Conversíveis Cupês Esportivos Nissan

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

Se você é fã de vídeo games com certeza já jogou Need For Speed ou Gran Turismo. Lá deve ter visto o modelo japonês Nissan 350Z.

O Nissan 350Z é um pequeno esportivo que nasceu em 2002 como uma resposta a outros modelos da época que tinham um design mais exagerado e pouca potência embarcada.


Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

Vamos então conhecer um pouco da história de um dos esportivos mais famosos da Nissan, depois é claro do Nissan GT-R.

Antes de seu nascimento ele apareceu como dois carros conceito, da linha Z da marca, veja:


Nissan Z Concept 1999

A primeira aparição da linha Z, antes do Nissan 350Z, se deu em 1999 durante o Salão do Automóvel de Detroit, onde a Nissan apresentava um substituto para o finado 240Z.

O carro conceito tinha um visual bastante chamativo, com sua carroceria pequena e com design esportivo e sua cor chamativa “Lemans Sunset”.

O perfil do carro seria basicamente o mesmo do modelo de produção, ou seja, seria um cupê de duas portas e quatro lugares.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

Só que o visual do Nissan 350Z ainda estava longe.

A dianteira exibia faróis arredondados com desenho pouco agradável, e sua entrada de ar no para choque tinha um formato de sorriso invertido.

As laterais eram extremamente limpas e as portas contavam apenas com uma espécie de fenda para a abertura das mesmas.

Já na traseira o precursor do Nissan 350Z era ainda mais feio.

As lanternas traseiras tinham um formato mais amendoado com duas seções ovais, sendo uma para a luz de freio e uma para a de indicação de seta.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

O para choque também tinha uma parte côncava com apenas o porta placas ao centro dando uma sensação de profundidade um tanto quanto estranha.

Apesar do seu design um tanto quanto exótico, o 240Z, como também era chamado, era um conceito totalmente funcional.

Ele vinha com um motor 2.4 litros emprestado do Nissan Altima produzindo 200 cavalos e 24,88 kgfm de torque bruto. O modelo conseguiu animar os participantes do salão, mas ainda existiriam melhorias antes dele chegar às ruas como Nissan 350Z.

Nissan Z Concept 2001

Diferentemente do conceito apresentado em 1999, o novo Concept Z de 2001 era basicamente o Nissan 350Z de produção com suas linhas extremamente harmônicas e visual mais equilibrado do que o modelo apresentado cerca de dois anos antes.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

Agora o perfil estava mais bem delineado, com todas as seções do carro com boas proporções e sem quaisquer exageros estilísticos.

A dianteira do futuro Nissan 350Z apostava em faróis compridos e retangulares, que iam da base do para choques e avançavam um pouco para o para lama, subindo em direção ao capô.

Já nas laterais o modelo se mantinha limpo e as formas das janelas eram simples e elegantes.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

A traseira ainda era diferente do que veríamos no Nissan 350Z de produção, mas ela era bem mais elegante.

Exibia lanternas triangulares que começavam no para choque e iam de encontro com uma linha que acompanhava o desenho das janelas laterais.

O porta placas agora era do tamanho de uma placa convencional e sem quaisquer firulas estéticas.

A dianteira além dos faróis retangulares apostava também na entrada de ar retangular, causando assim uma boa impressão à primeira vista.

Nissan 350Z 2003 – 2008

A primeira aparição do Nissan 350Z de produção apareceu primeiro no Japão em julho de 2002, como linha 2003.

Nos Estados Unidos, a apresentação aconteceu um mês depois, em agosto de 2002.

O design do Nissan 350Z seguia basicamente o mesmo conceito do modelo apresentado em 2001, com a frente comprida e traseira curta.

Muitos chegaram a dizer que o Nissan 350Z tinha muita semelhança com o Audi TT, por conta do caimento do teto em direção a traseira.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

A ideia básica da Nissan ao apresentar de forma oficial o Nissan 350Z era ter um esportivo barato e acessível, com potência de sobra e design chamativo e cativante.

E eles certamente conseguiram tal feito!

No lançamento do Nissan 350Z no mercado norte americano ele foi anunciado por cerca de US$ 26 mil na versão de entrada e cerca de US$ 34 mil na versão topo de linha, colocando o Nissan 350Z como um dos esportivos à venda com valor mais acessível no mercado.

Isso era fato, já que modelos como o Porsche Boxster de entrada custavam cerca de US$ 50 mil.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

O design do Nissan 350Z era um dos seus motes de vendas, com praticamente uma transcrição do modelo apresentado como conceito para o modelo de produção.

As maçanetas cromadas que ficavam na vertical traziam personalidade ao Nissan 350Z, que tinha conforto aliado à esportividade no DNA.

A plataforma escolhida para dar vida ao modelo foi a do Infiniti G35, que tinha carrocerias sedan e cupê, que também era a mesma do FX45, um SUV médio.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

O motor escolhido para o Nissan 350Z era o 3.5 litros V6 com 24 válvulas com duplo comando variável que gerava 287 cavalos a 6.200 rpm e bons 35 kgfm de torque a 4.800 rpm.

O câmbio podia ser o manual de 6 velocidades ou automático de 5 velocidades.

O peso total do Nissan 350Z era de 1.465 kg, um tanto pesado.

Ele poderia chegar à velocidade máxima de 250 km/h limitado eletronicamente e fazer o 0a100 em 5,4 segundos o que era um tempo bastante rápido para um modelo mais barato como ele.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

No quesito segurança e tecnologia o Nissan 350Z utilizava controles modernos – para a época – como controles de tração e de estabilidade o que o ajudava a se manter dentro das curvas mais fechadas e garantir aderência em pistas molhadas.

Em conjunto com esses sistemas, ainda estavam presentes no Nissan 350Z os freios com ABS e controle dinâmico do veículo – VDC.

No caso dos freios, as quatro rodas utilizavam freios a disco ventilados com pinças de pistões duplos na frente e simples nos traseiros.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

No mercado norte americano o Nissan 350Z tinha disponíveis 5 versões de acabamento, sendo elas a Nissan 350Z básica, 350Z Entusiasta, 350Z Performance, 350Z Touring e 350Z Track.

A versão de entrada era bem equipada, mas não oferecia itens como bancos de couro ou o controle dinâmico do veículo, sendo que tais itens estavam presentes apenas nas configurações mais caras.

Por falar em acabamento, o painel do Nissan 350Z era bem construído e bem desenhado.

O painel tinha linhas limpas e sem muitas firulas estéticas. Predominavam linhas mais retilíneas no painel, assim como elementos circulares, inclusive no quadro de instrumentos.

O volante do Nissan 350Z era esportivo, de três raios, com o emblema da linha Z no meio, ao invés do tradicional emblema da Nissan.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

Um detalhe interessante do painel do Nissan 350Z era o fato que o sistema de navegação e entretenimento e DVD ficava escondido por uma aba escamoteável.

Por falar no sistema, ele era um dos melhores a venda num esportivo pequeno como o Nissan 350Z, que mesmo na versão de entrada oferecia um sistema de 160 W, seis alto falantes e ràdio com CD Player.

A versão topo de linha do Nissan 350Z vinha com um poderoso sistema de 240 W, sete alto falantes, disqueteira para 6 CDs, sistema de som da marca Bose, além de dois subwoofers de 10 polegadas.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

Em 2004 a Nissan passa a oferecer o Nissan 350Z na versão conversível com teto retrátil de tecido, conferindo um charme extra ao modelo nipônico.

A configuração nova estava disponível apenas para os modelos intermediário e topo de linha, mantendo a versão básica com teto rígido fixo.

Esteticamente falando o Nissan 350Z conversível tinha um apelo muito maior por conta do seu visual que ficava mais apaixonante como muitos consumidores diziam na época do lançamento.

Diferentemente do modelo cupê, o Nissan 350Z conversível não tinha o espaço atrás dos bancos dianteiros, que era fechado no modelo em questão.

Ele oferecia também arcos protetores atrás dos bancos principais para proteger melhor o motorista e o passageiro. A capota do modelo era recolhida por meio de um botão em apenas 20 segundos.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

Para 2006 o Nissan 350Z recebe um facelift concentrado nos faróis, que ganharam novos projetores e novas cores de pintura que foram adicionadas ao catálogo.

O motor do Nissan 350Z também recebeu pequenas melhorias e agora rendiam cerca de 291 cavalos e as versões intermediarias e topo de linha ganharam a opção de rádio por satélite entre outras pequenas modificações.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

No ano seguinte a linha Nissan 350Z ganha outra pequena atualização no motor e no pacote de equipamentos.

Agora o motor poderia render 306 cavalos de potência.

O Nissan 350Z saiu de linha em 2008 quando deu lugar a sua segunda geração que agora atenderia pelo nome de 370Z, fazendo uma alusão ao novo motor de 3.7 litros, assim como o Nissan 350Z que utilizava um motor 3.5 litros.

Nissan 370Z 2008 – presente

A segunda geração do Nissan 350Z, agora chamada de Nissan 370Z foi apresentada em 2008 e trazia um design evolutivo em relação ao Nissan 350Z bem como outras alterações na carroceria e no motor utilizado.

Agora a plataforma era a mesma do Infiniti Q60 e do FX, o que deu ao esportivo um pouco mais de espaço interno, embora ainda levasse apenas duas pessoas e bagagem.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

O design exterior é mais agressivo do que o simpático do Nissan 350Z, com seus novos faróis que são mais vincados e pontiagudos em relação aos do Nissan 350Z que eram retangulares e compridos.

A parte do para choque ainda preservava a entrada de ar retangular, mas agora com cantos mais arredondados ao invés de cantos vivos e retos.

