Crossovers EUA Nissan

Nissan Rogue Sport se renova nos EUA e continua longe do Brasil

Nissan Rogue Sport se renova nos EUA e continua longe do Brasil

O Nissan Rogue Sport é o nome pelo qual o Qashqai europeu é vendido nos EUA. O SUV compacto da marca japonesa é equivalente ao Jeep Compass em termos de porte e agora recebe no mercado americano um visual renovado, ganhando novos faróis de LED de superfície complexa e luzes diurnas em LED envolventes.


Além disso, o Rogue Sport 2020 adotou um capô com vincos mais acentuados para combinar com a grade V-Motion cromada e a nova inserção em preto brilhante entre ela e o para-choque. Ele recebeu molduras laterais mais agressivas e novos faróis de neblina retangulares.

Nissan Rogue Sport se renova nos EUA e continua longe do Brasil

Na traseira, o Nissan Rogue Sport foi atualizado apenas nas lanternas, que ficaram mais claras e ganharam layout interno modificado. Novas rodas de liga leve aro 19 polegadas fazem parte do pacote, que ainda inclui como novidade, duas cores: Nitro Lime Metallic e Monarch Orange Metallic.


No interior, o Rogue Sport 2020 teve a central de entretenimento atualizada e com os sistemas Google Android Auto e Apple Car Play. De série também chega o pacote Safety Shield 360 com aleta de faixa, detecção de pedestres com frenagem automática, alerta de ponto cego, farol alto automático, aviso de tráfego traseiro e frenagem reversa autônoma.

Nissan Rogue Sport se renova nos EUA e continua longe do Brasil

O Rogue Sport 2020 recebeu o sistema de alerta de crianças no banco traseiro (ao sair do carro) e opcionalmente pode receber o ProPilot Assist com condução semiautônoma. Fora isso, o sistema de som Bose com nove alto-falantes também é opcional.

Apesar das mudanças no visual e conteúdo, o Nissan Rogue Sport 2020 mantém mais do mesmo sob o capô, sendo este o conhecido motor MR20DE 2.0 16V e abastecido lá, apenas com gasolina. Ele entrega 143 cavalos e 20,3 kgfm, números quase iguais aos do Sentra por aqui. O câmbio é o CVT XTronic e a tração é dianteira, mas há opção AWD.

Podia ser vendido aqui, acima do Kicks, mas os planos da marca são outros para o Brasil. Além disso, sua produção se dá nos EUA e não no México, de onde chegaria sem imposto de importação.

Nissan Rogue Sport 2020 – Galeria de fotos

Nissan Rogue Sport se renova nos EUA e continua longe do Brasil
Nota média 4.7 de 3 votos

  • CanalhaRS

    A Nissan, como sempre, só quer vender aqui os carrinhos emergentes e ordinários. Os modelos de verdade dela, neca pau.

    • Filipo

      Isso que é crossover (mais chamado de “SUV pequeno”)! E não aquele lixo e ordinário Kicks que temos no Brasil.

      • RVM

        pq lixo cara? adoro meu carro…

        • Filipo

          Me desculpa, não foi a intenção ofender ninguém. É apenas a minha opinião, desconsidere.

          • RVM

            sei que não foi…e sei que é só opinião pessoal, apenas acho exagerado usarmos adjetivos extremos… todo carro tem alguem que ele atende…

            um exemplo, em se tratando de SUVinho, eu deixei de comprar o HRV qdo peguei o kicks por uma diferença de 6 mil reais… era irrisório diante dos quase 100 mil. Deixei meramente porque acho o painel dele pífio, aquela cm com cara de instalação paralela e cluster de 1990. Mas não o acho um lixo.

            • Cosi fan Tutti

              Pelo preço que se paga daria 2 Rogue.

      • Leonardo azevedo

        Cara esse carro não tem nada haver com o Kicks ele é maior e esta acima disso

      • Jean Lehn

        Esse carro é acima do Kicks amigo concorrente de Sportage , Compass, New Tucson etc etc etc

    • Marcio Souza

      Igual a Renault, tem excelentes veículos fora daqui. Já no Brasil, é a Dacia com logotipo Renault.

    • G E O

      E pensar que a Nissan já vendeu o Murano por aqui.

    • RONALDO RJ

      Temos o Sentra, Frontier, porém o Brasileiro gosta de carro mais simples possivel

  • Bryan Silva

    A montadora fez um carro “novo” e pôs um motor jurássico.

    • Vinícius Sza

      Esse aí já é bem velhinho, olha o interior do Neolítico

    • Matthew

      Nos EUA Nissan é carro barato de comprar e manter, assim como todas as outras marcas generalistas. Nada melhor que um motor aspirado sem injeção direta e turbo pra quem não quer ter dor de cabeça com manutenção a médio e longo prazo. Só aqui na república das bananas Kicks é modelo de luxo a 100 mil reais. Na terra do tio Trump, quem quer um Nissan mais sofisticado compra um Infiniti, simples assim.

  • Piston head

    Esse carro é muito bonito. Nissan precisa urgentemente dar uma repaginada nesse painel antiquado.

  • Gabriel

    Vende muito bem nos EUA e é queridinho das famílias pelo ótimo custo benefício…

    • Carlos AM

      No Canadá também vende muuuito. Se ve bastante pelas ruas, de todas as gerações.

      Já aqui, nós temos Kicks =/

  • Whering Alberto

    Muito genérico por dentro. É como a Sportage: maravilhosa por fora, mas um balde de água fria no interior.

    • Diego

      O interior da Sportage atual pode não ser muito “inspirado”, mas passa a sensação de “carrão”, como se fosse de uma categoria superior (maior).

      • Edson Fernandes

        De fato não tem um acabamento esmerado, mas visualmente é moderno.

      • El Gato!

        Verdade. Tenho uma “cisma” contra carro coreano, mas confesso que andei em uma Sportage esses dias e me surpreendi. Gostei muito.

  • Theu

    Nissan e Ford, 2 montadoras q tem ótimos Suv’s no portfólio, mas q no Brasil se contentam apenas com 2: Kicks e EcoSport.

    • Piston head

      Ontem estava assistindo a um vídeo do BNA Since 1988 presenteando a filha com um Escape, a única coisa que consegui pensar foi, qual o MOTIVO para a Ford não vender esse carro aqui. Ou ele ou Kuga. Qual o motivo? Simplesmente não tem explicação. Depois fica se lamuriando por causa das perda de representatividade. Vai terminar o ano em 10° desse jeito.

      • Raimundo A.

        No passado, o motivo era custo. Quando o atual Focus começou a ser feito aqui, a sua base permitiria fazer o Kuga/Escape e assim a imprensa começou a especular sobre a oferta deste crossover/SUV. Pouco tempo depois, veio o desenvolvimento na Austrália, salvo engano, do Ford Everest, versão SUV da Ranger. Mais uma vez especulações sobre este SUV fora de estrada pintar por aqui.

        No meu entender, a Ford não deve ter se convencido que produzir um SUV como o Kuga teria vendas boas porque talvez o preço que cobrariam seria alto perante importados com digamos boa aceitação. O Everest não teria vindo porque absurdamente o povo é maria vai com as outras para a SW4 cara pacas e a boa TrailBlazer vende bem menos, salvo engano. Se a Ranger já vende menos que a S10, o derivado SUV em tese venderia menos que a TrailBlazer e isso poderia não justificar a oferta.

        Aí, começo a dizer que a montadora tem quebrado a cara porque a CAOA se deu muito bem ao montar aqui o ix35 e mais recentemente o New Tucson. Não é líder, mas vende bem para manter a oferta e é um produto mediano. A Jeep acertou muito com o Compass que veio com preço muito competitivo e produção local, coisa que a Ford teria condições de fazer e não fez. O Jeep virou sucesso vendendo até mais que veículos menores de outras categorias.

        Se a marca não quer se dar ao trabalho de arriscar tendo condições melhores que outras, tipo existir a plataforma na região e veículos que possam compartilhar custos, vai ter que correr atrás do prejuízo.

      • Theu

        Falou e disse. A Ford poderia trazer tbm o Everest para concorrer com a SW4 e TrailBlazer.
        Ficaria assim : EcoSport, Kuga, Talvez o Explorer, Everest e Edge.
        Realmente não sei o q q se passa na diretoria da Ford Brasil.

      • Domenico Monteleone

        Comentei da Nissan, mas extendo meu comentário a Ford, e como eu disse, enquanto isso o Compass vende muito.

    • cepereira2006

      A Ford merecia um case de como administrar mal um negócio que era sólido, a ponto de botar tudo a perder.

  • RicLuthor

    Pegou emprestado as rodas do Jetta GLI!

  • Rodrigo

    Não tão longe. O Qashqai é vendido no Uruguai e Chile.

  • El Gato!

    “Podia ser vendido aqui, acima do Kicks, mas os planos da marca são outros para o Brasil.”

    Sim. March ultrapassado com mecânica Renault e Sentra com motor 2.0 de menos de 140 cv. Estes são os planos para nós. Continuar com esse portfólio limitado.

    Sério, não entendo a Nissan. O Sentra é excelente, mas merecia os modernos motores que equipam o modelo lá fora. O March aqui, continua o mesmo, enquanto lá fora o modelo foi atualizado, modernizado, e é lindo! A aposentadoria da Livina sem reposição… acho que foi o maior tiro no pé da marca aqui no Brasil. Tinham tudo para trazer o Note e desbancar o Fit para sempre (sim, aqui são concorrentes). Mas não veio até hoje. É sófrível…

    • Cláudio Modesto

      Cara, o lucro deles é tão enorme com esses carros ultrapassados, que enquanto vender 1 unidade ao mês ainda vale.

  • Edson Fernandes

    Prefiro então ter o juke 1.6 turbo. É uma opção modernizada frente ao MR20DE. Poxa, já está muito tempo no mercado e mesmo eu sendo dono de um carro com ele, concordo que merece atualização.

  • EDUARDOTEIXEIRA KULL

    A rigor, ficou exatamente igual ao Qashqai europeu, o que do meu ponto de vista, foi bom, muito bom. Exatamente como é/foi com o Renault Koleos, é de lamentar que não tenhamos este produto aqui. Este, feito nos EUA. O fato é que como a Renault e sua política de não-importação, tem aquela cachoeira de desculpas da empresa, “esquecendo” que as regras que valem para ela, valem para “n” outras empresas que importam seus produtos. Portanto, choradeira canalha, desculpa frouxa de sempre.

    • Dick Buck

      Ficou exatamente igual o Qahshqai porque ele é o Qahshqai, só que algumas pequenas variações e outro nome. O SUV que é realmente um modelo diferente é o X-Trail, que já foi até cotado pra vir ao Brasil.

  • Domenico Monteleone

    Nissan dormindo, enquanto isso o Jeep Compass reina na liderança.

    • Joãozinho

      A Nissan não ia vender esse carro a 112 mil, como a FCA vende o Compass.

  • Dreidecker

    É este SUV que a Nissan deve ao Brasil.

  • TFSI

    Esse Qashqai é vendido até no Paraguay. Só falta eles lançarem um carro usando a plataforma alongada do duster e dizer que vai competir com o compass. kkkkkk
    Esse Qashqai é um carro lindo ao vivo, cheguei a andar em um, mas eu acho que esse motor 2.0 do sentra mata o carro. O que deveria ter nele é o motor 1.6 turbo do europeu.

  • G E O

    Detalhe que a versão européia – Qashqai – foi a resposta da Nissan ao Golf.
    Inclusive estavam na mesma faixa de preço.

  • Gustavo

    Eu fiquei uma semana com um Nissan Rogue nos EUA. O carro é excelente, como todo Nissan que já aluguei lá. Espaçoso, confortável, tinha um porta-malas grande e com um tampão muito pratico que permitia configurar o porta-malas de varias formas diferentes. Era o modelo básico, então era simples, não tinha CM, bancos de couro, etc. Mas era leve de dirigir, câmbio CVT, vidros e travas elétricas, Bluetooth, andava bem e era econômico. Atenderia bem uma família de 4 pessoas, sem luxos. Seria um ótimo carro para a faixa de 80k. Mas se viesse para o Brasil (chegaram a cogitar trazer com o nome de X-Terra) só viria na versão SL acima de 140k. Aí fica difícil vender bem. Lembrando que lá, novo ele custa USD 21k

  • sigma7777777

    Cadê o X-Trail? É este modelo que faz sentido para o nosso mercado e que complementa o portfólio da Nissan.

  • Marcus Caleiras

    Eu aluguei ele por 20 dias e apesar de ser mais espaçoso por dentro, achei o interior bem sem graça, comparado a Sportage, rival direto dele aqui no eua , e em relação ao Compass, mas os passageiros do banco de tras, acharam ele infinitamente melhor do que a Sportage…aqui ele e muitíssimo vendido, me arrisco a dizer que é um dos suvs mais vendidos .. pelo menos em Orlando!

  • Ueldes Damasceno

    E por aqui só o “kikcoisa” feia.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email