Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

O Mercedes GLA 200 é um crossover de porte médio que é vendido no Brasil desde 2015 e que já foi produzido aqui, mais precisamente em Iracemápolis, interior de São Paulo, cuja fábrica permanece desativada.


Feito sobre a plataforma MFA2, ele agora está em sua segunda geração, que manteve o estilo geral, mas apresenta uma carroceria maior e 50 kg mais pesada. A mudança tornou o GLA 200 mais eficiente e com melhor performance.

Com motor em transversal, o GLA 200 é um Mercedes da nova geração que a Daimler decidiu investir para capturar novos clientes com produtos mais baratos e acessíveis. Pelo menos foi assim no início…

A nova geração do GLA se apresenta com 4,410 m de comprimento, 1,834 m de largura, 1,605 m de altura e 2,729 m de entre-eixos, tendo 435 litros no porta-malas e mantendo um conjunto de suspensão McPherson e Multilink.

Mais volumoso, o Mercedes GLA 200 é concorrente do BMW X1 e do Audi Q3, tendo um visual com carroceria mais elevada e arredondada, adicionando faróis full LED, guias de LED mais complexas e lanternas de LED ovalizadas.

Mercedes GLA 200 – detalhes

Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

Agora mais próximo de um SUV que o anterior, o Mercedes GLA 200 aposta num layout interno sofisticado com o conjunto cluster-infotainment MBUX, que traz uma experiência nova ao usuário com interface e interação por IA.

Basta dizer “Olá, Mercedes” para ativar diversas funcionalidades do veículo sem tirar as mãos do volante. São duas telas de 10,4 polegadas integradas, que dão ao carro um ambiente bem digitalizado.

O painel com acabamento em preto brilhante envolve os difusores de ar “turbina”, bem como inserção metálica no volante esportivo, presente do pacote AMG-Line, o GLA 200 se torna ainda mais atraente.

O túnel com touchpad e a alavanca da transmissão na coluna de direção, realçam a imagem de um legítimo Mercedes-Benz, com acabamento em materiais macios e suaves no painel, portas e bancos esportivos, além de interior escurecido.

As portas com botões que reproduzem os assentos elétricos dão mais impressão de luxo, mas os bancos com apoios de cabeça ajustáveis parecem de um carro bem mais simples. No teto, duas aberturas para o teto solar panorâmico.

Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

O banco traseiro tripartido tem projeção do assento fixo, enquanto os dianteiros são ajustáveis, garantindo mais conforto ao dirigir. Atrás, os apoios de cabeça também são móveis e lembra um carro mais barato.

No antigo, os bancos tinham apoios de cabeça integrados e com elementos vazados, devidamente iluminados. Bem completo, o Mercedes GLA 200 AMG Line vem com controle de cruzeiro adaptativo e frenagem automática de emergência.

Além de ar-condicionado dual zone, câmera de ré, rodas de liga leve aro 20 polegadas, retrovisores externos eletrocrômicos com rebatimento elétrico, Android Auto e CarPlay, estacionamento automático, entre outros.

O GLA 200 atual é equipado com o motor M282, sendo um 1.3 de quatro cilindros com turbo e injeção direta, que foi desenvolvido em parceria com a Renault-Nissan e tem 163 cavalos com 25,5 kgfm.

Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

Já a transmissão é a mesma de dupla embreagem com sete marchas, chamada 7G-DCT com modos de condução. Com itens diferenciados, o GLA 200 se mantém com tração dianteira e todos os controles possíveis, além de sete airbags.

Por conta da importação, a Mercedes-Benz decidiu trazer somente a versão AMG Line, que traz vários equipamentos e detalhes que o tornam mais esportivo, mas sem o desempenho do GLA 35 ou GLA 45, por exemplo.

Com esse conjunto o Mercedes GLA 200 atual vai de 0 a 100 km/h em 8,7 segundos e máxima de 210 km/h, mas com média de consumo muito boa, fazendo 10,4 km/l na cidade e 14 km/l na cidade, apenas com gasolina.

Leia também sobre o Mercedes GLA atual.

Modelo antigo

Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

No Mercedes GLA 200 anterior, o propulsor era o M274 1.6 também com turbo e injeção direta, mas entregando 156 cavalos e os mesmos 25,5 kgfm, mas a partir de 1.250 rpm ante 1.620 rpm do atual.

A transmissão era a mesma e a carroceria era mais baixa, com 1,569 m de altura, tendo ainda 4,417 m de comprimento, 1,804 m de largura e 2,699 m de entre-eixos, com 421 litros no porta-malas.

Com um visual muito parecido com o Classe A, o Mercedes GLA 200 antigo  parecia mais um hatch com suspensão elevada e frente levemente truncada, com grandes faróis de xénon e luzes diurnas em LED, integradas com os piscas.

Na traseira, as lanternas eram volumosas e em LED individuais, porém, o que chamava atenção era o aplique metalizado no central do para-choque traseiro, que incorporava as saídas de escape cromadas. A frente tinha uma boca parecida.

Por dentro, o GLA antigo tinha um conjunto mais sóbrio, porém, não menos rico. O cluster analógico de fundo preto não tem muitos fãs, assim como a tela da multimídia de 7 polegadas não sensível ao toque e suspensa.

Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

Ainda preso à filosofia que enaltece os botões físicos, o GLA anterior tinha um painel cheio deles, enquanto a chave presencial precisava ser inserida e girada em um slot para partida.

Já as portas tinham um bom acabamento, mas não superior ao atual, mas com os comandos dos assentos elétricos reproduzindo a imagem dos mesmos.

Já os bancos podem não ser eficientes nos apoios de cabeça, mas eram muito mais atraentes que os novos, com iluminação e aquele ar de esportividade pura.

Atrás era a mesma coisa nas laterais e ainda haviam luzes neles também, assim como sob os assentos dianteiros e painel. O teto solar panorâmico era menor, enquanto o túnel tinha um discreto botão de navegação.

Nos equipamentos, vinha com todos os controles e assistência à condução da época, menos piloto automático adaptativo e frenagem automática de emergência com detecção. Tinha modos de condução e ar-condicionado automático.

Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

Foi um modelo bem atraente para sua época, mas a proximidade visual com o A 200 era tão grande que era possível confundi-los. Mesmo assim, isso não atrapalhou o GLA 200, que acabou sendo nacionalizado.

Com a atualização visual, que o deixou mais sofisticado com faróis de LED e lanternas repaginadas, assim como para-choque dianteiros e rodas de liga leve, o GLA evoluiu bem, inclusive ganhando novo volante e uma versão aventureira.

O GLA 200 Enduro vinha com rodas aro 18 polegadas exclusivas, molduras estilizadas nos faróis de neblina e grade com frisos personalizados, dando uma cara diferente ao crossover alemão.

Mercedes GLA 200 – versões

Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

  • GLA 200 Style 1.6 Turbo 7G-DCT
  • GLA 200 Advance 1.6 Turbo 7G-DCT
  • GLA 200 Vision 1.6 Turbo 7G-DCT
  • GLA 200 Vision Black Edition 1.6 Turbo 7G-DCT
  • GLA 200 Enduro 1.6 Turbo 7G-DCT
  • GLA 200 AMG-Line 1.3 Turbo 7G-DCT

Equipamentos

Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

GLA 200 Style 1.6 Turbo 7G-DCT – Motor 1.6 Turbo com câmbio de dupla embreagem e sete marchas, tendo modos de condução e paddle shifts, além de bancos em tecido, faróis halógenos, rodas de liga leve aro 17 polegadas, lanternas em LED, luzes diurnas em LED, retrovisores com repetidores de direção, ar-condicionado automático, computador de bordo, multimídia com tela de 7 polegadas, Bluetooth, USB, volante multifuncional em couro, piloto automático, sensor de estacionamento traseiro, porta-luvas iluminado, retrovisor dia e noite, vidros/retrovisores/travas elétricos, direção elétrica com coluna ajustável em altura e profundidade, seis airbags, controle de tração, controle de estabilidade, assistente de partida em rampa, escape duplo, luzes de emergência em frenagem, chave presencial com slot de partida, entre outros.

