Chevrolet Mercado SUVs

Novo Chevrolet Tracker tem primeiro teaser – SUV chega em março

Novo Chevrolet Tracker tem primeiro teaser - SUV chega em março

O Novo Chevrolet Tracker vai chegar em março de 2020. O SUV compacto da marca americana é a grande aposta da GM para o segmento de utilitários esportivos onde pretende brilhar como seus compactos Onix e Onix Plus.


Se a estratégia de preço e conteúdo desses dois for mantida, o Novo Tracker será um player fortíssimo no mercado de SUVs. Ele chegará aos revendedores da Chevrolet no final do próximo mês e já tem site para os interessados em reserva-lo. 

Hermann Mahnke, diretor de Marketing da GM América do Sul, explica as duas imagens reveladas oficialmente pela montadora, sendo que uma delas está na página de reserva: “As primeiras imagens da página antecipam detalhes do sistema de iluminação do veículo. Na dianteira, os faróis contarão com uma tecnologia inovadora, enquanto, na traseira, as lanternas são de LED com efeito tridimensional”.

Novo Chevrolet Tracker tem primeiro teaser - SUV chega em março

Com esse visual mais chamativo, o Novo Tracker quer se destacar num segmento cheio de concorrentes e que ainda terá mais oponentes nos próximos anos. Feito sobre a plataforma VSS-F da General Motors, o SUV compacto mede 4,27 m de comprimento, 1,74 m de largura e 2,57 m de entre eixos, tendo 360 litros no bagageiro.

Fabricado em São Caetano do Sul, o Novo Tracker já está sendo produzido para gerar estoques para a rede Chevrolet, que tem em torno de 600 pontos de vendas.

Além disso, a capacidade instalada no ABC será bem maior que a demanda nacional, uma vez que ele será exportado para toda a América Latina e possivelmente para os EUA, onde fará dupla com o Trailblazer importado da Coreia do Sul.

Na mecânica, o Novo Tracker terá motor turbo e os carros vistos até agora não descrevem exatamente qual o tamanho do propulsor embarcado, apenas “Turbo”.

O mercado fala em versões de acesso 1.0 Turbo com 116 cavalos e no 1.2 Turbo com 133 cavalos, ambos sem injeção direta. O câmbio automático de seis marchas deve equipar a maioria das versões, ficando uma ou duas com opção manual.

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Tosca16

    Família Onix; Onix hatch, Onix Plus (sedan) e Tracker (Onix SUV)… brincadeiras a parte, essa nova família global da marca GM para mercados emergentes vai vender horrores.

    • Alemão

      A GM vai lavar a égua de vender tanto Onix. Falta uma picapinha moderna, completinha, preço bom e feixe de molas na traseira para ver se a VW acorda e passa a equipar melhor a Saveiro.

      • Tosca16

        No que dia que ela quiser ela atualiza a Montana, aí quem sabe mata a VW de vez kk.

        • Kadu_CE

          Ja passou da hora da montana mudar rsrs.

  • Felipe Gonçalves

    Como se ninguém tivesse visto o carro ainda, ou não soubesse como ele vai ser kk

    • Guilherme Gimenes

      Exatamente isso q penso..q ridiculo..to nos eua agora e vi a blazer..cara q carro lindo!! N sei se era versão RS, sei la..grade toda preta, mto show

      • Fellipe Z

        mas caro p catiça. beirando os 40k.

    • Fabrício

      Teaser é feito quando o carro nao foi lançado ainda

      • Felipe Gonçalves

        Cara a Fiat que estava mantendo um segredo maior ainda com a Strada fez o teaser e em seguida mostrou o carro…

        • Fabrício

          Não existe foto do modelo nacional, por isso se chama teaser, pra
          despertar a curiosidade. Toda marca faz isso. Se mostrasse foto, não
          seria teaser, e a propaganda não surtiria efeito. O marketing foi tão
          bem feito que despertou questionamentos de todos. Os profissionais de
          marketing estão fazendo em seu trabalho.

          • Edu

            Concordo. Mas as fotos do modelo chinês já estão na rede a algum tempo. Seguindo o que aconteceu com o Onix o modelo brasileiro da Tracker será a cara escarrada do chinês.

      • De Vieira

        Sim, To tease é Provocar. O intuito to teaser é chamar atenção para um novo produto que está prestes a ser apresentado ao público. Mas é que TODO mundo já viu a Tracker por aí em fotos pela Web rs não é segredo nenhum. Não tá “provocando” ninguém. Foi o que se quis dizer.

        • Fabrício

          Não existe foto do modelo nacional, por isso se chama teaser, pra
          despertar a curiosidade. Toda marca faz isso. Se mostrasse foto, não
          seria teaser, e a propaganda não surtiria efeito. O marketing foi tão bem
          feito que despertou questionamentos de todos. Os profissionais de marketing (que estudam muito pra isso) estão fazendo seu trabalho direito.

    • Leo

      Como se essas lanternas de led viessem em todas as versões… haha

    • Cristiano

      Isso que eu ia dizer, teaser do quê? hahahaha

    • Lucas MTB

      Mesma coisa que pensei. Por que a GM paga alguém pra escurecer uma imagem de um carro que todo mundo já viu?

  • Tosca16

    Quando saírem as avaliações de consumo e desempenho muitos da imprensa não falarão nada da ausência de injeção direta, os mesmos que ficam até hoje falando dos 1.5T da Acteco, 150cv sem injeção direta dos Caoa Chery. Caoa que por sinal, com pouco tempo de mercado, correu atrás pra não deixar o Tiggo5X defasado frente a nova e forte concorrência que virá. Se a GM fizer o dever de casa, esse modelo poderá ser líder de vendas. Resta apenas os players da FIAT, que virão também.

    • Eduardo 1981

      Esse arrizo 5 me agrada muito. Desing, acabamento, qualidade construtiva, equipamentos e etc. Saber que o 1.5T da Chery não tem injeção direta agrada ainda mais.

  • Ótimo, agora só falta um concorrente pra Fiat Toro.

    Para Strada eu acho difícil, Fiat é pioneira nisso, enquanto as outras fabricantes nunca acertaram um bom concorrente no segmento dela.

    • Tosca16

      GM tem como atualizar a Montana, é falta de interesse mesmo. Se não disputa a liderança, assumiria a vice passando a Saveiro.

  • Willie Cicci

    E lá vão os brasileiros fazer fila comprar carro de 100k com freio a tambor atrás.

    • Matheus Mendes

      Todos os outros de 80-100k também tem, fazer oq né

      • Tosca16

        Caoa Chery Tiggo2 de 61 mil tem freio a disco nas 4, Tiggo5X que parte de 88 também.

        • Ricardo Silva

          Interessante esse Tiggo2, um “Hatch” com porta-malas grande … mas como estão os carros chineses? em termos de qualidade, durabilidade e custo de manutenção?

          • Tosca16

            Sobre o T2, por ser um modelo mais antigo, tem lá seus probleminhas mas nada que o abone, o problema deste modelo resume-se a desempenho e consumo, o restante, falando de Caoa Chery, estão bem; Arrizo5, Tiggo5X e Tiggo7 tem bastante pontos positivos, mas sempre tem um ou outro probleminha pontual, ninguém está imune a isso.

          • Sedici

            Entre no grupo do carro no facebook e você vai ver o calvário que é ser dono de um Tiggo 2. Eu até simpatizava com o carro, mas sinceramente… melhor não hein.

      • Gran RS 78

        Mas não mesmo, o Renegade, T-cross, Tiggo 5x, e HRV tem freio a disco traseiro.

    • Fabrício

      Como a maioria dos outros modelos

    • De Vieira

      Bom, freio é pra reduzir velocidade ou parar o veículo em segurança, certo?
      Caso o Tracker tenha uma boa rigidez torcional, suspensão que contribua para uma parada efetiva e freios eficientes, ainda que sem disco traseiro, além de menor peso, já que ele deriva do Onix, ele tem a possibilidade de freiar melhor do que concorrentes que tenham freio a disco nas quatro rodas como o Renegade. Eu acho que a questão não é ter ou não freio à disco atrás, mas se os números são eficientes ou não na prática. Se mesmo ele tendo um sistema não tão “eficiente” como tambores atrás, ainda freios melhor que seus concorrentes com esse modelo de freio à disco atrás, qual o ponto? Já que comparativamente falando, um veículo com discos atrás precisa fazer uma manutenção mais cara, trocando pastilhas e discos, ocasionalmene. Bom, mas estou no campo das hipóteses aqui. O que eu quero dizer é que não é porque o veículo tem discos atrás irá freiar melhor. Isso é relativo. Já viu os números de frenagem do Onix Plus e Virtus? O virtus demanda quase 2 metros depois pra freiar de 60km/h até 0km/h rs.

      • Carlos H. Ferreira

        O freio a tambor tem como colocar o sensor do ABS ?

        • De Vieira

          ? Como assim? Você achou que carro com tambor na traseira não tinham freios antibloqueio? 😂

    • De Vieira

      Dado abaixo da Quatro-Rodas de janeiro de 2020, páginas 48-49.

      • Alemão

        Onix novo tá freando bem mesmo.. teve um review da argentina, canal MatiasAntico que ele botou o carrinho na pista para fazer curvas e frear forte. Deu 38,8 metros de 100 km/h para 0. Melhor do que o Cruze (42m) e o Corolla (44m)

    • Ricardo Silva

      Cara isso depende muito, ambas as tecnologias de freios tem seus problemas e suas qualidades, duvido muito que um freio a tambor seja um impedimento para que um “SUV” ou qualquer carro médio possa parar a tempo.

