EUA Hatches Mercado

Na crise americana, os carros compactos comemoram vendas!

na-crise-americana-os-carros-compactos-comemoram-vendas Na crise americana, os carros compactos comemoram vendas!







Apocalipse, Holocausto, Catástrofe, Cataclisma, entre outros adjetivos, foram ou estão sendo usados pela imprensa internacional para descrever a crise automotiva americana, a pior da história.

Mas, em meio ao “fim dos dias” das gigantes americanas, pequenas marcas e modelos que nunca vendiam bem naquele mercado, só podem fazer uma única coisa, comemorar muito!

As vendas de pequenas marcas e de modelos antes vistos apenas na Ásia e Europa, agora despontam no horizonte americano com grande sucesso!

Com a era dos SUV chegando ao fim no mercado amerciano, os pequenos, econômicos, baratos e ecólogicos, tomaram lugar ao sol. E não é para menos, com a alta dos combustíveis, estes se tornaram a saída mais inteligente para o norte-americano.

Um exemplo é a Smart, com seu pequeno For Two, já vendeu mais de 21.000 unidades desde o começo do ano nos EUA. Suas vendas crescem a cada mês!

Outras que já estavam do outro lado, as japonesas, agora vêem crescer as vendas de modelos pequenos, como Honda Fit, Nissan Versa, Toyota Yaris, entre outros.

Marcas como a Suzuki, conseguem fazer crescer entre 120 e 130% as vendas de carros como o SX4, por exemplo. Todas as metas para os carros compactos no mercado americano estão sendo cumpridas pelas marcas que os vendem.

As “Big Tree” inoperantes na reação a mudança de mercado, ficaram no acostamento vendo as japonesas, européias e coreanas, passarem melhor pela crise.

A Ford já anunciou que irá importar o Novo Fiesta para os EUA, para tentar acompanhar o novo trãnsito nessa estrada americana rumo ao futuro mais economico e melhor.

GM e Chrysler ainda estão estáticas e parecem não entender direito o que se passa. Modelos que jamais seriam vistos nos EUA, como o Nissan Cube, agora farão parte da paisagem.

Existe muito espaço nos EUA para novos modelos compactos e quem souber explorar melhor esta situação, certamente irá comemorar por muitos anos seus saldos finaceiros.

Fonte: JB Online.



  • LFSP2

    Goodbye, banheirões, os norte-americanos finalmente acordaram para a vida.
    Enquanto isso as Big Three seguem vendo navios, a Ford pode falir antes do Fiesta chegar aos EUA, o Volt virá tarde demais e para piorar a GM(única das três que tem um carro compacto, o Aveo 5- hatch) sabe que ele é feio que dá dó, e não vende nada.
    Já a Chyrsler, cancelou seu projeto de fazer compactos com a Chery, vai ser a primeira a afundar.
    Mini, Smart, japoneses, estão ganhando muito com isso.
    E uma coisa percebemos com essa crise, quando as bombas explodem, explodem juntas, explodiu a bomba da crise dos SUVs, da situação financeira das big three e das aposentadorias.

  • JBAFilho

    Quem diria, hein! Americanos, que outrora só compravam banheiras, comprando casca de ovo. Eles estão com o orgulho no chão. Afunda GM!!! :banana: :banana: :banana:

  • Filipe Augustus

    Não sei oq é pior!!!!
    A crise!!!Ou esse patético desejo de alguns “Sem nossão” de querer que as Big Tree afundem!!!
    As vezes o msm que fala isso anda de Corsa, Fiesta ou Pt Cruiser!!!!!

    Se isso acontecer…com certeza será uma catástrofe tão grande que vai abalar o mundo inteiro!!!!
    Agora imaginem o mercado nacional sem essas 3 Marcas???
    Sem GM!!!Quantos desempregados existiriam!!!
    Sem Ford????
    Sem Chrysler Jeep e Dodge???

    As desvalorizações enormes que os milhões de Fords e Chevrolets e Chryslers sofreriam,a falta de assistencia técnica???
    Quantas empresas fechariam pois essas 3 as sustentam!!!

    Pra mim a pessoa que alimenta essa idéia é como se ela estivesse querendo cavar a própria cova!!!

  • Claudio

    Logo logo veremos filmes americanos e pensaremos que estarão se passando na Europa ou Ásia!rs….Quem sabe esteja ai o início da salvação do mundo frente a poluição crescente!

  • JDFortuna

    GM e Ford seriam grandes baixas. Mas Chrysler? A Chrysler já era faz muito tempo. Desmembra essa p**** e bola pra frente!

    À GM, não resta outra coisa a não ser fazer um projeto de curto prazo, seja para empréstimo do governo ou injeção de novos investidores. Não tem outro meio. Se não der pista de fazer algo aos conformes do comércio atual, parando de vez de se apoiar em governo-mãe que as 3 lá, como as de cá, têm e fazer algo realmente produtivo e assim rentável.

    Agora, sustentar mimos como o último exemplo de viajar a Washington a 20mil dólares ao invés de pegar um avião comercial… É FLORIDA!

  • Claudio

    Filipe! Na verdade ainda haverá, formas de gerir essas empresas para ressucitá-las, outra coisa é mais fácil serem vendidas mesmo que em partes, então fecharem simplesmente é quase impossível, e mais, mesmo que uma dessas empresas sumissem do mercado, traria sim abalo, mas logo seu espaço seria preenchido pelas outras e os empregos voltariam, acomodação natural do capitalismo, o mundo sobreviveu a segunda guerra e aprendeu com ela, não vai ser o fim de uma GM que vai destruir o mundo, e se amanhã os EUA ja não for o maior império, sem problemas, não foi o primeiro e não será o último, que venham as mudanças e o mundo se adapitara a elas!

  • Claudio

    Outra coisa que ninguém pensou, elas podem se fundir ou até dividir projetos para baratear custos,e barrar as estrangeiras!
    Mas ainda acho que se tivessem investido mais fora, com mão de obra estrangeira e barata para carros e muitas peças, hoje não estariam na parede com seus encargos sociais americanos!Agora é apertar o cinto,limpar as empresas(sanear), criar projetos inteligentes assim como propagandas e dar a volta por cima a longo prazo!

  • Luis.J.R.

    Só falta as nossos populares serem vendidos lá?Já pensou!Eu hein! :hauhau:

  • Gagliotti

    [Comentario #120268 sera citado aqui]

    Quando isto acontecer , confesse seus pecados pois o fim do mundo está próximo,o lixo produzido aqui o mais próximo que chega dos EUA é na fronteira com o Mexico.

    O ForTwo nos EUA sai por cerca de Us$14,000,00,quanto o Lula vai cobrar aqui, mais de R$60,000,00 :banana: :clapp: :banana:

  • rivo

    [Comentario #120268 sera citado aqui]

    ja ia comntar, podiamos ganahr uma nota vendendo uno mille pros EUA, já pensaram, as ruas dos EUA lotadas de mille :hauhau: :hauhau: :hauhau:

    :rayban:

  • fabinho3

    O Mille lá ia custar uns 5 cents!!! Pagava com moeda…

  • Giovanni

    É bonito ver os antigos defensores das banheiras americanas, agora falando bem dos compactos… Antes dessa crise só se via aqui no blog gente dizendo que as banheironas eram os melhores carros do mundo e coisa-e-tal. Como as pessoas mudam rápido, não? Ou só ajustaram rapidamente o discurso à crise? Tomara que tenham mudado a mentalidade mesmo, porque o tempo das banheiras não volta mais. E nem dos SUVs grandes que estão agora desovando aqui no Brasil. Carro bom é carro eficiente, projetado com máxima otimização em espaço, ergonomia e desempenho. E motor eficiente é de cilindrada baixa entregando alto rendimento com o menor consumo. O resto virou história, vide as manifestações contra os Porche na Europa, e a Ferrari decretando a morte dos V8 (passando a adotar turbo em todos seus modelos). Falta nós nos atualizarmos e pararmos de idolatrar o que já está morto.

  • JBAFilho

    O que eu acho engraçado é alguns aqui que acham que empresas mal administradas, por seram grandes, não podem falir. Assim fica fácil. Qualquer imbecil ou retardado pode presidir a GM ou Ford que se ela afundar, o governo vai lá e tira ela do buraco.

    Repito pela milésima vez: É preciso entender que se a GM for à bancarrota, as fábricas e máquinas não vão desaparecer, não vão sumir como que por encanto. Elas ficam aí, para quem tem mais competência assumir. Parece que o povo não enxerga que se o governo americano ajudar a GM, isso só vai adiar o inevitável. Esses diretores que aí estão, são como os diretores da VARIG, ou seja, eles são orgulhosos, metidos e posudos; e por essa razão têm que sucumbir mesmo, sem dó nem piedade.

    Defender a GM é defender a incompetência desses diretores velhacos.

  • Gagliotti

    [Comentario #120281 sera citado aqui]
    Carro bom é carro eficiente, carro racional, mas existem os carros ÓTIMOS pergunte quem não trocaria um MILLE por uma Touareg, a questão dos V8 e V12 na Ferrari acho difícil que desapareçam, visto que quando no lançamento do modelo DINO V6, ele não pode ostentar o logo da Ferrari pois muitos puristas e o próprio comendador Enzo acharem que Ferrari só pode ter V12, no dia que a Ferrari usar um quatro cilindros Il commendatore Enzo vai se remexer no caixão. :banana: :clapp: :banana:

  • cordigital

    [Comentario #120281 sera citado aqui]

    carro bom é aquele que você tem dinheiro para comprar e manter!

    Se fosse for um rico americano, vai continuar com o seu “banheirão”, se for um classe média F**** vai trocar por um mais barato e menos gastador, como é no brasil, onde a classe media anda de carro popular!

  • educopelo

    A Ford tá começando a ser esperta, pois possui ótimos produtos na Europa, e importar o fiesta(ou até mesmo produzi-lo nos USA) é uma ótima opção frente aos carrinhos que estão vendendo feito água lá. Infelizmente a era dos grandes V8 tá no final, mas não creio que eles irão morrer, a não ser que inventem um modo de um esportivo do quilate de uma Ferrari ter o mesmo desempenho brutal com um motor elétrico e nao poluente. Até lá, sem chance, só V8, V10 e V12 nos superesportivos. Mas os SUVs e os banheirões americanos estão com os seus dias contados. Pobre Chrysler, que diferente de Ford e GM, não tem nenhuma subsidiária que faça um carro pequeno atraente(só o PT Cruiser, que é “carro de nicho”).

    Bom, vamos ver o desenrolar dessa história, mas enfim alguém tomou uma atitude inteligente. Bela atitude da Ford, podia aproveitar e trazer logo o fiestinha novo pro Brasil!!!

  • tonywalker

    Esperem só os motores elétricos evoluirem para os grandes carros retornarem com força total….

  • Hodney Souza

    Trocar carros verdadeiramente confortáveis por essas caixas de fósforo mostra o início total da decadência norte americana.
    Quanto aqui as pessoas estão ficando de saco cheio de miniaturas e comprando carros mais verdadeiros.
    Assim quem o diga está acontecendo em outros países como China e India.
    O terceiro mundo já começou a experimentar carros de verdade e os de primeiro mundo começou a decair e utilizar carros de brinquedo tipo: bate e morre. :hauhau: :banana:

  • Hodney Souza

    [Comentario #120385 sera citado aqui]

    Assim quem o diga que tem Toyota Camry, Honda Accord são considerados banheirões pois tem o mesmo tamanho de um GM Impala e Ford Taurus nos EUA e se isso for mesmo a mudança de perfil do americano até esses carros estarão na linha de extinção.

  • danix

    [Comentario #120240 sera citado aqui]

    pessao é triste mesmo.. concorrencia é bom para os consumidores, mas tem gente q se mata por carro/time .. UNO PRA VOCÊS!

    ah e renault twingo rulzz :clapp: :clapp:


Send this to a friend