GLA 200 Advance 1.6 Turbo 7G-DCT – Itens acima, mais faróis de xênon, sensor de estacionamento dianteiro, para-choques com apliques metalizados, bancos com padronagem diferenciada, banco do motorista com ajustes elétricos e 2 memórias, volante esportivo, rodas aro 18 polegadas com pneus 235/55 R18, navegador GPS, pacote de luzes internas, retrovisor eletrocrômico, escape duplo cromado, rebatimento dos espelhos externos, entre outros.

GLA 200 Vision 1.6 Turbo 7G-DCT – Itens acima, mais teto solar elétrico panorâmico, retrovisores externos eletrocrômicos, bancos em couro, soleiras exclusivas, banco do passageiro com ajustes elétricos, detalhes internos metalizados, entre outros.

GLA 200 Vision Black Edition 1.6 Turbo 7G-DCT – Itens acima, mais detalhes exteriores em preto, teto preto, tapetes personalizados, soleiras exclusivas, bancos com acabamento preto, pedais esportivos, entre outros.

GLA 200 Enduro 1.6 Turbo 7G-DCT – Itens acima, mais atualização visual com faróis de LED, faróis de neblina em LED com molduras exclusivas, rodas aro 18 polegadas atualizadas, grade com frisos duplos vazados, câmera de ré, entre outros.

GLA 200 AMG-Line 1.3 Turbo 7G-DCT – Motor 1.3 Turbo, mais faróis full LED, para-choques esportivos, pacote AMG Line de personalização, rodas de liga leve aro 20 polegadas com pneus 235/45 R20, cluster-multimídia com telas de 20 polegadas, MBUX, Android Auto e CarPlay, controle de cruzeiro adaptativo, alerta de faixa e ponto cego, estacionamento automático, alerta de tráfego traseiro, detector de pedestres com frenagem automática, faróis adaptativos, detalhes em alumínio, bancos personalizados, iluminação interna em LED personalizável, entre outros.

Preços

Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

  • GLA 200 Style 1.6 Turbo 7G-DCT – R$ 129.900
  • GLA 200 Advance 1.6 Turbo 7G-DCT – R$ 132.900
  • GLA 200 Vision 1.6 Turbo 7G-DCT – R$ 149.900
  • GLA 200 Vision Black Edition 1.6 Turbo 7G-DCT – R$ 152.900
  • GLA 200 Enduro 1.6 Turbo 7G-DCT – R$ 203.900
  • GLA 200 AMG-Line 1.3 Turbo 7G-DCT – R$ 325.000

Mercedes GLA 200 – motor

Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

O Mercedes GLA 200 foi equipado com dois motores diferentes no mercado nacional. O primeiro foi o M274, um propulsor de alumínio com duplo comando variável e 16 válvulas, acionados por corrente.

Com 1.595 cm3, o M274 tinha turbocompressor com intercooler e injeção direta com tecnologia flex na atualização, que ocorreu em 2017. Mesmo assim, a Mercedes-Benz seguiu a Volkswagen e BMW, não alterando potência e torque.

Assim, o M274 entregava 156 cavalos a 5.300 rpm e 25,5 kgfm a partir de 1.250 rpm. O torque máximo em rotação tão baixa era uma enorme vantagem do 1.6 Turbo do GLA, que trabalhava com uma caixa automatizada de dupla embreagem.

Esta tinha sete marchas e modos de condução, incluindo Eco, Normal, Sport, Sport+ e Individual, usando paddle shifts no volante. Essa caixa permitia um bom desempenho para o crossover da Mercedes.

A mesma transmissão foi adicionada à segunda geração, que trocou o motor pelo M282. Este é um desenvolvimento com Renault e Nissan, onde é conhecido como H5Ht e HR13DDT, inclusive com o primeiro estreando no Renault Captur 2022.

Feito de alumínio e também com quatro cilindros, o M282 tem 1.332 cm3 e as mesmas tecnologias do M274, mas aprimoramentos de ciclo de funcionamento, obtendo média de consumo muito superior ao antigo.

São 163 cavalos a 5.500 rpm e 25,5 kgfm a 1.620 rpm, devido ao volume menor, mas abastecido somente com gasolina. Apenas o equivalente da Renault terá sistema flex no Brasil e pode chegar a 170 cavalos.

Desempenho

Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

  • GLA 200 1.6 Turbo 7G-DCT – 8,8 segundos e 215 km/h
  • GLA 200 1.3 Turbo 7G-DCT – 8,7 segundos e 210 km/h

Consumo

  • GLA 200 1.6 Turbo 7G-DCT – 7,0/8,6 km/l e 10,0/12,7 km/l
  • GLA 200 1.3 Turbo 7G-DCT – 10,4/14,0 km/l

Mercedes GLA 200 – manutenção e revisão

Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

O plano de manutenção do Mercedes GLA 200 inclui preços fixos com revisões até 50.000 km, onde a marca de luxo alemã especifica os itens que serão trocados nas paradas, que ocorrem a cada 10.000 km ou 12 meses, o que vier primeiro.

Os preços das revisões são bem altos e a mais cara custa R$ 3.320, praticamente o custo de um carro compacto até 60.000 km. Mas, não é apenas por ser de luxo, visto que o custo total de R$ 10.620 é quatro vezes maior que o da Land Rover.

Nas revisões, são trocados óleo do motor, fluido de freio, filtro de óleo, filtro de ar do motor, filtro de combustível, filtro de ar da cabine, velas, líquido de refrigeração, correia em V, entre outros.

A rede Mercedes-Benz ainda substitui pastilhas de freio, molas, amortecedores, discos de freio, buchas de balança, bieletas, coxins de motor e câmbio, buchas das barras estabilizadoras, batentes hidráulicos das torres, entre outros.

Pneus são trocados e as rodas são alinhadas e balanceadas, tendo ainda serviços de funilaria, pintura e instalação de acessórios, bem como recall e higienização oxi-sanitária, bem como tratamento de couro.

Revisão10.000 km20.000 km30.000 km40.000 km50.000 kmTotal
M274R$ 1.110,00R$ 2.540,00R$ 3.320,00R$ 2.540,00R$ 1.110,00R$ 10.620,00
M282R$ 1.110,00R$ 2.540,00R$ 3.320,00R$ 2.540,00R$ 1.110,00R$ 10.620,00

Mercedes GLA 200 – ficha técnica

Mercedes GLA 200: motor, consumo, gerações, anos, revisão, fotos

MotorM274M282
Tipo
Número de cilindros4 em linha4 em linha
Cilindrada em cm315951332
Válvulas1616
Taxa de compressão10,3:110,6:1
Injeção eletrônicaDireta, turboDireta, turbo
Potência máxima156 cv a 5.300 rpm (gasolina/etanol)163 cv a 5.500 rpm (gasolina)
Torque máximo25,5 kgfm a 1.250 rpm (gasolina/etanol)25,5 kgfm a 1.620 rpm (gasolina )
Transmissão
TipoAutomatizado de dupla embreagem com 7 marchasAutomatizado de dupla embreagem com 7 marchas
Tração
TipoDianteiraDianteira
Direção
TipoElétricaElétrica
Freios
TipoDiscos dianteiros e traseirosDiscos dianteiros e traseiros
Suspensão
DianteiraMcPhersonMcPherson
TraseiraMultilinkMultilink
Rodas e Pneus
RodasLiga leve aro 18 polegadasLiga leve aro 18 polegadas
Pneus235/50 R18235/45 R20
Dimensões
Comprimento (mm)4.4174.410
Largura (mm)1.8041.834
Altura (mm)1.5691.605
Entre eixos (mm)2.6992.729
Capacidades
Porta-malas (L)421435
Tanque de combustível (L)5043
Carga (Kg)485600
Peso em ordem de marcha (Kg)1.4351.485
Coeficiente aerodinâmico (cx)0,310,28

Mercedes GLA 200 – fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.