NamX HUV aposta em cápsulas de hidrogênio

namx huv 1

O hidrogênio é tido por muitos como o combustível do futuro, ainda que os carros elétricos estejam dominando o cenário atualmente.

Contudo, algumas empresas como a Toyota, continuam a apostar nesse combustível e a NamX surge com outra ideia relacionada com hidrogênio.

O chamado NamX HUV é um crossover híbrido que chama atenção por usar cápsulas de hidrogênio como alternativa mais prática ao simples abastecimento do combustível líquido.

namx huv 4

Como se sabe, o hidrogênio como combustível exige uma infraestrutura muito complexa e cara, prejudicando o avanço dessa alternativa aos combustíveis fósseis.

O HUV (Hydrogen Utility Vehicle) utiliza dois meios para reabastecer, sendo um tradicional por tanque pressurizado e alimentação por estações de hidrogênio comumente usadas.

Já a outra opção de reabastecimento é por meio de cápsulas contendo hidrogênio, sendo estas chamadas CapX.

namx huv 3

Sem detalhes sobre as cápsulas, como autonomia por exemplo, o que se sabe é que o NamX HUV tem autonomia de 800 km.

Desenhado por Pininfarina, o NamX HUV chama atenção por ter uma tampa transparente onde ficam as CapX’s, sendo facilmente retiradas.

Com visual bem futurista, o NamX HUV tem frente com “X” em frisos iluminados por LEDs, além de linha de cintura alta e área envidraçada pequena.

Na traseira, as lanternas em LED são unidas e no teto duas luzes verticais, enquanto o interior não é revelado.

namx huv 5

Tendo células de combustível de hidrogênio, o NamX HUV terá duas versões, sendo uma com tração traseira e 300 cavalos, enquanto a segunda opção terá dois motores elétricos e tração AWD.

Com 550 cavalos, esta variante irá de 0 a 100 km/h em 4,5 segundos e velocidade final de 250 km/h. Na versão RWD, serão 300 cavalos para levá-lo de 0 a 100 km/h em 6,5 segundos, tendo máxima de 200 km/h.

Tendo nome e visual que lembram produto chinês, o NamX HUV é um legítimo francês e custará € 65.000 na versão RWD e € 95.000 para a AWD.

NamX HUV – Galeria de fotos

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.