Governamental/Legal Manutenção Mercado Segurança

Novas regras para blindagem passam a valer no Brasil

blindagem Novas regras para blindagem passam a valer no Brasil

No último dia 5 de agosto (sábado), passaram a valer novas regras para a blindagem de automóveis no Brasil. O país é considerado o líder mundial em frota de carros blindados na comparação com o tamanho da população. Agora, esse importante mercado, que não sofreu abalos com a crise, tem novas regras para compra, venda e manutenção.



A partir de agora, a portaria nº 55 do Exército Brasileiro determina que os proprietários de carros novos blindados, seja pessoa física ou jurídica, precisa entrar com o pedido do certificado de registro da blindagem, que antes era exigida apenas da empresa que realizava o serviço. O documento tem validade de três anos e será exigido apenas para os novos donos, sendo os que já possuem veículos blindados, isentos da obrigatoriedade.

No entanto, as mudanças na proteção veicular não param por aí. A portaria 55 também faz novas exigências quanto à blindagem dos automóveis. Agora, por exemplo, o teto solar não poderá ser mais aberto. O Exército determinou que no lugar do vidro móvel seja instalado um fixo com o mesmo nível de proteção dos demais.

Outra mudança é em relação à manutenção. Não mais será possível fazer a reautoclavagem e nem a recuperação de vidros com bolhas ou delaminados. Nestes casos, torna-se obrigatório a substituição da peça. Todas as peças danificadas terão de ser substituídas e inutilizadas, mesmo que haja possibilidade de conserto. Já o nível de proteção balística não sofre alterações. Segundo especialistas, o mais recomendado é o Nível III-A, certificado pelo Exército.

Além disso, as blindadoras precisam emitir um Termo de Responsabilidade com firma reconhecida e toda a descrição do serviço realizado e produto contratado pelo cliente. De acordo com as empresas do setor, as novas regras do Exército darão mais segurança aos clientes que procuram proteção adicional a bordo dos automóveis, dando mais garantias quanto ao serviço realizado, materiais e técnicas utilizadas.

Especialistas, no entanto, dizem que as novas regras aumentarão os custos de aquisição e manutenção dos carros blindados. Mas, os clientes terão mais qualidade e segurança nos serviços, garantindo assim mais proteção. Atualmente, nem todas as empresas do setor atuam como deveriam.

Assim, as mudanças trarão maior fiscalização ao setor. O custo com a documentação também aumentará, bem como o prazo para liberação do registro. De qualquer forma, as empresas dizem que o prazo não será tão extenso, visto que há prazo delimitado para a realização do serviço de blindagem.

[Fonte: O Dia/Bem Paraná]

COMPARTILHAR:
  • Alfredo Araujo

    A burocracia estava pouca… Pq não aumentar um pouquinho mais ?

    • Luciano RC

      Na vdd essa burocracia era pedida pelas grandes empresas por existir uma concorrência desleal que vendia gato por lebre. Para quem precisa da proteção, é bem vinda. Eu já tive carro blindado e pretendo voltar a ter em breve.

    • ObservadorCWB

      TUDO tem regras.. blindagem, sanitárias, drones, motocicletas, etc etc etc Agora algo efetivo CONTRA CORRUPÇÃO, contra desvios, contra roubos “governamentais” NADA………………

      • André

        Como sim? Em lugar nenhum a regra é tão clara como com os políticos.

    • 1 Raul

      Isso se chama lobby.

    • Ⓜ️arcelo

      cria-se mais dificuldades para vender facilidades

  • Natán Barreto

    Se os blindados já são um elefante branco no mercado de usados, imagina agora?

    Canso de ver gente que substitui o vidro blindado pelo normal por causa dos custos. Agora que ninguém consegue revender.

    Agora mesmo que é só pro rico que pode pagar quando 0km. Depois bye bye

    • MMM

      Muito pelo contrário. O preço do usado deve cair.

      • João Cagnoni

        Acho que vocês estão falando da mesma coisa com uma perspectiva diferente… hehehe… Estou do lado do MMM

        • Celio

          Vocês não estão entendendo o que o Natan está dizendo. Em relação ao “bye bye” é que ninguém vai querer comprar os blindados usados. Imagina um carro antigo, já fora de linha e blindado. Aonde achar vidro pra trocar em caso de delaminação?

          • MMM

            Eu entendi, mas exatamente por isso o preço deve cair. Se vai dificultar e encarecer a manutenção, menos gente vai querer comprar e consequentemente o preço cai.

            As pessoas tem que entender que blindagem é igual a acessórios aftermarket. Você blinda o carro para sua proteção. Ele não vai valorizar por causa disso.

            Outro dia estava dando uma olhada em blindados e vi uma old Tucson 2015 por R$ 86 mil. Vc acha fácil esse mesmo carro por R$ 50 mil, então na prática o cara está cobrando 36 mil pela blindagem, que é basicamente o que o cara deve ter pago quando fez e nesse caso representa 42% do valor do veículo por uma blindagem usada.

            • Luciano RC

              Pedir algum valor na blindagem é loucura. Somente 0km da pra cobrar. Eu já vi muitos carros blindados sendo vendido pelo mesmo preço do seu blindagem. Isso carro com 2 ou 3 anos de uso.

              Acha muito Corolla, Tigual e X1 assim.

          • Luciano RC

            Mas dificilmente você acha um Blindado com mais de 10 anos de uso. Quem procura um blindado, quer o mais novo possível.

          • João Cagnoni

            Isso é o de menos, já passei por isso com o carro do meu pai que tem 20 anos de uso e encontrei em várias lojas.

          • Na verdade a compra de um único vidro é fácil de encontrar no mercado. No mais vejo que os blindados usados que atendem às novas regras serão melhor opção. Visto que uma revenda precisa trocar o vidro em caso de trinca por exemplo, ou uma delaminação. Já que atualmente o veículo podia ser vendido com esses problemas. Ao menos entendi dessa forma.

    • Luciano RC

      Os carros que tem os vidros trocados são os antigos. Os modelos mais novos continuam tendo sua boa procura no mercado de usados e um publico fiel. Tem até lojas especializadas em Blindados Semi-Novos.

    • duhehe

      Blindado usado = Resto de rico.

      • Eduardo

        HAHAHAHA

        RICO FAKE

  • RED883

    Agora o valor dos usados blindados vai cair ainda mais…Vidro delaminado vai dar perda total…kkk

    • Filipe Augustus

      E eu duvido que não vão dar um jeitinho, que isso vai se valer só de boca! Como muita coisa no Brasil!

      • Luciano RC

        Com certeza… vai continuar a reparar vidro. Até por que não tem como fiscalizar.

  • Louis

    Certificado do registro da blindagem, que será necessário renovar a cada 3 anos ? Isso é só para arrecadar grana!

    • Louis

      Ou seja, já não basta o cidadão ser esfolado pelos bandidos, gasta grana do próprio bolso para tentar se proteger, e o estado ainda quer tirar proveito da situação… Banânia é uma piada mesmo.

      • Raul Pereira

        É só pra arrecadar, sim. Mas não só no valor da certificação (que vai ser cara, já que ‘quem usa isso tem grana pra gastar’), se o certificado ‘não deve demorar tanto’, vai ser em média uns 2 meses. Fora que você vai ter que fazer uma vistoria em que vão abrir toda a caranga. Então temos custo adicional do certificado, da vistoria, despachos eeeee com certeza, se a documentação estiver vencida ou irregular (3 anos dá pra esquecer fácil) vão dar um jeito de apreender seu carro, aí some os custos de pátio, etc, além de 7 pontinhos na carteira, porque pelo menos aqui em SP, esse é o negócio que dá grana.

  • João Cagnoni

    Aqui em SP eu considero uma necessidade. O meu só não é blindado pois eu ainda não tenho condições financeiras.

    • Francisco

      Aqui no Rio já não é mais necessidade, visto que o nível III-A não suporta tiro de fuzil que é o mais comum na mão da bandidagem hoje em dia.

      • João Cagnoni

        Isso é rir pra não chorar, mas o pior é que é verdade!

      • Luciano RC

        Na vdd ele não suporta o tiro direto. Mas se for em diagonal ou mesmo indireto, ele suporta. E te dá uma proteção a mais.

        Eu tive um blindado e pretendo voltar a ter em breve

      • Luis Burro

        Muitos podem ter fuzil,mas a maioria ainda sao armas leves!

    • Marcelo Nascimento

      Vc já cotou preços? Pode falar quanto é mais ou menos?

      • João Cagnoni

        Não cotei, mas até onde sei custa entre 30~50 mil dependendo do modelo. Se alguém souber, pode me corrigir.

        • MMM

          Falando só de III-A, depende muito do carro mas para um sedan médio vc vai gastar entre 40-50 mil.

          De resto, depende muito do modelo. Blindar Vans, tipo Carnival ou Pacifica, pode chegar aos 100 mil.

          • Luciano RC

            Quanto maior o carro, mais caro fica. Picapes e Compactos são mais baratos, SUV e Hatch são mais caros.

            Alguns carros precisa reforçar a suspensão, reformar as maquinas dos vidros e tudo mais.

      • duhehe

        Depende do tamanho do carro e da blindadora tbm ( tem melhores e piores, blindagens mais sofisticadas e menos)
        A blindagem mais sofisticada é da BSS, para um carro sedan comum, custa por volta de 60k ( mais leve ( 130kg +-), sem overlap nos vidros, vidros mais finos e leves)
        Tem blindagem mais roots que custa 40k, mas ai pesa 200kg, vidro bem grosso e com overlap ( eles fazem uma emenda de aço na porta na junção com o vidro, fica uma porcaria), até a dirigibilidade do carro muda, pois a divisão de peso muda e o carro fica no minimo estranho.

  • cefaf

    Ou seja: agora as autoridades não querem mais nem que a população que pode blinde seus carros. Vamos dificultar o processo ainda mais, vamos encarecer ainda mais. Por que não?

    • Luciano RC

      O processo era pedido pelas grandes blindadoras, para evitar as empresas ruins.

  • Angelo_RSF

    Não entendi o por que de proibir a possibilidade de abertura do teto solar.
    Alguém saberia me explicar?

    • Luciano

      Tbm não sei e posso estar falando uma asneira, mas acho que o vidro do teto solar blindado deve inutilizar o sistema de abertura haja visto que o espaço é limitado e o vidro é bem mais grosso.

    • Luciano RC

      Para dar mais segurança e evitar um ponto de fragilidade no carro. Toda área de vidro é a parte mais sensível de um blindado. Alguns veículos já vem sem teto solar de fabrica por ter uma grande procura por blindadoras.

      A Jeep deixou de trazer o Teto Solar da Grand Cherokee por que 8 de cada 10 são blindados.

      Quem já viu um Tiguan ou um Q5 com Teto blindado, viu que o vidro fica grosso e tem medo da fragilidade,

      • Angelo_RSF

        É que achei estranho, pois se alguém produzir um sistema de abertura “parrudo” que aguente movimentar o vidro do teto solar, não pode instalar por que é proibido?!

        Não estou duvidando que o motivo seja este. Só acho que é meio exagerada a proibição

        • Luciano RC

          O problema não é nem quebrar o sistema de abertura. O problema é criar um ponto de fragilidade no carro no quesito segurança.

          Só compra blindado com Teto Solar, quem não sabe dessa fragilidade e como é inútil. Como te falei, algumas marcas até mandam modelos sem opção de Teto Solar por causa do índice de blindagem.

          Raramente você vai achar modelos Premiun acima de 300 mil com Teto Solar.

          • Angelo_RSF

            Ok Grato

      • Luis LC

        O meu tem teto mas no lugar do vidro foi colocada a manta balística, ou seja virou parte opaca, só da pra andar com ele aberto, o efeito iluminação não existe mais. Colocar vidro blindado no teto é bem complicado, segundo a WTruffi ele é muito pesado pra ficar no teto do carro elevando muito o centro de gravidade.

        • Luciano RC

          Vários modelos já usam vidro blindado no teto. A Tiguan, Q5 e Evoque com Teto Panorâmico já usam vidro blindado.

          • Luis LC

            No final das contas gostei dessa solução, melhor ter o teto que abre ao invés de apenas iluminar, principalmente se for panorâmico.

            • Luciano RC

              Mas agora ele não abre mais… vai ter que ficar completamente fechado. No máximo o forro abre e consegue ter luz entrando.

              Eu não gosto de teto solar, então pra mim pode vir sem ele para blindar. Eu tive blindado com teto que só servia se enfeite.

              • Luis LC

                Pois é, aqui em São Paulo fica fechado direto e quando viajo pro interior posso abrir e curtir um pouco o vento, prefiro assim, além de não ficar carregando aquele peso todo em cima do teto, se bem que as blindagens IIIA ficaram bem mais leves, a do S-Cross consta 175 kg no certificado da blindadora

                • Luciano RC

                  Dependendo do carro, o peso nem muda o desempenho. Eu tinha um V8 que nem sentia o peso.

                  Uma coisa que devemos levar em consideração, é que um blindado deve ser conduzido de uma forma diferente. Uma direção bem mais defensiva e que antecipa tudo a sua volta.

        • jtkd

          Me disseram que teto com vidro blindado delamina rapidinho, em menos de um ano…

          • Luis LC

            Hummm, não sei, nunca tive o teto de vidro mas com certeza é um lugar que terá grande incidência de luz solar e calor e isso é péssimo para os vidros

    • Pelo que sei seria pelo motivo de usar o veículo para cometer crimes. Explico, imagina um grupo de bandidos a bordo de um blindado com abertura do teto solar, pois alguém pode atirar por essa abertura. E a polícia teria dificuldades de parar o veículo já que é blindado. É como você andar em um tanque e ter uma escotilha.

      • Schack Bauer

        Pensei exatamente a mesma coisa. Medo do EB que o carro seja usado como blindado de ataque.

      • jtkd

        Bandido não compra blindado, rouba um! Mas norma técnica tem que “ser técnica” mesmo: criar um compartimento resistente a ataques, reforço no teto e no piso. Em 99,999% das situações os tiros não pegariam o teto e o piso (menos ainda usariam bombas/granadas que poderiam abrir o piso) em assaltos de rua, mas são normas técnicas!

    • Marcos Vinicius Bittencourt

      Blindar e andar com o vidro aberto?
      Reforçar máquina do vidro elétrico para abrir o vidro? Abrir o vidro pra ficar vulnerável?
      Qual o sentido disso tudo?

  • Marcio Mendes

    Acho que arranjaram um jeito de ganhar uma graninha a mais com o mêdo dos outros…

  • Alunak Oliva

    Como o Brasil vai na contramão das coisas né.O PAIS ORDINÁRIO!!!!!!!

  • V12 for life

    “As mudanças trarão maior fiscalização ao setor.”

    Desgoverno e suas piadas.

  • Luis Burro

    Nao dah pra entender q compra um blindado pra dpois querer economizar!

  • É um mercado que só existe para quem realmente tem grana. Percebendo isso, podem então aumentar o quanto for o custo, que esse público vai continuar consumindo.

    • Vinicius

      O custo da blindagem permaneceu praticamente inalterado em 10 anos (por volta de 45 mil), sinal de que não é bem assim como você falou. No fim das contas, vai atingir mais quem compra o blindado usado e desvalorizado.

  • Vinicius

    Acho interessante a questão do teto solar, não via muito sentido em ter um blindado e abrir o teto, tal qual uma janela. Tenho um blindado de 2010, mal abro os vidros, imagina se tivesse teto solar. Tem algo nessa norma acerca dos conversíveis de teto rígido? Acho um contrassenso enorme, mas tem blindadoras que fazem.

    Quanto a não poder reparar vidros delaminados, deveria haver uma regra classificando pelo tamanho da delaminação, etc. Ficou ruim para o consumidor, o que dizer então das empresas que fazem o serviço.

    • GABRIELCSFLORIPA

      Mas qual o problema de eu ter um blindado e abrir o teto-solar? O risco será meu, não estarei fazendo mal algum a outras pessoas a fazer isso? Se for para seguir essa logica de proibir a abertura do teto-solar, então deviam proibir a abertura dos vidros.

      • É que um blindado nas mãos de um criminoso poderia usar a abertura do teto solar como escotilha, na prática seria difícil a polícia parar um carro assim e o criminoso poderia sair atirando nos outros.

        • GABRIELCSFLORIPA

          Mas o criminoso, ou maluco, pode fazer isso pelos vidros laterais.
          E vc acha que um criminoso não vai conseguir reverter essas configuração?
          Isso é tão eficaz, quanto o estatuto do desarmamento foi para retirar as armas do criminosos.

        • sepchampions

          É só cortar o teto que VC tem uma escotilha.

      • Vinicius

        Então, problema não existe e você pode fazer o que bem entender, mas você há de convir que o propósito de um blindado é permanecer o maior tempo possível completamente impenetrável. Os vidros (dianteiros) abrem por necessidade, o teto ninguém precisa abrir.

  • Snoop Dogg

    BOM DIA EU SOU O ESTADO, OQUE POSSO FAZER PARA ATRAPALHAR SUA VIDA HOJE ?

  • GABRIELCSFLORIPA

    Qual o motivo de proibir o funcionamento do teto-solar?

    • Creio que tem haver com o fato de um criminoso, ou maluco, usar o teto como escotilha e sair atirando nas pessoas, visto a dificuldade da polícia em parar um carro assim.

      • GABRIELCSFLORIPA

        Mas o criminoso, ou maluco, pode fazer isso pelos vidros laterais.

  • salvibr

    O nosso governo eh o midas ao contrario onde coloca a mao vira M…a!! mais burocracia, e taxa!!

  • Elfo Safadão.

    O Estado e o seu dedo f*dedor…

  • Luis LC

    Não entendi a lógica do teto solar. O meu tem teto mas não tem vidro, tem apenas uma manta balística que se abre automaticamente ao comando. Perde-se a luminosidade mas quando viajo ao interior de São Paulo abro a parte opaca e fica a abertura no teto

  • KOWALSKI

    Tanta coisa pra se preocupar vão atrasar a vida de quem pretende ou tem um carro blindado. Viva a burocracia estatal.

  • David Estevam

    Pelo que entendi,muita burocrácia e ao penssan em cobrar de encher os bolsos ,mas em questão de segurança os vidros não foram mudado nada.

  • Roberto

    Acho que a blindagem 3A não corresponde mais a realidade brasileira, quando a mesma foi autorizada para civis os calibres eram menores, agora os ladrões usam muito fuzis. Claro que é uma proteção, com certeza, não tiro esse mérito, apenas digo que cada dia mais é usado armas como fuzis.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email