Mercado Motos Segurança

Motos mais roubadas em São Paulo e outros estados

yamaha-fazer-250-blueflex-2013-700x464 Motos mais roubadas em São Paulo e outros estados

A seguradora Ituran divulgou uma lista das motos mais roubadas na cidade de São Paulo no período entre janeiro e junho de 2014. Os resultados mostram que os dias da semana com maior índice de roubo e furto são sábado e domingo (17%).



Quarta e quinta representam 15% dos registros, enquanto terça, segunda e sexta aparecem com 13%, 12% e 11%, respectivamente. O horário com maior índice de roubos é entre 20:01h e 22:00h com 23% dos casos. Entre 5:01h e 8:00h tem 17% das ocorrências e entre 17:01h e 20:00h com 16%.

Entrada e saída do trabalho ou faculdade são os períodos em que mais os ladrões atuam. Os bairros mais perigosos são na ordem: Itaquera, Itaim Paulista, Sapopemba, São Mateus, Guaianazes, São Miguel, Campo Limpo, Ermelino Matarazzo, Pedreira, Barra Funda, Tatuapé e Vila Mariana.

Motos mais roubadas em outros estados

Nos outros estados a lista é parecida com a lista de motos mais roubadas de São Paulo, com pequenas variações.

Confira abaixo as 10 motos mais roubadas em São Paulo:

1) Yamaha Fazer 250
2) Honda CG 150
3) Honda CB 300R
4) Honda XRE 300
5) Yamaha XTZ 250
6) Honda CG 125
7) Honda CBX 250 Twister
8) Honda NX4 Falcon
9) Honda CB 600F Hornet
10) Honda NXR 150 Bros

Galeria de fotos das 10 motos mais roubadas em São Paulo:

[Fonte: Ituran]

  • Rafael Kleinert Giovannini

    É interessante ver a escala de roubos por porcentagem. Mesmo a CG150 estando em segundo lugar, acredito que a chance de você ser roubado em uma 1000cc seja bem maior.

    • Teodoro Pelizzaro

      Na verdade não. A maioria dessas motos são roubadas pra desmanche – o que é bem mais comum a circulação de peças de motos mais baratas – ou pra outros furtos, o que uma moto que chama atenção não seria nada adequada. Acho que a chance é bem parecida, porque motos caras chamam a atenção de qualquer um, mas vamos chamar isso de “roubos burros”, até porque as 1000 são muito mais fáceis de serem rastreadas.

      • pedroo

        exatamente, algumas concecionarias de motos esportivas ja vendem as mais caras com rastreador embutido, que abaixa o preço do seguro e torna rastrear uma moto dessas brincadeira de criança

      • Rubem

        roubo burro nada. nas comunidades serve para ostentar. entra numa comunidade e so vai ver motão circulando la dentro.

    • Fernando

      Acredito que as 1000cc não estão em primeiro por serem quantidade infinitamente menor

      • Rafael Kleinert Giovannini

        Foi exatamente o que eu disse.

    • João Bicudo

      Moto grande só é roubada por favelado pra dar “role na quebrada”, as pequenas até 250cc/300cc são para desmanche o que acaba sendo maior a chance de roubo.

  • Tosca16

    Por isso que eu fico nas xing-ling , e já que rodo pouco e tenho um conhecimento de mecânica razoável faço os ajustes numa magrela de 50% do valor de uma Honda ou Yamaha e rodo super bem, claro sem abusar …

    • Marllon Duarte

      Tenho um conhecido que comprou um Sundown Max, e pegou um lata de spray preto e pintou ela inteira, ele deixa a moto as vezes com a chave na frente do trabalho e ninguém tem coragem de roubar, mas a manutenção esta toda em dia.

      • Tosca16

        é assim que eu digo, vamos ser feliz com o que nos deixam ter kkkkkkkkkkkkk . Eu já tive Sundown, Shineray, Traxx, Kasinski … tenho um colega motoboy em SP que anda numa Miza 125, parecendo aquelas CG dos anos 70, e dá conta do recado .

        • Allan

          a shineray phoenix 50 cc, são roubadas também com muita frequencia, pelo menos aqui em guaianases e sao miguel.
          projetinho de bandido td tem

      • Rubem

        tenho outro que comprpu uma kasinski kansas e hj a moto tem mais peça da honda que da própria kasinski…..

    • Douglas Freitas

      É exatamente o meu caso, ja perdi uma yamaha pra bandidos e agora ando de dafra com alguns problemas de projeto mas que essa cambada de FDP nem sabe que existe, e se levarem mesmo assim ao menos o prejuizo sera menor pq foi bem mais barata.

  • Minerius Valioso

    Se liga que a marca preferida dos bandidos é a Honda. Se eu pegar uma moto chinesa estou salvo?

    • Boris

      Só se salvarão os que souberem nadar….

      • Raul Cotrim de Mattos

        Não se você estiver em São Paulo… aqui não tem mais água.

        • Eduardo Copelo

          Mitou!!!

        • Thiago

          Loguei no site só pra curtir seu comentário!! kkkkkkkkk

    • Douglas Freitas

      Salvo nunca estamos, mas com certeza o ladrão levará a moto “de marca” do cara ao lado no cruzamento

  • Ramom Alencar

    mas se vc comparar a porcentagem ao invés da quantidade a hornet estará em primeiro lugar visto que existem muito menos hornet que CG ou BROS por exemplo mas mesmo assim a hornet figura em 9° no rank…

    • Thiago_NCO

      Você tá certíssimo.
      Andar nessa tal de Hornet é como pintar um alvo no peito.
      Tô fora, obrigado.

      • Joell2

        Só com o barulho do motor da Hornet, os ladrões já ficam de prontidão. Logo no começo desse ano estava eu no trânsito na avenida São Miguel, e parou do meu lado um cara com uma Hornet branca, que saiu disparado quando o semáforo abriu, 5 minutos depois encontrei com ele novamente à pé desesperado que no outro farol dois caras armados em outra moto, tomaram a moto dele, a sorte que não mataram ele. Eu era louco por uma Hornet depois dessa situação tomei pavor.

        • Thiago_NCO

          Sim, e olha só, esse lista só tem moto “pequena”, de grande volume de vendas. O que a Hornet faz aí em 9º lugar? Isso só confirma o que todo mundo já desconfiava: “os mano pira” na Hornet, pra infelicidade dos amantes de boas motos!

    • Linkera

      A impressão que dá é que Honet é 1:1 – para cada 1 Hornet comprada, 1 é roubada. Eu, que moro na zona leste de São Paulo e vejo estas coisas muito de perto, não quero esta moto nem de graça.
      Tenho muita vontade de ter uma ER-6N mas esse medo me corrói e enquanto eu não me mudar de onde moro atualmente eu não quero moto alguma.

  • Marcelo Ricardo

    Essa fazer 250 no topo mostra que até ladrão não aguenta mais batida de corrente das CBX250 e CB300 kkk

    • Marllon Duarte

      KKKKKKK Não tinha lembrado desse detalhe!

  • Linkera

    Só um adendo:

    Itaquera – Zona Leste;
    Itaim Paulista – Zona Leste,
    Sapopemba – Zona Leste,
    São Mateus – Zona Leste,
    Guaianazes – Zona Leste,
    São Miguel – Zona Leste,
    Campo Limpo – Zona Sul,
    Ermelino Matarazzo – Zona Leste,
    Pedreira – Zona Sul,
    Barra Funda – Zona Oeste,
    Tatuapé – Zona Leste;
    Vila Mariana – Zona Sul.

    Conclusão: Não compro minha ER-6N enquanto não mudar de bairro (moro próximo ao “campeão”).

    • Thiago

      Conclusão: não compro minha R6 enquanto não mudar de cidade (moro próximo dos últimos, mas mesmo assim)

    • Isaque Santos

      Também a sede do Corinthians é na Zona Leste

  • Pomarola

    Uma Yamaha de 250cc sendo mais roubada que as Titans 125 e 150? Tá certo isso produção?!

    • Thiago

      Tá sim, pra “dar fuga” essas são as melhores, o que já vi de bandido em cima dessas motos assaltando motorista distraído no trânsito não é brincadeira….

      • Pomarola

        Pior que é verdade, triste essa nossa realidade viu…

  • Joell2

    E os maiores responsáveis por isso são os próprios proprietários de motos (claro não todos), que financiam esses criminosos comprando peças do mercado negro. Se não tivesse consumidor, esse tipo de crime não aconteceria, pois não teriam lucro. O próprio cara que compra uma peça dessas é o mesmo que é roubado depois, e nem pode reclamar afinal ele ajudou a financiar o crime. “Lembrando que não são todos”.

  • DougSampaNA

    Ficaria tão feliz se houvesse um aumento de ladrões de motos mortos…seria um alívio para a população…de carros tambem, já que os “profissas” podem bandear de um lado a outro..

  • Thiago

    Ufa… Burgman AN 125 não está na lista, mas também…. quem vai querer? kkkkk (tá, eu sei que não dá pra chamar scooter de moto)

  • Xirumbinho

    Eu tenho uma burgman An125 (sem o “i”)…. é só alegria :-D

  • Mariel dos santos

    Hoje estão roubando qualquer porcaria, só pra ficar estralando escapamento nos fluxos. ate shineray 50 ja vi roubando aqui.

  • Pedro Gatto

    A minha Yamaha YBR 125cc é de 2009 já tem 8 anos está uma beleza com 37 mil km faço a revisão a cada 2 mil km e gasto 10 reais de gasolina aditivada por semana. Quando estaciono eu uso a trava do guidão e corrente na roda. Nunca me deixou na mão a YBR e vou comprar outra igual mais a frente. Ela agora só está dando lucro porque já se pagou pelos 8 anos.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend