_Destaque _Featured Crossovers Lançamentos Nissan Test Drive

Nissan Kicks chega ao mercado nacional a partir de R$ 89.990 – Confira impressões ao dirigir

nissan-kicks-impressões-NA (3)

A partir do dia 5 de agosto, chega aos concessionários o Nissan Kicks, o primeiro projeto global da marca japonesa no Brasil. O crossover segue a linhagem de estilo e proposta dos demais modelos da empresa que, por enquanto, ainda não os oferece por aqui.

Desenvolvido em parceria entre o centro de estilo da Nissan no Brasil e os demais do grupo, o Kicks entra no atrativo segmento de utilitários esportivos compactos apenas na versão SL e na série especial Rio 2016. O preço da opção topo de linha é R$ 89.990. A série limitada custa R$ 93.500.

Com investimento de R$ 750 milhões, a Nissan começará a fazer o Kicks entre o final de 2016 e o começo de 2017, em Resende/RJ, quando serão incluídas as demais versões, bem como a possível transmissão manual. A meta da marca nipônica é vender entre 2 mil e 3 mil unidades por mês até o fim do ano. A empresa diz que se possível, pode vender além disso. A série especial teve 1.800 pedidos e por isso a Nissan ampliou a pré-venda com a opção SL.

nissan-kicks-NA (59)

Kicks

O crossover apresenta estilo agressivo e ao mesmo tempo jovial, sendo atraente no conjunto geral. Os faróis têm desenho bastante aerodinâmico e contam com LEDs diurnos. A grade “V-Motion” chama atenção e representa o DNA da marca, enquanto o para-choque tem aspecto esportivo com seus faróis de neblina dotados de detalhes cromados.

O Nissan Kicks tem linha de cintura alta e teto reto, além de vincos bem pronunciados, especialmente nos para-lamas dianteiros. Outro destaque são as colunas C com base elevada e acabamento preto. A traseira tem vigia proeminente e lanternas em formato de bumerangue. Elas não são de LED e possuem lentes divididas pela tampa.

nissan-kicks-impressões-NA (4)

Esta tampa, os retrovisores (com repetidores de direção em LED) e o logotipo da Nissan na frente carregam quatro câmeras do sistema de monitoramento de 360 graus, que ainda possui detecção de objetos ou pessoas. Há também sensores de estacionamento traseiro. As rodas de liga leve diamantadas são aro 17 com pneus 205/55 R17. No teto, barras longitudinais prateadas e uma antena simples. A Nissan venderá rack como acessório para essas barras.

Por dentro, o ambiente do Nissan Kicks agrada de modo geral. O acabamento tem muitos plásticos, é verdade, mas a parte central do painel, em material emborrachado e costurado, dá um toque premium ao crossover nipo-brasileiro (por enquanto importado do México…). O console elevado da transmissão também chama atenção, assim como o volante de fundo chato e o cluster análogo-digital. A multimídia com tela proeminente centralizada a parte frontal é outro item que domina o visual.

nissan-kicks-NA (44)

O volante tem bom aspecto e comandos do painel digital, assim como de mídia e telefonia. Mas, faltou o piloto automático, algo que não poderia estar ausente em um carro de praticamente R$ 90 mil. O quadro de instrumentos digital é bonito, tendo 12 funcionalidades disponíveis, incluindo bússola, navegador, mídia, resumo de funções, histórico de consumo, informações de mídia e telefonia, controle de chassi e um belo conta-giros, além de econômetro e configurações do veículo.

O display TFT tem sete polegadas, apresentando ainda uma tela de boas-vindas muito elegante. O velocímetro analógico parece ter sido esquecido, mas apresenta boa visualização. A multimídia tem boa aparência e é fácil de operar, mas não chega perto da MultiApps. Tem navegador GPS, Bluetooth, CD, USB, SD, auxiliar, rádio e as imagens das câmeras de manobra. A tela tem 7 polegadas e é sensível ao toque. Poderia ter Car Play e Android Auto.

nissan-kicks-impressões-NA (46)

O sistema de som tem seis alto-falantes e é suficiente para as pretensões do Kicks. O ar-condicionado digital tem bom aspecto e gela bem. O porta-luvas apresenta volume interno adequado. A base da alavanca tem acabamento em preto brilhante e chama atenção pelo botão de partida, próximo. Porta-copos entre os bancos e freio de estacionamento mecânico ao lado. Faltou um apoio de braço para o motorista, pelo menos.

Os vidros têm acionamento one touch para todos. Já os bancos em couro têm a tecnologia Zero Gravity, que permite maior conforto para o corpo dos ocupantes durante longos períodos. São confortáveis e adequados para a proposta do Nissan Kicks. O banco traseiro é bipartido e conta com três apoios de cabeça e cintos completos, além de Isofix.

nissan-kicks-impressões-NA (24)

O espaço geral é bom, inclusive atrás. A altura é adequada e o porta-malas generoso: 432 litros. O estepe é de liga leve e da mesma medida que os demais. No teto, luzes de leitura, retrovisor dia e noite e espelhos nos para-sóis, mas sem iluminação.

O Nissan Kicks tem boa posição de dirigir. Os comandos ficam próximos das mãos e o assento do condutor é elevado, porém, tem ajuste de altura (assim como a coluna, também em profundidade). A visibilidade geral é adequada e o conforto só não foi completo pelas ausências citadas acima. Embora a proposta seja de um crossover urbano, o brasileiro pega estrada e leva família com tudo dentro.

nissan-kicks-impressões-NA (67)

Impressões ao dirigir

Para pequenas e longas viagens ou o dia a dia, a Nissan optou pelo motor 1.6 16V Flex usado nos March e Versa. A ideia da marca é ter um propulsor pequeno e econômico, mas com boa performance para um carro de 1.142 kg. Com 114 cv a 5.600 rpm e 15,5 kgfm a 4.000 rpm, o motor em realidade se mostrou apenas suficiente para as pretensões do Kicks. O modelo tem 4,29 m de comprimento, 1,76 de largura, 1,59 de altura e 2,61 de entre eixos. Apesar do tamanho, como citado acima, surpreende por ser bem leve.

Equipado com câmbio CVT e função D-Step, que ajuda no desempenho, o crossover tem respostas apenas medianas. A caixa de polias e correias vem ainda com modo Sport, fazendo assim uma simulação de marchas quando se pisa mais fundo.

nissan-kicks-impressões-NA (62)

A rotação varia bastante, bem diferente do March CVT, por exemplo, indo de mansos 1.800 rpm em cruzeiro (110 km/h) até 4.000 rpm em retomadas sem exagero no pedal. Pisando até o fim, o ponteiro virtual marca 6.000 rpm e corta.

As saídas com pé embaixo foram bem mansas e longe de um modo Sport, assim como as retomadas. Para uma condução sem nenhuma pretensão esportiva, o Kicks vai muito bem. O motor 1.8 do Sentra “americano” faria bem ao brasileiro, ainda mais para um carro com baixo peso como ele. Não há trocas manuais, mas estas não se mostraram necessárias, nem nas reduções.

nissan-kicks-impressões-NA (53)

Mesmo com giro alto, o nível de ruído se mostrou adequado para as características do crossover, sendo bem melhor que o apresentado pelo March CVT, por exemplo. Há também a função “L” (Low) para aclives e declives muito íngremes. A Nissan divulgou consumos de 8,1/11,4 km/litro na cidade e 9,6/13,7 km/litro na estrada, respectivamente com etanol e gasolina. Seu tanque de combustível tem somente 41 litros.

nissan-kicks-impressões-NA (41)

O comportamento dinâmico do Nissan Kicks é bom. O veículo oferece boa estabilidade, tendo ajuste mais firme da suspensão, mas sem curso pequeno ou batidas secas, superando bem buracos e asfaltos destruídos. O bom equilíbrio ainda é realçado pelo controle dinâmico de chassi, que adicionando carga aos freios, além de ajustes na direção, permite evitar rolagem da carroceria, permite melhor contorno de curvas e freio-motor adequado para descidas longas, poupando assim os freios.

