*Destaque Crossovers Nissan Segurança

Nissan Kicks é avaliado pelo Latin NCAP e recebe quatro estrelas

nissan-kicks-teste-latin-ncap-15 Nissan Kicks é avaliado pelo Latin NCAP e recebe quatro estrelas

O Latin NCAP divulgou nesta terça-feira, 12, os resultados de uma nova bateria de testes. Desta vez, a organização avaliou os modelos Nissan Murano em sua versão produzida para o mercado latino-americano e Nissan Kicks produzido no Brasil, além do Chevrolet Aveo, que se posiciona como um dos carros mais vendidos no México. Destes, somente o Kicks é oferecido em nosso País, e surpreendeu positivamente ao receber quatro estrelas mesmo tendo sido avaliado em sua versão com apenas duplo airbag.



O Nissan Kicks recebeu quatro estrelas tanto para a proteção do ocupante adulto quanto para o ocupante infantil. De acordo com o divulgado do Latin NCAP, o crossover compacto apresentou um desempenho instável apenas na estrutura e na área dos pés no teste de batida frontal, o que implicou na fraca proteção do peito dos ocupantes. Já na proteção contra impactos laterais, ele teve desempenho adequado para bom, sendo aceitável em termos globais.

nissan-kicks-teste-latin-ncap-15 Nissan Kicks é avaliado pelo Latin NCAP e recebe quatro estrelas

Ele dispõe ainda de controle eletrônico de estabilidade, que segue os padrões exigidos pela instituição em relação a rendimento e disponibilidade. Na proteção do ocupante infantil, o Nissan proporcionou boa proteção no impacto frontal e lateral. Vale lembrar que o automóvel dispõe de sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis, além de cinto de três pontos e encosto de cabeça para todos os ocupantes. Todavia, a ausência do interruptor de desativação do airbag do passageiro e a sinalização de Isofix fez com que o Kicks não obtivesse a pontuação máxima para crianças.

O Nissan Murano, produzido nos Estados Unidos, ganhou cinco estrelas para a proteção do ocupante adulto e apenas três estrelas para a proteção do ocupante infantil. Ele havia sido testado no ano passado, quando obteve somente duas estrelas para adultos e quatro estrelas para crianças. Após este resultado, a marca se comprometeu a melhorar a segurança para os testes de impacto frontal e lateral de poste.

Já o Chevrolet Aveo, que também havia sido testado sem airbags em 2015, voltou aos galpões do Latin NCAP e, mesmo com duplo airbag como item de série, recebeu zero estrela para a proteção do ocupante adulto e três estrelas do ocupante infantil.

Galeria de fotos do Nissan Kicks no Latin NCAP

COMPARTILHAR:
  • Bruno Silva

    Se tivesse airbag lateral de série teria conseguido as 5 estrelas. Acho absurdo carros caros como Kicks, HR-V e Compass por exemplo virem com só 2 airbags, sendo que hoje temos Kwid (29.990) e Polo (49.990) com airbag lateral de série.

    • FocusMan

      Kwid só tem para não zerar o teste.

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        Segundo nos testes, o Air bag lateral não foi responsável pela boa nota no impacto lateral, e sim o reforço estrutural.

        • Mario

          Negativo. Sem airbags, nota zero.

          • Gilberto DePiento

            A falta de air bags laterais não zera a nota, somente a falta de air bags frontais. O Mobi por exemplo não zerou e não tem os air bags laterais.

          • Hugo Leonardo Dos Santos

            Negativo hater

            • Mario

              Eeeeuuuu hater??!!! Kkkkk acho o kwid um carro honesto! E o kicks um ótimo carro! Não tenho dúvidas sobre esses carros! Minha dúvida é com o LatinNcap! Abç

              • Hugo Leonardo Dos Santos

                hater do latin ncap, hahahaha, to brincando

          • F30FLORIPA

            Mario, vc não assistiu ao vídeo do teste? O kicks testado não tem air-bags laterais.

        • FocusMan

          Sinceramente ate agora estou tentando entender porque a Renault colocou os air bags la… Não foi para ser boazinha.

          • Hugo Leonardo Dos Santos

            marketing, claro que funciona, mas acho que foi mais por marketing

          • Cesar

            Simples: O Kwid indiano tinha levado bomba no GlobalNcap e estava com a ficha suja. A Renault para dizer que estava preocupada com segurança, colocou os airbag e reforçou a estrutura. Se tivesse apenas dito que iria reforçar a estrutura, ninguém acreditaria. Resumindo: marketing.

        • F30FLORIPA

          Hugo, o kicks testado não tem air-bags laterais.

      • Bruno Silva

        Tirou 3 estrelas, não foi tão ruim. Os reforços que a Renault fez surtiu efeito.

      • Mario

        Pois é. O teste daria zero pro kwid e não tira nota do kicks. Vai entender. veja no video, que o passageiro enfia a cabeça no vidro.

        • Raimundo A.

          Os dois se movem, pois um é fixo, o vidro, deslocado pelo impacto, e o passageiro, flexível, com o efeito chicote, vai de encontro ao vidro.
          Não ter air bag não modificaria o movimento do passageiro, mas a sua presença é relevante porque reduz o impacto contra o vidro.
          E outros veículos, não sei se o Kicks, desde que usando o cinto, tem apoios de cabeça que evitam o efeito chicote em colisões traseiras, mas já ter o apoio de cabeça e em posição correta faz diferença.

        • Hugo Leonardo Dos Santos

          Segundo a própria latin ncap, os Air bags laterais não foram os responsáveis pela boa nota no impacto lateral, e sim o reforço estrutural.

      • MauroRF

        Focus, em relação à Eco 2018, você tem alguma informação da estrutura dela, se é no nível do Kicks, melhor, pior?

        • FocusMan

          Mauro, são projetos diferentes. Tive a oportunidade de estudar a estrutura do Kicks. E estrutura basica da EcoSport é mais robusta e ela conta com Air Bag de série em sete posições. Acredito que consiga 5 estrelas sem problemas. Entretanto o bom resultado do kicks para impacto lateral era esperado, pois tem muitos reforços conectando as duas laterais.

          • MauroRF

            Valeu pelas informações, Focus. Aliás, achei estranho ainda a Ford não patrocinar o teste da Eco. Acredito que ela esteja nas próximas baterias de testes. Tem muita gente que conheço comentando sobre os 7 airbags de série da Eco, que acha isso legal. Se aquela notícia de que a Ford pode tirar os airbags extras das versões básicas for verdade, acho que será um baita tiro no pé. A menos que a Ford tenha colocado os 7 desde a versão básica apenas para ir bem no crash-test.

            Enfim, semana passada, dei ok para pegar uma Eco Titanium. Guiei a 1.5 em cidade e estrada e depois a 2.0, em outra concessionária, em cidade e depois numa avenida de trânsito mais rápido. Eu diria que a 1.5 não faz feio não, pelo contrário, vai muito bem pela cilindrada. Mas o desempenho da 2.0 é espetacular, apesar do consumo maior. Na negociação, saiu 83.390 para PJ na cor azul, mas como é venda direta, terei que aguardar de 30 a 40 dias para faturar. Como ela tem bons recursos de segurança, uma estabilidade/dirigibilidade (comportamento) que lembra carro de passeio, uma altura de rodagem de que gostei bastante e uma suspensão que filtra bastante coisa, além da farta oferta de equipamentos, acabamos fechando nesse modelo. Considerei, também, a entrada/partida sem chave e o motor mais forte para ultrapassagens recursos de segurança, além do alerta de ponto cego/tráfego cruzado.

            • leandro

              Também estou levando a Eco justamente pelo custo x benefício. Porém vou levar a 1.5 pq gasolina a mais de 4 reais o litro não tá fácil.
              Pra mim o ideal seria a titanium 1.5, como ela tá prometida de sair em janeiro e ainda vou estar nesse prazo de 40 dias pode ser que até lá eu troque o meu pedido, mãe de toda forma já garanti na condição atual

              • MauroRF

                Opa, Leandro! Pois é, se houvesse uma Titanium 1.5, seria o ideal mesmo, embora o 2.0 ofereça mais segurança em ultrapassagens. Tenho viajado com certa frequência para o interior de SP, tem vez que pego pista única, e um motor mais forte fará diferença, se bem que o 1.5 dá conta do recado sim.

                Então você também pegou via venda direta? Então, eu mandei toda a documentação para eles na semana passada (foi dia 08) e me falaram em 30 a 40 dias para faturar. Inicialmente, eu tinha pedido a Freestyle 1.5, mesmo tendo guiado a 2.0 depois, porque fiquei preocupado com essa história do consumo. Porém, fiquei pensando pensando nos equipamentos a mais que a Titanium oferece por 5k apenas de diferença. Aí, conversando aqui com a esposa, vimos que o uso será maior em estrada do que na cidade, pois agora eu trabalho em casa e visito clientes de vez em quando, e quando ando na cidade, é para ir a médicos, mercado, passear em parque etc. Não é um uso diário em trânsito parado. Tenho vários amigos que vão de Santo André a SP todos os dias e perdem, em engarrafamentos, coisa de 4 ou mais horas por dia, acredita? Imagina um desses com uma Eco 2.0 e gasolina a 4 reais. Mas como meu uso não será pesado em cidade, e com os equipamentos a mais da Titanium, sobretudo alerta de ponto cego e entrada sem chave (além do espelho eletrocrômico na estrada, que faz uma boa diferença a noite), ficamos com a Titanium. E ainda vou ter uns mimos a mais, como o som Sony etc.

                Aí na sua região o preço foi parecido? As condições pelo visto foram iguais.

                A vendedora disse que pode faturar antes até, tudo depende da produção em Camaçari. Vamos ver. Pelo menos, a boa condição está garantida.

                • CharlesAle

                  Excelente escolha Mauro. Eu teria feito o mesmo. E o duratec é 2.0 dos mais economicos do mercado. Quando trabalhei em frota, havia as duas opções de ecosport, 1.6 e 2.0. E todos diziam que era pouca coisa a mais só. Compensa muito mais o excelente desempenho que o Duratec oferece..

                • leandro

                  Eu rodo muito na cidade, fico muito em BH no trânsito parado, mas também rodo muito na estrada..
                  Tenho um New Fiesta Sedan que dá conta do recado com seu motor 1.6, dirigi esse 1.5 em test drive curto e fiquei com a impressão de ser quase igual ao que já tenho e me atende muito bem..
                  Comparado ao meu que é titanium vou perder sensor de chuva, acendimento automático faróis e retrovisor eletrocrômico… Desses três só sinto falta do acendimento automático, porém vou ganhar itens que não tinha como sensor pressão pneus, câmera de ré e central multimídia.. meio que empata.
                  O preço foi 10% de desconto sobre o valor do site

            • Francisco Helio

              Excelente relação custo benefício e agora com acabamento condizente com o preço.

            • FocusMan

              Parabéns pela compra Mauro, sem dúvida voce não irá se arrepender!

              Sobre os Air Bags, Infelizmente o mercado do Brasil faz com que a indústria as vezes opte por tirar alguns itens de série para adicionar outros mais solicitados pelo cliente, ou para abaixar o preço do carro 1000 reais na tabela. Os concorrentes não tem 7 air bags de série… então já viu.

      • Alexandre Viotto

        Mas tem!

    • D136O

      Pelo que está na matéria ele foi mais fraco no impacto frontal. Olhe o gráfico no site da latin ncap https://www.latinncap.com/po/resultado/100/nissan-kicks-+-2-airbags

    • Leonel

      Não sei não. Tem que avaliar a pontuação que ele tirou, que eu acho que ficou abaixo de alguns concorrentes que tem o mesmo número de estrelas. Sobre os 2 airbags, se até Compass Diesel vem assim, imagina os outros. Complicado…

    • celso

      Pra conseguir 5 estrelas é preciso, no mínimo, 27 pontos de 32, sem contar pontos extras pelo ESP e aviso de cinto.
      O Kicks conseguiu 25.39, sendo que a nota para o impacto lateral, mesmo sem airbag, deve ter sido alta (basta ver o bonequinho/lateral quase todo verde, na página do Latin Ncap).
      Enfim, ainda que tivesse airbags laterais ficaria com essas mesmas 4 estrelas.
      Só um lembrete: tal qual no caso do Kwid, as estrelas enganam bastante.

      • Renan Abreu de Moura

        O cara pagar 80mil nesse kicks com 4 estrelas, além de um motor fraco desse, tem que ter mt força de vontade viu

      • Airbags laterais acrescem entre três e cinco pontos, garantindo as cinco estrelas com ele.

  • Filipo

    Penso que há algo de errado com a nota para o impacto lateral do Kicks, pois além de não ter airbag lateral para tórax, nem cabeça, analisando o vídeo, observa-se que o dummie impacta contra a porta e janela/coluna B. E no entanto, levou a classificação boa (para cabeça e pélvis) e adequado (para peito), quando, sem airbag e pelo impacto com as estruturas, nunca poderia receber a classificação ´bom´, quiçá adequado.
    No mais, ficou aquém em proteção ao motorista, mas não foi ruim. A plataforma V do March foi reforçada e ficou razoável.
    E o Argo, até agora nada! Acho que se tivesse condições de ser 5 estrelas, a Fiat já teria patrocinado o teste. Este também será outro com menos de 5 estrelas, com certeza

    • Bruno Silva

      5 estrelas o Argo não terá porque não tem airbag lateral de série e também não oferece ESP em todas as versões (mesmo que opcional).

      • Raimundo A.

        Até parece que a Fiat projetou o Argo para tirar nota máxima em testes de colisão. Ela deve ter feito similar a outras montadoras com projetos menos refinados objetivando três ou quatro estrelas.
        O Argo em termos de air bags perde para o Punto que ofertava seis e até acredito que o Argo tenha suporte, mas não quiseram dispor porque segurança na sua categoria é só um pequeno detalhe. Se fosse para esnobar, mesmo que estruturalmente não convencesse, poderia ofertar opcionalmente cinco air bags extras como há no Toro, mas como eu disse, segurança a nível elevado os consumidores dessa categoria não dão a devida importância.

        • carroair30

          Cada dia que passa acho o ETIOS o melhor carro que existe:4 ESTRELAS,ECONOMICO,MANTENÇAO BARATA,CORRENTE DE COMANDO,BOA REVENDA,SEGURO BARATO e COMPLETINHO

          • D136O

            4 estrelas no protocolo antigo, sem impacto lateral

          • Lucca

            como nem tudo são flores, é feio que dói hauhahua

    • Flight_Falcon

      O negócio não é o impacto e sim qual dano sofrido pelo dummie, o que pelo jeito foi muito pouco.

      • Filipo

        Sim, mas o que quis dizer foi justamente o dano provocado pelo impacto. Não é um impacto leve! Pela classificação de danos ao dummie, o Kicks não precisa de airbag lateral. E isso não faz sentido. Parece que há um “airbag invisível” nele, ao menos para tórax.

        • Dario Lemos

          Na minha opinião, os airbags laterais deveriam ser de série pois diminuiriam, de maneira significativa, o impacto junto à porta e coluna B.

    • FocusMan

      Penso o mesmo também. Não entendo como eles avaliaram isso, mas mas além disso, ver a Ranger ter menos uma estrela porque em alguns mercados não tem ESP de série também é estranho.

      • Vinícius

        A análise do órgão é mais complexo. Na última publicação da NA, foram esclarecidas algumas duvidas, inclusive essa sua da Ranger. Primeiro ponto é Latincap e não Brasilncap, portanto tem que ser consideradas as versões vendidas em todos os países. Segundo ponto, na Ranger especificamente a ESP é muito importante pelo porte do veículo, a ausência desse item na Ranger é mais crucial do que em outros veículos menores. Isso tudo foi o que o órgão justificou na última matéria.

    • Alexandre Furtado

      Parabéns seus olhos são melhores que os instrumentos de medição da Ncap!!!

    • Saulo Gomes

      Argo vai ser igual ao Mobi, é o mesmo projeto.

  • FocusMan

    O Aveo receber zero estrelas e o Onix receber zero estrelas também mostra como tem algo errado com a metodologia desses testes.

    • Moreno Rocha

      Rapaz, eu diria que o erro está com a GM e não com a metodologia dos testes… todo carro deles que não seja mundial ou destinado a países desenvolvidos passa vexame nesses testes.

      • FocusMan

        Temos que analisar os testes tb

        • Wagner Lopes

          Pela absurda deformação da carroceria do Aveo ainda é preciso “analisar os testes” ?

    • TT 230

      O erro é que a GM não dá a mínima para o continente americano, tirando a sua própria casa e o Canadá.

    • Filipo

      É discutível, mas não concordo. O LatinNCap diz que apesar de um carro ter bom desempenho em um dos testes de impacto, se em outro zerar, ele irar zerar o teste por completo, pois dizem que a segurança tem de ser um todo, e não existir um carro seguro apenas em determinado tipo de colisão, o que concordo.
      Já o Kicks ter recebido a classificação bom e adequado de danos ao dummie em impacto lateral, sem airbag, com a deformação que teve e impacto do dummie na janela/coluna B, é bastante questionável.

  • Leonardo costa

    Captur também teve nota quatro , e tem dois airbags frontais e dois laterais.

  • Mario

    Esse impacto lateral considerado bom, é meio suspeito. Se os airbags laterais fazem o carro tirar 5 estrelas, a falta deles deveria baixar muito a nota. Pelo texto, o que o fez perder uma estrela foi a sinalização do isofix e boitão do airbag do passageiro. Continua não levando muito a sério estes testes. podem falar o que for.

  • Mario

    Alguém poderia me responder, porque o retrovisor do mini-golf não quebra no teste do latinNcap? Todos os videos que tenho assistido, de todos os modelos e marcas, o retrovisor só não é arrancado, por conta do cabo, exceto no mini-golf.

