Brasil Governamental/Legal México Mercado

México: cotas acabam no dia 19 e Anfavea tenta evitar livre comércio

México: cotas acabam no dia 19 e Anfavea tenta evitar livre comércio

As cotas acordadas em acordo comercial entre Brasil e México, finalmente chegarão ao fim no dia 19 de março. Vigentes há 16 anos, elas possibilitaram aos dois países comercializar veículos sem imposto de importação de 35%, limite estipulado conforme convenção na Organização Mundial do Comércio (OMC).


A partir da expiração das cotas, o livre comércio entre os dois parceiros estará estabelecido, porém, a Anfavea quer evitar que isso aconteça.

Há 20 dias, a entidade que reúne a maioria das montadoras instaladas no país – a outra organização é a Abeifa – entregou ao governo federal um estudo que mostraria o impacto (negativo) que a liberação do comércio com o México traria no setor automotivo nacional.

Resumidamente, um acordo de livre comércio com o México, faria com que o Brasil perde-se em competitividade para o país latino. A questão levantada por Antônio Megale, atual presidente da Anfavea, é sobre a regra de origem. Esta prevê que insumos nacionais não entrem no cálculo de nacionalização quando existem componentes importados.


México: cotas acabam no dia 19 e Anfavea tenta evitar livre comércio

Megale pede a prorrogação das cotas para que haja tempo hábil para alteração dessa regra. Ele sugere aumento de 10% nas cotas, pois algumas montadoras estariam importando no limite das cotas. Para o Brasil, a liberação seria ruim, pois as exportações continuam em baixa.

Em 2018, mesmo com alta de 14,6% nas vendas gerais no mercado interno, o país teve queda de 17,8% nas exportações, embarcando pouco menos de 630 mil veículos. Em contrapartida, o México vai muito bem nesse caso. Voltado para vendas externas, o parceiro latino enviou para outros países, nada menos que 3,4 milhões de carros em 2018, 6% mais que em 2017.

Para piorar as chances do Brasil em exportações para o México, o mercado interno deste, caiu 7,1% no ano passado, totalizando em torno de 1,4 milhão de unidades.

Com 41 acordos comerciais, o país latino tem sua indústria voltada para abastecer o mercado americano, onde é responsável por 15% das vendas. Mesmo que as vendas caíam internamente, o volume é compensada pela dependência dos EUA.

[Fonte: Valor]

 

 

 

México: cotas acabam no dia 19 e Anfavea tenta evitar livre comércio
Nota média 3.9 de 9 votos

  • R. Rover

    Vai lá Bozzo e faz como o Trump.
    kkkkkkkkk

    • Lucas de Lucca

      Hummm… falou Bozzo.. Pelo batuque do tambor…

      • Junoba

        O Bolsonaro mudou o discurso depois que ganhou. Acompanhei ele desde 2014, esta deixando muito a desejar, além de ser suspeito de envolvimento com milícias.

        • Joãozinho

          Suspeito

          Tá de brinks??

          O Bozo era um mal necessário (não tinha opção, talvez Alvaro Dias, mas sem potencial de voto).

          Mas o cara é fraquíssimo. O Bozo e sua trupe circense nos ministérios (exceto Moro, que é a única coisa que presta nesse governo)

        • Murilo Soares de O. Filho

          Milícias? Nossa?

        • Louis

          Às vezes acho que ele está se envolvendo em polêmicas desnecessárias. Mas não me arrependo do meu voto. Se o Poste tivesse ganhado, viraríamos Venezuela.

        • Gran RS 78

          Mudou o discurso? Facilitou o porte de armas, liberou a lista dos maiores devedores do BNDS, cortou a farra do dinheiro público com a lei Ruanet, cortou de 38 para 22 os ministérios, acabou com a verba pública para patrocínio no futebol e para as mídias, estão começando a recuperar a estrada do MS/PA de onde saem os grãos de soja,está cada vez mais se alinhando aos Eua e outros países que o Brasil não tinha mais proximidade, acabou com o contrato de locação do Incra das camionetes que saiam pela bagatela de 880 mil reais cada uma de aluguel e agora estão combatendo o marxismo cultural nas escolas, isso em menos de 3 meses. Votei nele e votaria de novo, pois até agora está fazendo tudo o que iria fazer, mas claro que não é fácil, pois toda a mídia, muitos políticos que não querem perder a boquinha não querem deixar a vida fácil para ele.

          • Antonio

            Ou seja, quase porcaria nenhuma.

            • Gran RS 78

              Boa era a Dilma e o Lula, né Antonio!?

              • A galera que é anti Bolsonaro, acha que tem propriedade pra criticar, sendo que a turma deles fez o que fez, mas para eles…não foi nada não, foi uma marolinha ilicita. Só observo…
                Todos os partidos afogados em corrupção deveriam ser EXTINTOS e os políticos envolvidos BANIDOS, mas não…. Eles que estão Sertos.. e eu errado.

                • Miguel

                  Eu NUNCA votaria em PT, mas também não votei no Bolsonaro, pra mim continua a ser uma pessoa BAIXO CLERO rodeada de gente muitooo mais inteligente que ele.

                  Mas não estou aqui pra torcer contra, só gostaria de ver menos twitter e filhos problema na vida dele, menos falas de improviso e mais discursos ensaiados. E resultados.

                  TODOS os outros presidentes sofreram o escrutínio da mídia e etc, e embora estejamos na época das fake news, o presidente tem que parar de ficar na defensiva com a mídia e fazer o que tem que fazer, só isso.

                • Antonio

                  Só que agora a barra está muitíssimo mais pesada.

                • Paulo Henriq

                  sou Anti-PT, mas as coisas estão assim, O Jair foi aliado e Dep.Federal, Dep.Estadual por quase 20 anos do mesmo partido do Eduardo Cunha, partido com maior numero de indiciados por corrupção, FATO. Tem um filho envolvido em esquema de lavagem de dinheiro, com assessor envolvido até o pescoço, o Queiroz, FATO, Foi eleito pelo PSL que está envolvido com candidatos- laranja e desvio de recursos, crime eleitoral, FATO, envolvido com ” disparos” de FAKE NEWS nas redes sociais, FATO. O filho namorou com a filha de um miliciano envolvido com a morte de uma vereadora, FATO. o SUSPEITO mora no mesmo Condominio, FATO. Disse que LIBERARIA a POSSE e o PORTE de armas ( mudou de um jeito que ficou do mesmo jeito) FATO, foi eleito com promessas que não serão cumpridas ou apenas foram feitas para ganhar Votos.