Desvios rápidos, curvas fechadas, lombadas ou asfalto com muita ondulação são bem filtrados pelo sistema, que ainda reforça a boa agilidade da direção elétrica, muito direta e gostosa de controlar em velocidade. Os freios são mais do que suficientes para o Nissan Kicks, lembrando que atrás vão tambores. Há controles de tração e estabilidade também, assim como assistente de partida em rampa. A versão SL vem com seis airbags, além de sensor crepuscular para reforçar a segurança.

nissan-kicks-impressões-NA (58)

Pós-venda

A Nissan disponibilizará o Kicks SL nas cores Preto Premium (sólida), Prata Classic, Cinza Grafite, Cinza Grafite com Sunset Orange, Cinza Rust e Branco Diamond, todas metálicas, exceto o branco, que é perolizado. A pintura metálica custa R$ 1.350. Há três opções de tonalidade no interior: Preto, Sand (cinza) e Macchiato (marrom), sendo as duas últimas custando um adicional de R$ 500. A pintura Sunset Orange no teto custa R$ 2.500.

nissan-kicks-impressões-NA (30)

Além disso, a japonesa também reforçou o pós-venda do Kicks com revisões fixas e paradas a cada 10.000 km, alternando os valores entre os intervalores, sendo três de R$ 419 e três de R$ 579, totalizando R$ 2.994. A mão de obra está incluída e a garantia é de três anos sem limite e a assistência é 24 horas.

Para fechar, a Nissan divulgou os valores de uma cesta básica de peças, onde um farol custa R$ 585, o para-choque sai R$ 890, lanterna traseira tem preço de R$ 225, amortecedor sai por R$ 219, disco de freio por R$ 120 e pastilhas ficam em R$ 199.

nissan-kicks-impressões-NA (10)

Conclusão

O Nissan Kicks é um belo crossover, sem dúvida. Tem boa presença e cativa pelos detalhes estéticos. O interior é igualmente atraente e chega a ser mais esportivo que alguns rivais. O comportamento ao volante é realmente bom, pena que o motor não corresponda ao conjunto bem equilibrado. O câmbio proporciona conforto, mas a proposta de torna-lo mais esportivo não agrada. Afinal, essa não é a pegada do carro, embora ele possa ir além com algo mais potente no cofre.

nissan-kicks-impressões-NA (6)

O pacote de segurança e conteúdo da versão SL e da série limitada Rio 2016, testada no evento, são muito bons, ainda mais com câmeras de visão 360 graus e, o melhor, controle dinâmico de chassi, um recurso que poucos carros possuem.

Faltaram alguns itens de conforto ao volante, que podem ser facilmente compensados na versão nacional. No geral foi bom, mas por R$ 89.990, poderia ser melhor. Mesmo assim, vale a pena? Melhor ir fazer o test drive. Se motor e câmbio lhe forem suficientes, então assine o cheque e vá com um belo e confortável crossover para casa.

Galeria de fotos dos Nissan Kicks SL e SL Rio 2016:

Evento a convite da Nissan.





  • André

    De repente o novo Cruze ficou barato, ele parte com o mesmo valor.

    • Andre

      Acabei de comprar um Golf Variant pra minha esposa. Não é barato, mas consegui pagar menos de 100mil com muitos opcionais, teto solar e um ótimo motor. Como esses carros “altinhos” estão na moda, e perua ninguém quer mais, dá pra se conseguir um bom desconto, e mto mais custo beneficio que esse Kicks. Aliás, fui numa Nissan próximo ao Ceasa (Sp) me informar se teria o carro para ver e testar, e o vendedor nem se levantou de sua cadeira pra falar que o carro já era um sucesso de vendas, pois já havia fila de espera! Perdeu um cliente. Minha esposa queria esse Kicks, mas convenci ela a mudar de opinião após fazer um test drive! E pelo menos o atendimento que recebi na VW foi mto melhor que na Nissan.

      • André

        Parabéns pela compra, estou vendo de trocar o Jetta de casa, mas a esposa quer uma Variant com interior bege, igual ao Jetta, as que eu achei estavam bem acima de 100mil, só Highline completa. Até 100mil acho razoavel, mais do que isso é absurdo.

        • Roberto Da Silva Rocha

          A estrela da agenda aqui é a novidade, ou não?

      • PEDAORM

        Diria infinitamente melhor, parabéns pela compra consciente, nosso mercado agradece!

        • Roberto Da Silva Rocha

          Quem está interessado em coisas antigas aqui?

          • Zoran Borut

            Você. Os demais estão interessados em tudo que diga respeito a carro, seja o da matéria ou não.

          • PEDAORM

            Nessa área de debate, sempre surgem opções ao carros da matéria considerando os preços. O colega fez um comentário pertinente sobre sua escolha em detrimento do Kicks (ou qualquer fake suv compacto). Me interessa.

      • Heitor

        Amigo, estou interessado na Variant. Qual a versão que vc pegou? E o % de desconto?

        • Roberto Da Silva Rocha

          Novo lançamento, a Variant, ou vamos esperar mais quinze anos, como na linha Pólo?

      • Roberto Da Silva Rocha

        Qual é o assunto aqui?

      • Marcos Paulo Sandri

        Cara parabéns. Carraço. Tenho um Jetta TSI e fico sempre pensando em uma Jetta Variant. Pra mim, se tivesse uma versão TSI 2.0, já teria ido nela. Sei que a 1.4 tem bom desempenho, mas depois que se acostuma com a patada do 2.0, é difícil não querer manter o desempenho.

        • Luis Burro

          Jetta ou Golf variant?Pq de desenho a perua segue o hatch,contrario do seda.

  • Adriano Tochio

    Achei que demoraria mais tempo pra ver um carro com 114cv custar 90.000.! só podemos lamentar !!

    • Lucas de Lucca

      O Veloster deu 114cv no dinamometro da FullPower e já custava isso!! ué? kkkkkkkkk

      • le0gt-r

        Lerdoster!

      • Mestre Fioda

        Boa lembrança! Só não consigo entender a cabeça de quem comprou o tal veloster, que veloz não tem nada.

        • ACELERANDO

          Tem o nome. rsrsrsrs

        • Duh

          O carro é muito estiloso, até hj é bonito, se lembra que mentiram sobre a (falta) potencia dele. Se vendesse hj com um conjunto mecânico competente

          e m preço condizente, não vejo o pq de não comprar se a pessoa quiser um carro estiloso.

          • PEDAORM

            Era bem equipado, de visual diferente, com motor ridiculo considerando o preço absurdo, me remete ao atual Kia Soul.

        • Guilherme Couto

          Mas se juntar um veloster preto e uma fantasia do Batman, ficaria bem legal

        • Mario Souza

          Brasileiro comprou

      • Marcus Fenix

        Nem lembrava mais que Lentoster existia!

        • Vi um hoje na rua! Convenhamos, que belas rodas… rs.

          • ALVIN_1982

            E que belo carro visualmente, pra quem quer chamar atenção… ainda é um belo carro… já mecânica, histórias mentirosas são outros 500…

      • Adriano Tochio

        Estou falando de carro de verdade, não aquela aberração !!

        • Jefferson Rosa

          só lembrando da kombi…ops lerdoster..hiii quer dizer veloster kkkk

    • Bruno

      Pior que isso é o tanque de 41L, se o cara rodar com etanol na cidade vai ter que parar de posto em posto….

    • João Cagnoni

      Em breve colocam um 1.0 no carro e as revistas especializadas aprovam dizendo que ficou mais econômico. Aguarde.

  • Wesley

    Faltou muitos itens por esse preço cobrado. HR-V curtiu isso.

    • Diogo Oliveira

      Não é atoa que HR-V e Renegade tão vendendo igual água.

      • Thiago

        Concordo com você, mas eu achei meio salgado o preço do renegade Sporting sem GPS, e com motor E-Torq, apesar do carro ter bastante opcionais.

        • Mario Souza

          Esqueceu de dizer, sem multimídia, somente dois air bags, bancos de tecido, completo está 100k e o longitude passa dos 100k. Além de interior menor, porta mala nem se diga!

      • dallebu

        Uma coisa que me atrai no Renegade em relação aos concorrentes é que apesar do tamanho parecido ele entrega uns 250~300kg de aço de alta resistência a mais na carroceria.
        Quem já dirigiu o Renegade sabe da sensação de robustez a la “tanque de guerra” que ele passa ao rodar, o que reflete no extremo silêncio da cabine e resistência ao uso nas nossas estradas…

        • Andrew B.

          E que tanque de guerra!Sem mais.

        • Duh

          Isso é vdd, vc não escuta nada de fora, sem tirar que engole os buracos e lombadas, suspensão espetacular, passa firmeza sem ser desconfortável.

        • celso

          “(…) ele (Renegade) entrega uns 250~300kg de aço de alta resistência a mais na carroceria.” Em relação a quais carros, pois o HR-V conseguiu uma pontuação maior do que ele no LatinNcap: 16.70 contra 16.12 (máximo 17.00).

          • tiago

            Mas na proteção infantil o renegade superou o HR-v.
            E mais, ele não disse que esse peso maior estaria ligado à maior segurança e sim à sensação de robustez.

        • Luis LC

          Ué?? Sempre achei que fosse o contrário. Hoje os carros se tornam mais leves por terem aço com liga mais resistente e de menor peso. Não entendo esse peso do Renegado, é o mesmo de carros bem maiores

      • Mario Souza

        Vendem porque não tem nada melhor, ou não tinha, pois o Renegade bom custa mais de 100k, principalmente se colocar multimídia, o restante do air bags e outros itens, além do motor acabar perdendo para o HRV e agora para o Kicks devido ao peso, bem maior! É o HRV vai ficar só com o Honda e powertrain “melhorzinho”

        • Duh

          Só que o Renegade tem uma suspensão muito melhor que o Hr-v e apesar de ter espaço menor, que não é um problema visto que a maioria no máximo vai carregar um carona só, seu acabamento é bem superior que o Honda.

          • Mario Souza

            Colocando dinheiro o RN é o melhor, a suspensão realmente dizem ser maravilhosa, o de entrada tem tudo que todos os veículos deveriam ter, mas os mimos … ficam carinhos. Eu gosto dessa variedade de opções, dá chance para todos terem o que seu dinheiro dá para comprar. O tamanho para mim é ruim, meu carro vive cheio de gente, raras vezes têm menos de 4 dentro

            • Duh

              Então pra quem precisa de espaço e quer um Honda o Fit serve muito bem, já que a desculpa para um Hr-v seria a suspensão, porém ela é dura e não absorve tão bem os impactos e agora está tendo vários casos de problemas dela. Por isso desses SUVs compactos acho que o Renegade é o melhor pois entrega melhor o que se espera de um carro desse tipo.

              • Artur

                Correto. Acho que o Renegade seria o único SUV “de verdade” dentre esses SUVs compactos. O resto pode ser considerado, no máximo, Crossovers.

    • EDU

      Mas o hrv neste valor nao tem nem a metade destes equipamentos

      • MMM

        Por outro lado tem itens que faltam no Nissan, como freio a disco e motor melhor.

        • saulo

          Nissan, por favor, sem controle de cruzeiro nao dá né….90mil e 1.5……nao está 1 mas na minha opiniao 2 niveis abaixo da HR-V

          • Alex

            Sem encosto de braço….

        • Mario Souza

          A Nissan apostou no consumo e na ignorância de 95% das pessoas em relação à parte mecânica dos veículos. Vamos ver se dar certo.

        • EDU

          Bem lembrado , sentiria falta dos discos atraz , mas o motor como ando tranquilo acho melhor ser economico que veloz rs

    • Vinícius

      Acho que faltou apenas um item chamado: Motor.

      • ALVIN_1982

        Pra andar 90% nas ruas de SP a menos de 50 km/h, tá de bom tamanho. Agora se o objetivo é estrada, vá de HR-V.

      • GPE

        Faltou mt coisa aí. Motor, simulação de marchas, luz nos espelhos do para-sol, apoio de braço e piloto automático, coisas que nao deveriam faltar (todas juntas) num carro de 90mil. Ainda mais absurdo é cobrar 2500 p pintar o teto, qnd a pintura do carro é 1350…

        De positivo, a beleza, itens de segurança e valor das peças

    • Mario Souza

      A avaliação de vários sites é que o interior do Kicks é melhor, na verdade o HRV só ganha no powertrain

    • Ricardo

      HRV nem airbag de cortina tem. vende pelo hype.

  • Emilio

    Por este preço e esse motor não vai conseguir competir com o HR-V.

    • Diego Ávila Monteiro

      Compete facil. O povo sempre quer novidade, mostrar pro vizinho e pro colega de serviço que gastou 90k num carro desses.
      Te garanto que ja tem fila de espera.

      • Emilio

        Isso no começo, mas ao colocar na balança, na categoria, o HR-V ainda é o mais interessante.

      • Yo soy Yo

        Ainda que seja novidade, basta um teste drive pra quebrar o encanto.

    • Mario Souza

      A versão top talvez não, tem que esperar para saber o que virá nas outras versões do Kicks junto com o preço onde o HRV é uma b o S t a!

      • Matthew

        Já vimos essa novela antes… quando for nacionalizado vão fazer uma versão bem tosca custando uns 83 mil pra atrair o pessoal pra loja (a exemplo do HR-V manual), aí a versão minimamente decente custará os 90 mil pedidos pela top hoje, e a top vai pra 100 mil temers.

  • Lucas de Lucca

    Achei ele bem bacana no design. Mas esse conjunto motriz fica devendo bastante em relação ao HR-V e o preço também não ajudou. Enfim, vamos ver como o mercado irá receber a novidade.

    • PEDAORM

      Não sei se ficará devendo bastante não… Aguardar números de desempenho e consumo.

  • Mauro Schramm

    Eita, esses caras da Nissan são muito lesados. Um carro com potencial para vender muito e os caras esquecem do piloto automático?

    • Diogo Oliveira

      Esqueceram de por o motor mesmo.

      • Mauro Schramm

        O motor é meio fraquinho, mas pelo menos usar um motor já disponível deve gerar uma baita economia, e, para muitos consumidores esse motor é suficiente. Mas economizar migalhas com um mísero controlador de velocidade é muita tosquice.

    • Paulo

      Nao ter piloto automativo foi de lascar mesmo. Hoje em dia eu nao compro mais carro sem isso.

      • Deadlock

        Piloto automático não combina com motor fraco, que acaba berrando demais.

        • Paulo

          Depende do uso do piloto. Só uso em retas pra descansar um pouco a perna quando viajo muitas horas.

        • Mario Souza

          Aonde vc viu que ele berra bastante, já fez o teste drive ou é de orelhada?

      • PEDAORM

        Pelo menos um limitador de velocidade já ajudava a não tomar multas…

  • Rmx

    5 gordinhos mais bagagem mais a sogra baleia amarada no teto, subindo uma serra, sem duvida todos vão ter tempo de contemplar a paisagem .
    140 cv min né dona Nissan, Tudo no GTR e nada no resto!!!

    • Lucas de Lucca

      Que maldade com a sogrinha hein Rmx? kkkkkkkk

      • Rmx

        Nem digo que tem dia que da vontade de amarar é a filha dela !!!!!!! kkkkk

        • MauroRF

          KKKKKK, agora eu ri. E quem já não teve essa vontade?

          • Rmx

            Só resta se consolar com as (primas) beber umas, voltar de taxi pra casa e ainda reclamar do chefe e do trabalho !!! kkkkkk

          • ALVIN_1982

            A filha em cima e a sogra embaixo kkkkkkkkkkkkk

    • Marcus Fenix

      Nem fala… Aqui no Rio que temos varias serras dentro da cidade, um carro com motor desses faz fileira de apressados com farol alto atrás!!!

    • Marcelo Ceno Dutra

      Tudo no GTR 😂😂😂😂😂😂😂

    • Mario Souza

      Renegade vende 4 mil, mais pesado, motor igual, não dá 5 pessoas, nem bagagem, muito menos sogra no teto, o que sou totalmente contra. Sogra deve ir como parachoque traseiro ou dianteiro.

      • Lucas086

        Qual Renegade não cabe 5 pessoas? A de casa fiz uma viagem com 5 pessoas mais malas e o carro foi de boa, consumo por volta de 11 na estrada, com apoio de braço e piloto automático, coisa que o Kicks não tem.

        • Mario Souza

          Outro dia o cara disse que fez uma viagem de 1500km em uma Uno com a família e malas no maior conforto. Cada um tem sua opinião. Tem um apartamento de 2 quartos aqui na rua de 40m2. Com uma família de 4 pessoas.

          • Lucas086

            Diante das proporcionais, foi sim com conforto, o mesmo de um Hr-v, por exemplo. Mas que nem vc disse, cada um com sua opinião

  • Diogo Oliveira

    Cara, na boa, eu curto muito a Nissan… Mas 90Mil em um SUVzão 1.6 114 Cv… não dá cara, simplesmente não dá!

    • Licergico

      crossoverzinho se quiz dizer né …
      SUV é sw , santa fé land sport etc…

      • PEDAORM

        Acredito que o amigo editou o
        comentário lhe deixando no vacuo, mas concordo plenamente.

        • Licergico

          Pois é ele tinha dito ‘SUVizão’ …

    • Matthew

      Calma que depois piora… já vimos essa novela antes. Quando for nacionalizado vão colocar uma versão bem tosca com câmbio manual por uns 82 mil e que ninguém vai querer, aí a intermediária vai pra perto dos 90 mil com o mínimo que se espera neste segmento, e a top com as eventuais correções no pacote de equipamentos (piloto automático por ex.) vai bater os R$ 100 mil.

  • predadordemarea .

    Tinha gente iludida falando: vai ter que vir barato porque , caso contrário, não vai disputar a liderança, vai micar.
    Parece que as montadoras estão pouco se lixando se vai vender muito ou pouco, se vai micar ou não.
    Carro por um preço justo é ilusão no Brasil.
    Tem o preço menos pior mas nunca o preço justo.

    • Fanjos

      “QUALQUER COISA por um preço justo é ilusão no Brasil”

      Corrigido

      • ALVIN_1982

        Mas vai dizer que vc não gostou do preço! Todos estavam esperando em torno de R$ 79 mil e já veio com “bonus” de 10 mil… maravilha, hein!

        • Fanjos

          Sei não….acho que deveria começar em 100 mil =/

          • Matthew

            Como eu disse acima: “Calma que depois piora… já vimos essa novela antes. Quando for nacionalizado vão colocar uma versão bem tosca com câmbio manual por uns 82 mil e que ninguém vai querer, aí a intermediária vai pra perto dos 90 mil com o mínimo que se espera neste segmento, e a top com as eventuais correções no pacote de equipamentos (piloto automático por ex.) vai bater os R$ 100 mil.”

            • Fanjos

              Agora sim vi desvantagens…. Melhor assim

  • Licergico

    la fora tem ProPilot aqui NenhumPilot !!!

    • PEDAORM

      AKA NoPilot.

  • Newton Freitas

    O motor do sentra não seria a melhor escolha para colocar nesse carro? Ou o 1.8 da Livina.

    • AlemãoMoreira

      Em termos desempenho com certeza, e se bobear um 1.8 bem acertado ficaria mais econômico.

  • Licergico

    pra eu pagar 90k nesse carro falta:

    Motor mais com cv e torque ( ou turbo );
    teto solar;
    acc ou no minimo control cruize;
    simulação de marchas com Borboletas;
    ar dual zone;

    • tjbuenf

      e um acabamento mais refinado, né…

  • Thiago

    Peugeot 2008 THP mandou lembranças com 173cv rs. Lindo carro, mas motorzinho ordinário

    • Leonel

      Enquanto esse carro não sofrer uma bela atualização, colocando obrigatoriamente um câmbio AT6 nessa versão (e eu recomendaria nas aspiradas também), ele vai ser apenas mais um a ficar no retrovisor. Até porque a massa em si não dá a mínima para motorização e sequer entende, é só ver o quanto Renegade com o E-Torq e o próprio HR-V vendem.

      • Thiago

        Pior que você tem toda razão, fico espantado com as vendas do renegade, e apesar do HRV ser o melhor dos SUV na atualidade segundo os críticos veiculares, o THP ainda é o melhor motor mas deveria ter um cambio AT6 mesmo, eu acredito que até o ano que vem devem tirar o aspirado e colocar o 1.2 Puretech Turbo, e colocar um AT6 no THP. Mas mesmo assim vai aumentar as vendas mas não acredito em ser o lider do mercado, merecia depois dos ajustes, mas não acredito mesmo.

        • Leonel

          Pois é. Boatos indicam que virá o 1.2 THP e com ele o AT6, assim como na versão 1.6 THP. Eu penso que tem de melhorar o recheio, acabamento e pós venda se a Peugeot almeja o topo. Sem estas características, a massa vai continuar seguindo a “boiada”, não adianta.

          E digo aqui que se vir com o 1.2 THP, bem recheado e com bom plano de pós venda, e sou um possível comprador.

          • Thiago

            Eu confesso que já compraria até agora, mesmo com o cambiozinho AT4 pela minha proposta de uso. Mas se os boatos se confirmarem vou até esperar para já comprar o atualizado hehe.

          • Bem recheado e acabado ele é até demais… problema fica mesmo na falta do automático na versão de topo e no automático de 4 marchas das versões mais em conta.
            De qualquer forma, acredito que o 2008 perde no apelo visual com relação aos demais concorrentes do mercado. Tudo bem, ele é um carro bonito, mas no fundo, no fundo ele é uma perua do 208 (um tipo de “208 Escapade”), e não um crossover na acepção da palavra como os demais players do mercado. Ele é quase exatamente o 208 por dentro.
            Eu mesmo namorei um 2008 por bom tempo para comprá-lo para a minha esposa. Mas com o lançamento da linha 2016 do 208 (com 6 airbags e sensor dianteiro) por cerca de 15 mil a menos, ficou difícil levar o 2008 pra casa. A alavanca de freio de mão diferente (bonita mas ordinária, é de manuseio desconfortável), os centímetros a mais no vão livre do solo (nem temos uso do carro em estradas sem asfalto), alguns litros a mais no porta malas e o acionamento elétrico da cortina do teto não justificam diferença tão grande de preço. No fim é a mesma dinâmica, o mesmo espaço interno e equivalência nos equipamentos entre o hatch e o dito crossover. Resultado: levei o 208.

            • Leonel

              Ubaldi, na versão aspirada ele tem o câmbio AT4, ele não dispõe atualmente na versão topo de linha, ou seja, no THP.

              • Foi o que eu disse: “problema fica mesmo na falta do automático na versão de topo e no automático de 4 marchas das versões mais em conta”.
                Temos a Griffe com motor aspirado e câmbio de 4 marchas (era a que eu estava me propondo a adquirir), mas ainda assim ela não é a versão de topo, possuindo alguns equipamentos a menos que a THP, como o grip control, por exemplo.

            • Eduardo Alves

              boa noite amigo, eu quase comprei um um 208 tambem mas no final pelo preco acabei pegando um 408 thp com um ano a mais de uso. O que vc me fala do 208, o cambio embora 4 marchas atende bem? Como é o consumo e conforto? Deve ser menos duro que o 408 mas to achando que so vou ficar esse ano com ele e voltar para um carro menor e mais barato de manter ja que minha esposa ta achando a banheira do 408 dificil de estacionar

              • Boa noite, amigo.
                Olha, o câmbio de 4 marchas não compromete em nada a dirigibilidade. Dificilmente se nota que você está com número de marchas limitado. As trocas são muito suaves e quase imperceptíveis.
                Agora, no que tange ao consumo, em trânsito urbano pesado o carrinho bebe bastante (coisa de 6 a 8 por litro de gasolina). Já em uso rodoviário (mais que 13 km/l) e em trânsito urbano mais leve (coisa de 9 a 10 km/l), não dá pra reclamar muito, apesar de ter coisa bem mais econômica no mercado. Como o câmbio de 4 marchas faz uso amplo de cada uma delas, a primeira e a segunda acabam se esticando muito em trânsito muito truncado, aí a conta vem no consumo. Acredito que em uma tocada mais ligeira na rodovia (acima de 110 km/h) o consumo também deva se elevar significativamente. Minha esposa viaja bastante no dela, mas sempre em velocidades na faixa de 110 km/h.
                O conforto é muito bom, com ótimo acerto de suspensão. Realmente em dirigibilidade, acabamento e design da cabine, é difícil achar algo semelhante hoje no mercado na categoria do modelo. Eu tenho um C4 THP, e mesmo me ressentindo da diferença de motor, confesso que toda a vez que pego o 208 fico impressionado com a pegada do bichinho. Uma delícia de guiar. Te digo sem sombra de dúvidas que se eu tivesse menos altura (1,93 m) e uma família menor, teria um 208 GT para meu uso hoje.
                O carro de minha esposa já está com 23 mil km, e até agora zero a relatar em termos de ocorrências. Só revisões programadas, mesmo.
                Quanto ao tamanho do 408, se eu der um carro desses para a minha esposa guiar ela me bate… kkkk. Negócio dela é carrinho pequeno mesmo. Na versão griffe, o 208 fica devendo pouco ao 408 em termos de disponibilidade de equipamentos.
                Grande abraço.

                • Eduardo Alves

                  Obrigado pela resposta amigo. O consumo urbano nao e muito diferente do 408 nao o problema e mais pelo tamanho. Valeu.

                • Thiago

                  Concordo contigo Ubaldir, aliás parabéns, sempre tenho acompanhado seus comentários, em diversas outras discussões, e sempre vejo você avaliando com sensatez. Muitos se baseiam por 1 ou outra respostas, o caso do 208 é um exemplo, um carro que para mim na linha dele é o melhor do mercado, e o pós venda melhorando a cada dia, sei disso pois minha mãe tem um e até o Final do ano eu compro um Peugeot 2008 e acompanho as manutenções do carro da minha mãe, pois dirigindo da minha mãe tenho a mesma percepção do câmbio, é um câmbio que atende, e tem a questão do gasto que senti realmente que não é econômico, mas nenhum carro é perfeito. Logicamente que pode melhorar em alguns aspectos, mas o pessoal as vezes fala do câmbio como se tivesse dirigindo um trator.

                  • Pois é… o câmbio de 4 marchas da PSA fica devendo hoje somente no consumo e no estranho ruído que ele faz quando engatado (nota-se somente quando se está de fora do veículo). No mais, não há ressalvas à sua utilização.
                    Grande abraço.

    • Felippe

      o Pug 2008 1.6 THP é animal mesmo, se eu fosse trocar de carro compraria fácil um desses hehe

      • Thiago

        Saindo a carta de crédito será meu novo carro hehehe

        • Felippe

          Boa hehe!!! Queria poder dizer o mesmo kkkk

  • Leonel

    “apesar de deixar de fora um simples retrovisor eletrocrômico” aprenderam com a Honda isso.
    Belo carro, bem pensado e em minha opinião um carro superior ao HR-V e Renegade. Iria tranquilamente nele ao invés de seus concorrentes.

    Por fim, para ser honesto, por esse valor eu iria de Cruze ou Cruze LTZ. Não há qualquer motivo para eu ir de “SUV”, pagando a mesma coisa para levar um carro inferior. Os que precisam de um carro mais alto porque andam em estradas irregulares constantemente e etc, está aí uma pedida interessante. O preço? Caro, como qualquer carro nesse país.

    • PEDAORM

      Não precisa andar constatamente, se você andar algumas vezes ao ano já pode ser uma pedida. Fui para Pipa – RN saindo de Recife faz 2 finais de semana, meu Focus deixou por la defletor de água dianteiro, protetor de cárter e defletor de escape. Nunca mais vou nele. Carro baixo no Brasil é dose.

  • Carlos_Drake

    O CARRO É LINDO!!!!! mas fiquei descrente.
    O que me revolta é que este é o top de linha. Me decepcionou ter plastico duro no painel ja que a Nissan falava a torta e a direita que era um rival do Jeep e Honda… mas só a faixa costurada que é macia. Sem luzes no espelho, sem retrovisor inteligente, sem apoio de braço… etc. Tanque de 41 litros?? Faltam mimos que justifiquem o preço e que estão presentes em 90% dos concorrentes nesta faixa de preço.
    O cara já falou que o motor não é ruim mas n empolga…. Aí se eu compro coloco mais 3 comigo no carro com bagagens subir uma serra fica tenso? Prefiro n experimentar e me arrepender.
    .
    Se este fosse o de entrada ou o mediano nem acharia tão ruim.. mas 90 mil é de lascar.
    Minha opinião pessoal!

  • Fanjos

    Coloca custando 100 mil, que fica mais bonito, 90 mil esta barato demais, eu passo

  • Bruno Borges

    Em vez de cheiro de carro novo, a série especial Rio 2016 vai vir com cheiro de esgoto da água da Baía de Guanabara….rsrs

    • PEDAORM

      Mais conhecido como cheiro de Merd@!

  • tjbuenf

    Para encontrar 1800 que paguem R$ 90 mil nesse carro, vai demorar….

  • zekinha71

    Paga 90k e depois tem que fugir das revisões da ccs.
    Semana passada levei meu March para fazer a revisão de 20k, no site o preço de uns 400,00, chegando lá pra fazer o que consta no manual vira 1.200,00, tira isso, tida aquilo caiu pra 1.000.
    Ou seja os 400 só pagam a troca de óleo. Dei tchau e fui no auto center que sempre fui, fizeram tudo o consta no manual e fizeram análise do fluído de freio e estava perfeito sem precisar trocar.
    Ficou tudo em 400, e ainda descobriram que na revisão de 10K não trocaram os filtros, estavam os originais de zero.
    Cobraram e não trocaram, e ainda veio com papo de perda de garantia, fiquei até cabreiro se é que trocaram o óleo na 1ª revisão.
    Bem que o povo fala aqui, compre um zero e esqueça revisões nas ccs, só querem saber de ganhar pra não fazer nada.

    • Rmx

      Sempre acho estranho isso de no BR os carros terem que trocar de oleo a cada 10.000 km ou um ano sendo que muitos modelos com o mesmo tipo de oleo na EU trocam a cada 2 anos ou 30.000 km. Encarando 40 graus no verão e – 15 no inverno !!!!!
      Vendo seu exemplo acho que muitos trocam o oleo como os europeus mas pagam 2 vezes !!!!! kkkkkkkkk
      Ehhhh Bananalândia!!!!

      • Thiago

        Na 320i do meu sócio o computador pede troca de óleo a cada 4.500km aproximadamente com uso apenas urbano.

        • PEDAORM

          Uso “apenas” urbano, normalmente é o tipo de uso que mais exige do carro, principalmente nos grandes centros. Claro que isso não é regra, mas pode ajudar a explicar.

      • Brenno

        Não seria as condições do Brasil? Combustíveis de péssima qualidade, serviços muito mal feitos, oficinas sem qualquer qualificação, fora o trânsito anda e para.
        No meu MK5, como rodo muito pouco, exclusivamente cidade, troco com 1 ano ou 6 mil km, o que acontecer primeiro. E acho barato: consigo 4l de 5W30 SN sintético+ Filtro por 90 reais. Uma vez por ano não pesa no bolso.

        • Matthew

          Loucura deixar pra trocar o óleo a cada 30 mil km aqui no Brasil. Aliás, foi esse um dos fatores que queimou o Marea aqui no Brasil. Como a troca era muito espaçada formava borra que era uma beleza.

          • Brenno

            Exato! Se tivesse no manual: trocar óleo a cada 5 mil km + rede credenciada eficiente, veríamos muitos Fivetech rodando firme e forte no país.

    • Junio Tavares Silva

      Picaretagem da brava hein!

    • Rafael

      Aí é pra ficar indignado! Vc chegou a levar impresso o valor da revisão que consta no site? Já aconteceu isso comigo e ao reclamar com o papel eles colocavam no preço certo

    • Lexfamulus

      Uma coisa que achei positiva na Peugeot a esse respeito é que o acesso do cliente à oficina é permitido durante a revisão (pelo menos na Peugeot La Villette). Querendo ou não, acaba inibindo a picaretagem, caso o dono tenha disponibilidade de tempo para acompanhar todo o procedimento. Ainda não passei pela revisão, mas a possibilidade de poder acompanhar o serviço me passou uma impressão positiva.

      • PEDAORM

        Sempre acompanho o serviço quando estou disponível, apesar da placa que diz “apenas pessoal autorizado”, ninguém reclama. Ford Granvia Imbiribeira (Recife). Da última vez fiquei achando um pouco perigoso depois que Ka suspenso enconstou em mim ao descer.

  • Bugrezilla

    Tava de olho neste carro pra esposa, mas vamos deixar passar. Ela nem acreditou quando eu falei que custa 90 mil, ela estava imaginando na faixa de 70k. Infelizmente a nissan foi muito gulosa e matou o carro. É o famoso natimorto.

  • JCosta

    Por esse preço, o Kicks deveria apresentar mais… não tem iluminação no espelho do para-sol, descanso para o braço… Em resumo, o popular premium agora custa 89k…

  • Mestre Fioda

    Na minha opinião é um bom carro. O senão é o preço cobrado. Não estaria com preço fora da realidade do mercado (PS: todo carro no Brasil é caro) se tivesse um conjunto mecânico mais condizente com a proposta, mas com esse motor penso que não vai incomodar Renegade/HR-V. E acho que não vai incomodar Duster/Ecosport, que possui versões com preços mais inferiores.

    • Thiago

      E não vai incomodar Peugeot 2008 hehehe.

  • Lucas086

    Muito caro, duvido alguém deixar de ir de Hr-v e em menor escala, Renegade, para ir em um Nissan. Isso vai ocorrer também com o Sentra, que subiu de preço, perdeu o custo/benefício. Apesar de ser bonito, não passa a impressão de Suv, que nem Hr-v, parecem mais com hatch alto. E sem contar no motor, usar um motor de um carro qu3 custa metade do valor.

  • Junio Tavares Silva

    Gosto muito desse tom de marron do couro, mas esse cluster com velocimetro analogico não combinou com todo o resto.

  • DGA

    O preço está desproporcional ao produto. Há coisas melhores pelo mesmo valor!

  • Rafael

    Confesso que sou fã da Nissan. Já tive um Tiida, dirigi muito um Sentra. Mas ela está otimista demais com as vendas desse carro. Entendendo ou não de carro brasileiro vai falar “Hrv e Renegade é 1.8 e o Kicks 1.6”. Segundo que Jeep e Honda carregam mais status (para a maioria brasileira que a Nissan). Terceiro que o Kicks parte de 90 mil reais enquanto HRV e Renegade, na teoria, por cerca de 80 e poucos mil automáticos. Mesmo com menos itens vão parecer mais baratos.

    No fim da história a Nissan tá sonhando alto e esse carro não deverá vender mais que 1000 por mês até chegar às versões baratas. E quando chegar? Será que não ficará queimado pelas baixas vendas ganhando ar de “mico”?

  • Vitão

    Disponibilizar somente a versão 1.6 mas com esse preço sem vergonha, foi a maior “cagada” que a Nissan fez. Vai amargar baixar vendas tendo que trazer um motor mais forte… Pelo tempo que a Nissan demorou pra trazer câmbio AT em seus modelos de entrada creio que só depois de uns 4 a 5 anos teremos esse tal motor mais potente, quando o veículo requerer um “facelift”.

    Vai continuar apanhando do Renegade e HR-V.

  • CanalhaRS

    O carro tem um bom conjunto, mas por esse preço e com essa motorização, ficou muito caro. Pode até vender bem no começo, mas não vai vingar. Quem paga perto de R$ 100 mil num carro, que um desempenho condizente.

  • Caro pelo conjunto mecânico. O visual é belo, fazendo crer que a Nissan deva mudar um pouco a cara controversa de seus veículos vendidos por aqui.

  • Marcus Fenix

    A mesma Nissan que quer ser a maior japonesa no Brasil manda uma dessas!? Desse jeito não será nunca! Não vai ultrapassar nem a recém comprada Mitsubishi!

  • edgar__rj

    Quanto está o novo Sentra SL ?

  • Vinícius

    O desempenho desse carro deve ser semelhante ao do Renegade ou at’e superior, ja que o Jeep pesa 250 kgs a mais que o Kicks e possui um 1.8 de 130/132cv. Por outro lado, a economia do Kicks deve ser bastante superior ao Renegade e ao HRV, dessa maneira, se analisarmos melhor, talvez nao seja uma opcao tao fora de cogitacao.

  • Marcos

    Por este valor espero que encalhe e não venda nem 100 unidades/mês!

  • ALVIN_1982

    A Nissan perdeu a oportunidade de decolar como marca aqui no Brasil. Se começasse em R$ 65 mil, com uma versão básica manual e R$ 69 mil com automática, iria roubar vendas do Renegade, HR-V e 2008 juntos. Esse valor que eles estão pedindo poderia vir com o motor do Sentra 1.8.

  • Brasileiro

    Hoje seria a minha escolha entre os “Suvs”

    • Maycon Farias

      Espere o Kwid ser lançado, talvez você mude de ideia kkkk

  • Jonas

    se fosse o motor 2.0 do Sentra seria top o carro .. agora esse 1.6 de 114 CV ? não vai rolar

  • Diego

    90 mil Reais por um carro com acabamento bem simples e dotado de motor 1.6 16v, por Deus, o mercado de carros novos precisa de uma reviravolta, não tenho coragem de pagar esse valor num carro tão simples como este.

  • Gran RS 78

    A Nissan acertou em cheio no visual e no interior do Kicks. Para a marca ter acertado em tudo, faltou um motor mais forte, como mencionado na matéria, o 1.8 do Sentra americano iria cair como uma luva nesse belo crossover.

  • Duh

    Gostei do exterior e dos bancos, de resto cometeu uns erros bobos e imperdoáveis (freios a tambor, falta de piloto automático…) , ficou meia boca e a Nissan viajou no preço, se esqueceu que não tem o peso do nome da Jeep ou Honda para cobrar isso, se antes compravam Nissan pelo preço mais em conta agora não tem justificativa.

  • Guilherme Couto

    Essa fortuna toda e não vem nem encosto de braço?

    • Maycon Farias

      Mas pela falta disso vc ganha freio a tambor na traseira.

      • Guilherme Couto

        E freio de estacionamento com alavanca, pra dar aquele toque de… Ser passado pra trás?

  • francis

    Montei no site da Jeep, um Renegade com teto panoramico, +5 airbags, e kit multimídia e saiu a R$89.790,00 , só o manual com o teto sairia a 83.000,00 …. Kicks vai ficar brigando com o 2008 pela lanterna do segmento….

    • Zeca Piroto 🤘🔥

      Rapaz…Acho que nem briga com o 2008 viu, Kicks é lanterna certa! e outra, vão fazer a mesma besteira que a PSA fez com o 2008, se eles tivessem lançado ele THP com AT6, pode ter certeza que seria o melhor carro da categoria, mas resolveram despachar os AT4 obsoletos, daí mataram o carro, agora depois da besteira, dizem que vão lançar a versão AT6, já era…
      A mesma coisa a Nissan está fazendo, lançando um carro com um dos itens mais importantes (se não, o mais importante) sendo a deficiência do carro, que é o Motor! o Editor do NA utilizou palavras brandas para descrever isso, mas a realidade é que ele é de longe o carro mais “Manco” da categoria. E quando eles resolverem colocar um propulsor melhor, já será tarde. Desperdiçaram o seguimento de carros que está sendo mais lucrativo para as empresas nos últimos tempos. Essas marcas vacilam demais, depois ficam reclamando que o brasileiro não dá credibilidade para elas. rs
      EDIT: Resumindo, podem lançar um carro bom e lucrativo, pra bater a concorrência… ao invés disso, preferem lançar um carro pior, pelo mesmo preço, entopem de propaganda e acham que vão estourar as vendas… acabam se ferrando e quando finalmente decidem consertar o erro, o tempo já passou. kkkk

  • Bruno Gomes

    Por esse valor já está descartado de opções para futuro carro. Por esse valor pego um Jetta TSI 2.0 completo e semi novo, ou até mesmo outros sedans médios nessa faixa de preço. Bola fora da Nissan e infelizmente a tendência em nosso mercado é só o abuso no preço dos carros.
    Tinha muito interesse em ter um SUV compacto e ele junto com o Renegade me despertaram vontade em partir para essa categoria. Vou continuar com meu Fiestinha catando algum outro substituto pra ele.

    • invalid_pilot

      Cruze novo come com farinha essa tentativa de Evoque…

  • Diego Ávila Monteiro

    Não faz 1 ano que estavam vendendo Renegade e HR-V a partir de 69k ??????
    Como podem lançarem esse carro por 90k, e nem é a versão top.
    Kicks série Rio em comemoração as olimpíadas. Se o Brasil for um fiasco nessas olimpíadas
    (espero que não) igual a copa do mundo, ainda corre o risco de valer 45k ano que vem.

    • tiago

      É a versão top.

  • Marcelo Ceno Dutra

    Que jaca! Ansioso pra fazer um teste drive pra vê o quando ele é lento será que vai ganhar do Jeep Renegade no quesito lesma ?

  • Mr. On The Road 77

    Podia até ter 114CV, mas com 20 kgfm de torque a 1500 rpm…

    • Mario Souza

      A Nissan tem um motor turbo 1.2 de 115 CV e 19 kgfm

  • Eduardo Santos

    Achei-o muito bonito. Só falta motor. Ah, e o preço até que tá condizente com a atual situação do mercado, eu não o esperava por menos de 80 mil. Agora tenho certeza que em menos de 6 meses teremos aumento chegando a quase 100k.

  • JAG

    Ele é 20% mais leve que o Renegade, mas é 20% menos potente e 20% menor no torque! Então a previsão de ter a mesma desenvoltura.

    • Martini Stripes

      Por ser CVT, talvez um pouco melhor.

    • Mario Souza

      O Kicks: A conta de peso/potência ganha do Renegade, e do peso/torque também é melhor!

  • Tomtilt

    Valeu a tentativa, Nissan, mas o Kicks é um natimorto.

  • invalid_pilot

    93k num March… Parabens a quem for louco suficiente pra assinar o cheque nesse carro caro e manco

  • Freaky Boss

    Era óbvio que ia faltar motor no carro. Todo mundo falou isso. Eu não compraria esse carro por isso. Só por isso.
    Principalmente considerando o nicho e faixa de preço. Isso não vai ser visto com os olhos de quem vê um versa.
    Nissan já deu a largada patinando. Pra variar no Brasil. Ou vinha com o 1.8 do sentra americano ou um motor turbo.
    Daqui a uns anos aprendem e trocam o motor.

    • Mario Souza

      Se o Renegade pesadão vende com um motor fraco e completo passa de 100k, o Kicks não será problema

  • Ricardo Blume

    Gostei do carrinho mas acho que merecia menos plástico duro no painel e um pouco mais de torque. Me recuso a falar do preço para não cair na mesmice.

  • Leandro Ribeiro Gomes

    Pelo visto o aparelho de multimidia é da marca bosch, descobri depois de muito estudo que o gps dos aparelhos dessa marca instalados na nissan são híbridos , o gps não funciona 100% por satélites , e sim por rádio frequência , quem comprar o carro pensando que vai ter um gps verdadeiro vai ter uma surpresa , na área urbana nos grandes centros até que da para o gasto , mesmo com erros de 100 metros, e quem comprar para viajar vai aumentar o erro e não vai funcionar nas estradas, sem falar na dificuldade de atualizar os mapas. O aparelho funciona bem nos estados unidos onde a rede de cobertura da radio frequência é grande e assim o aparelho também funciona como rastreador para localizar o carro. É uma vergonha essa multimídia da Nissan o da Renault o midia nav é um GPS verdadeiro , com todos os recursos lhe avisa até de atualizações dos mapas. Tenho um carro da Nissan e para viajar com segurança ( para os avisos dos quebra molas e lombadas ) uso um outro aparelho de GPS que me avisa dos perigos na estrada , que o da nissan diz que faz ( isso no manual ) e na pratica não funciona.Dei entrada no procon , ligou uma pessoa para fazer um acordo e no fim das contas me senti como apunhalado pelas costas pois no dia da audiência entraram com uma defesa dizendo que o sistema de GPS é impreciso e não é confiável. E porque eles anunciam e vendem um produto que eles dizem que não presta ?

  • Hellry Anderson

    Tá maluco, com menos de 90k eu compro uma outlander 14/15 com uns 20,000, 30.000 rodados. Depois que clonaram meu carro com 8.000 mil rodados e toda dor de cabeça que tive para resolver (além da grana que perdi na desvalorização), não compro mais caro zero!

  • Roberto Da Silva Rocha

    De repente ficaram tão exigentes. Foram cinco décadas do Fusca, depois trinta anos de Gol, com motor longitudinal, sessenta anos de Kombi, mas são exigentes demais com os concorrentes. Fuscamaníacos que nem sabem que foram enganados com a maior fraude da história do automobilismo mundial: o maior roubo de projeto, o Tatra T97 projetado pelo engenheiro Ludwinka foi roubado pelo engenheiroo Ferdinando Porsche, por ordem de Hitler, para ser fabricado pela fábrica NSU pois a fábrica Volkswagen nem existia ainda, e finalmente produzido pela VW. O roubo do FUSCA!

  • Roberto Da Silva Rocha

    A esposa de André deve estar muito feliz. AO invés do modelo recém lançado recebeu de presente um velho e consagrado modelo antigo muito bem cotado no mercado e que vai permanecer com a mesma cara design por mais vinte anos

  • Felippe

    A Nissan acertou em tudo nesse carro, menos no preço, com motor 1.6 ele devia custar no máximo uns 80 mil, acima disso no mínimo um motor 1.8, poderia ter colocado o motor do finado Tiida pelo menos ia justificar esse preço, mas de resto o carro é sensacional

  • Leandro Ribeiro Gomes

    Pelo visto o aparelho de multimidia é da marca bosch, descobri depois de muito estudo que o gps dos aparelhos dessa marca instalados na nissan são híbridos , o gps não funciona 100% por satélites , e sim por rádio frequência , quem comprar o carro pensando que vai ter um gps verdadeiro vai ter uma surpresa , na área urbana nos grandes centros até que da para o gasto , mesmo com erros de 100 metros, e quem comprar para viajar vai aumentar o erro e não vai funcionar nas estradas, sem falar na dificuldade de atualizar os mapas. O aparelho funciona bem nos estados unidos onde a rede de cobertura da radio frequência é grande e assim o aparelho também funciona como rastreador para localizar o carro. É uma vergonha essa multimídia da Nissan o da Renault o midia nav é um GPS verdadeiro , com todos os recursos lhe avisa até de atualizações dos mapas. Tenho um carro da Nissan e para viajar com segurança ( para os avisos dos quebra molas e lombadas ) uso um outro aparelho de GPS que me avisa dos perigos na estrada , que o da nissan diz que faz ( isso no manual ) e na pratica não funciona.Dei entrada no procon , ligou uma pessoa para fazer um acordo e no fim das contas me senti como apunhalado pelas costas pois no dia da audiência entraram com uma defesa dizendo que o sistema de GPS é impreciso e não é confiável. E porque eles anunciam e vendem um produto que eles dizem que não presta ?

  • Semana passada vi duas cegonhas aqui no RJ, na avenida Brasil, só com esses KICKS.
    Deviam ser os que a imprensa testou.
    Olhando de relance, o carro me pareceu pequeno/ baixo, lembrando o 2008 em porte.
    O porte dele tá mais pro HR V ou pro 2008?

  • duhehe

    Falta teto solar, encosto de braço, piloto automatico e um motor de gente.

    No preço não falta nada, já esta sobrando demais.

  • João Cagnoni

    Impressões ao dirigir é fácil, queria ver uma “impressões ao pagar” 90 mil em um compacto rsrs

  • RFGV

    90 pau por um crossover de mulherzinha com 114 cv? a Nissan realmente não quer aumnentar suas vendas por aqui…

  • DANIEL PIROLLI

    ENTAO, ACHEI LEGAL O CARRO, MAS COM ESSE MOTOR RIDICULO. QUER USAR CILINDRADA BAIXA, ENTAO POE TURBO, SENAO FICA MANCO QUE NEM O HRV…

  • Estevão Gonçalves

    Pelo preço, troco esse pseudo suv por um novo cruze que na mesma faixa de preço, é muito mais equipado e tem um eficiente e ágio motor turbinado.
    Decepcionado com a Nissan

  • EDU

    Caramba o povo quer um kicks 5.0 v8 pelo jeito. kkkkk Buraco , lombada . radar , transito. Eu me interesso mais pela economia . Se os testes dizem que a proposta e essa poxaaaa. Se nao serve nao compra. Ninguem andou no carro e todo mundo falando mal . O melhor carro e aquele que satisfaz a si proprio nao ao outros.

  • Alexandre Maciel

    O motor pode até ser “suficiente” para o carro, mas é pouco pelo preço que cobram. Entendo que há vários dispositivos que atraem o consumidor. Porém, trata-se de um compacto. Então, para justificar esses 90 mil, na minha opinião a motorização deveria ser melhor, ainda mais se se considerar que a Nissan não é líder em segmentos do mercado automotivo. Então, se querem que comprem, alguma vantagem deve haver. No caso, não vejo nenhuma e não compraria por esse preço com essa motorização.

  • Luis Burro

    A nao ser pelo porte,nao vejo nd demais nele!Este design ficou devendo e parece distante de Maxima e Sentra,prefiro a ousadia do Juke.
    Q potencia pequena pra um 16v,de q geracao eh este motor?

  • Leandro Ribeiro Gomes

    Pelo visto o aparelho de multimidia é da marca bosch, descobri depois de muito estudo que o gps dos aparelhos dessa marca instalados na nissan são híbridos , o gps não funciona 100% por satélites , e sim por rádio frequência , quem comprar o carro pensando que vai ter um gps verdadeiro vai ter uma surpresa , na área urbana nos grandes centros até que da para o gasto , mesmo com erros de 100 metros, e quem comprar para viajar vai aumentar o erro e não vai funcionar nas estradas, sem falar na dificuldade de atualizar os mapas. O aparelho funciona bem nos estados unidos onde a rede de cobertura da radio frequência é grande e assim o aparelho também funciona como rastreador para localizar o carro. É uma vergonha essa multimídia da Nissan o da Renault o midia nav é um GPS verdadeiro , com todos os recursos lhe avisa até de atualizações dos mapas. Tenho um carro da Nissan e para viajar com segurança ( para os avisos dos quebra molas e lombadas ) uso um outro aparelho de GPS que me avisa dos perigos na estrada , que o da nissan diz que faz ( isso no manual ) e na pratica não funciona.Dei entrada no procon , ligou uma pessoa para fazer um acordo e no fim das contas me senti como apunhalado pelas costas pois no dia da audiência entraram com uma defesa dizendo que o sistema de GPS é impreciso e não é confiável. E porque eles anunciam e vendem um produto que eles dizem que não presta ?

  • Fernando Caldas

    Kkkkkkk enquanto isso a NOVA Murano ta saindo por 110.000 aqui no Chile. E nem falta falar mais…
    Enquanto nego comprar lixo zero pra ostentar os preços só vao subir….



Send this to friend