Híbridos Nissan Pickups

Nissan Frontier deve receber eletrificação em 2024

Nissan Frontier deve receber eletrificação em 2024

A Nissan Frontier deve seguir o caminho da Toyota Hilux nos próximos anos e também ganhar eletrificação como a conterrânea rival, de acordo com o site australiano Carsales.


Na próxima geração, a picape média da Nissan terá um powertrain híbrido para reduzir emissão de CO2 e também o consumo, fazendo médias muito superiores às atuais.

Stephen Lester, CEO da Nissan na Austrália, disse: “O interessante da eletrificação é que, no momento, ela é limitada pela imaginação em termos do que ela pode fazer.

É aí que, em conceitos como veículos e pick-ups, existe uma oportunidade, com certeza, que não é limitada pela tecnologia ou pelo que o trem de força pode fazer ou entregar, que não se adéqua ao veículo.”

Nissan Frontier deve receber eletrificação em 2024

Prestes a receber uma importante atualização de meia vida, conforme já mostrado em vídeo de divulgação dos próximos lançamentos da Nissan, a Frontier híbrida não teve seu combustível revelado. Não deixa de ser interessante diesel, o que ampliaria enormemente sua autonomia e reduziria muito a emissão.

O conjunto provavelmente terá uma nova transmissão automática com motor elétrico integrado dentro da caixa, permitindo uma força extra, mesmo com o propulsor desligado.

Assim, a tradicional estrutura carroceria de aço e chassi de longarinas seria mantida, bem como eixos robustos e cardã. Podemos esperar também pela tecnologia ProPilot avançado, que levará ao veículo, capacidade de condução semiautônoma.

Outro ponto importante é que a próxima geração da Nissan Frontier será desenvolvida em conjunto com a Mitsubishi, gerando assim a próxima L200 Triton, bem como a segunda Renault Alaskan. Fábricas de Córdoba e Catalão devem ser as responsáveis pela produção dessas três picapes renovadas.

A hibridização é o próximo passo na evolução das picapes médias globais, adicionando mais tecnologia embarcada para atuação no campo, inclusive como fonte de energia para trabalhos executados com o produto.

[Fonte: Carsales]

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Cromo

    Me parece mais lógico a Nissan usar o sistema e-Power, q elimina câmbio e outras coisas mais. Além disso, o e-Power já é mais próximo de uma versão totalmente elétrica, ao trocar o conjunto motor-gerador por uma bateria maior.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email