Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

O Mitsubishi ASX 2015 chegou ao mercado sem novidades, sendo o modelo já atualizado há pouco tempo e com três versões, sempre centradas na transmissão e tração. Apesar do porte compacto, é considerado um SUV médio.


Presente desde 2011 no mercado nacional, o ASX era um concorrente do Chevrolet Tracker e do Honda HR-V, sendo um produto bastante valorizado no mercado de usados, mas com alta quilometragem apresentada em muitas ofertas.

Fabricado em Catalão/GO desde 2013, o Mitsubishi ASX se tornou um dos players principais da marca japonesa no Brasil, mas não decolou em vendas, embora fosse nacional. Preços e rede de revendas menor podem ter atrapalhado.

Com uma carroceria bastante rígida e com bom acabamento, o ASX é um SUV bem robusto e confortável, trazendo entre outros atributos, a suspensão traseira multilink e o sistema de tração integral sob demanda com bloqueio do 4×4.

Além disso, o Mitsubishi ASX 2015 trazia ainda motor 2.0 16V abastecido apenas com gasolina, que entregava 160 cavalos e 20,1 kgfm. O câmbio podia ser manual de cinco marchas ou CVT com programação para seis velocidades.

Mitsubishi ASX 2015 – detalhes

Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

Por fora, o ASX tinha um visual parrudo, com frente atualizada no modelo brasileiro, ficando mais envolvente, tendo o nariz frontal pronunciado com a grade refeita e os faróis grandes e duplos.

Detalhes cromados realçavam o conjunto, assim como retrovisores com repetidores de direção, rodas de liga leve aro 18 polegadas, barras no teto, escape esportivo, bancos em couro, teto solar elétrico panorâmico, DVD/Bluetooth e USB, etc.

Não trazia navegador GPS e muito menos retrovisor interno eletrocrômico, mas vinha com rebatimento elétrico dos retrovisores e o banco do motorista tinha ajustes em altura. Isofix, Top Tether, cintos e apoios completos faziam parte.

O Mitsubishi ASX 2015 vinha com um volante esportivo com detalhes metalizados e paddle shifts, além de acabamento escurecido e um ar-condicionado automático, com informações na multimídia da Clarion.

Com bom espaço interno, trazia ainda um porta-malas com 415 litros, suficiente para suas pretensões. O habitáculo contava ainda com luzes de leitura e um sistema de som muito bom.

Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

Tendo um conjunto motriz adequado, o ASX tinha um desempenho aceitável, mas o consumo não era tão bom, mesmo com CVT, devido ao motor grande e aspirado, que girava muito alto e que só piorou com a tecnologia flex, posteriormente.

O ideal para o ASX teria sido um 1.5 Turbo como do Eclipse Cross, com 165 cavalos e 25,5 kgfm, mas até hoje o chamado Outlander Sport (renomeado ASX com atualização visual) não teve acesso ao mesmo.

Ainda assim, para sua época, o Mitsubishi ASX 2015 estava dentro do esperado e ainda, como já dito, sobressaltava com tração AWD, câmbio CVT e paddle shifts, além da produção nacional, uma garantia a mais de peças e demanda.

O ASX 2015 conta com frente acentuada com faróis duplos de lentes chanfradas, contendo lanternas e piscas integrados, mas na versão AWD completa, vinha com projetores de xénon no faixo baixo e com lavador.

A grade tinha um formato hexagonal bem aberto com duas grelhas de cor preta, sendo a superior com o logotipo dos três diamantes, além de elementos estilizados. Ao centro uma barra na cor do carro e a placa, com outra entrada de ar inferior.

Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

Com moldura cromada, esse conjunto era fixo no para-choque integrado, que trazia ainda molduras laterais com acabamento cromado e fundo preto, onde ficavam os faróis de neblina.

O para-choque tinha fundo preto com skid plate na parte central, sendo esse também preto. Nas laterais, rodas de liga leve aro 18 polegadas com 10 raios diamantados, além de pneus 225/55 R18. Maçanetas e retrovisores eram na cor do carro.

Os espelhos externos tem repetidores de direção e rebatimento elétrico. No teto, barras longitudinais pretas e teto solar panorâmico, além de antena pouco pronunciada.

Na traseira, o ASX 2015 tinha vigia com limpador e lavador, bem como com desembaçador. O conjunto vinha com luz auxiliar de freio, além de lanternas duplas cortadas pela tampa. Ela trazia placa e identificação do modelo.

Abaixo, o para-choque tem sensores de estacionamento e base preta, com escape esportivo e refletores nas extremidades. O ASX tinha ainda para-barros nas rodas traseiras.

Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

Por dentro, o ASX trazia acabamento preto, com colunas e teto claros. O painel tinha visual limpo com difusores de ar verticais nas laterais e quadrados ao centro. O cluster conta com dois mostradores grandes com fundo preto.

Eles eram velocímetro e conta-giros, tendo display central com nível de combustível e temperatura da água, assim como computador de bordo e hodômetros.

