*Destaque *Featured Chevrolet Conversíveis Cupês Esportivos Lançamentos Test Drive

Novo Chevrolet Camaro 2017: Impressões ao dirigir

novo-camaro-2017-impressões-NA-24 Novo Chevrolet Camaro 2017: Impressões ao dirigir

Agora em sexta geração, o Novo Chevrolet Camaro 2017 muda completamente para continuar fazendo sucesso. Afinal, a quinta geração virou Transformer e conquistou tantos clientes quanto fãs em todo o mundo, somando mais de 500 mil emplacamentos. Só no Brasil, o Camaro anterior vendeu 5 mil exemplares.



Diante disso, a nova geração não poderia deixar o sucesso acabar e por isso se revestiu de uma nova pele, agora sobre uma plataforma compartilhada com o Cadillac ATS, que também tem seu propulsor V8 6.2 litros oriundo do Corvette e maior eficiência com a nova caixa de câmbio de oito marchas.

novo-camaro-2017-impressões-NA-51 Novo Chevrolet Camaro 2017: Impressões ao dirigir

Novo Chevrolet Camaro 2017 – Engenharia

Completamente diferente do anterior em sua composição, o Novo Chevrolet Camaro 2017 tem 70% de seus componentes novos e cerca de 30% deles compartilhados com o Corvette. Até a linha de produção foi transferida do Canadá para a planta da GM em Lansing, Michigan, onde são fabricados os carros da Cadillac.

Em torno de 43% de seus componentes são feitos de materiais leves com o objetivo de reduzir o peso geral, que caiu 83 kg. Destes, 23 kg foram retirados dos conjuntos de suspensão. A plataforma Alpha da GM garantiu ainda ao Novo Chevrolet Camaro 2017 uma construção modular com 11 partes fundamentais, o que agiliza sua fabricação e reduz custos. Mas, mais do que isso, torna a carroceria mais rígida, sendo 28% maior que a quinta geração do bólido.

Além da redução de 20% do peso e sua maior rigidez, o Novo Chevrolet Camaro 2017 apresenta melhorias na aerodinâmicas após 350 horas de testes em túnel de vento. O efeito downforce aumento em 50%. Só o assoalho possui 9 painéis aerodinâmicos que também melhoram a refrigeração dos componentes do veículo.

novo-camaro-2017-impressões-NA-53 Novo Chevrolet Camaro 2017: Impressões ao dirigir

Os freios foram aumentados e são da Brembo, enquanto o sistema de refrigeração foi duplicado. A melhora na aerodinâmica também foi possui pelas alterações de tamanho. O capô ficou mais longo, por exemplo, mas o Novo Chevrolet Camaro 2017 ficou 31 mm mais baixo, 52 mm mais curto, 26 mm mais estreito e perdeu 40 mm no entre eixos.

Assim, pouco menor e mais leve, o Novo Chevrolet Camaro 2017 manteve o mesmo estilo, agora mais refinado e agressivo, melhorando assim o arrasto aerodinâmico, a eficiência energética, a dirigibilidade e a performance.

Com um olhar mais agressivo, o Novo Chevrolet Camaro 2017 está muito mais esportivo visualmente. As rodas de liga leve aro 20 polegadas possuem estilos diferentes em cada uma das três propostas atuais para o muscle car no Brasil. A série Fifty tem visual exclusivo e aspecto diamantado.

novo-camaro-2017-impressões-NA-65 Novo Chevrolet Camaro 2017: Impressões ao dirigir

O SS cupê também tem belo aspecto e aspecto de titânio, enquanto o SS conversível se diferencia dos demais por rodas de cinco raios em preto fosco. Este último é quase como uma versão “Sport”. O Novo Chevrolet Camaro 2017 na série Fifty, que comemora os 50 anos do modelo e terá 100 unidades oferecidas em 2016, o estilo foi personalizado.

O para-choque ficou ainda mais agressivo com detalhes em preto brilhante e cromo, bem como spoiler bem mais pronunciado, faixas decorativas em tonalidade laranja, logotipo Fifty, rodas exclusivas, freios com pinças vermelhas e logotipo SS em tonalidade cinza, assim como sua pintura única.

Por dentro, os bancos em couro têm tecido em algumas partes, além de tonalidade azulada. O nome Fifty está estampado nos apoios de cabeça, volante e painel, que recebeu acabamento texturizado personalizado. O Novo Chevrolet Camaro 2017 tem preço de R$ 297.000 nesta primeira oferta para o mercado brasileiro, enquanto as demais ficarão para 2017.

novo-camaro-2017-impressões-NA-25 Novo Chevrolet Camaro 2017: Impressões ao dirigir

Novo Chevrolet Camaro 2017 – Impressões visuais

Mogi Guaçu/SP – O Novo Chevrolet Camaro 2017 até parece igual entre cupê e conversível, mudando-se apenas o teto rígido pelo retrátil, mas há muitas diferenças, tanto físicas quanto em performance. No test drive promovido pela GM no circuito Velo Cittá, no interior de São Paulo, provamos as duas variantes do clássico muscle car americano.

Equipado com motor V8 6.2 com sistema de desligamento automático de até quatro cilindros e melhorias, especialmente em lubrificação, o Novo Chevrolet Camaro 2017 conta agora com nova caixa de mudanças automática com oito velocidades, além de modos de condução: quatro no total, mas apenas três funcionais no Brasil, exceto se o proprietário for aproveita a rara neve nas serras do sul.

novo-camaro-2017-impressões-NA-26 Novo Chevrolet Camaro 2017: Impressões ao dirigir

O ambiente interno mudou completamente. O então criticado painel deu lugar a um conjunto mais moderno e menos retrô, tendo como destaque o quadro de instrumentos análogo-digital com display TFT configurável, que permite até três estilos diferentes, além de instrumentação digital que antes era analógica.

Logo acima, HUD com informações bem mais completas que o anterior. A multimídia MyLink 2 agora tem Android Auto e Car Play, navegador GPS e câmera de ré, além de sistema de som Bose, com qualidade bem superior ao anterior. O Novo Chevrolet Camaro 2017 vem também com iluminação personalizável, que pode mudar conforme o modo de condução ou aleatoriamente.

novo-camaro-2017-impressões-NA-1 Novo Chevrolet Camaro 2017: Impressões ao dirigir

O Novo Chevrolet Camaro 2017 traz vários recursos novos, entre eles um cronômetro de 0 a 100 km/h, medidor de força G, deslocamento do centro de gravidade e outros dados associados com a performance do esportivo. O console vistoso tem alavanca pequena com acabamento em alumínio, freio de estacionamento eletrônico e os modos de condução: Tour, Sport, Track e Snow/Ice.

O ar-condicionado dual zone tem comandos horizontais e dois difusores circulares cujo ajuste de temperatura fica em seus aros cromados. As portas têm detalhes metálicos de bom gosto e comandos dos vidros elétricos bem posicionados. Há um detalhe aqui, que difere o cupê do conversível.

novo-camaro-2017-impressões-NA-30 Novo Chevrolet Camaro 2017: Impressões ao dirigir

No conversível, existem dois botões para quatro vidros. Estes servem a ambos, mudando-se a posição em outros dois próximos com indicativos dianteiros e traseiros. A abertura do porta-malas fica na porta do motorista. Os bancos são mais confortáveis e envolventes, mas notamos que o espaço traseiro diminuiu, fruto do entre eixos reduzido.

O teto solar é outro item de conforto destacável. E o volante? Tem fundo chato e detalhes cromados, paddle shifts e até aquecimento, mas seu estilo não agradou em primeiro momento. Falando em aquecimento, os bancos dianteiros com ajuste elétrico (duas memórias para o condutor) podem aquecer, mas também refrigerar, tudo controlado pelos comandos no painel. O porta-malas continua pequeno nas duas propostas, mas o conversível agora tem uma vantagem sobre o antigo.

