*Destaque *Featured Fiat Sedãs

Novo Fiat Cronos tem primeiras imagens internas divulgadas

Fiat-Cronos-imagem-interna-1 Novo Fiat Cronos tem primeiras imagens internas divulgadas

Próximo grande lançamento da Fiat para o mercado brasileiro, o novo Cronos acaba de ter novas imagens divulgadas. Desta vez, o inédito sedã compactou deixou a mostra seus detalhes internos. E como já era de se esperar, praticamente toda a cabine do novo Fiat Cronos será idêntica a do hatch Argo, modelo que serviu de base para o novo três-volumes.



O exemplar exibido nas imagens é da versão mais equipada do Fiat Cronos 2018, que deve ser batizada de Precision. Este modelo ostenta sistema multimídia Uconnect com tela sensível ao toque de sete polegadas, Android Auto e Apple CarPlay, além de ar-condicionado digital, sistema keyless para abertura das portas, partida por botão, piloto automático, volante multifuncional e painel de instrumentos com tela TFT colorida de sete polegadas.

Fiat-Cronos-imagem-interna-1 Novo Fiat Cronos tem primeiras imagens internas divulgadas

A lista de equipamentos de série e opcionais deve incluir ainda sensor de chuva, sensor crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico, retrovisores externos com rebatimento elétrico, sensor de estacionamento traseiro, câmera de ré, airbags laterais, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, entre outros.

A linha do novo Fiat Cronos deverá ser composta somente pelas versões de acabamento Drive e Precision. A primeira contará com o propulsor 1.3 litro Firefly flex de quatro cilindros, que consegue desenvolver até 109 cavalos de potência e 14,2 kgfm de torque, associado a uma transmissão manual ou automatizada GSR de cinco velocidades. Já a segunda terá o 1.8 litro E.torQ flex, com potência máxima de 139 cv e torque máximo de 19,2 kgfm, atrelado a um câmbio manual ou automático, ambos de seis velocidades.

Fiat-Cronos-imagem-interna-1 Novo Fiat Cronos tem primeiras imagens internas divulgadas

Os preços do Cronos ainda não foram divulgados, mas vale lembrar que o Argo 1.3 parte de R$ 53,9 mil, enquanto o Argo 1.8 tem preço inicial de R$ 61,8 mil. A Fiat terá como missão enfrentar o também inédito Volkswagen Virtus, além do Honda City que tem preços que partem de R$ 60,9 mil.

COMPARTILHAR:
  • Carlos

    A frente ficou bem melhor resolvida que o polo/virtus *esteticamente*, entretanto, o conjunto da obra precisa ser mais convincente. Espero que venha a ser.

  • EDUARDOTEIXEIRA KULL

    Pena que, como o próprio Argo, o VW Polo e o Virtus, vai ter como grande falha a ausência de airbags de cortina.

    • Edson Fernandes

      Acho que de todas as fabricantes a Fiat é a que mais não liga para isso. Porque os carros amis caros da fabricante para ter além do duplo air bag, até nas versões de topo quase sempre são apenas 2 com um opcional.

      Ainda aparecem versões limited para ter, mas não é o comum e fica sempre devendo os air bags adicionais. E mesmo para ter, como a maioria dos brasileiros não ligam para isso, ela cria uma certa demora para ter o modelo com 6 air bags.

  • Guilherme Barbosa

    o cronos terá entre eixos maior que o argo

    • Elias Mariano

      não li isso não né. o grand siena tbm tinha o entre eixo maior que palio.

    • Raimundo A.

      Quando fizeram a coletiva para apresentar o modelo e estranhamente ninguém postou fotos do veículo ao vivo, só as oficiais que são trabalhadas e foram veiculadas na internet, teve gente dizendo que entrou e interior não parecia ser maior que o Argo. Outros, disseram que era pouco maior, mas essa informação é relativo a depender do ajuste dos bancos dianteiros.

