_Featured Eventos Nissan Super Carros Test Drive

Nissan GT-R 2015: Godzilla ataca no Brasil de forma quase oficial

nissan-gt-r-2015-impressões-NA-20-700x466 Nissan GT-R 2015: Godzilla ataca no Brasil de forma quase oficial

Com uma história que remonta ao distante ano de 1969, o Nissan GT-R é herdeiro do lendário Skyline, um dos mais cultuados esportivos do mundo. O bólido foi chamado de “Godzilla”, uma referência ao conhecido monstro da ficção japonesa.



E não é para menos, já que o Nissan GT-R desde o Skyline vem devorando títulos em várias competições mundo a fora. A primeira geração foi feita até 1973, sendo equipada com motor 2.0 de quatro cilindros com 160 cv e 18 kgfm.

Então, surgiu a segunda geração em 1973, que não teve êxito por causa da Crise do Petróleo. Depois de 16 anos, o bólido ressurgiu em 1989 (R32), ganhando o apelido de Godzilla. Ele tinha motor seis cilindros 2.6 de 280 cv e ganhou 29 das 29 provas do campeonato japonês daquele ano!

nissan-gt-r-2015-impressões-NA-22-700x467 Nissan GT-R 2015: Godzilla ataca no Brasil de forma quase oficial

O monstro nipônico das pistas foi se destacando rapidamente e acumulando recordes e vitórias, sendo o vencedor do campeonato japonês de turismo por quatro anos seguidos, especialmente na quarta geração de 1995 (R33). Em 1999 surge a quinta geração (R34), que pela primeira vez focou mais no conforto. Por fim, o ano de 2007 chegou a “insanidade” dos engenheiros da Nissan produziu um novo e excitante esportivo, o GT-R.

Pela primeira vez o nome Skyline foi deixado de lado e o Nissan GT-R (R35) surge como herdeiro oficial do anterior, tendo várias referências deste em termos de estilo e engenharia. A época, foi comparado dentro da empresa aos robôs do anime Gundam. Para a montadora, ele não é uma mera cópia de esportivos europeus, mas a síntese da cultura japonesa.

O projeto envolveu até a participação de Kazunori Yamauchi, ex-piloto e fundador da Polyphony Digital, empresa que criou o game Gran Turismo. Ele desenvolveu o display multifuncional do Nissan GT-R. Desde 2007, o esportivo vem recebendo atualizações. Um modelo 2015 foi apresentado pela Nissan e experimentado pela imprensa brasileira no circuito Velo Cittá, no interior de São Paulo. O carro é o mesmo que foi exposto no Salão do Automóvel 2014, mas apesar da ação da montadora, ele não deverá ser vendido oficialmente no Brasil.

O Nissan GT-R 2015 vem com uma série de atualizações, entre elas nova calibração da suspensão para um rodar mais macio, acabamento interno com materiais de melhor qualidade, faróis de LED e reestilização dos para-choques. O cluster ganhou detalhes imitando fibra de carbono e o Bose Active Noise Cancellation, que monitora sons do motor e interior, anulando frequências indesejáveis para o condutor.

Entre os itens de maior destaque estão os amortecedores Bilstein DampTronic, ajustáveis eletronicamente nos modos Normal, Comfort e “R”. O controle de estabilidade também é ajustado conforme o modo de condução, podendo ser escolhido através de três botões no painel.

nissan-gt-r-2015-NA-2-700x465 Nissan GT-R 2015: Godzilla ataca no Brasil de forma quase oficial

Coração do Godzilla

O Nissan GT-R vem equipado com motor V6 3.8 twin-turbo assinado pelo engenheiro que o montou, entregando 552 cv e 64 kgfm entre 3.200 e 5.800 rpm. O bólido é equipado com transmissão de dupla embreagem e seis velocidades. Esta fica posicionada no eixo traseiro e a tração nas quatro rodas é acionada por uma caixa de transferência para o eixo dianteiro.

Com equilíbrio 50:50, o Nissan GT-R é construído sobre a plataforma PM (Premium Midship), uma evolução da base que surgiu no Skyline de 2001. Bastante rígida, a estrutura favorece o sistema de tração nas quatro rodas, que mantém 50% do torque em cada eixo ou apenas nas rodas traseiras, conforme a situação de condução.

Dados de velocidade, aceleração lateral, deslizamento de pneus, superfície da pista e da curva, entre outros, são analisados pelo sistema para determinar o melhor ajuste da tração. Até mesmo o combustível no tanque, quase dividido pelo diferencial é equilibrado por uma bomba interna a fim de manter a estabilidade durante a condução.

nissan-gt-r-2015-NA-21-700x465 Nissan GT-R 2015: Godzilla ataca no Brasil de forma quase oficial

A carroceria possui um perfil bastante aerodinâmico e pensado para criar maior efeito downforce e gerar mais controle ao veículo, embora não deixando de lado o ganho em performance em velocidades altas. A suspensão dianteira é composta de duplo “A” com molas diferentes de cada lado, a fim de compensar o peso maior de um dos lados do carro (piloto e caixa de transferência), enquanto a traseira é multilink.

As rodas de alumínio têm aro 20 polegadas com pneus 255/40 ZR20 na frente e 285/35 ZR20 atrás. Os freios são da Brembo com pinças amarelas e discos de freio perfurados. Com tudo isso, o Nissan GT-R 2015 vai de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos e atinge máxima de 315 km/h. O modelo bateu o recorde da pista de Nürburgring-Nordschleife em 2013, fazendo 7m08s e tornando-se o esportivo de produção seriada mais rápido nesse autódromo.

nissan-gt-r-2015-NA-34-700x455 Nissan GT-R 2015: Godzilla ataca no Brasil de forma quase oficial

Impressões ao “pilotar”

Dirigir o Nissan GT-R é possível para qualquer motorista sem experiência em esportivos. Desde que mantendo-se no modo Comfort com a função “Save” ativada, o condutor terá um “monstro” bem dócil nas mãos, que ainda vai entregar algum conforto ao rodar e um ambiente interno um pouco mais acolhedor.

