China Elétricos Nissan Sedãs

Nissan Sentra ganha versão elétrica na China

nissan-sylphy-ev-1 Nissan Sentra ganha versão elétrica na China

O Nissan Sentra terá uma versão elétrica, mas não por aqui. O sedã médio da marca japonesa é vendido na China e em outros mercados da Ásia como Sylphy e recebe agora propulsão elétrica, conforme divulgado pelo Ministério da Indústria e Tecnologia do país, que liberou algumas informações, além de imagens.



Em geração semelhante à vendida no Brasil em aspecto geral, o Nissan Sylphy elétrico difere mesmo nos detalhes, como a ausência de uma grade na parte superior. No local, a marca adicionou uma cobertura azul que possui uma tampa para os conectores de recarga da bateria, um para carga doméstica e outro para dispositivos rápidos de alta potência, instalados em postos específicos. Parte da tampa ocupa um pedaço grande do capô.

nissan-sylphy-ev-1 Nissan Sentra ganha versão elétrica na China

O para-choque tem ainda uma abertura para refrigeração das baterias na parte superior e um desenho diferenciado na parte inferior, sem faróis de neblina. O conjunto possui frisos azuis, mas é exatamente igual ao do Sentra oferecido por aqui. Na traseira, não há mudanças nas lanternas e o para-choque tem visual mais simples que o da versão vendida no mercado brasileiro. O sedã tem teto solar elétrico, câmera de ré e dois tipos de rodas de liga leve, sendo aro 16 polegadas com pneus 195/60 R16 e aro 17 polegadas com pneus 205/50 R17. O interior não é revelado.



Na parte mecânica, ou melhor, na parte elétrica, o Nissan Sylphy EV tem motor de 109 cavalos, que garante velocidade máxima de 144 km/h e as baterias de íons de lítio podem sustentar autonomia entre 200 e 250 km. Todo o conjunto é o mesmo usado no Nissan Leaf da geração anterior. Assim, o novo sedã tem um custo reduzido para produção na China. O modelo mede 4,677 m de comprimento, 1,760 m de largura, 1,520 m de altura e 2,700 m de entre-eixos. Ou seja, o tamanho é apenas um pouco maior que o mexicano.

nissan-sylphy-ev-1 Nissan Sentra ganha versão elétrica na China

Falando nisso, a Nissan prepara o terreno para a produção da próxima geração do Sentra, que deve aparecer oficialmente em 2019. A marca nipônica não dá detalhes, mas observações feitas em relação ao Altima 2019 e ao Maxima, indicam que a Nissan deve introduzir um visual igualmente radical para atrair os consumidores, algo não alcançado com êxito na atual geração, considerada nos EUA como conservadora demais. A produção mexicana está garantida tanto para abastecer os EUA quanto a América Latina. Provavelmente aqui ele deve manter o motor 2.0, mas nos EUA a opção 1.8 pode ser substituída. O Nissan Sylphy EV estará no Salão de Pequim 2018.

 

COMPARTILHAR:
  • SK15

    Enquanto isso Brasil nada a braçadas no atraso só vê essa imbróglio do Cuba 2030 que toda semana diz que vai sair e nada saio matéria no Valor Econômico do presidente da GM dizendo que já está chato isso explicar pra diretoria e pra matriz essa falta de definição com ou sem precisa de uma definição isso é ruim pra eles e pra nós consumidores pois se com essa Rota fosse baixar o preço dos carros (doce ilusão) ou subir de vez e largaríamos de mão de vez.

    • Rafael Lima

      Se não molharem a mão deles eles não vão liberar nada, assim que o jogo funciona aqui

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email