*Destaque Mitsubishi Montadoras/Fábricas Pickups Test Drive

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019: Impressões ao dirigir

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019: Impressões ao dirigir

A Mitsubishi L200 Triton Sport chega com algumas novidades na linha 2019. A nova geração da picape japonesa manteve os preços, que partem de R$ 120.990. Entre os destaques, o modelo agrega grade dianteira redesenhada nas versões HPE (R$ 154.990) e HPE-S (R$ 174.990), bem como faróis Dark Chrome com LEDs diurnos. Outra alteração foi o design das rodas de liga leve, agora aro 17 polegadas.


A opção topo de linha também apresenta como novidade multimídia com tela capacitiva de 7 polegadas, agora com sistemas Android Auto e Car Play. O primeiro possibilita utilizar os navegadores Maps e Waze. Os bancos com nova densidade de espuma e formato mais envolvente, também é outra alteração importante na picape.

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019: Impressões ao dirigir

Além disso, a central multimídia da Mitsubishi L200 Triton Sport 2019 tem ainda o recurso de hot spot Wi-Fi com o uso de aplicativos. Há também câmera de ré. Essa versão tem ainda bancos em couro, banco do motorista com ajustes elétricos, ar-condicionado dual zone, sensores de chuva e crepuscular, botão de partida, lavador de faróis, faróis de neblina, sete airbags, entre outros.


A Mitsubishi L200 Triton Sport 2019 conta com controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, sensor de estacionamento, tração nas quatro rodas Super Select II com modos 4×2, 4×4, 4×4 com bloqueio de diferencial central e 4×4 com reduzida, assim como transmissão automática de cinco marchas com paddle shifts e até 20 combinações de marcha com os modos de tração.

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019: Impressões ao dirigir

O modelo ainda dispõe de câmbio manual de seis marchas nas versões GL (R$ 120.990) e GLX (R$ 126.990), que ainda oferecem sistema de tração 4×4 Easy Select. A versão GLS (R$ 137.990) surgiu como opção com custo-benefício melhor e equipada com câmbio automático, bem como grade personalizável e novas rodas de liga leve aro 16 polegadas. A Mitsubishi L200 Triton Sport 2019 manteve o motor diesel 2.4 de 190 cavalos e 43,9 kgfm, feito em alumínio, como única opção.

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019: Impressões ao dirigir

Fábrica

Feita na fábrica da Mitsubishi, em Catalão-GO, a L200 Triton Sport 2019 é um dos vários modelos feitos naquela planta, que atualmente faz Pajero, Lancer, ASX e a L200, além do jipe Suzuki Jimny. Ali também é feito o complemento para os importados Pajero Full (incluindo 3D), Outlander e os Suzuki Vitara e S-Cross. A empresa ainda produz o motor diesel 2.4 da L200 e outras na instalação.

Com capacidade para 120 mil carros por ano ou 25 carros/dia, a instalação faz no momento 16 carros/dia e tem um processo fabril que emprega tinta com solvente, embora esteja preparada para solução com água. Boa parte do processo é automatizado, mas ainda há muita operação manual. De acordo com a empresa, qualquer novo carro pode ser feito no local. A estamparia é feita em Pouso Alegre, de onde as partes são enviadas para Goiás, visto que o processo também gera incentivos junto ao governo goiano.

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019: Impressões ao dirigir

Impressões gerais

A Mitsubishi L200 Triton Sport 2019 ficou mais interessante com a nova grade frontal cromada com barras horizontais. Os faróis Dark Chrome com LEDs diurnos reforçam a proposta da versão topo de linha, a HPE-S, mas seu estilo poderia ser mais bem resolvido se a inspiração fosse na Pajero Sport de nova geração, que ainda não veio ao Brasil.

O estilo da linha J ainda é atraente e marca a Triton desde a geração anterior, ainda produzida pelo grupo HPE em Goiás. A caçamba longa e o entre-eixos curto chamam atenção. A Mitsubishi fala que esse chassi curto permite melhor manobrabilidade, tendo esta raio de giro de 5,9 m. As novas rodas de liga leve aro 17 polegadas deram mais elegância ao modelo, mas a de aro 16 das versões GLX e GLS, inspiradas nos diamantes símbolos da marca, agradam também.

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019: Impressões ao dirigir

Por dentro, o acabamento com preto brilhante ajuda, assim como o volante de aspecto esportivo e paddle shifts em cinza bem vistosos, mas fixos na coluna de direção. O cluster analógico é bom, mas o display do computador de bordo é muito apagado e simples demais. Já a multimídia não é muito intuitiva em certas funções, mas agora tem hot spot Wi-Fi, Android Auto e Car Play. Ela também possui aplicativos instalados que ampliam a conectividade do modelo. A câmera de ré tem boa visibilidade traseira.

O seletor de tração é uma sopa de letrinhas, com os 2H, 4H, 4HLc e 4LLc, mas cumpre o prometido. Os bancos agora são mais envolventes e macios, dando mais conforto ao dirigir. O lavador de faróis é um bom recurso quando se vai para o fora de estrada, mantendo as lentes funcionais durante a condução. O espaço geral é bom na frente, mas atrás ainda fica devendo. A caçamba é espaçosa e tem tampa de fácil manejo. Ela suporta uma tonelada e pode levar 2,3 toneladas de reboque com freio, lembrando que a L200 Triton Sport tem controle de estabilidade de reboque, garantindo mais segurança na condução.

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019: Impressões ao dirigir

Impressões ao dirigir

Catalão-GO – A Mitsubishi preparou um extenso test drive por estradas de terra em áreas rurais e de mata nativa na região onde fica a fábrica. Nela nós pudemos experimentar a L200 Triton Sport 2019 em várias situações, que começaram por uma passagem rápida pela pista de testes, dentro do complexo industrial, onde é possível chegar a 110 km/h.

Na estrada, a L200 Triton Sport 2019 não apresentou alteração de seu comportamento, mantendo um bom ritmo com seu motor diesel 2.4 MIVEC, direção hidráulica muito mais leve que o desejável e um bom nível de ruído, mas o conforto extra dos novos bancos é perceptível. Nas curvas, nota-se o corpo mais firme no assento, bem diferente do modelo 2018. O câmbio automático de cinco marchas trabalha suave e responde prontamente com mudanças adequadas.

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019: Impressões ao dirigir

O motor, sempre disposto, também garante boa performance, inclusive em ultrapassagens e retomadas. Rodando a 110 km/h, a rotação fica pouco acima de 2.000 rpm. A estabilidade é boa, mesmo com a caçamba bem proeminente, o que facilita as saídas de traseira. De modo geral, é uma picape agradável de se conduzir nessa situação. Daí, a Triton Sport 2019 caiu no fora de estrada. A suspensão independente na dianteira e rígida na traseira, com o sistema SDS II, garante filtragem e reação boas às condições do solo.

Com o 4HLc (4×4 com diferencial central bloqueado), a L200 se comporta muito bem nessas condições, garantindo boa distribuição de força entre os eixos e suportando firme buracos e depressões assustadoras das estradas da região. Embora o motor parece estar funcionando a plena carga, devido ao ruído alto, ele se mostrou bem frugal no percurso off road e manteve sempre a disposição, a força necessária para vencer as dificuldades do trecho.

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019: Impressões ao dirigir

Vazia, a tendência da L200 Triton Sport 2019 é pular, mas não tanto quanto se imagina, visto que estava sem carga. As rodas de liga leve aro 17 polegadas suportaram bem, assim como os pneus, as condições bem ruins de alguns trechos. O câmbio modulou bem as marchas, sempre colocando a melhor opção em cada trecho.

Na pouca lama vista, o barro acabou no para-brisa, que automaticamente limpou a bagunça, enquanto os lavadores de faróis ajudaram a manter a visibilidade, especialmente com o enorme poeirão vermelho. Passa com facilidade trechos alagados e cheios de pedras, bem como não se recente diante de buracos profundos. Chegamos a usar o 4LLc (4×4 com reduzida) num trecho de mata fechada, onde o câmbio modulou bem entre primeira e segunda.

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019: Impressões ao dirigir

No geral, a Mitsubishi L200 Triton Sport 2019 mostrou o que sabe fazer no fora de estrada, e isso agradou. A picape ainda precisa de mais itens de segurança ativa (a concorrência exige isso dela) e um design mais atraente, além da correção de pequenas coisas que incomodam, como a direção não tão leve em manobras (não é ruim, mas poderia inverter com o sentido na estrada, onde é leve demais) e instrumentação mais moderna e visível (computador de bordo). O custo de revisão é elevado, chegando a R$ 6.142 até 60.000 km. Fora isso, é uma picape com bons atributos.

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019 – Galeria de fotos

Viagem a convite da Mitsubishi.  

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019: Impressões ao dirigir
Nota média 5 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email