_Destaque BMW Ducati Honda Lançamentos Motos

Motocicletas: Honda, BMW, Ducati e Triumph apresentam novidades no Brasil

lançamentos-honda-ducati-bmw-triumph Motocicletas: Honda, BMW, Ducati e Triumph apresentam novidades no Brasil

O mês de outubro está sendo repleto de novidades no segmento de motocicletas no mercado brasileiro. As montadoras BMW, Ducati, Honda e Triumph apresentaram diversos novos modelos no País, entre motos renovadas, séries especiais, linha 2017 com novos detalhes visuais e as que passaram a ser produzidas em território nacional.



Confira abaixo os últimos lançamentos do segmento no Brasil:

Nova BMW F 700 GS com produção em Manaus (AM)

nova-bmw-f-700-gs-2016 Motocicletas: Honda, BMW, Ducati e Triumph apresentam novidades no Brasil

A BMW Motorrad, divisão de motocicletas da empresa alemã, inaugurou na última quinta-feira, 20, sua unidade fabril em Manaus (AM), que está sendo responsável pela produção da nova F 700 GS. O novo modelo estará disponível nas concessionárias a partir de novembro, com preço especial de R$ 39.950 (os interessados poderão adquirir a novidade em pré-venda no hotsite do modelo), e inclusive dividirá espaço com os carros da fabricante no Salão do Automóvel de São Paulo, entre os dias 10 e 20 do próximo mês.

“Vamos aproveitar o Salão do Automóvel, um dos maiores eventos automotivos do mundo, para mostrar ao público a BMW F 700 GS, uma motocicleta versátil e tecnológica, que já vinha gerando grande expectativa entre os consumidores brasileiros e entusiastas”, comenta Federico Álvarez, diretor da BMW Motorrad Brasil.

De acordo com o divulgado da BMW, a nova F 700 GS oferece “versatilidade no asfalto, alta tecnologia e, ainda, alta competência off-road”. O modelo segue boa parte da receita usada na irmã maior F 800 GS, mas com uma menor altura do banco em relação ao solo, de 820 milímetros.

Na motorização, há o mesmo conjunto da motocicleta maior, um dois cilindros e oito válvulas com duplo comando, 798 cc, a gasolina, com refrigeração líquida e sistema de injeção de combustível, que consegue entregar 75 cavalos de potência, a 7.000 rpm, e 7,85 kgfm de torque, a 5.300 rpm. Junto a ele está uma transmissão de seis velocidades.

Entre os equipamentos, a nova BMW F 700 GS dispõe de ajustes de compressão da mola traseira, de retorno do amortecedor traseiro, dos manetes de freio e embreagem, amortecimento variável auxiliar, balança de alumínio dupla, lentes das luzes indicadoras de direção escurecidas, lanterna traseira em LED, sensor de cavalete lateral e tomada 12V. Há ainda sistema de freios ABS, com disco duplo de 300 mm na dianteira e disco de 265 mm na traseira.

A motocicleta estará disponível também com o pacote Premium, nas cores cinza metálico e laranja, que acrescenta manoplas aquecidas, protetores de mãos, controle de pressão dos pneus (RDC), computador de bordo, controle de tração (ASC), luzes indicadoras de direção em LED e cavalete central.

Ducati Multistrada 1200 Enduro estreia por R$ 89.900

Ducati-Multistrada-1200-Enduro Motocicletas: Honda, BMW, Ducati e Triumph apresentam novidades no Brasil

A Ducati Multistrada 1200, bigtrail da linha da montadora italiana, acaba de ganhar uma nova versão. Batizada de “Enduro”, a nova variante estreia com a proposta de entregar um apelo mais off-road. A novidade estará disponível nas concessionárias da marca a partir do final do mês de novembro com preço de R$ 89.900, valor garantido apenas para os 50 primeiros clientes que adquirirem o novo modelo até o final do ano.

Entre os itens, há tanque de combustível com capacidade para 30 litros, que de acordo com a Ducati permite ultrapassar 450 quilômetros de autonomia, além de rodas raiadas de 19 polegadas na dianteira e 17 polegadas na traseira, suspensão eletrônica semi-ativa Sachs (dianteira e traseira), ABS para curvas, luzes de curva (DCL), controle de tração Ducati (DTC), controle de elevação da roda (DWC) e o sistema semi-ativo de suspensão Ducati skyhook (DSS) evolution com 200 mm de curso da roda.

Há ainda controle de velocidade eletrônico, módulo de Bluetooth (que permite ao piloto conectar a moto a um smartphone por meio do Sistema Multimídia Ducati (DMS) e gerencie funções multimídia (como recebimento de chamadas, mensagens de texto, música), com o controle de marcha e informações de exibição no painel TFT), sistema de Controle de Parada do Veículo (auxilia o piloto ao dar partida em subidas e ladeiras), painel de instrumentos com tela TFT colorida de cinco polegadas, farol de LED, entre outros. A moto dispõe também do kit Touring, que inclui baús laterais em alumínio com capacidade para 85 litros e manoplas aquecidas de montagem rápida.

O motor que equipa a Ducati Multistrada 1200 Enduro é um Testastretta DVT (Distribuição Desmodrômica Variável), que rende 160 cavalos de potência. O conjunto inclui ainda um novo sistema de escapamento e quatro modos de condução (Enduro, Turismo, Esportivo e Urbano).

Ainda segundo a Ducati a “alta tecnologia aliada ao constante investimento em qualidade permitiu a redução das exigências de manutenção programada”. Os intervalos de manutenção foram ampliados para 15.000 km ou um ano, e o ajuste de sincronização de válvulas para 30.000 km.

Honda CG ganha série especial 40 Anos e CB Twister 2017 traz novos grafismos

honda-cg-40-anos-1 Motocicletas: Honda, BMW, Ducati e Triumph apresentam novidades no Brasil

A Honda anunciou recentemente a chegada da nova CG 40 Anos. Como o próprio nome indica, trata-se de uma nova edição especial para comemorar as quatro décadas da motocicleta, que inclusive se posiciona como a moto mais vendida do Brasil. O novo modelo tem como base a CG 160 Titan (versão mais cara da linha) e traz uma série de novos detalhes visuais.

Entre os diferenciais, a Honda CG 40 Anos conta com pintura especial inspirada nas motocicletas da divisão de competição da fabricante japonesa, com adesivos nas cores azul, branco e vermelho, além de rodas de liga-leve pintadas na cor dourada e selo comemorativo especial aplicado sob o tanque de combustível.

De resto, o modelo especial segue sem alterações. O motor é um monocilíndrico, OHC (Over Head Camshaft), quatro tempos, arrefecido a ar, de 162,7 cm³, com tecnologia bicombustível FlexOne e injeção eletrônica PGM-FI, que rende 14,9 cavalos de potência com gasolina e 15,1 cv com etanol, a 8.000 rpm, e torque de 1,40 kgfm e 1,54 kgfm, respectivamente, a 6.000 rpm, com transmissão de cinco marchas.

Há ainda freios com tecnologia CBS (Combined Brake System), que combina o funcionamento hidráulico e mecânico do conjunto. Ao acionar o freio traseiro, o dianteiro é acionado de forma automática.

A Honda CG está em sua décima geração. O modelo especial tem preço de R$ 10.290, sendo R$ 300 mais caro que a CG 160 Titan convencional.

honda-cb-twister-2017-4 Motocicletas: Honda, BMW, Ducati e Triumph apresentam novidades no Brasil

Já a Honda CB Twister 2017 traz novidades estéticas. A motocicleta incorporou novos grafismos inspirados nos modelos de maior cilindrada da linha da fabricante. No caso do modelo na cor branca, há adesivos nos tons cinza, vermelho e preto. Já o modelo vermelho usa adesivos cinza, preto e branco, enquanto o preto traz adesivos em vermelho, branco e preto.

Nas demais características, a CB Twister 2017 segue sem alterações. O motor da motocicleta é um OHC, monocilíndrico, 4 tempos, arrefecido a ar, de 249,5 cc, que consegue gerar 22,4 cv com gasolina e 22,6 cv com etanol, a 7.500 rpm, e torque de 2,24 kgfm e 2,28 kgfm, respectivamente, a 6.000 rpm, com câmbio de seis velocidades.

A linha 2017 do modelo da Honda tem preço de R$ 13.830 na versão Standard e R$ 15.330 na variante ABS.

Triumph Tiger Sport é renovada e chega por R$ 52.990

triumph-tiger-sport-2017-8 Motocicletas: Honda, BMW, Ducati e Triumph apresentam novidades no Brasil

Outra importante novidade no segmento de motocicletas no Brasil é a Triumph Tiger Sport. O modelo traz uma série de mudanças em relação à linha anterior, com destaque para a nova geração do motor tricilíndrico de 1.050 cc, além de novas tecnologias, novo sistema de escape e alterações no visual. A novidade já está disponível nas concessionárias e tem preço de R$ 52.990.

O propulsor da Triumph recebeu diversas alterações para otimizar a entrega de torque e potência e também reduzir o consumo de combustível, como a câmara de combustão totalmente remodelada. Este bloco consegue entregar 126 cavalos de potência e 10,8 kgfm de torque, a 7.000 rpm, o que representa um aumento de 1 cv e 0,2 kgfm em relação ao modelo anterior.

Há ainda um novo sistema de escape, com fluxo mais livre em 38% e som mais imponente em altas rotações, novo acelerador eletrônico Ride-by-Wire e nova geração da ECU (Unidade Eletrônica de Controle). Outra novidade é a introdução dos Modos de Pilotagem: Chuva, Estrada e Sport, que conseguem alterar a entrega de potência do motor e os mapas de aceleração, além de controle de tração com função que mantém a roda dianteira no solo em saídas rápidas.

A lista inclui ainda Controle de Velocidade, embreagem com sistema slip-assist, painel de instrumentos totalmente novo, suspensão dianteira com garfos invertidos Showa e sistema monoamortecido na traseira, freios com discos duplos e quatro pistões na parte da frente e dois pistões na parte de trás, entre outros.

No visual, há novas carenagens, duas novas opções de cores (preto mate com detalhes em amarelo neon e prata brilhante com detalhes em vermelho), para-brisa redesenhado com escurecimento ajustável, protetores de mão de série, pedaleiras mais aderentes, rodas traseiras com acabamento diferenciado, entre outros.

A Triumph oferece a Tiger Sport com garantia de dois anos, com revisões aos 800 km, 10.000 km, 20.000 km e 30.000 km. A principal rival do novo modelo é a japonesa Kawasaki Versys 1000, que é oferecida por R$ 53.990.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend