Conversíveis Cupês Esportivos Matérias NA Nissan

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

O Nissan 370Z é um carro esportivo de dois lugares em configuração cupê e roadster, que já está em produção há 10 anos, sucedendo uma série de modelos da família Z, iniciada originalmente em 1969.


Esse carro nunca foi vendido no Brasil, apenas o modelo anterior, o 350Z, sendo um dos mais emblemáticos dessa categoria no mercado mundial.

Sexta geração dos carros “Z” da Nissan, o 370 é atualmente feito em Tochigi, sendo vendido em vários mercados, especialmente o americano, onde o modelo custa a partir de US$ 30.090.

Potente e com dirigibilidade apurada, o Nissan 370Z é um carro que cativa muitos clientes da marca.


Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

Além das versões comuns, o Nissan 370Z também se destaca pelo pacote NISMO e as várias edições especiais. Chamado Fairlady Z no Japão, o modelo é da atual geração Z34.

Premiado e reconhecido, o esportivo da marca nipônica ganhou seu status e estrelou diversas campanhas de marketing.

No entanto, o Nissan 370Z ficou também muito conhecido a bordo de plataformas de games e simuladores de corrida, como Forza Motorsport 3, Gran Turismo 5, Need for Speed: Hot Pursuit, Asphalt e Real Racing 3.

Também apareceu no mangá Wangan Midnight.

Nissan 370Z

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

Pensado para ser um carro esportivo de dois lugares, o Nissan 370Z tem porte compacto, medindo 4,24 m de comprimento, 1,850 m de largura, 1,320 m de altura e 2,550 m de entre eixos.

O bólido nipônico tem motor e câmbio em longitudinal e sua estrutura é bastante leve, fazendo com que o peso médio fique na casa de 1.400 kg.

Para isso, o Nissan 370Z foi construído em grande parte com liga de alumínio, que inclusive é parte integrante do sistema de suspensão, ajudando assim a cortar boa parte do peso.

Um dos pontos focados no projeto do carro é a rigidez torcional, sendo que as últimas mudanças geraram acréscimo de 30% na frente e 22% atrás. Estruturalmente, o esportivo ficou 10% mais resistente à torção.

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

Além disso, o Nissan 370Z foi pensado para ter excelente dirigibilidade em ruas e estradas, assim como nas pistas. Por isso, a suspensão dianteira utiliza duplo A e a traseira se apresenta em multilink.

Com direção assistida bem direta, o esportivo chama para si uma condução sempre agressiva.

Nissan 370Z – Design

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

Na geração Z34, o Nissan 370Z apareceu em 2009 com uma silhueta fluída, mas apenas pouco mais aerodinâmica que a anterior, o 350Z.

São 0,29 de cx contra 0,30 e o carro chama atenção pelos faróis em forma de seta, que caracteriza o estilo da marca japonesa nos últimos anos.

Com capô longo e teto que se funde à traseira, o Nissan 370Z tem colunas A praticamente retas e pouco inclinadas. A frente é pouco curvada e tem uma boca enorme para refrigeração do motor, assim como para-choque com spoilers naturais.

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

Bem liso e esguio, o cupê tem ainda teto que funde o arco superior com as colunas C, descendo diretamente até o extremo da traseira.

Nesta, a tampa do bagageiro com vigia ampla agrega também um spoiler fixo, ladeado por lanternas que seguem o mesmo formato dos faróis do Nissan 370Z.

Com linha de cintura que se acentua na altura do eixo dianteiro e vai descendo suavemente até as vigias laterais traseiras, o Nissan 370Z tem uma certa elegância nas linhas.

As portas possuem maçanetas de alumínio embutidas e os retrovisores são pouco proeminentes. O para-choque traseiro incorpora moldura preta com dois escapes cromados.

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

Nestes 10 anos, o Nissan 370Z manteve boa parte dos detalhes estéticos com as atualizações de meia vida, porém, estranhamente o modelo foi atualizado para o ano de 2013 e permanece assim deste então, recebendo poucos retoques.

Hoje, a frente chama atenção pelas luzes de LED verticais no para-choque, assim como spoiler centralizado sob a boca central.

Essa grade do motor tem frisos modificados, mas as entradas de ar laterais (embutidas no desenho geral) para os freios continuam presentes.

As rodas aro 18 polegadas mantiveram o mesmo estilo das originais, sempre com raios divididos e sempre com pneus dianteiros mais estreitos que os traseiros. Por dentro, o Nissan 370Z também preserva sua essência com o mesmo conjunto visto em 2009.

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

Com 10 anos de idade, o ambiente a bordo do Nissan 370Z se mantém o mesmo. Não apenas em estilo, mas nos detalhes também.

Exceto pelos melhoramentos obrigatórios ao longo de uma década, como a multimídia, por exemplo, o esportivo é exatamente igual ao primeiro que saiu da linha de montagem.

Todos os detalhes principais e que estão ao alcance dos olhos, permaneceram os mesmos, tais como o volante de três raios tem centro triangular com comandos de acabamento metalizado e aro da buzina com um “Z” vistoso.

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

O cluster dividido em três partes circulares mantém centralizado o conta-giros, com o velocímetro (em km/h e mph) do lado esquerdo e o computador de bordo do lado direito.

Ele sofreu pequenas alterações, mas no geral segue praticamente igual. O acabamento metalizado que o envolve parcialmente, continua.

Com o peso de 10 anos, é fácil notar como o console central é antigo, tendo difusores de ar laterais e uma tela de multimídia com uma base inferior para os comandos físicos.

Acima, o purismo do Nissan 370Z se manifesta com os três mostradores circulares com temperatura do óleo, voltímetro e relógio digital.

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

Mais abaixo, o Nissan 370Z ainda tem sistema de áudio com CD player embutido ou rádio simples, assim como comandos físicos do ar-condicionado.

O ambiente envolvente, ainda conta com maçanetas ovalizadas, próximas dos difusores de ar laterais, que no esportivo da Nissan, ficam nas portas. Os comandos dos vidros ficam inclinados nas portas.

O túnel central elevado possui um aro cromado que envolve a alavanca de câmbio, que na versão manual, é bem curta e com pomo redondo.

Na automática, o pomo é mais tradicional. Esta opção tem enormes paddle shifts no volante. O botão de partida se mantém no alto, assim como os demais comandos.

Porta-copo único e a alavanca de freio de estacionamento manual estão preservados. O mesmo fica em relação ao formato dos bancos envolventes, que não foi modificado, mudando-se apenas tecidos e couro.

Com espaço apenas para dois, o Nissan 370Z tem porta-malas com apenas 235 litros.

Nissan 370Z Roadster

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

Diferente do cupê, o Nissan 370Z Roadster nunca foi vendido no Brasil e tem o charme de ter capota em tecido com acionamento elétrico em poucos segundos, tendo ainda vigia traseira bem pequena.

Muito apreciada nos EUA, essa variante tem estrutura mais rígida por conta da ausência de teto e colunas B e C.

Possui dois arcos de proteção anticapotamento que se elevam caso o carro saia do chão. A capota retrátil tem ainda uma cobertura elétrica que permite ao Nissan 370Z Roadster ter uma aparência bem limpa.

Séries especiais

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

O Nissan 370Z contou com diversas séries especiais em seus 10 anos de vida, sendo a principal a 40th Anniversary de 2009 e 50th Anniversary de 2019.

Também teve as séries Yellow, Nürburgring Edition, Black Edition, BRE 370Z, GT Edition, N-Sport, RS e Fairlady NISMO Z-Challenge Spec. Hoje, apresenta a versão Heritage Edition com faixa decorativas pretas. 

Nissan 370Z – Motor

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

Como o próprio nome indica, o Nissan 370Z possui um motor de 3.7 litros. Trata-se do propulsor VQ37VHR, um V6 com 3.696 cm3 e duplo comando de válvulas nos cabeçotes, tendo ainda quatro válvulas por cilindro.

Este propulsor inicialmente foi lançado com 328 cavalos a 7.000 rpm e 37 kgfm a 3.200 rpm.

Dessa forma, o Nissan 370Z ia de 0 a 100 km/h em 5 segundos em média, com câmbio manual de seis marchas. No automático, que tem sete marchas, o esportivo faz em 5,3 segundos. Com tanque de 72 litros, o esportivo garante uma boa autonomia. O consumo médio era de 5,5 km/l na cidade e 7,9 km/l na estrada, elevado, mas não muito importante para os donos.

No entanto, o Nissan 370Z NISMO sempre teve um algo a mais. O propulsor acima recebe uma calibragem diferente, entregando 355 cavalos e 38 kgfm. Com câmbio manual, ele precisava de 4,8 segundos para atingir os 100 km/h, enquanto no automático faz em 5 segundos.

No primeiro, o destaque é a tecnologia SynchroRev Match, que utiliza sensores para alterar as respostas do motor durante as trocas de marcha.

NISMO

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

Falando em NISMO, a versão apimentada do Nissan 370Z surgiu ainda bem limpo em termos de estilo. O cupê esportivo originalmente vinha com spoilers dianteiros e traseiros proeminentes, assim como saias laterais pronunciadas.

O aspecto geral acrescentava somente rodas “Rays” aro 19 polegadas e aerofólio traseiro bem elevado.

Além do difusor de ar, duas bocas de escape maiores e cromadas se destacavam. Tinha pneus Yokohama 245/40 ZR19 na frente e 285/35 ZR19 atrás.

Barras estabilizadoras maiores e molas mais rígidas são incorporados, assim como discos de freio de dimensões superiores e pinças da Brembo.

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

Porém, estas foram trocadas por equivalentes feitas pela Nissan em 2015, devido ao alto custo.

Nesse mesmo ano, surgiu a opção automática de sete marchas para o 370Z NISMO, além de sistema de navegação integrada. Hoje, essa versão do esportivo japonês tem uma aparência bem mais agressiva.

O para-choque possui LEDs horizontais e a grade tem frisos maiores, além do logotipo Nismo bem pequeno. Conta ainda com defletores de ar vermelhos e pronunciados, assim como entradas de ar para os freios nas extremidades do protetor.

Na traseira, o aerofólio é menos proeminente que o antigo e o para-choque apresenta saídas de ar nas laterais e moldura inferior com luz de freio.

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)

As rodas forjadas Rays possuem desenho com cinco raios duplos e hoje os pneus podem ser da Dunlop (EUA). Frisos vermelhos nas saias laterais e na traseira realçam a esportividade do Nissan 370Z NISMO atual.

Por dentro, essa versão ganhou bancos Recaro envolventes e em estilo concha com elementos vazados a partir de 2015.

O ambiente escuro com detalhes em Alcantara, como no volante e bancos, chamam atenção, assim como detalhes em vermelho.

O cluster de fundo na mesma cor e o aro da direção com marcador de posição, caracterizam o Nissan 370Z NISMO. O interessante da versão é que mesmo no manual, existe indicador de posição de marcha.

 

Nissan 370Z: anos, detalhes, versões, equipamentos (e detalhes)
Nota média 5 de 2 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • El Gato!

    Desde que o Leone saiu do ApC, o 350/370z nunca mais foi citado no programa…

    É um esportivo para quem gosta de dirigir, para quem gosta de ter um envolvimento pleno com o carro. Que máquina!

    • Gabriel

      O APC perdeu muito com a saída dele, que faz um trabalho majestoso no Motorgrid.

      • El Gato!

        Exato, Gabriel. O Motorgrid é outra pegada. Poucos vídeos, qualidade cinematográfica, somente o AAA dos automóveis.

        • Gabriel

          Mau posso esperar pelo retorno do Motorgrid On track que ouvi dizer que será logo, que a pista está quase pronta pra uso.

  • Piston head

    Foi vendido diretamente pela Nissan aqui? Na época citada não recordo de ter visto nada a respeito.
    Acho esse carro demais! Design único. Linha de esportivos da Nissan é de muito respeito.

    • Cleidson

      Assim como a Nissan vende o GT-R no Brasil hoje e quase ninguém sabe.

      • Vitor Santos

        Realmente o Nissan GTR é um monstro em desempenho e um dos melhores esportivos usados na questão do custo/benefício.

      • Junoba

        Ele consta no site da Nissan BR, mas não tem informações sobre preços, só fala ficha técnica e equipamentos. No site ele também não está no Showroom dos veículos comuns.

      • Ⓜ️arcelo

        A nissan vende o GT-R sob encomenda, mas todos que compraram este carro no brasil que eu conheço, foi de importação direta, pois a Nissan pede muito caro.

        Já o 370z nunca foi vendido pela montadora, nem por encomenda. Já o 350z, este sim foi vendido pela Nissan BR

    • Ⓜ️arcelo

      Só foi vendido via importação independente.

      • Piston head

        Então não entendo porque fala na matéria que foi vendido aqui entre 2010 e 2014. Via importação independente é tipo ”Master of obvious”.

        • Ⓜ️arcelo

          Desnecessário este trecho mas todo mundo entra na matéria para saber sobre uma coisa que nunca ficamos sabendo, e acho que esta foi a intenção deste trecho e do TITULO (more clicks…)

  • Mr Tony

    Pena que esse tipo de carro tem os preços tão proibitivos no Brasil…

  • Ric53

    Não sabia que havia sido vendido oficialmente aqui.

  • leomix leo

    Vejo sempre um 350 aqui em minha cidade, branco pérola, o ronco do motor já denúncia o que tem por baixo do capô, sem arranca na sinaleira queimando pneus.

  • afonso200

    nos EUA encontr 2012 por 12 mil dolares, e o 350Z por algo de 8 mil dolares

    • David Diniz

      Mas aqui é Brasil não o Estados Unidos.

    • Junoba

      No EUA, apesar de ser “barato”, não é um carro muito procurado, assim como Mustang, Camaro e Challenger.

  • Eng Turbo

    Esse carro é emblematico!! Conheci noSalão do Aumotovel …..acho que foi de 2010 ou 2012

    Mas pelo valor de um hj (Usado) eu iria de Subaru WRX STI 2.5

  • Robinho

    que t* de carro!

  • Mauro Banqueiro

    Enquanto isso, pode se adquirir bem baratinho usado vindo Japão…

    • Só se você morar no Paraguai né…

      • Mauro Banqueiro

        Hahaha, nao! Moro em Moçambique, África. O Japão usa a mesma mão que usamos. Daqui da para importar muitos carros usados directo do Japão. Por exemplo, agora tenho um Nissan Tiida, que para o Brasil e Modelo 2013 mas aqui e modelo 2005.

        Em ter, 7 de mai de 2019 16:12, Disqus escreveu:

        • Ah bom! Aí sim! Hahahahah aqui no Brasil, até para importar 0km, tendo dinheiro, dá trabalho, hahahahah!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email