Crossovers Nissan SUVs

Nissan Kicks S Direct: detalhes da versão do SUV para PcD

Nissan Kicks S Direct: detalhes da versão do SUV para PcD

Se você está em busca de um SUV compacto para pessoa com deficiência, o Nissan Kicks S Direct 2020 é uma das opções disponíveis no mercado.


Este modelo é exclusivo para PcD e tem algumas diferenças em relação às demais versões para custar menos de R$ 70 mil.

Ele compete diretamente com modelos como EcoSport SE Direct, Renegade 1.8 Flex PcD e T-Cross Sense. Tenta atrair os consumidores pelo preço mais baixo, partindo de R$ 53 mil na configuração com pintura sólida da carroceria após a isenção de IPI e ICMS para pessoas com deficiência.

Confira abaixo todos os principais detalhes do modelo:

Nissan Kicks S Direct – detalhes

Lançado no mercado brasileiro em 2016, o Kicks só foi ganhar uma gama de versões mais ampla quando se tornou um carro nacional, no ano de 2017. Uma das variantes de destaque da nova linha foi justamente a S Direct, que foi uma das grandes responsáveis por alavancar a venda do Nissan no Brasil.

O Kicks S Direct, como comentado acima, é exclusivo para pessoas com deficiência. Ele é vendido com preço inferior aos das demais versões para respeitar o teto de R$ 70 mil, que concede ao consumidor a isenção de IPI, ICMS, IPVA e rodízio municipal (em São Paulo capital). As demais versões do Nissan Kicks 2020 também podem ser adquiridas por PcD, mas somente com isenção de IPI.

Para ser mais barato que o Kicks S convencional, ele não oferece uma série de recursos. Entre eles, luz de condução diurna, grade frontal e maçanetas internas cromadas, rodas de liga-leve de 16 polegadas e até mesmo o tampão interno do porta-malas.

De resto, segue a mesma linha das outras versões mais em conta da gama. O visual do carro é agradável, tendo como destaque o teto tipo “flutuante”, graças às colunas com acabamento na cor preta – nas configurações mais caras, este teto pode receber pintura em cor diferente.

Por dentro, o ambiente é agradável, mas usa plástico em abundância, com direito a apenas uma porção de tecido na área de contato com os braços nas portas. Não dispõe de material soft touch com costura aparente como nas versões topo de linha do Kicks.

O espaço é adequado para até quatro adultos. O porta-malas tem capacidade para 423 litros, um bom volume considerando a média dos outros SUVs compactos vendidos por aqui. Ele pode ser ampliado com o rebatimento parcial ou total do banco traseiro.

Assim como os outros utilitários-esportivos do mesmo segmento, ele dispõe de uma posição de dirigir mais elevada. O conjunto de suspensão é bem acertado, entregando um bom nível de conforto para o motorista e os demais ocupantes do carro.

Nissan Kicks S Direct: detalhes da versão do SUV para PcD

Nissan Kicks S Direct – equipamentos

Segurança: airbags duplos frontais, freios ABS com controle eletrônico de frenagem (EBD) e assistência de frenagem (BA), sistema Isofix de fixação de cadeirinhas infantis no banco traseiro, controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, encosto de cabeça e cinto de três pontos para os cinco ocupantes, alarme perimétrico, assistente de partida em rampas, luz de freio em LED, entre outros.

Conforto: ar-condicionado, direção elétrica, vidros dianteiros e traseiros elétricos com sistema “one touch” para descida para o motorista, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, banco do motorista com ajuste de altura, bancos dianteiros com tecnologia Zero Gravity, limpador de para-brisa com duas velocidades e controle intermitente variável, banco traseiro bipartido e rebatível, travas elétricas das portas e do porta-malas com travamento automático em movimento, retrovisores externos com ajuste elétrico, tampa do porta-malas com abertura elétrica, tampa de combustível com abertura por acionamento interno, entre outros.

Visual e acabamento: rodas de aço de 16 polegadas com calotas e pneus 205/60 R16, retrovisores externos na cor da carroceria, rack de teto longitudinal na cor prata, maçanetas internas pretas, maçanetas externas na cor da carroceria, grade frontal com detalhe em preto brilhante, aerofólio traseiro, porta-revistas nos encostos dianteiros, porta-copos no console central e portas, para-sol com espelhos para motorista e passageiro, bancos e detalhes das portas em tecido, entre outros.

Tecnologia: sistema de som com entrada auxiliar, conexão USB, Bluetooth, MP3 player e quatro alto-falantes, volante com comandos de áudio e telefone, computador de bordo com controles no volante, entre outros.

Nissan Kicks S Direct: detalhes da versão do SUV para PcD

Nissan Kicks S Direct – preços

Confira abaixo os preços do Kicks S Direct:

  • Nissan Kicks S Direct 2020 (pintura sólida): R$ 68.640
  • Nissan Kicks S Direct 2020 com isenção fiscal (pintura sólida): R$ 53.082
  • Nissan Kicks S Direct 2020 (pintura metálica ou perolizada): R$ 69.990
  • Nissan Kicks S Direct 2020 com isenção fiscal (pintura metálica ou perolizada): R$ 54.126

Nissan Kicks S Direct – isenção para PcD

O Kicks na configuração S Direct é exclusivo para compra com isenção fiscal para pessoas com deficiência (PcD). Por conta disso, ele tem preço de até R$ 69.990, respeitando o teto de R$ 70 mil que garante a isenção de IPI e ICMS para estes consumidores.

Além da isenção desses dois impostos, o consumidor tem direito ainda à isenção do IPVA anual (caso a pessoa com deficiência seja o próprio condutor) e a liberação do rodízio municipal na cidade de São Paulo.

São várias patologias que garantem a compra de carros com isenção fiscais, como amputações, AVC, autismo, deficiência visual, lesões com sequelas físicas, problemas na coluna, Parkison, tendinite crônica, entre inúmeras outras. É necessário um laudo médico que ateste o tipo de deficiência e a incapacidade física para conduzir carros comuns.

Nissan Kicks S Direct: detalhes da versão do SUV para PcD

Nissan Kicks S Direct – cores

A Nissan comercializa o Kicks S Direct nas seguintes cores:

  • Preto Premium (sólida)
  • Prata Classic (metálica)
  • Cinza Grafite (metálica)
  • Vermelho Malbec (metálica)
  • Cinza Rust (metálica)
  • Branco Diamond (perolizada)

Nissan Kicks S Direct – motor

O motor usado pelo Nissan Kicks na versão S Direct é o mesmo utilizado nas demais configurações do carro. Ele é dotado de um 1.6 litro flex de quatro cilindros em linha, aspirado, que desenvolve 114 cavalos de potência, a 5.600 rpm, e 15,5 kgfm de torque, a 4.000 rpm. Esses números são os mesmos com etanol e/ou gasolina.

Ele é dotado de sistema CVVTCS (Continuoulsy Variable Valve Timing Control System) de variável contínua da fase de abertura das válvulas, bloco e cabeçote em alumínio, duplo comando de válvulas, 16 válvulas e comando por corrente.

Trata-se de um propulsor de concepção moderna. Todavia, ele é um tanto quanto insuficiente para o carro (vai bem em modelos menores, como os irmãos March e Versa) e a situação fica pior quando lembramos que vários rivais já usam motor turbo, como é o caso do Volkswagen T-Cross.

Junto ao 1.6 CVVTCS há um câmbio automático X-Tronic do tipo CVT (continuamente variável), com opção do modo Sport que eleva as rotações do motor para maior entrega de desempenho. Ele dispõe ainda da função D-Step, que aproveita a força do motor com funcionamento linear e em rotações mais baixas.

Vale ressaltar que o Nissan Kicks é um dos SUVs compactos mais leves do mercado. Ele pesa somente 1.129 kg, sendo mais leve inclusive que vários outros carros de menor porte à venda em nosso País.

Ainda assim, os 114 cv do carro dão conta do modelo somente na condução na cidade, com dois ocupantes e sem muita bagagem. Agora imagina a situação do Kicks carregado com cinco ocupantes, bagagens no porta-malas e ainda com o ar-condicionado ligado? O desempenho não é um dos melhores.

Nissan Kicks S Direct: detalhes da versão do SUV para PcD

Nissan Kicks S Direct – consumo

Conforme os números divulgados pelo Inmetro no Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), os números de consumo do Kicks com motor 1.6 e câmbio CVT são os seguintes:

  • Consumo de 7,7 km/l na cidade e 9,4 km/l na estrada com etanol;
  • Consumo de 11,4 km/l na cidade e 13,7 km/l na estrada com gasolina;
  • Nota “C” na comparação relativa na categoria e “B” na comparação absoluta geral do Inmetro.

Nissan Kicks S Direct – desempenho

Retomando a questão do desempenho, a Nissan divulga os seguintes números do Kicks 1.6 CVT:

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 12,4 segundos;
  • Velocidade máxima de 175 km/h.

Como dá para perceber, os números de desempenho do carro não são os melhores possíveis. Para efeito de comparação, o Creta 1.6 AT atinge os 100 km/h em 11,9 segundos e velocidade máxima de 172 km/h, ao passo que o EcoSport 1.5 AT faz em 11,8 segundos e 180 km/h e o T-Cross 200 TSI AT em 10,2 s e 193 km/h.

Nissan Kicks S Direct: detalhes da versão do SUV para PcD

Nissan Kicks S Direct – garantia e revisões

O Nissan Kicks, como todos os outros carros de passeio da marca japonesa no Brasil, é vendido com garantia de fábrica de três anos, sem limite de quilometragem.

A respeito das revisões, o Kicks tem um dos menores custos de manutenção entre os SUVs compactos. O pacote de revisões até os 60 mil quilômetros rodados custa ao proprietário do carro um total de R$ 2.924.

Veja a seguir os preços das revisões do Kicks 2020:

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços 1.6 CVT

10.000 km

R$ 399

20.000 km

R$ 559

30.000 km

R$ 419

40.000 km

R$ 569

50.000 km

R$ 419

60.000 km

R$ 559

Nissan Kicks S Direct – concorrentes

Ford EcoSport SE Direct 1.5 AT – R$ 68.690 (R$ 51.990 para PcD)

Nissan Kicks S Direct: detalhes da versão do SUV para PcD

Com preço mais em conta que o próprio Kicks, o Ford EcoSport SE Direct aparece como uma das opções de compra de SUV compacto para pessoa com deficiência. Este modelo custa R$ 52 mil após a isenção de impostos.

Ele tem equipamentos como controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, direção elétrica, ar-condicionado, vidros elétricos nas quatro portas, retrovisores externos com ajuste elétrico, travas elétricas, assistência de emergência, sistema SYNC 2.5 com tela de sete polegadas, rodas de aço de 15 polegadas com calotas, faróis de neblina, porta-luvas climatizado, volante multifuncional ajustável em altura e profundidade, entre outros.

Seu motor é o moderno 1.5 litro flex de três cilindros, que rende até 137 cv e 16,2 kgfm, com câmbio automático de seis marchas.

Jeep Renegade 1.8 AT – R$ 69.990 (R$ 54.662 para PcD)

Nissan Kicks S Direct: detalhes da versão do SUV para PcD

Um dos mais vendidos do segmento, o Renegade para PcD tem bons equipamentos. Oferece freio a disco nas quatro rodas, controles de estabilidade e tração, monitoramento da pressão dos pneus, ar-condicionado, direção elétrica, rodas de liga-leve aro 16, piloto automático, computador de bordo, preparação para som, trio elétrico, entre outros.

Seu motor é o 1.8 flex de até 139 cv e 19,2 kgfm, acoplado ao câmbio automático de seis velocidades.

Hyundai Creta Attitude 1.6 AT – R$ 69.990 (R$ 54.662 para PcD)

Nissan Kicks S Direct: detalhes da versão do SUV para PcD

Outro SUV compacto bem vendido que aparece por aqui em versão exclusiva para PcD é o Creta Attitude, da Hyundai. Este modelo é equipado com um motor 1.6 litro flex de 130 cv e 16,5 kgfm, associado a uma transmissão automática de seis marchas.

Dispõe de controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, Isofix, trio elétrico, piloto automático, volante multifuncional, banco do motorista com ajuste de altura, rodas de aço de 16 polegadas com calotas, entre outros.

Citroën C4 Cactus Feel Business 1.6 AT – R$ 69.990 (R$ 55.230 para PcD)

Nissan Kicks S Direct: detalhes da versão do SUV para PcD

Utilitário-esportivo compacto da Citroën, o C4 Cactus também dispõe de uma versão para pessoas com deficiência. Este modelo na configuração Feel Business PcD é um dos que mais se aproxima das demais versões vendidas ao consumidor final.

É equipado com ar-condicionado digital, direção elétrica, trio elétrico, alarme perimétrico, sensor de pressão dos pneus, central multimídia com espelhamento de smartphones e câmera de ré, assistente de partida em rampas, controles de estabilidade e tração, volante multifuncional, rodas de liga-leve de 17 polegadas, faróis de neblina, piloto automático, entre outros.

Tem um motor 1.6 flex de 122 cv e 16,4 kgfm, associado a um câmbio automático de seis marchas.

Volkswagen T-Cross Sense 200 TSI – R$ 69.990 (R$ 57.630 para PcD)

Nissan Kicks S Direct: detalhes da versão do SUV para PcD

Lançado recentemente, o T-Cross Sense é o SUV compacto para PcD que oferece a melhor relação custo-benefício, com direito a bons equipamentos de série e motor turbo. Usa um 1.0 TSI turbo flex de 128 cv e 20,4 kgfm e câmbio automático de seis marchas.

É equipado com seis airbags, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, luzes diurnas de LED, lanternas traseiras em LED, central multimídia com tela de 6,5 polegadas e espelhamento de smartphones, volante multifuncional, rodas de liga-leve de 16 polegadas, ar-condicionado, direção elétrica, trio elétrico, entre outros.

Nissan Kicks S Direct – ficha técnica

Motor

1.6

Tipo

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Número de cilindros

4 em linha

Cilindrada em cm3

1.598

Válvulas

16

Taxa de compressão

10,7:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Potência Máxima

114 cv a 5.600 rpm

Torque Máximo

15,5 kgfm a 4.000 rpm

Transmissão

Tipo

Automático do tipo CVT

Freios

Tipo

Disco ventilado (dianteira) e tambor (traseira)

Direção

Tipo

Elétrica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

Multilink

Rodas e Pneus

Rodas

Aço de 16 polegadas

Pneus

205/60 R16

Dimensões

Comprimento total (mm)

4.295

Largura sem retrovisores (mm)

1.760

Altura (mm)

1.590

Distância entre os eixos (mm)

2.610

Capacidades

Porta-malas (litros)

432

Tanque (litros)

41

Carga útil (kg)

427

Peso em ordem de marcha (kg)

1.129

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,345

Nissan Kicks S Direct – fotos

Leonardo Andrade

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.

  • Verdades sobre o mercado

    T-Cross é o melhor pacote entre os PCD (motorização, segurança, rodas de liga-leve, DRL), C4 CActus perde em motorização e segurança, mas oferece a mais ar-digital automático, piloto automático e câmera de ré, também uma boa opção para quem não quer motor turbo ou quer um acabamento interno menos ruim.

    • Piston head

      O acabamento do Cactus pode ser menos ruim, mas o desenho do painel é horripilante. Eu sei que não tem tanta relevância, mas cara, aquele volante é feio demais, pq não fizeram quadrado de uma vez? Já que eles são os diferentões…

    • Cesar

      O maior pecado do T-Cross é a falta do piloto automático.
      Para quem não precisa, é o melhor, mas se isto é importante, é uma grande falta.

      • omaisbanidodona

        A pergunta é: Qual tem mais robustez mecanica,qual tem manutençao mais barata ????

  • Carlos

    Fico pensando sobre a influência dos carros PCD, daqui uns anos, no valor dos carros usados …

    • Verdades sobre o mercado

      Serão vendidos a preços semelhantes(pouco abaixo) às versões normais. Não é porque comprou barato que vai vender barato.

  • Thiago

    Só o T-Cross que não capou o número de airbags?

    • G E O

      Aparentemente sim.
      Mas não vamos dar idéia para a linha 2021 rsrsrs (vide Ford Ecosport)

      • Thiago

        Rsrsrs, tudo é possível. Mas acredito que se é a única marca que oferece, foi pensado justamente como diferencial. Eu mesmo, justamente por isso – cortes em itens de segurança -, já não compraria nenhuma das outras. Se o cactus preservasse isso em todas as versões, talvez escolhesse ele.

    • Cesar

      Não tem piloto automático e nem limitador de velocidade.

      • Thiago

        Bem, entre os dois eu particularmente ainda fico com os airbags… Mas é uma desvantagem a se levar em conta, com certeza.

        • Cesar

          Em termos de segurança apesar de menos airbags, são equivalentes.
          Mas é como você mesmo diz: Deve-se levar o que é mais importante para si.

          • Thiago

            Privilegio o maior número de airbags pensando em família. Talvez não seja o seu caso. Sinceramente não sei se o cactus nacional – que é diferente do europeu – já foi testado pela Latin Ncap e como se saiu. Então não sei se são realmente equivalentes quanto a isso. Mas já dirigi o cactus e gostei muito da vida a bordo dele.

  • Tarik Torrezan de Oliveira

    O valor da Versão S Direct CVT houve alteração nos modelos 2020/2020 agora com pintura sólida ele está saindo R$ 54.163,20 e a pintura Branco Perolizado ou cor Metálica R$ 55.228,47

  • andrei petreira

    Todos tem pontos fortes e fracos, segurança, desempenho (que tambem contribui para segurança), itens, acabamento interno, desvalorização…. A escolha depende do perfil do comprador. O que vc prioriza? No meu caso: 1º Segurança, 2º itens. Se me enquadrasse ficaria em duvida entre T-Cross e Cactus.

  • Léo Dalzochio

    Pra quem, eventualmente, rodar por estradas rurais, calçamento e asfalto ruim e cheio de remendos (ou seja, o padrão viário fora das grandes metrópoles), cabe lembrar que o Kicks não tem um acerto de suspensão muito confortável. Nisso o Renegade e o Ecosport filtram melhor.

  • 1 Raul

    Quando peguei o kicks, achei um carro ok. Com o passar do tempo, estou muito feliz com o consumo, média de 11 na cidade e de 15 a 16 na estrada. O carro é bem honesto, mas só vale a pena na versão PCD, as versões normais são muuuito caras.

  • Marcelo Cunha Barros

    O valor está errado, são R$ 55.229,00 aprox.
    Faltou informar que o modelo 20 vem com Piloto Automático.

  • Saraiva

    Vale lembrar q ele tbm perde central multimídia. E o acabamento fica digno de march bem desapontador. Agora conhecer os demais concorrentes pra futura compra dos meus pais.

  • Sino Weibo

    Eu vou me candidatar prometendo desconto PCD para toda a população, será que ganho?

  • Anderson Trajano

    O grupo Renault/Nissan deu um tiro certeiro com esse carro. Fez o lançamento num momento de crescimento da categoria e mergulhou de cabeça na onda do PCD. Se não me engano chegou a ter 6 meses de espera. Cheguei a testá-lo por duas vezes (e uma terceira com minha irmã), mas nunca optamos com ele.

    Acho um carro sem graça, e por ter sido proprietário de um March no passado, vejo peças compartilhadas por todos os lados. Isso me remete a um projeto muito simples na sua essência, e que deveria custar um pouco menos do que pedem por ele. Talvez parte dessa “gordura” no preço, seja reduzida nas negociações em CSS.

  • Iury Launs

    no Kicks só faltam mais 10 cv.

  • hinotory O

    Queria saber o seguinte, consigo comprar esse carro, pagar 69990?
    Não sou PCD, mas pago 69990.
    Pode isso?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email