*Destaque *Featured Lançamentos Mitsubishi SUVs

Mitsubishi Pajero Full 2017 é lançado com poucas novidades e parte de R$ 188.990

mitsubishi-pajero-full-2017-br-16 Mitsubishi Pajero Full 2017 é lançado com poucas novidades e parte de R$ 188.990

Sem grandes novidades, o Mitsubishi Pajero Full acaba de chegar à linha 2017. O utilitário-esportivo topo de linha da montadora japonesa está disponível em nosso mercado em versões de três e cinco portas, com preços que partem de R$ 188.990, podendo alcançar os R$ 239.990 na configuração mais cara – os valores são os mesmos praticados na linha anterior. Entre as novidades, há apenas novos detalhes visuais e de acabamento interno.



Mitsubishi Pajero Full 2017 – visual e interior

Quando o assunto é a estética, o Mitsubishi Pajero Full 2017 apela mais para a robustez. A dianteira do SUV é marcada por faróis quadrados, que formam conjunto com uma enorme grade, esta com envolto cromado e elementos centrais escurecidos, além de para-choque com formato mais limpo e suporte cromado dos faróis de neblina e das luzes diurnas de LED.

Nas laterais, as formas seguem sem muitos vincos e detalhes marcantes, sendo que o destaque fica por conta da ampla área envidraçada e ressalto na parte inferior das portas, além das rodas de liga-leve de 20 polegadas do modelo de sete lugares (na versão duas portas, há rodas de 18 polegadas). A traseira, por sua vez, exibe lanternas com lente translúcida e tampa do porta-malas com estepe fixo, que inclusive recebeu uma nova capa na cor preta.

O interior do veículo, por sua vez, ostenta um ar mais sóbrio, sobretudo por conta do painel, que tem formas mais simples, sobretudo quando comparado aos rivais (leia-se Chevrolet Trailblazer e Toyota SW4). A atual geração do SUV data de meados de 2006. Ou seja, são 10 anos de atividades. Isso pode ser notado através de alguns elementos, como é o caso do sistema de tração acionado por uma alavanca no console central, enquanto os concorrentes já dispõem de um botão seletor.

Para a linha 2017, há detalhes em preto piano (o modelo das fotos é da linha anterior, com detalhes em alumínio), pedais em alumínio e um novo pacote antirruído, que de acordo com a Mitsubishi proporciona uma condução mais confortável, principalmente em terrenos acidentados.

Entre os destaques, há os bancos revestidos em couro com ajuste elétrico e aquecimento nos dianteiros, teto solar panorâmico, 18 luzes de cortesia, computador de bordo com 10 funções (calendário, relógio, bússola, temperatura interna e externa, média de consumo com gráficos, velocidade média, capacidade em km do tanque de combustível, altitude e pressão), entre outros.

O Mitsubishi Pajero Full 3D mede 4.385 mm de comprimento, 1.875 mm de largura e 1.850 mm de altura (1.880 mm com rack de teto), com distância entre-eixos de 2.545 mm. Já o Pajero Full tem 4.900 mm de comprimento, 1.875 mm de largura e 1.870 mm de altura (1.900 mm com rack de teto), e entre-eixos de 2.780 mm. O peso é de 2.060 kg e 2.240 kg, respectivamente.

mitsubishi-pajero-full-2017-br-16 Mitsubishi Pajero Full 2017 é lançado com poucas novidades e parte de R$ 188.990

Mitsubishi Pajero Full 2017 – equipamentos de série

Entre os equipamentos, o Mitsubishi Pajero Full 3D 2017 airbags frontais, laterais e de cortina, freios ABS com EBD e BAS, controle de estabilidade, controle de tração, assistente de frenagem, imobilizador, sistema keyless para travamento das portas, aerofólio traseiro, retrovisores elétricos, retráteis, com luzes indicadores de direção e desembaçadores, extratores de ar nos para-lamas dianteiros, faróis baixos de xênon com lavadores e regulagem automática de altura e altos halógenos, faróis de neblina, luzes de condução diurna em LED, luzes de neblina traseiras, rack de teto e ponteira de escape cromada.

A lista inclui ainda abertura interna da tampa de combustível, ar-condicionado automático, banco do motorista com ajuste elétrico, assentos da segunda fileira bipartidos e com ajuste para reclinar, bancos dianteiros com aquecimento e ajuste elétrico, bancos em couro, volante com revestimento em couro, ajuste de altura e comandos de áudio e de controle de cruzeiro, direção hidráulica, retrovisor interno eletrocrômico, maçanetas internas cromadas, sensor de luminosidade e de chuva, sensor de estacionamento traseiro com câmera de ré, teto solar elétrico, vidros elétricos e sistema multimídia com navegador GPS, CD/DVD/MP3 player, Bluetooth, TV digital e porta USB com entrada para smartphones.

