Carros Conceito Lançamentos Mercedes Benz SUVs

Mercedes-Benz revela GLC conceitual movido a hidrogênio

mercedes glc f cell plug in 7

Confirmado no início deste ano, o Mercedes-Benz GLC em sua versão movida a hidrogênio deu o ar da graça. A nova variante do SUV foi mostrada ainda como conceito no evento “Road to the Future” da montadora alemã em Stuttgart e inclusive já foi confirmado para chegar à linha de produção em 2017.

Ao contrário dos outros veículos a hidrogênio, o novo GLC F-Cell será equipado também com um conjunto de baterias recarregáveis, sendo o primeiro híbrido plug-in de células de combustível produzido em série do mundo. O modelo terá uma bateria de íon de lítio de 8 kWh capaz de oferecer uma autonomia de aproximadamente 48 quilômetros.

mercedes glc f cell plug in 9

O sistema de células de combustível que equipa o Mercedes-Benz foi desenvolvido em parceria com a Ford e está instalado no espaço que normalmente acomoda um motor convencional, movido à combustão. A energia elétrica é enviada a um motor que aciona as rodas traseiras. Portanto, o veículo não terá tração nas quatro rodas.

O utilitário-esportivo conta com dois tanques de hidrogênio, ambos feitos a partir de uma tecelagem ultra forte de fibra de carbono, sendo uma posicionada longitudinalmente sob o centro do carro e a outra transversalmente na traseira do veículo. A capacidade total de hidrogênio é de 4,3 kg, armazenada a 700 bar. O reabastecimento dos tanques pode ser realizado em apenas três minutos, comparável ao tempo necessário para reabastecer um carro a combustão.

mercedes glc f cell plug in 14

De acordo com a marca, o Mercedes GLC F-Cell consegue entregar autonomia de cerca de 500 km, sendo 450 km entregues pelos tanques de hidrogênio.

O GLC a hidrogênio estará disponível em mercados que já têm uma quantidade considerável de estações de abastecimento de hidrogênio, incluindo a Califórnia (EUA) e o Japão.

Galeria de fotos do Mercedes-Benz GLC F-Cell





  • sushiman

    vc viu na car blog :”Toyota vai comprar a GM”?

    • Ygor Soares

      Corrigindo o seu texto “Rumor: Toyota estaria interessada em comprar a GM”

  • ObservadorCWB

    Aqui já abandonamos a mandioca pelo menos. Veremos o que nos espera…

  • CanalhaRS

    Curioso ver os fabricantes adotando os cantos do carro para reabastecimento de energia ou hidrogênio. São os pontos mais vulneráveis a impactos. Um pequeno impacto nessa região basta para impedir o carro de ser reabastecido e rodar.



Send this to friend