O Novo Chevrolet Camaro 2017 tem abertura da capota diferenciada em relação à quinta geração, tendo a cobertura traseira integrada ao desenho do veículo, dispensando assim a capa removível. O gancho interno para travamento não existe mais e o processo todo ficou mais rápido. Ou seja, basta apenas manter o dedo no botão localizado no teto e mais nada.

novo-camaro-2017-impressões-NA-12 Novo Chevrolet Camaro 2017: Impressões ao dirigir

Novo Chevrolet Camaro 2017 – Impressões ao dirigir

Os 461 cv a 6.000 rpm e 62,9 kgfm a 4.400 rpm superam os números anteriores da quinta geração – dado o novo conjunto mais leve, rígido e aerodinâmico – o Novo Chevrolet Camaro 2017 é outro carro ao volante. A cavalaria adicional garante uma arrancada bem mais vigorosa no modo Track, despejando tudo de forma menos controlada nas rodas traseiras.

O V8 6.2 fica cheio o tempo todo, permanecendo entre 5.000 e 6.000 rpm, tendo respostas bem mais nervosas, ajustadas naturalmente pela programação do propulsor, direção e câmbio. Este último com oito marchas, permite explorar bem mais a força oferecida. O soco ao pisar fundo no acelerador é muito bem sentido pelo condutor e saídas de curva com o pé mais embaixo geram saídas de traseiras de forma agressiva, mas controláveis.

novo-camaro-2017-impressões-NA-22 Novo Chevrolet Camaro 2017: Impressões ao dirigir

Os freios ficaram bem mais potentes e agem de forma progressiva, não surpreendendo o condutor. A estabilidade geral ficou bem melhor, assim como as respostas de direção. O nível de ruído é excelente para um cupê V8 de alta performance.

No modo Track ainda, aceleramos de 0 a 100 km/h em 4,5 segundos. Não foi bom, mas sensação foi ótima. Devemos lembrar que o Novo Chevrolet Camaro 2017 o faz em 4,2 segundos. Sua máxima é de 290 km/h. Ele também precisa de 313 metros para ir de 0 a 160 km/h e parar completamente.

novo-camaro-2017-impressões-NA-15 Novo Chevrolet Camaro 2017: Impressões ao dirigir

O modo Sport entrega um bom nível de esportividade, mas para quem andou primeiro no Track, nesse modo fica mais fácil domar o Novo Chevrolet Camaro 2017. Já no Tour, ele realmente fica dócil e pode-se explorar mais outras características do novo carro. A aceleração progressiva com direito a roncos esporádicos “para chamar a atenção” é fáceis de fazer nesse modo.

Aliás, só por ser um Camaro, ele deverá chamar muita atenção nas ruas, ainda mais por conta de seu escape duplo com ressonadores atualizados, que produzem um som mais agressivo que o anterior. O Novo Chevrolet Camaro 2017 se beneficiou da tecnologia para também direcionar o ruído do motor de forma agradável para o interior.

novo-camaro-2017-impressões-NA-17 Novo Chevrolet Camaro 2017: Impressões ao dirigir

No conversível, a condução é igualmente esportiva como no cupê. Apesar das velocidades limitadas no test drive por conta da segurança, mais no caso do “cabrio”, o Novo Chevrolet Camaro 2017 revelou características semelhantes e pouca invasão de ruído de vento no habitáculo exposto.

Com poucas voltas por jornalista, ficou a sensação de quero mais. Afinal, se antes o Camaro era bem limitado em detalhes e funcionalidades, agora ele está bem mais complexo, necessitando de mais tempo para se descobrir as novidades que a GM introduziu naquele que um dia quase foi chamado de Panther. Assim, amis detalhes e impressões somente no dia a dia da Avaliação NA.

Novo Chevrolet Camaro 2017 – Galeria de fotos

Evento a convite da General Motors. 

5.0

  • Marcelo Ceno Dutra

    Agora o Camaro vai competir em pé de igualdade com marcas Premium (pelo menos aqui no Brasil).

    • Léo C. Loures

      E outra… Mais um “esportivo” com câmbio automático…
      Foda…

      • Louis

        Não deixa de ser um esportivo.

      • Romualdo Vieira

        Ferrari mandou um abraço.

        • Roger Rosato

          Ferraris usam DCT, não AT. Praticamente nenhum carro esportivo sério usa câmbio automático convencional.

          • Romualdo Vieira

            Já sabia disso. A “idéia” do comentário do cara ali de cima é que esportivo deveria ter apenas câmbio manual. E também não é verdade de que “praticamente” nenhum carro esportivo sério usa câmbio automático convencional. Um só exemplo dentre tanto é a perua mais rápida do mundo, AUDI RS6. Dizer que ela não é um esportivo sério também não dá. Ela pode não ser um super esportivo, mas é sim um esportivo. Tem muitos por aí, e tenho certeza que pelo nível de informação que você tem, você também sabe disso.

      • Sergio Kraemer

        Ainda bem.

      • Impala_67

        Paddle Shift, Manja?

    • Rodrigo

      Entre em um A4, série 3 ou CLS que você vai entender o que é uma marca Premium.

      • Rudá

        Esses carros com certeza tem interior melhor que o Camareco, não que isso seja difícil, mas também não representam as marcas premium por inteiro, são carros de entrada. Pra descobrir o real “poder” das marcas premium, a brincadeira é bem mais em cima.

        • Rodrigo

          Exatamente uma marca premium não tem apenas uma qualidade de acabamento sensívelmente superior. Em toda a construção do carro vc percebe a diferença; ergonomia perfeita, tudo perfeitamente localizado, dirigibilidade, etc… MAS ISSO é pra quem pode ter um em casa, já o acabamento ele pode ir ao salão do automóvel e comparar. E o suficiente pra entender que um GM não é premium.

          • Sergio Kraemer

            Quem não é premium é a Chevrolet, não todo o grupo.
            A GM tem a Buick e a Cadillac que são Premium.

      • Marcelo Ceno Dutra

        Alguns do que você citou tem o mesmo desempenho ? Uma M4 R$ 450.000 zero km, C63 Coupé AMG R$ 610.000 reais. Me mostre um carro com a mesma cavalaria que custe 300.000 mil reais. Sou fã dos alemães mas tenho que admitir que essa geração está imbatível no custo benefício (nível Brasil).

        • Rodrigo

          Cidadão, quer dizer que pra competir com marcas PREMIUM basta ter desempenho??? (((Você está sê enrolando em argumentos SEM SENTIDO)))

          • Marcelo Ceno Dutra

            Não estou me enrolando, você que deve estar com problemas de interpretação. Quanto aos modelos que você citou nunca entrei, agora conheço muito bem um veículo Premium já que possuímos um aqui em casa E350 2012/12.
            Comparando esportivo com esportivo EX: M4 x camaro a primeira tem a obrigação de ser melhor pois custa no mínimo R$ 150.000,00 reais a mais. C63 ? Sua por R$ 610.000,00! Camaro não é o melhor carro do mundo mas nesta geração melhorou muito, o preço a nível de Brasil não está tão absurdo assim.

            • Rodrigo

              Falou um monte de besteira e até o mentorno não consegue citar uma ou duas características que tornam o Camaro um carro capaz de competir no segmento premium.
              Vou dar uma chance CITE DUAS características que tornam esse carro capaz de competir EM IGUALDADE no segmento premium. APENAS DUAS.

        • Sergio Kraemer

          Também não entendi… vieram com história de Premium, sendo que o Camaro é pra ser um esportivo. O acabamento/desenho do anterior é uma vergonha por dentro.
          Concorrentes desse Camaro eu vejo apenas os que trazem via importação independente.
          http://www.webmotors.com.br/comprar/ford/mustang/5-0-gt-coupe-v8-gasolina-2p-manual/2-portas/2016/17346260
          Esse novo Camaro tá muito top (bem mais que o anterior na minha opinião), mas não acho que vale 50% a+ que um Subaru STi.

        • Jurandir Filho

          Mesma cavalaria não tem, mas andar junto um Audi Rs3 o faz pelo mesmo preço

          • Marcelo Ceno Dutra

            RS3 é tão Premium que nem o banco do carona é elétrico.

            • Lucas Duarte Martins

              Nem dá bola Marcelo. É aquela velha história de dizer que carro alemão é que é bom e deu.

              Não dão o braço a torcer que pelo valor, o Camaro é o melhor esportivo do mercado. É o melhor cxb no Brasil.

              Não importa se você tem 400 cv num muscle car. Ele nunca vai ser tão bom quanto o sedan 1.6 de luxo. ” pq muscle não faz curva “, ” pq o acabamento é ruim “, ” pq o camaro é carro de funkeiro “. São propostas diferentes, e os caras insistem em comparar.

              • Marcelo Ceno Dutra

                Sim, nem vou discutir. Lucas eu mesmo sou fã de carros alemães, mas no atual cenário do mercado essa nova geração do Camaro realmente está com um ótimo custo benefício. Carros alemães são bons? Não, são excelentes, o problema é o preço que cobram.

                • Matheus_P

                  Mas assim… Um Audi RS3 é muito mais premium que o camaro tanto em acabamento, ergonomia, construcao (exemplo capo de aluminio, suspensao com partes em aluminio), enfim, de fato um carro premium, anda igual em linha reta, anda melhor em curvas (ate por ser menor), talvez em retomada em linha reta ande menos pelo maior torque do camaro. Mas o camaro, considerando o anterior q pude conhecer, tem acabamento tosco, e por mais q tenha melhorado, nao chegara aos pes do acabamento do RS3. O que podemos dizer eh q ele eh o melhor esportivo, mas nao premium, nunca!

                  • MMM

                    Meu C4 tinha capo de alumínio. Posso chamá-lo de premium por isso? É outra, sua base de comparação é o modelo antigo?

                    • Matheus_P

                      O RS3 8V ja esta disponivel inclusive no Brasil. E capo de aluminio eh apenas um exemplo dos varios da construcao do carro. Mas esquecemos o cao e contemos com todos os outros aspectos :)

              • Milton Fabiano Camargo

                Exatamente. Vc tem razão. Sou mil vezes mais um muscle feito no interior do Alabama que um desses carros europeus, no geral muito do sem graça.

      • José Caio

        Mesma proposta né Rodrigo, ta sertu!

      • Mambo Ted

        Não há como comparar . Após se ter um carro alemão os outros se tornam outros .

      • Milton Fabiano Camargo

        Mil vezes o Camaro! Mais divertido, interessante. A4 e Série 3 são excelentes, mas não vejo graça nenhuma.

    • Rudá

      Só se for pelo preço né? Tecnologia, acabamento e dirigibilidade de um roadster alemão são mil vezes melhor! Pra ter um V8 decente no Brasil é no mínimo 450k

      • Marcelo Ceno Dutra

        Não foi isso que o pessoal da motor trend disse na Europa.

      • Lucas Duarte Martins

        Defina V8 decente. Pq não vejo nada de errado no V8 do camaro. O carro é muito divertido.

        Você tem um viper, ou um LFA, por falar nisso? Pra dizer que este esportivo não presta e que o V8 não é decente, você deve ter um v10 na garagem.

        • Rodrigo

          O Camaro é um esportivo fantástico, só não concordo que o Camaro é um carro capaz de competir em igualdade no segmento premium, como o rapaz roga em seus comentários.

        • Rudá

          Por “V8 decente” eu quis dizer o carro inteiro e não apenas o motor. Se você quer apenas potência ou se tem aquele velho sonho de ter um V8 roncando bonito na garagem mas não tem meio milhão pra desembolsar num alemão, o Camaro é seu carro! Mas que os roadsters alemães tem tudo melhor que muscle car, tirando potência, eles tem sim e falo por experiência própria! Na minha última experiência com Camaro eu concordo com você, ele é divertido de acelerar, mas não oferece conforto, achei defasado em tecnologia e tem um acabamento bem fraco, vide o tanto de plástico rígido que a GM usa no interior dele.

  • vicegag

    Bela evolução.

  • Igor Lima

    Escala do painel de 30 em 30 KM/H em terras brasilis, de pardais de 50, 70, e 100 KM/H é fácil de levar multas… para quem é “normal” e passa na velocidade do pardal fica ruim de acompanhar… Não sendo um problema para quem passa na metade da velocidade…

    • Matheus

      Só colocar o velocímetro digital no meio do painel…

    • Hater x Haters

      Compra um Golf 1.6 MSI então. Tem a estupenda e inigualável tecnologia que evita multas…

  • Franco da Silva

    Muito bom! Alto nível.
    Talvez, se não trouxer em amarelo, consiga apagar o estrago que aquela música fez com a imagem do carro.

    • BillyTheKid

      Cada vez que eu vejo um amarelo nas ruas, eu penso: “Como pode ter tanto dinheiro sobrando, mas gosto próprio faltando…”

      • Rudá

        Tanto dinheiro sobrando? Nem sempre! Amigo meu trabalhou em css da Chevrolet e disse que tinha gente que financiava o Camareco em 5 anos, igual carro popular.

      • MMM

        Cada vez que eu vejo alguém criticando o Camaro por causa da musica, eu penso: como pode ser preocupar tanto com o que os outros pensam…

        • Edson Fernandes

          E eu digo ainda mais: Se fosse para ter um Camaro HOJE eu teria ele justamente no modelo “bumblebee”. Porque PRA MIM ele é lindo.

          Dito isso, a proxima cor de interesse seria o Azul seguido do vermelho. Mas o interior poderia com certeza ser da versão Fifty. Porque eu não gostei do interiorzão “couro preto inteiro” do demonstrado nas fotos.

    • saulo

      Foi o que pensei, e o pior que qdo foi lançado o Camaro amarelo era o mais bonito, a música conseguir queimar ele, pelo menos a cor…rs

  • Robinho

    Puxa, talvez seja somente eu, mas não gostei desse design, achei muito carregado…

    • Louis

      Só achei carregada a versão cinza das fotos, aquele friso cromado no centro perto da placa, parece que está de aparelho nos dentes…desnecessário.

  • João Cagnoni

    Bom demais, mas muito caro. Não tem porque custar 300k.

  • Mauricio L.

    Camaro perdeu seu principal atrativo faz tempo que é o preço, com 300 mil dá pra comprar muita coisa boa, antes seu preço x potencia era imbatível.

    • andersonc

      Me fala o que comprar com R$300000,00 com mais de 400hp?

      • Mauricio L.

        Só pra ser bem breve, quando custava seus 180 190 era vantagem pela potência, mesmo não tendo o melhor câmbio, distribuição de peso, estabilidade etc. Agora custando 300 mil prefiro um CLA 45 AMG por exemplo, não tem os 400 cv mas anda quase tão bem quanto e é uma Mercedes, ou uma BMW m235i, nesse preço jamais compraria um Camaro.

        • andersonc

          Beleza, claro que carro premium tem o seu valor, mais lhe pergunto ja dirigiu um Camaro? (do antigo mesmo), ja dirigiu um CLA 45 AMG? ou um M235i?
          Se formos abrir o leke do que se compra com R$300,00 temos uma boa gama, mais digo mais uma vez, no Brasil não tem 460cv por menos de R$300000,00, não acho barato, acho muito caro, mais ainda assim é o mais em conta no mercado a oferecer tamanha potência.

          • Mauricio L.

            Eu já dirigi mustang GT por exemplo, morei 1 ano nos estados unidos e tive oportunidade de dirigir alguns muscle car. E aqui no BR não dirigi M235i mas uma M135i já, mas já vi uns 3 ou 4 comentários na guerra muscle car americano x esportivo alemão. Na boa entre em um Camaro e entre em uma BMW ou Mercedes sei lá pra mim existe um abismo entre esses carros, se a questão é desempenho, no volta rápida do canal acelerados a M135I e a M235I viraram mais rápido que o Camaro SS, tem que levar em conta o conjunto completo.

          • Matheus_P

            460cv para empurrar 1800kg… Camaro

            380cv para empurrar 1400 e poucos kg – cla45amg

      • Joaquim Neto

        Compro um AP treskilimei por 30.000 kkkkkkkkkkk

  • Hater x Haters

    Não gosto de conversíveis, mas esse Camaro é exceção. Lindo demais e teria um fácil!
    Se tivesse $$$.$$$,$$ claro.. E que aumento de preço hein!

  • celso

    É realmente necessário encher a página com tantas fotos ?

  • Jeremias Flores

    admito, sou fã.

  • João R

    Gente… por qué um Camaro 2017 começa nos States na faixa dos 25-30mil USD (Abaixo dos 100mil reais) com o mesmo motor 6.2 de 455HP V8… e aquí no Brasil vem com essa palhaçada de quase 300mil reais??? (http://www.chevrolet.com/camaro-sports-car.html). Por mim… podem se explodir todas as montadoras com carro zero no país!!!

    Que teimosia esse Brasil de continuar se nivelando por baixo em tudo o que vira e mexe (estradas, hospitais, escolas, aeroportos, etc…). Aí depois ninguém reclama por que tem o custo-beneficio nas alturas e pessoal por aí vendendo coca-cola gelada no deserto?!?!?!?!

    Qual é o plano dessas prefeituras de sair da mismice de continuar fazendo mais do mesmo?? Eu quero a esses políticos enxugando o dinheiro da máquina pública para render 3x o que está rendendo hoje, simples assim!!!!!!! (aí por exemplo, teremos estradas e asfalto de qualidade para fazer merecer qualquer veículo acima de 250CV, porque hoje…… 250 e 500CV da na mesma: os amortecedores trabalhando a todo vapor nessa buraquera e desniveis…

    • Binho_DF

      Posso estar errado mas o Camaro SS V8 custa quase 48.000 dólares nos EUA e a versão comemorativa Fifty acrescenta quase 7.000 dólares aos 48.000 da versão SS. Existem versões mais em conta 2.0 turbo e V6. Sim, concordo que ainda assim muito caro. Abs.

    • Lucas Duarte Martins

      Taxa exorbitante.. Concessionária que lucra alto em cima… Nome forte no mercado…

      Quer um meme do zac efron explicando? kk

    • MMM

      Não existe Camaro nessa faixa de preço com esse motor.

    • Impala_67

      Muda pra lá, aprende a ver o modelo certo, para de mimimi.

  • Elfo Safadão.

    Esse carro é um sonho, mas pela trolha que empurram, não vale a pena.

  • T1000

    meu, com 300.000 no bolso, creio que a maioria preferiria um 0km

  • T1000

    só eu achei esse painel e volante novos sem graça? Prefiro mil vezes os anteriores retrô. Acho que mataram um pouco a personalidade do carro.
    Em compensação, gostei do design externo e atualizações mecânicas, ainda mais com redução de peso, são bem vindas.

  • José Caio

    Cagaram na traseira, da geração anterior era bem mais harmônica. Tirando isso é a melhor opção NESSA categoria que temos hoje no mercado…

  • Resendemaster

    Que preço absurdo é esse? 300 mil reais para ter um Camaro na garagem? O preço do modelo anterior era na faixa de 170 a 190 mil reais para versão SS V8.

  • T-Coala 421

    É um carro que eu teria fácil. é um tipico carro para decoração de garagem. Pra que 461Cv no Brasil?! buracos, radar, transito caótico, motoristas retardados, semáforos. Só serve para mostrar para a sociedade, sair para balada no final de semana e pegar mulheres interesseiras, e disputar racha com aquele amigo que se acha o gostosão com seu opala, gol quadrado turbinado! ou seja, tipico carro de filhinho de papai. Mas como eu disse. compraria um exemplar (menos conversível).

  • Filipo

    O que tem de gente aqui falando que Camaro é carro “premium”, não é brincadeira!
    É um carro esportivo que evoluiu e agora está excelente, mas está longe de ser premium. Premium é uma M4, por exemplo, que reune motor com refinamento.
    Se formos analisar apenas pela relação potência/preço, realmente é o mais custo/benefício atualmente no país. Mas como seus concorrentes são premium, ele tem que custar menos mesmo. Sou fã do Camaro, mas M4, RS5 coupé, TT-RS, C63 AMG coupé e etc são mais carro.
    Outrossim, nos EUA, o Camaro 2SS 50th anniversary custa a partir de US$ 45.195,00, o que dá cerca de R$ 145.000,00. Dai, adicionamos o imposto de importação (60%) e teríamos cerca de R$ 232.000,00. Adiciona-se alguma coisa a mais do IPI e do lucro do fabricante e fecha a conta dos R$ 297.000,00.
    Ou seja, a Chevrolet, está tendo margem de lucro próxima a de carros esportivos premium. Todos nós sabemos que ela não é instituição de caridade, mas Camaro nos EUA não passa de um carro esportivo acessível, mesmo na versão 2SS (V8 completa).
    Talvez se Ford e Dodge comercializassem por aqui também o Mustang GT e o Challenger Scat-Pack, poderíamos diminuir um pouquinho essa margem de lucro da Chevrolet no Camaro.

    • Norm

      Essa alíquota de 60% é para encomendas. Automóveis com motor acima de 3.0 pagam 35% de II, 25% de IPI (55% se não vier na cota do Inovar Auto), 12% de ICMS (em SP), 7,6% de Cofins e 1,65% de PIS/PASEP. No fim das contas, dá cerca de R$ 290 mil.

      • Filipo

        Grato pela informação.

  • Melhorou demais em nível de acabamento interno. Pena que o preço foi junto.

  • Mambo Ted

    Para andar em linha reta o antigo era ótimo .
    Motor excelente. Acabamento tosco e ninguém na gm sabe fazer a manutenção .

  • ####Carlao GTS

    CAMARÃO

  • Kyozuki

    [OFF]

    A Toyota do Brasil confirmou nesta sexta-feira que outras 205.892 unidades dos modelos Corolla e Etios foram equipadas com airbags que podem representar risco à saúde dos passageiros, então convocou um recall destes casos. O chamado faz parte do megarecall global de airbags potencialmente perigosos, que foram desenvolvidos pela empresa Takata e que equipam milhões de carros em todo o mundo.
    No total, a convocação afeta 114.539 unidades do Corolla e outras 91.353 unidades do Etios. A fabricação dos Corolla convocados aconteceu entre 9 de janeiro de 2012 e 14 de fevereiro de 2014, enquanto a produção do Etios foi entre 7 de maio de 2012 e 29 de setembro de 2014. Confira a numeração dos chassis envolvidos abaixo. Os proprietários dos carros convocados devem entrar em contato com a Toyota pelo telefone 0800 703 0206 para agendar a substituição dos airbags.

    O defeito
    O defeito é considerado muito grave e já foi responsável por ao menos 11 mortes nos Estados Unidos, além de ter ferido mais de cem pessoas. Conforme Autoesporte antecipou, mais de 2 milhões de carros já haviam sido convocados para recall no Brasil por conta do defeito até junho deste ano.
    A falha afeta carros que foram equipados com um tipo específico de airbag. Eles contam com um componente químico chamado de nitrato de amônio, que deteriora quando entra em contato com umidade e altas temperaturas. Nesses casos, a reação química que faz com que as bolsas de segurança sejam infladas acontece mais rápido do que o previsto. Assim, a cápsula metálica que abriga o nitrato de amônio não resiste à pressão maior do que a esperada e pode se romper.
    Fragmentos metálicos desta cápsula podem ser projetados contra os passageiros, causando lesões graves e risco de morte. Nos Estados Unidos, mesmo passageiros que se envolveram em acidentes leves acabaram morrendo depois de feridos pelos metais. Vale ressaltar, porém, que não há qualquer registro de que a falha tenha ocorrido em algum carro vendido no Brasil. Em entrevista exclusiva à Autoesporte, Airton Evangelista, presidente da Takata Brasil, falou sobre a gravidade do caso pela primeira vez à imprensa brasileira: “Para todo mundo que eu puder recomendar, digo: faça o recall do seu carro”.

    Chassis convocados:
    Toyota Corolla: unidades fabricadas entre 9 de janeiro de 2012 e 14 de fevereiro de 2014, com chassis entre 9BRBD48E*C2562221 e 9BRBL42E*E4792034
    Toyota Etios: unidades fabricadas entre 7 de maio de 2012 e 29 de setembro de 2014, com chassis entre 9BRB29BT*D2000000 a 9BRK29BT9F0045079

    Fonte: Autoesporte

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend