Argentina Mercado Nissan Salões do Automóvel SUVs

Nissan: Altima não vem mais – utilitários esportivos estão no foco da marca japonesa

nissan-altima-2016-fabrica-eua-1 Nissan: Altima não vem mais - utilitários esportivos estão no foco da marca japonesa

O Nissan Altima não vem mais (confira aqui a Avaliação NA). Quem confirma é o novo presidente da Nissan, o brasileiro Marcos Silva, que assumiu o posto que antes era ocupado por François Dossa. A montadora japonesa não pretende voltar a vender um produto de nicho, ainda mais que o segmento de sedãs grandes vem sofrendo a pressão cada vez maior por parte dos utilitários esportivos. A marca nipônica deu amplo destaque ao Kicks, que acaba de chegar ao país vizinho.



nissan-rogue-sport-2017-2 Nissan: Altima não vem mais - utilitários esportivos estão no foco da marca japonesa

Silva não confirma nenhum novo lançamento da Nissan nesse segmento, mas é evidente que a marca japonesa tem um leque de opções que poderiam ser oferecidas no mercado brasileiro. O novo presidente citou vários modelos vendidos atualmente pela empresa, desde o compacto Juke até os grandes Pathfinder e Patrol. Estes últimos, no entanto, possuem maior apelo em mercados da Ásia, Oriente Médio e EUA.

nissan-buenos-aires-NA-5 Nissan: Altima não vem mais - utilitários esportivos estão no foco da marca japonesa

Na Argentina, a Nissan mostrou duas opções interessantes: X-Trail e Murano. O primeiro é conhecido como Rogue e já foi visto em testes no país. Segundo Marcos Silva, a unidade que anda rodando por aqui não pertence ao fabricante japonês. Questionado sobre a viabilidade de importação do Rogue (X-Trail) e Rogue Sport (Qashqai) a partir dos EUA, o executivo diz que é necessário avaliar a capacidade de atendimento das duas plantas americanas, localizadas em Smyrna (Tennessee) e Canton (Mississippi). Em caso negativo, o Japão surge como opção viável para importação. O Murano, por exemplo, é fabricado lá também.

Mesmo sem confirmação, a dupla Rogue/Rogue Sport aparece como uma dupla viável para o mercado nacional. O segundo, versão americana do inglês Qashqai, possui motor e câmbio usados pelo Sentra, o que reduziria os custos logísticos e de manutenção. Um Rogue Sport ficaria acima do Kicks, sendo um intermediário numa faixa onde se encontram Jeep Compass e VW Tiguan, por exemplo.

nissan-buenos-aires-NA-2 Nissan: Altima não vem mais - utilitários esportivos estão no foco da marca japonesa

Mais acima, com um porte maior e motor 2.5 de 170 cv com câmbio CVT Xtronic, o Nissan X-Trail é hoje fabricado em vários países e compete diretamente com Honda CR-V e o Novo Chevrolet Equinox 2018, por exemplo. Seria assim uma terceira opção da Nissan para quem quer mais espaço, conforto e desempenho. O Murano é ainda maior e fica numa faixa onde o VW Touareg aparece, por exemplo. Tem opção V6 3.5 e também é feito nos EUA. Mas, devido ao seu porte e preço, parece ter menos chances de aparecer por aqui.

Todas essas opções naturalmente devem estar sendo consideradas pela Nissan mas, assim como todos os outros fabricantes instalados no país e mais os importadores, a empresa aguarda as mudanças na política industrial brasileira. No momento, um novo regime – com vigência até 2030 – está sendo negociado entre fabricantes e governo, devendo ser anunciada até 30 de agosto, para que possa ser efetivada a partir de 1 de janeiro de 2018, já que o Inovar-Auto acaba no dia 31 de dezembro.

Viagem a convite da Anfavea. 

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

  • Zé Mundico

    Faz sentido. Não adianta insistir num nicho sem nenhum atrativo comercial, investir em logística e assistência num modelo que venderia 5 unidades por mês.
    Muito mais negócio investir no X-Trail que pelo menos tem nome e histórico de um excelente carro.
    Conheço gente que tem o X-Trail antigo (modelo 2010) e não se desfaz por nada nesse mundo.
    Tá certo que esse novo X-Trail é outro carro, mas tem uma referência e tradição que não se pode desprezar..

    • Ducar Carros

      Não dá para o Altima competir em preço com o Fusion, que vem do México. Manter uma estrutura de atendimento (peças, mecânicos treinados) para atender vendas de cinco unidades/mês é complicado.

      • invalid_pilot

        Nem Camry e Accord vendem bem e são das marcas queridinhas daqui.

        E como eu digo, a Nissan vai focar no Kicks e com isso acho pouco provável que venha o March novo.

        • V12 for life

          Como compacto premium acho que o novo March pode ser viável, mas substituindo o atual é pouco provável, melhor oferecer ambos.

        • saulo

          Nao vendem bem pq na faixa de preço de Camry e Accord estão Audi, BMW e Mercedes….ae fica dificil pras japonesas…rs

      • André

        O Altima vinha do México também, por isso seu preço era até mais baixo que o do Fusion 2.5.

        • Gustavo73

          O Altima vinha dos EUA. O preço era “baixo” pois os modelos a venda são 2014/2015

        • Lyn

          Altima sempre veio dos EUA.

      • Gran RS 78

        Aí que vc se engana, pois mesmo o Altima não sendo importado do México e pagando impostos maior de importação ele era vendido por 99 mil reais enquanto que o modelo da Ford mesmo sem pagar imposto, era vendido por 110 mil reais na versão de entrada. Isso mostra o quanto somos explorados pelas montadoras e governo.

        • NaoFaloComBandeirantes

          Altima era vendido abaixo porque não “emplacou” e a Nissan estava vendendo modelos de Model Year passados.

          É uma pena. Um super carro. Tive a oportunidade de viajar em um e é absurdo o quanto ele era bom.

          Porém você está certo quanto à exploração das montadoras.
          Lembro que quando o Altima chegou, ele tinha preços equivalentes às versões mais caras do Corolla.
          Mas o mercado não se interessou (seja pela desconfiança, seja pelo habito de comprar Toyota).

          Uma pena… Um grande produto que esteve por aqui.

  • rkimwb

    O Murano concorre com Edge e Santa Fé, não com o Touareg (que nos EUA custa 20k dólares a mais).
    Inclusive são estes dois com quem a Nissan compara o seu SUV no site americano.

  • A Nissan ja foi conhecida no país como a marca dos Suvs bons, na minha cidade tem um grupo que tinha concessionárias e lembro dos carros deles, Xterra, Xtrail, Pathfinder, ótimos suvs numa epoca que tinhamos poucas opções. Hoje perderam esse titulo pra Mitsubishi, que parece que esta perdendo tambem, pois seus SUvs vem caindo dia a dia.

  • Fedido

    SUV: Querendo ou não, você ainda vai ter um

    • Junoba

      Se tratando de Brasil, isso não vai ocorrer…

    • leandro

      1.0: Querendo ou não, você ainda vai ter um

      • Marco Antônio

        “usadinho bem conservado”, você ainda vai ter um..

        • duhehe

          1.0 : Check
          Usadinho bem conservado : Check
          SUV : Esperando uma opção boa, bonita, completa e ”barata”

          • Gustavo73

            Suv 1.0 compacto – Kiwd…

            • duhehe

              Renault : Nem de graça
              1.0 : Nem de graça
              Compacto : Nem de graça
              Popular : Nem de graça

          • Marco Antônio

            Vai esperar bastante.

      • XandeeM

        Desde que seja 1.0 turbo!Hahaha

    • FearWRX

      Não troco uma perua por um crossover nunca.

      • Fedido

        O que eu estou pontuando é a restrição do mercado. Cada vez menos sedãs e peruas dando lugar a crossovers e SUVs. Eu também não deixaria de comprar uma perua (adoro) por um crossover, mas infelizmente as peruas são cada vez mais raras – e as que sobram são bem caras

  • octavio cesar godoy

    Pathifinder

    • 1 Raul

      Saúde!

  • Bruno Rodrigues

    Esse Altima é uma verdadeira nave. Entre ele e o Fusion, eu iria de Altima sem pensar duas vezes.
    Pena ver o mercado brasileiro, ao invés de ter opções de todas as categorias e preços, as opções são de acordo com a moda da vez.

    • Freaky Boss

      Eu também iria de Altima

      • FRANKDELON

        O Altima é top. Tenho um Sentra e gosto muito do carro. Sem dúvida iria de Altima também. O preço em relação aos concorrentes é muito bom pelo que oferece.

  • Junoba

    A Nissan só trouxe o lote do Altima 2014 aqui no Brasil, depois disso não vendeu mais.

  • Louis

    Altima e Murano são maravilhosos.

  • afonso200

    altima 13 branco perolado, ja fiz medias de 16,7km/l no meu a 80km/h (sempre ando dentro da via)

    • Gustavo73

      Trocou o Azera?

  • Ricardo Blume

    Definitivamente estamos na era dos SUVs. Nos EUA, por exemplo, a venda dos sedãs está em forte queda e essa, ao que tudo indica, será uma tendência ao redor do mundo.

  • sigma7777777

    Ô presidente que não confirma nada! O jeito é aguardar, mas faço questão de dizer que o Sentra deveria ter sido nacionalizado. Vendia mais de mil unidades/mês, precisa mais que isso para fabricar aqui? Fabricando talvez sua plataforma permitisse a oferta de um SUV. A Nissan está devagar, até hora nem sinal de novo Versa. O que está acontecendo? Será que March e Versa sobreviverão sem mudanças? Que faça logo ao menos um sedan a partir do Kicks que ficará show, concorrendo bem contra o City e concorrentes.

    • MMM

      O problema que o Sentra pegou uma entre safra dos concorrentes e vendeu bem. Com a atualização de Cívic e Cruze, não ia ter chance alguma.

      • sigma7777777

        Por R$ 10 mil a menos teria. Corolla GLI custa cerca de R$ 92 mil, então o Sentra nacionalizado por R$ 82 mil e mais completo chamaria a atenção. Diferente das demais o público sabe que também é um carro japonês.

  • Racer

    Faço muito gosto no retorno da Pathfinder.

  • Freaky Boss

    As idéias óbvias estão no ar, e a Nissan dormindozzzzzzzzzzzz.
    A Nissan no passado trouxe uma boa linha de SUVs para o Brasil…Numa época em que quase nenhuma marca tinha…Não era o auge dos SUVs, mas pelo menos ligou a marca aos SUVs na cabeça de muitos por aqui… Aí, chega o auge do SUVs aqui e a marca demoooora para trazer. Vai chegar atrasada.
    Alguém pode falar: “ah , mas é cota/custo de importação”…Como a GM consegue trazer o Equinoxx? e A Renault o Koleos???
    Timing nos negócios é coisa que define vida ou morte.

  • nightwishjp

    Acho esse Altima lindo demais, e veio num preço competitivo à época. Mas o tradicionalismo desse nicho fez a diferença.

  • Hélio

    haja vaga de garagem

  • Martini Stripes

    Quando eles disseram que iam trazer o Altima, comentei que deveriam ter apostado no Qashqai, teriam feito mais mais sucesso, e o lançamento do Kicks já teria sido embasado num carro de segmento superior.
    Vacilo da Nissan

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend