Nissan Sedãs Tecnologia

Nissan e Jatco estariam desenvolvendo uma nova caixa CVT

nissan-lannia-10

A Nissan e a fabricante de transmissões Jatco estariam desenvolvendo uma nova caixa CVT de sete marchas virtuais, batizada de CVT7 W/R. O dispositivo utiliza uma nova tecnologia que permite melhor performance durante a condução.

nissan-lannia-7

Isso seria feito através de um controle de deslizamento ativo, que evitaria esforços desnecessários ou excessivos do motor nas saídas, poupando assim combustível.

nissan-lannia-4

Além disso, correias e polias agora possuem fricção reduzida, tendo ainda reforço na lubrificação com uma nova bomba. O primeiro carro a usar a CVT7 W/R será o Nissan Lannia na China.

[Fonte: Just-Auto]





  • Adriano

    Peguei um sentra 2012 cvt, justamente pelo cvt e pelas ladainhas contadas por ai, a famosa economia, por fim o bicho faz 7 na gasolina e 5.5 no álcool na cidade, os 10 km na cidade ficaram só nos sites mesmo.

    • Roger Rosato

      Sentra, Fluence, Lancer & Cia estão aew pra provar que CVT não somente é sem graça como uma total mentira com relação à economia de combustível.

      • Darwin Luis Hardt

        meu amigo tinha um sentra 2012 CVT e fazia média de 11km/l. O corolla AT 2012 4 marchas do meu pai faz isso também, entao nao dá pra dizer mesmo que é mais econômico por ser CVT.

        Eu tenho um honda fit CVT (modelo antigo) e é bem econômico, chegando a fazer até 17km/l na estrada. Na cidade ele faz 10km/l tranquilo. Depois quando a segunda geraçao tiraram o CVT, ele passou a consumir muito mais que isso, entao decidiram na última geraçao lançada retornar ao CVT e as médias melhoraram, só nao estao iguais ao antigo CVT, deve ser por causa do peso, dimensoes, etc. Mas no caso do CVT da Honda deu bem certo.

        • Foxtrot

          Se não me enganoma primeira geração do FIt usava o mesmo CVT que a Nissan, enquanto essa nova geração vem com CVT da própria Honda.

          • Darwin Luis Hardt

            Também acho que seja isso.

            Ou seja, então é econômico mesmo o CVT, acho que quem tá gastando muito no CVT deve pisar com mais moderação. Sei lá

            • Adriano

              Não adianta, já tentei dirigir de tudo quanto é forma, e mesmo assim é alto kkkkk

          • Edson Fernandes

            Não é a mesma não. A da Honda anterior utilizava uma especie de embreagem para acionamento das polias variaveis. Enquanto há um conversor nas CVTs da Nissan.

        • Disq

          Consumo do corolla 2.0 2015 na estrada andando suave, entre 80 e 100 km.

          • Foxtrot

            Eu fazia 15k m/l com o Sentra 2012 andando nessa faixa de velocidade em região de serra.

          • Roger Rosato

            80 km/h?! Fiz 20.5 km/l com um Malibu 2.5 automático covencional nessa velocidade.

        • Ygor Soares

          Seu Fit deve ser o 1.8 a gasolina então! Se for, era uma ótimo carro!

          • Gabriel Araujo

            No Brasil não existe Fit 1.8. Por aqui só lançaram 1.4 e 1.5, ambos muito bons e econômicos.

            • Ygor Soares

              Sim, acabei trocando as bolas! O motor a gasolina e cambio cvt era bem econômico!

      • Foxtrot

        Não é mentira, os Sentras CVT mais antigos eram mais econômicos, o que matou a economia foi quando o motor virou Flex.

        • Roger Rosato

          Realmente, não é mentira.

      • Adriano

        Então o fluence tem o lance de simular marcha, nunca andei mas deve ser mais prazeroso, o sentra é muito confortavel, porém se a vontade é dirigir esquece!

        • Roger Rosato

          O Fluence tem simulação de marcha?! Só se for no modo Sport… esses câmbios CVT que simulam marchas são os mais novos da Honda e Toyota.

          • Adriano

            Será que comi bola? Li em algum lugar sobre isso, acho que me confundi então!

          • Edson Fernandes

            Tem sim. Mas no modo sequencial apenas.

            • Roger Rosato

              Sim, foi o que quis dizer com “modo Sport”

    • Bruno Wendel Marcolino

      realmente, sempre ouço falar bem do CVT pela economia, tanto Sentra como Fluence.

      A sua caixa está bem revisada?

      • Adriano

        Sim, todas revisóes em ccs, est[a com 47 mil, não é anormal, andei em outro sentra e o CB marcava a mesma coisa.

        • Bruno Wendel Marcolino

          Sugiro que entre no clube do Sentra do Facebook, lá tem bastante gente que sabe te dizer o que pode estar ocorrendo.

          • Adriano

            Vlw a dica, tinha um forum com tudo que se precisava, porém parece que saiu do ar =/

            • Edson Fernandes

              Adriano, não tem jeito o consumo é pelo peso do veiculo também e como esses motores respondem. Com 3 semanas de uso de um Fluence, eu te digo que minha média na cidade é entre 6 a 7 km/l no alcool.

              Faço entre 10 a 10,5km/l na estrada andando sempre no sequencial que consegue evitar aumentos desnecessarios de rotação.

              • Bruno Wendel Marcolino

                A diferença é que segundo ele, faz isso na gasolina :O

                Achei meio absurdo o consumo, mas enfim.

                • Edson Fernandes

                  Sim é sim.

                  Não é incomum isso não viu. A diferença pode ser a forma de condução ou trajeto. Eu nos meus trajetos consigo incrivelmente manter 1500rpm para me deslocar e 0 a 90km/h por exemplo. Mas se vc precisa pegar aclive, precisa subir a rotação.

                  Se a pessoa aprender a pisar progressivamente no acelerador, ela consegue manter bom consumo, mas se quiser pisar de uma vez para ter resposta imediata, o carro vai subir de giro para cima de 3000rpm e o consumo vai pro ralo.

                  Tem que saber acostumar com essa forma de entrega. Eu confesso que gosto porque sempre acelerei progressivamente os meus carros (exceto situações que precisava de força e jogava redução e pisava mais pesado. No CVT ele vai variando rotação até que vc pise. Se fizer isso ele vai subir os giros em 5000rpm ou mais e te empurrar contra o banco. Mas sim, se a pessoa quiser sempre ter performance, vai ser cobrado no consumo.

              • Adriano

                6 a 7 na cidade acho muito bom, enchi o tanque ontem, rodei mais de 20 km e está marcando 7 km/l, mas logo ele já cai para 5~5.5, fazer o que rsss.

                • Edson Fernandes

                  Eu enchi hoje mesmo.
                  Mas agora quero testar na gasolina par medir se vale a pena usar na gasolina. Vamos ver…

            • Bruno Wendel Marcolino

              Exato, tentei achar ele aqui mas não tive sucesso, acho que saiu do ar mesmo, no Forum do Tiida era o mesmo adm se não me engano, de repente pergunta pra ele.

              Abs.

              • Adriano

                Pois é, uma pena, vou entra no do face mesmo e ver no que dá.

    • Daniel

      Cara, tenho uma ASX CVT. O que ela gasta na cidade varia muito de acordo com o percurso, trânsito etc. A minha que não é Flex da entre 5.5 e 10 na cidade. Na estrada 12,5, 13.

      • Adriano

        Na estrada ele vai bem a 100 km/h faz 15 e 13 a 120 km/h, porém quando cai na cidade ai já era.

    • Bruno_O

      Pois o Subaru Forester da sogra (~1500kg, formato de caixote) faz 8.5km/l na cidade (2.0 + CVT + 4×4). O mesmo conjunto num hatch/sedan 4×2 e com melhor aerodinâmica faria 10km/l fácil.
      CVT é muito bom sim, mas não adianta juntá-lo com um motor não eficiente. O Corolla 2.0 deu um belo salto em econômica quando largou o AT4 pelo CVT.

      • Adriano

        Mais ai é outro motor e depende da cidade, moro em SP, se não é farol é transito ou valeta, ou lombada, SP é um lixo! Temos que andar sempre em marcha lenta até chegar em uma avenida.

    • Mauro Schramm

      Quanto seu carro anterior consumia no mesmo uso?

      Pela tabela do INMETRO, onde todos os modelos são testados sob as mesmas condições, o Sentra apresentou eficiência energética quase idêntica a do Corolla 2.0. Mas claro que em condições diferentes os modelos podem apresentar desempenho diferente.

      • Adriano

        Tinha um focus 2.0 manual, com a gasolina atual estava fazendo entre 8 e 9, já cheguei a fazer 10 antes de mudarem a % de alcool, e detalhe, sempre andava com pé embaixo, o sentra eu quase nem piso

        • Darwin Luis Hardt

          flex estraga o carro
          meu pai tinha um corolla AT 2006 gasolina, fazia 12 e 13km/l de média
          o 2012 AT flex dele faz 11

          • Adriano

            Flex é lixo demais, pode apostar que o 1.4 tsi flex vai gastar bem mais q o mono, porém com a qualidade da gasolina aqui é melhor ir no alcool mesmo.

          • Bruno Wendel Marcolino

            a questão é que em 2006 a gasolina não era tão alcoolina. hehe

    • Raphael Schiavon

      Eu estou com um Sentra 15/16, acabou de fazer 3400 km rodados, ando 60/40 estrada/cidade, não penso em econômia mas não piso fundo sempre, e ele está fazendo mais de 7 no álcool. Tinha um focus 2.0 manual, que fazia no máximo 6,5 no álcool no mesmo trajeto.

      Claro que não é um carro com câmbio esportivo, mas o custo benefício dele é execelente, custa muito menos (69.900) que um corolla (84.000) e entrega a mesma coisa.

      • Adriano

        Parece que o modelo novo está mais economico mesmo

    • HenriqueHJ

      O que matou foi quando eles transformaram nele em Flex.

      eu tenho um Sentra 2012/2013. o consumo dele fica na média de 8,5 a 9,0 pisando normal sem dar uma de piloto de fuga, se meter o pé o consumo cai pra 7,0. mas na estrada ele consome bem menos. eu andando de RJ-SP. o meu computador de bordo marca em torno de 16,5 km/l isso eu andando direto em120 km/h. e as vezes em locais sem radar botava a 140.

      mas antes de comprar o sentra eu andei no carro de um amigo o modelo sem ser flex ( o do comercial do não é carro de tiozão). e andava nesse sentra pisando sem dó e a marcação ficava em 10,0 km/l. eu achei bem estranho que o meu estivesse fazendo 8,5. fui pesquisar e achei um explicação plausível.

      quando transformaram o motor mono para flex. o que a nissan fez que ao invez de refazer o sistema todo, ele simplesmente trocou as peças anticorrosão para que suportassem o alcool. e como a gasolina é mais fina, para que o alcool tivesse pressão da saida nos bico da injeção. eles simplesmente alargaram os bicos. para que pudesse andar com alcool o bico alargado um pouco e assim aumentou o consumo da gasolina.

      percebi também que a calibragem do pneu influenciava muito, pois como a suspensão do sentra era mais duro, no manual indicava para calibrar 33. mas tem gente por causa da dureza baixava a calibragem para 30. e eu fiz isso e senti que o carro gastava mais.

      • Adriano

        Opa, belo comentário amigo, obrigado pelas informações, não sabia da gambiarra kkkkkk, por isso não tem alteração no cv desse carro.

        Eu dirijo esse carro mais na manha, ficaria muito feliz se fizesse nove na cidade, na verdade já consegui média de 8.5 rodando cerca de 20 km pegando um pouco de transito, mas quando deixo o CB medindo desde o começo (sem zerar) ele derruba muito o consumo, reparei tbm que quanto mais vazio o tanque, mais ele consome.

        Ah detalhe, meu CB está marcando certinho.

        Eu sempre ando com ele em 33, fica bem duro mesmo.

        • Edson Fernandes

          Vamos lá…
          Ele vai consumir sim mais qdo o tanque está mais vazio. O combustivel bate de um lado para o outro no tanque e evapora. Além disso, o CB considera o tempo parado em transito / semaforo e sua média cai bem por conta disso. É o mesmo caso do Fluence.

          Só que se eu considerar isso, então o Fluence faz 4,7~4,9km/l, mas no papel eu sempre consigo entre 6 e 7km/l com alcool.

          • Adriano

            Eu imaginava que consumia mais quando cheio, por causa do peso, meu problema maior nem está sendo tanto transito e sim, valeta, lombada, subidas, enfim vou comerçar a andar só em avenidas kkkkkkk

            • Edson Fernandes

              Bem… se vc pega muitos trechos de aclive aí não tem milagre. Há algum sedan médio que faz muito melhor nessas condições?

    • Ailton

      Tive um fluence com esse mesmo câmbio e faz essas médias mesmo… Esse câmbio não dá!

      • Adriano

        Vlw, bom saber que não tem nada de errado no bicho.

  • V12 for life

    A notícia é interessante, mas o Lannia nunca deveria ter saído da fase de desenho.

  • Wald Queiroz

    É isso o que dá dividir obrigações! O Engenheiro desenhou por dentro e o Estagiário por fora!

    • Mauro Schramm

      Engenheiro projetando interiores? #medo hahahaha

      • Bruno Wendel Marcolino

        kkkkkkkkkkkkkkk cada uma!

        Por isso que tem alguns carros com parafusos aparentes!!! kkkk

  • Gustavo73

    E a famosa CVT toroidal?

  • kravmaga

    Até que o visual desse Lannia da foto é bem melhor do que o do Sentra.

    O ajuste do CVT no Sentra até que não é ruim, mas achei o do CVT no ASX péssimo. Não andei ainda no Corolla novo, mas parece que foi o CVT mais bem ajustado segundo os testes que vi.

    • Louis

      Do Corolla eu aprovo, muito bom!

    • Adriano

      Não gostei do CVT do sentra, barulhento e beberrão, sempre aproveito as decidas, mas o consumo se mantem péssimo. Na subida faz só barulho e o bicho não vai, só quando tucha o pé.

      • Edson Fernandes

        Na verdade tem que pisar progressivamente. Se fizer isso, verá que ele irá ajustar a polia e vc vai embora.

        Felizmente no Fluence tem o modo sequencial que ajuda a criar um paralelo com as polias variaveis onde te dá um controle maior em aclives. Mas dá para controlar, mas tem que pisar progressivamente.

  • Freaky Boss

    No Brasil em 2027, num carro que até lá custará 200mil

  • sigma7777777

    Em resumo, o CVT na estrada gera uma grande economia, mas na cidade há um consumo moderado se o condutor “pisar de leve” e alto consumo se “pisar com força”.

    • Edson Fernandes

      Isso é verdade! Passou de 3500rpm sempre, vc ve o ponteiro descer com vontade. Agora, se ficar até 2500rpm, ele vai numa boa e é economico (ou para alguns, menos beberrão).

  • sandroma

    Tenho um Sentra igualzinho ao citado, mesmo ano, e o meu também faz a mesma média no trânsito de BH. A questão é a seguinte: Não dá pra fazer milagre no para e anda das grandes cidades, afinal é um carro grande/pesado. Na estrada já melhora bem. Faço uns 14 km/l na montanhas de Minas, andando com 4/5 passageiros com as bagagens e pisando bem (média de 130 km/h). Acho que carro sensacional, compraria o modelo novo se pudesse, mas como o bicho está pegando pra mim com essa crise vai ficar só no sonho mesmo. Na verdade se as coisas não derem uma melhorada no próximo ano vou ter que troca-lo por algo mais econômico (cadê você Versa Automático???? )



Send this to friend