*Destaque Crossovers Europa Lançamentos Nissan

Nissan X-Trail 2018 recebe novo visual e condução semiautônoma

Nissan-X-Trail-2018-1 Nissan X-Trail 2018 recebe novo visual e condução semiautônoma

Cerca de quatro anos após ter sido lançada no mercado, a atual geração do Nissan X-Trail acaba de receber suas primeiras mudanças visuais. O crossover médio da montadora japonesa segue a mesma linha do Rogue (que nada mais é que a sua versão norte-americana), com direito ainda a melhorias no acabamento interno e novos equipamentos de série, como o sistema de condução semiautônoma.



Entre as mudanças, o novo Nissan X-Trail 2018 traz a nova grade V-Motion com formato mais espichado para baixo, para-choques redesenhados, novos faróis com luzes diurnas de LED, novas rodas de liga-leve de 17 e 18 polegadas, lanternas com iluminação em LED e novas opções de cores para a carroceria.

Nissan-X-Trail-2018-3 Nissan X-Trail 2018 recebe novo visual e condução semiautônoma

Já do lado de dentro, há um novo volante multifuncional com base achatada (o mesmo dos novos Kicks e March), detalhes de acabamento na cor preta nas saídas de ar, acabamento Tekna em dois tons e novas opções de revestimento em couro para os bancos. Além disso, o porta-malas recebeu mudanças e agora comporta 565 litros, contra os 550 l da linha anterior.

Entre os itens de série, o X-Trail 2018 adota o sistema de condução semiautônoma ProPilot, que consegue controlar a direção, aceleração e frenagem em pista única nas rodovias, engarrafamentos e condução em velocidades mais altas. Há também sistema de frenagem de emergência com reconhecimento de pedestres e alerta de tráfego cruzado traseiro.

Nissan-X-Trail-2018-6 Nissan X-Trail 2018 recebe novo visual e condução semiautônoma

A gama de motores do Nissan segue sem mudanças, com um 1.6 litro turbo a gasolina de 130 cv, um 1.6 turbodiesel de 163 cv e um 2.0 turbodiesel de 177 cv, com câmbio manual de seis marchas ou automático do tipo CVT e tração dianteira ou nas quatro rodas.

Galeria de fotos do Nissan X-Trail 2018

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

  • NaoFaloComBandeirantes

    Queria poder experimentar um veículo semi autônomo para ver “de colé que é”.
    Por hora, não consigo imaginar como é isso na prática (se é bom ou se é firula).

    • rafael morozini

      Andei no novo fusion ! É sensacional amigo !! Realmente algo muito interessante e até estranho . Kkk

  • Handlay P.B.

    Para mim a dianteira ficou bonita, porém poluída. Não gostei dessas rodas, são desagradáveis. A traseira ficou linda e o interior é apenas mais um.

    É bom ver a tecnologia autônoma ser introduzida aos poucos nos carros, deve ser uma sensação inédita o carro dirigir sozinho em certas ocasiões, acho que a geração Nutella vai adorar.

  • RRROL

    Esse é o tipo de interior que gosto. Eacuto muita reclamação de interior preto básico, mas é o que eu mais gosto. Simples, funcional e todo preto. No caso de decoração gosto com acabamento fosco. No novo Argo tem uns itens cromados feíssimo.

  • Matheus C Damião

    Isso não vende no Brasil? Só achei fraco esse 1.6 turbo. Isso é potencia de motor aspirado moderno.

    • Wellington Myph13

      Estranho essa configuração aí que falaram. O 1.6 da Nissan é um de 192cv que usa no Juke e muitos outros.
      Parece até que está trocado, o 163cv nele e 130 no turbo diesel, pq geralmente o diesel tem potência baixa e torque alto.

      • th!nk.t4nk

        Os brasileiros sao muito focados em potência. A realidade é que um 1.6 turbo de 130 cv tende a andar mais que um 2.0 aspirado de 160 cv. Pra um modelo de entrada desse segmento (médio-barato) tá excelente, isso aí nao é “carrão” nao.

  • sigma7777777

    Acho que li que esse viria ao Brasil. Vamos ver se o reaquecimento do mercado animará a Nissan que, diga-se, deveria ter nacionalizado o Sentra e um SUV maior. Perdeu vendas no segmento de sedans médio e deixou de aproveitar a faixa de preço do Compass. A Nissan precisa ser mais ágil e mobilizar suas parceiras Renault, Mercedes e agora também a Mitsubishi.

    • Paulo

      Eu li uma matéria que diz que a próxima geração do Mitsubishi Lancer será a mesma plataforma do Sentra, sendo verdade existe a possibilidade do sedã da Nissan se tornar nacional, ser fabricada na planta da MIT. Quanto fabricar um SUV maior por aqui acho mais complicado por não ter demanda para isso. No salão de Buenos Aires será apresentada 2 conceitos baseados na Frontier, eu acredito que um deles deve ser um SUV de grande porte que será fabricado na Argentina a partir de 2018, juntamente com a Pick up da Nissan, Renalt e Mercedez.

      • sigma7777777

        Mas daí o ASX é baseado no Lancer e fabricado na planta da MIT, não? Talvez um SUV baseado no ASX seja viável. Existe ainda o Terrano, baseado no Duster, mas acho que canibalizaria o Kicks.

  • Dimitri Diegoli

    Só eu achei parecida com a Outlander? O.o

  • ToyotaHondaSony

    grande

  • Fabiano Monteiro Alves

    Kicks, I am your father!!!
    Se fosse um Fiat ou VW, meio mundo estaria metendo o pau. Mas, como o carro é japonês, tá valendo!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend