Nova Ranger 2023 é flagrada nas versões XLT, FX4 e Wildtrak.

Nova Ranger 2023 é flagrada nas versões XLT, FX4 e Wildtrak.

A Nova Ranger 2023 foi flagrada na Tailândia em três versões, todas devidamente camufladas. Trata-se das opções XLT, FX4 e Wildtrak, lembrando que não necessariamente estas serão vendidas por aqui. O modelo da próxima geração será produzido no país asiático, assim como na Argentina, África do Sul e EUA.


Visualmente as três se parecem, dada a camuflagem exótica da Ford, porém, é fácil notar a Wildtrak no lado direito da imagem, com sua grade estilizada e detalhes em preto, sem frisos cromados. Ela também tem faróis full LED, diferente das outras duas versões, onde os projetores diferem e são naturalmente mais simples, visto que a Wildtrak é a mais cara das versões citadas.

A Ranger FX4 é em realidade um pacote de personalização sobre a XLT. As barras longitudinais no teto da Wildtrak reforçam sua proposta mais completa. Com layout inspirado na Maverick, a Nova Ranger também tem faróis envolventes e barra dupla centralizada sobre a grade.

Nova Ranger 2023 é flagrada nas versões XLT, FX4 e Wildtrak.

Feita sobre uma nova plataforma, a Ford Ranger 2023 deverá contar com chassi reforçado em relação ao modelo atual, assim como estrutura com aço de alta resistência em maior quantidade. Também agregará um Co-Pilot360 revisado para o modelo, assim como Ford Pass e SYNC 4, com Android Auto e Car Play sem fio. A tela será bem maior que a atual.

Com suspensão reajustada, a Ranger 2023 deverá ser mais direta nas respostas e oferecerá um conforto maior que a atual. Na base mecânica, a evolução – pelo menos na região do Mercosul – será o fim dos motores Panther 2.2 e Duratorq 3.2 em prol do EcoBlue 2.0, já disponível na Nova Transit.

Ele permite que a Nova Ranger 2023 tenha 160 cavalos nas versões de trabalho XL e 213 cavalos nas XLT e Limited, por exemplo. Outra novidade (por aqui, é claro…) será a caixa automática de 10 marchas da GM-Ford, o que lhe dará mais eficiência energética.

[Fonte: Ranger6G Forum]

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.