Mitsubishi Outlander Ralliart aparece em forma conceitual

Mitsubishi Outlander Ralliart aparece em forma conceitual

O Mitsubishi Outlander Ralliart apareceu finalmente, ainda que em forma de conceito. O SUV médio da marca japonesa surge em hora boa para amenizar as críticas quanto à saída da marca do segmento de esportivos.

Com o fim do Lancer Evolution X e de seu irmão Ralliart, os entusiastas e fãs da marca há muito querem o retorno da Mitsubishi numa proposta mais esportiva, segmento em que ela era uma das referências, sem dúvidas.

Mitsubishi Outlander Ralliart aparece em forma conceitual

Agora com o Salão de Tóquio 2022, a marca dos três diamantes exibe o SUV com visual bem agressivo, chamando atenção para a grade com elementos estéticos bem elaborados em formas hexagonais.

Também destaca os para-choques com skid plates ovalizados, que apresentam ainda outros detalhes visuais. O logotipo da proposta Ralliart nas cores cobre e prata, aparece tanto na frente quanto atrás, mas neste último, no para-choque.

Mitsubishi Outlander Ralliart aparece em forma conceitual

Tendo enorme radar do controle de cruzeiro adaptativo na frente e prolongamento para o difusor de ar traseiro, o Mitsubishi Outlander Ralliart Concept exibe ainda rodas conceituais de visual extravagante.

O interior não foi mostrado, mas podemos esperar por bancos esportivos personalizados e um ambiente com apliques nas cores temáticas da Ralliart, assim como o logotipo decorando painel e bordado nos assentos.

Na mecânica, um conjunto híbrido com três elétricos terá “o poderoso torque dos motores”, segundo a marca, sem mencionar números. Com a calibração específica, este Outlander Ralliart deve dispor de algo entre 250 e 300 cavalos para empolgar os clientes.

Mitsubishi Outlander Ralliart aparece em forma conceitual

Atualmente, o Novo Outlander PHEV usa um motor 2.4 de origem Nissan, que combinado com dois motores elétricos, tem potência disponível de 190 cavalos. A bateria de lítio tem 20 kWh e garante autonomia de 87 km.

Esta pode ser mais potente no Outlander Ralliart, que assim poderia chegar a 100 km de alcance, por exemplo. De qualquer forma, mesmo se não mudar, pelo menos que a calibração dê ao condutor uma pegada mais esportiva.

 

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.