O volante porta um desenho esportivo com aro em couro e detalhes em cinza. Trazia comandos de mídia e telefonia, assim como piloto automático. O destaque mesmo eram os paddle shifts fixos e prateados atrás do volante.

A coluna de direção era ajustável em altura e profundidade, tendo assistência elétrica. Ao lado, ficava o botão de partida, além da multimídia Clarion com tela de 7 polegadas sensível ao toque, reprodutor de DVD, além de Bluetooth, USB e aux.

Ela também reproduzia imagem de câmera de ré, além de controles do sistema de som com quatro alto-falantes e dois tweeters. O porta-luvas tinha iluminação e climatização. No túnel, ficava a fonte 12V, o freio de estacionamento e o 4WD.

Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

Os bancos eram em couro com ajustes elétricos para o motorista, além de porta-revistas nos encostos e banco traseiro bipartido, que tinha apoio de braço central com porta-copos e tampa de acesso ao bagageiro fechado.

Havia apoios de cabeça ajustáveis para todos, assim como cintos de segurança retráteis para todos. Os dianteiros contam com pré-tensionadores e ajustes em altura. Atrás, havia ainda Isofix e Top Tether para cadeiras infantis.

O Mitsubishi ASX 2015 tinha apoio de braço dianteiro com porta-copos, luzes de leitura, alças no teto, porta-óculos, retrovisor interno dia e noite e espelhos iluminados nos para-sois. O bagageiro tem cobertura interna.

Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

As portas tinham acabamento central em couro e comandos dos vidros elétricos (one touch apenas para motorista) e dos retrovisores, assim como bloqueio dos vidros lateral e traseiros. Elas vinham ainda com os tweeters nas colunas.

Revestimentos inferiores e do bagageiro em plástico liso, abertura interna do porta-malas e bocal do tanque, ajuste elétrico dos faróis (automático no xénon), sensor crepuscular e sensor de chuva na haste do limpador.

Os vidros eram climatizados com para-brisa degradê. Havia ainda alarme e alertas sonoros e visuais para cinto de segurança desatado e faróis acesos. Também dispunha de temporizador de faróis e luzes internas.

Mitsubishi ASX 2015 – versões

Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

  • Mitsubishi ASX 2.0 manual
  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT
  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT AWD
  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT AWD Teto/Xénon

Equipamentos

Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

Mitsubishi ASX 2.0 manual – Motor 2.0 e transmissão manual de cinco marchas, mais faróis duplos, grade cromada, faróis de neblina, skid plate, detalhes externos cromados, rodas de liga leve aro 18 polegadas, pneus 225/55 R18, freios a disco nas quatro rodas, controle de tração, controle de estabilidade, assistente de partida em rampa, freios com ABS e EDB, airbags frontais, airbags laterais, airbags de cortina, sensor de estacionamento, vidros verdes, vidro térmico traseiro, para-brisa degradê, limpadores de para-brisa flat blade, limpador e lavador do vidro traseiro, câmera de ré, barras longitudinais no teto, antena no teto, maçanetas e retrovisores na cor do carro, para-choques na cor do carro, retrovisores com repetidores de direção, rebatimento elétrico dos retrovisores externos, escape esportivo, acabamento interno escurecido, volante multifuncional em couro, piloto automático, computador de bordo, multimídia Clarion com DVD/Bluetooth/USB, porta-luvas iluminado, ar-condicionado automático, direção elétrica, coluna de direção ajustável em altura e profundidade, vidros elétricos com one touch para o motorista, bancos em couro, banco do motorista com ajustes elétricos, portas com revestimento em couro, travamento central elétrico, chave presencial com botão de partida, espelhos externos com ajustes elétricos, para-sois com espelhos iluminados, retrovisor interno dia a noite, alças no teto, porta-óculos, banco traseiro bipartido, cintos de segurança de 3 pontos para todos, apoios de cabeça para todos, apoio de braço dianteiro e traseiro, porta-copos dianteiro e traseiro, cobertura no porta-malas, luz no bagageiro, luzes de leitura, freio de estacionamento manual revestido em couro, alavanca de câmbio revestida em couro, fonte 12V, quatro alto-falantes, dois tweeters, maçanetas internas cromadas, tapetes em carpete, bagageiro com revestimento em carpete, Isofix, Top Tether, abertura interna do porta-malas e do bocal do tanque, abertura no banco traseiro para acesso ao bagageiro, ajuste elétrico dos faróis, lanterna de neblina, apoio de pé, alarme, travas de segurança nas portas traseiras, bloqueio dos vidros laterais, alerta de faróis acesos, temporizador de faróis e luz interna, alerta de cinto de segurança, entre outros.

Mitsubishi ASX 2.0 CVT – Itens acima, mais transmissão CVT com simulação de seis marchas e mudanças manuais na alavanca ou paddle shifts.

Mitsubishi ASX 2.0 CVT AWD – Itens acima, mais tração integral sob demanda com bloqueio da força nas quatro rodas.

Mitsubishi ASX 2.0 CVT AWD Teto/Xénon – Itens acima, mais teto solar elétrico panorâmico e faróis de xenônio com lavador.

Preços

Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

 

  • Mitsubishi ASX 2.0 manual – R$ 86.490
  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT – R$ 93.490
  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT AWD – R$ 106.990
  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT AWD Teto/Xénon – R$ 113.990

Mitsubishi ASX 2015 – motor

Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

O Mitsubishi ASX 2015 tinha um motor chamado 4B11, sendo esse um propulsor da família World Engine da joint-venture Global Engine Manufacturing Alliance (GEMA) com Hyundai e Chrysler.

Compartilhando bloco, cabeçote e peças maiores com as marcas citadas em seus motores Nu e Tigershark, o 4B11 tinha o restante das peças desenvolvidas pela própria Mitsubishi Motors, com produção em Shiga, Japão.

Com quatro cilindros em linha e bloco de alumínio, o 4B11 vinha com cabeçote de 16 válvulas com duplo comando variável MIVEC, tanto para admissão quanto para escape, com controle de abertura, fechamento e tempo.

O sincronizador dos dois comandos, acionados por corrente, tem quatro modos de operação. Trata-se de um motor robusto e moderno, mas aspirado e com injeção eletrônica multiponto.

O 4B1 teve versões 1.8 com até 143 cavalos e também 2.4 com 170 cavalos, usado no Outlander, por exemplo, mas o 2.0 MIVEC chegou a ter uma opção turbo com potências que iam de 240 cavalos (Lancer Ralliart) até 409 cavalos (FQ400).

No Mitsubishi ASX 2015, o 4B11 entregava 160 cavalos a 6.000 rpm e 20,1 kgfm a 4.200 rpm, tanto com transmissão manual de cinco marchas quanto com CVT de seis velocidades virtuais, trocas manuais na alavanca e no volante.

Com 1.998 cm3, o propulsor recebeu posteriormente a tecnologia flex para queimar também etanol, ampliando sua atuação no mercado nacional. O motor ainda é usado no Outlander Sport, sendo fabricado em Catalão-GO.

Desempenho

Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

  • Mitsubishi ASX 2.0 manual – 9,6 segundos e 190 km/h
  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT – 11,5 segundos e 190 km/h
  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT AWD – 11,9 segundos e 188 km/h

Consumo

  • Mitsubishi ASX 2.0 manual – 8,7/10,3 km/l
  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT – 8,7/9,8 km/l
  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT AWD – 8,3/9,5 km/l

Mitsubishi ASX 2015 – manutenção e revisão

Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

O plano de manutenção do Mitsubishi ASX 2015 inclui revisões a cada 10.000 km ou 12 meses, o que vier primeiro. Os serviços não estão listados no site, que só dá preços do modelo flex.

São feitos serviços de alinhamento, balanceamento, troca da correia do ar-condicionado, troca das articulações da suspensão, troca das palhetas do limpador do para-brisa, limpeza do sistema de injeção e troca de buchas da suspensão.

Também são feitas troca de amortecedores, troca da correia do alternador, limpeza do sistema do ar-condicionado, assim como filtro de óleo, filtro de ar do motor, óleo lubrificante do motor, fluido de embreagem e filtro do ar condicionado.

Velas, líquido de refrigeração, fluido de freio, óleo da caixa de transferência (4WD), filtro de combustível, óleo da transmissão CVT, óleo do diferencial traseiro e inspeção em 34 itens do ASX 2015.

A rede MIT tem ainda serviços de funilaria, pintura, instalação de acessórios, preparação para competição, recall, higienização de ambiente, troca de pneus, rodízio de pneus, tratamento de couro, entre outros.

Ficha técnica

Mitsubishi ASX 2015: motor, preço, consumo, versões, manutenção

Motor 2.0
Tipo
Número de cilindros 4 em linha
Cilindrada em cm3 1998
Válvulas 16
Taxa de compressão 10:1
Injeção eletrônica Indireta
Potência máxima 160 cv a 6.000 rpm (gasolina)
Torque máximo 20,1 kgfm a 4.200 rpm (gasolina)
Transmissão
Tipo Manual de 5 marchas ou CVT de 6 marchas
Tração
Tipo Dianteira ou integral
Direção
Tipo Elétrica
Freios
Tipo Discos dianteiros e traseiros
Suspensão
Dianteira McPherson
Traseira Multilink
Rodas e Pneus
Rodas Liga leve aro 18 polegadas
Pneus 225/55 R18
Dimensões
Comprimento (mm) 4.295
Largura (mm) 1.770
Altura (mm) 1.625
Entre eixos (mm) 2.670
Capacidades
Porta-malas (L) 415
Tanque de combustível (L) 63 (FWD) 60 (AWD)
Carga (Kg) 500
Peso em ordem de marcha (Kg) 1.345 (MT) 1.385 (AT) 1.440 (AWD)
Coeficiente aerodinâmico (cx) 0,33

Fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.