Luzes diurnas de LED ficam no mesmo lugar que as antigas luzes de indicação de seta. Outro ponto que os dois modelos têm em comum é a maçaneta cromada na vertical que continua disponível no 370Z.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

As janelas laterais têm desenho mais arqueado e mais ascendente do que o do Nissan 350Z que a base era retilínea e muito semelhante ao do Audi TT.

Na traseira as lanternas têm desenho mais moderno com aspecto que lembra vagamente o conjunto original do 350Z, só que agora com um desenho que mais lembra um bumerangue.

Vemos ali luzes de LED nas lanternas de freio e agora as luzes de indicação de seta e de ré estão juntas e não mais separadas como eram no modelo anterior.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

Agora o motor era um 3.7 litros V6 que rende 336 cavalos de potência a 6000 rpm e gera 37 kgfm de torque bruto a 5200 rpm.

O câmbio pode ser o manual de 6 velocidades ou automático de 7 velocidades.

A velocidade máxima é de 250 km/h e ele consegue chegar no 0a100 em apenas 5,3 segundos. A versão cupê foi apresentada primeiro, em 2008 e no ano seguinte a marca apresentou o modelo com teto retrátil de tecido.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

Em 2013 os modelos conversível e cupê passaram por um discreto facelift que o mantém atual e em vendas até dos dias atuais.

Por falar em mudanças o painel também tem novidades em relação ao finado Nissan 350Z, como novos revestimentos, um novo volante que é menor e tem pegada mais esportiva se comparado ao 350Z, além de uma nova central multimídia que não fica escondida e tem várias funções disponíveis.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

Atualmente o 370Z pode ser encontrado nos mercados norte americano, japonês e europeu na linha 2018.

Os preços do modelo ao menos no mercado norte-americano continua competitivo como era a proposta original do Nissan 350Z.

Os valores começam em US$ 29.990 para o modelo cupê e chegam até US$ 41.820 na versão conversível.

Nissan 350Z no Brasil

O modelo nipônico teve vendas tímidas no mercado nacional, mas não é difícil encontra-lo no mercado de usados com boas ofertas.

A principio o Nissan 350Z veio ao nosso mercado nas versões manual e automático e foi apresentado em 2004, quando a marca precisava de um modelo de imagem que cativasse os consumidores que estavam apenas acostumados com o Nissan Sentra e a picape Nissan Frontier.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

Por aqui o Nissan 350Z usava o mesmo motor 3.5 litros V6 só que reprogramado para render 280 cavalos, sendo 7 cavalos a menos que o modelo vendido globalmente.

Mesmo com essa pequena diferença de potência, o modelo agradava quem queria um esportivo diferente e não tinha caixa suficiente para um Porsche ou um Audi, alinhando assim o melhor de dois mundos.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

O modelo atualmente pode ser facilmente encontrado em sites especializados de comercio de veículos novos e usados, com preços que partem de 90 mil reais para o Nissan 350Z automático de 2008 com pouco mais de 28 mil km rodados e podem chegar até cerca de 117 mil reais na versão manual do modelo de 2009 com menos de 17 mil km rodados.

A versão que substituiu o 350Z veio ao país e também teve vendas tímidas.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002

Mesmo estando disponível atualmente no mercado global, o 370Z não tem quaisquer indicativos de venda no mercado nacional por hora.

Mas versões usadas podem ser encontradas em sites especializados com preços que partem de 123 mil reais pela versão 3.7 litros do 370Z de 2009 com um pouco mais de 20 mil km rodados e podem chegar até 149 mil reais por um modelo 2011 também automático com um pouco mais de 23 mil km rodados.

Ficha Técnica

Nissan 350Z

Motor: longitudinal, 6 cilindros em V; duplo comando no cabeçote, 4 válvulas por cilindro. Diâmetro e curso: 95,5 x 81,4 mm. Cilindrada: 3.500 cm3. Taxa de compressão: 10,3:1. Potência máxima: 287 cavalos a 6.200 rpm. Torque máximo: 35 kgfm a 4.800 rpm. Injeção multiponto sequencial.

Câmbio:  manual, 6 marchas, ou automático, 5 marchas; tração traseira.

Freios:  dianteiros e traseiros a disco ventilado; sistema antitravamento (ABS).

Suspensão:  dianteira e traseira, independente multibraço, estabilizador.

Direção:  assistida.

Rodas:  dianteiras, 7,5 x 18 polegadas, pneus 225/45 R 18 W;
traseiras, 8 x 18 polegadas, pneus 245/45 R 18 W (versão Track).

Dimensões: comprimento, 4,3 m; largura, 1,81 m; entre eixos, 2,65 m;
peso, 1.465 kg (versão Track).

Desempenho: velocidade máxima, 250 km/h; aceleração de 0 a 100 km/h, 5,4 s.

Nissan 350Z: conheça a história do esportivo que nasceu em 2002
Nota média 5 de 3 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email