5 tem outras opções, o ruim poderia ser se te obrigassem a comprar ele somente com este motor o que não é o caso.

        • th!nk.t4nk

          Meu comentário é justamente porque já andei muito em Mercedes e BMW com esses motores (1.3/1.5/1.6) e também nos de maior cilindrada de ambas. São muito bons sem dúvida, só quis apontar que a depender do uso eles não chegam a substituir um 2.0 de potência semelhante à altura (embora surpreendam bem). O grande erro que muita gente comete é considerar apenas valores de potência, pro bem e pro mal. Como disse em outro comentário: potência não é tudo.

          • McLovin

            Eu até concordo contigo que eu fico desconfiado com esses motores de baixo deslocamento gerando potência e torque muito “overlimit”. Prefiro motores de deslocamento maior trabalhando mais “folgados”. Mas acho exagero falar que há uma diferença absurda entre o 1.35 da Renault e o 1.5 Evo da Volkswagen.

  • Leandro Oliveira

    250km/h com 184cv??? Conta outra neh…. marketing mentiroso!

    • th!nk.t4nk

      Por que? Isso é comum nos carros alemães. Pra você ter ideia, meu antigo C200d tinha somente 184 cv e atingia 237 km/h divulgados, e cheguei a essa velocidade diversas vezes. Até o A220 (190 cv) chega a 240 km/h. Como o CLS tem menor arrasto aerodinâmico, atingir 250 km/h é perfeitamente possível.

  • MarcosGojira

    Esse carro era lindo…

  • Natán Barreto

    Pra ignorância de alguns motor pequeno é sinônimo de fraqueza, mas os tempos são outros. Prefiro um desses econômico e com potência e torque suficientes (180cv) do que um desnecessário aspirado ou V6

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email