Carros Conceito China Elétricos Hatches MINI

MINI Rocketman será um urbano elétrico feito com a Great Wall Motors

MINI Rocketman será um urbano elétrico feito com a Great Wall Motors

Em 2011, a MINI procurou se aproximar mais do clássico Cooper da Austin Morris. Isso foi feito com um conceito interessante, chamado Rocketman. O simpático carrinho de 3,419 m de comprimento prometia muito, ainda mais se tivesse um preço realmente acessível como o projeto do passado.


Entretanto, o tempo passou e o Rocketman entrou para a história de conceitos da MINI. Agora, parece que ele vai sair do museu e entrar em produção, de acordo com a revista inglesa Autocar. Anders Warming, diretor de design da marca na época, disse que a proposta era ampliar a presença do Cooper no meio urbano.

MINI Rocketman será um urbano elétrico feito com a Great Wall Motors

Ainda com o mesmo foco, o Rocketman deverá ser mesmo fabricado, mas não no Reino Unido. Ele será feito na China em uma joint-venture com a Great Wall Motors. A BMW já teria dado a benção para o negócio, que envolverá a centralização do produto naquele país para exportação e atendimento ao mercado interno.


O MINI Rocketman chinês será vendido também no Reino Unido, mas não com motores a gasolina ou diesel, como proposto originalmente para o pequenino. Desta vez o projeto será 100% elétrico e desenvolvido pela empresa Spotlight Automotive, que trabalha com a BMW para o lançamento de 25 modelos eletrificados até 2023.

MINI Rocketman será um urbano elétrico feito com a Great Wall Motors

Coincidentemente, a Daimler anunciou que 50% de seu negócio em desenvolvimento de carros conectados para mobilidade urbana passará para a chinesa Geely. E como será um MINI Rocketman SE?

Estamos vendo agora o lançamento do MINI Cooper SE, que propõe autonomia entre 235 km e 270 km, mas com uma pegada mais divertida ao volante, mantendo assim o DNA do modelo. No Rocketman, o foco será mesmo a mobilidade urbana com estilo e uma direção mais eficiente.

É provável que as baterias de lítio tenham densidade inferior às do Cooper SE, que são de 32,6 kWh. Com peso reduzido e um motor mais fraco, pode dispor de algo em torno de 200 km, seguindo assim o já potencial rival Honda E.

[Fonte: Autocar]

MINI Rocketman será um urbano elétrico feito com a Great Wall Motors
Nota média 4.2 de 5 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Natán Barreto

    Aumentaram tanto o Cooper até ele ficar horroroso e desproporcional, incluindo até versão 4 portas.

    Aí agora querem registar a proposta verdadeira do modelo.

    • th!nk.t4nk

      Os Mini estão no auge. Os modelos atuais são justamente os mais vendidos. Enfim, é o que o consumidor quer mesmo.

      • leomix leo

        De manutenção fácil aqui no BR, utiliza a mesma mecânica do THP, a galera faz a festa, mais se for na CCS da MiNi (BMW) comprar algo, morre do coração.

  • Marcus Vinicius

    Devia ser feito também no Reino Unido

    • Zé Mundico

      Sai caro fabricar lá.

  • Lucas de Lucca

    Os MINI em geral são carros que nunca conseguiram me despertar interesse, engraçado. Esse apresentado na matéria me parece mais condizente com a ideia original do carro.

  • Leonardo

    Sou fã do MINI, ainda terei um Cooper S.

    • Raul Mafra

      Eu tive um jcw que entrou num negocio e fiquei 3 meses, o carro é duro demais pra andar em nossas ruas, mas é muito divertido, parece um kart, é um foguete, mas é para um nicho restrito, até para revenda. Dica se for comprar, faça uma pré compra, pois as peças são caras, e compre bem abaixo da fipe, pois a perda é grande na revenda

      • leomix leo

        Mesmo motor THP, não é nada caro.

      • Leonardo

        Obrigado pelas informações, alguns pontos eu já tinha ciência.

  • Ricardo

    Quando lançaram esses Minis novos até achava legalzinho, hoje acho muito feios!

  • Eduardo 1981

    Me pareceu um sub (muito suub) compacto 2+2.

    De início achei um erro, pois preferia um porta-malas decente para as compras do mercado e etc. Contudo, pensando um pouco mais, seria ótimo assim para quem tem filho(s). Se precisar de porta-malas para alguma compra maior, deve ser possível rebater o banco traseiro.

  • Cromo

    Mas essas lanternas em forma de alça ….

    • zekinha71

      Deve ser pra puxar skatista, ciclista, patinetista.

  • Guilherme Martins

    As lanternas… sofreria depredação, deixaria menos “conceituais”.

  • Cosi fan Tutti

    E as marcas ocidentais aproveitando o know-how que chineses conseguiram pra passar sua produção pra lá, além de ganhar o mercado local, ganharão o mundial também, com um custo menor. A GWM (Great Wall Motors) é dona da Haval, a marca que mais vende SUVs na China e ja fez proposta de compra para a FCA com intenção de levar a Jeep e ser líder mundial. A Geely é outra que desponta como uma das melhores marcas chinesas da atualidade, e além de dona da Volvo, da Proton, da Lotus e da empresa de táxis londrino, onde opera com modelos 100% elétricos, ainda tem 10% da Daimler-Benz, controladora da Mercedes. E a BMW ainda tem parceria com outra chinesa, a Brilliance, e a BMW vai controlar a chinesa e assumir suas operações na China, sendo assim a primeira marca estrangeira a fazer isso.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email