O modelo Pajero Full convencional se diferencia pela opção de acabamento interno bege (com a carroceria nas cores marrom, verde, preta e branca), ar-condicionado com saída para a segunda e terceira fileiras de bancos e sete lugares.

Um dos destaques é o sistema AutoPure de higienização permanente do ar-condicionado. Essa tecnologia foi desenvolvida pela NASA com o intuito de limpar o ar e evitar contaminações entre os astronautas e já está presente em diversos hospitais e edifícios comerciais do mundo. A Mitsubishi é a primeira montadora de veículos a utilizar esse recurso em seus veículos.

“Esta tecnologia foi criada por uma empresa americana, Aerus LLC, em parceria com a NASA e é usada para limpar o ar e evitar contaminações entre os astronautas. Somos pioneiros em trazer esse sistema para dentro dos nossos carros, pensando em melhorar a qualidade do ar e preservar a saúde dos ocupantes do veículo”, explica Reinaldo Muratori, diretor de engenharia da Mitsubishi Motors do Brasil.

O AutoPure utiliza liga de materiais nobres impregnada na matriz de colmeia irradiada pela luz ultravioleta emitida pela lâmpada UVx, que gera reação fotocalítica na qual são produzidos oxidantes naturais, agentes sanitizadores do ar e superfícies, baseados em hidrogênio e oxigênio. Como resultado, há uma redução de até 99% dos agentes contaminantes. Em 24 horas, o sistema consegue limpar, purificar e neutralizar odores internos do veículo, reduzindo consideravelmente fungos, bactérias, vírus, gases tóxicos e outros agentes poluentes.

mitsubishi-pajero-full-2017-br-16 Mitsubishi Pajero Full 2017 é lançado com poucas novidades e parte de R$ 188.990

Mitsubishi Pajero Full 2017 – motorização

Na gama de motores, a nova linha Mitsubishi Pajero Full 2017 dispõe de duas opções. No caso dos modelos a gasolina, há um propulsor V6 de 3.8 litros, 24 válvulas, SOHC, que consegue gerar 250 cavalos de potência, a 6.000 rpm, e 33,6 kgfm de torque, a 2.750 rpm. Esta unidade é dotada do sistema MIVEC, que atua nos tempos de abertura e fechamento das válvulas de admissão para aperfeiçoar seu desempenho nos mais diferentes regimes de rotação, além de assegurar ganho de torque e economia de combustível nas baixas rotações e gera maior potência e desempenho nas altas.

Já as configurações a diesel escondem sob o capô um 3.2 litros, com injeção direta Common Rail DI-D, que rende 200 cv, a 3.800 rpm, e 44,7 kgfm de torque, entre 2.000 e 2.750 rpm.

Em ambos os casos, há o câmbio automático de cinco velocidades com o modo Sports Mode, que permite a troca manual de marchas, e o sistema INVECS-II (Intelligent & Innovative Vehicles Electronic Control System), que analisa e se adapta ao modo de dirigir do motorista, fazendo com que a troca de marchas seja mais suave.

O SUV oferece também o sistema de tração integral Super Select SS4-II, com quatro modos distintos de operação: 2H (tração traseira), 4H (tração integral), 4HLc (tração 4×4 com diferencial central bloqueado) e 4LLc (tração 4×4 com diferencial central bloqueado e reduzida). Nele, há 20 combinações de marchas, capaz de se adequar às mais diversas condições, seja na cidade ou no off-road.

Segundo dados da Mitsubishi, o Pajero Full 3D a gasolina consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 10 segundos e alcançar velocidade máxima de 200 km/h. O modelo a diesel cumpre a mesma prova em 10,6 segundos e tem velocidade limitada a 185 km/h. O Pajero Full, por sua vez, alcança os 100 km/h em 10,8 segundos na configuração a gasolina e atinge velocidade máxima de 200 km/h, enquanto o modelo a diesel faz em 11,4 s e tem máxima de 185 km/h.

mitsubishi-pajero-full-2017-br-16 Mitsubishi Pajero Full 2017 é lançado com poucas novidades e parte de R$ 188.990

Mitsubishi Pajero Full 2017 – preços

Em comparação com a linha anterior, o Mitsubishi Pajero Full 2017 segue sendo oferecido sem alterações nos preços. Confira abaixo os valores da nova gama do utilitário-esportivo:

Mitsubishi Pajero Full HPE 3.8 G 3P 2017: R$ 188.990
Mitsubishi Pajero Full HPE 3.2 D 3P 2017: R$ 209.990
Mitsubishi Pajero Full HPE 3.8 G 5P 2017: R$ 217.990
Mitsubishi Pajero Full HPE 3.2 D 5P 2017: R$ 239.990

O novo Pajero Full já está disponível nas concessionárias Mitsubishi Motors em todo o Brasil nas cores Cool Silver (prata), Warm White (branco) e Black Mica (preto). A marca oferece três anos de garantia e a MitRevisão com preço fixo.

Mitsubishi Pajero Full 2017 – ficha técnica

Mitsubishi Pajero Full 3D 2017Mitsubishi Pajero Full 2017
MotorMotor
CombustívelDieselCombustívelDiesel
DisposiçãoLongitudinalDisposiçãoLongitudinal
Cilindros4 cilindros em linhaCilindros4 cilindros em linha
Válvulas4 válvulas por cilindroVálvulas4 válvulas por cilindro
CabeçoteDOHC (Double Overhead Camshaft)CabeçoteDOHC (Double Overhead Camshaft)
Cilindrada3.200 cm³Cilindrada3.200 cm³
Potência máxima200 cv a 3.800 rpmPotência máxima200 cv a 3.800 rpm
Torque máximo44,7 kgfm entre 2.000 e 2.750 rpmTorque máximo44,7 kgfm entre 2.000 e 2.750 rpm
TransmissãoTransmissão
TipoAutomática NVECS-IITipoAutomática NVECS-II
Número de marchasCinco com sistema sequencial Sport ModeNúmero de marchasCinco com sistema sequencial Sport Mode
TraçãoTração
TipoSuper Select 4WD-IITipoSuper Select 4WD-II
Modos2H = tração 4×2 traseiraModos2H = tração 4×2 traseira
4H = tração 4×4 com diferencial central de acoplamento viscoso variável (VCU) atuante4H = tração 4×4 com diferencial central de acoplamento viscoso variável (VCU) atuante
4HLc = tração 4×4 com diferencial central (VCU) bloqueado4HLc = tração 4×4 com diferencial central (VCU) bloqueado
4LLc = tração 4×4 com diferencial central (VCU) bloqueado e reduzida4LLc = tração 4×4 com diferencial central (VCU) bloqueado e reduzida
SuspensãoSuspensão
DianteiraIndependente, braços triangulares duplos, amortecedores hidráulicos, molas helicoidais e barra estabilizadoraDianteiraIndependente, braços triangulares duplos, amortecedores hidráulicos, molas helicoidais e barra estabilizadora
TraseiraIndependente, Multi-link, amortecedores hidráulicos, molas helicoidais e barra estabilizadoraTraseiraIndependente, Multi-link, amortecedores hidráulicos, molas helicoidais e barra estabilizadora
DireçãoDireção
TipoPinhão e cremalheira, com assistência hidráulicaTipoPinhão e cremalheira, com assistência hidráulica
Raio mínimo de giro5,3 mRaio mínimo de giro5,7 m
FreiosFreios
DianteirosDiscos ventilados 16”, pinças com 2 pistõesDianteirosDiscos ventilados 17”, pinças com 4 pistões
TraseirosDiscos ventiladosTraseirosDiscos ventilados
Rodas e pneusRodas e pneus
RodasDe liga-leve de 18 polegadasRodasDe liga-leve de 20 polegadas
Pneus265/60 R18Pneus265/50 R20
Dimensões e capacidadesDimensões e capacidades
Comprimento4.385 mmComprimento4.900 mm
Largura1.875 mmLargura1.875 mm
Altura1.850 mm / 1.880 mm com rack de tetoAltura1.870 mm / 1.900 mm com rack de teto
Entre-eixos2.545 mmEntre-eixos2.780 mm
Bitola1.560 mm (dianteira) / 1.560 mm (traseira)Bitola1.570 mm (dianteira) / 1.570 mm (traseira)
Altura livre do solo225 mmAltura livre do solo225 mm
Peso em ordem de marcha2.060 kgPeso em ordem de marcha2.240 kg
Carga útil500 kgCarga útil625 kg
Peso bruto total2.560 kgPeso bruto total2.865 kg
Capacidade de reboque750 kg (sem freio) / 1.800 kg (com freio)Capacidade de reboque750 kg (sem freio) / 1.800 kg (com freio)
LugaresCincoLugaresSete
Tanque de combustível69 litrosTanque de combustível88 litros

Galeria de fotos do Mitsubishi Pajero Full 2017

COMPARTILHAR:
  • Diogo Augusto

    Puts Mitsubishi… que decadência enorme é essa?

    • th!nk.t4nk

      Achei que esse dinossauro já tinha sido extinto faz tempo. Vai ter gente nos comentários defendendo o carro até a morte, mas a realidade é que nada justifica o descaso da Mitsubishi.

      • Alexandre

        É claro, afinal é um Mit….kkkk

  • Tochio

    Me vê duas ai por favor !!!

  • Lucas086

    Podem dizer que está passada, antiga… mas acho que ela continua classuda, robusta, linda ainda… acho muuuuuuuuuuuuuuito mais carro que uma Sw4, por exemplo.

    • Raul Cotrim de Mattos

      A SW4 e Hilux estão absurdamente caras e estão perdendo de lavada nos comparativos, mas pelo menos você pode comprar uma e ter um visual moderno dentro e por fora como consolo pra se sentir menos idiota…

      • André

        Acho a Trailblazer melhor opção, principalmente a V6.

      • Whering Alberto

        E ainda ter a emoção singular de quase capotar numa manobra brusca. Sensacional.

      • Lucas086

        Visual moderno é pessoal, pq a frente da Sw4 parece carro de brinquedo, sou bem a robustez da Full, sem contar a 3p.

        • Robinho

          com certeza eu acho a SW4 e a Trailblazer feias.

      • RNC

        Ó PAI! ELE NÃO SABE O QUE FALA. MEU AMIGO QUEM TEM UMA PAJERO DESSAS SABE QUE É CARRO DEMAIS. É PARA POUCOS REALMENTE. MAS REAFIRMO, É MUITO CARRO!

    • Whering Alberto

      Também acho. Apesar de ser um projeto de 2005, com evidente defasagem visual, me agrada. O preço é que inviabiliza mesmo.

    • Márllus Paiva

      Gosto é gosto viu… Na minha opinião está velha, cara de ultrapassada e muito feia.

    • Lucas086

      3p é linda, um sonho, se eu fosse rico, certeza tinha uma 3p na garagem.

    • Robinho

      essa Pajero Full 3D é linda demais!

    • Filipe Augustus

      Tbm escolheria a Full sem pensar duas vezes, acho ela linda e elegante! Mesmo tendo vários anos essa geração!

    • Danilo Fróes

      Invés de mit 3p, iria de Troller e com o troco preparava ela toda pra lama..opinião minha..

  • Ricardo Blume

    A Pajero procura sempre ser clássica, com um design que não muda nunca salvo pequenos detalhes. Acho que é estratégia da marca. Agora, Mitsubishi no Brasil não cola. Ou muda de tática ou será sempre coadjuvante.

  • Franco da Silva

    Caramba! Traz a Parati pq os anos 80 voltaram!!

    • zekinha71

      Eu quero uma Quantum Sport vermelha ou branco pérola.

      • fschulz84

        E eu me contento com um Miura, pode ser? :)

        • Edson Fernandes

          Pode ser um Dodge Dart vermelho ou preto pra mim? rs

  • Lucas

    Eu fui fazer um test drive nesse carro há algum tempo. Achei horrível, pesadíssimo, freia mal, vibra todo de acordo com o motorzão e tem a direção muito dura. Não recomendo.

    • Edson Fernandes

      Acredite… a parte de vibração se for o V6, terá igualzinho na Outlander. Meu tio tem uma.

      Apesar disso, eu curti justamente a vibração da carroceria e a puxada do V6. Mas claro, não sou dono para uso no dia a dia então estou longe de dizer como seria o convivio.

  • Filipo

    Nossa, 10 anos de mercado já só com retoques! Infelizmente a Mit está quebrada. Torcer para o grupo Renault/Nissan a salvar.
    Para mim, a versão 3p sempre foi a única bonita, porquê fica bem menor e acaba combinando com o desenho quadradão.
    Já a 5p, é feia demais.

  • Bruno Silva

    Um carro desse merece nova geração, mas sem tirar toda robustez. O visual poderia evoluir mantendo algumas características.

    • Junoba

      A Mitsubishi disse que é inviável desenvolver uma nova geração para a Pajero Full. Ou seja, vai acabar desaparecendo nessa geração.

      • André

        A Mitsubishi não diz mais nada, vamos ver os planos que a Renault/Nissan tem para ela. Espero que não sejam só modelos Nissan com o logo da Mitsubishi na grade.

        • Alligator

          nesse caso eu espero que seja uma Pathfinder com o logo da Mitsubishi

      • Matheus Fontana

        A Mit disse que é inviável desenvolver uma nova geração da Pajero Full, a Mit disse que é inviável desenvolver uma nova geração para o Evo.. cara, fecha as portas da bodega de vez…

      • cepereira2006

        Se ela admite que está defasada, poderia baixar uns 50k em cada modelo, no mínimo, para dar uma sobrevida maior, tipo a do Tucsonsauro.

  • FFSB

    Tá bem que é Clássica e historicamente valente, mas… Projeto tá velho demais, né? Pelos valores pedidos encontra-se tanta coisa mais atual e que dará dores de cabeça bem menores na hora da manutenção.

  • Junoba

    Se eu fosse desembolsar tanto dinheiro como nesse caso, eu partiria para as pick-ups.

    • Louis

      Eu só trocaria uma Pajero Full por uma RAM.

      • Junoba

        Acima de 200k somente a RAM me interessa.

  • expoJapãoAcelLondrina

    é importada?

    • Junoba

      Sim, se não me engano é do Japão.

      • expoJapãoAcelLondrina

        obrigado

  • Marcelo Ceno Dutra

    Melhor que a SW4.

  • invalid_pilot

    Pensar que Pajero Full nos anos 90 era o sonho de consumo, junto de Grand Cherokee… quem comprar uma em 2016 poderá se sentir em 1994 porque mudou quase nada

    • invalid_pilot

      Essa geração também não é muito recente, fora esse desenho anos 90 que nem a Toyota vende… Mitsubishi precisa mudar com urgência

  • Elfo Safadão.

    Era o meu meu sonho essa 3p….
    Virou o pesadelo.

  • Lucas Duarte Martins

    comprar ela e comprar a 2001 é a mesma coisa. Só muda o preço.

    • Zé Mundico

      E a quilometragem.

      • Lucas Duarte Martins

        com os 200.000 de diferença a gente faz uma boa revisão kk

  • Paulo Ricardo

    Mitsubishi Pajero Full HPE 3.2 D 3P 2017: R$ 209.990 .. vc tem q ser trouxa num nível absurdo para comprar algo assim!

    • Zé Mundico

      Rapaz, um cara que tem 209 mil na mão pode ser tudo na vida menos trouxa.

      • Raul Cotrim de Mattos

        O que mais tem é trouxa com dinheiro… acredite

        • Zé Mundico

          Acredito, sim, graças a deus.

      • Tosoobservando

        kkkkkkkkk conte-me mais sobre isso, o kra entao herda tipo uma fazenda, ou uma casa, apt etc… e resolve “torrar” a grana num carro destes, ele não é trouxa?

        • Zé Mundico

          Essa é apenas uma situação hipotética que você está levantando.

          • Tosoobservando

            O que mais tem no Brasil é gente que pega herança e torra tudo, alias, nao sei se vc sabe, nosso imposto sobre heranças nao beira os 8%, um dos mais baixos do mundo (pra comparação, o dos Eua é 30% do valor da herança do caboclo).

        • Hanna Daher

          amigo…me desculpe, mas vc tá falando besteira. Eu tenho hoje uma Dakar HPE Diesel 2015, excelente carro. Me atende muito bem. Tenho 200 mil pra dar num carro e não recebi nenhuma herança. Estou procurando um carro quem tenha a mesma proposta, porém com mais conforto e sem ter que morrer em revisões caríssimas, seguros mirabolantes e custos altíssimos de uma Land Rover. Não vejo nenhuma opção hoje no mercado que concorra com a FULL nessa faixa de preço e na proposta que ela oferece.
          Acredite. Quem compra um carro desses por 220 mil e usa 5 anos…não tá nem ai se vender depois por 70 conto… isso é fato.

    • gabriel moraes

      oq me diz entao de pagar 236 mil em uma sw4 que mesmo sendo modelo novo nao chega a superar a full

    • Hanna Daher

      Não é um carro barato. Mas.. é mais trouxa quem compra esse carro por 210 mil ou quem compra uma SW4 por 240 mil???? e olhe que não são nem concorrentes. Ia de Pajero Full sem pensar 2 vezes.. mas… cada qual com seus 200 mil …. como disse o amigo acima.. quem tem 200 conto pra dar num carro é tudo…menos trouxa.

  • zeh

    …hum?…com tantas novidades isso é um tiro no pé….arriscado ou nem liga….

  • zekinha71

    A ordem agora na Mit é tacar cromadão na frente e sair dizendo: eu sou um carro novo, eu sou um carro novo.
    A ASX ficou nojenta.

  • Zé Mundico

    Difícil mudar o que já é bom.Basta atualizar alguns detalhes e pronto.
    É o melhor carro da Mitsubishi e um dos melhores do mercado.
    É cara? É, mas vale cada centavo pela qualidade, durabilidade e confiança.
    Quem tem não troca por nada, nem por outra.

    • Lucas

      Rapaz, não concordo com a sua afirmação. Como coloquei ali em cima, em 2013 fiz um test drive na Full e na Dakar. Achei a primeira muitíssimo pesada, com direção dura, freios ruins, barulhenta e com muita vibração na cabine. Não me convenceu, então acabei ficando com a Dakar, que mesmo tendo os mesmos predicados, era mais barata. Hoje em dia vejo que fiz a escolha certa, já que tenho um carro tão robusto e espaçoso quanto, e que desvalorizou bem menos. Aliás, uma Dakar 13-13 com 34 mil km (que é a km da minha) vale quase o mesmo que uma Full 13-13.

    • Raul Cotrim de Mattos

      Você paga o preço de um carro novo por um carro que é o mesmo de 10 anos atrás… melhor comprar umas quatro usadas e revisar… se bater e roubarem 3, vc ainda tem uma e não vai desvalorizar! É claro que eu não faria uma coisas dessas, mas só para deixar claro como é absurdo pagar tanto em um carro que é essencialmente o mesmo há 10 anos!

      • Zé Mundico

        Mas não mudar pode ser exatamente a vantagem desse modelo. E ele pode ser o mesmo há 10 anos apenas na aparência externa, não se iluda.
        Não é um carro que precisa ser “atualizado” com as modinhas ou design de temporada nem tem proposta de ser futurista. Claro que agrega toda a evolução da tecnologia automotiva, mas não há necessidade de aparentar ser “novo” apenas para agradar quem curte novidade.
        Também não é carro de performance esportiva nem de luxo, é uma categoria específica que transmite credibilidade e confiança, daí a decisão acertada da Mitsubishi de não mexer muito na aparência.

        • Filipe Augustus

          Zé, nem tenta argumentar, o pessoal não entende que esse carro roda 250 mil km, só com manutenção preventiva, que ele é resistente, praticamente um tanque de guerra, e que comprando um zero ou um usado bem cuidado é um bom negócio!
          Deixa o pessoal comprar Sorento e Grand SantaFé e ir pegar uma trilha no final de semana e rodar 200 mil KM com qualquer um desses dois que eu citei! hahaah

  • DTF

    Parou no tempo….

  • Rodrigo

    Hoje, a opção racional é a Trailblazer, nesta categoria.

    • Hanna Daher

      Trailblazer?? nâo concordo. Primeiro que não concorre com a FULL. É MUITO inferior. De bom só tem o motor. Fiz um test drive em uma 2017 Diesel semana passada, custa 195 mil e sinceramente…não troco na minha DAKAR. Minha opinião. Cada um tem a sua.

  • Andre Baracho

    O estilo do carro que exige um desenho atemporal, duradouro e sem frescura. É direcionado para o publico masculino. Um carro de cabra macho mesmo, que não liga pra desenho e brinquedos eletrônicos, e sim para a robustez e versatilidade do veiculo. E por isso tem um publico cativo.

  • V12 for life

    Gostaria muito de poder comprar um 3P antes do fim desse grande ícone, mesmo que ele esteja defasado.

  • Munn Rá : O de Vida Eterna

    R.I.P Mitsubishi e pensar que já chegou á vender uma linha de carros no Brasil que ia de Colt, Space Wagon, Galant, Pajero etc…

  • pedro

    Apesar da idade, o carro ainda é valente e bonito, mas o preço não condiz com o produto. Não vale tudo isso.

  • GPE

    E tome remendo… pense numa tranqueira cara e velha

  • TijucaBH

    situação da Mitsubishi no mundo inteiro está complicada. Ela é uma empresa muito pequena pra bancar desenvolvimentos tecnologicos para acompanhar os concorrentes. Basta ver que toda sua linha no Brasil está em sintonia com os demais paises mas sem produtos realmente novos. É sempre um facelift em cima do modelo já existente. Mesmo quando alegam que muda tudo como na “nova” L200, nao passa de uma reformulaçao da Triton.
    Vejam que os concorrentes tem no minimo cambio de 6 marchas e a Mit ainda tem 5 e por aí vai…
    Nada contra a marca, mas que está numa situaçao dificil, isso está!

    • Wilson Yano

      Meu caro, nas suas muitas palavras nota-se sua ignorância, sem querer ofende-lo, mas dizer que a Mitsubishi é uma empresa pequena ??? A Mitsubishi fabrica tudo o que você imaginar, papel, lápis, caneta, carros, jatos, foguetes e por ai vai.
      Quem critica este carro, creio que nunca teve um.
      Quanto ao nosso amigo Lucas, que diz que ter feito um teste drive e achou o carro duro, pesado…afinal, o que ele esperava ?
      O carro tem um motor 3.2 diesel, é um carro para homem, ele deve ter um gol bola e fala asneira.
      Resumindo, Pajero é Pajero.
      Andei em uma Prado, cheio de frescura: aperta botão aqui e levanta um banco, aperta outro ali e se tem acesso as suas 4 câmeras…coisa moderna mas…motor 2.8 diesel.
      Gosto é gosto.

      • TijucaBH

        Caro Wilson, a Mitsubishi como um todo, é MUITO grande como voce disse, porém a Mitsubishi Motors é pequena sim, tanto é que 30% dela foi comprada pela Renault/Nissan recentemente. Nao adianta o grupo Mitsubishi ser grande sendo que no ramo de automóveis nao é. Em funçao do baixo volume mundial, fica dificil fazer investimentos massivos pois o custo por carro fica alto, tanto é que a carroceria da Pajero Full é basicamente a mesma desde os anos 2000. Nesses 17 anos foram feitos apenas face lifts e atualização da mecanica e nem tao atualizada assim, já que em pleno 2017 o cambio automatico tem apenas 5 marchas e o proprio motor à gasolina 3.8 tem 250 cv, sendo que uma Trailblazer que é de um segmento inferior tem motor 3.6 com 279 cv. Comparando a motorização à Diesel, o motor 3.2 da mit percebe-se novamente a defasagem tecnologica. Enquanto a Pajero precisa de um motor 3.2 litros para extrair 200 cv, a GM com um motor 2.8 litros extrai os mesmos 200 cv. Se formos comparar o torque, a situação fica ainda mais vergonhosa pra japonesa com 44 kgfm versus 51 da Trailblazer.
        Citei a Trailblazer apenas como uma referencia, nada à favor nem nada contra nenhuma das duas marcas, fiz apenas uma analise puramente técnica e de mercado.

  • gabriel moraes

    entre essa 3d e o troller bold, vou de troller mesmo afinal a pajero de 3 porta ninguem vai comprar pra viajar com a familia pq se for ja pega a de 7 banco mesmo

  • Kaian Reis

    Quem está na hora de mudar também é o kia mohave

    • Kaian Reis

      Estava me referindo ao design, mas é verdade isso que você falou rsrs

  • Filipe Augustus

    Para mim é a melhor opção, se eu fosse gastar mais de 200 mil em um SUV, esse seria a minha escolha!

  • Adalberto

    Motor 3.8 250cv?? A minha Santa fé têm motor 3.3 270cv. Mas o que mata mesmo é o câmbio da MIT de 5 marchas.
    É um carro robusto, que se viesse de fábrica blindado seria um veículo militar.

  • Thiago C

    Quando o assunto é estética, apela pela robustez… interior sóbrio… Bah! Você está muito é velha e tem traços de veículos de 1990.

  • Nitrous

    Em outros mercados já tem a Nova pajero Sport com novo motor a Diesel 2.4 e cambio automatico de até 8 marchas. No Brasil ainda está com essa velharia e cara ainda. Esse motor 3.8 a gasolina só mesmo dono de posto pra bancar.
    https://uploads.disquscdn.com/images/6cafd91a53d8ed6d3caf39774b72afcc83ec24759d5f66300b0c3105d91332db.jpg

    • th!nk.t4nk

      Segundo os comentários aqui, nao precisa trazer a nova nao. Eles gostam da velharia. Nem perca tempo tentando convencer. A cabeça do brasileiro tem que ser estudada.

      • Edson Fernandes

        É porque precisa de “visual quadradão” para agradar. Aí o mercado já distorce o que dizem “ser preferido” com esses crossovers tidos até em reportagens técnicas como “SUV compacto”.

  • M7

    Faz uns 15 anos que só mudam as rodas, grades, cor de acabamento interno e o preço que sobe é claro, nada além disso, a cada ano que passa.

  • pedro rt

    qualquer concorrente desse carro e melhor e mais barato q ele, alem de ser o modelo mais caro da marca e um dos mais velhos em linha pois esta na mesma geracao desde 2000 ou seja so e mais novo q o pajero/sport/dakar q foi lançado em 1997

  • Léo Dalzochio

    Tenho uma 5p 3.2 ano 2002, que peguei baratinho há um ano, já com seus 215.000km. Revisei toda, inclusive a mal falada bomba injetora Zexel (usada nas de 2001 a 2005, a partir de 2006 é common-rail) que ninguém fuça. Peças baratas e em abundância. Motor extremamente resistente, consagrado, robusto e torcudo. Motor e câmbio muito bem ajustados. Caixa de tração indestrutível. Diferenciais idem. Radiador enorme. Ar condicionado muito potente. Para aquela época (no seu lançamento, em 2001)0, seria o que a nova Discovery é hoje: vanguarda. Estrutura monobloco extremamente rígida, suspensão independente, freios a disco com hidrobuster (sem sistema de vácuo), sistema de aquecimento interno elétrico além do normal com o fluído do radiador… O único porém nessa kilometragem é algum ou outro barulhinho interno. E o valor de um zero, que é surreal, assim como qualquer coisa neste Brasil comandado por bandidos esquerdopatas…

  • Por ter esse design externo defasado, se viesse num preço abaixo da concorrência, poderia vender bem, pelas características de robustez e confiabilidade. Porém, nesse preço, vai continuar mofando nas concessionárias.

  • RFGV

    Carro cansado com mecânica totalmente ultrapassada e ainda assim é mais carro que uma SW4.

    • Wilson Yano

      Falou tudo RFGV

  • Ricardo

    Já foi um dia, hj é um carro ultrapassado, pesado e beberrão.

  • EJ

    Engraçado, ao contrário da maioria, tenho é medo do que virarão os Jipes da Mitsubishi após a aquisição pela Renault. Tomara que mantenham a indepedencia da equipe técnica, pois entendem muito de acerto pro que precisa (capabilidade off-road).

    Como hoje em dia boa parte do público de SUV preza central multimídia, estética e suspensão macia, claro que o Pajero vai “sair de moda”. Entendo esse ponto de vista. Mas continuo com o do primeiro parágrafo. kkk

  • Luis LC

    Essa 3P é um show, raro ver isso nesse mundinho de SUVs de luxo

  • Felipe

    Hahahah é quase um Defender!

  • FearWRX

    190 mil num carro que é um Hatch bombado? Que absurdo de preços são esses?
    A Full continua maravilhosa, a antiga ainda me chama a atenção quando passa e impõe respeito, mas a 3D é um absurdo custar isso sendo que é quase 1/3 da Full.

  • Gabriel Ferreira

    Estranho é que a Mitsubishi não melhora os motores, imagina um motor 3.2 com apenas 200 cv e 44 kgfm, o pior é que o torque do motor só tem 750 rpm de faixa de torque máximo e o 200 cv ficam lá 3800 rpm deixa um um buraco enorme na aceleração, e ainda pra terminar o pacote tem um câmbio 5 velocidades, quando o ideal pra motores diesel é 8 ou 9 velocidades.

    • Wilson Yano

      motor diesel com 8 ou 9 velocidades ???? vc esta falando de caminhão ?
      Qual carro tem essa quantidade de marchas ?
      Acorda

      • Gabriel Ferreira

        Jeep rennegade, Fiat Tiro, Land Rover evoque.

  • Emilio

    Bem, a julgar pelas mudanças desastrosas que a Mitsubishi tem feito, mante-la do jeito que estava é lucro!

  • Alessandro Rodrigues

    Alguém tem dados de quantas unidades foram vendidas da versão Full em 2016?

  • Yrus

    Os caras ficam botando defeito no desing da pajero full. nada ver, pajero full é muito bonita e em relação a equipamentos, nem se fala, não falta nada nela, sem dúvidas está muito melhor que a traiblazer e a sw4. Ultrapassado é a sw4 que nunca evolui, falta muitos itens, baixa estabilidade, nova sw4 2016 está hourrivel, desing horroroso cheio de cromados, frente parece um touro a pajero full está muito mais equipada e muito mais bonita, outra ruim é a traiblazer, da muito defeito, motor dela já funde com apenas 80.000 km a durabilidade da pajero full é enorme, acreditem, já vi muita pajero full fazer 600.000 km e até mais, não é a toa que a mitsubishi pajero full é campeã mundial no rally mais difícil do mundo chamado ralir dakar, pajero full no off roald é um monstro vocês acham pouco??? Então me mostrem outra marca que tenha feito esse recorde!!! Nenhuma marca no mundo fez esse recorde, somente uma marca no mundo fez esse recorde e essa marca é a MITSUBISHI, então não vão comparar toyota e chevrolet com mitsubishi, pois a mitsubishi faz verdadeiras artes. E o mais irritante, é que todas as pessoas elogiam o desing da land rover e o desing dela também é dos anos 80 super ultrapassado e quadrado. não vejo nenhuma diferença em um desing de uma pajero full e de uma land rover, as duas são excelentes e muito bonitas.

    • Gilberto Filho

      Concordo totalmente

    • Fabrício Sanches

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Wilson Yano

      Verdade, isso sem contar o mercedes.
      Pessoal quer o que ?
      Moro no Japão, e uma dessa aqui custa ¥ 5.000.000, a top que aqui se chama super exced, vem completa, sem contar o som Rockford Fosgate que no modelo abaixo custa ¥ 550.000.
      O carro é 10

  • FranciscoAdrianoSilva

    Economizar no estribo é o fim, mas acho essa a mais linda de todas as gerações https://uploads.disquscdn.com/images/dcd6f9943ad0376c597c5f90269a74b106481974973a03c1f4b2b3ff656b7ec2.jpg .

  • Vattt

    Ultrapassada e foi mais cara até o lançamento da SW4 2016. Agora preço abaixo da concorrente direta mas sem o fator novidade, irá continuar minguando nas vendadas ofuscando ainda mais a marca. O problema será quando lançar uma nova que terá o preço maior que da sua concorrente como antes. Dona Mitsubishi, precisa atualizar seu lineup, que só tem a “nova” Outlander com um projeto mais novo, e a Triton quando deixar aquela cara de asiática no passado, vai se tornar mais agradável aos olhos. E ASX ficou estranho esse facelift pra 2017, que na concorrência tem carro “tão bom quanto” uns mais caros outros menos caros!

  • Ibrahim Shehata

    É um classico, ponto final.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email