Japão Mitsubishi Tecnologia

Mitsubishi vai usar tecnologia militar em condução autônoma

mitsubishi-aam5

A Mitsubishi Electric vai utilizar tecnologia militar para ajudar na condução autônoma de automóveis. O projeto visa usar um sistema de direcionamento de mísseis para que os carros possam evitar obstáculos durante o trajeto.

A divisão de tecnologia da Mitsubishi recebeu pedidos para condução autônoma e instrumentação digital e pretende usar a tecnologia militar para apresentar um sistema bastante avançado a partir de 2017, mas com foco em 2020, quando os carros autônomos finalmente ganharão as ruas.

A Mitsubishi com isso acelera o desenvolvimento de tecnologia automotiva necessária para a nova geração de carros, visto que perdeu bastante tempo diante das rivais Denso, Continental e Hitachi nessa área. Para a empresa, agora é só unir os sistemas que já possui e integra-los de forma a funcionar em automóveis.

Para a Mitsubishi, utilizar tecnologia militar na condução autônoma significa reduzir custos, já que os sistemas envolvidos já foram desenvolvidos há anos e podem ser facilmente adaptados para os carros. A empresa tem um campo de provas na cidade de Ako, distante 600 km de Tóquio, onde executa testes de condução autônoma há algum tempo.

[Fonte: Exame]

Agradecimentos ao Peter Torres.





  • Tosoobservando

    Isso que da ser um conglomerado de varias empresas e atuar em varias areas tecnologicas.

    • Pedro Henrique

      chega a um ponto que se torna uma daquelas empresas “grande de mais para quebrar”
      acho isso muito foda kkkkk

  • Marco Antônio

    kkkk gostei dessa. Só falta vir com uns 10 mísseis. Ainda bem que não é na fiat, se não seria opcional.

  • DiMais

    tecnologia militar própria? ou tecnologia militar de terceiros?

    • Pedro Henrique

      militar própria… uma das subsidiárias do grupo Mitsubishi fabrica e pesquisa equipamentos militares.
      “Mitsubishi Heavy Industries products include aerospace components, air conditioners, aircraft, automotive components, forklift trucks, hydraulic equipment, machine tools, missiles, power generation equipment, ships, and space launch vehicles.[2] Through its defense-related activities it is the world’s 23rd-largest defense contractor measured by 2011 defense revenues, and the largest based in Japan”

  • T1000

    imagina um carro míssil lá em brasília :-O



Send this to friend