                  • Fernando Gabriel

                    Acrescente o valor recebido de propina na conta dele, que ele repassou ao antigo partido, PP, que depois o partido repassou a ele, FATO. Afinal, PP é conhecido como Partido da Propina.

                  • FATO……………

                • Jorge Osório Cortese Magalhães

                  Quem não é bolsominion é “turma deles”?!

              • Não dá para comprar, por que tem só 3 meses, tomara que seja bem melhor mesmo!!!

            • LKenappe

              Você queria o que? Aumento do seu salário? Carro de graça, ingresso na faixa pra ver Exposição Santander Apresenta: Homem nú?

          • Miguel

            E não conseguiu acabar com a taxação sobre o leite em pó! kkkk
            Vamos ser liberais de verdade? Não sei.

          • MKB

            Porte de armas? Regresso social;
            Lista dos maiores devedores? Isso é de domínio público desde 2015, ele não fez foi nada;
            Cortou ministérios? ok, é um ato louvável, embora não tenha reduzido muito o custo destes, e acabou com o ministério do trabalho, algo que por si só foi um ato boçal;
            O Brasil sempre foi um parceiro comercial dos EUA, não seja enganado, o bolsonaro está se alinhando ao TRUMP, não aos EUA. Se Trump sair, acabou a lua de mel.
            O aluguel das caminhonetes contemplava combustível e manutenção, não teve nenhum ganho real nisso;
            Marxismo cultural? Cara… por favor… você nem sabe o que isso significa. É a história de Dom Quixote lutando com os gigantes imaginários.

          • Hodney Fortuna

            O maior feito que Bolsonaro fez foi reduzir verbas federais para a midia da extrema imprensa!

          • Joao Victor

            Bom, vamos por partes:
            1- “acabou com a verba pública para patrocínio no futebol e para as mídias”= fontes?????

            estão começando a recuperar a estrada do MS/PA de onde saem os grãos de soja= Serão investidos 200 milhões de reias, tirados do bolso do trabalhador Brasileiro, e em seguida será “dado” a iniciativa privada. Tipico “capitalismo tupiniquim”.

            cortou a farra do dinheiro público com a lei Ruanet= pura politicagem, foram cortados “apenas” 50 milhões, o que pelo tamanho das dividas e das despesas do governo é apenas um grão de areia num deserto. (mas ainda foi a única medida do governo que eu apoiei.)

            está cada vez mais se alinhando aos Eua e outros países que o Brasil não tinha mais proximidade= tirando a “doação” da Embraer e da base de Alcântara não vejo nenhum “alinhamento” entre Brasil e o primeiro mundo.

            agora estão combatendo o marxismo cultural nas escolas= isso não merece comentário…

            As únicas ações que merecem um pouquinho de atenção do novo governo foi a extradição do Battisti e a “expulsão” dos Cubanos.

            A corrupção continua escancarada, o desemprego e a violência continuam aumentando, os serviços públicos continuam horríveis, 55 milhões de Brasileiros continuam abaixo da linha da miséria… Enfim, parece os principais problemas Brasileiro (são muuuitos) não são o foco do governo Bolsonaro.

        • Hodney Fortuna

          Junoba, tá assistindo demais a Globo e lendo a FSP! Tá absorvendo as narrativas do PSOL e PT, meu caro! Não faça isso pois vc é um cara inteligente!

    • Joãozinho

      A turma do fuzil não entende patavinas de economia. O Trump é aloprado mas é do mercado empresarial

    • Gran RS 78

      Bozzo? Sério mesmo que vc disse isso? Senti um cheirinho de mortadela no ar.

      • JOSE DO EGITO

        Sempre estamos no lado mais vulneravel .Ja venho falando a tempos: liberar geral ,so assim seremos talvez ,depemdendo,contando com a sorte,prendendo corruptos:Um pais competitivo

    • Reginaldo Ferreira Campos

      Mortadela vencida detectado. Ações:
      1- Excluir
      2-Mover para Curitiba
      3-Usar ferramenta #LulaTáPresoBabaca
      4-Ignorar

      • Antonio

        5- Ir para Rio das Pedras pegar a ‘féria’.
        Sai fora minion. Vc já era!

        • Gran RS 78

          Mortadela, o Lula está preso, BABA…

          • Antonio

            Aguarde os próximos capítulos.
            Começarão pelos filhos e chegarão no pai.

        • Reginaldo Ferreira Campos

          “Vc já era!” KKKKKK
          Esses esquerdistas não aceitam a realidade.

          • Raul Cotrim de Mattos

            Bolsominions são os petistas da direita. Defendem os mesmos tipos de bandidos, com o mesmo tipo de frases prontas e memes baratos.

            • Diego Lip

              Você resumiu tudo bolsominions e lulistas são terríveis, não se consegue conversar com ambos.

            • É a mesma coisa, só muda a cor da camiseta, a burrice é a mesma.

      • Fernando Gabriel

        Selecione aqui, o que mais se ouviu nos últimos 3 meses:

        1-PSL
        2-Cade o Queiroz?
        3-Golden …..
        4-Garantia de que não houve conversa com Bebianno
        5-Laranjal
        6-Carlos
        7-Flávio
        8-Eduardo
        9-Bolsonaro
        10-Twitter
        11-Reforma da Previdencia
        12-Milícia
        13-Casa na mesma rua
        14-Homenagens para Milicianos
        15-Moro sem poder de nomeação (apesar de carta branca)
        16-Vice tem uma postura melhor
        17- Isso já ouvimos muito ano passado
        18-Cheque da primeira dama
        19-Sem tempo de ir ao Banco
        20-Foto após a vitória indo ao Banco
        21-Venda de casa parcelada e depósito no caixa eletronico (sem tempo de ir ao banco)
        22-Um cabo e um Soldado
        23-Tentativa de encobrir alguns gastos do Governo (derrotada)
        24-Ministro da Educação que não é Brasileiro
        25-Wal do Açaí

        Que tal ele começar a trabalhar e honrar os votos recebidos?

      • MauroRF

        Antonio e R.Rover acho que são o mesmo cara. Toda notícia assim esse cara aparece. Bloqueei os dois, pois já tentei argumentar com ele(s) em vão.

    • Raul Cotrim de Mattos

      Espero que Mourão tome posse em breve… fala algumas bobagens vez e outra, mas é uma pessoa muita mais estudada e sensata em suas colocações. Bolsonaro é um sujeito comum sem nenhum atributo especial que conseguiu chamar a atenção com suas polêmicas em assuntos torpes em um momento de grande desilusão política, nada além disso.

      • Zé Mundico

        Concordo. Bolsonaro é aquele cara metido a patriota de mesa de bar que conseguiu chegar ao poder. É cheio de bravata, moralista de regulamento, patriota de palanque, acha que governar é só dar lição de moral….rsrsrsrsrs….

        • Diego Lip

          Tenta dar as lições de moral, nem consegue, só ver os filhos, haha. Pior que quer fazer tudo pelo Twiter ou facebook.

      • Isso é verdade, antes eu achava que ele era um perigo, mas pode ser a salvação. É difícil ficar do lado do Bolsonaro, o cara é amador demais.

  • fschulz84

    Se a ANFAVEA (a.k.a. cartel) acha ruim, então para nós pode ser bom!

    • RodrigoTM

      Na teoria ate seria bom pra nós sim. Mas ai as montadoras e importadoras iriam enfiar a faca e colocar os preços dos carros lá nas alturas. Ou seja, mais lucro pra elas e carros caros pra gente.

      • Fanjos

        A importação deve ser livre (com impostos justos), para todos e não somente importadoras, toda pessoa deveria ter o direito caso queira de ir até o México, Chile, EUA, etc e voltar dirigindo seu próprio carro regularizando aqui

        • Gabriel Felipe Kuhn

          concordo em partes, senão iria virar comércio…mas concordo, ao menos um por ano deveria ser permitido, sei-la

          • T1000

            Olha o socialismo aí gente

            • Antonio

              Socialismo é PM morar no mesmo condomínio do Presidente da República.

              • Gran RS 78

                Ou esquerdista pedir asilo político na Alemanha, França, etc. Porque será que vcs não querem ir para Cuba, Venezuela, Coreia do Norte? Socialismo é uma beleza, SQN!

                • Antonio

                  Arrumar uma passagem para esses países custa alguns poucos milhares de reais.
                  Comprar casa em condomínio na Barra ou em Angra custa milhões reais.

                  • Fernando Gabriel

                    Foi só coincidencia…kkk

                • Paulo Henriq

                  a titulo de informação, Alemanha, França e o etc ( Dinamarca, Inglaterra, Suecia) são países que tem politicas sociais de esquerda, aquela coisa de beneficio para desempregados, saúde publica gratuita, programas sociais de amparo aos mais pobres.

        • Joao Victor

          Sim Fanjos, aí teríamos carros melhores e mais baratos, e milhares de Tupiniquins desempregados.

          • RicLuthor

            E adianta empresas com baixa produtividade, baixo índice tecnológico, com produtos defasados e inseguros serem mantidas através da exploração do consumidor local por conta dos altos preços?

            As fábricas locais deveriam procurar ganhar produtividade, reduzir custos, para oferecerem produtos mais baratos e terem maior demanda. Empresas que internamente parecem feudos, chegando a possuir até 3 gerações de familiares trabalhando…, por isso que a competição trás desgosto, o pessoal não quer perder a mamata.

          • Fanjos

            De inicio ira pode impactar de maneira negativa, mas com uma boa reforma tributaria, melhorar ainda mais a reforma trabalhista, melhorando o ensino de base, instruindo melhor os mais novos, se livrando da doutrinação marxista que insiste que ganhar dinheiro, que ser empresario é mal e que trabalhar muito é exploração, em 1 geração isso iria reverter, e a nossa produção e capacitação seria tão boa quanto a estrangeira e os importados não assustariam tanto.
            Tem que pensar ao longo prazo e alteração para melhor sempre muitas vezes são seguidas de sacrifícios para a geração atual para que a próxima possa gozar de um futuro melhor, algo que ocorreu na Coreia do Sul.
            Mas admito que devido a cultura huezeira isso é algo bem difícil, até mesmo um pouco utópico de se pensar, porque o huezeiro tem mentalidade assistencialista, gosta de um Estado paternal que lhe provem tudo, que retirem suas responsabilidades e garanta “muitos direitos” aceitando pagar uma “pequena taxa” de 5 meses de salario papa o “Papai Governo” fazer tudo belo bebezão de 45 anos que ainda mal sabe fazer um miojo

            • Joao Victor

              Isso nunca irá acontecer, a economia Brasileira se baseia principalmente na exportação de matérias primas e no comércio, são empregos mal remunerados, contratando pessoas com pouca ou nenhuma qualificação. Hoje em dia a informação e o conhecimento estão literalmente nas nossas mãos, nos nossos smartphones e notebooks, o Brasileiro não é “burro” porque o estado não dá educação de qualidade, e sim porque não tem o MÍNIMO de interesse em adquirir conhecimento e subir na vida. O Brasileiro não “gosta” de um “estado paternal”, o Brasileiro DEPENDE do assistencialismo estatal, mais 50% dos Brasileiros sobrevivem com um ou menos salário mínimo, sem o bolsa familia seriam milhões e milhões de Brasileiros a mais passando fome.

              • Fanjos

                Como falei, a cultura do Huezeiro é desprezível, tem desprezo pelo estudo proveitoso, desenvolvimento pessoal e principalmente disciplina, isso é algo difícil de mudar, mas não é impossível, somente uma boa educação de base e de preferência integral no primeiro momento seria possível iniciar uma reversão a longo prazo.
                A Coreia do Sul também era um país agricola e devastado pela guerra e olha para eles agora, a vantagem deles é que sempre tiverem a “cultura” da disciplina, como a maioria dos países asiáticos e aqui não temos isso, seria mais uma barreira a se vencer antes de as pessoas daqui se tornarem alguma coisa.
                Eu poderia criar um texto gigantesco mostrando cada ponto que seria um desafio, cada lobby ou interesses que deveria ser derrubados e barreiras quebradas, mas não ganho para isso kkkkkkkkkkk

                • Joao Victor

                  Cultura nada mais é do que um “business”, um mercado que movimenta bilhões e bilhões de reais, ninguém é forçado a escutar a Anita e “Mc kevinho”, ninguém é obrigado a ir a bailes funk e marchinhas de carnaval, ninguém é obrigado a viver na ignorância. O motivo pelo qual a cultura Brasileira está do jeito que está é financeir$$$.

                  • nbj

                    “ninguém é forçado a escutar a Anita e “Mc kevinho”” Discordo. Quem não tem condições de pagar uma boa internet ou um canal a cabo decente é obrigado sim a assitir/ouvir essas porcarias!

                • Fernando Bento Chaves Santana

                  O Estado Sul-Coreano organizou e financiou desde os anos 70 as empresas privadas para serem uma grande exportadora de produtos e serviços de alto valor agregado. No Brasil e demais países latino-americanos nunca conseguiram mobilizar uma industria local competitiva internacionalmente. A industrialização desta região ficou presa na eterna substituição de importações. Por exemplo, a crise dos anos 60 que fez com que a Vemag e a Willys Overland desistirem de atuar no setor ocorreu por que estas empresas não tinham pautas exportadoras relevantes para compensar a queda do mercado interno brasileiro. Sempre faltou fôlego para as empresas de capital brasileiro serem competitivas em outros mercados. E ter o mercado interno sequestrado por empresas estrangeiras mantém o país preso. O horizonte da elite latino-americana é principalmente viver de títulos de dividas do governo e da exploração da terra. A segunda opção é ser sócio de algum empreendimento de empresa estrangeira com a tarefa de recrutar força de trabalho barata. Trata-se de uma escolha racional do Capital: Por que arriscar perder dinheiro tentando competir com players ja estabelecidos se há outras alternativas mais seguras para lucrar? A questão é que o Estado brasileiro falhou em estimular o surgimento de empresas capital nacional capazes de criar produtos e serviços de alto valor agregado competitivos no mercado internacional. Podemos até viver orgulhosos da exploração de commodities, como afirmou nosso atual chanceler, mas consequecias desta matriz é sempre estar em desvantagem nas trocas internacionais e ser um país com baixíssima mobilidade social.

                • Matthew

                  Nada a ver usar a Coreia do Sul como exemplo de país que alcançou alto nível de renda em função de liberalismo econômico. Foi justamente pelo caminho contrário, que vocês tanto criticam. O ESTADO liderando e financiando praticamente todo o processo de industrialização do país. Cabe ressaltar também que o fenômeno se deu durante a guerra fria. A Coreia do Sul é vizinha da Coreia do Norte e da China, dois países comunistas. Para combater a influência destes caras na região, os EUA fez um mini plano Marshall exclusivo para os coreanos. No Brasil é difícil mesmo exigir disciplinas dos alunos em escolas sucateadas, sem professores para lecionar todas as disciplinas, dentre outras coisas que não inspiram a menor vocação no alunado. E vocês bolsiminons só ficam papagaiando essa besteira de “marxismo cultural”. Queria saber como é possível essa doutrinação marxista toda num país cuja maior parte da população é analfabeta funcional. Chineses são muito mais marxistas do que nós e nem por isso dão vexame nas avaliações internacionais de ensino. Capital, dinheiro ou seja lá como você queira chamar tá c* pra orientação ideológica do país, desde que gere lucro.

                  E ainda que sua crítica seja a sustentação do “papai Estado”, não consigo entender da onde vocês tiraram que o Bozo representa o oposto disso, um cara que vive há 20 anos de salário no congresso nacional, fez a família toda na política, fora os laranjas do PSL. E tá cada vez mais claro o envolvimento da família com as milícias cariocas. Tiraram um bandido do poder por causa de um apartamento cafona na praia e um sítio em Atibaia, pra colocar um bandido envolvido com o crime organizado do país. O Brasil inteiro ficará refém de milícias como já acontece no Brasil.

                  • Anderson Carboni Boscan

                    Sua colocação foi perfeita, muita gente cita a Coreia do Sul sem ao menos ter uma noção de como ela foi protecionista e intervencionista até as empresas se tornarem as gigantes que são hoje.
                    Sugiro a leitura do livro “23 coisas que nos contaram sobre o capitalismo” de Ha Joo Chang, que explica com muito detalhes o crescimento da Coreia do Sul.

            • Fernando Gabriel

              Essa é a questão principal e que deveria ocorrer no primeiro dia deste governo: Reforma Tributária. Reforma Previdenciaria, Trabalhista, Política, não tem sentido ou alcançarão seus objetivos se não focarem na tributária primeiro.

          • zekinha71

            Milhares de tupiniquins desempregados já temos, então é só realizar os carros melhores e mais baratos.

          • Murilo Soares de O. Filho

            O Brasil tem que se adequar, e parar o chororo.

        • Maycon Farias

          Ótima.

        • gustavo

          Seria bem interessante se isso acontecesse.

        • zekinha71

          Que sonho, ir até o Chile comprar um Mazda, um Opel e voltar dirigindo pelos Andes, curtindo a viagem, depois cruzar a Patagônia e subir pelo litoral huezeiro.
          Uma bela aventura.

      • Matafuego

        Nos dê algum exemplo de algum lugar em que o livre comércio fez os preços aumentarem

        • Satan Ghost

          No Brasil, nos anos 90, aconteceu algo curioso: Ciro Gomes, após a queda de Rubens Ricupero, derrubou as tarifas de importação de automóveis, do dia para a noite, sem qualquer regra ou fiscalização, mas ele não previu que a venda de automóveis no varejo era cartelizada e controlada pelas montadoras. Então, aconteceu o seguinte:
          1 – Com a valorização do Real, o gol pé de boi brasileiro estava mais caro do que o gol europeu cheio de opcionais;
          2 – O sucesso do real fez o poder aquisitivo da população aumentar;
          3 – Com a venda cartelizada, e sem internet para disseminar informações, as montadoras choraram um ágio em cima do gol europeu, tornando o nosso gol pé de boi artificialmente competitivo.

          Moral da história? Para derrubar os preços dos automóveis, é só autorizar outros, além das montadoras e concessionárias, a importar os automóveis e revender. Meu chute é que o efeito imediato seria uma quantidade grande de veículos com pouca garantia no mercado, mas com concessionárias tendo que se reinventar para aproveitar um mercado crescente de manutenção de veículos importados.

          • nbj

            Saudades desta época,pois apareceram diversos players de importados/”nacionais”. Daewoo, Mazda, Asia motors (kia), Hyundai, Daihatsu, Honda,Toyota, Nissan, Renault, Peugeot, Subaru, Suzuki, Volvo e outros que não consigo lembrar. Saímos da mesmice das 4 fabricantes “nacionais” e tínhamos diversos modelos diferentes ofertados. As 4 grandes tiveram que se virar e atualizar seus modelos. Foi um período muito bom para quem é entusiasta em automóveis. A cada esquina você via um a carro diferente.

        • Anderson Carboni Boscan

          Veja os preços das passagens áreas, telefonia, tv a cabo, tarifas bancárias

          • Matafuego

            Eu perguntei sobre exemplos de livre comércio entre países, não sobre exemplos de pseudo livre concorrência.

            Mas já que vc tocou no assunto, nenhum dos setores que vc citou é livre de fato, todos eles são regulados pelo governo. Qualquer empresa que queira entrar nos mercados que vc citou precisa de autorização do governo. O mercado bancário é tão bizarro que um banco estrangeiro precisa de autorização do presidente para poder entrar no país.

            Gigantes como AT&T e Verizon já cogitaram entrar no mercado de telefonia brasileiro e desistiram por causa da regulação excessiva.

      • Mattloc

        Em que planeta mais competição aumenta preços???

  • Schack Bauer

    Ruim pra Anfavea, bom pra nós. O diabo é que o Bolsa já deu mostras que adora um protecionismo. A ver.

  • Rafael Costa

    Protecionismo é curioso. Ao invés de buscar meios de aumentar a produtividade e competitividade das empresas, se prefere prejudicar outras ao demérito da própria população. Isso vale para qualquer ramo, mas acho que o automotivo isso fica mais latente. São vendidas latas de sardinha com rodas a preços altíssimos, pq não tem como os carros importados chegarem a preços competitivos.

    • Fanjos

      Basicamente existem dois tipos de protecionismo,
      Protecionismo “branco” e o das “trevas”

      No protecionismo “branco” vc basicamente ferra com a vida dos países estrangeiros que querem exportar para seu país, o EUA utiliza muito desse protecionismo, nesse tipo de protecionismo não é aplicado grandes taxações em cima dos importados e sim é dado grandes subsídios aos produtos internos que chegam muito mais baratos para o consumidor final que o importado, o exportadores estrangeiros perdem, mas a população ganha tendo produtos melhores e mais baratos. O problema nesse caso é que pode haver desiquilíbrio das contas publicas dependendo do tamanho e do alcance dos incetivos

      E tem o protecionismo das “TREVAS”, aqui entra o HuEzil, países socialistas e comunistas, nesse protecionismo, o imposto do produto interno é ALTÍSSIMO e o do produto estrangeiro é MAIS ABSURDAMENTE ALTO ainda, e quem se ferra é somente o consumidor, a própria população do país que é extorquido.
      O problema é que geralmente esse excesso de imposto só serve para mover o Estado gordo e inchado desses países socialistas/socialistas fabianos/comunistas, não retorna nada para a população e ainda ferra todo mundo

      • HENRY ME

        No 2 exemplo chega um ponto quase ninguém tem acesso a bens consumo não duráveis.

        • Fanjos

          Se a ensacadora de vento tivesse continuado era onde estaríamos agora, pessoas lutando pelos últimos rolos de papel higiênico

          • Antonio

            Saiu a ensacadora de vento, entrou o ensacador de …..
            Melhor deixar pra lá

            • Fanjos

              Bonoro nunca foi o ideal, mas qualquer um da esquerda que entrasse seria catástrofe na certa, o Huezil esta quebrado, não tem mais espaço para distribuição ou impressão de dinheiro a esmo, se o Coroné ou Malddad entrassem em pouquíssimo tempo estariamos com hiperinflação ou brigando pelos últimos rolos de papel higiênico

              • Antonio

                Bem como Macri está fazendo na Argentina.
                Tem jeito não, camarada.
                Não é tão simples como pensam.
                Vai anotando aí os próximos lamentáveis episódios.

                • Thiago

                  Macri não fez nada e esse foi o problema. Portugal com um governo de esquerda fez mais austeridade do que Macri que ganhou com essa ideia. veja o video do ideias radicais sobre isso no yt. Precisamos de concorrencia pra ontem no setor automotivo

            • Fernando Gabriel

              kkkk, boa!

      • Rodrigo

        Cabe frisar que no segundo caso (das trevas) o empresário tende a tirar sua margem na unidade vendida e não na escala. E para isso transforma o automóvel em um sonho de consumo, não um bem de consumo durável – como uma geladeira ou ar condicionado.

        • Fanjos

          Exatamente, o protecionismo “do mal” da o “direito” de se fazer dinheiro com dinheiro e não dinheiro com trabalho, porque sem concorrência ele pode cobrar o quanto quiser, sem se preocupar e por isso não precisa investir a médio e longo prazo, só pensa no curtíssimo prazo, alterando as tabelas ao seu bel prazer.
          Na outra forma de protecionismo a margem de manobra sobre o importando que não é taxado é pequena, ele ganha a disputa por causa do subsidio, mas se abusar, seu preço bate no valor do importado e ele perde competitividade, então ele não consegue fazer dinheiro com dinheiro, tem que fazer dinheiro com trabalho e se quiser ganhar mais não vai poder aumentar suas margens apenas aumentando os preços, ele vai partir para “vender mais para ganhar mais” e para isso vai precisar criar novas unidades de fabricação, contratar mais pessoas, gerando mais empregos, fazendo girar a economia e criando um circulo virtuoso.

      • Luiz Felipe S. Silva

        Más o que Trump fez e quer fazer mais é justamente o segundo, aumentando o imposto dos importados.
        O Brasil como se vê ainda continua muito protecionista e deve continuar por muitos anos.

        • Fanjos

          A diferença é que o EUA produz de tudo, principalmente boa parte dos produtos que ele sobre taxou, então mesmo com taxação no importados o preço permanece temporariamente sem aumentos, mas com o tempo certamente isso vai ter reflexos nos valores dos produtos tributados e a população vai sentir e talvez até se voltar contra o Trump ( no momento só esquerdista não gosta dele).
          Então o EUA tem “cacife” para fazer o protecionismo das trevas sem impactar inflação ou aumento de preços dos produtos, mas é por pouco tempo.
          Já o Huezil é um país socialista fabiano de Estado inchado que não produz nada alem de produtos primários de pouco valor agregado, então qualquer protecionismo maligno vai atingir em cheio e de maneira imediada o consumidor final.

          • Luiz Felipe S. Silva

            Não, a diferença é que o Trump está confiando no tamanho da economia americana pra fazer essas sobretaxas como a Dilma confiou na economia brasileira no seu momento, com consequências óbvias no futuro.
            Não sou esquerdista e não gosto dele. Acredito no liberalismo e não no protecionismo mascarado de nacionalismo – as ações dele não têm diferença nenhuma do que a Dilma fez em 2011.

            • Fanjos

              Sim, foi o que eu disse, o Trumpão esta confiando na economia americana, e a econômica americana é mesmo digna de confiança mesmo com todos seus problemas, ainda é a maior economia do planeta, mas sim, o Trump esta errado no que esta fazendo e se insistir vai acabar fazendo os americanos pagarem um preço muito amargo no médio/longo prazo.
              Já a Dilmata é totalmente retardad.a o Huezil JAMAIS teve uma economia estável e potente, sempre, exportonal materia prima e depende de absulutamente tudo que é tecnologia para sobreviver em um mundo atual, tambem sempre esteve na berlinda de um país de capital especulativo, o que ela fez foi doença mental, o Huezil não tinha a menor chance de aguentar algo parecido com isso, ainda mais levando em consideração a formações de cartel e falta de concorrência que sempre tivemos aqui

  • Fanjos

    “Anfavea tenta evitar livre comércio”

    Mas o HuEzil é um país capitalista sim amiguinhos…pode confiar!

    • BillyTheKid

      Mas a Anfavea não é composta pela maioria das montadoras, que são empresas privadas?

      • HENRY ME

        Que fazem cartel

      • Fanjos

        Sim e por isso mesmo que o governo deveria mandar essas empresas irem tomar onde o sol não bate e abrir o livre comercio.
        A reforma tributaria é a próxima pauta depois da previdência, e anotem e me cobrem…vai ser um ultra choro dos carteleiros e esquerdistas estadistas

        • Dario Lemos

          Mas receio que não vai passar; se passar não será da maneira como deveria ser e virá cheia de adendos para a manutenção do “satus quo” de certos grupos (torço para estar errado).

          • Fanjos

            Pelo menos temos uma chance agora, com os governos de esquerda que tivemos nos últimos 30 anos, não tínhamos absolutamente nenhuma chance.

            • Dario Lemos

              Nada vai mudar com esse congresso e atuais governos estaduais, municipais e câmaras. Anote aí, vão conseguir derrubar o Bolsonaro ou vão sabotar os próximos 04 anos (mais uma vez, torço para estar errado).

        • Matthew

          Cara, reforma tributária não tem nada a ver com carteileiros e esquerdistas estadistas. Vocês ficam nessa esquizofrenia de culpar a esquerda por tudo o que acontece e não conseguem propor nada de concreto. O próprio Bozo já falou (pelo menos isso ele aprendeu no congresso) que a reforma tributária não passa por causa da guerra fiscal entre os Estados da federação. Pode ser governo de esquerda, direita, centro ou que for, a maioria está quebrado. Ninguém vai abrir mão de um centavo de arrecadação que seja pra fazer uma reforma dessas. Bolsominion é tão ou mais lunático do que petista. Trocamos seis por meia dúzia.

      • Victor

        Pra essa galera, qualquer coisa que não é liberalismo extremo é comunismo.

        • Mr. Pennybags

          Ué! E não é? rs

          • Matthew

            Pra brasileiro ignorante analfabeto funcional, é. Falar que nos últimos 30 anos o Brasil só teve governo comunista, entre Fernando Collor, Fernando Henrique e Itamar Franco só demonstra ignorância política. Qualquer economista sério de direita fala que até o primeiro governo Lula o país foi bem conduzido. Os equívocos na condução da política macroeconômica começou no Lula II na esteira da crise internacional de 2008 que permitiu certos experimentalismos, e agravados no governo da Dilma. Agora vão falar que Marcos Lisboa, Samuel Pessoa e Monica Baumgarten de Bolle são comunistas também?

      • Matafuego

        Isso não quer dizer nada. Elas estão protegidas pelo governo.

    • Mr. Pennybags

      HuEzil é Estado Democrático de Direito, sim, amiguinhos… pode confiar!

      HuEzil é Estado corporativista.

      • Matthew

        Em breve será o Estado das milícias institucionalizadas, pra caçar a esquerda e o marxismo cultural vai valer tudo.

  • Edgar

    Arruma aí Editor…. “faria com que o Brasil perde-se em competitividade”, correto é PERDESSE!!!

  • HENRY ME

    Anvafea ( cartel) quer fechar ainda mais o mercado ,assim aumentos a vontade .

  • Eduardo Campos

    Livre comércio sempre é bom para o país e consequentemente para o consumidor.
    A Anfavea deveria se preocupar mais com a produtividade e eficiência da industria, do que em criar barreiras protecionistas.

    • Rodrigo

      É do interesse deles apenas. Esse Antônio Megale é diretor de Assuntos Governamentais da VW.
      Já pensou comprar Tiguan e Jetta a preço de T-Cross e Virtus indefinidamente? (İsso só pra citar os modelos da VW).

  • Ricardo

    Esses 35% devem molhar as mãos de muita gente, por isso o desespero de perderem!

    • Junoba

      Tudo no Brasil é cartel, corrupção e crime organizado. Isso começa desde quando você entra na Auto Escola, na compra um carro, nas peças extremamente caras e o combustível caro e adulterado…

      • Ricardo

        É! E tudo isso ajudado por consumidores otários!

  • Carlos

    Concordo.

    Dezesseis anos é pouco tempo para se adequar ao livre comércio. Sugiro 500 – no mínimo.

    • kirig

      Parece que não basta, pois desde Cabral a coisa não vai!

    • Dario Lemos

      Somos roubados há mais de 500 anos e o principal ladrão é o próprio cidadão brasileiro.

  • Joao Victor

    Entre todos os Cartéis do Brasil, o das montadoras provavelmente é o mais forte…

  • Hugo

    Legal, porque ao invés de tentar contnucon com o protecionismo, não são criados meios de tornar nosso mercado competitivo, principalmente em se tratando de preço e carga de tributos que inviabiliza nossa competitividade??

    Foram mais de 15 anos para tentar fazer isso e estamos sempre atrás….

  • Matafuego

    Tiveram 16 anos para se adequar!

    • kirig

      Tão dobrando a meta!!!

  • FocusmanBA

    O povo não sabe o que quer…, Vcs querem direita ou esquerda? Liberalismo ou protecionismo? Se decidam !

    • Junoba

      Liberalismo

      • Fanjos

        O ideal seria uma Direita Liberal, mas infelizmente o que tinha para hoje era um Direitista Estadista “wana be liberal”, esta até disposto a ser um pouquinho mais liberal economicamente, mas tem alma e cabeça bem definidas no Estado, alem de ter que conviver com milhões de interesses de deputados e senadores que ainda são 100% socialistas ou com tendencias protecionistas por criação ou “arrecadação”, dimdim de lobby de empresas que colocam esses políticos literalmente em seus bolsos para satisfazer suas vontades para que votem para dificultar de todas as formas qualquer tipo de concorrência.

        O partido NOVO após uma boa analise, não consigo mais defini-los como “Direita”, são liberais economicamente sim, mas apoiam muitas agendas de esquerda, e sabemos que liberalidade em todos os aspectos (drogas, família, seguir cartilha da ONU que é totalmente de esquerda) não é alto lá muito bom.
        Hoje eu enquadraria o NOVO como “Nova esquerda” moralmente e culturalmente e Liberal economicamente (algo que acontece na Suécia hoje em dia e pode ver pelos dados que aquele país esta decaindo bem rapidamente).

        • Diego G. de Lima

          Ontem eu escutando CBN no carro falando exatamente sobre isso. O líder da bancada evangélica (P. S.:tenho asco desse povo) dizendo que não estão satisfeitos, que querem mais participação no governo, que querem CARGOS, e que somente ideologias iguais não fará com que o Bolsonaro aprove reformas, e finalizou dizendo que essas são as regras do jogo.
          Fiquei pasmo como os cara fala na cara-dura que tem que ter toma lá, dá cá.

          • LKenappe

            Exatamente, chegamos em um ponto tão extremo que é inimaginável acreditar que isso é falado a luz do dia e ninguém faz nada, o Brasil não tem solução se não ocorrer um breaking point sinistro quando falamos de políticos. O pior é que quem voto no cara não percebe que quando ele fala isso basicamente ele assume que so esta ali tratando de interesses dele e muitas vezes interesses escusos.

          • Dario Lemos

            Por isso, ou se fecha essa baderna temporariamente ou nunca sairemos desse “atoleiro”.

          • Fernando Gabriel

            E voce acha que fazendo símbolo de arminha com as mãos iria resolver os problemas do país? A velha política nunca morreu, o presidente não governa nada, só é um testa de ferro, quem governa é o congresso, camara e senado. Quem acreditou que mudaria, providencie a caixinha de lenços.

        • tjbuenf

          Esse povo é tarja preta mesmo. O governo não pode interferir nas relações de consumo entre as pessoas porque isso é de esquerda mas pode controlar a vida das pessoas com relações as escolhas de cada um??? Isso é de direita??? Porque parece que tem governos comunistas aí que fazem isso…

          • Matthew

            Pois é… já são tantas as pérolas. Impedir adolescente de fazer faculdade em outro estado, gravar criança na escola bradando o slogan de campanha do governo, bem liberal nos costumes mesmo, tamo vendo…

  • RicLuthor

    Empresas com baixa produtividade, baixo índice tecnológico, com produtos defasados e inseguros não podem ser mantidas através da exploração do consumidor local por conta dos altos preços.

    As fábricas locais deveriam procurar ganhar produtividade, reduzir custos, para oferecerem produtos mais baratos e terem maior demanda. Empresas que internamente parecem feudos, chegando a possuir até 3 gerações de familiares trabalhando…, por isso que a competição trás desgosto, o pessoal não quer perder a mamata.

  • Filipo

    “$afados”!

  • Junoba

    Esse país não vai mudar. O Bolso vai proteger as montadoras, tenho certeza.

    • Mr. Pennybags

      Ele cede pra todo lado, todo dia, o tempo todo.

      • Dario Lemos

        O problema é que todo governo fica refém desse congresso cleptocrático. Nunca tivemos uma democracia plena e ainda tem gente que acha que vivemos em uma.

        • Matthew

          Claro, o certo é fechar o congresso nacional para que o nosso querido capitão nos proteja da ameaça comunista iminente…

  • ocampi

    Ford, já que não rola produzir Fiesta no Brasil, produza-o no México já em versão nova.

  • Anti-Hater

    Se a Anfavea quer barrar é porque com certeza iria expor o cartel instalado no Brasil e toda a corja como a Ford e a Chevrolet que fazem “pressão” para não parar de fabricar aqui alegando prejuízo. Só porque viriam carros importados com mais qualidade e preço menor pro Brasil do que os fabricados aqui? Que dó deles. Mas como Banânia adora um governo pai de empresário e que faz questão de pagar bolsa empresário pra multinacional, bem provável que o governo logo corra para socorrer as coitadinhas montadoras que fabricam aqui, como o governo de São Paulo queria pagar para a Ford não fechar a fábrica em São Bernardo. Afinal de contas, se não fosse o governo, quem iria bancar a completa ineficiência de Banânia?

  • Cosi fan Tutti

    Agora entendi o medo destas agências reguladoras com a China, se nós não conseguimos disputar com o México, que assim como nós vive de multinacionais, não tem tecnologia própria e fabrica em sua maior parte modelos de baixo custo, alguns nem tanto para o mercado americano, imagina a China que fabrica de tudo e tem carros bem modernos por preços módicos? Eu fico pensando quem foram os responsáveis por isso, perdermos em competitividade exportadora até para o México.

  • CanalhaRS

    Está na hora de acabar com essas regalias e proteções que nossa indústria automobilística tem. Já está mais que provado que isso os deixa acomodados e sem competitividade.

    • Fernando Bento Chaves Santana

      Uma questão importante é que não existe “nossa indústria automobilística” todo o setor é de capital estrangeiro e podem deixar de produzir aqui se for o caso e industria usa esta carta na manga para “negociar”.

      • CanalhaRS

        Exatamente por isso que citei a retirada de proteção. Eu só usei o pronome “nossa” porque está instalada aqui.

  • Marco Correa

    Cota e governo com viés liberal não combinam….

  • gustavo

    Protecionismo e mais protecionismo, as justificativas são sempre as mesmas, assim as coisas nunca mudam por aqui, ninguem quer largar o osso, e nem diminuir a alta carga tributaria em cima dos carros produzidos e vendidos para os consumidores daqui, sem falar do IPVA para carros novos que é muito caro, o governo deveria estimular o consumo, e não sobretaxar quem quer comprar coisas novas e girar a economia. O IPVA deveria ser zero nos tres primeiros anos de todos os veículos, duvido que isso não dobraria a venda de veículos anualmente no Brasil, todo mundo ia querer trocar de carro a cada tres anos para não pagar IPVA, e o mercado de carros usados seria cada vez maior, isso geraria muito mais emprego, e o governo não deixaria de arrecadar. se sempre todo mundo ficar pensando que nada vai dar certo, não dá mesmo.

  • Cebobina

    Obrigado Anfavea por nos proteger desses carros mais baratos e de melhor qualidade!

    • Diego G. de Lima

      A gente é a loirinha da sua foto, a Anfavea a mão segurando ela. Kkkk

    • Joãozinho

      Obrigado por nos oferecer até ontem 0-nix e assemelhados, com estrutura em PAPEL, que só foram desmascarados pelo Latin NCAP

  • Reginaldo Ferreira Campos

    Depois de mais de 4 décadas de governos socialistas, e quadrilhas políticas no poder, o Brasil, em pleno século XXI ainda não tem condições de suportar um modelo de livre comércio.

    • Antonio

      Reginaldo.
      Volte a estudar.
      O seu rosário de besteiras ´pré-fabricadas’ não engana mais ninguém.
      Não está vendo o que está acontecendo no País?
      ‘Se orienta’, cara!

    • Matthew

      Que mané 4 décadas de governos socialistas… vai ler artigos do Samuel Pessoa e da Monica de Bolle, ambos comparam o governo da Dilma ao do Geisel tentando sustentar crescimento alto na marra.

  • Doyle

    agora é a hora dos bolsominions quebrarem a cara outra vez. Daqui ha dois anos vão chamar o bolsonaro de esquerda, assim como chamam o macri, ou jogarão a culpa das decisões erradas para o pt já que não têm maturidade para sustentar os próprios erros

    • Antonio

      Se tudo der certo, em menos de dois anos Bozzo já esará longe.
      Onde será, nem interessa.

    • LKenappe

      O PT joga a culpa a 13 anos no FHC cara, se o Bolsonaro fazer a mesma coisa pra ele é até vantagem o Lula fez o que fez e ainda tem gente que fala que ele é santo.

      • Doyle

        O governo atual ta atolado de laranjas e milicias. Não tá longe do PT

        • LKenappe

          A parte mais legal dessa polêmica de laranja é que somente ocorreu porque precisava preencher aquela COTA de mulheres para poder viabilizar a legenda. Lei criada aonde? Num governo de esquerda que quer dividir sempre o cidadão pra ganhar eles pelas mais uma vez COTAS. Sobre a milícia até acho mesmo que exista possibilidade real do filho do cara estar envolvido, mas quem tem que fazer por onde é a oposição e não eu, mais os caras prefere fica fazendo protestinho de jardim de infância tacando laranja na entrada da câmara.

          • Doyle

            vc é contra a corrupção? Parece que não!

            • LKenappe

              Sou sim, por sinal se for provado quero ver apodrecendo na cadeia. O problema de vocês é memória seletiva e mais grave ainda o famoso 1 peso 2 medidas. Ficam escaralhando o Bolsonaro porque os laranjas são do PSL que é o partido dele, OK, mas foi a candidatura dele que deu problema? Nao, nao foi, foi em outro estado outra candidatura. “A mais é do partido dele…etc”. OK, então manda prender o PT todo afinal o líder supremo deles esta preso, pronto acabo a discussão. ae vem aqui que a gente marca aquele protesto pra tirar o Bolsonaro da presidência.

              • Doyle

                de vocês? to pouco me fodendo pro lula e pt. Alias, ta nahora do brasileiro parar de ser fã de politico. Com o bolsonaro isso passou do ridículo.

                • Fernando Gabriel

                  Tem razão, desde a eleição passada, só tem torcida de político, é uma alienação nunca vista, o país parado, piorando e o Presidente tuitando no Twitter no melhor estilo “Quero ser Trump” só se esquecendo que aqui, o pessoal tem renda e impostos bem diferentes do que no primo Rico Yankee.

              • Fernando Gabriel

                Laranjal não é só no PSL, Flavio e Queiroz estão aí para comprovar…Vai pedir a saída dele do Senado direto para a cadeia também?

          • Antonio

            Mais um minion sem rumo.
            E dos poucos que sobraram.

          • Alexandre Maciel

            A lei foi aprovada pelo congresso nacional, inclusive com votos de partidos de direita. O mais legal é que a ignorância faz a gente pensar que tudo se deve a nosso vilão favorito. A reserva de vagas existe desde o nascedouro da Lei n.º 9.504/97. Ela previa, no parágrafo terceiro do artigo 10, que “do número de vagas resultante das regras previstas neste artigo, cada partido ou coligação deverá reservar o mínimo de trinta por cento e o máximo de setenta por cento para candidaturas de cada sexo”. A diferença é que os partidos, antes da alteração de 2009, insistiam no sentido de que a lei só previa reserva (ou seja, não a candidatura efetiva) e a alteração legislativa se propôs a atender exatamente ao que o legislador tencionou quando da edição da Lei das Eleições: aumentar a participação das mulheres na política.

            • LKenappe

              Aumentar nao, obrigar essa sim a palavra que cabe nessa PL que voce citou. Afinal nunca escutei de mulher barrada em candidatura so por ser mulher, so olhar em outros paises que o numero de mulheres na politica tb é pouco. Falta interesse da parte delas. E pior quando entra la nem politica com foco em mulheres elas fazem.

  • MARCELO THAFFARI

    Muito louco, saí do Twitter para esquecer um pouco a politica….e o assunto ta aqui tambem!!!!

  • Renato Alves

    Livre Comércio Já! Que o melhor sobreviva!!

  • Caio Elisei

    Alô NA – “..um acordo de livre comércio com o México, faria com que o Brasil *perde-se* em competitividade…” – o certo seria “PERDESSE”. Corrijam aí para o bem da gramática!

  • Comentarista

    Infelizmente na situação atual do Brasil as indústrias instaladas aqui não têm condições de competir em igualdade com as de fora. Para escancarar essa nossa incompetência, temos que inventar diversas regras protecionistas: Inovar-Auto, Rota 2030 etc.. etc… etc..

    Quando o acordo Brasil-México era favorável ao Brasil, tudo certo, tudo maravilhoso.. mas quando a coisa mudou de lado a Dilma interveio e mudou a regra, mostrando claramente que não queremos lidar com nosso problema de frente (excessivos impostos, falta de infraestrutura, leis tributárias muito complexas) e que não sabemos cumprir acordos.

    Não acho que abrir as porteiras agora seja uma boa saída… pode até parecer que os produtos ficariam mais baratos mas criaria um problema maior ainda de falta de empregos.
    Acho que é preciso resolver nossas fraquezas internas inicialmente aí sim teremos condições de permitir o livre-comércio. Mas reconheço que está difícil….

    • Vitor

      Se as fronteiras fossem abertas obrigariam as montadoras a melhorar a qualidade dos carros vendido aqui.

      • Fernando Bento Chaves Santana

        As fabricantes são as maiores importadoras. Se abrir mercado simplesmente deixam de produzir aqui para importar. E o aumento sustentado de importados na frota teria peso muito importante no deficit comercial.

      • Comentarista

        Aí que vc se engana. Como vemos nenhuma montadora hoje é genuinamente brasileira. As marcas aqui presentes também estão no México.
        Conta simples: se a filial do Brasil não consegue competir por conta desse custo operacional extremamente alto, fechamos as portas e deixaremos só a mexicana.

        Para as montadoras é super simples. Por isso o engenheiro brasileiro tem que calçar o pé de boi nos carros ou partir para soluções como motor flex para poder manter uma certa exclusividade de mercado.

        Hoje, se liberar a fronteira para todo mundo, tenho certeza que não vai sobrar indústria.

  • Luis Burro

    Ué ñ entendi,ñ criticaram tanto o inovar auto com as taxas de importação mas e pq este pode?
    E apesar do brasileiro ser incrivelmente sem noção até a autodestruição acho q preferia ver o livre comércio,ao menos por um tempo pq assim obrigaria as fabricantes a reverem seus valores.

  • Rafael

    ANFAVEA = Cartel

  • MarcosAntonioBeneteli

    manda o bossalnaro com a arminha dele resolver

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email