Essa característica o converte em um dos poucos superesportivos do mundo que podem ser dirigidos no dia a dia e ainda assim participar de um track day no final de semana, tendo somente alguns ajustes nos parâmetros da suspensão e um jogo de pneus para gastar.

A posição de condução é totalmente esportiva. Compacto, o espaço se ajusta perfeitamente ao tamanho e postura do motorista, garantindo conforto ao dirigir e a melhor posição para dar muitas voltas na pista. O volante é pequeno e tem dois grandes paddle shifts de magnésio. Como o piloto não vai trocar de marcha em plena curva, eles são fixos.

O painel análogo-digital tem informações bem claras e objetivas, assim como o display multifuncional da Polyphony, que apresenta todos os parâmetros de condução e performance do veículo, mesmo os dados mais específicos. Assim, o piloto saberá exatamente o que acontece no carro e fará os ajustes necessários para melhor performance.

nissan-gt-r-2015-NA-25-700x494 Nissan GT-R 2015: Godzilla ataca no Brasil de forma quase oficial

Os modos de condução mudam a sensibilidade do Nissan GT-R de forma instantânea sendo facilmente perceptíveis. Resposta do acelerador, maciez da suspensão, sensibilidade dos freios, entre outros, são alterados rapidamente. O motor no modo Comfort é “protegido”, nunca entrando na faixa vermelha.

O V6 3.8 twin-turbo de 552 cv funciona com suavidade e pode ser tocado de forma bem mansa, sem exageros no modo Comfort. No entanto, ainda assim, se o pé afundar no acelerador o Nissan GT-R vai começar a mostrar que não é à toa chamado de Godzilla.

O propulsor despeja parte de sua cavalaria insana muito rapidamente e o condutor é pressionado contra o banco com facilidade. Ele ataca as curvas como se estivesse sobre trilhos, oferecendo total controle ao condutor, que pode explorar um pouco mais o Nissan GT-R nesse modo. Dá para ter performance altamente esportiva no modo mais “fraco”, que parece já estar bom demais para quem não tem experiência com carros desse nível.

No entanto, o modo Normal parece levar o termo somente ao mundo restrito do Nissan GT-R, pois é bem mais radical em termos de dirigibilidade e performance que no modo anterior, garantindo uma condução em pista de dar inveja em muitos concorrentes de peso. Apesar de toda a força do propulsor e poder da tração nas quatro rodas, o “piloto” vai ter o carro não mão boa parte do tempo.

nissan-gt-r-2015-impressões-NA-29-700x377 Nissan GT-R 2015: Godzilla ataca no Brasil de forma quase oficial

Mas, o suprassumo do Nissan GT-R é o modo “R”. A suspensão fica em sua rigidez maior, o V6 3.8 entrega tudo e mais alguma coisa, enquanto a transmissão passa a responder ainda mais rápido. Conduzir em modo automático, jamais. O giro sobe muito rapidamente e as trocas podem ser exploradas ao máximo, garantindo ainda mais desempenho e redução de tempo em volta

Mesmo atacando com força as curvas, o Nissan GT-R escorrega muito pouco e a estabilidade é fenomenal, assim como o poder de frenagem, que reduz a velocidade tão rapidamente que mais assusta do que os metros que parecem não serem suficientes logo à frente. A aceleração e as retomadas são brutais, mesmo com tudo ligado. Desativar os controles é algo “proibido” para quem não tem experiência nas pistas.

Um detalhe interessante é que esta experiência ao volante no autódromo Velo Cittá e o recorde Nürburgring-Nordschleife tem algo em comum. Nos dois casos, ajustes de suspensão e pneus são originais de fábrica. Ou seja, mesmo não sendo em um track day, o Nissan GT-R vai oferecer uma performance invejável na pista.

O Nissan GT-R é conhecido por ser altamente personalizável e possui vários kits de performance da própria montadora, especialmente da divisão Nismo, que inclusive fez sua versão oficial do bólido nipônico.

Ajustes de cambagem e convergência, pneus de competição, entre outros, podem ser adicionados. Alguns até preparam o V6 3.8 para ir muito além dos 552 cv originais. O objetivo é ganhar as disputas no track day ou definitivamente partir para competição oficial.

nissan-gt-r-2015-NA-6-700x465 Nissan GT-R 2015: Godzilla ataca no Brasil de forma quase oficial

Importação independente

Infelizmente o Brasil não está na rota oficial do Nissan GT-R. Quem quer ter um na garagem precisa importar de forma independente, geralmente feito através de aquisição por pessoa física, que dá o direito à isenção de IPI, mediante naturalmente ao pedido através de ação judicial. Nestes termos, o bólido pode ser adquirido por preços pouco acima dos R$ 400.000.

Alguns proprietários buscam revendas da Nissan para fazer revisões com peças importadas e outros preparam o Nissan GT-R em estabelecimentos reconhecidos pela experiência no setor, a fim de disputarem track day no país. Nos EUA, os preços do modelo partem de US$ 101.770. No entanto, opcionais, acessórios e kits de performance farão o preço subir bastante.

A sensação de dirigir o Nissan GT-R não poderia ser outra, é impressionante. O Godzilla é de fato um monstro das pistas e sem dúvida não é uma escolha meramente emocional. Afinal, suas características técnicas o tornam também muito racional quando o assunto é competição. Ou seja, ele une o útil ao desejável.

Galeria de fotos do Nissan GT-R 2015:

Evento a convite da Nissan.

  • Antonio De Julio

    O contraste entre esse carro e o que vemos nas concessionárias aqui é de chorar…

    • Alfredo Araujo

      Vc fala como se la fora ele fosse um carro popular…
      100 mil dólares é muito dinheiro, mesmo nos EUA

      • EuMeSmObYmYsElF

        mas é muito mais fácil um cidadão comum nos EUA ter 100 mil dólares do que um cidadão comum no Brasil ter 40 mil reais…

        • 4lex5andro

          100 mil u$ dá pra comprar um camaro v8 lá e ainda sobra pra um sedanzao “basico”..

          nao é uma missao facil pro gtr ..

          • Marcos Silva

            GTR tem desempenho de ferrari, e vc paga três vezes menos.

            • Matheus L.

              Tendo dinheiro para Ferrari, Porsche ou Lamborghini, nunca compraria um GT-R. Nunca mesmo.

              • Allysson Santos

                Por isso ele custa três vezes menos, se vc tem dinheiro para um Camaro, mas quer desempenho de Ferrari, aí vc compra o GT-R!

                E se optar por comprar o GT-R mesmo tendo dinheiro para uma Ferrari, vc pode gastar mais “um GT-R” em preparação e vai atropelar Lamborghini, Veyron e etc nos track day e ainda sim gastar 1/3 menos que os outros…

                Só depende de qual objetivo você tem ao comprar o carro. Se vc só quer curtir o carro e andar nas ruas públicas, aí sim comprar os esportivos clássicos que lhe darão mais status.

                • Matheus L.

                  Só atropela se os outros carros estiverem originais. Mas você falando em preparação, também deve comparar com carros preparados. E um Porsche preparado anda até mais que um GT-R. Dependendo do nível de preparação nos dois, é claro.
                  Mas voltando ao caso dos originais, o GT-R é um carro que é pobre de acabamento, não tem confiabilidade mecânica e para mim até equilibrado demais nas pistas. Não é um carro com o qual eu me divertiria em uma pista.
                  Não etou dizendo que o carro é ruim, mas ele peca em muitos aspectos. Não é a perfeição como muitos falam aqui, para isso ele precisa melhorar muito.

                  • Allysson Santos

                    Eu estou comparando por dinheiro gasto. Se o cara tem o dinheiro pra uma Ferrari ele tem que escolher, ou a Ferrari stock ou um carro mais barato preparado.

                    • Matheus L.

                      Só que na Ferrari ele consegue andar a hora que quiser, no GT-R preparado, dificilmente. E fora os outros defeitos que o carro tem que você dificilmente encontrará em carros com mais tradição. Agora o que ocorre muito é, o cara que possui um GT-R altamente preparado também possui um superesportivo de tradição para andar em situações mais normais, o GT-R fica exclusivo para uso em pistas.

                  • Fábio

                    Gostaria de ler quais aspectos o GT-R peca. E o que ele precisa melhorar tb.

              • Marcus Oliveira

                O GT-R é um carro unico. tanto que em uma preparação na revista TUNER americana, eles só mexeram no modulo ECU. conclusão 823CV alcançados. Sem precisar gastar 1 dolar em peças…

                • Matheus L.

                  Desculpa, mas não acredito em uma reprogramação no ECU gere 300cv de potência. Na verdade acho impossível. Para alcançar esse ganho é preciso bem mais que uma simples reprogramação. E fora que reprogramar o ECU de um carro desses não é simples e exige mão de obra especializada, e se cobra alto por isso.

              • Marcos Silva

                As três têm mais requinte, concordo.

              • Fabricio Conchon

                exatamente o contrário do que penso….

                • Matheus L.

                  Me responda uma coisa, o GT-R é o melhor carro do mundo?

                  • Fabricio Conchon

                    Provavelmente não… assim como nenhum dos 3 que você citou….
                    Mas é uma obra de arte da engenharia em benefício da velocidade e controle…. e por um preço que chega a ser irrisório perto das outras 3 marcas.

                    • Matheus L.

                      Eu citei marcas, não carros. Vou passar um exercício para você, pesquise sobre os defeitos do carro. Ai você verá que ele não é uma arte de engenharia assim. Não estou dizendo que o carro é ruim em desempenho, não falei isso, mas ele não é a perfeição e está muito longe de ser. Precisa melhorar em muitos aspectos para chegar no nível de carros com tradição. Se puder, entre nesses carros ou até mesmo dirija se tiver a oportunidade, seja aqui ou lá fora, compare, e verá do que estou falando.
                      E essa diferença de preço é tão grande aqui no Brasil (lá fora deve ser na faixa de 80mil doláres a diferença para um Turbo S, por exemplo) e porque são formas diferentes de importação. O Porsche por exemplo é importado de forma oficial pela Stuttgart, ou seja, está coberto pela garantia. Já o GT-R é importação independente. Qualquer problema que você tenha no carro, não tem a quem recorrer, vai ter que gastar do próprio bolso. Com certeza, vindo de forma oficial, a Nissan vai aumentar bastante o preço do carro e aí eu quero ver continuar com o papo do custo benefício.

                    • Fabricio Conchon

                      Quem é você pra me passar exercício? ahahahah E desde quando as 3 marcas que você falou são perfeitas? e não possuem defeitos? Seja mais humilde, e respeita a opinião dos outros. Nem na Italia conheci fanáticos defensores irrestritos de carros italianos como você.. Continue a estudar, pois seus argumentos são muito fracos….

                    • Matheus L.

                      Acabaram os argumentos e já vem com agressões gratuitas? Minha resposta foi com base em fatos. Em momento nenhum te acusei de nada. Tente procurar informações reais sobre os carros e não sobre o que ouve falar por aí. Comente com experiência, com vivência. Falei motivos que o carro não é o melhor do mundo ou para ser considerado um carro que entrará para história no futuro e você respondeu com o que? Apenas agressões sem apresentar nenhum contra argumento. Fica realmente difícil debater assim, infelizmente. Você pede para respeitar a opinião, e eu quero que você aponte onde te desrespeite. Já no sua resposta, é difícil de achar onde você não desrespeitou. Apenas esqueça seu fanatismo de lado pelo GT-R e comece a perceber os defeitos que ele possui.

                      Falo com a experiência de uma pessoa que trabalha a muito tempo com carros importados, muitos deles superesportivos. Em momento nenhum disse que eram marcas perfeitas, mas em todas elas, existem carros melhores que o GT-R. E poderia citar carros de vários outros lugares do mundo (como já tinha citado, afinal, Porsche, se você não sabe é da Alemanha), que são melhores que o GT-R em diversos aspectos.

                    • Fabricio Conchon

                      Você com sua experiência com carros importados, e eu por já ter andado e conhecido museus e fábricas destes mesmos carros lá, no seu país de Origem. Sei bem onde fica a fábrica da porsche… e você, sabe? Não estou aqui pra te agredir, mas leia e releia a sequência dos posts, e vai ver que além de não ser fanático pelo gtr, quem está sendo extremista é você. Aliás… segue sua vida.. seu caminho… e não precisa me responder não… apenas leia, releia…. o que eu escrevi e o que você escreveu… e boa sorte… boa estrada pra você, tudo de bom, e fica com Deus. Você é o rei das opiniões, por isso eu não deveria nem ter comentado…. Quer que eu peça pro Eber o favor de fazer um post novo sobre o assunto? daí só você comenta? pode ser?

                    • Matheus L.

                      Parei na parte do museu. Quando colocar um carro desses na pista fica melhor para conversar. Fala que sou o rei da opiniões mas você quem não aceitou uma opinião contrária. E parou de dar argumentos umas duas respostas atrás. Deveria ter um tópico só pra agressão gratuita, tenho certeza que você seria o líder, espertão.

                    • Fabricio Conchon

                      Abraço e sucesso… quando aprender a ler.. volta na sequência dos tópicos e releia…

                      “Matheus L. Marcos José da Silva • 2 dias atrás

                      Tendo dinheiro para Ferrari, Porsche ou Lamborghini, nunca compraria um GT-R. Nunca mesmo.”

                      Fabricio Conchon Matheus L. • 6 horas atrás

                      exatamente o contrário do que penso….

                      Matheus L. Fabricio Conchon • 3 horas atrás

                      Eu citei marcas, não carros. Vou passar um exercício para você….

                      uuusuuauauaua… Abração sabichão… tá sabendo legal, e se expressa muito bem.. além de respeitar pra caramba a opinião dos outros… Vai com Deus…..

                    • Matheus L.

                      Deveria copiar sua outra resposta também. Pegar só as minhas fora de contexto fica fácil. Deve ser por isso que não soube argumentar, lê só o que lhe interessa não é? Em momento nenhum eu disse que era um péssimo carro ou que odeio o GT-R, simplesmente apresentei argumentos que mostram que ele não é o melhor carro já fabricado. Fechar os olhos para os defeitos, é fanatismo, coisa que você tem feito.
                      E como eu disse anteriormente, você está comparando os preços no Brasil (sendo o GT-R de importação independente) , lá fora a diferença não é tão grande, o que, para mim, o fator cxb não justifica a compra. Claro que o GT-R entrega muito pelo preço, mas o que sou contra é sempre que leio sobre o GT-R ser uma perfeição ou obra de arte dos carros. Quem sabe nas próximas gerações ele não melhore o que não é bom no carro.
                      Não preciso de dinheiro pra defender o que é opinião minha, a sua está a venda?

                    • Fabricio Conchon

                      Cola ai… ou melhor, leia você… leia e releia… … tenho plena certeza que você deve ter confundido à quem respondeu… ou não leu direito…

                    • Matheus L.

                      Continuo achando a mesma coisa, não confundi nada não. Mas quer saber? Deixa para lá isso, nada vai mudar mesmo, então melhor nem perder mais meu tempo aqui.

                    • Fabricio Conchon

                      Consegue uma pista e os carros, e faço questão de testar com você… e ainda tomamos uma cervejinha depois… Relaxa… a vida é bem curta, e você não tem motivo assim pra odiar o GT-R… que é um baita carro…. não que os outros não sejam, mas entende que é muito salutar uma empresa colocar no mercado produtos que fazem o mesmo que carros que custam 3 ou até 5 vezes mais, por muito menos…. Relaxa… que dói menos…. (a não ser que ganhe dinheiro das fábricas que defende… aí mete o pé mesmo… ) não tá fácil pra ninguém né…..

              • M1k3

                Vc fala de Ferrari, lamborghini e etc, apenas por que são carros de luxo, GTR da de 10 a 0 em qualquer um na pista, quero vê a ferrarizinha alcançar ele.

                Hahaha nunca!

          • EuMeSmObYmYsElF

            com 100 mil doletas você compra um Camaro 2SS e ainda sobra pra levar um Caddy CTS zerinho

        • Igor

          Para de exagero, os carros mais vendidos dos EUA não passam de 40 mil dólares enquanto os mais vendidos do brasil vão de 28 mil a 60 mil, então não fica colocando os EUA em um pedestal que não existe não…

          • EuMeSmObYmYsElF

            não coloquei ninguém em pedestal nenhum. só comentei um fato. é muito mais comum um cidadão norte-americano (seja americano ou canadense) ter 100 mil dólares do que um cidadão comum brasileiro ter 40 mil reais… não me venha com financiamento que aí a diferença fica ainda maior… salário médio do brasileiro: R$ 2 mil. salário médio americano/canadense: US$ 4 mil/ CAD$ 4mil… custo de vida aqui no Canadá, levando em conta o salário, é MUITO mais baixo que no Brasil (só o aluguel que é exorbitante mas o resto… nem tem comparação).. vamos lá, carros que “prestam” aqui partem de 30 mil dólares canadenses (abaixo disso é carro de universitário, entregador e essas coisas). com 10 meses de salário médio, contabilizando as despesas que qualquer pessoa normal tem, você compra à vista. e no Brasil? pegando os que “prestam” (médio pra cima. que, só por observação, são os “lixos” daqui) partimos de 65 mil (??). são, pelo menos, 32 salários médios (SEM GASTAR NEM UM CENTAVO durante o período!!)

            e isso sem contar os extras como manutenção, impostos e etc etc etc..

            agora me diz onde está meu exagero..

      • Guest

        O problema nem é o precor de compra mS o de manutenção. Impoatos, Seguro, imp de peças etc.

  • Paulo

    GT-R imbatível na pista e no CxB

    • what_the_hell??

      Concordo plenamente! Exemplo da racionalidade japonesa!!! Sou fâ desse carro!!!!
      Ah se eu pudesse e meu dinheiro desse!!!!

    • Matheus L.

      Imbatível na feiura também! Feio que chega dói

      • Ricardo

        Não chega ser feeiio! Mas o Skyline sim era alucinante!

        • Matheus L.

          Eu acho o GT-R R35 extremamente feio, os antigos eram muito mais acertados esteticamente, também não eram muito bonitos, mas proporcionais. Esse novo parece que juntaram vários carros diferentes em um só! A frente não conversa com o fundo, que não conversa com a lateral e por aí vai.

  • fillipe sampaio

    Pelo título, eu pensei que ele iria ser comercializado por aqui.

  • Gustavo73

    E só pra deixar o povo com água na boca Nissan?!

  • Anderson

    mito

  • Gabriel Ferreira

    Só falta vender aqui , a Chevrolet vende o Camaro e Ford vai vender o Mustang, só falta a Nissan com GTR

    • pedroo

      ce tá de zoeira comparando camaro e mustang com GT-R neh

      • Bruno Wendel Marcolino

        kkkkkk

      • Bruno

        camaro perto desse bolido vira cinzas rsrs

      • Gabriel Ferreira

        Eu confundi o GTR com 370Z!

        • Bruno

          nem o 370z kkkk

    • GCR

      Kkkk, esse carro dá pau é em porsche, corvette, ferrari meu amigo….

      Acabou com tofo mundo em nurburgring

      • Thiago

        Perde nos 402m para aventador, mp412c (10,8s) e porsche 911 turbo s (10,9s) e isso que era a versão mais potente nismo (11s)
        fonte: youtube – World’s Greatest Drag Race 4

        • Thiago

          É carro de pista, não de arrancada… O surpreendente nele, acima de tudo, é a estabilidade surreal.

        • what_the_hell??

          Nem só de arrancadas vive um carro… :))))
          Como já se disse, ele é comparado, em dirigibilidade, Ferraris e Lambos, carros que custam MUITO mais que ele!!! Tanto que bateu em nurburgring

          • Thiago

            Tempos em Nürburgring:
            McLaren p1 6:30 (não oficial)
            Laferrari 6:35 (não oficial)
            Radical SR8 LM 6:48 (oficial) – 2009
            Radical SR8 6:55 (oficial) – 2005
            918 spyder 6:57 (oficial) – 2013
            GT-R nismo 7:08.69 (oficial) – 2015

            911 GT2 RS 7:24 (oficial) – 2010 – geração 997 antiga (hoje é 991)
            GT-R 7:24,22 (oficial) – 2011
            fonte: wikipedia

        • Allysson Santos

          0,2 segundos de diferença e mais de meio milhão de reais… kkkkkkkkkkkkkk

          Não importa se perdeu pra eles, continua sendo impressionante o desempenho!

          • Fábio

            E olha que a própria Nissan disse uma vez que não usou todo o potencial do GT-R.
            Os haters do GT-R piram!

          • Wally

            Sem contar o comportamento dinamico do GT-R na pista, que deve recuperar facilmente esses 0,2s.

      • Bernardo Figueiredo

        Na verdade o GT-R foi feito para competir com o Porsche 911, seu principal rival. Um corre atrás do outro e assim sucessivamente. Diferenças pequenas de um para o outro no desempenho.
        Ferrari, Lambo, Agera, Pagani já são carros artesanais. Nem coloco na comparação, porque fazer carros manufaturados como esses dois e ainda dar pau nos artesanais é foda !

      • Matheus L.

        Porsche Turbo S passa por cima desse tal de Godzilla ai

        • Fábio

          Só que custa muito mais. E a Nissan declarou que não usou todo o potencial do GT-R.
          E o GT-R surrou o Porsche em Nurburgring

          • Matheus L.

            O tempo do Turbo S na nova geração não foi registrado em Nurburgring ainda, você já tem é? Não sabia!
            Nenhuma montadora utiliza o potencial completo do motor, até porque eles vendem os packages que são justamente para tirar ainda mais do motor original. Então nada de exclusivo do Nissan.
            Uma boa dica é ir fora do Brasil, onde tem lugares que você aluga o carro para dar umas voltas com ele em um circuito fechado e testar os dois. Aí, muito provavelmente, verá que o GT-R não é nenhuma perfeição.

        • Wally

          LOL. Matheus L. autentico hater de GT-R fica inventando historia na internet para tentar difamar o melhor carro do século 21.

          • Matheus L.

            Não sou hater, só não sou fan boy que nem alguns aqui, inclusive você, que acha o GT-R a perfeição sobre rodas. Diferente de você, trabalho com fatos e não inventei absolutamente nada. Foi só eu comentar em outra resposta que o GT-R não tem confiabilidade mecânica e tem a troca de óleo obrigatória a cada 1500km, que já veio falando asneira. Primeiro se informe e depois venha comentar aqui. O GT-R não é um carro ruim, mas não o exemplo de carro a ser seguido. Existem vários defeitos nele que você desconhece ou se faz de desentendido.

            • Fábio

              Não é hater mas age como um. Não inventa fatos, mas fica na especulação do Porsche turbo S passar o GT-R (sendo que nunca se enfrentaram) sendo que a Nissan já está desenvolvendo o novo GT-R. O GT-R é sim o exemplo a ser seguido, pois é mais barato e SURROU o Porsche. Isso sim é engenharia!
              Agora toma a chupeta chorão!

              • Matheus L.

                Vamos manter o nível da discussão, pois acho que estou conversando com pessoas civilizadas aqui, afinal, é para isso que existe o fórum, para debater.
                Vou repetir o que disse antes, o Porsche Turbo S novo não tem tempo registrado em nurburgring. E há uma diferença gritante em desempenho entre as duas gerações. Não sei com base em que você está dizendo que surrou. E caso seja uma disputa em drag, o GT-R perde sim para o Turbo S, é só pesquisar.
                E porque você não comenta sobre os defeitos do carro? Os vários registros de quebra, as trocas prematuras do óleo do diferencial, o péssimo acabamento interno, o calor transmitido para os pés dos passageiros…
                O carro é bom, mas não é a perfeição e nem o exemplo a ser seguido! Isso que quero dizer, mas a cabeça é muito fechada para conseguir observar os fatos.

              • Thiago

                Tempos em Nürburgring:
                McLaren p1 6:30 (não oficial)
                Laferrari 6:35 (não oficial)
                Radical SR8 LM 6:48 (oficial) – 2009
                Radical SR8 6:55 (oficial) – 2005
                918 spyder 6:57 (oficial) – 2013
                GT-R nismo 7:08.69 (oficial) – 2015
                911 GT2 RS 7:24 (oficial) – 2010 – geração 997 antiga (hoje é 991)
                GT-R 7:24,22 (oficial) – 2011
                911 turbo s 7:38 (oficial) – 2008 – geração 997 (stock vehicle with stock tires)
                fonte: wikipedia
                Conclusão: ganhou de uma geração antiga (997) do GT2 RS depois de 4 anos apenas na versão nismo com pneus especiais.O 918 continua bem na frente. Quanto ao turbo, apenas existe apenas teste da geração antiga 997 com pneus normais (versão stock, sem pacotes especiais para pista). Nos 402m o turbo s chega a colocar quase 3 carros de vantagem (vide postagem minha acima), imagina o GT2 RS

                • Matheus L.

                  Alguém com dados, aleluia! Exatamente o que estava falando acima, o 911 991 Turbo S não tem tempo registrado em Nurburgring. E a Porsche nunca utilizou nada além do que venha de fábrica nos carros. Os carros são iguais aos que são repassados ao consumidor. Já o GT-R não, utiliza de pacotes de desempenho, pneus slick, redução de peso em alguns casos. A Nissan literalmente prepara um carro para Nurburgring afim de ter melhores tempos, coisa que não acontece com o Porsche por exemplo. A galera vê números e acha que o GT-R é o melhor carro do mundo e não procura saber o que realmente acontece. Fica difícil de debater assim.
                  Não é a toa que o Turbo S abre vantagem nos 402m, porque nesse caso são testados os carros originais, sem modificação.

          • Fabricio Conchon

            hater… sabichão, espertalhão… e não pode contrariar… senão ele chora nos cantos, e começa o mimimi

  • vi.22

    Lindo!!! Maravilhoso!!! Excelente!!! E imponente!!!

  • GPE

    Na faixa de 400 e poucos mil acho q um dos mais esportivos q encontramos é uma M3 e um Cayman S, que são bons carros mas ficam bem abaixo quando comparados a um GT-R

    *edit: corrigi um “mais” que é pra ser “mas”

  • Doccar

    O ronco mais agressivo que ja ouvi num carro foi desse….parece um terremoto…

    • Murillo Balbo

      Só se for com escape modificado, amigo.

    • Matheus L.

      Exatamente o que o colega falou aqui. Se ronco foi tão forte assim é porque estava com escape modificado, coisa muito comum nos GT-R, não conheço um que não esteja com alguma modificação.

  • Marcos Vinicius

    Fantástico!!! um sonho de carro…

  • leomix leo

    Sonho de consumo, falta dinheiro. Kkkkk

  • FabioH

    Com dinheiro sobrando, seria minha escolha, e um da Nismo de preferência.

  • Pedro Paulo ()

    400k em GT-R é uma pechincha…
    Dá para levar dois pra casa com que se gastaria para comprar um aqui.

    • EuMeSmObYmYsElF

      400k é o que um brasileiro gastaria pra ter um na garagem…

      • Pedro Paulo ()

        Você não entendeu meu comentário…
        Eu quis dizer que dá para comprar 2 GT-R de 400k com preço que se paga para comprar um aqui que fica na casa dos 850k nas css de importados.

        • Thiago

          Pouca gente tem paciência e conhecimento pra importar por conta própria. Mas tem vários anúncios de importadoras que trazem por 400-450k no Webmotors.

        • what_the_hell??

          O preço citado (400k) é no Br, pelo que entendi!!

          • Pedro Paulo ()

            mais isso é por importação de pessoa física.

            • Matheus L.

              Mas é o que muitas importadoras estão fazendo. Elas fazem como se fosse uma consultoria e todo o processo é realizado no nome do proprietário. Justamente para evitar o alto IPI.

              • Pedro Paulo ()

                sei disso, mas tem css que também vende o carro a preço de diamante…

                • Matheus L.

                  Rapaz, nunca vi GT-R por esse preço que você citou ai não. Só se estiver com muita preparação, mas original não é esse preço não, nem com lucros absurdos das lojas. Até porque pagar 850mil em um GT-R é o mesmo que assinar um atestado de insanidade.

                  • Pedro Paulo ()

                    o preço médio do GT-R no inicio de 2012 era de 650 mil reais nas importadoras…

                  • Pedro Paulo ()

                    Se ainda tiver com duvida tá aí o preço de um usado 2012:

                    • Matheus L.

                      Como eu disse anteriormente, é um carro preparado, e não original. Original não tem como ser esse valor. Você viu o preço mas não abriu o anúncio…

                    • Pedro Paulo ()

                      mesmo assim… esse carro nunca foi barato.

                    • Matheus L.

                      Eu não disse que era barato, mas você colocou o preço dele em 850mil, tem uma diferença enorme de valores ai

                    • Pedro Paulo ()

                      Cara não problema meu se as importadoras colocaram os preços desse carro lá em cima…
                      Na época que eu vi os anúncios (2012) desse carro os mais baratos estavam a 650k, em Goiânia tinha preço até de 900k.

                      Hoje em dia estão usando a tática de importação para pessoa física, isso faz com que o carro seja oferecido a preços menores que dos anteriores.
                      Entendeu agora???
                      Dá para compra 2 carros nas CSS.

                    • Matheus L.

                      Quem está com dificuldade de entendimento aqui não sou eu, amigo, mas vou parar por aqui que já vi que a situação está complicada. Só acho que desde 2012 você vem se equivocando com o preço do veículo…

                    • Pedro Paulo ()

                      certo então.

                    • Michel

                      Pedro, em 2012 o dólar estava abaixo de 2 reais e um GTR 0km custava na casa dos 400k. Em 2011, com o dólar batendo 1,55 era possível importar um GTR por cerca de 290k como pessoa física. Você ta viajando nos preços.

                    • Pedro Paulo ()

                      cara o assunto já se encerrou.

        • EuMeSmObYmYsElF

          não sei onde que você pesquisou esses 850 mil.. via importação independente, o GT-R sai a 500 mil em média…

          • Pedro Paulo ()

            Não é via importação independente e sim o importação de empresa com fins de revenda, e de não utilização particular…
            O carro pode até custar 500k para importar, mas na hora de revende nas concessionárias os caras colocam o preço lá em cima 850k era oferta da época…
            Pena que eu não tinha acesso a internet nessa época para salvar os anúncios e mostra pra quem ainda tá duvidando.

  • Bruno Wendel Marcolino

    Que nave, virou mito já.

  • Bruno

    comprei um igualzinho, carro muito bom em curva, frenagem, e um foguete pra fugir das policia no need for speed!

    • LoganVB

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • what_the_hell??

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Tô doido pra comprar um em Real Racing 3 mas ainda não tô com $$ suficiente!!!!

  • V12 for life

    E Godzilla, acho que fiquei uns 15 minutos olhando ele na plataforma giratória, decorando cada detalhe, nem quis saber, dos Corvettes C7 e C2 no segundo andar do estande da Chevrolet, tirei fotos deles ali mesmo ao lado do Nissan.

  • lgustavomp

    no texto diz que o R32 portava um “V6” quando na verdade é um “L6” ou seis em linha

    • Marcelo Henrique

      Exatamente, só a partir do R35 que veio o V6.

  • Wally

    Se for seguir a filosofia do “entendedor” de automóveis brasileiro.. 6 marchas??? Que cambio lixo, o Renegade tem 9. (Quando chamam o cambio de 4 marchas de lixo, porque o Cruze tem 6 é como eu penso essas pessoas.)

  • LoganVB

    Só o volante que parece aqueles de Video Game da MOMO. Internamente bem feinho perto de outros esportivos.

    PS: Não estou falando de performasse.

  • RFGV

    Monstro! Deixa muito alemão e italiano comendo poeira!

  • Sanderson Fromohls

    Compensa economizar mais 300 mil e pegar um Porsche GT3!

    • EuMeSmObYmYsElF

      quase o dobro?

      • Wally

        Qual a vantagem de pagar mais caro para ficar no retrovisor do Nissan GT-R??

        • Matheus L.

          Pelo menos não vai ter o carro o tempo inteiro indo para oficina para consertar ou trocar o óleo do diferencial

          • Wally

            Seu GT-R 2015 tá dando isso??

            • Matheus L.

              Se você não sabe, o óleo é de troca obrigatória a cada 1500km, não preciso ter um GT-R para saber disso ou dos problemas de manutenção dele, só preciso de um pouco de informação.

              • Wally

                Mal sabe você que o do Porsche tem que trocar esse óleo a cada 500 km.

                • Matheus L.

                  Inventando história amigo? Procure se informar melhor antes de falar o que não é correto. Quando tiver com a informação certa a gente pode conversar.

  • fschulz84

    Para mim, simplesmente o supra-sumo dos esportivos nipônicos! E um dos ícones do século XXI

    • what_the_hell??

      concordo!
      Não que ele seja o melhor carro do mundo, nem o mais rápido! Mas acho ele revolucionário no sentido de mostrar que é possível ter um carro com ótimo desempenho, excelente dirigibilidade, mas sem pagar o absurdo das Ferraris, Lambos e até Porsche da vida … Em outras palavras, ele é um carro manufaturado que tem desempenho parecido com essas jóias artesanais.
      Tb sou fâ do corvette pelos mesmos argumentos …

  • Redpeak77

    Monstro é pouco para esse carro…
    Os engenheiros desse carro devem ser tão malucos, completamente paranóicos na perfeição dos carros, quanto o projetista de videogames que desenhou o display multifuncional.

    • Matheus L.

      Só esqueceram de resolver o problema da troca de óleo dos diferenciais a cada 1500km, o péssimo acabamento interno, o calor que é transmitido para os pés dos passageiros (recomendo nunca usar sapato aberto dentro de um) e vários outros probleminhas. Eles devem ser paranóicos na perfeição mesmo…

  • Angelo Lucca

    Não entendo como a mesma empresa que faz o GT-R e o 370Z consegue fazer um Versa… Acho que esse último deve ter sido desenhado pelo estagiário que ficava “fuçando” nos PCs enquanto os “verdadeiros designers” estavam no café ou no banheiro…

    • luciano gavioli

      Já tive o prazer de dirigir um por uns 20 minutos em uma pista controlada lá em Orlando: a esperiencia se chama Exotic Driving e tem varios carros pra “locação” , entre eles Ferraris e Lamborghinis; optei pelo GT-R pois era mais barata a locação e o custo benefício bem melhor. Experiência única, quem um dia puder fazer vale a pena cada centavo.

      • Angelo Lucca

        Esses caras tem em diversos lugares dos EUA e não é caro… lembro de ser algo perto de US$ 250,00 pra pilotar um Porsche por algumas voltas… Não fui pq fiquei com dó de gastar o dindin… afinal com 250,00 da pra comprar bastante coisa lá… e não tinha planejado isso..Talvez eu vá novamente em jul/15 ou Jan/16 ai vou separar “uns trocos” pra dar umas voltas, porém mesmo achando o GT-R louco, vou de Porsche…

      • Charlis

        Eu fiz em Vegas na Exotic com a F430 …
        A experiência foi demais, MAS, acho mais custo beneficio alugar um carro.
        Por exemplo, para dirigir a Ferrari por 5 minutos, custou-me 300 dólares.
        Em outra ocasião, por 192 dolares a diária (uns 230 com o seguro completo), aluguei um Corvette Stingray… e sem dúvidas alguma fui MUITO mais feliz…
        Claro que são coisas diferentes, na pista com a Ferrari eu passei dos 220km/h, fiz curvas inimagináveis, com o Corvette eu não passei dos 150km/h rs…
        Mas a experiência de ficar com carro por alguns dias, deu pra curtir muito mais ele, sem nervosismos, e ninguém do lado falando nada!

  • Carlos Sousa

    Aplausos…! Ótima descrição e belíssimo carro.

  • Chega_de_Ignorância

    Cada vez mais o STJ vem deixando claro que não se paga IPI na importação de veículo para uso próprio. Isso, evidentemente, é muito bom.
    Pena que o STF, salvo engano meu, ainda não tomou partido definitivo da situação.

    • Braddock

      E capaz do STF julgar com cunho totalmente político coibindo a isenção de IPI.

  • Fábio Dantas

    Uma das experiências mais divertidas que tive na vida foi dirigir esse carro… Velho, o coice que uma arrancada desse bicho dá é algo de outro mundo! O ronco, a aura intimidadora… surreal! Sem zoação, quando eu fui pegar o carro na garagem, não sabia nem abrir a porta dele hahahahaha! Depois de uma “aulinha” básica, saí com ele, achando que era uma insanidade pra dirigir.

    Andando manso, ele vai de boa, tirando o fato de que é extremamente duro em razão da concepção do modelo. A coisa muda de figura instantaneamente quando se pisa fundo no acelerador.

    Em resumo: Foooood…!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Gran RS 78

    Que pena a Nissan não traze-lo de forma oficial para o Brasil. O mesmo vale para o Suv Qasquai e o Rogue. Infelizmente o nosso mercado é visto como de segunda linha, mas com preços de seguimentos premium.

  • Gustavo Zoch

    Quero!

  • Joe Fernando Takeda

    http://www.goo-net.com/usedcar/spread/goo/13/700056083430150124001.html

    com 46mil dolar tu compra um usado la no japao !!

  • Joe Fernando Takeda

    http://www.goo-net.com/usedcar/spread/goo/13/700056083430150124001.html

    106mil dolar lamborghini gallardo 26mil km ano 2004

  • Joe Fernando Takeda

    http://www.goo-net.com/usedcar/spread/goo/13/700054090630150214001.html

    nissan fairlady z 6 mil dolar kkkkkk rir para nao chorar !!

  • Paulo

    Legal ver os pilotos de video game discutindo… Falam em Ferraris e Porsche com uma naturalidade…. Esse Nissan é uma merda, TSC… TSC… Gosto mesmo é do Camaro!!! TSC… TSC… Deve ter um Ônix ou Celta na garagem se tiver… Alguns só tem um PlayStation mesmo….

  • Diogo Oliveira

    GTR… O que dizer sobre essa e outras máquinas japonesas?

    Uma pena que o nosso povo Brasileiro ao invés de sonhar com Esportivos de verdade, como Nissan GTR, Nissan 370z, Subaru WRX Sti, Alfa Romeo 4C, Alfa Romeo 8C e Ford Mustang. Fica babando em ”Camaro Amarelo”, Só porque 2 Retardados mentais resolveram fazer uma música de Merda que logo virou Modinha, Aí todo mundo desse Brazilzaum resolveu comprar Camaro, Sonhar com camaro, Juntar pra comprar um Camaro, e etc. (OBS: Todos na cor amarela -.-)

    #JapaneseIsTheBest

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend