Comprando e Vendendo Ford Hatches

Meu processo de compra de um Ford Ka zero km

novo-ford-ka-avaliacao-NA (57)

Olá, pessoal.

Depois de ler muitas avaliações e processos de compra de veículos, resolvi compartilhar a minha experiência de troca de carro. Eu possuía um Palio Attractive 1.0 2012/2013, lindo, vermelho, rebaixado e com rodas aro 17 do Punto Sporting. Tudo legalizado. O carro era completo, menos airbags e ABS. Tirando que é um tanto quanto fraco, me atendia bem, chamava atenção e eu estava até que satisfeito com ele.

Foi aí que veio a notícia, que mais uma filha estava a caminho. Passada a euforia, comecei a pensar no que seria necessário para quando a caçula chegasse. Como tenho uma outra filha de três anos que usa cadeirinha, precisava mudar o lado onde estava instalada. Como tenho 1,90 m de altura, o Palio ficou apertado demais para usar uma cadeirinha atrás de mim e um bebê conforto ocupa ainda mais espaço.

Então, chegava a hora de troca de carro. Na verdade, eu já estava doido para trocar mesmo, só não vou admitir para minha esposa. Parti então para a definição do modelo. Sedão não poderia ser, pois ficaria muito difícil para minha esposa fazer manobras. Ela odeia dirigir e um carro sedã seria o fim.

Em primeiro momento, eu queria um Focus Hatch até 2012. Gosto do carro e a distância entre eixos daria mais espaço para a cadeirinha, mas tinha que verificar. Outra opção seria um Fiat Idea, pois já tinha certificado que caberia a cadeirinha da minha mais velha atrás do banco do motorista.

Mas em todos os casos de compra eu teria que financiar uma parte, para não ter que baixar de ano em relação ao meu Palio. Financiamento de carro seminovo está pela hora da morte e eu achei também que poderia ser a hora de comprar um carro zero, após vários seminovos.Andei pesquisando sobre os hatches compactos atuais e comparando as medidas internas em busca de algo com mais espaço para o passageiro de trás. Entraram na briga o Gol, Fox, Punto, March, HB20 e Ka. Fox, Gol, March e Punto não tinham o espaço necessário. O HB20 daria, mas estava caro demais para o que apresentava em relação do Ford Ka.

Desde que o conceito do Novo Ka foi lançado, eu estava interessado nele. Achei o carro bonito, tinha um motor – de acordo com as especificações – acima dos concorrentes e cara de novidade. Já tinha feito um test drive uns meses antes e achei o desempenho bem melhor que o do meu Palio, mas esperava mais dele em baixas rotações, já que tem duplo comando de válvulas variável. Andei lendo alguns testes e reclamações de problemas pela internet, mas não era nada que desabonasse o carro a ponto de desistir dele, a não ser as reclamações de desalinhamento da lataria, que é algo que não tem muito concerto.

Nesse meio tempo, a VW lança o up! TSI. Cara, que vontade me deu de pegar esse carro, mas o tamanho dele é que não me atenderia. Imagina como deve ser aquela curva de torque quase plana do motor turbo. Então, um dia resolvi sair para dar uma olhada nas concessionárias aqui da região, para ver o quanto pagariam no meu carro e como eram as famosas promoções de taxa zero.

palio_attractive_1-0_026

Primeiro passei em uma revenda da Fiat. Custei a ser recebido por um vendedor e pedi para ver um Idea Essence 1.6. O carro seria o ideal para mim, mas quase R$ 60 mil não daria. Sem contar que para ter uma taxa zero, só com 80% de entrada. Bola pra frente!

Quase ao lado tinha uma concessionária VW, mas eu sabia que o Up! era pequeno. Mesmo assim não resisti em olhar. Fiquei impressionado, nenhuma alma viva no salão, mais parecia uma cena de “The Walking Dead” ou “Eu sou a lenda”. Simplesmente ninguém, nem mesmo um vendedor. Continuei andando pelo salão até que vi um up!, nem era o TSI, mas já valia de prova de espaço. Entrei, ajustei o banco e fui logo para trás. Que tristeza. Acho que nem sem a cadeirinha minha filha conseguiria se sentar ali.

Parti para um distribuidor Ford mais a frente. Fui recebido por uma recepcionista que foi logo pedindo meu telefone celular – Calma moça! Sou casado! Brincadeira. Ela anotou meus dados e chamou um vendedor, que já fui logo em direção a um Ford Ka básico que estava no salão.

Quando o vendedor chegou, foi logo sendo bastante educado e me perguntando que carro eu queria. Disse que era um Ka SEL 1.0 branco. Me levou na mesa dele e começou a falar do carro, mas eu disse a ele que já conhecia o carro e até havia feito um test drive, podendo assim pular essa parte.

Disse que tinha um carro para entrar na troca e que queria ver a volta da diferença. Ele chamou um avaliador e, enquanto isso, foi olhar o estoque e o valor do carro. Primeiro ele não tinha o carro 15/15 na cor que eu queria, somente vermelho ou cores metálicas. Outro carro vermelho estava fora de cogitação, já seria o terceiro, pois também tive uma Strada Adventure nessa cor antes do Palio.

Verificou a previsão de chegada de outros e não tinha nada, a fábrica não estava mais produzindo o modelo 15/15. Então, seriam os que estavam no pátio ou em transporte. Veio então a avaliação do meu carro: R$ 22.000. No entanto, eles não aceitariam um carro rebaixado, exceto se eu o colocasse na forma original. O carro deles estava por R$ 43.500.

Achei muito pouco pelo meu carro, a tabela era R$28.500. Agradeci e fui para casa meio desapontado com uma volta de R$ 21.500. Na segunda-feira recebi uma ligação do vendedor com uma proposta de R$ 18.000 de volta para o carro na pintura sólida ou R$ 19.000 para um com pintura metálica. Ganharia ainda tanque cheio de etanol e emplacamento.

Como eu poderia dar mais R$ 5.000 em dinheiro, me enquadraria na taxa zero. Pensei um pouco e fechei o negócio. Pedi para o vendedor para oficializar por e-mail a proposta, o que foi feito no mesmo dia. Mas aí começaram os problemas…

Depois de aceitar a proposta pelo Ka SEL branco 15/15. O vendedor me ligou dizendo que não conseguiria o carro branco e me perguntou se eu queria novamente o vermelho. Não aceitei e disse que se não fosse branco, seria prata. O que acrescentaria mais R$ 1.000 e não aceitaria que ele mudasse o valor pelo fato do carro não ser de pátio. O vendedor relutou mais aceitou.

Um dia depois ele veio me dizer que não conseguiu o carro 15/15, mas somente o 15/16, que era mais caro, pois viria com retrovisor elétrico e Isofix. Ele quis subir o valor do carro em mais R$1.500. Disse a ele que por esse valor ele poderia cancelar a venda. Não poderia comprometer mais essa grana por falha dele. Mais um dia e ele me liga com a proposta de mais R$ 500 pelo 15/16.

Acabei aceitando, pois realmente eu ganharia os itens que não viriam no 15/15. Mas falei com o vendedor que, se o carro tivesse qualquer desalinhamento de lataria, eu simplesmente não receberia o carro, por menor que fosse. Nesse meio tempo, tratei de quitar o meu Palio, que estava com alienação por consórcio, transferi o valor da entrada para a concessionária e comprei toda a suspensão original, que ficou muito mais caro que eu imaginava. Realizei a vistoria para a regularização junto ao Inmetro.

Tudo certo até quando o vendedor me liga dizendo que o carro 15/16 não se enquadraria da promoção de taxa zero e que ele teria que me vender o carro com financiamento normal. Aí a casa caiu. Fique doido, falei até o que não devia na cabeça do vendedor. Ele tinha uma proposta oficializada por e-mail e eu já tinha gasto quase R$ 10.000 com a entrada, regularização do meu Palio e quitação do consórcio. Eu não iria aceitar isso de jeito nenhum.

Falei como ele que se virasse para manter a proposta. Falei que eles assumissem o prejuízo da taxa de juros. Problema era dele, não meu. Depois de muito choro dele, tiveram que arcar. Acabou? Não! No dia de pegar o carro, liguei na hora do almoço para confirmar que o carro estaria pronto às 17h e ele disse que estava tudo OK.

Quando foi 16:30h, eu no caminho da concessionária, recebo uma ligação do vendedor dizendo que não poderia entregar o carro, pois meu Palio ainda estava alienado, pois não havia sido dado baixa da alienação. Disse a ele que não seria da noite para dia, já que era consórcio e não CDC.

Como já tinha mais de uma semana que havia sido feita a quitação, tinha o comprovante do boleto e a assembleia do mês havia ocorrido naquele dia, não seria problema nenhum. Mas o vendedor disse que o setor de usados não receberia o carro ainda alienado. Nem dei bola para isso e continuei a caminho da Ford.

Chegando lá, ele continuou insistindo na mesma história e me passou para a pessoa responsável por usados, que me disse o mesmo. Não aceitei, disse que não tinha escrito em lugar nenhum que o carro deveria estar “desalienado”, somente quitado. Então pedi para falar com o gerente, que foi bastante cordial, e fui irredutível.

Depois de um tempo de conversa, ele me perguntou qual era o valor envolvido. Disse a ele que era de R$3.800 e que na central do Banco Fiat já constava a quitação. Ele então disse que autorizaria a saída já que se tratava de um valor baixo. Ufa, peguei o carro e fui para casa!

novo-ford-ka-avaliacao-NA (45)

Espero que vocês tenham tido paciência para ler toda essa novela e quem sabe eu escreva sobre como está a convivência com o carro, que hoje está com pouco mais de 2.000 km.

[Imagens ilustrativas]

Por Vinícius Aguiar.





  • Bonafide

    Poxa isso tudo chega a ser uma ofensa pra minha capacidade intelectiva…
    Não sei os outros, mas eu fico endiabrado quando vejo alguém trocando o carro zero popular em outro zero popular antes de quitar… Só transferindo dívida…
    E fico ainda mais quando vejo alguém transportando um filho de 3 anos num carro socadão com rodas aro 17″ e pneus duvidosos…
    Em vez dessa galinhagem poderia ter comprado um Palio 1.4 lá atrás…
    E fico ainda mais quando vejo um carro financiado sem seguro… Pois carro socadão não tem seguro…
    E se essa zica quebrar, bater? A coitada da criança, que depende desse transporte, fica como?!
    E ainda fico mais um pouco com esse papo de “volta” de vendedor, que serve para maquiar os valores reais… “Volta” e “cabe na parcela”, a taxa não importa…
    Esse é um verdadeiro manual de como NÃO fazer absolutamente nada do que está escrito aí…

    E que venha o mimimi, quem não aceita críticas que procure um psicólogo.

    • Fernanda Tavares

      o esquema é anda socadão e chamar a atenção por onde passa,o resto fica em segundo plano,como vc citou em relação a segurança da bebe.

      • THE GUNSLINGER

        Com adesivo “fixa” ou “choraboy” na parte de cima do pára-brisa.

        • Digamos que eu teria ido de Corolla usado, ou Versa 0km. Espaço de sobra, só nao lembro se tinha isofix.

          • André

            É mesmo, o Versa está em promoção a partir de 39.900.

            • _William

              Será que esse 1.0 rende bem no Versa? Pelo tamanho do carro, parece que não dá conta.

              • André

                Segundo a imprensa. diz que tem um desempenho até que bonzinho.

              • Thiagusss

                Pelos números que li, a diferença de peso entre o versa e o march é de aproximadamente 92 quilos. Até que não é muito.
                A impressão que temos é de que o versa é bem mais pesado que isso, mas não.
                Dizem que o march até que dá conta, mas claro, ainda é um sedan 1.0 com ar condicionado, ou seja, se colocar muita carga vai sofrer um pouco.

          • Gustavo73

            Nada de isofix nos dois

            • Entao civic, fit, city hehehe

              • Piantino

                Pra quê isofix, o Palio dele já não tinha… ou você acha que ele iria trocar a cadeirinha só pq o carro novo tem? Eu faria como você disse, Corolla usado ou Versa…

                • Para que isofix? Para dar segurança a quem ele mais ama. Acho que ele como todo pai prefere morrer em um acidente automobilístico que perder seu filho.

                • Léo Hung

                  Quero ver comprar uma cadeirinha de isofix por menos de 1500 reais nova.

              • Gustavo73

                Cibic, Cyty/Fit só passaram a ter o equipamento na atual geração.

                • Léo Hung

                  Fit tem desde 2008, se não me falha a memória.

                  • Gustavo73

                    Olha que eu saiba só o novo.

                    • Léo Hung

                      Tem sim (respondi atrasado pq só hj lembrei de conferir uhauauhauhahu).

                      O meu é 12/13 e tem o isofix.

                    • Gustavo73

                      Kkkkkkkkk, de início nem lembrei qual era o assunto.
                      Bom saber, no lançamento do novo, falram que era novidade na linha.

            • EJ

              o unique tem… vi pessoalmente na css. infelizmente só colocaram nele e achei isso um absurdo. deveria ser item padrão. Custa 56k.

              • Gustavo73

                Não sabia, mas o produzido já no Brasil? Economia boba, já que não é um equipamento de custo alto.

                • EJ

                  Coincidentemente HOJE, há poucas horas, a Nissan anunciou que o Versa SL poderá receber a partir de agora um pacote chamado Plus que adiciona isofix também ao Versa 1.6 SL. Portanto, somente Versa 1.6 SL com pacote Plus e Versa Unique. Sim, é o nacional produzido em Rezende…

                  • Gustavo73

                    Bibeira deveriam colocar em todos inclusive no March.

          • EJ

            Versa tem isofix sim, mas só no Unique de 56k.

          • tiago

            Se o versa tiver a estrutura do march ele estaria fazendo um downgrade na segurança…

          • Mr. On The Road 77

            Aí tu compra o carro com o Isofix e começa o drama da compra da cadeirinha com Isofix… kkkk
            Há uns dois anos, estavam custando por volta de R$ 2.000,00.

            • Alexandre Maciel

              Andei pesquisando para uma amiga de trabalho para quem eu e demais colegas compramos o bebê conforto. Simplesmente não achei.

              O que andam vendendo é um adaptador que custa mais caro do que o próprio bebê conforto. Aí dissemos não ao adaptador, claro.

              Que me perdoem as putas, mas o Brasil é um cabaré, rapaz…

            • Edson Fernandes

              Ou seja, esse comprador NUNCA compraria um banco com isofix…rs

            • Léo Hung

              huahuahua pode crer. Galera fala pra caramba mas não tem noção do roubo que custa uma merdha dessas aqui. Nos Eua com 150 doletas vc compra. Na Europa, a partir de 85 euros. Huezil é de chorar…

          • Ainnem Agon

            Corolla usado, mas é claro!

            • Junoba

              Eu teria ido de Fluence. Ele desvaloriza mais, e se acha por 35k um modelo 2012. Com esse mesmo valor só se fosse um modelo 2008 no Corolla.

              • Ainnem Agon

                Boa idéia!

              • Edson Fernandes

                Ele gostaria de um amis novo que o Palio. Ou seja, deveria ser entre 2014 e 2015… e nesses anos ao contrário do normal do pessoal, os Fluence tem preços proximo da FIPE na revenda… AINDA.

              • Ernesto

                O problema, tanto do Corolla como do Fluence, é que a mulher dele dirige o carro também e pelo depoimento, ela não quer sedam porque é difiícil de estacionar.

                • Junoba

                  Eu sei disso, mas disse o que eu faria.

          • Cara, vocês não leram que ele não queria sedã? Corolla, versa, fluence…são o que?

            • Ainnem Agon

              Pra quem tem filho (e necessidade de carregar tralhas) um sedã é bem melhor do que hatch, não?

              • Thiagusss

                Sim, com certeza, concordo. Inclusive citei isso em outro comentário acima. Mas ele tinha os motivos deles (a mulher dele não gosta, é ruim para manobrar).

              • Léo Hung

                Um Sandero resolve. Boa mala.

            • Está parecendo a história do biscoito do restaurante da Dona Florinda.

          • Daniel

            Isso, um corolla hatch ou um versa hatch usados seriam show de bola… principalmente aqueles usados que o dono anterior só melhorou o carro em relação ao que sai de fabrica. Ou então aquele da fabrica de semi-novos que são melhores que os 0km!

          • Alexandre Maciel

            Isofix no Brasil ainda parece coisa para inglês ver. O que tenho visto e muito é a venda de “adaptador” de cadeirinha para isofix, PELO PREÇO DE UMA CADEIRINHA.

            Honestamente, o Brasil é um lupanar sem solução.

          • shdn2010

            Eu iria na mesma que vc.

          • Edson Fernandes

            O problema é que a mulher não queria carro sedan, ainda mais um que seria bem comprido feito o Versa…rs

          • Thiagusss

            O problema dele é o financiamento. A taxa de juros desse Corolla usado seria uma “bica na canela”. E ele não queria carro sedan.
            Com família e carro hatch não dá né. Como viajar? Se ele colocar o carrinho no porta malas e as duas crianças nos bancos traseiros, não carrega mais nada. Vai ter que comprar uma bagageiro de teto.

            • Viajei mais de 2000 km em um Gol! Nossos pais faziam isso de Fusca!

              • Thiagusss

                Quem falou em distância? Eu falei em quantidade de bagagem. Carga. Quilos.

                Sim, grandes distâncias, carros pequenos, inseguros, crianças sem cinto, motociclistas sem capacete. (Romero Brito?! Catrina?! SAMU?! Have ?! minha arte?! Búzios?!)

                • Sim, mas a tendência é que quanto maior a distância, maior deve ser o conteúdo das bagagens, não?
                  Na verdade nós homens nos viramos com o porta-malas do Fusca. Mulheres precisam de uma Blazer para ir na casa da mãe..

                  • Thiagusss

                    Exato. Trocando em poucas: Não dá para carregar um carrinho de bebe, malas, duas crianças, cadeirinha, bebe conforto, sua mulher (e todas as tralhas dela) em um ford ka.

                    • Léo Hung

                      Já levei mãe, esposa, carrinho, bebê conforto, 3 malas e dois cães no meu ex-KA. É possível, sim >:)

                      Mas não recomendo…

                    • Thiagusss

                      Fatos: estatura da sua família não é alta. As malas não são médias, são pequenas. O carrinho e bebê conforto são pequenos, assim como os cães.

                    • Léo Hung

                      1,80 eu. 1,70 esposa. Cães médios (por volta de 80cm). Malas pequenas, dessas de viagem comuns com rodinhas :D

                      Bebê conforto é meio padrão, né? Ocupa o espaço de um humano normal. Carrinho é normal também, desses que vc aperta um botão e ele se encolhe até ficar como uma mala.

                      O carro fez milagre.

                  • Ernesto

                    KKKKKKK!!! Sou de SP e minha mulher, mineira. Quando vamos para a casa dos pais dela, em São Lourenço que fica a exatos 300Km de casa, é uma complicação. Parece que estamos fazendo uma mudança!

              • Gustavobrtt

                e eu isso num mille e num clio… meu sogro subia de sp para o nordeste de fusca 1.3… rssrrs
                è muita frescura esse pessoal. sedã só por causa do bebe? facilita, com certeza, mas um hatch é perfeitamente viável.

                • Hahah… Cara, numa distância curta, de 1 km e meio, andaram 10 em um Passat antigo! Só meu tio de Adulto, eu devia ter uns 7 anos… uns dois no porta-malas…

                  • Mr. On The Road 77

                    Andei muito no ‘porta-malas’ do Fusca do meu pai… kkkk
                    Meu irmão ia no banco da frente, no colo da minha mãe, de Niterói até Realengo pela Av. Brasil (uma auto-estrada)…

                • Mr. On The Road 77

                  O Hatch, às vezes, é melhor que um sedan para carregar tralhas. Acesso melhor e maior, pode-se retirar a tampa do bagageiro interno….
                  O problema é que a mala do Ka é bem pequena, apenas 200 litros, não?

              • Léo Hung

                E ninguém morreu por isso… E sem cinto!

      • Gabriel M. Vieira

        “O carro era completo, menos airbags e ABS. Tirando que é um tanto quanto fraco, me atendia bem, chamava atenção e eu estava até que satisfeito com ele.”

        • radiobrasil

          Um Palio chamar “atenção”?!

          • Gabriel M. Vieira

            É ele quem tá dizendo… rsrsrs

            • radiobrasil

              Se estiver SEM MOLAS até me chamaria atenção… só não posso revelar aqui as palavras que vem à minha cabeça quando vejo um carro “socado” no chão.

          • Mulsane

            Os manolos piram!

        • Carlos Z O Junior

          Manolo detected

      • Alvaro Guatura

        Socadão chama atenção negativa, pelo menos por aqui.
        Quem dá corda é quem o dono merece mesmo…

    • Fernando S.

      E olha que o motor 1.4 do Palio já é bem chocho, dirigi o modelo algumas vezes e passei raiva. Agora eu imagino o colega do relato com o motor 1.0 e rodas gigantes, além, claro, da suspensão arrastando no chão. Eu tentaria ultrapassá-lo até pelo acostamento, ficar atrás disso aí é pior que ficar atrás de um caminhão pipa lotado d’água numa subida.

      • Edson Fernandes

        Ele é bem ruim com o 1.0 e o agravante de ser beberrão. Aluguei um qdo fui passar férias em Florianopolis. Qualquer subidinha e vc já tinha que reduzir marcha.

        Ao menos era silencioso e bem confortavel.

    • Bruce Wayne

      Realmente concordo contigo que foi educativo no sentido de que não se faça nada do que esta escrito ali na hora de comprar um carro.

      Triste é ver a mentalidade: “O carro era completo, menos airbags e ABS. Tirando que é um tanto quanto fraco, me atendia bem, chamava atenção…..”

      WTF really?

      • Bonafide

        Pois é, Bátima
        Pior que isso era só o completo menos ar que tinha até alguns anos atrás..

        (acho que já cheguei a ver “completo menos ar e direção” nos classificados do jornal da minha cidade, mas não estou lembrado ao certo)

        • rodrigomalc

          kkkkkkk Pior que eu também já vi o completo (menos ar e dh).
          É tipo um V6 (menos 2 cilindros, e em linha)!!

          • Bruce Wayne

            . . .

        • zekinha71

          Uma vez vi um Palio com placa de vende e estava lá “completo menos ar e direção” e olhei pra dentro os vidros eram a manivela e o espelho “digital”.
          Será que o completo era ter motor e quatro rodas e bancos?

        • Alvaro Guatura

          Vejo isso sempre nos feirões que realizam aqui na minha cidade.. “completo menos ar”, ou “completo” mesmo, e quando você vai perguntar falam: é completo, só n”ao tem ar nem direção.
          Papo que não cola mais nem pra comprador de Gol AP

        • Bruno Wendel Marcolino

          vi isso esses dias, ou é isso ou é “completo (ar não está gelando), carro impecável.”

      • leaozin

        “chamava atenção”,
        realmente, bom atributo a ser lembrado.
        ahahahahaha

    • Wagner

      pois é, começou com ele dizendo que precisava de um carro maior que o palio e comprou um…ford KA!
      Não cara, não é maior que o palio, se fosse por um carro barato e espaçoso conseguia um Versa semi-novo bem mais barato que esse ka ou ate mesmo um logan 0km mais barato e com muito mais espaço.

      • Bruce Wayne

        Não iria chamar tanto a atenção se fosse usado, o pessoal iria conseguir ver da rua o odómetro do carro…. ainda sim seria mais racional.

        • Wagner

          com certeza, o versa ja tem outro modelo e as rodas aro 17 nao ficam tao bacana, é um carro mais de tiozao, o ka é mais “irado”

          • Marco Antônio

            esteticamente o KA parece carro de mulher ou veado. (opressão suprema homofóbica e machista…)

      • Ele não queria sedan…

        • Portuga Goleta

          Sandero é bem maior e com esse preço pegava 1.6

          • Sim, não sei o motivo de não cogitar o Sandero, mas do ponto de vista de segurança acredita-se ter feito uma boa escolha..

            Mais um adendo. Precisamos ter cuidado com esse “dava para pegar um carro x, y z”. Muitas vezes usamos como referência o preço promocional que ouvimos e lemos, que pode nem existir na prática, ou ainda preço de webmotors. Desprezamos questões geográficas (Falamos o preço de um carro no Paraná para um sergipano) e levamos em conta o melhor caso. E o pior: Sempre tem aquele que fala “Por mais x dava para pegar modelo Y”, sem qualquer idéia de que podia ser impossível a pessoa dar x, porque as vezes ela já tinha subido muito o que poderia dar em um carro.

            • Portuga Goleta

              Sim, concordo com tudo, mas falo por ter visto esses preços na prática mesmo. Ka SEL 1.0 e Sandero 1.6 Dynamique eu vi por preços na casa dos 43k semana passada rodando pelas CSS.
              Não sei se Sandero tem Isofix, mas o preço da cadeira torna meio que inútil. Acho que a maior vantagem do Ka é o ESP, pois o Duster conseguiu 4 estrelas no teste de impacto e o atual Sandero tem uma plataforma atualizada do mesmo.

              • “Plataforma atualizada”. Atualizada segundo a Renault. Foi um Facelift apenas. Não mudou plataforma. Não dá para dizer que um carro testado não tem a vantagem sobre um que não foi testado, mas levar a Duster como referência não é correto. Mas tenho certeza que se fosse 5 estrelas a Renault patrocinava o teste. Ou seja, ele pode ser no máximo 4. Melhor que o Ka não seria.
                E é o que falei: Você viu o preço dos dois na sua região. Não sabemos a região dele.

        • Wagner

          ele disse que foi ver um idea, realmente teria sido bem melhor pra familia, o idea é muito mais espaçoso

    • tech76

      Cara, ele pegou um carro muito superior: estrutura boa (4 estrelas), controle de estabilidade, ISOFIX, mais econômico, mais potente, com taxa zero e brigou bastante no preço (não tem muito o que fazer dando carro na troca).
      O IDEAL não é fazer o que ele fez realmente, mas não tem como falar que não foi uma boa troca racional.
      No fim, muito mais segurança para os filhos dele, fez bem em trocar por um carro melhor logo.

      • Bruce Wayne

        Sim, esse é o novo ele. Estamos todos criticando o antigo ele.

        • Ernesto

          Vamos ver se o antigo “ele” não surgirá para colocar no Ka rodas maiores, rebaixar, etc…

      • Bonafide

        Por esse prisma de análise, eu concordo.

        Mas tem uma coisa: eu NUNCA levei vantagem comprando ou tentando comprar carro 0km em concessionária dando usado como entrada.

        E não conheço ninguém que levou tal vantagem. Sempre o usado entra por pouco e o novo não tem desconto. Se o novo tem desconto, o usado entra por merreca. Se o usado entra bem, o novo é acima da tabela.

        Nunca vi nada diferente desse quadro… Por isso a tal “volta” que tanto comentam…

        Claro que há casos e casos: eu posso estar querendo dar como entrada um carro todo danificado maliciosamente, que não vale nem 50% da Fipe…. Aí eu saio no lucro, mas é uma exceção… E provavelmente a loja não vai cair tão facilmente

        • Mr. On The Road 77

          Com certeza.
          Acabei de trocar de carro agora e é bem isso mesmo…

        • Daniel

          Prazer!

          (de quem já entregou usado apenas 500 abaixo da FIPE e pegou o 0km com 7mil de desconto)

          • Bonafide

            Qual o segredo?
            Carro 2014/2015?
            Tucson em promoção?
            Cor verde-abacate?

            • Daniel

              Foi em Dez/2006.
              Entregamos um Corsa Milleniun 01/02 por R$17500,00 (Fipe era 18mil) e pegamos uma Meriva 1.8 Maxx 06/07 por 47mil (preço de tabela era 54mil) E ainda ganhamos o engate (sim, temos carretinha, não coloquei aquela coisa horrorosa pra sacanear parachoque dos outros)

        • Edson Fernandes

          E vc acha que esse Palio “lindão” com rodas aro 17″ foi devidamente “trocada a suspensão” para ter tudo original de primeira linha?

      • Mr. On The Road 77

        Racional? Com DOIS filhos e esse porta-malas do ka????
        Racional seria um Logan ou Versa 1.0 básicos. Custam quase o mesmo que ele pagou e têm taxa zero também.
        Mas teve o lance da esposa não gostar…

        • Edson Fernandes

          Então para a necessidade dele, foi racional. Acho que apesar de ter escolhido o KA, Sandero e Onix atenderiam melhor ao espaço interno.

          • Thiagusss

            Sandero, com certeza o espaço interno é ótimo comparado aos concorrentes. Só não sei se ele conseguiria “taxa zero”.

            • Portuga Goleta

              A Renault anda a mais flexível em negociação.

        • guszanetti

          Exatamente. Com UM filho já acho difícil viajar de Astra hatch, imagina num carro pequeno… Eu no lugar dele trocava uma ideia com a patroa e ia de Weekend ou Spacefox. Não são tão grandes que dificultem manobrar (já tive uma Spacefox, com sensor de ré é tranquilo e o porta malas era uma beleza).

    • Higor Fontana

      Parei de ler em,

      “chamava atenção”…

      • rodrigomalc

        Também devia ter feito isso, mas continuei…

    • Galera, sei lá, sem querer causar muita polêmica… mas cada um na sua, não é? Eu não pensaria em um carro rebaixado, customizado, com adereços, etc. Mas o gosto é do escriba, e como ele mesmo cita no texto, todas as mudanças eram legalizadas.
      Não acho bacana essa de querer impor valores particulares ao próximo, a não ser que se proponham a pagar o carro para ele.
      Quanto à “volta de vendedor”, toda compra é assim: “seu carro mais X reais”. Cabe ao comprador avaliar bem se essa volta está dentro do normal. Nem é a “volta” que proporciona a maquiagem na venda, e sim o velho “preço de tabela”, onde sempre vai uma polpuda gordura para que o vendedor tenha margem de manobra no negócio.
      Só para constar, carro rebaixado com homologação do DETRAN faz seguro como qualquer outro.
      E não sei… mas acho que quem não consegue aceitar o gosto do próximo, o qual não interfira em absolutamente nada na própria existência, que deva procurar uma terapia. Para mim é a mesma coisa de se incomodar com o casal homossexual que mora na esquina…

      • dCarvalho

        Concordo plenamente.

      • Davidsandro18

        Ate que enfim, procurei e achei um comentário sensato que deu gosto de ler até o final!

      • ATM

        Ubaldir, não é questão de aceitar ou não o gosto dele, mas de ter uma opinião oposta a dele …e a sua,
        afinal, ninguém o denegriu.
        Como no seu exemplo do casal homossexual, nao tenho nada contra, mas se esse casal resolver “se manifestar” se beijando em público tenho o direito de discordar dessa atitude.

        • Thiagusss

          Também não concordo com o “perfil” do “roda 17 rebaixado”, Mas em relação a denegrir, li vários comentários que o fizeram, vários.

        • Poxa, mandaram o cara procurar um psicólogo… rs. Acho que ele não deve ter ficado dos mais felizes. Acho que para expor a simples opinião, o texto poderia ter sido mais “ligth”… rs.
          Abraço, meu amigo. Entendi a opinião, só achei ela colocada de forma um pouco dura.

          • duduEAS

            Concordo com tudo que disse. O que acontece aqui é muitos so sabem expor seus pontos de vista ofendendo e falando de forma a denigrir e depois falam que nao foi assim e bla bla bla bla.

      • João

        a maioria não consegue manifestar a opinião contrária sem desdenhar do gosto alheio ou diminuir o outro.

        críticas sem cobertura de sarcasmo e veneno tbm podem ser feitas.

    • Bruno Luís

      Tbm não agrado nem um pouco de carro rebaixado.

    • Minerius Valioso

      Catar carro de entrada e sem limpador traseiro, colocar “xenão”, “sonzão” e “rodonas” e deixando o veículo quase rasgando no asfalto, para mim, é uma estupidez. É claro que as pessoas são livres para fazerem o que quiserem com os seus carros, mas o caso do xenão (o que não foi relatado pelo dono, e sim pelo anterior), aquilo lá prejudica a visão do outro condutor, e isso posso provar empiricamente.

      Bom, também concordo em relação ao Palio 1,4. O dinheiro gasto com essas modificações teria pago a diferença por um modelo superior ou, ao menos, amenizado as diferenças.

      Sobre a dívida, bom, mais da metade da população brasileira é endividada. Com os jênios políticos o negócio piorou ainda mais. Aí não preciso falar nada.

    • Derek

      Eu acho louvável sua preocupação, mas não concordo com seu julgamento. Sim, julgamento. Você não conhece a vida dele para tirar todas estas conclusões, não tem todas as informações para isto. Talvez ele não se preocupe com algumas coisas que você citou porque ele tem outras soluções de “backup” para situações que você exemplificou, por exemplo.

      • Ainnem Agon

        Pode ser. Ou não.

      • SDS SP

        Do ponto de vista estritamente financeiro, não foi uma boa compra, mas se o cara pode assumir a “encrenca”, go ahead…
        Não é por menos que muitos estão com a corda no pescoço.

        Agora falando do carro, foi uma boa compra, pois o Ka é bem superior ao Pálio, o único problema é o porta malas acanhado para quem tem família.

        E tomara que não caia na besteira de rebaixar o carro.

        • CharlesAle

          Eu iria de Ka +, tem as mesmas virtudes de desempenho e economia do Hatch, além de um bom porta-malas..

          • Edson Fernandes

            Mas a mulher não quer por ser maior… então teria que ser o hatch.

            • CharlesAle

              Mulherada é fogo. Uma hora eles querem grande, outra hora, querem pequeno, vai entender rsrsrsrs…

              • Edson Fernandes

                Nem fala….

                Minha mulher foi dessas. Em virtude do que temos no nosso mercado atualmente e automatico, minha ideia seria por ordem:
                – Fiesta
                – HB20
                – 208
                – Onix.

                Porque nessa ordem? Porque não me agrada o Onix em NADA a não ser em espaço interno, mas se for para ter compacto, tanto faz… ainda que o Fiesta seja claramente o mais apertado deles.

                Porém é o mais completo. O 208 não passou o HB20 por um simples motivo: Preço do usado. Ao contrário de outros PSA, ele tem um valor de revenda muito bom e logo, se encontram em preços da internet ou pessoalmente proximo do que é 0km (e então eu só admitiria o Griffe que piora a situação)

                A dureza é ver que apenas as versoes de topo de qualquer automatico tem controlador de velocidade. É um absurdo isso.

                E então eu fui olhando outros modelos, mostrando para minha mulher que… aí vc tem que jogar com o gosto dela… então mostrei esses modelos e ela foi citando que não gostou de um detalhe ou outro… (Fiesta achou mal acabado e eu concordei com ela, HB20 tão pequeno e duro de suspensão, Onix feio e ruim de performance, o primeiro ela disse e eu o segundo para o Onix…rs, 208 os dois gostaram, mas desagradou o preço), além de outros.

                Coloquei tudo quanto era carro sempre automatico. Veio Cobalt, Sentra, Jetta flex (não me agradou o desempemnho e da minha mulher tbm), entre muitos outros. Livina, Fit (esse minha mulher foge correndo! Acha duro feito pedra e eu concordo), City (ela bateu o joelho acima dos pedais! rsrssr), Civic (muito duro! não gostamos), enfim… toda a infinidade de modelos automaticos para chegar no Fluence(que já era de meu gosto) e então eu fui falando o que ele tinha de itens de série e acabou na escolha e a decisão e exigencia dela foi: Automatico e sensor de estacionamento.

                Bem, no Fluence sem o sensor não dá para pensar, ele realmente é ruim para se enxergar a traseira. Alias, uma curiosidade dele: O sensor do Fluence pega toda a porção traseira do carro inclusive a lateral.

    • FocusMan

      Cara, me desculpa mas acho que cada um faz o que quer com a sua vida.

      • Bonafide

        Está desculpado

    • Vinicius Aguiar

      @Bonafide
      Acho muito engraçado como as pessoas fazem verdadeiras avaliações com tão pouca informação.
      Meu carro era de consórcio, como você deve ter lido, não vale a pena descapitalizar para fazer quitação de consórcio pois neste caso não existe deságio. Então meu dinheiro estava melhor ficando aplicado. Ainda mais no meu caso que tinha uma prestação de R$170,00.
      Você já viu o meu antigo carro para dizer que ele era “socadão”? Pois deixa eu te contar que ele não era.
      Pneus duvidosos? De onde você tirou isso? Mais uma vez te pergunto se você já viu o carro?
      Meu carro era totalmente legalizado, tem laudo de vistoria do INMETRO atestando a total segurança da alteração feita. As rodas mantinham a mesma relação entre rodas e pneu que o conjunto original, conforme exige a legislação atual.Que trocando em miudos, exige que se mantenha o mesmo diametro do conjunto.
      Quando comprei este Palio, eu não tinha filhos. Minha filha é adotiva e só andou no carro por 3 meses até eu trocar. Mas de toda forma ela em nenhum momento esteve em risco, assim como atestou o INMETRO. E nem venha em me falar de conforto, pois você não deve entender nada de suspensão em carros rebaixados.

      Quem me conhece sabe o quanto sou criterioso com a manutenção de veículo. NUNCA colocaria em risco minha familia e terceiros.
      Ah, este carro era segurado sim! Quem disse que carro rebaixado não tem seguro? Carros legalizados conseguem fazer seguro e inclusive tive que fazer uso dele a alguns meses atrás e isso também contribuiu para a decisão de trocar o carro por um que tivesse itens de segurança que o Palio não tinha.

      E essa criança que depende deste transporte tem outras opções que seu pai é capaz de proporcionar em caso de necessidade.
      A respeito da negociação o que vale é a volta sim. Não adianta o vendedor pagar tabela Fipe no seu carro e jogar o preço do zero lá pro espaço, ou para quem vai financiar, jogar a taxa mais alta. Não sei se você sabe, mas os banco pagam comissão. O que acaba dando margem ao vendedor. Entrar em uma css e comprar carro à vista não é vantagem nenhuma para a agencia, que sempre recebe à vista.
      Não estou escrevendo nenhum manual nem estou pregando que ninguém siga nada do que eu escrevo, isto foi um relato e o foco eram os problemas com o vendedor.

      Se você acha que todos tem que aceitar as suas críticas, melhor você procurar um psicólogo pois você não é o dono da verdade, sinto lhe informar.

      Outra coisa: tá cheio de gente falando em Corolla semi-novo, Versa e etc. Carro Sedan não me atende e deixei bem claro!!! Minha esposa não queria pois tem dificuldade em manobras. Nenhum deles tem controle de estabilidade e assistente de partida em rampa, o primeiro mais um item de segurança e último que também agrada minha esposa.

      Então acho melhor você embasar melhor suas críticas, pois ai sim elas podem até ser aceitas.

      • Bonafide

        Perfeito, vc não precisa aceitar a minha crítica
        Devolva-me-a sem problema nenhum
        Assim como eu devolvo as ofensas aos meus ofensores sem me permitir envenenar por elas

        Veja que apenas tomamos o seu caso de uma maneira genérica para por em discussão, com algumas ironias (como é típico na internet) sem a intenção de prejudicar. Talvez houve algum excesso, pelo que desde já peço sinceras desculpas

        O importante é que vc possui suas convicções e não precisa provar nada para um bando de pessoas inominadas na internet

        • Vinicius Aguiar

          OK, tudo bem. Só usei meu direito de resposta.
          Esse tipo de canal é ótimo para levantar discussões e é isso que enriquece, mas procuro não atacar diretamente as pessoas, pois isso não leva ninguém lugar algum. Prefiro não fazer suposições.

      • Vinicius, acompanhei a discussão e de fato vi que alguns por generalizarem baixaram o nível ou estiveram próximo disso. Não se deve nunca criticar uma aquisição sem conhecer os motivos a fundo.
        Mas permita-me uma observação, ou melhor uma dúvida: O Inmetro atestou a SEGURANÇA da modificação ou sua conformidade com a lei?
        Como você bem sabe são coisas diferentes. Se o carro ficasse mais seguro, mais econômico, com melhor desempenho e não comprometesse a resistência do conjunto, sairia de Betim assim. Claro que você sabe que uma dessas coisas você perdeu (De cabeça eu diria que com a provável aumento de banda, caso houve, aumentou sua chance de aquaplanagem e piorou o consumo, aumentando a estabilidade no seco. A diminuição no curso da suspensão deve ter trazido mais estabilidade em pista lisa, e diminuído em terreno irregular. E o monobloco e o próprio conjunto de suspensão terão que lidar com um esforço maior), mas desde que não coloque em risco a segurança de terceiros, não vejo problema.
        Mas dou os parabéns por ter adotado uma criança. Não julgo os motivos de alguém escolher modelo X ou Y, mas a adoção é um exercício de humanidade e merece todas as menções possíveis.

        • Vinicius Aguiar

          @Ale@lelagoeiro:disqus,
          O Inmetro atesta as duas coisas, tanto a conformidade com a lei quanto a segurança. Todos os componentes do carro são testado, até mesmo os que não estão relacionados com a modificação. De verificação da transparência das películas do vidro até eficiência do sistema de freios, passando por conferência de todas as lâmpadas, funcionamento da suspensão, regulagem dos faróis. Também exigem que você apresente nota-fiscal de compra das peças, que o carro esteja com altura igual ou acima do permitido e se não utiliza componentes adaptados, como molas cortadas.
          Então acho muito válido ter um carro legalizado, pois o carro passa por uma avaliação que nenhum outro carro passa. Tenho certeza que ele estava em condições de segurança melhor que muitos que entram aqui para criticar, raro alguém que age como você e busca informação.
          Eu entendo toda a questão estrutural envolvida, mas meu carro era uns 5cm mais baixo que o original somente. Coisa que o Palio Sporting também é. Tem muito “engenheiro” aqui nesse grupo, mas o que eu confio mesmo é o meu primo, que trabalhou na equipe de projeto do primeiro Pálio. Todo projeto tem suas margens e o que fiz tenho certeza que não extrapolou.
          Sobre a adoção, obrigado. Minha filha é uma benção na minha vida.

    • Gustavobrtt

      Meu, o cara queria muito esse Ka hein, o vendedor sambou em cima dele.
      Se fosse eu como cliente, tinha dado um bye bye pra esse vendedor logo na primeira furada.
      Negócio ruim, trocou um consórcio por um financiamento.. ainda teve que desrebaixar o carro, gastou uma grana violenta…
      Se tivesse tido um pouco de paciência, esperava quitar o palio pra depois ver outro carro, ou então tentava vender rebaixado mesmo.
      Espaço para o BB atrás tem, era só colocar o bb conforto atrás do banco do passageiro, visto que a esposa dele não deve ter 1,90m.
      Como tem gente que faz mal negócio, meo deossssss

    • Arthur Medeiros

      Caramba! Alguém me entende!! E eu n sei como ele acha q o fox n tem espaço… Tenho 1,90m e se colocar o banco do motorista ao máximo pra trás vou sem preoblemas…

    • Léo Hung

      Brasileiros brasileirando. Questão de prioridades. Eu ri quando o cara citou que o carro chamava atenção. É bem por aí a mentalidade da galera. Arrisco dizer que o dinheiro gasto pra manolar o carro possibilitaria a compra de um modelo melhor.

    • Offspring

      Se não gosta, seja educado. Teu comentário é digno de reprovação. No lugar de moderador, eu deletaria.

      Enfim: Acho que a vida pessoal da pessoa não interessa.

  • Rodrigo

    Rapaz! Que trabalheira!
    Mas fez uma excelente compra! O carro é gostoso, consome pouco e tem um espaço interno bem legal! E ainda levou o isofix e retrovisor elétrico!
    Parabéns e curta o carro!

  • Clovislauro

    Provavelmente teria sido minha escolha também. Chegou a olhar o Chery Celer que custa apenas 34mil?

    • Eduardo Gregório

      Apenas 34 mil reais e com 34 mil problemas.
      Você conhece alguém plenamente satisfeito com um carro chinês?

      • Clovislauro

        Como eu disse, teria escolhido o Ka também, mas conheço gente que está satisfeita o carro da Chery sim, na minha cidade tem um grupo forte que possui ccs de de várias marcas tradicionais e uma da Chery, então o pessoal comprou bastante Chery, mais pela confiança na ccs do que na marca, e tem muitos que estão bem satisfeitos, principalmente no caso do Tiggo e Celer.

      • CorsarioViajante

        Aqui no NA tem centenas de pessoas que não tem carro chinês mas estão plenamente satisfeitas com eles! rs

      • Junoba

        Tem um cara que frequenta aqui o N.A, que possui o Celer e um Cielo. Ele diz estar satisfeito.

  • Diogo José Coelho

    Se a grande preocupação era o espaço interno, teria partido para o Sandero. As concessionárias Renault só faltam dar a mãe de brinde para o cliente fechar negócio…

    • Rodrigo

      Quanto à negociação da Renault é verdade. Acredito mesmo que a Renault infle os preços dos seus carros artificialmente para que o consumidor sinta-se na vantagem ao negociar.
      Os descontos são generosos, em qualquer situação, a não ser com os lançamentos!

    • Gustavo73

      Dem dúvida na questão espaço o Sandero ganha na turma compactos.

  • Thales Sobral

    Ih quanto trabalho hein… Gosto de “compartimentalizar” os problemas… Só iria trocar de carro no mínimo depois de ter quitado o anterior. E só faria qualquer modificação (gasto extra) depois de ter pago o carro. Eu descartei a compra de um carro quando o vendedor falou que tinha o carro pra pronta entrega e no fim do dia ligou pra falar que houve um mal entendido e eu teria de esperar um pouco…. rsrsrs
    Mas cada um sabe onde o calo aperta, e se o dono achou que valeu a pena o sacrifício, que bom.

  • THE GUNSLINGER

    Belo relato, cara. Bem detalhado. Espero que tenha aprendido a lição e não invente de rebaixar o Ka.

  • Lucas

    Bom o valor do carro, com os itens de segurança, mais o retrovisor elétrico… agora a trabalheira me teria desistido, ccs são sacanas demais, como é que formalizam uma proposta e depois dizem que não podem cumprir? Que culpa tem o cliente nisso? Agora vá o cliente fazer isso… gosto do Ka, dirigi um 1.5 e é um capetinha, parabéns.

  • Lucas Irrthum

    Carros rebaixados e suas dores de cabeça. É um ciclo sem fim. Pelo menos você substituiu os componentes de suspensão, para que o próximo proprietário não tenha problemas.

    • CorsarioViajante

      Dependendo do caso, compromete a estrutura do carro.

      • Lucas Irrthum

        Sim, podendo causar acidentes inclusive. Triste aquele que compra um carro que um dia foi rebaixado, sem saber.

        • Bruno Wendel Marcolino

          exatamente, um dos grandes problemas na compra de um usado.

          • Lucas Irrthum

            Um carro que anda “socado” tem todos os seus componentes de suspensão, direção, suportes de motor prejudicados. Fora o cárter e o tanque de combustível, que provavelmente estarão amassados e ralados. Para resumir a história: rebaixe seu carro e destrua-o.

        • dCarvalho

          Hoje penso assim, mas tenho que assumir que tive, no auge dos meus 20 anos, um Gol bola com 1 volta e meia de molas serradas! Pensa num tremzin lindo, comi várias vaginas por sua conta!

          • Lucas Irrthum

            Eu tenho 20 anos, e não vejo graça alguma em carros rebaixados. Concordo que chama a atenção, mas ainda assim prefiro a originalidade neste aspecto.

            • dCarvalho

              Pois é, questão de gosto. Eu, particulamente, acho bonito, principalmente quando o proprietário tem bom gosto, porém não faria mais por conta dos problemas decorrentes.

          • Acha que a suspensão rebaixada fez você ficar atraente para mulheres?!??? Que tipo de “mulher”?

            • dCarvalho

              Sem sombra de dúvidas! Quanto ao tipo, geralmente eram: mulheres de 16 – 30 anos; frequentadoras assíduas de bailes funks; bebedoras de vodka e seus derivados; praticantes do quadradinho de 8, 4 e de cabeiça para baixo.

              • Um público seleto, não há como negar!
                Ok, ok… Confesso que inicialmente me enganou! hehe

        • CorsarioViajante

          Este para mim é um dos maiores “senões” dos usados. Tem muita coisa que é reversível, do tipo rebaixar, chipar, colocar aqueles filtros de ar pouco restritivos dentre outras práticas muito comuns que a galera adora para moer o carro e na hora de vender volta tudo para trás para empurrar como “original para colecionador” rs…

          • Lucas Irrthum

            Exatamente. Tem uns que vão ainda mais longe, cortam a parte interna do paralama, sobem ou abaixam o motor. Enfim, conseguem destruir o carro. E depois algum desavisado compra, e só tem dor de cabeça.

            • CorsarioViajante

              Isso sem contar as modificações na parte elétrica, muito mais comum e muitas vezes com danos muito maiores.

              • Lucas Irrthum

                Aí você falou tudo. Geralmente essas modificações estão relacionadas a som automotivo, e não há um mero cálculo para saber se a parte elétrica do veículo consegue alimentar todos os componentes instalados. Quantos casos existem de veículos que pegaram fogo por este motivo.

  • Bom relato, bem detalhado.

    Suas filhas deram sorte pq me pareceu que vc saiu pra comprar o carro por causa delas mas não tava nem aí pra ISOFIX!!

    Sorte que o modelo 15/16 tem, hein?

    • CorsarioViajante

      O duro é achar cadeirinha com Isofix, eu penei muito para comprar.

      • Bruno Wendel Marcolino

        isso é verdade, ai exigimos da montadora que tenha esse tipo de fixação mas não temos a cadeira para comprar ou o preço na CCS é um absurdo. (já vi por 3k…)

        A solução é importar.

        • Mr. On The Road 77

          Até para importar é complicado: daquele tamanho, com certeza vão taxar e com o dólar nas alturas…

        • CorsarioViajante

          Uma das soluções é importar, mas já existem algumas no mercado, se não me engano a Infanti tem um modelo e a ABC design também está trazendo todas com isofix.

    • tech76

      A maioria das pessoas infelizmente não sabe nem o que é ISOFIX.

  • Gustavo73

    1.0 já não tem aquele desempenho todo, colocar rodas maiores e mais largas realmente faz o bichinho se arrastar ainda mais. O Ka é uma bela compra espero que já tenha sido p com isofix. Quanto ao Up,o entre-eixo dele é o mesmo do novo Palio 2,42cm.

  • BlueGopher

    Desculpe a franqueza, mas sem analisar se o negócio final foi bom ou ruim financeiramente, o que foi descrito foi uma tremenda lábia do vendedor.
    Desde o começo ele provavelmete já sabia que não teria o carro desejado, mas aos poucos convenceu o comprador a comprar o que teria disponível, apenas acrescentando sucessivos aumentos de preços de forma suave.
    Sabe aquela velha piada, que diz que colocando um sapo numa panela com água, que vai sendo esquentada devagarinho, o sapo é cozido sem perceber?
    Pois é…

  • André Maia

    Quase um parto.

    • Não, esse será daqui a alguns meses! heheh

      • Emerson Lima

        Esse será o segundo parto, o primeiro foi o do Ka.

  • Fernando S.

    Isso aqui é um manual de como queimar dinheiro sem usar fogo.

    • CorsarioViajante

      hehehe pois é…

    • Bruno Wendel Marcolino

      kkkkkkkkkkkkkk

  • VINICIUS LIMA SANTOS

    Cada dia fico mais satisfeito de ter trocado meu Fiesta 1.0 sem ar em um Sentra 2.0 12/12 com seis aribags, automatico, abs, isofix, etc e etc
    Está pronto para eu ampliar minha família de forma segura e conscientee não arrombar meu bolso – custou os mesmos 43 e alguma coisa que o Ka que o amigo comprou.

    Sem ofensas mas acho que trocou 6 por meia dúzia.

    • Ramom Alencar

      faz um relato do sentra quando sobrar um tempinho? como foi a compra, consumo, desempenho, manutenção, etc
      não sabia que tinha 6 airbags… abraço!

      • fschulz84

        Se não me engano, a única versão do Sentra antigo que tem 6 airbags é a SL.

        As demais, acho que eram 2AB mesmo

      • Vinicius Lima Santos

        Nao sei se cabe o relato como um todo, mas posso fazer um resumo aqui.
        Eu vendi meu fiesta para particular mesmo, pois na troca nao consegui nada que valesse a pena – menos ainda por nao ter AR e na época estava um calor desgraçado.
        Comprei em Maio deste ano, versão SL com 50 mil rodados. Negociei na NISSAN ITAVEMA JAPAN (na região do Pq Villa Lobos).
        O carro é sensacional, de fábrica: Bancos de Couro, teto solar, 140 CV, camera de ré, USB/Ipod, ISOFIX, airbags frontais/laterais/cortinas, porta malas com divisória, espaço interno enorme.

        Eu considero que o consumo dele não fuja da média dos carros do porte, mas agrava-se em situaçoes de percurso curto – quem roda 20 KM por dia vai tomar um susto.

        Minha média tem sido de 6~6,5KM/L no alcool.
        Manutenção nao tive nenhuma surpresa até agora mas pelos pequenos serviços que fiz nao achei nada absurdo – fora da concessionaria, obviamente.

        Os pneus são originais e bem duros (carro sente BEM os buracos), como a frente é baixa tem que tomar muito cuidado para nao raspar em valetas.
        Acho que é isso. Valeu MUITO a pena em comparação com os usados/zeros do mercado. Paguei 43~44 mil nele e pretendo ficar por uns 4 anos pelo menos.

        Abs!

        • Ramom Alencar

          bela compra, obrigado!

        • Load

          Excelente compra mesmo. Acredito que na categoria deve ser o melhor carro em custo x beneficio.
          Mas a grande questão da pessoa pegar um KA 0km e não pegar um Fusion 2010 ou uma BMW 98 é que questão do ” custo ” em ter o bem.

          Isso foi falado milhoes de vezes aqui no NA, não se compara carro 0km em carro usado e muito menos carro 0km (popular) com outro carro.

          EU sai de um KA 2013 pra um Focus 2011 ” no mesmo preço “, porem o custo de ter o Focus é 2..3x maior do que meu KA. Mês passado mesmo troquei o coxim hidraulico (R$600,00). Com esse valor eu fazia 2 manutenções no KA…rsrs

          • Vinicius Lima Santos

            Entendo seu ponto, mas eu penso mais pro lado de ‘O que o carro X ou Y te proporciona’

            • O custo da manutenção é a contra partida do que o carro te proporciona. E ele só proporcionará isso se estiver rodando…

        • CharlesAle

          Fiesta, mesmo mais básico, são fáceis de passar à frente..

        • Edson Fernandes

          hehehe o consumo é bem por aí mesmo. Tenho umFluence e sei bem do consumo do carro…rs

          O fato de usar no seu caso somente agora ar condicionado é uma mão na roda né? No caso do Fluence que é dual zone, mesmo tendo teto solar eu simplesmente abandonei “o recurso”. So ando 100% de ar ligado (o C3 carrro anterior, eu até usava o teto e abria os vidros, com esse não tenho necessidade).

  • André

    Vinícius, se a procura era por espaço interno (e bom porta-malas), vc deveria ter pesquisado o Renault Sandero 1.6.
    Sairia pelo mesmo preço que vc pagou no Ka, e ainda levaria muito mais segurança e espaço para a sua família.

    • Gustavo73

      Segurança pelo motor maior né?

    • André

      Chará, o Ka SEL tem ESP, Isofix e 4 estrelas no LatinNcap, já o Sandero não tem os equipamentos nem fez o teste ainda.

    • Cláudio Lima

      Quanto ao espaço interno eu concordo que o Sandero ganha de lavada, mas na segurança o carro da Renault é muito ruim. No teste na Latin Ncap o Sandero teve um resultado muito ruim. Foi testado um modelo sem airbag, que já tira pontos importantes, mas a deformação da carroceria é impressionante.

      • O Sandero atual tem outra carroceria, não dá pra levar em consideração o resultado anterior. Tem que esperar o novo teste, já na configuração atual.

        • Pode ter reforço, mas não é outra carroceria. É um facelift da primeira.

          • É uma outra carroceria, inclusive sob outra plataforma, a M0, no lugar da B0. A Renault-Nissan afirmou ser um carro totalmente novo.

            • Ah sim, a Renault… Outro carro? Definitivamente não… Isso se nota ao dirigir que ele manteve o que há de ruim e o que há de bom no carro.

              • Sim, Alessandro. Queres acredite ou não, o Sandero é um novo carro. Nova carroceria (nenhuma parte da anterior tem compatibilidade com a atual), nova plataforma (ainda que mantenha características equivalentes a antiga). Podem existir dez carros com a mesma plataforma que o Sandero e com a mesma dirigibilidade que eles não serão um facelift ou versão do mesmo. Este Sandero é um novo carro, e isto é fato, ainda que preserve predicados e deméritos do anterior.

    • CharlesAle

      Tem mais espaço, mas em compensação é mais inseguro e gasta bem mais! Hoje, carro econômico está passando a ser prioridade….

  • T-800

    Paciência eu tive, e gostei da novela do texto. Agora espero o relato do carro envolvendo o convívio com o mesmo, pois acredito que, baseado no atual, será um relato muito bom!

  • _William

    Se eu tivesse filhos e procurasse um carro para eles, teria olhado pra alguma Gran Tour usada, tem ótimo espaço para crianças e um porta malas generoso, fora o preço bem mais baixo, acha-se modelos por 31k 12/13, e tem um desempenho honesto. Só não sei se tem Isofix.

    • Bruno Wendel Marcolino

      Exatamente, seria minha escolha, além de ter um motor ainda em produção (1.6 da Duster) e ser bem completa.

    • Considerando que a esposa dele sequer se dá bem com um sedan compacto, imagina uma Gran Tour…

      • ATM

        Nesse caso, troca a esposa.

        • Edson Fernandes

          E o filho? rs

  • CorsarioViajante

    Quanto rolo não… Realmente não sou da tribo que adora fazer malabarismos destes.
    No fim ainda caiu a ficha, o Ka terá tanto espaço a mais assim do que o seu palio, ou o que mais pesou aí foi, como vc disse, a vontade de ter um carro novo?
    Como outros, também achei curioso não considerar o Sandero, e descartar Gol, Fox, March e Punto em virtude do espaço – o Ka tem mais espaço que eles, em especial o punto?
    Agora, numa boa, já faz tempo que muita gente vem observando que o NA anda publicando sem nenhum cuidado, lendo por cima achei vários erros, tem que fazer uma revisão básica antes de publicar – e, a meu ver, até uma triagem melhor de textos.

    • Bruno Wendel Marcolino

      essa questão do texto, realmente está bem abaixo do esperado.

      Quanto ao espaço interno, os carros com mais espaço ao meu ver são Fox e Sandero, não entendo como ele descartou.
      Quando fiz test drive não achei o KA ruim nesse quesito, pois já tinha visto o New Fiesta, que é pífio, porém na época tinha um Fox e nesse quesito ganhava com sobras do KA, então, não sei qual critério ele usou, talvez o tamanho do assento, para por a cadeirinha seja maior no KA, mas confesso que não percebi isso.

      • CorsarioViajante

        Pois é. AChei estranho, parece que no fim ele queria comprar um Ka zero (nenhum problema nisso, óbvio) e ficou procurando justificativa, o que aliás é bem comum nestes relatos, a galera relatar como se fosse um juiz imparcial fazendo uma análise crítica e distanciada do mercado… Fala sério, seja feliz, vai lá e fala, “eu estava doido por um Ka zero km e comprei”.

        • SDS SP

          Exatamente. Uma justificativa racional para uma decisão emocional.

          E baita emocional nisso rs, pois como falei abaixo, do ponto de vista financeiro, o negócio não foi bom.

          • CorsarioViajante

            Pois é, não entendo porque todo tanta gente adora posar de “mr. cérebro”, a emoção é fundamental, não tem coisa pior que ter coisas insossas que não te apaixonam, não te dão prazer.

        • Stark

          Se a justificativa fosse essa, menos mal. Mas ele gastou um dinheirão regularizando o Palio, vendendo por um preço abaixo do mercado (dependendo da km e conservação não seria tão difícil vender para particular), correndo atrás de quitar e financiar o carro novo, tudo isso às pressas.

          E essa parte do texto reflete bem esse aspecto:
          “Na verdade, eu já estava doido para trocar mesmo, só não vou admitir para minha esposa.”

          Mas em outra parte a justificativa é pelo espaço, que nem é tão maior assim. O Ka ainda vai ter porta-malas menor, e com dois filhos, deve se tornar um problema. Somos três pessoas aqui em casa, e se nossa bagagem não cabe em 281 litros, precisando colocar coisas menores no banco traseiro, nem imagino o transtorno com quatro pessoas e 257 litros no porta-malas.

          Alguns relatos acabam sendo emocionais, tentando passar outra justificativa, como foi o caso deste aqui. Mesmo que o carro seja ruim, sob o ponto de vista de quem tem um carro mais caro, é possível fazer um relato honesto e plenamente justificável para a realidade do indivíduo. Acho que o maior exemplo disso foi o do Uno Mille do @lucasirrthum:disqus.

          A compra de um carro não é 100% racional, sempre haverá a questão emocional, o que é normal, só não acho certo tentar justificar o emocional como sendo racional.

          • CorsarioViajante

            Pois é, ótimo comentário. Mas pelo menos nos dá a oportunidade de ver como muitas pessoas escolhem e compram carro.

        • Bruno Wendel Marcolino

          exatamente.

    • Derek

      O Punto tem um porta-malas muito pequeno.

      • CorsarioViajante

        Mas afinal, o problema dele era no porta-malas ou no banco traseiro? Pois acho que o porta-malas do Punto é maior que o do Ka, não?

        • Derek

          Nossa, pior que é. Eu tomei como referência o porta-malas do Up! de 285 litros, pois o porta-malas do Punto era menor (280 litros) e eu achava que nenhum outro carro conseguiria ter espaço menor, mas o Ford Ka tem 263 litros!

          • CorsarioViajante

            Haha eu lembrei pq fiquei surpreso pelo do Ka ser o menor de todos.
            A meu ver, neste caso, os litros em si nem são tão significativas, o mais importante mesmo é ver o formato da porta de acesso e o formato do porta-malas para caber coisas como carrinho, berço desmontável, etc etc. Por exemplo, um porta-malas mesmo com litragem menor pode ser mais interessante se acomodar melhor o carrinho, por exemplo. Vai mesmo de cada caso.

            • Derek

              O do Up! mesmo, com o S.A.V.E., mais atrapalha no espaço do que ajuda.

        • Vinicius Aguiar

          Porta-malas não faz diferença pra mim. Por isso que não levei em consideração. Mas espaço para minha filha é que me fez escolher o KA.

          • CorsarioViajante

            Entendi!

    • dCarvalho

      Seria interessante que você revisasse seu texto antes da publicação também, meu caro. Em uma leitura superficial notei diversos erros.

      • CorsarioViajante

        Existe uma imensa diferença entre um comentário despretensioso e um texto publicado num site que busca credibilidade. Não estou criticando o autor do texto mas sim uma revisão que não deixe erros de digitação como “sedão” ao invés de “sedã” passar. Isso é normal, todo mundo comete erros mas o NA está muito displicente com isso, já não é de hoje.

    • Vinicius Aguiar

      @CorsarioViajante:disqus

      Cara,
      realmente parece pouco mas faz diferença sim. No caso do Pálio
      realmente não caberia pois não tinha espaço para minha filha entrar com
      as pernas atras do banco do carro. Os cm a mais do KA e o formato do encosto do banco foram suficientes para que fosse possível a colocação da cadeirinha e ainda ter conforto para a minha filha. Claro que eu queria um carro novo, mas realmente eu teria que trocar de carro.
      Realmente este carros não tem espaço ou eram carros que eu não gosto.
      Gol não tem espaço, tem motor antiquado e acabamento horrível.
      Fox também não tem espaço, meu pai tem um.
      March é a mesma coisa além do carro não me agradar. Etc e etc…
      Eu fiz o teste com a cadeirinha instalada no carro antes de considerar que não tinha espaço.

      Eu esqueci de colocar no relato, mas durante as negociações a Ford aumentou o preço do carro e eu, apesar de tudo, consegui manter a tabela inicial, o que foi acrecido foi valor de pintura e mesmo quando alterou do 15/15 para o 15/16, subiu um terço que a diferença da tabela.

      Agora acho muito engraçado o tanto de comentário sobre o carro sedã. Existe um consenso que família precisa de carro sedã. Em 95% do tempo não tenho nada no porta malas mas teria que carregar ele 100% do tempo. Se fosse só por mim não teria nenhum problema.

      Sobre os erros, realmente não tinha visto esse Sedão. KKKKKKK É uma palavra que existe e o corretor não marcou.
      Agora se o NA fizesse alguma alteração o texto não seria mais o meu relato.
      Eles devem ter, realmente, critério nas matérias que eles publicam, e acho que eles tem, mas nos relatos acredito que devem ser texto que tenham a ver com o objetivo do site e que estejam escritos de maneira minimamente inteligível.

      • CorsarioViajante

        Me refiro à questão gramatical mesmo, não alterando o sentido do seu texto mas revisando parte ortográfica e tudo mais, erros são normais e faria muito bem esta segunda leitura, feita por outra pessoa, sem descaracterizar o texto.

      • “..Em 95% do tempo não tenho nada no porta malas mas teria que carregar ele 100% do tempo..”

        É a síndrome do “vai que”… Preciso de um SUV/Crossover com lugar para 7 pessoas e 4×4 porque vai que o mundo acabe em um apocalipse zumbi e além de mim e da minha esposa eu descubra um filho cambojano que não sabia e que ele tenha uma namorada e queira levar o São Bernardo dele com a gente.
        Mas tem um país pior que a gente. EUA. Se nós usamos sedã para andarmos sozinhos, eles colocam 2 toneladas para o mesmo serviço. E tem gente que aplaude a ineficiência (Japonês dá risada).
        Tenho um sedã mas é um carro que não vejo sentido. O formato do porta-malas permite levar uma infinidade de coisas pequenas. Dificulta o estacionamento. Dificulta a visibilidade traseira. Carro para família passear é perua. Para quem faz isso esporadicamente, hatch.

  • Ramom Alencar

    independente da opinião do pessoal, parabéns pelo relato Vinícius, não é todo mundo que se dispõe a fazer um relato justamente porque não aceita receber críticas, abraço!

    quanto a ford, tenho um, é assim mesmo, não sabem vender nem fidelizar o cliente, apesar de terem bons produtos…

  • pedro rt

    e muito atrevimento e pretencao de cacife pra relutar desse vendedor… se fosse eu ja tinha desistido e partido pra renault comprar um sandero ou pra toyota comprar um etios

  • Jeancarlos

    Parabéns pela aquisição Vinícius! Foi uma novela e tanto, mas oque importa é sua satisfação. Oque me chama a atenção é o preconceito e ignorância das pessoas com carro rebaixado. Primeiro ponto a observar é que realmente muitos dos tais estão fora das lei e provavelmente oferecem segurança abaixo do “aceitável”. Você recebeu criticas como: carro socadão e pneus duvidosos (em nenhum no texto vi citações sobre a altura do carro rebaixado ou marca e condições dos pneus). Tenho um Gol 2013 equipado com rodas 17″, pneus de marca e levemente rebaixado. Não uso o carro pra chamar atenção (nada contra quem faz isso,cada um tem a liberdade de fazer oque achar melhor), resolvi equipa-lo assim por ser um sonho de criança, por ganhar segurança e satisfação própria. Foi tudo pensado e projetado. Quando o carro é rebaixado (sem exageros) dessa forma, se perde pouca coisa em saída e economia de combustível, mas em contrapartida ganha-se muita estabilidade e design (pessoal).

    • iame69

      Pelo seu relato tenho certeza absoluta que você não é engenheiro e não sabe o que está falando sobre a segurança de carro rebaixado. Nenhum tipo de rebaixamento é correto, seu gol só um pouco mais baixo e com pneus de perfil menor está danificando a estrutura do seu carro. Você não conhece o coeficiente utilizado no estudo de dinâmica feito no projeto pela montadora e sim irá debilitar a segurança do mesmo podendo estourar pontos de solda e posteriormente rangidos que podem parecer de suspensão ou peças plasticas mas não são! E instituição nenhuma do governo deveria aprovar esse tipo de modificação pois o proprietário faz da forma “correta” mas o estudo em cima da modificação provando que é segura ninguém tem com teste de dinâmica e durabilidade.

      • Lucas

        Se altura não fosse responsável por estabilidade, carro de corrida seria… Certo que estou sendo raso no comentário, tudo depende da forma de rebaixar e tal e tal… mas se até ccs tem homologados entre os acessórios molas esportivas, é pq não é de todo rebaixar um carro, no modo certo, claro. O que acontece, é que há bastante preconceito sobre rebaixados.

        • iame69

          Não há preconceitos no meu caso. Eu gosto e acho bonito mas continua sendo errado e degradando a estrutura. Eu trabalho com isso e sei do que estou falando, já tive até roda aro 22 e não sabia a merda que estava fazendo. Sim, altura é responsável por estabilidade, faça uma curva com um rebaixado em uma pista e verá a diferença e depois faça uma curva fechada em uma rua e encontre um buraco e também veja a diferença. Não compare carro de corrida com de rua. A suspensão de um carro de rua é feita para a rua e sua estabilidade é estudada em projeto. Se você rebaixa para ganhar em estabilidade perde em outros itens, porém neste caso estará prejudicando a segurança!

          • Lucas

            Disse lá no começo que meus comentários foram rasos… claro que rua é rua e pista é pista. Se ele rebaixou, legalizado, fez uma curva e pegou um buraco, o estado deu o aparato para ele processar o mesmo, como já aconteceu na minha cidade. E segurança engloba muitas variáveis.

      • dCarvalho

        Rapaz, o cara paga 50 em um carro que vale 20, paga diversos impostos, o mínimo é que o cara possa fazer o que quiser com o carro, não é? O equilíbrio deve haver, somente, em pontos que, talvez, ele prejudique outra pessoa, fora isso o problema é do cara! Qual o problema se ele quiser ele e algumas vadias pular em cima do teto do carro, que se foda.

        • iame69

          Foi o que falei! Enquanto não prejudique os outros faça o que quiser! Coloque até LED no brucutu!!! Um carro com estrutura prejudicada pode agravar um acidente não apenas considerando ocupantes internos. Assim ele não pode fazer o que quiser! Esse tipo de coisa que estou falando é referente a cultura brasileira. Como assim? O que os olhos não vêem o coração não sente! Para que vou pagar mais caro em um ESP se nem estou vendo esse troço? Melhor comprar um Subwoofer! Resumindo rebaixar prejudica sim, as pessoas que não vêem pois é só colocar mola original de volta que está tudo certo! Ninguém consegue avaliar estrutura mesmo então f******

          • dCarvalho

            Estou de acordo em quase tudo! Quanto a parte estrutural do veículo, por falta técnica, estou impossibilitado de emitir um parecer, apesar de não imaginar danos tão relevantes à estrutura veicular. Não vou discutir com achismos, desta forma, dispeço-me aqui. Saudações!

      • Jeancarlos

        Certamente eu não sou. Isso que eu citei é por experiência pessoal. Eu discordo com você sobre “nenhum tipo de rebaixamento é correto”. Existem formas corretas e seguras (caras) de rebaixar um carro original. Não é porque o meu carro é popular que isso não seja possível. Esse processo vai muito além de cortar molas. Existem vários peças no mercado que possibilitam fazer isso com segurança… molas especiais, amortecedores específicos, buchas, barras estabilizadoras. De forma alguma eu ignoro todo o planejamento e estudos feitos na concepção de um carro. Sobre sua afirmação sobre estourar pontos de solda, sim é possível, mas pela experiência que eu tenho, nunca vi isso acontecer em nenhum caso que o carro tenha sido rebaixado nessas especificações que citei.

        • iame69

          Amigo, que você compre molas H&R e coloque. Estará forçando a estrutura do mesmo jeito! Você já viu um ponto de solda estourado? É bem difícil de ver principalmente porque se trata de uma rachadura dentro da lentilha de solda que tem aproximadamente 5mm. Pegue uma estrutura com lentilhas rachadas ou pontos feitos com corrente errada ou com diâmetro incorreto da lentilha e faça testes e verá o que estou dizendo. Carro rebaixado é igual falei em outro comentário, é só colocar molas originais e já era! Ninguém vai conseguir avaliar estruturalmente mesmo! Carros são feitos com coeficiente no limite. A economia de 10 pontos de solda em um carro que vende 5 mil por mês é muito dinheiro para uma montadora e tenha certeza de que ela vai tentar economizar ao máximo.

  • tech76

    Parabéns pela compra, opção mais racional por ser a única com ESP e ISOFIX nesse valor. Aproveite e compre cadeirinha com ISOFIX, segurança muito superior em relação às tradicionais.

  • Lucas

    Meu Deus, cada comentário que dá nojo… o carro é do cara, ele rebaixa, corta teto, faz o que quiser. A galera invés de ver que o cara quis um carro mais seguro, moderno, espaçoso, e que supri as necessidades, tão julgando o cara pq ele rebaixou o carro.

    • Junoba

      Concordo, o cara faz o que quiser. Se a pessoa não concorda ( estou incluso ), tudo bem, mas respeite a opinião do outro. As vezes eu publico algumas verdades por aqui, e o povo cai em cima de mim, como se fosse proibido dizer o contrário o que pensam.

      • iame69

        O carro é do cara e ele NÃO pode fazer o que ele quiser. Não é bagunça, carro rebaixado com a estrutura danificada pode agravar a segurança dos ocupantes e das outras vitimas (o que cai no conceito de que a pessoa não pode fazer o que quiser)

        • Lucas

          Cara, tá lá que o carro era legalizado, se era, então passou por pericia e tal e tal… Não pq o cara anda de carro rebaixado, que ele não era cuidadoso… vai o carro dele era mais bem cuidado que o seu, por exemplo.

          • iame69

            Imagino que na perícia que fizeram deveriam ter o projeto do carro em mãos cedido pela montadora e todos os resultados dos testes dinâmicos feito pela mesma (obvio que não tinham então não podem avaliar rigidez, dinâmica e durabilidade). Pericia para rebaixados é só mais uma forma do governo ganhar dinheiro. Independente do tipo de rebaixamento ou troca de perfis de roda, a estrutura será mais exigida podendo até estourar pontos de solda do carro causando falta de segurança para integrantes do veículo ou pessoas ao redor em situações de uso ou em uma colisão. Quer algo baixo para andar compra um kart e vai para a pista que foi feito para isso. E não, tenha certeza que não, o carro dele não era mais bem cuidado que o meu, o meu pelo menos a suspensão foi fixada na fabrica em sua fabricação com processo validado pela engenharia da mesma e não trocada a suspensão duas vezes, uma para estragar e outra para tentar voltar ao original. Você como uma pessoa inteligente pois partiu do principio que pelo menos era legalizado então não fez nada de errado compraria esse carro tão bem cuidado ou iria preferir outro que nunca foi alterado dessa forma? Imagine as duas opções com tudo igual e porque a sua escolha?

            • Lucas

              Cara, se o processo é ou não correto, não sou perito e minha formação é outra, não engenharia. Agora, se o estado dá a opção de vc regularizar seu carro, determinando a altura , ele deve ter alguma noção ele do que ta fazendo, além de te dá aparato para até um processo futuramente por algum dano causado em um rua… compraria sim, se eu gostasse do carro, tenho amigos com carros rebaixados que cuidam muito bem dos seus carros, já tive carro rebaixado, levantei e vendi e até hoje esse carro nunca deu dor cabeça ao dono… mas discussão é só recriminar o dono do carro por ter rebaixado, ele pode e deve fazer sim o que quiser com o carro, ele que arque com consequências depois.

              • iame69

                O estado da a opção conforme você disse. Vamos ver sua opinião em relação a outra coisa. Você pode regularizar xênon instalando dois de três itens, sendo: esguicho porco, regulagem de altura ou limpador de farol. Mas ué que eu saiba o carro com xênon de fabrica possui foco diferenciado e com bloco elíptico. Você acha neste caso que esse processo para regularizar é estudado e correto? Exemplo: se você pegar um Monza (nada contra o carro) você consegue regularizar instalando esses itens, acha que está correto? Resumindo, liberam apenas para ganhar dinheiro!!!

                • Lucas

                  Virou vestibular, cheio de perguntas hehehe Então, xenon deixou de ser regularizado, eu tive xenon em 2 carros, regularizei, sem mais stress e xenon incomoda tão quão faróis má regulados, que nem os famosos faróis de palio g3 que saiam desregulados de fabrica… e existe xenon sem bloco elíptico, famoso projetor, vide corolla seg/altis antigo… Se é estudado ou não, não sei! Só sei que um Estado não ia dá a opção sem alguma normativa, independente de ser ganho de dinheiro, tem a opção de regularizar, faz quem quiser. Só acho bom ter a opção de andar legal, em um país que não se pode nada, que temos radares em lugares inimagináveis, com um transito maluco que temos…

          • iame69

            Legalizado! Quem legalizou tinha quais dados do projeto do carro? Você confia tanto assim nas instituições? Na minha opinião é só mais uma forma de ganhar dinheiro, vamos legalizar e depois des-legalizar! Ganhamos duas vezes! =]

        • Junoba

          Mas ele legalizou o carro com as alterações. Não tem nada de errado. Mas se as alterações comprometem a estrutura, problema dele.

      • THE GUNSLINGER

        Verdades do youtube?

        • Junoba

          Que verdades ?

  • Alvaro Guatura

    Que novela isso…. eu ainda compraria o Up turbo (ainda mais depois de tudo, teria desistido do Ka)

    • Thiagusss

      Viu os relatos de up tsi com motor “batendo”? Sem força? Interessante no minimo.

      • Lucas Irrthum

        Todo propulsor recém lançado está sujeito a apresentar problemas. O negócio é esperar que as primeiras unidades saiam da linha de montagem, para que a montadora descubra os problemas que apresentarão. E, dessa forma, possa corrigi-los no processo de fabricação, impedindo que cheguem ao consumidor.

        • Thiagusss

          Realmente. Tudo, tudo está sujeito a apresentar problemas. Carros, geladeiras, relógios, celulares, computadores.
          Mas para quem investiu R$ 1,2 bi. não imaginei que fosse ter problemas dessa natureza. O problema são as milhares de unidades deste “primeiro lote” que estão sendo vendidas aguardando a montadora descobrir problemas. Quase uma bomba-relógio. Como ficam estes consumidores? Lamentável.
          A propósito, acho o Tsi 1.0 uma super evolução tecnológica no Brasil.

          • Lucas Irrthum

            As montadoras, principalmente as 4 grandes, nunca foram referência em atendimento ao consumidor. A pressa para lançar produtos prejudica a qualidade. Com certeza muitos recall’s estão por vir. Concordo plenamente que o Up! TSI é uma baita evolução tecnológica no nosso mercado automotivo, com certeza impulsionará os concorrentes a se moverem.

  • Infelizmente o comércio no Brasil é assim mesmo, te vendem uma coisa já pensando em entregar outra. Os vendedores são versados em passar o cliente pra trás.

    Isso me irrita sobremaneira.

  • Ainnem Agon

    Os termos “lindo” e “rebaixado” não podem coexistir em uma mesma frase.

  • Marcelo Amorim

    Em partes…eu particularmente nao iria atrás de negociacao em carro algum com o meu carro atual com algum ônus,esperaria até a baixa de alienacao aparecer no sistema.

  • Drone gibim

    Se deu esta zica toda na hora da compra o que será que vai acontecer se o carro der algum problema.

    É melhor nem imaginar.

  • Joacir

    Amigo,porque não foi da uma olhada no sandero?,não sei se tem isofix, mas espaço tem e muito,em sua categoria claro.

  • Luiz

    Putz o cara tem psicológico pra postar um review de compra desses. Primeiro que eu tinha desistido no primeiro problema afinal se começa assim dificilmente termina bem. Segundo que sair de Palio pra Ka e ter o carro desvalorizado em mais de 5mil… esquece melhor deixar baixo.

  • JoãoAVR

    Muitos comentários falando que o cara poderia comprar um Versa, mas ele falou que não poderia ser um sedã. No meu modo de entender seria nada de sedã, independente se é médio ou compacto.

    Mas eu não ví ganho algum em trocar um Palio por um KA, até porque para transportar as coisas que duas crianças e a esposa usam já precisa de um porta malas espaçoso.
    Poderia ter visto o Onix (já que queria um 0km), ele tem o mesmo espaço interno do 307, mas o Focus hatch seria uma boa, ou mesmo um 307 1.6.

  • Leonardo César

    Esse é um dos artigos que me fez conhecer o site, porém ultimamente está deixando a desejar bastante.
    Quanto ao relato, não tenho nem o que falar, até porque foi exposto apenas os problemas na negociação, que uma parcela desses problemas a culpa foi do escritor, carro rebaixo ( refazer toda a documentação), e alienação.

  • BorisAWD

    cara…… eu nao compro mais carro em concessionaria. é sempre a mesma historinha…..

    • Cesar Mora

      eles tem um padrão nas desculpas que se tivessem o mesmo padrão nos serviços prestados todas atenderiam beirando a perfeição!

  • Total car

    Ele achou o Up! pequeno e pegou um Ka, pensei em Sandero no mínimo. Por isso que as montadoras usam e abusam nos preços, é só financiar e pronto! Taxa zero não existe, você paga o valor de aprox 1.000 em taxas de contrato e cartório, mas já é mais vantajoso que financiamento normal.

  • Mário Leonardo Pires

    Como o nosso caro amigo disse “financiamento de carro usado está pela hora da morte.” Quando temos a grana para pagar à vista compensa um bom semi novo. Outra coisa é que eu quero que todos saibam é que esse lenga lenga de vendedor não é por acaso, tudo isso é feito de maneira proposital. Isso se chama segunda venda. O vendedor sabe que não dá para oferecer o carro na condição inicial da negociação e fica tentando arrancar dinheiro do cliente até a data da entrega do veículo. Falo isso por que já fui vendedor e não estou no negócio por não topar picaretagem.
    Formalizem toda a negociação, nada de conversas informais por telefone e peçam a negociação inicial no papel assinada e carimbada pelo gerente.

  • Mazembe 2X0

    Um carro espaçoso e barato sem ser um sedam , iria de Sandero já que segurança pra ele não é um fator de compra determinante.

    • Vinicius Aguiar

      Segurança não é fator determinante? O carro tem até ESP, é melhor avaliado pelo Latin NCap que o Palio, tem Air Bag e ABS que o Palio não tinha.
      Realmente o Sandero é espaçoso, mas só compraria se tivesse grana para comprar o RS, não gosto do acabamento do carro, coisa pessoal.

      • Mazembe 2X0

        Eu me expressei mal.A escolha pelo Ka nesta compra a segurança não é um fator determinante.

  • Lucas Mendanha

    1,90m, duas crianças pequenas e cadeirinhas e um carro compacto pq a mulher nao gosta de dirigir?

    é…

    • Vinicius Aguiar

      É! Ela usa o carro na maior parte do tempo. Não posso somente pensar em mim.

  • Edson Fernandes

    Imagino o quanto ele teve que pagra para isso…rsrsrs

    Normalizou a documentação e tudo aquilo que negociou ele “perdeu” para a normalizar…rs

  • Brenno

    Cada um sabe o que faz com o seu dinheiro. Mas, 43 pila num Novo Ka? Pode ser completo, zero, novo, etc. Mas não desce. Hoje, vi um Polo Hatch Completo, 1.6 2010 por 28 pila. Pago fácil isso no Polo, mas não pagaria 43 no Ka. Aliás, não existe carro 0km que vale pagar. Um Astra 2011 você acha por menos de 30 mil e daria muita alegria pra você.

    • Vinicius Aguiar

      Também pagaria fácil se fosse só eu quem usasse o carro.
      Não comprei carro só pra mim. Antes de decidir ter filho eu tinha uma Montana Sporting, já tive Strada Adv e tive motos também, Bandit 650, Hornet e etc. Tudo comprado semi-novo, mas dessa vez resolvi que queria um carro zero.

  • Retrato do Papai

    esse novo palio 1.0 não é fraco, não… é uma verdadeira lesma! dirigi algumas vezes o novo palio attractive 1.0 (2012 acho) de um amigo de família e, nossa, meu palio 1.3 8v 2005 perto dele parece ser um foguete! na subida de um shopping center daqui eu normalmente passo em 4a marcha, nesse novo palio eu tive que esticar a 2a para conseguir colocar a 3a…

    é engraçado que, como o torque máximo é em rotações altas (3850rpm), ele canta pneu facilmente em 2a marcha… diferente do meu, que o torque máximo está em rotações baixas (2250rpm) e dificilmente patina nessa situação… o meu fica bem amarrado após 4000rpm (principalmente com o ar ligado), mas o novo palio 1.0 é triplamente amarrado em qualquer regime hahaha

    • Vinicius Aguiar

      Pois é. Na minha família tem um Palio Fire que anda 10 vezes mais que esse Fire EVO.

  • Cesar Mora

    Nossa cara… é o que eu sempre digo, amo carros, são uma paixão na minha vida, como na de todo entusiasta… mas Put** Mer*** como é estressante esse processo de compra/troca, sobretudo com lojas/concessionárias… são tantos estresses que o momento de prazer e alegria se torna um tormento!

    sobre o carro, o Ka é um carro legal, como disse outro dia, o meu único senão fica para o Cluster dele, acho os números pequenos, os ponteiros pequenos…
    e fiquei com dó de vc por não poder comprar o carro que melhor lhe atenderia ( um sedan ou sobretudo uma minivan/wagon usada) por sua esposa não gostar de dirigir, muito provavelmente também por assim como a maioria dos motoristas nesse pais, não ter tido a formação correta, transformando o ato de guiar um veículo um sofrimento para ela..

    • Vinicius Aguiar

      Pois é @disqus_8TQ3kPiToq:disqus,
      Quando comprei o Pálio achei os número super difíceis de ler também, mas acostuma. Ele é bem mais bonito que no Ka
      O que mais me decepcionou no Novo Ka foi o painel mesmo , podiam ter feito algo mais parecido com o New Fiesta que é bacana.
      Pra minha esposa dirigir é um sofrimento, mas é necessário. Então o que eu posso fazer para facilitar a vida dela eu faço.
      O Ka, para a categoria, é um carro espaçoso, perdeu no porta-malas para ganhar em espaço interno. Minha mãe tem um New Fiesta Sedã e os passageiros sofrem no banco de trás.

      • Cesar Mora

        Sim, o carro é bem legal.. o painel todo é bonito… faltou só os números maiores mesmo, sobretudo do conta-giros… mas ele é mais agradável por dentro que o Pálio mesmo…
        ah claro.. tem que tornar tudo o mais prático possível…

        o New Fiesta eu acho muito apertado mesmo… não entendo porque ele tem tão pouco espaço atrás…

  • Vinícius DS

    Se o quesito principal era espaço, acho que a melhor opção seria o Sandero…

  • Douglas

    Fox não tinha espaço no banco traseiro? Estranho, com o banco do motorista ajustado pra mim (1,93m) meu joelho mal encosta no banco quando sento atrás.

    • Vinicius Aguiar

      Só se eles melhoraram o aproveitamento do espaço interno do Fox nos últimos anos, pq meu pai tem uma SpaceFox e não cabe.

      • Douglas

        O Fox aqui tem mais espaço que meu antigo Corolla Brad que tinha entre eixos maior.

  • Magno

    Bonitinho esse Ka . Mas ainda não entendi , se aa busca era por um carro que coubesse as crianças e as suas respectivas cadeirinhas , o novo Ka me parece bem pequeno …

    • Vinicius Aguiar

      Só que não é. Cabe bem, ele é maior que o Pálio.
      Todo mundo está com o conceito do antigo Ka na cabeça.

      • Magno

        Kkkkk talvez seja isso , amigo meu tem um Ka+ e achei apertadinho atrás dele . Talvez tenha sido impressão minha Pq eu sentei no banco da frente e soh olhei o de trás , sem chegar a sentar , mas vc sendo o dono de um , não tenho Pq não acreditar em sua palavra .

  • th!nk.t4nk

    Uau, nessas horas fico feliz por só comprar carro à vista. Meus últimos carros literalmente levei 1 dia entre visitar a concessionária e sair dirigindo com tudo ok. O stress é zero.



Send this to friend