Asiáticos Crossovers Elétricos Lançamentos Nissan

Nissan Kicks 2021 é lançado apenas como e-Power na Tailândia

Nissan Kicks 2021 é lançado apenas como e-Power na Tailândia

O Nissan Kicks 2021 finalmente foi divulgado em sua atualização visual de meia vida, que traz a versão elétrica com extensor de alcance, chamada Kicks e-Power, cujo destino também está ligado ao Brasil.


Com preços a partir de 889.000 baths ou R$ 159,8 mil, o Nissan Kicks e-Power 2021 inicia uma nova fase para o crossover compacto, alcançando assim um nível de eficiência energética muito superior à proposta atual do modelo.

Nissan Kicks 2021 é lançado apenas como e-Power na Tailândia

Assim como no Note e-Power, o Nissan Kicks e-Power 2021 vem com motor HR12DE, um 1.2 de três cilindros que funciona com gasolina, sendo um gerador para um motor elétrico que movimenta o crossover.

De acordo com a Nissan, o Kicks e-Power tem 129 cavalos de potência combinada, alimentado também por uma bateria de 1,57 kWh, montada sob o assento do passageiro (aqui seria do condutor).

Nissan Kicks 2021 é lançado apenas como e-Power na Tailândia

Com quadro modos de condução (Normal, S, Eco e EV) o Kicks e-Power pode usar o 1.2 a gasolina em todos eles, exceto no modo elétrico, que se alimenta da energia da bateria. Embora pareça um híbrido, ele é considerado um elétrico com extensor de alcance, como o BMW i3, por exemplo, já que o HR12DE não move as rodas.

Além dessa tecnologia, o Nissan Kicks 2021 chega com visual atualizado, adotando novos faróis de formato mais fluido e conjunto full LED nas versões mais caras. A grade V-Motion cresceu e vem com um belo acabamento em cromo.

O para-choque ganhou um visual mais aerodinâmico e esportivo, com molduras laterais pretas bem destacadas e com faróis de neblina. Novas rodas de liga leve foram introduzidas, assim como para-choque traseiro revisado e lanternas em LED.

Nissan Kicks 2021 é lançado apenas como e-Power na Tailândia

Por dentro, o ambiente recebeu poucas mudanças, sendo a mais perceptível o console da transmissão, com alavanca em estilo joystick, como no Note e-Power. A garantia do carro é de 3 anos, com 5 anos para o sistema elétrico e 10 anos para a bateria de lítio.

O Kicks e-Power 2021 tem ainda um pacote de segurança ADAS com “Cruise Control Inteligente, Aviso Inteligente de Colisão Frontal, Freio de Emergência Inteligente, Aviso de Ponto Cego, Alerta de Tráfego Cruzado Traseiro, Monitor Inteligente Around View com Detecção de Objeto em Movimento e Espelho Retrovisor Inteligente”.

Nissan Kicks 2021 é lançado apenas como e-Power na Tailândia

Oferecido apenas na versão e-Power na Tailândia, o Nissan Kicks 2021 pode ser adquirido lá nas cores Black Star, Storm White, Radiant Red, Gun Metallic, Brilliant Silver e Monarch Orange.

Aqui, o modelo não deve ser tão ousado em aparecer apenas como um produto eletrificado, mantendo assim o 1.6 atual e podendo o 1.2 a gasolina ser substituído pelo 1.0 Flex com mais potência.

Nissan Kicks e-Power 2021 – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Luís Paulo

    Ficou bonita essa restilização!

  • Éder Sibilin

    Ficou muito legal essa atualização!!! se o carro vier ao Brasil.. aliado a um ótimo consumo como é de se esperar, será um sucesso maior ainda!!

    • Pablo Henrique

      No Brasil pode esperar o mesmo 1.6 16v que já está aí.

  • Gustavo Adriano

    O Kicks nunca foi um SUV premium, mas com relação ao design eu sempre achei a dianteira atual muito simplista, ainda que bonita necessitava de algo que saltasse aos olhos. Ficou bem balanceado e chamativo o bastante para concorrer nesse quesito com os demais do segmento.

    • Edinaldo_Tapica

      Minha rixa era (e vai continuar sendo pelo visto…) em relação à traseira. Nunca achei harmoniosa e elegante

      • Piston head

        Iria mais além, acho que a partir da coluna B esse carro parece um Origami. Só nova geração pra resolver.

  • Augusto

    Tenho uma SL, adoro o carro, motor está no limite do carro, mas o acerto a suspensão, acabamento, espaço e a eficiência do conjunto são excelentes. Contudo, a venda e o pós venda da nissan já me fizeram passar tanta raiva que próximo modelo pode vir com motor turbo movido a antigravidade que faz dobra temporal e te leva pro futuro que eu não entro na Nissan outra vez.

    • KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK adorei a criatividade!

    • konnyaro

      Também tenho um Kicks e o pós venda é realmente uma desgraça. E pensar que Honda e Toyota se destacam nesse quesito, mas no caso da Nissan eles seguem a diretriz da Renault de terem o pior pós venda possível.
      Fiz a revisão de 10k onde comprei o carro, mas não vou voltar nunca mais para essa concessionária. Prefiro viajar mais longe e ir procurar outra onde possa ser minimamente bem atendido e meus problemas resolvidos.

    • Paulo

      A última vez que visitei uma concessionária Nissan atrás de uma peça pro Sentra foi parecido. Ao entrar, já demorei a ser atendido. Quando enfim fui atendido, fui informado que o responsável pelo departamento de peças não estava, e iriam me retornar. Estou até hoje aguardando essa ligação.

  • Rodrigo

    Caso fosse na conversão direta seria dinheiro demais para um mero Kicks

  • RKK

    O Kicks atual está devendo um motor mais moderno, carroceria mais reforçada e freios à disco nas 4 rodas como na China.

  • carlos rodrigues

    Esse conjunto eletro/mecânico parece ser bastante interessante, resta saber quanto a Nissan vai cobrar por isso.

  • hinotory O

    Se mexe na frente, tem que mexer na traseira. Ficou péssimo.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email