Argentina Eventos Lançamentos

Michelin LTX Force: pneu misto melhora performance de picapes, SUV

Michelin LTX Force: pneu misto melhora performance de picapes, SUV

A Michelin está lançando no mercado brasileiro um novo tipo de pneu de uso misto, que usa experiências em competições no asfalto e no fora de estrada para melhorar a performance e a segurança de picapes e utilitários esportivos. O Michelin LTX Force chega também para oferecer maior durabilidade e economia de combustível.


Com aumento das vendas de utilitários esportivos e do agronegócio, que representa 30% do PIB do continente, pneus de uso misto estão ganhando cada vez mais espaço a bordo dos produtos que atendem a estes segmentos. O Michelin LTX Force foi pensado para consumidores que precisam estar tanto no campo quanto na cidade.

Michelin LTX Force: pneu misto melhora performance de picapes, SUV

A marca francesa buscou então as melhores características de cada tipo de pneu para asfalto e fora de estrada, mesclando após muitos estudos e testes uma combinação adequada para oferecer mais vantagens em termos de performance, segurança, economia e durabilidade.


O Michelin LTX Force, de acordo com o fabricante, oferece melhor desempenho no asfalto molhado, reduzindo em 2 metros o espaço de frenagem. Em termos de segurança, o produto garante maior controle direcional em aquaplanagem, sendo 66% melhor que os rivais, segundo a empresa. No asfalto seco, o foco é estabilidade e redução de ruído.

Michelin LTX Force: pneu misto melhora performance de picapes, SUV

Em termos de economia de combustível, a Michelin diz que o LTX Force chega a oferecer redução de 4% no consumo, tendo ainda durabilidade 35% do que outros pneus de uso misto. No caso de estabilidade, ruído e aderência em piso molhado, a marca francesa criou a tecnologia chamada Compactread.

Esta consiste em um reforço maior na borracha entre os blocos da banda de rodagem, garantindo que um pneu mais firme em contato com o solo e maximizando a aderência no asfalto molhado. Além disso, reduz a deformação e os esforços laterais. Nas paredes, os blocos possuem extensões que ajudam a proteger o pneu de cortes laterais e ajudam a reforçar a estrutura.

Michelin LTX Force: pneu misto melhora performance de picapes, SUV

Para uso no fora de estrada, o Michelin LTX Force vem com a tecnologia RallyForce, obtida através da experiência da marca francesa no mundo dos ralis, onde a empresa fornece pneus de alta performance para o WRC e Rali Dakar, por exemplo. A borracha baseada no WRC, enquanto o desenho dos blocos foi inspirado no Dakar. O objetivo é oferecer maior robustez e tração.

A Michelin pretende lançar 26 medidas diferentes do LTX Force para picapes e utilitários esportivos, que vão dos aros 15 ao 17. As larguras vão de 205 a 265 e as séries de 60 a 75. Modelos como Volkswagen Amarok, Chevrolet S10, Chevrolet Trailblazer, Ford EcoSport e a nova picape Renault Duster Oroch, por exemplo, serão equipadas de fábrica com este novo pneu. O preço estimado é de R$ 800 para a medida 265/70 R16.

Michelin LTX Force: pneu misto melhora performance de picapes, SUV

Impressões

A Michelin convidou a imprensa especializada do Brasil e da Argentina para demonstração das características do LTX Force no Autódromo Mouras, localizada na cidade de La Plata, região metropolitana de Buenos Aires.

O evento contou com a participação do piloto do WRC Thierry Neuville. A Michelin apresentou os resultados de testes dos institutos europeus Dekra e TÜV, atestando as vantagens do LTX Force, mas colocou duas picapes com pneus diferentes para demonstrar na prática as características de seu produto.

Michelin LTX Force: pneu misto melhora performance de picapes, SUV

Nos comparativos de Dekra e TÜV, feitos também com outros dois fabricantes, o pneu da Michelin obteve durabilidade 100% contra 74% dos demais, assim como 43,6 m de frenagem contra 45,6 m dos rivais. Por fim, 100% de controle em aquaplanagem contra 60% dos concorrentes.

O teste de aquaplanagem em curva foi feita com o LTX Force e um pneu misto de outro fabricante. Com jornalistas a bordo, os veículos percorreram um trecho da pista, sendo que no local molhado a 60 km/h e 80 km/h, a trajetória com o pneu da Michelin se manteve inalterada em relação ao rival, que escapou sensível na curva. Ambos apresentavam o mesmo nível de desgaste (novos).

Michelin LTX Force: pneu misto melhora performance de picapes, SUV

Outro teste – este de frenagem – consistia em acelerar uma picape até 85 km/h e frear sob piso molhado. O objetivo era demonstrar que o LTX Force consegue parar em até 2 metros a menos que um concorrente nessas condições. Os dados de frenagem – feitos por telemetria – eram apresentados aos jornalistas através de monitores.

Por fim, os convidados testaram o LTX Force em uso no fora de estrada e no asfalto. Foram utilizados exemplares da picape Toyota Hilux e do utilitário esportivo Renault Duster. Areia, pedras, valetas e rampas foram usadas para demonstração do produto no fora de estrada. Na picape japonesa, o novo pneu da Michelin apresentou mais firmeza em terra do que normalmente acontece em tipos de uso misto.

Michelin LTX Force: pneu misto melhora performance de picapes, SUV

A Michelin afirmou que a calibração do pneu foi feita de acordo com o fabricante. Nos testes de frenagem, por exemplo, dois jornalistas foram convidados a conferir a calibragem na avaliação de frenagem. No asfalto, o LTX Force mostrou boa estabilidade em curvas, mas o nível de ruído – normalmente maior em pneus de uso misto – foi menor do que em outros pneus de uso misto. A empresa pretende exportá-lo para vários mercados da América Latina, Ásia e África.

Galeria de fotos do Michelin LTX Force:

Viagem a convite da Michelin.

Michelin LTX Force: pneu misto melhora performance de picapes, SUV
Nota média 5 de 1 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Allan Victor Kaiser da Silva

    Não tem as letrinhas brancas pra chamar atenção, então não vão comprar..

    • Apopololo

      São as letrinhas brancas que dão tração em off-road

    • Diego Nameko

      Nada que uma tinta guache e um pincel resolva, rsrs

  • Foxtrot

    Acho que esqueceram de colocar o selo de “Artigo Patrocinado”

  • Fabio Marquez

    800 dilmas por um pneu… Tem que ter muita necessidade em ter um pick-up para topar este tipo de gasto.

    • Rodrigo R

      Acha 800 Reais muito para um pneu ? Pesquise sobre pneus run flat.

      • Fabio Marquez

        Achei muito caro para um pneu aro 16″, mas como são para utilitários é de se esperar tal facada, o Corolla aqui de casa mesmo, tem ótimos pneus aro 16″, e eles não passam de 500 dinheiros. Os “run flat” para ele são 570 dinheiros, mas claro que não usaria pneus desse tipo nesse asfalto lunar.

        • Frederico Miranda

          Caro Fabio, já tive Corolla e a diferença é que em sedans como Corolla e Civic os pneus não duram mais que 20 mil km de forma alguma, isso andando em estradas ótimas. No caso dos pneus de picapes, a durabilidade é de aproximadamente 60 mil km a 80 mil km dependendo do pneu. Os BF Goodrich por exemplo duram 80 mil km.
          Então qual pneu é mais barato, os de medida 205/55/16 de Corolla e Civic que custam uns R$ 450,00 mas não duram 20 mil km ou os Michelin ou BF que duram 80 mil km e custam R$ 800,00?

          • Matheus Lelis

            Porque os pneus dos sedans não duram 20 mil km? O meu da michelin do meu linea, durou 50 mil km, troquei por segurança, rodava mais uns 10 mil.

          • Fabricio Conchon

            auauau… ri bastante agora…. Meu vectra fez 60 mil km com um conjunto Michelin Pilot Primacy…. ahhhahaha… 20 mil km seria de doer mesmo hein.

            • Matheus Lelis

              só se faz drift

    • Guilherme Franzoi

      Continue comprando “pneus” em supermercado então…

      • Matheus Lelis

        paguei 400 em pneu de carro de passeio, (Michelin), então não acho que seja caro 800 em uma caminhonete, é como o Guilherme falou, tem outras opções baratas, mas quero ver a durabilidade e a segurança, pra mim só a segurança vale a pena pagar a mais.

      • Fabio Marquez

        Nem tenho e não preciso de uma pick-up para precisar pagar tudo isso em um pneu aro 16″, pago metade disso nos aro 14″ do meu carro, em loja especializada na venda de pneus.

    • Kyfkd

      Via de regra, normalmente tem sim que ter uma necessidade para as pick-ups, se elas fossem de fato usadas para terrenos menos amigáveis. A grande diferença de pneus LT (light truck) é que elas possuem mais reforço nas malhas compostas nos ombros, e uma borracha um pouco mais espessa, resultando em um Índice de Carga maior que os pneus dos carros de passeio normais (hatches e sedans).
      É por isso que quando se vai trocar um pneu tem que ver não só o tamanho, mais o índice de carga e velocidade máxima dele.

      Se bem que em São Paulo a única vantagem de vc usar um pneu assim em uma pickup é ele estar menos propenso a ganhar bolhas quando passar por buracos rs…..

  • cepereira2006

    Parabéns à Michelin. Vida longa às marcas que investem em pesquisa.

  • Marcos Souza

    Alguém ai ja teve pneu da michelin pra carro de passeio? a durabilidade é tão boa quanto ela faz a propaganda? tenho uns da hancook que ja estão com 44mil km e parece que duraram mais uns 10, 15 mil km…ja to pesquisando por um pneu tão bom quanto ou melhor…

    • Matheus Lelis

      é bom sim, o meu durou 50 mil, mas ainda dava pra rodar uns 10 mil. Gosto deles principalmente na chuva, garante ótima estabilidade.

    • Paulo

      Duram muito… Já rodei mais de 60 mil em uma livina mas a suspensão tem q estar perfeita. E mesmo com ela ruim e desalinhada dura uns 40, coisa q um pneu comum ai não faria nem 20

      • Kyfkd

        Rapaz, não tenho um Michelin, mas vendo seu comentário penso também no meu carro, que comprei com pneus Maxxis e fiquei meio cabrero. Resultado é que 2 anos depois de ter pego ele, rodei quase 30000 kms e ainda estou com ele meia vida. Deve aguentar pelo menos mais 10000.
        Mas vou te dizer uma coisa, não existe milgare. Pneu que dura mais é mais duro, e tem menos estabilidade via de regra. Quando faço algumas curvas um pouquinho mais fechadas ele já canta.

        • Paulo

          Já vi muita gente falando bem desses maxxis q são chineses mas parecem ser bons, o Michelin não é duro acredite e tem uma estabilidade incrível, ele é macio nas laterais é bem mole até acho q esse é o segredo. Mesmo bem cheio ele sempre tem uma “barriguinha” esse pode ser o segredo.

  • Paulo

    Pneu Michelin é perfeito vale a pena comprar! É mais caro mas duram muito mais que os outros, fora silencio, estabilidade e frenagem muito bons.

    Trabalho com taxi, rodo muito e acho que minha experiência vale alguma coisa.

    Hj costumo dizer q sou 8 ou 80. Só compro pneu da pior espécie ecológico já q vai durar pouco mesmo compro o mais barato. Ou o Michelin q sei q vai durar muito mais q Goodyear, Pirelli, etc…

    Ps. Tens uns cara ai q fica puto, mas os piores pra mim são Firestone/Bridgestone caro e ruim chega a ser ridículo… Prefiro até ecológico na boa!

  • Thiago_NCO

    A Michelin oferece os melhores pneus no mercado brasileiro, sem dúvida. Infelizmente, o consumidor médio prefere pagar menos em pneus de supermercado… Pena! Pneu é item de segurança tanto quanto os freios (que, aliás, também dependem de um bom pneu para uma máxima eficiência)

  • Claudio

    Os melhores pneus são Michelin.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email