Governamental/Legal Motos Segurança Trânsito

Moto: Proposta na Câmara proibirá trânsito entre carros em movimento

Moto: Proposta na Câmara proibirá trânsito entre carros em movimento

Uma proposta está sendo apresentada na Câmara dos Deputados e, se aprovada e convertida em lei, impactará diretamente os milhões de motociclistas do país.


O deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA) apresentou um parecer no projeto de lei que altera o Código Brasileiro de Trânsito (CTB) para proibir o trânsito de motos entre os carros com estes em movimento.

Relator do projeto de alteração da CTB, Juscelino quer que as motos só trafeguem entre os demais veículos (no caso em corredor), quando estes estiverem parados ou com velocidade inferior a 10 km/h.

Ainda assim, o texto do relator prevê que os órgãos de trânsito locais poderão liberar o tráfego de motos entre os carros em movimento, mas desde que apresente estudos técnicos que justifiquem a liberação.


VEJA TAMBÉM:

O texto ainda deverá ser votada na comissão especial da Câmara para ser incluído nas mudanças que serão feitas no CTB, que passa por reformulação no Congresso.

Hoje não existe lei que proíba o trânsito de motos entre os carros em movimento, mas nas rodovias, a fiscalização das polícias rodoviárias aplicam multas para quem tráfega entre os demais veículos, mesmo parados, sendo essa prevista no Art. 192 do CTB. Nas cidades, porém, ela geralmente não é aplicada.

Outras mudanças no CTB

Moto: Proposta na Câmara proibirá trânsito entre carros em movimento

Além da proibição de tráfego de motos entre carros em movimento, as alterações do CTB na Câmara abordam outras mudanças nas regras de trânsito, como a validade da CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Hoje, ela tem validade de 5 anos (3 para condutores acima de 65 anos), mas o governo enviou um texto que propõe a validade para 10 anos para condutor com até 40 anos, mantendo os demais prazos já vigentes.

Outra alteração em relação à CNH é o limite de pontuação, que hoje é de 20 pontos. O governo propõe que esse passe a ser de 40 pontos para quem não cometer nenhuma infração gravíssima.

Contudo, o condutor ficará limitado em 20 pontos se cometer duas infrações gravíssimas ou 30 pontos para uma infração gravíssima.

A mudança no CTB também abrange o retorno da multa para quem não estiver transportando criança de até 7,5 anos em cadeira infantil. Ela foi convertida em advertência pelo governo, mas a proposta nova é que volte a ser aplicada e que a idade limite suba para 10 anos.

[Fonte: Globo]

Moto: Proposta na Câmara proibirá trânsito entre carros em movimento
Nota média 2.7 de 7 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Cesar

    Até que enfim algo útil desses deputados.

    • Gildo Pimentel

      Verdade. Vou ocupar o espaço de um carro com a minha moto, mais engarrafamentos… Muito útil.

      • D34D P00l

        Não vai, porque não vai mais valer a pena, talvez até diminua pela não ocorrência dos milhares de casos de motoqueiro estendido em uma ou duas faixas atrapalhando o trânsito.
        Vai sim atrapalhar entregas no entanto…

        • Gildo Pimentel

          Tá beleza. Encosto minha moto e vou trabalhar de carro, mais carros na rua, mais trânsito, entendeu?

          • Felipe Fernandes Braga

            Mais carros, mais espaço (já que a moto não vai ficar costurando os outros), menos retrovisor quebrados, menos pedestres atropelados por motos correndo (hoje mesmo eu vi um atropelamento desses).

            • Gildo Pimentel

              Não tenho estatísticas para saber se motos atropelam mais que carros. Agora achar que um carro ocupa menos espaço que uma moto me faz acreditar que talvez esteja perdendo meu tempo argumentando com você.

            • Toyo_Highlander fan

              “já que a moto não vai ficar costurando os outros”. Aqui é o elemento de irresponsabilidade que mais observo aqui em Fortaleza. É praxe motocicleta dar fechada em automóveis e até em pickups. E quando eles provocam um acidente, um monte deles se reúnem para culpar o motorista mas, nem ajudam tal “cumpanheiro” de duas rodas acidentado.

        • vicegag

          Isto é uma verdade, devido a pressa deles, com os acidentes acaba prejudicando quem não tem muito a ver, os motoristas, que acabam se atrasando, isto é muito egoísmo com irresponsabilidade.

      • Cesar

        Menos acidentes de trânsito o que de certa forma melhora o trânsito visto que quando um palhaço destes faz graça e cai debaixo de um carro, travam toda a via.

      • Rafaelprado

        Beleza, poque não rodar no lado esquerdo?

      • Ⓜ️arcelo

        Raciocinando seriamente, o benefício para os moto boys será muito maior do que o custo.

        Eu só dirijo carro mas em uma via onde o transito flui, por questões de segurança, nunca trafego com moto ao lado, sempre a moto está a frente ou atrás, por ser perigoso para o motoqueiro. Do mesmo modo, evito trafegar ao lado de caminhões por ser perigoso para mim. Transito parado, continua igual é hoje, portanto a questão de espaço físico nas ruas não mudará muito.

        Entendo que a diminuição de acidentes trará um benefício imenso para os motoqueiros.

        Já o custo relacionado ao aumento do tempo da viajem, principalmente para entregadores e moto boys, aumentará sim, mas não chegará nem perto do tempo gasto por um carro pois, em engarrafamentos, transito parado, as motos poderão ultrapassar normalmente Desta forma onde um carro espera 3 4 faróis verdes para passar em um cruzamento, coisa muito comum em sp, as motos esperarão apenas um.

      • DrG

        Vejam que não será proibido o corredor, simplesmente ultrapassagem pelo corredor COM VEÍCULOS EM MOVIMENTO acima de 10km/h. Os motociclistas poderão ainda usar o corredor em trânsito parado. Ou seja, em situação engarrafamento, as motos vão continuar “não contribuindo” tanto, mas em situação do trânsito fluindo, estaria obrigando a andar “igual a um carro”. Na prática, pouco coisa muda, só estão tentando transformar o bom senso em lei e assim colocar menos motoqueiro na UTI.

        • Henrique Gouveia

          Por essas bandas os motoqueiros nem andam mais nos corredores. Andam na contramão mesmo.

        • kleber peters

          O problema da moto “andar igual carro” é que esta tem capacidade de frenagem menor. No caso do carro frear forte, por qualquer motivo, fatalmente a moto baterá na traseira do carro. Mas também não concordo com ultrapassagem pelo corredor com o trânsito fluindo normalmente.

  • Robinho

    quem anda de moto vai achar ruim, quem anda de carro achará perfeito…

    • Jhonny Freitas

      Achará mesmo, 2h a mais por dia no trânsito

    • William Felix

      Na verdade, é um tiro que sairá pela culatra,vai aumentar o volume de carros nas ruas

      • Toyo_Highlander fan

        A priori as motos para esse caso são bem mais apropriadas para entregas. Carros são inviáveis na questão dos custos.

      • leitor

        Em relação a isso nem precisa se preocupar. Ainda assim as motos têm muito mais agilidade no trânsito. Só precisa diminuir a ganância do trânsito. Quando os carros estiverem parados elas podem passar normalmente. Estão considerando apenas quando o trânsito está fluindo.

    • Leo

      Eu uso os dois e não concordo. Justamente hoje em dia com essa febre de entrega de comida e demais por aplicativos…

  • kirig

    Marronzinho fazendo marronzices, se me entendem. Não haverá razão para ter moto.

  • Jhon

    O título da matéria não ficou bem formulado, já que a proposta visa proibir, mas só de fato “proibirá” caso seja aprovada, o que ninguém sabe se irá ocorrer.

    • Como está descrito “Proposta” é algo pode acontecer, o título está certo!

  • Marcio Souza

    Dirijo apenas carro. Não tenho moto por achar perigoso, mesmo sendo muito prudente. Mas não acho isso uma medida inteligente. Isso afeta diretamente a economia, como o tempo de entregas de mercadorias, correspondências e encomendas. O deputado precisa sair da bolha chamada Brasília e vir para o mundo real. E nunca tive problemas com motoqueiro, pois sempre dou seta e uso o retrovisor.

    • Sonfav

      Você é único no Brasil, ou vive numa cidade mínima, ou tirou carta ontem. Afinal de contas, os motoqueiros não são santos e perfeitos, e não estão certos em todas as situações, de forma que ter problemas com motoqueiros ou motoristas é coisa que simplesmente acontece, e às vezes sem culpa de nenhum dos dois.
      E uma boa parcela deles conduz seu veículo de forma temerária, e é claro que isso resulta em ocorrências. Sejam simples como stress ou mais complicadas, como desentendimentos e colisões.
      Fique tranquilo que a economia vai gostar muito, afinal o trabalho será mais valorizado, teremos menos custo na saúde ( nas urgências e emergências, e na saúde mental de todos os motoristas nas grandes cidades.) e por fim, gente menos estressada produz e rende mais.
      Demorou esse projeto.

      • Gildo Pimentel

        E mais engarrafamentos.

      • Marcio Souza

        Vc errou nas 3 opções. Já tive sim algum tipo de desentendimento com motoqueiro, assim como motoristas de carros. É normal, mas não é uma regra para mim. O q muitos não tem é respeito às regras de trânsito e egoísmo. E vc pelo visto acho q nunca precisou de um serviço de motoboy para fazer uma entrega de urgência ou receber algo importante com urgência. Caso essa lei seja aprovada, o tempo dirá quem está certo.

        • Sonfav

          Não é regra pra ninguém. Mas isso não altera os fatos.

      • Toyo_Highlander fan

        Hoje os motoqueiros provocam mais acidentes do que os motoristas. Quem não observa a forma insana de muitos que pilotam suas motos é fora da realidade.

      • DrG

        Vejam que não será proibido o corredor, simplesmente ultrapassagem pelo corredor COM VEÍCULOS EM MOVIMENTO acima de 10km/h. Os motociclistas poderão ainda usar o corredor em trânsito parado. Ou seja, em situação engarrafamento, as motos vão continuar “não contribuindo” tanto, mas em situação do trânsito fluindo, estaria obrigando a andar “igual a um carro”. Na prática, pouco coisa muda, só estão tentando transformar o bom senso em lei e assim colocar menos motoqueiro na UTI.

    • Toyo_Highlander fan

      Sou absolutamente a favor do fim dos corredores. Ponto que as pessoas só se preocupam é de entregar encomendas mais rápido, por consequência acompanha mais mortes no trânsito, superlotação em hospitais e prejuízos materiais considerados. F… as entregas em tempo hábil, prefiro ter um pouco mais de sossego no trânsito no que tange segurança.

    • Davi Millan

      Não adianta perder tempo argumentando, pois são todos egoístas, ninguém consegue se colocar no lugar do outro e o fato é que o verdadeiro problema é a falta de educação, tanto de muitos motociclistas que costuram no trânsito, quanto de muitos motoristas que não olham retrovisores, não dão seta ou até usam o celular.
      Eu uso somente carro, mas entendo que esse projeto de lei é mais maléfica a sociedade como um todo, do que venha a salvar vidas, pois no trânsito a grande maioria é mal educado ou sem capacidade.

      Acho sim que deveria ter uma fiscalização mais efetiva e punição aos motociclistas que fazem uso do corredor de forma imprudente e inclusive colocando em risco a vida dos que compartilham do mesmo meio de transporte ao ficar empurrando eles no corredor.

      O problema do trânsito no Brasil não são aqueles que não compartilham do seu meio de locomoção, mas sim a falta de educação, falta de habilidade e empatia e cuidado pelo outro.

      • Rafael

        Sou motorista, sempre dou seta ao mudar de faixa e olho o retrovisor, mas é quase impossível achar um motoqueiro que dê passagem a você, mesmo andando no limite da via. Imagine a velocidade que eles estão.

        • Ivan Gorato (RaptorStealth)

          Exatamente como ocorre aqui em Cuiabá, Você olha no retrovisor, dá seta e faz tudo certinho, mas a maioria dos motociclistas ao invés de reduzir fazem é acelerar mais, só pra não deixar você passar.

          • kleber peters

            Fala Xô Mano… ando de moto e carro aqui em CBA. Normalmente vejo galera costurando quando tem um mané que fecha o corredor. E normalmente é um imbecil no celular que faz isto. Se o corredor está aberto, com todos os carros alinhados, a moto passa e vai embora. Tanto que sempre deixo o corredor livre quando estou de carro e ando devagar (no máximo 40 km/h) nele quando estou de moto. Mas já percebi que querer que todos façam isto, tanto de carro quanto de moto, é utopia.

            • Ivan Gorato (RaptorStealth)

              Realmente xomano, esperar que todos façam o que é correto, é utopia. Uma pena!

        • Alexandro Vieira Lopes

          em são paulo , foi-se testado o corredor de verdade na rua vergueiro na faixa da esquerda, muitas batidas traseiras de motoqueiros em motoqueiros por causa de desatenção, falha nos freios, e mortes com a cabeça batendo na calçada por causa de acidentes, as vezes pedras , buracos e galhos atrapalhavam.

          o motoqueiro lento ficava na sua e o rápido tentava ultrapassa-lo invadindo a faixa de motorista e voltando para a esquerda!

          pena q a ideia não deu certo.

  • Sonfav

    O motoqueiro vai achar ruim.
    Para o motociclista nada muda.

  • Ander33x

    Se quer ver essa “leizinha de araque” ou melhor “projeto de araque” cair por terra, é só os Motoca começar a fazer fila indiana.
    -já fizeram isso em SP anos atrás, lá no corredor norte/sul, parou SP inteiro.

    Quero ver qual cidade grande vai comportar uma fila indiana de 500 motos ou mais, mais os carros, um atrás do outro.

    Hoje só os carros da região aqui SP-ABC já não anda, imagina isso de proibir corredor.

    como já disseram..
    #SaidaBolha

    • Davi Millan

      Sou motorista, não uso moto e nem tenho carteira para usá-las.

      Mas apoio que façam uma “demonstração” de como será o trânsito. Nem precisa ser o dia todo, mas que seja das 15:00 as 21:00.

      Como já disse, o problema no Brasil não é o uso do corredor, o motociclista ou motorista. Mas o problema é mesmo de educação!!!

      • Ander33x

        Nesse dia aí que relatei fiquei 4 horas parado pra ir do “vale” região do centro ali, ao aeroporto.
        Coisa que num dia ruim daria 40/50min.
        Tenho carro e uma scooter pro rodízio, pois trabalho em SP.

  • Tiago GV

    Tá certo que deixaria o transito mais seguro, mas é inviável. As entregas demorariam demais, o transito ficaria ainda mais travado. O que precisa ser feito é educar tanto motociclistas quanto motoristas. Galera que defende a lei nunca ficou com fome esperando a marmita chegar kkkk

    • Davi Millan

      Exatamente. O problema do Brasil é a Educação!

  • Bruno Schat

    Kkkk do que adianta muito sem noção que anda sem habilitação ou moto documentada. Já andam na contramão que é proibido….

  • fsjal

    a ideia é boa mas…. pra onde essas motos vão?
    ficar entre os carros? o trânsito vai aumentar.

    eu, como motorista, acharia ótimo, mas vai resolver um problema criando outro.

  • vicegag

    Terá que além de trafegar entre os carros, proibir também, andar sobre as calças, parar sobre a faixa de pedestre (esta é capim), obedecer o semáforo vermelho, andar na contramão, isto tudo só para começar.
    PS: o que digo se refere a Sampa, não sei se em outros lugares, os motociclistas respeitam mais a vida deles e do próximo.
    A proposta é ótima, mas pena que não vai ser aprovada.

  • Toyo_Highlander fan

    Se há uma coisa que aprovo aí nessa mudança é justamente o fim dos corredores entre carros, que é a principal causa de inúmeros acidentes de trânsito causado por motociclista. Quanto a essa questão de exigência de criança de dez anos de idade andar em cadeira de bebê, essa proposta deve ter sido de um delírio de algum deputado esquerdopata para ter uma idéia tresloucada dessas! Ridículo no mínimo se pode dizer.

  • Maycon Farias

    Deixa só todas as milhares ou milhões de motos ficar atrás de carros nas capitais em baixo movimento mas superior a 10 que a fila vai ficar tão grande que eles irão se arrepender. Aliás minha moto semi esportiva se fico atrás muito tempo ela esquenta, então caso isso aconteça irei vender por que não tem condições. A gasolina quase 5, o dólar quase 5 e esse povo preocupado com corredor. Eles realmente se preocupam com coisas necessárias.

    • Sonfav

      Gasolina e dólar andam juntos… e ambos são menos importantes que a segurança do trânsito. Isso quando se coloca a vida en primeiro lugar, claro .

  • BuffyDawn Summers

    E quem vai fiscalizar mesmo? Lei pra inglês ver.

    E carregar uma criança de 10 anos em cadeirinha? Só pode ser brincadeira! Ou jeitinho para beneficiar o setor de cadeirinhas. Já que é pra aprovar inutilidade, cadê o extintor? 😂😂😂😂😂

    Eu prefiro que façam o corredor do que ficar atrapalhando o trânsito andando na faixa em velocidade reduzida (comum na minha cidade) e criando espaço fazio na minha frente.

