Asiáticos Mitsubishi SUVs

Mitsubishi Pajero Sport 2020 ganha cara de Nova L200 na Tailândia

Mitsubishi Pajero Sport 2020 ganha cara de Nova L200 na Tailândia

O Mitsubishi Pajero Sport chegou recentemente ao Brasil em sua nova geração, que agora compartilha peças e componentes com a picape L200 Triton mais atual.


Seu visual já é suficientemente mais moderno do que o da picape média, fabricada aqui pelo grupo HPE, porém, na Tailândia, as coisas fluem com mais rapidez e o SUV com chassi de longarinas e tração 4×4 resolveu seguir o estilo da recente atualização da Triton local.

Mitsubishi Pajero Sport 2020 ganha cara de Nova L200 na Tailândia

O resultado é um SUV com cara mais imponente, até certo ponto bem agressiva. Toda a frente foi mudada, empregando agora novos faróis de LED mais afilados na parte superior, englobando luzes diurnas e repetidores de direção com a mesma tecnologia.


A grade passa a ter duas lâminas bem próximas, reduzindo o tamanho do conjunto superior. A parte central mantém a grelha treliçada e os apêndices com frisos cromados que invadem o centro do conjunto, continuam lá. No entanto, agora eles possuem lentes triplas de LED para faróis de neblina e luz de curva.

Mitsubishi Pajero Sport 2020 ganha cara de Nova L200 na Tailândia

O protetor central dianteiro volta na Pajero Sport 2020 renovada, ganhando mais destaque no conjunto. O modelo vendido por aqui, eliminou esse detalhe visual. Mais volumosa, a frente parece acrescentar maior tamanho ao utilitário esportivo, que também emprega novas rodas de liga leve aro 18 com raios duplos diamantados e fundo preto.

Para quem reclamou da traseira, em realidade das lanternas, elas continuam descendo “até o chão”, mas agora com lentes atualizadas. O que esperávamos (e questionamos isso no lançamento aqui) aconteceu.

Mitsubishi Pajero Sport 2020 ganha cara de Nova L200 na Tailândia

Tal como o Honda Fit recente, o Pajero Sport finalmente emprega um para-choque mais proeminente, protegendo a tampa do bagageiro de um impacto leve. O spoiler no teto também foi melhorado.

Por dentro, um novo console central foi empregado, agora tendo elemento vazado na parte inferior do conjunto. Mudanças foram feitas também no acabamento, empregando materiais de melhor qualidade. A principal mudança, no entanto, é o cluster, agora com display de 8 polegadas.

O Pajero Sport 2020 emprega ainda um sistema de abertura de fechamento de portas, bem como partida de forma remota, através do smartphone. A multimídia foi atualizada também e o conjunto motriz, mantém o propulsor diesel 2.4 de 181 cavalos e 43,9 kgfm, empregando agora um novo seletor de tração.

Mitsubishi Pajero Sport 2020 – Galeria de fotos

Agradecimentos ao Magdiel.

Mitsubishi Pajero Sport 2020 ganha cara de Nova L200 na Tailândia
Nota média 5 de 3 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Rodolfo Deo

    E não mexeram no ponto mais esquisito do carro…

    • Ady Bastos

      Claro que mexeram! Reduziram a extensão da sinaleira traseira para tirar o efeito “lágrima” e ficou infinitamente melhor!

      • George Sousa

        Além disso agora o para-choques é mais evidente protegendo a tampa da mala em uma eventual colisão. Eu fui um dos que achou que essa reestilizado melhorou demais a aparencia do veículo

        • O_Sabichão

          Agora ficou ótimo.

      • Racer

        Uma alteração bem pequena, mas que fez muita diferença.

      • Jr

        Melhorou, agora a traseira tá menos feia

  • George Sousa

    Achei bem melhor…

  • leomix leo

    So bastava cortar esse pedaço que desce da lanterna traseira que já ficaria mais aceitável, não fizeram, de for um carro preto, da da p o cara disfarçar como um cidadão fez aqui em minha cidade, plotou essa parte que desce e ficou mais bonita.

    • Ady Bastos

      Já cortaram a extensão que passava pelo parachoque que deixava com efeito de “lagrima” ou “algo derretido”, ficou bem melhor! Só comparar a primeira versão (que está sendo vendida no Brasil) e essa nova!

  • Henrique Alves

    Acho que a frente, mesmo estando mais moderna, perdeu em design se comparado ao modelo vendido aqui. Ganhou robustez, mas perdeu fluidez. Certamente é um estilo bastante robusto, só não sei se se adequa à Pajero Sport. Questão de gosto.

  • CanalhaRS

    Parece um cruzamento de caminhão com robô.
    Horroroso.

  • O_Sabichão

    Que carrão. Sensacional

  • rodrod

    ja vi uma rodando. E um pouco bizarra!

    • Samuel Jesus de Sousa

      Achei bonita a dianteira, traseira pessoalmente continuou feia. Mas oh carrão!

  • MarcosGojira

    Pelo menos agora tem parachoque traseiro…

  • TijucaBH

    Marca está morta no Brasil. Produtos defasados e pós vendas caríssimo, alem de uma politica comercial ruim, fez a marca virarbsinonimo de carro da Polícia federal, mineradoras e praticantes de rally.

    • O_Sabichão

      Mitsubishi com produtos defasados?

      Peraí.

      Essa Pajero Sport tem uma mecânica novíssima, toda em alumínio (novidade no segmento), tecnologias semiautônomas de última geração (ACC, etc), câmbio automático de 8 marchas (a maioria tem 6) e você diz que o carro é defasado?

      A tração da Pajero Sport e da L200 Triton Sport é a única do mercado que combina 4×4 parcial e permanente, podendo optar entre diferencial central bloqueado ou livre, para rodar 4×4 em asfalto seco/molhado ou no pior lamaçal (característica presente na já, esta sim, defasada Pajero Full).

      Hilux, S10, Ranger, todas essas só permitem 4×4 parcial em pisos de baixa aderência, já a Amarok é 4×4 permanente. Ou seja, as outras são 8 ou 80, enquanto a L200 permite a opção entre os dois mundos.

      O Outlander tem mecânica 2.0 antiga, mecânica 3.0 6 cilindros antiga (ou old school e último dos moicanos, depende de gosto), mas tem um brilhante e novíssimo motor 2.2 diesel com tração integral AWD.

      O ASX está requentado, mas o Eclipse tem motor 1.5 turbo CVT novíssimo, e também conta com as tecnologias semiautônomas de última geração (ACC, etc), inclusive sendo AWD, raro no segmento.

      Se for parar pra pensar, a Mitsubishi traz muito mais inovação (e várias coisas legais no estilo old school, como Outlander 6 cilindros e Pajero Full 3.2 ou 3.8) que outras marcas que estão em alta nas vendas.

      • O_Sabichão

        E eu não paro por aqui.

        O ASX está antiquado? Sim.

        Mas sua “velha e defasada” mecânica 2.0 com câmbio CVT faz o carro (que tem 1480 kg e porte superior aos SUVs compactos urbanos tipo Renegade e T-Cross) acelerar de 0-100 em 10,6s.

        E pasme.
        De acordo com a mesma fonte de medição (M1), as retomadas são idênticas às de uma Tiguan 1.4 TSI comfortline (que pesa +- 100kg a mais, mas tem mecânica muito mais moderna e o rápido e eficiente câmbio automatizado).

        • tech76

          Na pista de testes, o ASX teve bons números. Como comparação, sua
          aceleração de 0 a 100 km/h em 10,6 segundos foi mais rápida que a do
          Jeep Compass 2.0 flex (11,6 s). E como o câmbio CVT faz o motor
          trabalhar em sua faixa de potência máxima, as retomadas 40 a 100 km/h e
          80 a 120 km/h foram feitas em bons 7,3 e 6,9 segundos, respectivamente,
          tempos próximos do Peugeot 3008 e seu 1.6 turbo (7,1/6,8) e do VW Tiguan
          AllSpace 1.4T (7,2/7,0).

      • TijucaBH

        Pajero Sport e Eclipse são as unicas exceções, mas fiz um test drive nessa nova versao do Sport a 15 dias e nao gostei da dinâmica do carro, pois nas curvas lembram a Caravan que meu pai tinha e o desempenho é aenas satisfatório.

        Com relação à tracao que voce citou com 4×4 on road, é uma opção de cada marca, nao necessariamente algo tecnológico, já que esse sistema é oferecido pela Mitsubishi a mais de 20 anos.

        Vamos ao restante da linha:

        Pajero Full, ainda um bom carro, mas jurássico. Nem comento.

        ASX e Lancer, já deram o que tinham que dar, já deveriam ter uma geração completamente nova a anos.

        L200 com motor apenas OK, ficando abaixo dos concorrentes em desempenho e algumas vezes em consumo. Cambio de 5 marchas enquanto os outros possuem no minimo 6. Nenhuma tecnoogia de destaque, no mesmo nivel dos rivais de quase 10 anos.

        Outlander está em cima do muro e o motor é questão de gosto mesmo, nao considero o V6 antiquado.

        • Felippe2010

          Temos uma Outlander 3.0 GT em casa e esse V6 não tem nada de antiquado, anda bem e consome pouco, ainda mais se levar em consideração o desempenho e o porte do carro.

          • TijucaBH

            Foi o que eu disse no ultimo paragrafo…

  • Marcelo Amorim

    Esse carro nao pegou,até hoje só vi o de test drive nas ruas.

  • FFSB

    O conjunto frontal da versão atualmente vendida no Brasil, ao menos em fotos (a comparação), é bem melhor resolvido. Aliás, me surpreendi ao ver o carro ao vivo (até mesmo a estranha lanterna traseira parece melhor ao vivo).

  • FFSB

    Me parece que a Equipe de Design da Mitsubishi anda assistindo demais os filmes/desenhos dos Transformers…

  • Ficou imponente

  • Wagner

    Lindona

  • Sérgio

    Ficou melhor que a original, dava para abrir uma empresa só pra mudar isso, acho que seria unanimidade, tem detalhes que não deveriam existir.

  • Samin

    A frente, sinceramente ambas são lindas, tanto a primeira quanto a segunda, talvez, para mim, a primeira versão possui faróis mais bonitos, mas isso é subjetivo, a nova versão dá um ar de algo mais robusto. A traseira obviamente ficou bem melhor, ou pelo menos menos feia, do que a antiga traseira que destoava de todo o resto do conjunto.

  • Miguel

    Pqp, a única coisa bonita nela era a dianteira, que agora eles mudaram de novo! kkkk

  • cobaiao

    T . T

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email