      O fato é que fotos tiradas ao vivo pela imprensa não há e baseado em comparação de imagens, alguns dizem que o entre-eixos será o mesmo e outros que seria maior. Há quem especule o entre-eixos do Linea, mas é bom lembrar que este derivado do Punto é apenas 2cm menor que o Tipo sedã.

      O Cronos não foi feito para substituir o Linea que tem como substituto o Tipo, mas ser posicionado abaixo ou suprir em parte onde o sedã médio não é vendido, que é o nosso caso.

      Na Argentina, o Tipo foi apresentado e será vendido e este país produzirá e terá o Cronos. Não acredito que este novo sedã compacto terá entre-eixos do Linea porque estaria muito próximo do Tipo, mas também não acho que chegará aos 2,58m. Ou manterá o entre-eixos do Argo, que é 1cm maior que o Punto que tem o mesmo entre-eixos do Grand Siena, já é maior que os dois e o Cronos derivado do hatch manter permanece com aumento sobre o Grand Siena. Poderá ser maior o entre-eixos, mas como disse, não acredito que chegue aos 2,58m. Se for maior e chegar a este valor melhor, só que estaria longe 7cm do Virtus, menor que o Logan, Cobalt, etc.

  • Diego G. de Lima

    Interior igual do Argo, este muito bem acabado por sinal.

    • Basil Sandhurst

      O Argo (mesmo nas versões a partir da motorização 1.3) tem um bom acabamento.

  • Mardem

    Sem perspectiva de uma versão civil com o pára-choques menos emperequetado?
    Tá muito poluída essa frente! Toda repuxada, com essa barra cromada completamente avulsa só pra agradar os tolos, grade bem sem graça, com cara de adaptação. Os nichos do farol de neblina estão numa posição bizarra para um sedã e são exageradamente grandes! E o farol bem pobre do Argo pra finalizar o conjunto…
    É triste ver uma leva de Fiats com design tão tosco!
    Ao menos a traseira é interessante.
    Definitivamente o Tipo seria uma escolha muito mais acertada!

    • Evandro

      É facil, quer uma frente que não seja “poluída”, ou seja, básica? Vai de Virtus/Polo que é básico do básico……

      • Mardem

        Realmente é uma opção. O Virtus ao menos não tem essa cara de alegoria carnavalesca para mercados subdesenvolvidos. Mas o triste é que a Fiat, com esses carros “mequetrefes”, vem perdendo seu público fiel. Eu mesmo adoro a marca, mas se fosse trocar de carro hoje (e o meu é um Fiat) não teria opção atraente no portfólio atual. Complicado!

        • Evandro

          Então, e eu já acho que a VW que vem perdendo mercado ainda mais por continuar tão simplória e sem graça, já tive VW e nunca mais terei, qto a Fiat, acho que está evoluindo e mto, não acho nada carnavalesco, pelo contrário, acho que a Fiat está tendo umas aulas com as sul coreanas no quesito inovação, comprei para meu pai o mês passado um Argo, e vou te falar, que carro bacana, economico e confortável, achei bastante interessante, muito a frente do HD20, onix e tbm do Polo…

          • Alessandro Araujo

            Nesse mundo do “politicamente correto” acho que a VW faz muito bem em não abandonar as suas linhas. É a tradição da marca.

            • Russel Riehle

              Já eu penso que tradição não significa estagnação!
              A Porsche, por exemplo, sabe manter a tradição sem ficar sempre dentro do mesmo quadrado.

            • Evandro

              Ah amigo, precisa mudar sim e se diferenciar tanto dos concorrentes como de si mesmo, é tudo igual carro da VW, e perante as outras marcas, parece carro novo defasado….

            • Marco

              Concordo plenamente contigo, amigo.

    • Raimundo A.

      Caro, cada um tem o seu gosto. Achar defeito em algo que não gosta é fácil e elogiar demais o que agrada também.

      Versões simples seguindo o Argo vão tirar o que você acha poluído, mas para mim ficou melhor que o hatch e poderia ficar ainda mais, pois sempre dá para melhorar.

      O veículo vai ser lançado assim goste ou não goste. Talvez quando mostrarem fotos das versões mais simples te agrade no visual frontal, mas a lateral com rodas que deverão usar calotas e outras simplificações mantenham as críticas. Visual ruim o Polo e o Virtus tem, principalmente versões básicas pelos flagras do segundo. Pagar preço de premium e ter visual de Gol e Voyage… Se a VW colocasse a luz diurna de série em todas as versões, ajudaria a diferenciar a frente do Gol e olha que o DRL do nosso está em posição ruim também, pois o europeu usa sua DRL contornando os faróis principais que por sinal podem usar lâmpadas de LEDs. A esperança por um sistema de luz melhor pode ocorrer com a versão GTS que pode ser uma aproximação da GTI.

      Em suma, caro, defeitos e coisas boas em acho em qualquer veículo. É um direito nosso.

      • Basil Sandhurst

        Teu comentário é perfeito… Todos os carros têm, para entusiastas, pontos positivos e negativos.
        Parabéns…

    • CharlesAle

      Eu já acho que ambos, Virtus e Cronos, estão até bem resolvidos esteticamente. Para mim, o problema do Cronos é a mecânica, com capacidade cúbica que não agrada ao consumidor(1.3 não vende, 1.8 também é uma cilindrada complicada)..

      • Raimundo A.

        A Toyota tem 1.3 e 1.5 no Etios. A PSA tem 1.2 e 1.6.
        Você acha que um fabricante vai fazer motor com algo que possa ter comparação mais direta a outros?
        A Fiat usa em massa o 1.4 T no exterior, mas com os Firefly deverá ir para 1.3 T. A Renault vai em caminho similar com o novo 1.3 T. A VW tem 1.4 T mas a evolução é 1.5 T.
        O 1.3 do Argo não é problema, mas o peso sim. O criticado 1.8 anda colado com o 1.0 T da VW e a depender do uso ainda consegue ser mais econômico por ter o Start/Stop.
        Contudo, a mecânica poderia ser mais vasta ou mais tecnológica. Poderia ter um 1.3 16V e o tão esperado 1.3 T, ou mesmo 1.0 T.
        Entretanto, essas opções estariam em desenvolvimento o que deve demorar um pouco.

        • CharlesAle

          Não há Étios 1.0, então o jeito é comprar o 1.3 para quem não pode comprar 1.5. O caso da PSA é a mesma coisa. Já o Argo tem 1.0, onde as pessoas preferem o 1.0 mais completo, a um 1.3 menos equipado. Fiesta 1.3(tristonho com motor Endura), Palio 1.3 foram fiascos devidos a oferecer opções mais baratas 1.0. Sucesso em 1.3 que eu me lembre, só fusquinha!

    • Edson Fernandes

      Poxa, e eu achei justamente bonito por causa desse visual…rs

      • Basil Sandhurst

        Tbm achei que a frente ficou mais bacana que a do Argo

  • Evandro

    Eu achei lindo demais, se vier assim mesmo e com preço justo, talvez eu compre um…

    • Marco

      Faço minha as suas palavras Evandro. Estou entre um Virtus 1.0 Turbo e o Cronos 1.3. Ambos me atendem muito bem. Vamos ver qual dos dois compensará mais no binômio custo x benefício.

      • Evandro

        É ai é questão de gosto, eu prefiro mto mais a Fiat que a VW, comprei recentemente para meu pai um Argo Drive, básico do básico, mas o carro é show de bola, bem completo, bom de andar levando em consideração o motor q ele tem, economico pra caramba, isolamento acústico muito bom e o acabamento é muito bom tbm, sem contar os ítens de conveniencia, tem um detalhe que tem em minha toro e tbm percebi nesse argo, pode ser uma coisa idiota, mas pra mim mostra a preocupação deles, na entrada do verão, ele ao invés de aparecer a frente do argo ou da toro no painel, lhe dá boas vindas ao verão, no ano novo foi a mesma coisa, é uma idiotice, mas pra mim dá a impressão que eles pensaram muito em quem estava dirigindo o carro, coisa que eu nunca tive na VW essa sensação, a única coisa pra mim que o virtus ou polo é melhor é o painel virtual, mas tenho medo de dar zica, tenho tbm um v40 q o painel é todo digital, e sempre fiquei com um pé atrás qto a manutenção caso venha ser necessário, tanto é que ele em outubro vai completar 2 anos e vai acabar a garantia e antes disso já vou trocar pra não correr riscos, é bonito, mas pra mim é uma coisa a mais pra dar problema….

      • Evandro

        E mais um detalhe, no meu v40 acho legal o painel digital pelo fato de eu poder trocar as grafias, ou seja, qdo enjoa de um tem outro pra mudar um pouco o clima, e isso é bem legal, agora vejo que na xc60 e xc90 o painel mudou, continua sendo digital, porém as grafias são sem graça ao extremo, quase não mudando uma em relação a outra, o que pra mim é uma grande mancada. No polo/virtus, pelo que eu vi na net ele sequer muda a grafia, serve mais mesmo para colocar o mapa, o que pra mim não tem necessidade alguma, pois qdo eu uso o gps eu vou muito mais pela indicação do audio do que pela imagem….

      • Basil Sandhurst

        Cara, acho q o 1.0T é para competir com o 1.8…a versão 1.3 encara tranquilamente (em relação de custo x benefício ) a 1.6 , entende?

      • Miguel

        Pra mim a impressão foi essa:
        A dupla Argo/Cronos pode não ter comportamento dinâmico melhor que os VW, mas se vc quiser se sentir POBRE, entre num Polo básico da vida que vc não vai ter mais coragem de viver…Kkkkkkkkkk
        É sério, essa foi a minha impressão.

  • R1 o comentário no1

    Assim como o Argo é mais bonito que o Polo e vende mais, o Cronos é mais bonito que o Virtus e também vai vender mais.

  • FearWRX

    Gostei muito da frente. E se a traseira for a mesma das projeções que apareceu por aqui vai ser um dos carros, arrisco dizer, mais bonitos atualmente.
    Isso pra quem gosta de coisa bem “enfeitada” né.

  • Tosca16

    Só não trazer o 1.0 aspirado, por quem sabe um câmbio AT6 já nas versões 1.3 e no futuro acrescentar os Firefly Turbo…

  • Wellington Myph13

    Pecado não ter 1.3 com AT6.
    Pecado os airbags laterais serem opcionais em conjunto com o pacote style (no Argo você tem que levar roda maior e bancos de couro junto pra ter airbags laterais).
    Pecado a Fiat continuar com vários pacotes opcionais, e opcionais bons que poderiam facilmente lançar uma 1.3 Precision…
    Parte boa é que o Argo é um bom carro melhorado da Fiat o que fará do Cronos um bom sedan.
    Eu não gostei do desenho de perfil dele, sou mais o Virtus, já a frente ficou bem legal.
    Vamos aguardar os preços…

    • Basil Sandhurst

      Cara, pecado é vc não encontrar esse kit de AB nas concessionárias… Falo na boa…gostaria muito que o meu HGT tivesse isso tbm.
      Abs

      • Wellington Myph13

        Exato! Esse monte de opicionais, as css só pedem o trivial.
        Se você quiser um HGT com isso, tem que encomendar da fábrica, daí vem toda aquela ladainha de que não dá pra negociar desconto porque blá blá blá. Daí você acaba negociando o máximo que pode no que tem em estoque. No fim de tudo, quem decide o que o cliente leva, é a Fiat e suas CSS…

        • Racer

          E é assim mesmo. Quando lançaram a Idea re-estilizada, eu encomendei uma Adventure com tudo que tinha de opcional, menos o Sky Dome. Ficaram me enrolando por 30 dias e o carro sequer tinha entrado em produção. A desculpa: eu tinha pedido um carro muito “exclusivo”, que eles esperavam um número “x” de pedidos para alterarem a linha de produção. Claro que eu desisti…

          • Wellington Myph13

            É totalmente sem noção essas coisas. Os opcionais só servem pra eles decidirem o que querem colocar e pra piorar o carro só fica mais caro que a Fipe, perdendo muito mais na revenda.
            Se a intenção já é essa desde o começo, faça igual a Ford, cria um monte de versão fechada e ponto final…

  • Racer

    A frente, e principalmente neste ângulo da primeira foto, ficou muito bonita.

  • Razzo

    Aparentemente boa plataforma (a ser confirmar com o LatinNCAP) com ótimo design. Porém faltou motor.

  • Danilo Marciano

    De boa, esses carros estão muito caro pelo custo benefício que oferecem. Com o dinheiro da versão precision eu compro um Azera 2013/2014 que além de ser mais carro em todo vem com um ótimo pacote tecnológico. Eu tenho um Grand Siena 1.6 sublime e estava esperando o Cronos e me decepcionei com o valor. Sendo assim pesquisei entre um Corolla, Honda Civic é me indicaram o Azera. Muito bom o carro!!

    • Emanuel Schott

      Lição n°1:Carros 0Km JAMAIS terão o mesmo preço de usados, portanto, não faz o menor sentido comparar preços entre um novo e um usado.

      • Danilo Marciano

        Isso é sua forma de pensar que apesar de eu achar errado, eu respeito. Porém chega de pagar caro por carros zero e pelados sem tecnologia. Hoje eu prefiro pagar em um semi-novo com garantia e tudo que um carro de primeiro mundo oferece que pegar um carro zero, pelado, e que nem passam em testes como o latinNcar.

        • Emanuel Schott

          Você preferir um usado eu entendo completamente, até eu prefiro. A questão é que vocês comparam preços de carros usados com carros novos como se carro novo nunca tivesse custado mais que carro usado. Sempre foi assim e sempre será.

      • Rafael Oliveira

        Eu tenho a seguinte linha de raciocinio, parte da culpa do preço de carros no Brasil está na mentalidade de achar que carro é investimento, sempre comprar o que menos desvaloriza. Obviamente se tem um mercado onde um modelo com 6 meses de uso está só 5 ou 10% mais barato que um 0KM, é logico que as montadores vão subir um pouco o preço.
        Carro usado por mais novo que seja tem que ter uma queda muito maior no preço.

    • PEDAORM

      3 palavras para você: Consumo, seguro e manutenção. Usados e novos são compras bem distintas.

      • Danilo Marciano

        Claro que são distintas. Agora vocês também estão sendo inocentes em achar que as peças de um carro lançamento vão ser menos caras. E como eu já disse. As peças do Azera eu ainda acho no mercado paralelo, já as do Cronos, não!!! E outra o pós venda da Hyundai é mil vezes anos luz da Fiat. Consumo eu não ligo pra trabalho perto de casa e as vezes vou até de ônibus ou Uber. Já o seguro pelo que eu pesquisei para o meu perfil não vai ser um valor muito acima do que eu pago hoje.

        • PEDAORM

          Polo, por exemplo, acabou de ser lançado e tem o menor curso de reparabilidade do Brasil, recém lançado mas com cesta de peças bem baratas. O seguro pode ser só um pouco maior do que você paga hoje, mas o que posso te afirmar que certamente será mais caro que o do Cronos também. Além disso se o consumo do V6 não te incomoda, vá na fé. Considerando veículos usados e novos a única coisa comparável são os preços de compra, o usado de preço equivalente naturalmente é um carro mais refinado porém mais custoso de manter e de confiabilidade duvidosa

          • Emanuel Schott

            Bingo!

            É por isso que as pessoas compram carro novo, sem esse bla bla bla de “ain, quer mostrar pro vizinho”. Até porque vamos combinar que um Azera, por mais usado que seja, chama mais atenção que um sedan compacto 0Km.

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      “Com tantos mil eu compro tal carro usado”. Mas nunca compram e quando compram, tudo atrasado e sem manutenção pq não conseguem manter.

      • Danilo Marciano

        Mais aí é que tá. Você vai exigir do antigo dono as revisões em dia a não ser que você seja muito inocente. E sem contar que a garantia do Azera são de cinco anos, sendo assim você vai comprar um carro com garantia de fábrica.

        • PEDAORM

          Garantia de fábrica é o onto positivo tá compra de um usado.

    • Paulo Lustosa

      Depois quando vê o preço de seguro, manutenção, e o melhor, o consumo, não reclame

      • Danilo Marciano

        Concordo com você sobre o seguro, já sobre peças e consumo discordo um pouco. Ou você acha que a peça do Cronos vai ser barata? Ainda para um carro lançamento. Já as peças do Azera você encontra no mercado paralelo.

    • Rodrigo

      Azera is the new Santanão de vila

      • Danilo Marciano

        Não acho não!!!

  • Felipe Alves

    Parece bem mais resolvido esteticamente do que o Virtus, aliás Gol sedan…Vai ser um bom intermediário entre o Grand Siena e o Linea, se vier com um preço razoavel. A turma do Uber vai adorar.

  • Fabão Rocky

    Esse detalhe do pára-choque dianteiro abaixo da milha lembra o novo Cruze. Na Fiat nada se cria, tudo se copia.

  • T1000

    Interior de argo, até aí nenhuma novidade

  • Antonio

    Bonito carro, design moderno, se vier lacrado com 100% montado lá fora, fator quase impossível quando se trata de Fiat, “tem futuro”
    Se vier no esquema CKD (Completely Knock-Down ou Complete Knock-Down, em inglês) Traduzido num bom português: ( são conjuntos de partes de automóveis criados geralmente pela fábrica matriz ou pelo seu centro de produção para exportação e posterior montagem dos veículos nos países receptores destes kits) TERÁ O MESMO FIM DE SAUDOSOS TEMPRA E RECENTE LINEA, TÃO NOVINHO E JÁ MORTO!

    • Antonio

      Morre quando os kits de peças (CKD) disparam seus preços pelo volatilidade da moeda do pais de importação e montagem, a unica saída e encerrar a montagem e consequentemente, mata o que já venderam.
      Peças de reposição sobe disparadamente sem ter demanda, e por grande parte ser importada, valor do modelo cai pela metade no decorrer de um ano, e quem fica no prejuizo?…
      Comentário de consumidor

  • Esse focinho do Argo é bonito, deve ficar melhor ainda em um sedã, só não gostei dos preços, mas que carro nessa categoria tem preços bons… Para mim ainda vale a pena pegar um usado maior… aliás, na minha primeira busca me deparei de surpresa com uma paixão de adolescência – Um Chrysler Cirrus 1996 vermelho “red inferno” apesar da cor que é um negócio nada discreto que no sol brilha em um groselha radioativo, o carro está todo revisado e com as peças críticas substituídas. Sei que é dor de cabeça na certa, mas estou muito tentado a pegar essa bomba hehehe

  • Daniel

    Gosto das linhas sóbrias da Volks. Mas esteticamente falando, externa e internamente, esse Fiat salta aos olhos perante o Virtus, não?!

  • Ulisses

    Mais do mesmo padrão nacional. Muito cobrado pra o pouco que é entregue. Não vale a pena agora, mas daqui uns 3 ou 4 anos quem sabe….

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email