_Featured Argentina Chevrolet Lançamentos Sedãs

Novo Chevrolet Cruze é apresentado na Argentina

HyperFocal: 0

Eis a nova geração do Chevrolet Cruze para o mercado sul-americano. O novo sedã médio foi apresentado nesta quarta-feira, 4, na Argentina, onde será produzido (mais precisamente na fábrica de Rosario, Santa Fe, que recebeu investimentos de US$ 740 milhões) e exportado para outros países, o que inclui o Brasil a partir do segundo semestre deste ano.

O novo Cruze argentino segue a mesma linha da versão vendida nos Estados Unidos, com destaque para o visual mais agressivo, que segue a nova filosofia visual da Chevrolet. O modelo é marcado pelos faróis espichados na dianteira, de halogênio e luzes diurnas de LED, formando conjunto com a grade, além dos para-choques com formas marcantes, vincos nas laterais e lanternas que invadem a tampa do porta-malas.

Já no interior, o três-volumes traz formas mais modernas, com direito a detalhes de acabamento em couro sintético e tecido. Há também volante multifuncional revestido em couro, sistema de entretenimento MyLink com tela sensível ao toque de 7 ou 8 polegadas, Bluetooth, entradas USB e auxiliar, navegador e carregamento sem fio para celulares, e sistema OnStar.

chevrolet cruze 2017 argentina 2

Em comparação com a geração atual, o novo modelo é 6,8 cm mais longo e 2,5 cm mais baixo. Além disso, a distância entre-eixos sofreu aumento de 1,5 cm, beneficiando o espaço para as pernas dos ocupantes traseiros, que está 5,1 cm maior. O veículo está ainda 113 kg mais leve.

O Chevrolet Cruze 2017 é equipado com o novo motor 1.4 litro Ecotec Turbo a gasolina, com injeção direta de combustível, que rende 153 cavalos de potência, a 5.000 rpm, e 25 kgfm de torque, a 2.00 rpm, com transmissão manual ou automática nas versões LT e LTZ e apenas automática no modelo LTZ Plus, sempre de seis velocidades. Para o Brasil, o propulsor receberá mudanças para se tornar flex.

O conjunto dispõe ainda do sistema start/stop, que desliga o motor em paradas curtas, como em um semáforo, e reinicia automaticamente quando o motorista tira o pé do freio ou pressiona a embreagem.

Nas versões com câmbio automático, o sedã consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos.

chevrolet cruze 2017 argentina 3

Entre os equipamentos, o novo Cruze oferece desde a versão mais básica airbags frontais e laterais, sistema Isofix, apoio de cabeça e cinto de três pontos para todos os ocupantes, controles de estabilidade e tração, alerta de pressão dos pneus, faróis e lanternas de neblina e alarme. O LTZ agrega airbags de cortina, enquanto o LTZ Plus dispõe de alerta de ponto cego, aviso de colisão frontal, assistente de estacionamento, controle de cruzeiro adaptativo e sistema de manutenção de faixa.

Há ainda ar-condicionado automático, volante com ajuste de altura e profundidade, computador de bordo, controle de cruzeiro, câmera de ré e sensor de estacionamento traseiro. As versões LTZ ganham luzes de cortesia traseiras, retrovisor interno eletrocrômico, partida do motor e destravamento das portas sem chave, faróis com ajuste de altura, retrovisores externos com aquecimento e rebatimento elétrico, MyLink com GPS e reconhecimento de voz e sensor de chuva. O LTZ Plus inclui banco do motorista com ajustes elétricos e partida do motor pela chave.

A Chevrolet vai lançar a nova geração do Cruze no Brasil no segundo semestre. Os preços ainda não foram divulgados.

Galeria de fotos do Chevrolet Cruze 2017





  • Edson Fernandes

    Well… de todos os itens citados, o Cruze poderia ganhar um ar dual zone.

    Fiquei curioso para ver o espaço interno. Parece promissor essa evolução. Agora vem a dúvida… será que aqui terá a partir da versão LT alguma versão com o motor 1.4 turbo? Acredito que os agregados dessa versão estão bem cadenciados. Confesso que só sentiria falta do GPS, porém terá mylink na LTZ e na LTZ plus terá bons recursos que calham muito bem a vir no nosso mercado.

    O controle de cruzeiro adaptativo é objeto de desejo meu e se o mesmo tem mais espaço interno, pode ser um ponto a mais. Vou querer dirigir para ter minha opinião.

    • Gustavo73

      Pensei o mesmo sobre o ar dual zone,.no plus poderia vir também faróis xenon. Se seguir o atual só teremos versão at.

      • Junior Gouveia

        tb achei a mesma coisa, no atual, eu ja acho sem cabimento, imagine neste, que poderá passar da casa dos 100 mil reais.

        • Gustavo73

          Já acho caro o Jetta Conforline. Por cem mil no pacote completo não ter xénon apesar de ter ar dualzone que deveria ser de série.

          • Junior Gouveia

            Pois é, ta tudo um absurdo o valor das coisas, e carro não fica atras, está bem a maxima do “tudo isso por tão pouco”, mas nesse caso, o tudo isso são os valores altissimos e o tão pouco, oq eles oferecem!!

      • shdn2010

        Sinceramente daria preferencia para o ar dual do que os farois de xenon.

        • Gustavo73

          Sim entre os dois também prefiro.

        • Eduardo Alvim

          Nó. Eu sou mais xenon, de preferência direcional como tive num C4 hatch. Hoje tenho um City que gela muuuito mais que o dual zone do C4 e a patroa nem tchuns. Antes era um tal de aumentar a temperatura dela que só vendo… Em suma, frescura. Xenon direcional tem muito mais valia, na estrada então, nem se fala…

      • XandeeM

        Acho que o atual só tem versão AT por causa geração,fabricar a versão manual que tem demanda baixa deixaria muito carro encalhado na ccs.

        • Gustavo73

          O LTZ perdeu o manual menos de um ano após o lançamento. A LT perdeu a manual teemais de um ano. Até pode aparecer um LT manual, mas LTZ acho muito pouco provável.

    • LT, básica, por apenas R$ 99.990

      • Gustavo73

        Acho que vai regular com os preços do Jetta 1.4 com a versão Plus um.pouco mais cara.

      • Oliveira17

        Oo

    • predadordemarea .

      Me responda por favor: O Cruze tem teto solar na versão top?

      • Dudu Pimentel

        Nos primeiros Cruzes LTZ não tinham, depois do facelift eu não sei. Mais fácil o modelo que virá vir.

      • Edson Fernandes

        O modelo LTZ hatch tem. O sedan não.

  • Diego

    Tenho um cruze e sou apaixonado por ele, este novo está bonito principalmente o fundo, a frente eu prefiro do atual, no geral em termos esteticos eu ainda prefiro o atual, tem mais personalidade, outro detalhe que gosto mais do atual é o volante, nunca gostei deste novo desde a primeira vez que vi no modelo Chines, o atual pra mim é muito mais bonito. Quanto ao motor eu só não gostei do pico de potência chegar aos 5.000rpm com corte de giro aos 6.500, deveriam ter programado pra chegar no pico perto do corte assim o carro não iria morrer depois dos 5.000, vai ficar parecendo meu corsa 1.8 anterior, andava muito bem até os 5.300 (pico de potencia) mas depois disso era nitida a falta de folego ainda mais se eu tentava acelerar ja com o rpm alto, algo que não acontece com o motor 1.8 ecotec que tem pico de potência no 6.300. Enfim, fazer o teste drive e comparar na vida real.

    • Também achei estranho e até incômodo o pico de potência vir a 5000 RPM e, com corte a normalmente a mais de 6000, isso significa que o motor perde rendimento a cada troca de marcha em alto giro. Ou a linha de corte é mais baixa (forçando a troca de marchas em rotações abaixo dos 6000), ou tem que aferir melhor em qual regime de rotação o motor gera a potência máxima.

      • Diego

        No site americano diz que o pico de potência do novo cruze com motor 1.4t vem aos 5.600. Melhor que os 5.000 ditos na matéria mas ainda sim quase 1000 rpm abaixo do corte de giro… Ainda sim não curti.

    • Gusbar Kuati

      Acho o anterior horrível, aquele teto alto em arco… aff, lanternas traseiras antiquadas, o anterior parece um carro estreito e alto. Esse novo é mais baixo e largo, como um um sedã bonito deve ser. Esse ganha do anterior em todos os aspectos, talvez perca em alguns detalhes do interior.
      Mas o principal é matar aquele motor manco do Cruze anterior que me deixava sem a mínima vontade de comprar um.

    • Matthew

      O que mais me preocupa nesse volante, além da feiura em relação ao anterior, são essas teclas emborrachas. Quando novas devem ter um bom aspecto, mas tenho a leve impressão de que com pouco tempo de uso irá ressecar e sofrer a ação do suor e/ou maquiagem, fazendo-as trincar ou ficarem com aquele aspecto brilhante de desgaste.
      Assim como acontecia com o acionamento das buzinas do volante do Astra com Air Bag, que formava uns ovos e quebravam. A ver.

  • Gustavo73

    Gostei da dianteira, mas a traseira ainda não me acostumei. Esperando ver ao vivo.
    Nada de Xénon nem na LTZ plus? Ar-condicionado digital dual zone?

    • le0gt-r

      Também não gostei muito da trazeira não, acho essa da versão norte americana mais bonita!

      • Gustavo73

        Não gostei desse para-choque não. Mas o resto é igual. As lanternas é que.acho estranhas

        • le0gt-r

          E tomara em que venha essa cor azul…

          • Gustavo73

            Sim esse azul fica legal. O Jetta tem um azul bonito que combina bem com o interior claro.

          • Dudu Pimentel

            Acho pouco provável que ele venha com esse azul, até pq os consumidores brasileiros compram prata, preto, branco e cinza…Lembro que a primeira geração do Cruze sedan teve um belo vermelho como uma das novidade da segunda leva (pré-reforma visual), mas poucos modelos foram emplacados (eu mesmo só vi um e era LTZ. Se vier deve ser aquela cor de lançamento que vai ser mais cara e depois vai sair de linha…no máximo vai ir para o Cruze hatch, que por sinal tem um vermelho clássico bem bonito que deixa ele com outra cara e outro mais discreto. No mercado americano, é possível ter um Cruze tanto hatch, como o sedan com um azul parecido com esse, além de um tom de vinho que tb é bem legal.

        • Don Ramón

          Faltou inspiração e sobrou economia no design e na construção das lanternas. Os elementos vermelhos em “L” são muito parecidos com as formas que a VW emprega nos seus modelos mais “relaxados”. Mas, no geral, é um carro bem mais interessante e atraente que o atual. Então, ponto pra Chevrolet.

        • Cláudio Moisés

          Essas lanternas mereciam uns LEDs. Ficaram realmente muito simples, destoando do conjunto, até acertado, do carro!

          • Dudu Pimentel

            Eu tb senti falta de leds nas luzes de freio traseiras…mas acho que nem o Malibu (da mais nova geração) tem.

      • Paulo Lustosa

        Esse parachoque é do LTZ com pacote RS

      • Paulo Lustosa

        Esse parachoque é o da versão Premier com pacote RS.

      • !Marcelo Surf!

        Também não gostei, a traseira conservadora de fusion não combinou com a autenticidade e agressividade da dianteira.

  • Matthew

    Será que o frio de estacionamento é de pedal como no modelo americano? Ouvi dizer que pro Mercosul seria eletrônico. De maneira geral, acho que a atualização fez bem ao carro.

    • Gustavo73

      Freio de mão por alavanca.

      • Matthew

        Opa, valeu!

    • Usa8

      O modelo americano

  • Fudencio

    Legal… Pena que vai vir a preços proibitivos =/

  • EJ

    Bem, as maiores críticas racionais ao modelo aparentemente foram sanadas (usavam muito os termos pesado, beberrão). Agora é ver se adianta dar murro em ponta de faca, pois está arraigado na cabeça do brasileiro a cultura que sedã médio TEM que ser Corolla ou Civic. Já deixaram de comprar muitas unidades de ótimos veículos que já surgiram em função dessa polarização que não é muito boa pro mercado brasileiro.

  • Mauro Schramm

    Promete. A GMB tem uma grande rede distribuidora que é bem avaliada pelos consumidores (ao menos comparando com VW e Ford).

    Com um produto bom e o preço certo, tem tudo para reviver a era do Vectra.

  • fschulz84

    Se os modelos que vierem para cá forem exatamente estes, será um ótimo player no mercado

    • XandeeM

      Espero que venha a LTZ manual,pretendo trocar o meu da versão atual ainda este ano.

      • Gustavo73

        Acho difícil, hoje nem o LT tem mais a opção manual.

  • Lucas Rizzo

    E o consumo? Alguém sabe como é? E será que vem uma versão Sport6?

    • Lucas Vilanova

      A versão Sport6 vem no começo do próximo ano.

      Só sinto falta de uma coisa desse carro até agora, um ar dual zone e faróis xenon. O projetor já tem, inclusive regulagem elétrica na versão LTZ.

      • Diego

        Regulagem elétrica dos faróis sempre teve desde a LT.

        • Lucas Vilanova

          Tudo bem. Mas falei em relação ao xenon, já que é um item primordial a regulagem elétrica do faixo.

    • kravmaga

      O consumo está sendo elogiado nos EUA.

      O automático está fazendo 30/40 mpg, que dá 12,7 a 17 km/l segundo a calculadora online de um site.

      • Lucas Rizzo

        Opa. Valeu! Bom, não era exatamente o que eu esperava, principalmente considerando os ajustes para tornar o motor flex aqui. Mas já é um avanço, certo?

  • Yo soy Yo

    Que medo do preço desse carro aqui no Brasil.

  • Regina Campos

    Empobrecido… como eu já suspeitava… enfim…
    Frente e traseira iguais ao do modelo básico americano.
    Sem LED´s na traseira e dual-zone
    O auê vai ser por causa do Turbo

    • kravmaga

      Acho que ainda não dá para dizer que é empobrecido pelas fotos. As cores de acabamento são diferentes e por isso o visual fica bem diferente. Teríamos que obter as fotos do Cruze argentino com o interior em preto para comparar.

      • Regina Campos

        Mas a foto do interior claro é do Cruze argentino. Note as diferenças de acabamento (e não somente as cores), acabamento do volante e entre os bancos (ausência de descansa braço). Empobrecido!

        • Bruno Luís

          Descanso de braço ta la ,amplie a foto!

          • Cláudio Moisés

            O descansa braço está lá realmente, mas o console central realmente deu um empobrecida monstruosa, com direito ao velho freio de mão ladrão de espaço!

        • Dudu Pimentel

          Mas o carro cresceu em comprimento, entre-eixos, porta-malas e perdeu mais de 120Kg, coisas que tb eram motivos de reclamação dos proprietários do modelo (era apertado, pesado e o porta-malas era pequeno pro tamanho e categoria do carro).

      • Alessandro

        Pensei o mesmo que a Regina Campos. Esperava pelo preço que planejam vender aqui, no mínimo o que oferece a versão americana.

    • Milton Fabiano Camargo

      Falou que é pra Brasil tem que tascar esse plastico vagabundo, pro carro ficar com cara de pobre.

    • Fanjos

      Esse acabamento da versão cinza é muito mais feio que da geração atual LT, na boa se for assim cagaram tudo, espero que no minimo venha só a versão preta para cá

      • XandeeM

        Pela primeira vez preferindo um interior preto.

        • Fanjos

          Melhor se sair com esse acabamento feio, assim não fico nem com vontade de trocar o meu kkkkk

    • Ander33x

      Esse interior cinza chega a ser um insulto a minha visão. PQP!

    • Usa8

      Bom, o único empobrecimento me parece o número de airbags: o deles tem 10.
      A frente da versão Premier norte-americana é idêntica à Argentina, inclusive com os frisos cromados. Só não veio com o pacote RS, que tem uns detalhes diferentes (talvez você tenha confundido).
      A traseira norte-americana também não tem LEDs (a GM inclusive vai colocá-las para o MY2017).

    • Cláudio Moisés

      Essas lanternas realmente mereciam uns LEDs, pelo menos nas versões superiores! Ficaram muito simples! Enquanto isso, o Civic terá em todas as versões e na versão top até os farois serão FULL LED!

  • Pedro Henrique

    parece a identidade visual da chery na frente…
    just saying

  • Leo

    Achei mais bonito que o Civic e, pelo visto, mais vantajoso que o Honda, que só trará o motor turbo na versão mais cara. Além disso, os pacotes estão bem bons. Depois de anos, parece que a GM acertou na mosca!

  • Maçaranduba o Porradeiro.

    o interior desse carro já me faz abrir um sorriso daqueles….

  • Leandro

    Start stop na versão mecânica também? Ou eu li errado?
    “O conjunto dispõe ainda do sistema start/stop, que desliga o motor em paradas curtas, como em um semáforo, e reinicia automaticamente quando o motorista tira o pé do freio ou pressiona a embreagem.”

    • Gustavo73

      Porque não? O Golf tem na versão mecânica.

      • Leandro

        Quero ver os preços….

        • Whering Alberto

          Já disseram por aí que vai ser de 80 a 100 mil. É o esperado diante do cenário atual.

        • Gustavo73

          Acho que na faixa so Jetta 1.4 como disse acima o LTZ deve ser mais caro que o Conforline com pacote completo que hoje sai por 100mil na tabela.

        • Dudu Pimentel

          Pode esperar algo em torno 85 mil reais na versão de entrada (LT), uma vez que ele é mais moderno que o atual.

    • leaozin

      Start Stop é um saco, sempre que dirijo o Golf eu tenho de apertar o botão para desligar ele senão a cada parada o motor desliga, assim como o ar condicionado…
      O Golf podia ao menos ter uma opção de deixa-lo desligado permanentemente.

      • Marcos megdA

        É só nao apertar o freio com força que ele nao desliga. Com o tempo fica fácil se adaptar

  • Gustavo Miranda

    Um Prismão! Gostei do design, finalmente a GM fez algo agradável de se ver, não tem o carisma do Cruze atual, mas anda bem longe dos monstrinhos da marca…

  • Diogo Oliveira

    Todo dia é um 7 x 1 Diferente.

  • saulo

    Todas as versões serão motor turbo ou será como o civic que só a versão top será turbo?

    • Gustavo73

      Todas vom o 1.4T segundo as informações.

  • Ricardo Blume

    O painel eu achei meio pobre, pela categoria e concorrentes que ele apresenta, poderia ter sido melhor. Mas, como um todo, eu achei interessante. Motor moderno, design interessante e alguns mimos que são obrigatórios para um carro nesta faixa de preço. O problema para a GM é que o Civic está na boca do forno, prontinho para sair e ai sim, o bicho vai pegar. Acredito que o lugar onde o Corolla está nunca será tomado, então a briga fica pelo segundo lugar. Minha opinião? Civic na cabeça. VTEC forever bros!

  • Pedro Sampaio Carvalho

    Eita carro sem graça, pelamordedeus…

  • Gilberto Filho

    Poderia ter vindo pro Brasil logo e não no segundo semestre ainda. Será que é por causa da recessão econômica ter ficado pra depois?

    • Gustavo73

      Provavelmente a capacidade da fábrica no início não daria conta da demanda.

  • Gustavo73

    Automático de 6 marchas.

  • Dudu Pimentel

    Acho que não…farol de xenôm ou xenônio é caro e o Cruze deve chegar por uns 80 – 85 mil reais (LT) e uns 95 – 105 mil reais (LTZ plus)…se colocassem esse farol e o ar dual zone, acredito que a LTZ plus passaria de 110 mil reais…mas eu também acho que vai fazer falta tanto esse equipamentos, como luzes de freio traseiro em leds.

    • Gustavo73

      O Xénon seria só na top de linha. O Jetta custa 100mil no 1.4 Tsi completo incluindo teto solar e ar digital dual zone. Com xénon chegaria nos 105 mil(preço de Corolla). Dava pra GMB colocar os itens no Cruze.

      • Dudu Pimentel

        Ai é que tá…todos sabem que o Corolla é caro pq é bem equipado e bem construído…o Cruze por outro lado é bem equipado sim, mas não é tão bem construído e nem bem montado (canso de ver modelos com peças desalinhas nas ruas)…no RJ, cidade aonde moro, vejo com relativa frequência os Corollas XEI 2.0 e Altis, que são os mais caros da linha Corolla, já o Cruze vejo basicamente os LT sedan e hatch, isso quando vejo. Até o Civic LXR 2.0 e Sentra SV e SL vejo mais que o Chevrolet…gosto da Chevrolet, sempre gostei desde a época dos modelos Opel, mas com esses preços à lá carros japoneses, sendo que em relação a qualidade de construção vai justamente na direção contrária, desanima (ao menos na minha opinião). Conclusão: vc compra um carro caro, que vc tem que dar sorte de não quebrar ou algo falhar….isso não é legal.

        • Gustavo73

          Corolla bem equipado? O Altis não tem esp ou teto solar (fora claro o motor aspirado de injeção indireta, o XEi custa 90 e também faltam itens na lista na minha opinião) Também moro no Rio e vejo o LTZ com frequência. Na verdade tenho visto menos do Cruze qualquer versão desde o facelift. Tenho 3 amigos que tem ou tiveram o Cruze tanto LT quanto o LTZ, não lembro dessa montagem ruim.

          • LLace. Saudi Arabia power

            Na hora que li “corolla bem equipado” parei de ler de tanta risada.. kkk

            • Gustavo73

              Não que seja ruim, mas que pelo preço poderia ter mais poderia. O Focus de 104 mil tem motor aspirado com injeção direta, e tem Xénon, teto solar e ainda estaciona sozinho.

              • Dudu Pimentel

                Concordo que falta equipamentos como os que citou, entretanto, se vc ver as vendas, o Corolla está entre um dos sedans médios mais vendidos.

                • Gustavo73

                  Gol foi o maos vendido por décadas, o Palio tou sei lugar em 2014 e o Onix em 2015. Isso de maneira alguma significa que são os melhores da categoria.

                  • Dudu Pimentel

                    Mas mostra que ele é o que mais agrada o público-alvo.

            • Dudu Pimentel

              Diga-me um carro mais bem equipado que ele com o preço e categoria dele que vc sabe que não vai dar defeito…te desafio ;)

          • Dudu Pimentel

            Motor com injeção direta sem turbo só tem no Focus…As vendas dele compravam oq eu digo: o carro é amigo do consumidor pq fica mais na garagem do que na oficina.

            • Gustavo73

              Negativo a Captiva também tem. Mas isso é no Brasil lá fora é comum motores GDI ou FSI. Mas seguindo essa linha não sei porque a VW tirou o 2.0 8v do Jetta e com certeza acertou ao lançar o Golf com o motor MSI. Pois em teoria são confiáveis e a manutenção é barata.

              • Dudu Pimentel

                Sim, mas a Captiva é outra categoria…se for pensar assim, temos a S10 2.5 e também o Camaro SS, fora os modelos de luxo, como os Mercedes, Audis e BMW…estamos flando de sedans médios sem ser os de marcas de luxo, não generalizando.

              • Dudu Pimentel

                Um 2.0 8V com 120 cv e o torque de um motor 1.8 e ainda por cima beberrão…em tempos em que motor 1.6 16V tem mais potência e diferença é pequena em relação ao 1.6 16V, era mesmo para aposentar. Esse 1.4 TSI é + : + mais econômico; + potente; + mais torcudo: + mais moderno; + mais leve; + mais eficiente…só não sei se é mais confiável…kkkkkk

        • predadordemarea .

          Só saiu pérola ai heim amigo!

          • everton nogueira

            De boa tenho um cruze sedã Lt comprado zero e está comigo até hoje com 85 mil km rodados e digo para qualquer um, nunca me deixou na mão. Quebrar, falhar? Na boa quem fala isso é por anda de outro carro menos no cruze.
            Ainda digo mais compraria outro sem pensar, pois para mim o ponto fraco dele é apenas o consumo urbano, na estrada para mim é bom.

            • predadordemarea .

              Eu tive um Cruze sedã também, vendi com 27 mil km rodados em estado de 0 km.
              Carro é muito bom, tanto é que estou a espera da nova geração.
              Engraçado é que quando me interessei pelo Cruze que comprei em 2012, as primeiras notícias que vi sobre ele e a avaliação foram aqui nesse site.
              Li todas as respostas as perguntas dos leitores sobre o Cruze.

              • everton nogueira

                Cara estou na mesma que vc, mas só troco ano que vem quando o meu completar 5 anos, até lá esse novo já está consolidado no mercado e dará para fazer uma avaliação melhor.

            • Dudu Pimentel

              O Cruze é um dos poucos carros da GM global que quase não dá defeito…os outros já foi convocados para recall mais de uma vez…até o Camaro já esteve envolvido.

              • everton nogueira

                De boa eu não sinto inveja nenhuma de quem tem corolla, pois o meu cruze até o exato momento é só alegria.

                • Dudu Pimentel

                  Pois é…como eu disse, ele é um muito bom…meu pai está no segundo (antes era o sedan LT e hj é o hatch LT, ambos automáticos)

            • XandeeM

              O meu também,nunca tive problemas.

          • LLace. Saudi Arabia power

            Já matou dizendo “corolla bem equipado”.. esse é amante fiel da marca kkk

            • Dudu Pimentel

              Não, não sou fiel a nenhuma marca…apenas quis mostrar que ele é um dos que mais agrada de uma maneira geral…senão não estaria entre os mais vendidos. Agora um coisa eu digo: a marca não dá brecha para negociação e não trata bem os novos clientes…realmente para comprar um Corolla, o cara tem que gostar do carro.

              • XandeeM

                Ou da marca,muita gente compra Corolla somente pela fama de “inquebrável”. E a Toyota rindo à toa com nego comprando Xei pelado de 90k.

  • Diego Antunes da Silva

    Muito bonito, só eu achei parecido (copiado) com Elantra?

    • Eduardo Alvim

      Sim.

      • Dudu Pimentel

        Não…eu tb achei parecido…principalmente a frente.

        • Eduardo Alvim

          Olhando bem, é mesmo. Tem dois faróis, para-choque, entrada de ar, para-brisa inclinado… Até a posição do emblema é igual. Uma cópia descarada!

  • Marcio Vianna

    Freio de estacionamento eletrônico, por favor!
    É pedir demais?

  • Rodrigo

    Será que dessa vez a Chevrolet emplacará o primeiro 5 estrelas no Latin NCAP?

    • Gustavo73

      Agora só se tiver de série inclusive airbags de cortina.

  • shdn2010

    Sempre olhei de uma maneira diferente para esse carro, sempre achei ele bonito, agora sim recebeu um motor de verdade, creio que será mil vezes melhor do que o atual e mais economico.

  • fbl

    Esse aí só vai levar fumaça em vendas para civic e corolla mesmo. Belo carro.

  • carnero

    Estou curioso para ver o resultado argentino da GM.
    Os carros vindos de lá são montados com tanto esmero…

  • Jota

    Ctrl-c, Ctrl-v

  • fejunk

    Ficou animal esse carro.

  • Rogério Ribeiro

    O que a Argentina tem ? tudo é lançado lá anos luz de antecedência, modelos que nem vem para o Brasil, preços mais baixos, modelos mais recheados…. Brasil lixão não tem jeito

  • Alguém

    Finalmente a Chevrolet fez um sedã médio com um design à altura de seus concorrentes. O Cruze disponível atualmente não impressiona. O design atual faz o carro parecer ser de categoria inferior, muito sem graça. Mas esse novo desenho me agradou bastante.



Send this to friend