Crossovers Mercado Nissan

Nissan suspende vendas do Kicks para PcD

Nissan suspende vendas do Kicks para PcD

A Nissan já não aceita mais pedidos do Kicks em sua versão destinada a pessoas com deficiência (PcD). De acordo com fontes, a fabricante japonesa interrompeu as vendas do Kicks S Direct e deve voltar a oferece-lo no mercado brasileiro somente no fim de 2018. Esta medida foi tomada para atender a demanda do crossover compacto. Para se ter uma noção, diversos consumidores devem esperar quase um ano para estacionar o Kicks para PcD na garagem.


Conforme uma fonte consultada por um leitor do Notícias Automotivas, a Nissan interrompeu as vendas do Kicks para PcD em março deste ano. E os últimos exemplares podem ser entregues somente em janeiro de 2019.

O Nissan Kicks para PcD era comercializado com preço de R$ 68.640, podendo chegar a R$ 53.082 com a isenção de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços). Por este valor, o carro oferece uma boa lista de equipamentos de série, com direito a airbags frontais, freios ABS com EBD e BAS, controle eletrônico de estabilidade, controle de tração e assistente de partida em rampas.

Nissan suspende vendas do Kicks para PcD


Há ainda sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis, vidros, travas e retrovisores elétricos, volante multifuncional com regulagem de altura e de profundidade, computador de bordo, banco do motorista com regulagem de altura, banco traseiro bipartido 60/40 e dobrável, sistema de som com entrada USB e conexão Bluetooth, alarme perimétrico, entre outros.

Já o motor é o 1.6 16V flex de quatro cilindros, que desenvolve potência máxima de 114 cavalos e torque máximo de 15,5 kgfm tanto com gasolina como etanol. Ele está associado ao câmbio automático Xtronic do tipo CVT (continuamente variável).

Vale lembrar que, além do Kicks, há outros crossovers compactos que dispõem de versões com preço abaixo de R$ 70 mil e isenção de IPI e ICMS no mercado nacional. Isso inclui o Ford EcoSport, o Hyundai Creta, o Jeep Renegade, o Peugeot 2008, o Renault Captur e o Renault Duster.

Nissan suspende vendas do Kicks para PcD
Nota média 4 de 4 votos

Leonardo Andrade

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.

  • Baetatrip

    …. Tanto pedido que nao aguentou a demanda né Nissan?!

    • Ernesto

      Pelo texto foi isso mesmo.

      • Gran RS 78

        Só se for pelo texto, pois nas ruas o que menos se vê é justamente essa versão pé-de-boi.

  • Lucas086

    Tenho uma amiga que está nessa, fez o pedido em abril e o vendedor enrolou tanto que agora a previsão é janeiro ou fevereiro de 2019! Simplesmente um absurdo ,deixou de pegar uma Captur mais completa para pegar esse embuste.

    • Matthew

      Infelizmente é o preço a se pagar por um carro com isenções, além de serem versões capadas. Se tinha o Captur a pronta entrega, marcou mesmo.

    • fschulz84

      Com a Captur a coisa tava feia também… Uma colega aqui do trabalho deu entrada no pedido na Renault em Janeiro (já com toda a documentação necessária para o PCD) e o carro só foi entregue em Julho… Ela tava quase desistindo pra pegar um Kicks, ia se ferrar duas vezes hehe

      • Lucas086

        Me lembro do Captur um prazo de 90 dias… rápido mesmo, só Peugeot e Chevrolet

      • what_the_hell??

        Uma conhecida fez o pedido do Captur em 15 de fevereiro e recebeu no fim de junho. O dela ainda veio com som e tampa do porta-malas, mas atualmente está vindo sem esses “detalhes”.

    • Wilson Junior

      Um absurdo mesmo, sendo que existem diversas opções no mercado.

      • Lucas086

        Ela ia pegar um 2008 por 49,990, 20 dias chegava, meteram pau, depois quis um Captur, aí falaram… foi cair na Nissan, está sem carro até hoje

  • 1 Raul

    Só corrigindo, atualmente estão faturando os pedidos de março. Os pedidos que foram aceitos até julho devem ser faturados até janeiro.

    Só lembrando que o captur e o creta também tiveram as vendas suspensas, mas logo foram retomadas.

  • Razzo

    Lucro em primeiro lugar, já que o CONFAZ mantém o limite de isenção de ICMS à r$ 70 mil há vários anos sem acompanhar o aumentos abusivos de preços dos veículos aqui no Brasil no mesmo período.

    • TijucaBH

      Sem querer defender, mas lucro é o objetivo de toda empresa não-filantrópica.
      Acredito que essas limitações de volume são devido à limitações de fornecimento de alguns componentes específicos das versões pcd, já que por conta dessa limitação de 70 mil reais, os carros acabaram se tornando diferente das versões normais.

      • Samluzbh

        Como um carro com menos componentes que o “normal” pode faltar componentes sendo que o “normal” ta de boa? Eu acho que é mais a parte burocrática mesmo, limites dos descontos, etc.

        • TijucaBH

          Como? Te dar um exemplo com as rodas. Kicks normal vem com rodas de liga o pcd com calota. Pode faltar roda de aço ou calota. Se o carro vem sem radio, ele precisa no mínimo debuma tampa no lugar, se faltar a tampa, nao tem como voce entregar o carro faltando, mesmo que ao dono tenha que tirar essa tampa quando for colocar o som… E por aí vai…

      • Razzo

        Lucro é salutar desde que em um mercado de livre concorrência. Não é o caso.

        • TijucaBH

          Nao enendi…. Tem mais de 20 marcas no Brasil e ainda nao tem livre concorrencia?

          • Razzo

            Barreiras alfandegárias impedem aqui a concorrência externa, gerando um oligopólio interno. Ademais, fabricante de veículos de passeio fato no Brasil fica em torno de 13 e não 25.

            • TijucaBH

              Qual marca que poderia vender volume significativo que ainda nao está no Brasil pra fazer de fato uma concorrencia como voce disse. Se nao tivessemos as barreiras alfandegárias, o preço dos carros seriam os mesmos porém com a diferença que viriam importados e com ainda maior rentabilidade do que oa produzidos aqui. Grandes montadoras conseguem produzir mais barato lá fora do que aqui.

              • Razzo

                Você está completamente enganado. Em 2013, Dilma Rousseff aumentou ainda mais as barreiras de importação (duplo IPI) pois o chineses estavam forçando os preços dos automóveis muito para baixo no Brasil (PT sucumbiu a pressão do oligopólio interno pelo lucros gordos). Daí em diante, com maior protecionismo, os preços dos veículos nacionais não pararam mais de subir. Não se trata apenas do CUSTO-BRASIL, mas também do LUCRO-BRASIL.

              • FrankTesl

                mesmo dentro das marcas presentes no Brasil, é muito reduzida a quantidade de modelos disponíveis com produção interna, se comparadas aos mercados mais desenvolvidos.

  • Samluzbh

    Preparado para levar tiros. E quantos destes realmente são para PCD?

    • TijucaBH

      10% os outros 90% estão usando o none de um parente, ou sao fraudados ou tem um problema de saude tao leve que nem deveria ser considerado pcd

      • Gustavo Adriano

        Amigo, informo que para ser PCD precisa de perícia, e uma série de documentos comprobatórios par que a compra seja realizada com desconto.

        • TijucaBH

          Um país em que você consegue comprar juiz, deputado, ministro, etc, voce confia tanto assim na perícia? O volume de carros vendidos como pcd está tao alto que tem alguma coisa errada. Veja em estacionamentos de shopping, aeroporto e supermercados que as vagas pra pcd estao sempre vazias. E porque a pessoa que comprou o carro como pcd nao estaciona lá? Eu já vi 2 vezes Creta pcd (identifiquei pelas calotas) estacionando em vaga comum. No mínimo estranho!!

          • Dod

            Daqui a pouco até unha encravada no dedão do pé vai dar direito a comprar carro como PCD. Banalizaram mesmo.

          • Racer

            O fato de ser um carro comprado via PCD, não leva diretamente ao uso de vagas PCD. Para isto, ele precisa ter o adesivo….e mesmo que o tenha, pode estacionar em qualquer vaga. É o mesmo que obrigar um idoso a estacionar somente nas vagas de idosos. Mas concordo que algumas “moléstias” deveriam ser retiradas, já que não são de fato “deficiências”.

            • RafaMaurici

              Corrigindo, adesivo não dá direito de estacionar em vagas de deficiente. Tem que ter um cadastramento para emitir um cartão específico utilizado para esse fim. Tanto deficiente quanto idoso.

              • Racer

                Sim, tem mais a credencial.

            • TijucaBH

              Eu sei, precisa de cadastramento e o adesivo para parar na vaga de PCD. Mas voce concorda que se a pessoa é PCD, é muito mais fácil estacionar nas vagas delimitadas porque elas estao sempre livres e bem localizadas. Porque nao fazem? Simples, porque a grande maioria compra carro como PCD sem ter uma deficiencia explicita, tipo um cego, um aleijado. Para comprar o carro e se beneficiar de uma isenção de imposto sem que “ninguém” ao redor saiba, vale à pena, porém pra colocar o adesivo no carro e “mostrar” pro vizinho que ele tem uma deficiencia fisica ou mental não… Eita país de incoerencias e espertalhoes!

              • Jorge Castro

                Muita das vezes estas vagas estao ocupadas ou nao oferecem condiçoes da pessoa descer do veiculo , sou pcd e adou prioridade as vagas mas nem sempre da pra usar . Ja presenciei funcionario de hospital estacionando nessas vagas pra ir trabalhar

          • what_the_hell??

            As legislações são distintas! Os requisitos para parar nas vagas reservadas são maiores que os para comprar o carro com a isenção.

        • Zé Mundico

          Menos, menos… Todos nós sabemos que a maioria desses carros para PCD são comprados NO NOME de algum parente deficiente cumprindo todos os trâmites da lei. Tenho 2 clientes e conheço mais umas 3 ou 4 pessoas que compraram carros para PCD no nome do pai, mãe, avó ou filho com algum tipo de deficiência física e usam o carro normalmente no dia a dia para uso próprio. Inclusive alguns vivem trocando o carro a cada 2 anos, por ter isenção de Icms e ainda dar um pequeno lucro.
          Claro que tem gente que realmente precisa e utiliza, mas grande parte é vigarice mesmo.

          • Racer

            Agora é 4 anos. E se tu tens um filho PCD, pode comprar com o desconto. É a regra…fazer o que.

          • FrankTesl

            agora deram uma freiada nisso, dobraram o prazo mínimo de permanência com o véiculo. SP e GO tentaram manter dois anos, mas como ficaram em minoria no conselho de secretários da fazenda estaduais, prevaleceu a decisão de elevar o prazo mínimo de permanência para 4 anos.

        • Lucas

          o problema nao é a perícia, e sim a lista de doença que foram liberadas, até pra não condutores, autistas com 1 ano ja tem o beneficio, um pequeno rompimento no joelho, se brincar até unha cravada passa pela perícia.

      • Mr Tony

        Minha esposa está dando entrada para tirar a carteira PCD e posso te falar que não é tão fácil assim não…

        • Guilherme

          Eu fiz todo o processo e também não vi essa festa que ficam falando por aí. A perícia não é só assinar papéis e ir embora.

    • Thiago

      Somos um país de deficientes (com todo respeito a quem realmente é). Mentais no caso:falta o elemento ético ao cérebro do brasileiro.

      • TFSI

        Acrescente a moralidade, solidariedade, entre tantos outros.

        • Thiago

          Certamente. A convicção de que o social vem antes do individual não faz parte da instrução do nosso povo. Não é exclusividade dos políticos, como muitos fazem questão de apontar o dedo. 99% dos que apontam o dedo fariam a mesma coisa se tivessem oportunidade.

    • fschulz84

      Exato… E quando falo que o PCD será para o mercado automotivo o que a carteirinha de estudante foi para os eventos, falam que eu estou exagerando…

      • Louis

        Por isso eu não vou ao cinema. Não vou pagar pelos que compram carteirinha. Obrigado Netflix.

        • fschulz84

          Eu só vou em cinemas onde haja algum benefício, normalmente pelo cartão de crédito.

          Tem uma sala aqui em SP, no Shopping Vila Olimpia que gosto muito por ter poltronas gigantes, áudio e vídeo de muita qualidade, porém, de fim de semana, o ingresso custa 60 reais por pessoa! Nem em sonho que pagaria a inteira, só vou quando quero muito ver o filme e porque meu cartão me dá 50%…

  • EtiosBrio

    PCD 4 anos

  • Dod

    Menos uma opção para a farra PCDista.

    • Jorge Osório Cortese Magalhães

      E o pior é que prejudica os que realmente necessitam!

  • Fanjos

    No Polo Confortline estavam entregando em 20 dias… Mas vai lá pegar o March de tamanco…

    • andrei Pereira

      Com o fim da versão live do lounge, o polo é disparado a melhor opção para esse público.
      March de tamanco foi massa. kkkk

      • Fanjos

        Pois é, antes o Lounge era o melhor mesmo, basicamente o único médio nos pcds, mas agora só sobrou o Polo, e quem for pegar corre pq logo o turbo passa o valor dos 70k,e pensar que no começo do ano dava para encomendar até o Highline

    • Wilson Junior

      Fica na fila quem quer.
      O mercado ta cheio de boas opções.

  • Paulino Lino

    Aqueles que não necessitam do desconto vão sofrer as consequências lá na frente…… vai vendo. (o Governo aqui dá com uma mão e tira com a outra)….. e todos nós sabemos disso perfeitamente. Existe muita fraude nas vendas pra PCD? Sim! …. mas alguns realmente necessitam do benefício. Lamentável a cabeça de penico do brasileiro corrupto.

  • Diego Sampaio

    Eita Brasilzão bom danado. Arrecadação de primeiro mundo, repasse de último colocado. Tanta gente pagando caro pra meia duzia pagar o justo. Lamentável.

  • Lucas

    Eita governo infeliz, o povo ja estava contando com dinheiro do lucro a cada dois anos e ainda se amostrar com os vizinhos de suv novo a cada dois anos, agora são 4 anos, não vou vender o carro por mais caro que paguei. Absurdo isso.

  • RafaMaurici

    Atualizando a lista, C4 Lounge e Peugeot 408 também já não estão mais disponíveis.

  • FrankTesl

    Por mais interessante que seja aumentar as vendas de versões capadas sem impostos (é o caso dos pedidos de carros versões PCD), creio que seja mais rentável ainda vender as caríssimas versões completas, mesmo com impostos, a preço cheio.

    As montadoras (todas elas) devem fazer cálculos e projeções de até quantas unidades PcD o lucro compensa, pois acima de um determinado número de unidades, compensa equipá-las mais e vendê-las como versão completa.

  • PH Sacchi

    Pelo menos os compradores do carro Pcd pagam o que deveria ser o preço normal do carro ,porém tem que sofrer com a burocracia infernal,além de as montadoras cada vez mais depenarem os modelos de propósito parece que não gostam de vender os carros com a isenção … Esse país é f….

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email