Combustíveis Ecologia Japão Nissan Tecnologia

Nissan desenvolve novo sistema que substitui hidrogênio por etanol

nissan-ebio

A Nissan está desenvolvendo um novo tipo de célula de combustível para automóveis, o SOFC (Solid Oxide Fuel Cell), mas ao contrário dos dispositivos já vistos, este não utilizará hidrogênio, mas etanol. A tecnologia é chamada de e-Bio (foto acima em bancada de testes) e utilizará o etanol comum, obtido através de culturas de cana-de-açúcar ou milho, onde Brasil e EUA, respectivamente, são os maiores produtores.

A Nissan decidiu trocar o hidrogênio pelo etanol por conta da falta de infraestrutura adequada e sua complexidade no caso do primeiro, que possui riscos e exige a instalação de tanques pressurizados, tanto nos postos quanto nos automóveis. Em ambos os casos, tais tanques precisam ser feitos de fibra de carbono, sendo assim caríssimos.

Além disso, em relação aos automóveis, não há necessidade de tanques especiais e o sistema de células de combustível E-bio dispensa o uso de platina e outros materiais nobres no catalisador, que são muito caros. Isso porque a tecnologia funciona em temperaturas mais altas que as dos carros movidos por hidrogênio.

Com isso, um carro movido por células de combustível E-bio poderá ser abastecido com etanol em qualquer posto, sendo muito mais barato que um equivalente movido por hidrogênio. A previsão é que o primeiro modelo SOFC e-Bio da Nissan apareça em 2020.

sistema-sofc

Como funciona?

Apesar de utilizar etanol e ser mais barata que as células de combustível tradicionais, a tecnologia e-Bio ainda necessita do hidrogênio para obtenção da energia elétrica, necessária para mover o motor e ser armazenada por baterias de lítio. Ainda assim, permitirá autonomia de mais de 600 km e funcionamento em modo elétrico, com emissão zero.

O processo é feito internamente, através de um dispositivo chamado reformador. Ele extrai o hidrogênio do etanol contido no tanque de combustível e o injeta nas células de combustível. Apesar de ter uma etapa extra, a tecnologia e-Bio apresenta mais vantagens que o sistema tradicional.

Assim, pode-se utilizar o etanol direto da bomba de combustível. E mais, o combustível não precisa ser puro, podendo ser misturado com até 55% de água, o que reduz ainda mais seu custo operacional. No entanto, a Nissan ainda está trabalhando para tornar o E-bio realmente eficiente e confiável.

Por enquanto, a engenharia trabalha para melhorar a gestão térmica do e-Bio, que não funciona perfeitamente em oscilações bruscas de temperatura, já que necessita de níveis térmicos mais elevados. O sistema só permite uma performance adequada após o aquecimento.

Outro ponto ainda a ser resolvido ou não, é a emissão de dióxido de carbono – subproduto da reformação do etanol – junto com vapor de água e calor, já que estes dois últimos são resultantes dos carros movidos por hidrogênio e assim apresentam emissão zero. Mas a Nissan argumenta que o CO2 é emitido em quantidade considerada “carbono neutro”, sendo absorvido pelas culturas de cana e milho.

Mesmo ainda trabalhando com Daimler e Ford no desenvolvimento de células de combustível tradicionais para carros com hidrogênio, a Nissan deve estabelecer um novo panorama energético com o e-Bio, que poderá encontrar nos EUA um mercado muito promissor. A tecnologia também pode ser aplicada ao Brasil, onde o etanol é um dos combustíveis mais utilizados, o clima é geralmente quente e tem a maior produção mundial de cana.





  • Eduardo Brito

    Muito interessante essa tecnologia. Se for realmente viável e ser uma tecnologia limpa, pode ser o futuro da energia em automóveis, principalmente nos EUA e Brasil.

    • Pacheco

      Quem sabe o futuro do Etanol no mundo.

  • Mr Andrey

    Enfim um carro movido a água mesmo que seja apenas 45%. Tecnologia sensacional, tomara que tenha futuro.

    • Marco Antônio

      Arábia saudita odiou essa notícia. kkkkk

      • Alberto Prado

        Elon Musk tb (e a Panasonic) não curtiu muito, pois em parte o carro dele é baseado em energia de um banco de baterias com descarga rápida. Ele teria que alterar um pouco para absorver essa tecnologia se ela vir a ser um padrão no mercado. O que tem grandes chances já que ela será mais barata.

        • Marco Antônio

          kkkkkkkk então. Muita gente torcendo o Nariz.

        • Edson Fernandes

          E porque acharia ruim? O negocio é que ele poderia utilizar essa tecnologia no veiculo deles. O que seria ainda mais benefico. Isso comprovando a eficacia.

      • Mr Andrey

        Nenhum pais árabe curtiu isso kkk

    • leandro

      Quase dava pra jogar metade da caninha 51 na goela e a outra metade no tanque

      • Mr Andrey

        Pior que Procede kk

  • th!nk.t4nk

    Lembrando que é um carro elétrico, essencialmente. A diferença é que ele troca as caríssimas baterias por todo esse conjunto (tanque de etanol, extrator de H2 do etanol e geração de energia elétrica). A eficiência energética tem tudo pra ser bem elevada, se resolverem as barreiras técnicas.

  • Fabricio Oliveira

    Isso iria revolucionar a economia do Brasil e Salvar o prdoutores de álcool. Iria gerar mais emprego e acabar com o monopólio da Petrobras, o que seria ótimo.

    • Heisenberg

      O problema é a competição entre produzir açúcar e etanol… por mais exista as tecnologias que há reaproveitamento do bagaço o valor entre produzir etanol e açúcar é ainda o fator que conta. No momento em que o preço estiver lá em cima do açúcar eles vão virar as costas para o etanol, além da problemática da entressafra.

      • Andre Maruska

        Nao so isso, ficariamos a merce de apenas poucos produtores e realmente uma concorrencia leal. O que fariam os precos explodirem.

        • JS-ES

          Na verdade, não necessariamente, isso é uma visão achando que isso explodiria da noite para o dia, o alcool já é utilizado em larga escala aqui e nos EUA (claro menor que a Gasolina e Diesel) o que vai ocorrer é que isso pegando todo mundo vai querer produzir alcool, e hoje até de celulose estão produzindo, isso ainda elimina parte do problema da açúcar, já que é extraído do bagaço e folhas, aqui no Brasil é claro.

      • Alberto Prado

        Cara, eu fico doido da vida com essa merda de desculpa da entressafra. Os EUA tem estoque de petróleo e seus derivados para coisa de 6 a 8 meses sem precisa importa/extrair/ refinar nada e aqui essa merda de governo/mercado não consegue construir armazenagem pra estoca na baixa e vender na alta…

        • Pacheco

          Interesses amigo… vai estocar e acabar com o lucro? Governo ganha em impostos o percentual da venda. Quanto maior o valor, maior a arrecadação.

        • Heisenberg

          Mas aí já é outros 500… Envolve o tipo de petróleo e políticas nacionais (e entre outra picuinhas histórica) que os Estados Unidos possui.

  • Fabricio Oliveira

    Eu mesmo, montaria um alambique e abasteceria com cachaça.

  • zekinha71

    Agora sim com essa tecnologia,aqui teremos carros elétricos.
    A rede de postos já existe, o etanol batizado com água já está bem disponível, só falta o carro.

    • Pacheco

      2/3 pronto… só falta 1/3. Suave… bora comemorar… kkkkk

  • vicegag

    Aplicada no Brasil, somente depois que a maioria dos países já a utilizarem, e se parte de alguns destes componentes caros, puderem ser trocados por outros mais cara de Brasil
    (Tabajara ), como trocar a fibra de carbono pela de vidro, de babaçu ou piaçava.

  • EuMeSmObYmYsElF

    donos de postos e usineirs no brasil curtiram a ideia.. agora vão venter etanol E30. 30% etanol e 70% agua

    • vicegag

      Vai ser A70 para valorizar o numeral, como aquela enganação que o grupo pão de açúcar criou, e que outros supermercados copiaram, a de vender aparentemente mais barato vendendo o que se vendia por quilo trocando pela sua fração (gramas).

  • Wald Queiroz

    No meu entender, penso que o futuro no combustível vai ser quando sua dependência recair sobre bens que o governo atualmente não taxa como a luz solar e o vento (acredito até que pela sua impossibilidade), pois no dia que esse E-Bio sair bota o preço dele lá para R$ 8,00 o Litro e deixa a Gasosa a R$ 5,00 para ver quem vai abastecer com o E-Bio! Acho até que, mesmo assim, havendo carros movidos a Energia Solar ou Eólica, o Governo dará um jeito de criar Tributos que compensarão as perdas com a falta de cobrança de impostos sobre os combustíveis fósseis…

    • Tosoobservando

      Mas o governo nao ia estocar vento?

      • Wald Queiroz

        Onde?

        • Tosoobservando

          Não sei a Dilma que anunciou, deve ter alguma fabrica no Ceara..

          • Wald Queiroz

            kkkkkkkk. Aqui eu tenho certeza que não! Pode até ter carro movido a fezes de jumento, mas estocar vento penso ser muita modernidade para nós! Salvo nos casos de flatulência interrompida!

  • V12 for life

    Primeira tecnologia alternativa que achei realmente interessante, boa autonomia e o tempo padrão de uma parada no posto pra reabastecer.

  • Daniel

    Preço do etanol subindo em 3, 2, 1…

  • Celso

    Nos carros a células de combustível q usam hidrogênio, no fundo o hidrogênio é um armazenador de energia elétrica (pense bem, gasta-se energia para separá-lo da água, q é então usada na célula de combustível no carro), como se o hidrogênio fosse uma bateria. Aí acho q os elétricos são + viáveis, ambos são caros mais ou menos igualmente (tirando a velocidade de recarga das baterias). Esse sistema dá uma nova fonte de hidrogênio, uma nova luz às células de combustível. A reportagem é superficial, é lógico, há muitos detalhes, como custos e eficiência comparativas a discutir.

    • Nazareno Araújo Rodrigues

      E energia elétrica é “Gratis”, né? Ainda mais no Brasil… Imagine o tamanho da nossa frota de veículos (Carros, ônibus, Caminhões, Utilitários, etc…) sendo carregados na “Tomada”…
      Muito “Viável”…
      Já te contaram que Bateria tem “Vida Útil” e é “Poluente”? Imagine o que fazer com Tantas Baterias descartadas!!
      A Nissan não está falando de uma “Teoria de Fundo de Quintal”, ela Já tem Protótipos FUNCIONANDO, e só está Aperfeiçoando!
      Fica aí esperando seu “Carro a Vela”, que você só vai poder usar quando estiver Ventando Muitooooo…

      • Celso

        Sem educação, nenhuma discussão vale a pena.



Send this to friend