  • hinotory O

    A traseira ficou assim bem sem graça.

    • Annita Fingenberg

      Também achei, parece que falta algo. Talvez seja o fato de boa parte do parachoque traseiro vir sem pintura. Mas aguardemos para ver ao vivo.

    • Cesar

      Achei o mesmo

  • RicLuthor

    Esse modelo deveria sair com entre-eixos medindo no mínimo 2,60 m; 2,65 m para acabar com a concorrência, mas com 2,57 m, HR-V, Creta, Duster (atual e novo) e T-Cross não perderão seus clientes.

  • Luka

    Honestamente, pra que fazer um teaser? Quase todo mundo já viu como é o carro por flagras, além de que já é vendido na china, não é como se o modelo nacional fosse completamente diferente ou ninguém soubesse como ele vai ser.

    • Fabrício

      Teaser é feito quando o carro nao foi lançado ainda.

      • Luka

        Sim, problema é que todo mundo já viu como é o novo Tracker, então um teaser que é pra despertar a curiosidade do público para esse carro é irrelevante agora, seria melhor mostrar as fotos oficiais do modelo nacional.

        • hinotory O

          Seria melhor é terem melhorado aquela traseira horrorosa.

        • Fabrício

          Não existe foto do modelo nacional, por isso se chama teaser, pra despertar a curiosidade. Toda marca faz isso. Se mostrasse foto, não seria teaser a propaganda não surtiria efeito. O marketing foi tão bem feito que despertou questionamentos de todos.

  • Fabrício

    Esse carro é um dos grandes lançamentos do ano, independente de fazer sucesso ou nao, da mesma forma que o ano passado foi do Corolla, Onyx e HB20. Curioso é a frente que é inspirada na Lexus, conforme os proprios designers da GM confirmaram em entrevistas…

  • Gran RS 78

    Pelo que saiu na Quatro Rodas, o preço das versões de entrada serão agressivos, mas na versão top premier 1.2 turbo, será acima dos 110 mil reais.

    • Ubaldir

      Li isso, também. Bem, o T-Cross completo na sua versão top bate em 125 mil, o H-RV bate em 140, e por aí vai. Não se pode dizer que o Tracker top de linha ficaria caro a R$ 110 mil, em especial se vier com pacote de equipamentos diferenciado em relação à concorrência, compatível com o que ocorre nas versões Premier dos Onix hatch e sedã. É esperar para ver.

      • Tosca16

        Mas a GM tá no motor menor, e menos potente, sem injeção direta… querer mesmo que equipado se aproximar dos rivais com o 1.2 de seus 130cv é forçar muito, mesmo que equipado. E a proposta desde que vi a nova Tracker era de ser barato, não como produto em si, mas projeto. GM terá muita margem e força de barganha.

        • Alemão

          130cv em um SUV é forçar a barra mesmo… Aliás, esse 1.2 turbo tinha que vir no Onix Premiere, como é no México. Bom, pelo menos 130cv de um turbo são 130cv tanto em Porto Alegre, quanto na altitude de Curitiba ou SP… ao contrário dos aspirados.

        • Ubaldir

          Discordo um bocado. Os 20 cavalos de potência extra do T-Cross não vale nem perto dos 15 mil pedidos a mais (dá para comprar dois motores completos) , em especial se for confirmada uma lista diferenciada de equipamentos no GM.
          Eu concordo que os carros no Brasil estão caríssimos frente ao poder de compra do consumidor, mas não adianta ter a ilusão de que uma empresa conseguirá oferecer produtos com uma diferença absurdamente grande de valores em relação à média de mercado. O que se imagina? Um Tracker Premier a 90 mil, que é o preço de versões de entrada 200 TSI automáticas do T-Cross, por exemplo? Não vai acontecer. Até porque a precificação de um carro envolve conceitos já conhecido do marketing das empresas, ligado ao fato de que o público costuma menosprezar produto que fuja muito da média de preços da concorrência, tanto para cima quanto para baixo. Se você reduz demais o preço de determinado modelo, a tendência é de que o público entenda que ali está uma opção bem pior que as demais.
          A questão dos números de desempenho do motor, vai da vontade do consumidor de optar por mais desempenho. Para mim, os 130 cv do Tracker são mais que suficientes para o que se espera de um SUV com uso familiar. Se fosse buscar um carro com motor de mais de 150 cv, optaria por algo de perfil mais esportivo e dinâmico.

    • Rodrigo Cherigatto

      vai flopar!

  • De Vieira

    Para que o teaser? hahah Todo mundo já viu.

  • DODHOP

    Já tem fotos de unidades estocadas circulando a rodo pelos grupos de whatsapp, inclusive a cor azul ficou sensacional.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email