Crossovers EUA Mitsubishi Montadoras/Fábricas

Mitsubishi pode encerrar produção nos EUA, de acordo com jornal japonês

mit-normal

A Mitsubishi tem uma fábrica nos EUA, que fica em Normal, Illinois. Inaugurada em 1988, a planta foi fruto de uma parceria com a Chrysler e hoje emprega 918 trabalhadores. De acordo com o jornal Nikkei, a montadora nipônica estaria pretendendo fechar a instalação americana.

O objetivo seria focar no crescimento do mercado asiático. O site japonês ainda disse que a montadora pretende fechar um acordo para que, após a venda da fábrica, os 918 funcionários sindicalizados da UAW mantenham seus empregos. A Mitsubishi negou qualquer intenção de deixar de produzir em Normal.

A prefeitura local também teria afirmado não saber de nada. Um contrato com o sindicato UAW expira em breve e esse seria mais um motivo para encerrar a produção. Em 2000, a planta fabricou 200.000 carros, mas em 2014, somente 69.178 exemplares do Outlander Sport (ASX) foram feitos. Neste ano, as vendas da Mitsubishi subiram 25%, sendo 17% mais no caso do Outlander Sport.

[Fonte: Nikkei]





  • Marcello Caetano

    O futuro da Volvo nos EUA também é incerto.

    • Fabiano
    • Fábio

      Os Volvo vão vir da China agora. Penso eu que os americanos estão com o pé atrás…

      • Marcello Caetano

        E dou toda razão para eles.

        • Gran RS 78

          E de onde vc acha que vem praticamente tudo que está ao seu lado, Tv, videogame, roupas, tenis, celular, microondas etc?

          • Marcello Caetano

            Aqui do meu lado tudo fabricado no Brasil, graças a Deus.

            • Gran RS 78

              Não seja ingenuo. Abra qualquer aparelho”fabricado no Brasil” para ver se não tem alguma peça chinesa.

              • 4lex5andro

                entao, o proprio computador (ou tablet, ou smart) que é ”fabricado” no país nao dispensa o processador e este, é importado ..

                e quase sempre , é chines ou de taiwan ..

              • Marcello Caetano

                Para resumir e voltarmos ao tema: carro feito na China, principalmente de marca chinesa, não é bem recebido em nenhuma parte do mundo. Se encontrar algo que indique o contrário, terei prazer em ler.

                • Wally

                  Sim..

                  Eu falo isso quando olho os numeros de vendas dos carros chineses, na China… Nem eles aceitam as porcarias deles..

                  Diferente de países como França, Itália, Suécia, Alemanha, EUA, onde os carros mais vendidos são sempre os carros de marcas nacionais..

                • Ricston

                  Mas ele não estava falando de Volvo?

                • Gran RS 78

                  Então pode ler o desmonte dos 60 mil Km do J3 da revista Quatro Rodas, e veja vc mesmo o quanto esse modelo foi elogiado. Já dirigi várias vezes o J3 turim 2013 da minha sogra e te digo que ele não deve nada a nenhum concorrente, e olha que ainda é o modelo antigo, e não esse que foi reestilizado e teve o interior melhorado em todos os aspectos.

                  • Marcello Caetano

                    Nem o desmonte ajudou nas vendas…

                    • Gran RS 78

                      Estou falando da qualidade do modelo, que vc falou que nenhum carro chines tem. E não se esqueça que quando a marca chegou ao Brasil em 2011, vendeu muito bem, tanto é que as marcas tradicionais tiveram que equipar seus modelos e tbm reduzir os preços. O que matou as marcas chinesas, foi justamente esse desgoverno petista, que aumentou os impostos de importação, para “proteger a industria nacional”, acabando com o custo beneficio dos modelos importados, e com a concorrência sadia que estavámos começando a ter entre as marcas e modelos,tanto é que a Jac teve que reduzir o marketing, que consequentemente abaixou as vendas e fechou muitas concessionárias depois disso. Se o desgoverno não tivesse aumentado os impostos, pode ter certeza que hj o nosso mercado seria bem diferente, com modelos melhores e com preços mais baixos.

                    • Marcello Caetano

                      Em nenhum momento falei em qualidade. Escrevi: “Para resumir e voltarmos ao tema: carro feito na China, principalmente
                      de marca chinesa, não é bem recebido em nenhuma parte do mundo. Se
                      encontrar algo que indique o contrário, terei prazer em ler.” Quanto a ter vendido bem, é uma questão de ponto de vista, pois em 2011 foi 56º no geral perdendo para Frontier, iX35 e Polo sedã. Em 2012 despencou para 81º perdendo para Captiva, C3 Picasso e TR4. Antes do aumento da tributação.

            • Wally

              Vir da China não é problema.. O problema é a marca ser chinesa..

              Os iphones brasileiros sempre vieram da China, mas o know-how e processo produtivo sempre foram americanos.

              Acho que agora passou a ser fabricado no Brasil, e mesmo assim continuam iguais aos chineses.. Aliás, brasileiro também não seria sinônimo de qualidade e honestidade.

              E como falaram, sua televisão “nacional” é praticamente chinesa, ela só é montada no Brasil, pois a idéia foi gerar emprego aqui, para poder ter o desconto do imposto de importação.

              • Marcello Caetano

                Minha resposta ao outro leitor foi só uma provocação por ele ter desviado do tema…

  • Tosca16

    Mitsubishi não tá de boas aqui, que dirá lá nos EUA; como quer vender sem renovação ? Acha que seria como o brasil idolatrada por ser japonesa ? Nem aqui tá assim, imagino lá como é a “força” da marca .

    • Jackson A

      Aqui não vejo ninguem da valor a Mit pra falar a verdade, dificilmente vejo comentarios sobre ela.

  • zekinha71

    A Mit está errando em vários lugares, estão querendo acabar com ela pra depois vender a preço de banana, no Japão ninguém percebe isso.

    • 4lex5andro

      montar fabrica no mexico, isso poderia dar alguma competitividade aos carros da mitsubishi ..

  • Regina Campos

    Infelizmente vai de mal a pior. Só a Outlander considero atual. ASX também, mas o preço praticado é muito alto. O restante da linha é bem defasado em tecnologia e motores. Acabaram com Galant, Eclipse, Grandis, Endeavour, não tem nenhum esportivo de vitrine (3000 GT).

    • Wally

      E aqui nego paga horrores num ASX que tem tamanho igual aos SUVs pequenos, HR-V, Renegade, Duster e tem um interior tão simples e sem controle de estabilidade( ASX 4×2 CVT 95 mil).

      • Bruno_O

        ASX tem cxb péssimo nas versões mais caras. Por ~98k vc pega uma Subaru XV 4×4 que é maior, muito mais equipada e importada do JP. A ASX equiparável custa 15 mil a mais, anda menos e bebe mais.

        • radiobrasil

          E o pior é a nova Outlander “mais cromados que pentiadeira de mulher de vida fácil” , na versao GT que custa uns 140k e TEM FREIO DE MÃO MANUAL… coisa que um Fusion de 99k tem.

        • Milton Baptista

          Aí cai na armadilha da CAOA com os Subarus…

        • Wally

          Por 99k voce pega um Renegade diesel AT9, sempre dou este exemplo.. Pois ficam falando que o Renegade Diesel “está caro”. Pra mim está super competitivo..

          O problema é que a Jeep ainda não está oferecendo as versões DIESEL SPORT e DIESEL LONGITUDE, apenas a Trailhawk. Questões de estoque mesmo… Não tem motor/cambio disponivel para o volume de vendas que se espera.

          • Bruno_O

            É uma opção, mas a confiabilidade Jeep nem se compara com Mit e muito menos com Subaru (basta ver o consumer reports), e ambos são maiores, embora mais baixos.

      • radiobrasil

        Se o ASX cvt 4×2 tivesse ESP e os 9 airbags (a mit conta os de cortina como 4) seria um bom carro.

        • Junoba

          No caso dos Airbags de cortina, eu acho errado contar como duas bolsas, porque ele é somente um, mas oferecendo dois pontos de proteção. Caso a parte de trás e da frente tivessem acionamento autônomo, eu concordoria, só que não é caso.

          • radiobrasil

            Aí que discuti com um vendedor da Mit… estava vendo o ASX top e Outlander 2.0… ele me disse 9 airbags… eu fui contando, cheguei nos 7. Ai ele teimando que era 9 e não tinha outro carro no Brasil com mais airbags. Abri o site da Ford e mostrei pra ele o Fusion com 8 (ou 10 na contagem dele) FORA os 3 airbags dos cintos que vem na versão 2015.

            • Junoba

              E ele falou o que !?

        • Pazollini

          Na ficha técnica do ASX não é informado que são nove airbags. Segue descrição abaixo:

          – AIRBAGS (MOTORISTA & PASSAGEIRO)
          – AIRBAGS LATERAIS, DE CORTINA E PARA O JOELHO DO MOTORISTA

          • radiobrasil

            Pois é… mas todos os vendedores que me atenderam nas Mits citam 9…

        • Wally

          Mas continuaria nao valendo os 95 mil.

          Um Renegade Longitude custa 80k e oferece tudo que o ASX oferece e mais controle de estabilidade, dentre outros itens.. 7 airbags extras não valem 15 mil reais.

          • radiobrasil

            Mas o Renegade com 1.8 nao dá mesmo… e outro ponto negativo, o porta-malas que é MUITO MUITO pequeno.
            E visualmente eu prefiro ainda o ASX.
            Mas por 99k tem Fusion… que é um SENHOR CARRO, bem equipado… e q hj ainda tem as 4 revisões GRÁTIS. AH mas é “sedan”.. sim, mas a altura do Fusion vs ASX tem apenas 5cm de diferença…

            • Wally

              Rapaz, 5 cm de altura num carro é muita coisa.. Mas o problema maior neste caso seria o entre-eixos ultra longo do Fusion.. Raspar o fundo nas subidas/saídas de rampa é muito fácil. Sem contar a frente longa e baixa.

              Entre-eixos: 2,85m (fusion) x 2,67(ASX), é o tal do break-over, isso aliás é o que mais aflinge os motoristas de carro baixos.

              Tem um estacionamento do banco que eu vou, que não dá pra entrar, tenho que botar na rua pois raspa o fundo. Imagina um Fusion, ia ficar preso parecendo gangorra.

              • radiobrasil

                Eu to querendo trocar meu velho Captiva de guerra, 2.4… moro no interior de SC, só tem autorizadas Ford, Fiat, GM e VW… tá dificil achar um substituto.
                Comparando com meu Captiva, quero um carro que me dê mais conforto e segurança, e tambem desempenho.

                ASX AWD 106K- agrada visualmente, mas o interior é mais pobre, menor espaço, porta-malas, consumo alto, desempenho fraco (2.0 cvt) seguro na faixa de 3500,00
                Outlander 116K – não agrada tanto visualmente, interior também não agradou, NÃO TEM ESP na versão 2.0. Desempenho fraco (2.0 cvt) – seguro faixa 3500 – 4000
                Tiguan 120k – não agrada muito pelo visual (parece um Spacefox), versão básica peca pelos bancos em tecido/alcantara. E é MUITO CARO pelo q oferece, parece ter sido abandonado pela VW.. esse mes vendeu sí 78k. Seguro faixa 3200
                Fusion turbo 112k – adoro visual, peca por ser mais baixo. Mas tem mais equi

                pamentos (muito mais MESMO), menor consumo, e o melhor desempenho. Seguro só 2500k

                • Wally

                  Beleza, se voce gosta dos equipamentos do fusion, vá de fusion..

                  Mas aquela comparacao de altura foi completamente equivocada.. Eu mesmo dou muito valor a altura do carro, cansei de raspa raspa em lombada e rampa. Meu próximo carro vai ser mais Altinho.

                  Nessas horas não tem como comparar fusion com SUVs. Não na parte funcional.

                • kravmaga

                  Eu troquei a minha Captiva, um carro que gostei muito, por um Jetta TSI, um carro de preço semelhante mas com mais desempenho e economia. E estou gostando.

                  A Tiguan é um carro legal, mas está muito cara e mais desatualizada do que o Jetta. Se quiser mesmo um crossover, o Audi Q3 está mais interessante.

                  • radiobrasil

                    Mas se vc comparar qualquer SUV de 125k nenhum terá o mesmo desempenho/conforto/mimos que o Fusion Titanium tem… O Jetta “NA MINHA OPINIÃO” é só motor pq o desenho não me agrada (exterior e interior), os bancos achei beeeeeeem duros.

              • kravmaga

                Aí você pega um Jetta TSI, como eu fiz, que tem desempenho de Fusion 2.0T e um tamanho menor…

                O Fusion top tem alguns mimos a mais, mas também é um pouco mais caro se colocar tudo isso e os mimos a mais não são vitais.

                • Wally

                  Melhora mas não resolve a situação.. Jetta tem mais ou menos a mesma altura e entre-eixos do meu carro. Nessas horas tem que apelar pra um mais altinho mesmo..

                  Aqui no Brasil é um festival de lombadas que parecem um morro, além de falta de padronização de aclives(angulação). O cara fica sempre sem saber se o carro dele vai servir para a garagem do próprio prédio.

                  • kravmaga

                    Olha, eu tive antes uma Captiva e já me dei mal em alguns casos porque passei sem dó em quebra-molas e saídas de garagem altas porque achava que o carro, só por ser SUV e ter perfil de pneu mais alto podia passar em qualquer coisa.

                    O problema é que a maioria dos crossovers precisam ter suspensões mais firmes para a carroceria alta não rolar muito nas curvas e a altura da frente do carro não é tão mais alta assim para ter mais aerodinâmica e compensar assim a maior altura do carro.

                    Ou seja, se o objetivo for mesmo passar em buracos e quebra-molas sem cuidado, nem os SUVs fake (crossovers na verdade) pequenos ou médios servem. será precismo mesmo pegar um carro off-road de verdade, que geralmente são péssimos para andar na estrada e beberão horrores ou custarão muito mais caro (por serem diesel).

                    • radiobrasil

                      O Captiva tem uma “saia” embaixo do parachoque frontal que raspa até que fácil em certas rampas de supermercados e shoppings

                • radiobrasil

                  Fusion 2.0T sem teto consegui hoje a 112k. A saga continua rsss

                  • kravmaga

                    Bom preço. É um belo carro mas acho muito grande para mim.

                    Também gosto mais da “pegada” mais esportiva dos carros de projeto alemão. Mesmo os Chevrolet eu sempre gostei mais od que eram vendidos também como Opel.

      • Regina Campos

        Exatamente, não defendendo os demais, mas neste preço (95 mil) também não tem bancos de couro, airbags laterais, ar digital, gps, enfim… coisas que suv´s pequenos neste preço oferecem

        • 4lex5andro

          por 80 mil tem o renegade longitude, com bcos de couro opcional, assist de rampa, controle anticapotamento e de estabilidade ..

          mesmo com motor 1,7 e carecendo de maior espaço interno, mas é bem melhor equipado e acompanha caixa at6 ..

    • motstand01

      Concordo plenamente. Como eu disse um tempo atras, o que parece e’ que o conglomerado Mitsubishi perdeu o interesse no segmento automotivo, entao esta abandonando os mercados ocidentais pra focar so na Asia. Focando na Asia, a Mit pode resumir sua producao apenas em kei-cars, carros eletricos e Suvs. O enxugamento da linha Mitsubishi nos EUA de 10 anos pra ca foi bizarro, nao vejo outro motivo senao a falta de interesse. A propria Suzuki, quando abandonou os EUA, tinha uma linha mais completa que a Mit tem hoje.

      • Regina Campos

        A mit acabou com aquele desejo que eu tinha nos anos 90. Hoje passa apenas para mim claro, de mais uma fabricante de nicho

    • kravmaga

      A ASX tem cerca de 4,30 m de comprimento, o mesmo tamanho do HR-V e Duster.

      Ou seja, ela é vendida e tem preço de crossver médio mas na verdade está mais para crossover compacto. Com o HR-V fazendo sucesso e sendo um pouco mais barato que a ASX mesmo na versão top, acho que a ASX é hoje uma compra ruim.

      O desempenho da ASX é muito ruim também. Apesar da potência nominal de 160 cv não ser baixa, o peso e o câmbio CVT mal calibrado acabam com o desempenho do carro.

      • radiobrasil

        A relação peso/potência do ASX em “tese” é melhor que concorrentes como Captiva, ix35, rav4… mas o CVT mata o carro em retomadas.
        ASX apesar de “curto” tem o mesmo entre-eixos de crossovers médios, note que a rota traseira fica bem pra trás.
        Comparei pessoalmente acabamento interno HRV e ASX Top… eu preferiria o Honda sem pensar.

      • Regina Campos

        Exato, disse tudo!

  • Redpeak77

    Eles já se queimaram e não tem mais vendas na própria casa… se não se cuidarem, vão perder o resto que tem nos outros países também.
    Vai que chega a hora do conglomerado se desfazer da divisão de automóveis porque esta “não é mais lucrativa”. Para a Mitsubishi, carros são apenas mais um dos negócios da gigante.

  • Peraldiano

    Outra montadora de tiro curto, igual a Suzuki. Sair do mercado americano é dar um passo para a 2. divisão.
    Aqui no Brazil, nunca saiu do lugar com seus carrões defasados, ultrapassados,gastões, caros e de manutenção pior que Land Rover.

    • Junoba

      A Suzuki e a Mitsubishi são representadas pela Souza Ramos aqui no Brasil. E convenhamos, não está ousando. Recentemente fecharam a planta que fazia a Jimny, por causa da crise.

  • Fábio

    Esses dias eu vi no arquivo digital da 4Rodas um comparativo entre Galant, Omega e Alfa 164 em meados de 1994. Mesmo com um motor menos potente o Galant empatou com o Omega, tendo o 164 em terceiro. Até hoje o Galant impressiona pelo design, é realmente muito bonito e naquela época tinha uma mecânica moderna e eficiente. A Chevrolet e a Mitsubishi tem um ponto em comum: nos anos 90 eram objetos de desejo, hoje não fazem nem sombra do que foram naquela época.

    Saudades do Eclipse, Diamante (outro sedan muito bonito pra quem não conhece), 3000-GT, Vectra, Omega, Calibra…

    • Alligator

      A linha da chevrolet na Europa nos anos 90 se destacava, mas nos EUA eu achava quase todos os carros horríveis a maioria tudo quadrado e feio.

  • duhehe

    Aqui eu vejo a Mitsubishi tentando se vender como marca de luxo, com produtos caros e meio deslocados.
    Mas ao entrar no carro, nos deparamos com interior a la VWB (funcional, mas de uma simplicidade medonha) , ai a conta não fecha, sem falar no 2.0 16v que equipa boa parte da linha que bebe igual ao Lula

    • radiobrasil

      Ontem me trouxeram um New Motherfucker Outlander GT, 142k. O que o carro tem demais? Cromados kkkk
      O que nao tem? Freio de mão elétrico, o interior parece de um carro da década passada. O v6 não me surpreendeu, talvez pelo cambio (se for cvt mata o carro mesmo).
      Também testei o ASX Top, interior perde FEIO pro H-RV, desempenho também…
      Resultado: to na duvida entre o Fusion 2.5 (99k) ou o Fusion Ecoboost (112k)

      • duhehe

        é exatamente isso, o carro não justifica, só acaba comprando quem gosta muito da marca e ou não soube avaliar objetivamente que o carro é mais caro do que deveria.
        Eu iria de Ecoboost pelos itens e adereços estéticos a mais, sem falar no motor mais potente, mas como ponto negativo ha o risco dele num futuro reclamar disso que a gente chama de gasolina.

        • radiobrasil

          O Fusion 2.5 to conseguindo a 99k com desconto pra pj/produtor rural… e AINDA dona Ford tá dando as 4 revisões do carro… praticamente toda a garantia sem pagar revisões…
          O vendedor da Mit bem q tentou me vender o Outlander 2.0…. mas comparando conforto/segurança/custo-benefício… não tem como não ficar com o Ford. AH.. Seguro… METADE DO PREÇO do Fusion Turbo… e mais barato ainda o 2.5

          • kravmaga

            Se for comprar o Fusion, faça mais uma força e pegue logo o 2.0 turbo, mesmo que não seja o AWD. É bem mais negócio.

            Os sedãs médios ou grandes são um negócio muito melhor em termos de custo-benefício e para quem gosta de desempenho em relação a qualquer SUV. Estes estão inflacionados demais por causa da moda.

            • radiobrasil

              É… uma economia de 13k se pegar o 2.5 ao invés do 2.0T FWD… pra quem ta saindo de um Captiva e deseja um carro bem superior, tem que ser o 2.0T… pq o 2.5 tem desempenho semelhante ao GM

              • kravmaga

                Pois é, senão o desempenho vai ficar próximo da Captiva 2.4.

                Acho que é melhor economizar deixando só de pegar a AWD, porque a 4×2 ainda anda mais (menos peso) e o AWD faz mais diferença mesmo é em lugar com neve.

                O motor 2.0 T do Fusion é o mesmo do Evoque ! É um motorzão e só lamento não ser oferecido no Focus…

  • Milton Baptista

    A renovação do Lancer está bastante atrasada. Entendo que o termino do Evo será um tiro no pé.

  • Murilo Soares de O. Filho

    É uma pena, ta aí uma marca que perdeu o rumo a algum tempo.

  • Gabriel Araujo

    É realmente uma pena ver os caminhos que a Mitsubishi tem tomado ultimamente. Tirou de linha um de seus melhores carros e que era praticamente único na categoria, que era a TR4, e encerrou a produção de um carro que é considerado um mito entre os esportivos japoneses, o Lancer Evolution. A TR4 em sua versão 4×4 era um carrinho muito valente, que não decepcionava para o que se dispunha: o off-road. Hoje vemos esse “buraco” deixado por ela, sem nenhum carro que consiga ser tão bem posicionado como ela era. Temos o Suzuki Jimny, que tem mais ou menos o mesmo preço, é muito bom para off-road, mas não tem espaço para nada, tornando-o inconveniente para ter como único carro; temos o Suzuki Grand Vitara, que é ótimo no off-road e muito bom para uso urbano, mas possui o valor muito elevado em relação ao que era a TR4. Aí sobram os pseudo-aventureiros que temos hoje no mercado, como Duster, Eco, 2008, Renegade Flex e HRV. Acorda, Mitsubishi!!!

  • Paulo Eduardo

    Infelizmente uma marca em plena decadência. Carros fantásticos no passado e hoje não tão fantásticos assim. Uma grande pena.



Send this to friend