  • Natán Barreto

    Em muitos países essa é uma proibição comum.
    A questão é que não existem faixas específicas e a moto deixaria de fazer sentido e engarrafaria mais em um tráfego não panejado, como é o caso do Brasil

  • Davi Millan

    Quanto aos outros pontos não discutido, além do assunto sobre o corredo.

    Sou totalmente contra!!!

    Inclusive sou a favor de colocar todos os condutores (todos os veículos) a fazer a reciclagem a cada 10 anos, com inclusive análise prática.

  • Ruberlan Santos

    Concordo com a criação da lei, mas as fabricantes não vão deixar isso acontecer. Tem muito interesse $ envolvido.

  • Anderson Trajano

    Olha, não sei se esse é o caminho, mas seria interessante os órgãos reverem alguns conceitos.

    Aqui em São Paulo/SP é uma carnificina, é terra sem lei, terra de ninguém. As mortes são diárias e não são poucas, enquanto isso a câmara municipal e a prefeitura fingem que nada acontece.

    Motoqueiro (leia-se motofretista) faz o que lhe der na teia, não respeita limite de velocidade, não respeita mão de direção, faixa de rolamento, farol, calçada, retrovisores, etc. Vale tudo, até a própria vida pelas entregas em menor tempo.

    Não sou contra esse serviço, mas para tudo existem regras. A profissão de motofretista explodiu aqui, muito em razão dos aplicativos de entrega, só que a regulamentação e as leis de trânsito estão paradas na década passada.

  • Wolfpack

    Todo motociclista é um doador de órgãos em potencial. Deveriam proibir toda e qualquer ultrapassagem pelo corredor, afinal não existe na legislação essa daixa de corredor, existem sim as faixas de tráfego e não corredor. Então que criem uma faixa exclusiva para motos, como fazem com ônibus, e acabem com esses acidentes de moto levando retrovisor de carros, e atropelamentos. A lei ainda é fraca, deveriam proibir totalmente esse tipo de manobra.

  • Paulo

    Não tenho moto mas isso não vai dar certo, se o motociclista ver um espaço pode ter certeza que vai seguir adiante. Ninguém vai ter paciência de ficar andando atrás de carro sem poder ultrapassar, ainda mais em vias congestionadas.

    • fabio

      Se não tiver paciência, vai estar infringindo a lei e pode levar multa. O importante é que isso se torne mesmo ilegal. Tem que proibir mesmo, pra colocar um freio nas atitudes folgadas desses motoqueiros se acham Deuses intocáveis, quando na verdade não passam de libélulas, de tão frágeis que são. Eles tem que seguir as regras como todo mundo. Não tem nada que serem privilegiados e ficar andando do lado dos carros só porque tem um pouco de espaço sobrando. Isso abre brecha pra assalto, pra riscar os carros, pra chutar espelhinhos dos carros, etc. Tem que andar atrás ou na frente, mas não do lado.

      • Paulo

        Eu concordo que deveriam mas isso vai ser basicamente uma missão impossível. Desconheço algum outro lugar no mundo em que tenha este tipo de regulamento.

  • PH Sacchi

    cadeirinha para criança de 10 anos ? é isso mesmo?

  • Fabão Rocky

    Ah tá! Que gozado! Vou vender minha moto agora e só andar de carro. Mais carros nas ruas = mais engarrafamento.

  • Selsu Brass

    E em uma rodovia de 3-4 faixas de trânsito, quem pararia todo o tráfego quase p atacar e multar somente um motoqueiro que não respeitou essa regra?????? Fora os outros trocentos que a cada dez minutos vão fazer o mesmo quase no mesmo horário e local……. Se for aprovada essa lei, vai ficar só no papel, como outras tantas que existem nessa Brasil hehehe.

  • leitor

    Há um tempo eu reclamo disso. A gente passa um carro e vai pra frente, no instante uma moto aparece. Quer mudar de faixa e não pode porque não deixam. E ficam tão perto que mesmo numa faixa mais larga não se pode desviar de um buraco, uma lata, uma pedra pequena ou até de outra moto que está devagar porque tem um motoqueiro grudado.

  • carlos rodrigues

    Uma moto para atrás de um carro ocupa o mesmo espaço de automóvel. Serão milhões de motos a mais piorando trânsito nos grandes centros.

  • José Luiz Júnior

    Lei feita pra não “pegar” (como várias outras no Brasil). É simplesmente impossível fiscalizar uma coisa dessas.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email