  • Schack Bauer

    A pancada lateral foi bem forte, o “caminhão” entra com gosto na lateral do Kicks. Apesar disso, o resultado foi bom? Acho estranho, sinceramente.

    • Vinícius

      Ao meu ver o impacto foi normal… Porém em relação ao resultado, o que interessa são os danos que esse impacto causou no dummie e não no veículo, que no final das contas é o que realmente importa. Têm acidentes onde o veículo sai completamente destruído e a pessoa com poucos arranhões.

  • TT 230

    Então, se o Kicks tivesse os airbags laterais de série tiraria 5 estrelas para adultos por questões de regulamento ou pela efetividade do item em si?

    Ainda não fica claro pra mim essas regras do Latin NCAP. O que quero saber é que se o Instituto teria como garantir que se o Kicks tivesse os airbags laterais ou no caso os 6 airbags, ele conseguiria as 5 estrelas para adultos.

    Ficou claro que as 4 estrelas para crianças na verdade são 5 se quem usa o Kicks não coloca criança no banco da frente, e apenas por isso, pois tem o isofix no banco traseiro e perdeu ponto por algo de errado com a sinalização e não com a eficiência do sistema. (Não que a Nissan não deva regularizar isso. E se ela o fizer, provavelmente o instituto atualiza para 5)

    Meu raciocínio tá correto? Se alguém puder ajudar seria legal.

    • Gilberto DePiento

      Para as 5 estrelas precisa dos air bags laterais e do teste de poste, se não me falha a memória.

  • JR_BSB

    Chevrolet como sempre não decepciona na segurança dos seus carros populares: ninguém duvida que recebe zero entrelas, logo, não gera expectativa e ninguém sofre.
    Não sofre desde que não passe por um acidente à bordo da Câmara de tortura da gravata borboleta

  • Vinícius

    E os haters foram surpreendidos novamente.

    • th!nk.t4nk

      Na verdade um carro dessa faixa de preço tem obrigaçao de ser 5 estrelas. Deixou a desejar sim.

  • zekinha71

    As vendas do Kicks agora com 4 estrelas vão desabar, se tivesse zerado passaria a ser o líder da categoria.

  • No_Name

    Outro carro com resultados PRÁTICOS ridículos (PAGAR ATÉ R$ 100 MIL NUM “ESTRUTURA INSTÁVEL”) mas “bonitinho na fita” por ter cumprido o mínimo de uma somatória de requisitos/pontos. O LatinNCAP desse jeito está perdendo a credibilidade. Eu tô achando vergonhoso, os carros e o LatinNCAP!!!

  • Paulo Júnior

    Olha esse vídeo do Chevy Aveo, fica nítido que o Mobi em impacto frontal é muito mais seguro…. Mas as américas tem duas definições:

    América do Norte: Segurança prioritária e com novas tecnologias sendo incorporadas a cada dia que se passa.
    América Latina: Se o carro andar e ter no painel escrito “Airbag” já é um avanço imenso, vale menos a vida de um pobre do que a vida de um rico, é o ser humano trocando vidas por dinheiro.

  • Gu92

    A GM está gostando de tirar zero estrelas ultimamente!!

    • th!nk.t4nk

      Ih vem de longa data a insegurança nos GM. Dos anos 2000 em diante ficou lamentável.

  • Razzo

    “A área dos pés foi considerada instável, bem como a estrutura.”

    –> Não é à toa que o veículo é bem leve.

    https://www.latinncap.com/po/resultado/100/nissan-kicks-+-2-airbags

  • Hoffmann

    “De acordo com o divulgado do Latin NCAP, o crossover compacto apresentou um desempenho instável apenas na estrutura e na área dos pés no teste de batida frontal, o que implicou na fraca proteção do peito dos ocupantes”

    É, não da pra se animar com nada que venha da Nissan brasileira mesmo.

  • Wagner Lopes

    Chevrolata e suas carroças mundo afora…a deformação do Aveo é bem parecida com a do nosso finado classic…tenho pena de quem compra…

  • Davi Millan

    ¡Más un Chevrolixo hecho en latino America!

  • beto

    Tem concorrente com 5 estrelas, como prezo muito pela segurança esse aí não entra na minha garagem.

  • edgar__rj

    Aveo zerou no crash Test, teria tudo pra ser o sedan líder em vendas no Brasil…

  • Mauro Schramm

    Como um carro que oferece proteção “fraca” ao peito do motorista recebe 4 estrelas?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email