Governamental/Legal Mercado Montadoras/Fábricas

Montadoras japonesas querem acabar com domínio das 4 grandes no comando da Anfavea

anfavea Montadoras japonesas querem acabar com domínio das 4 grandes no comando da Anfavea

Com 27 fabricantes, a Anfavea é a entidade mais antiga no setor automotivo nacional, tendo mais de 60 anos de existência e surgindo nos primórdios do setor no país. Atualmente, as montadoras reunidas em torno dela respondem por 22% do PIB do Brasil, mas nos últimos anos, ela deixou de ser exclusividade na indústria automotiva em relação à concentração das empresas que produzem veículos no Brasil.



Dos importados que se uniram na antiga Abeiva, alguns passaram a produzir veículos no Brasil e isso transformou a associação de importadores em uma associação também de fabricantes, mudando o nome para Abeifa e que hoje reúne BMW, Land Rover, Suzuki, BYD e Chery. Mas, é a Anfavea que ainda tem o peso maior como influência junto ao governo e sobre a indústria brasileira no geral.

De acordo com executivos do setor, o poder de influência da Anfavea junto ao governo federal não só ajuda o setor como um todo, mas até consegue vantagens individuais para as montadoras, confessam. Mas, quem comanda isso? Atualmente é Antônio Megale, que é da Volkswagen. Nos últimos 30 anos, além da montadora sediada na Anchieta, a entidade foi comandada por executivos de General Motors, Fiat, Mercedes-Benz e Ford.

anfavea Montadoras japonesas querem acabar com domínio das 4 grandes no comando da Anfavea



E como funciona isso? Até existe um processo eleitoral, mas é apenas um protocolo, já que as cinco empresas combinaram informalmente um sistema de rodízio no comando da Anfavea, cuja vigência é de três anos. Assim, das 27 companhias, apenas cinco de fato detém o poder na associação. Na troca, o vice-presidente em gestão será o próximo presidente. No entanto, esse esquema montado para gerir a organização não está agradando alguns membros.

As montadoras japonesas Toyota e Honda, mais a sul-coreana Hyundai, estão liderando um grupo de oposição para acabar com o poder das quatro grandes e da Mercedes no comando da Anfavea. As três são apoiadas também pela Renault e por fabricantes de tratores, segundo fontes ouvidas. Ricardo Augusto Martins, diretor de relações governamentais da Hyundai, seria um candidato ao cargo máximo da entidade, mas também se fala em Ricardo Bastos, que ocupa cargo parecido na Toyota.

Mesmo presentes na mesma associação, existem divergências entre as marcas e a Anfavea precisa lidar com tudo isso ao mesmo tempo em que negocia com o governo. O Rota 2030 é o assunto mais próximo e nele, carros híbridos e elétricos é uma pauta de interesse da Toyota, por exemplo. Já Ford, FCA, CAOA/Hyundai e Mitsubishi (mesmo com a Suzuki), possuem interesses na renovação de incentivos fiscais para produção nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, que vence em 2020.

E qual é o poder da Anfavea? Ele gere um setor que, além dos 22% do PIB industrial do país, representa 4% do PIB nacional, engloba 65 fábricas em 10 estados, congrega fabricantes desde automóveis até de máquinas de construção, é responsável por uma cadeia produtiva de 5 milhões de veículos leves e 109 mil máquinas rodoviárias e agrícolas, bem como 131,2 mil empregos diretos e mais 1,3 milhão indiretos. Em 2016, as empresas da associação tiveram receita de US$ 46,9 bilhões e a arrecadação de impostos girou em torno de R$ 45 bilhões no mesmo ano.

[Fonte: Estadão]

Agradecimentos ao Márcio.

COMPARTILHAR:
  • invalid_pilot

    Elas querem decidir como extorquir o consumidor…

    Honda e Toyota são PHD nisso

    • Tosca16

      Mas vão dizer que exploram mas vende coisa boa, superfaturado mas com qualidade kkkk

      • Fanjos

        “Rouba mas faz” e agradeça por isso!

        • Edson Fernandes

          A diferença é que elas colocam os preços delas e aceita quem quer né…rs

      • invalid_pilot

        Tem que defender emprego nacional e a industria local e todo esse pipipopo

        • leandro

          Emprego nacional subsidiado com nossos impostos é fácil.
          Quero ver aparecer outro maluco igual Beto Carrero que nasceu pobre, morava de favor, foi chamado de louco e que hoje seu parque gera 2500 empregos sem subsídio do governo.

          Quem é brasileiro tem que ir lá ao menos uma vez na vida

          • invalid_pilot

            Sim é foda !

            Já fui 2 vezes há uns bons anos… Esperamos que com os fatos atuais haja moralização desse país.

          • pedro

            Olha, não é bem assim. O Beto Carrero ganhou isenção de ISS e IPTU por vinte anos, que foi prorrogado, e agora que acabou o prazo, eles sinalizaram em levar o empreendimento para outras cidades, chantageando o município de Penha para renovar por mais tempo.

            • leandro

              Descontão né? ISS de 1%, IPTU da área do parque em si seria insignificante na arrecadação do município.. e já acabou há mais de 5 anos.
              Na indústria automobilística o rota 2030 tá atrasado 4 meses e já estão arrancando os cabelos

              • Edson Fernandes

                Porque ISS de 1%?

                • leandro

                  ISS varia de 0 a 5% de acordo com a lei municipal.
                  Não confundir com ICMS que é na casa das dezenas

                  • Edson Fernandes

                    Entendi. Bem, é que depende do tipo de prestação de serviço.

                    O municipio de SP quis arrecadar 10% a mais em consultoria. Sabe os que as consultorias estão fazendo? Umas dizendo que só ofertam materiais de informatica e outras dizendo que são técnicas em informatica (naõ fazem consultoria e o prestador diz que faz apenas suporte).

                    Porque pularia de 6% para 15,5%, um absurdo.

                    • leandro

                      A alíquota máxima de incidência do ISS foi fixada em 5% pelo art. 8, II, da Lei Complementar 116/2003.

                    • Edson Fernandes

                      Entendi. Infelizmente no meu caso, tem variado pq eles querem arrecadar mais.

    • Lucho

      Justamente. As japas querem meter a mão no cabresto e guiar o mercado. Oferecem “coisas boas” mas caras e ultrapassadas se comparadas à maioria dos concorrentes. Situação complicada.

  • SK15

    Isso é trocar 6 por meia dúzia … como já dizia o velho ditado.

  • Fanjos

    “as empresas da associação tiveram receita de US$ 46,9 bilhões e a arrecadação de impostos girou em torno de R$ 45 bilhões no mesmo ano.”

    Resumindo: Você compra um carro e da outro de presente para o governo!

    Socialismo bão!

    • Alex

      Na minha conta grosseira o imposto foi de 30%

      • zeh

        …mas escalonado, desde da matéria prima….

    • Luciano RC

      Isso é mais imposto que muito país pequeno arrecada.

    • Fernando da Silva

      implicando que já houve socialismo nesse país

  • Danillo Barros

    Alien vs Predador, não importa quem vença nós perderemos…

    • Fabão Rocky

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!! Comentário TOP! Altamente criativo!!!

  • carlos4carros

    A VW, montadora responsável por entregar a problemática transmissão DSG e motor TSI com inúmeros relatos de problemas, é quem dá as cartas na liderança da ANFAVEA. Agora podemos entender o por quê o mercado nacional está da forma que está. Somente a eleição das japonesas que poderá trazer ao mercado uma proposta de atualização tecnológica verdadeira mediante a adoção de sistemas híbridos, como o do Prius e Note ePower.

    • Natán Barreto

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKK GENTE??????

    • Engraxate

      Vc não parece ser o carlos verdadeiro…
      Sei lá, só acho, kkkk

    • Leonardo Teixeira

      É outro, ontem mesmo ele tava babando o ovo da VW no VW blog

  • Luis Burro

    Tinha q acabar com o poder deste tipo de associação,pq eles mais usam em benefício próprio.
    É associação brasileira,de que modo estão contribuindo com os consumidores brasileiros sendo marionetes das matrizes?
    É por causa deste cartel sórdido q pequenas montadoras nacionais não tem futuro.

  • RIP Brazil

    Essas montadoras devem estar de frescura, mesmo.

    O que impede da Toyota, Honda e FCA fundirem-se e termos Corolla, Fit e Compass nos HuE$300.000,00?
    O que impede da VW, GM e Ford fundirem-se e termos Gol, Onix e Ka nos HuE$200.000,00?
    Gente! Seria a volta do Versaillesde entrada por módicos HuE$195.000,00!
    E de quebra teriam menos brigas.
    Não entendo isso.

    • Luciano RC

      Você acha que elas não sentam e negociam preços e mercado? Eu acho que isso dai é tudo máfia.

  • Engraxate

    Isso aí é um cartel.. O pior é que hoje tem até blog automotivo defendendo dia e noite.

    • André Andrews

      Sim, o Ae, ANFAVEAentusiastas.

    • Luciano RC

      Um cartel mesmo… que negocia com o governo e já prepara tudo.

  • Fabão Rocky

    O q f*de o povo brasileiro são essas associações ( ̶c̶a̶r̶t̶é̶i̶s̶). Já não basta a gasolina ter o mesmo preço em todos os postos das mesmas regiões, os carros tbm tem preços parelhos em suas respectivas categorias de cada montadora.

  • zeh

    uma coisa digo…a mafia é grande e mantem abraços apertados de políticos corruptos, um cartel instalado aqui desde da idade da pedra…demorou dar uma sacudida nessa moita…..e ver os bichos que saem….vivemos épocas de mudanças….

  • pedro

    Não vai mudar nada. Os interesses deles continuarão em alta e o do consumidor em baixa.

  • Matafuego

    Estou torcendo para que dê mais treta ainda. Quanto menos organizado este grupo estiver, melhor para o consumidor.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email