_Featured Fiat Hatches Segredos-Flagras

Novo Fiat Mobi é visto em concessionário no Nordeste

mobi-flagra-7

O Fiat Mobi chega em breve como nova opção de entrada da marca italiana. O compacto desenvolvido no Brasil e conhecido como projeto X1H já está sendo distribuído para os concessionários. O leitor Hiago Damasceno enviou imagens da versão Like, intermediária entre Easy e Way.

mobi-flagra-2

No visual, o Fiat Mobi se destaca pelos faróis grandes, grade parruda e para-choque volumoso. Na traseira, chama atenção as lanternas igualmente grandes e posicionadas nas extremidades da carroceria. O modelo ainda tem tampa traseira com acabamento em preto brilhante, que harmoniza com a vigia.

mobi-flagra-8

O Mobi Like das fotos vem com sistema de áudio mais elaborado, assim como ar condicionado e volante multifuncional. O banco traseiro mostra que o novo popular da Fiat não conta com cinto central de três pontos, pelo menos não na versão flagrada. O compacto terá motor 1.0 Fire com algo em torno de 75 cv, além de câmbio manual de cinco marchas.

Galeria de fotos do Novo Fiat Mobi:

Agradecimentos ao Hiago Damasceno.





  • Filipo

    Espaço traseiro e de porta-malas = 0!

    • DiMais

      considerando pela racionalidade é o que mais se vê pelas ruas.. uma ou duas pessoas + uma ou duas bolsas/mochilas jogadas no banco traseiro..

      • SDS SP

        Um perigo bolsas nos bancos. Cometi essa besteira e fui assaltado no ano passado.

        • DiMais

          aqui na minha região não tem esse stress, não que seja uma Áustria ou Dinamarca em questões de segurança mas ainda dá pra ser ‘inocente’ pelas ruas.

        • CharlesAle

          Parece implicância mas não é! Essa tampa traseira pode se tornar um problema para seu dono. Quando trabalhava em manutenção de locadora, chegava carros com uma “porrada” na fechadura para roubo do estepe. Batiam tão forte que a fechadura muitas vezes ia para quase embaixo do banco traseiro, além da tampa afundada em torno da fechadura. Resumindo, os malacos vão estourar essa tampa para roubar o estepe.Além do prejuízo do estepe, o dono ainda terá de repor a provável “cara” tampa traseira. Lógico, o carro não tem culpa, isso é problema de se morar em um país violento e caótico em muitas coisas, mas não podemos fechar os olhos para a realidade das ruas…

          • Christian Sant Ana Santos

            Você já sabe onde fica o estepe?

            • CharlesAle

              Vai ser no teto do carro!!dããã…

          • Mr Potato

            Charles,
            Acho que você acabou de solucionar uma dúvida minha. Vejo com relativa freqüência veículos hatch com a tampa traseira amassada ou afundada. O mais curioso é que o pára-choques, que normalmente fica mais avançado do que a tampa está impecável, o que significa que o amassado não deve ter sido feito por uma “encostadinha” descuidada. A avaria é limpa, não percebo marcas de pintura arranhada, bem ao contrário. E alguns amassados tem um formato retangular vertical, como se alguém tivesse apoiado um pé, por exemplo. Deve ter sido roubo de estepe. Os modelos eram Uno, Fit, Celta, um ou outro Gol, pelo que eu me lembro. Achei curiosa essa coincidência.

            • CharlesAle

              Exato Potato..Segundo fiquei sabendo à época que trabalhava na locadora, que os ladrões encostam com Uno ou fiorino atrás do carro da vitima, abrem o capo para simular um defeito..E quando não vem ninguém próximo, tiram um porrete, ou algo assim,e dão uma forte pancada para afundar a fechadura..Colocam o estepe roubado no alojamento do uno deles, que já é no cofre do motor, e vão embora..Ficando só o prejuízo para a vitima. E nessa tampa de vidro do Mobi, isso pode ser um problema ..Pois com certeza, a tampa vai espatifar e o prejuízo será bem maior que a compra de outro estepe!!

        • fschulz84

          No meu caso, não fui assaltado, mas quebraram o vidro do meu carro dentro do estacionamento de um supermercado, só para pegarem minha mochila…

          Eu SEMPRE coloco no porta-malas, o único dia que vacilei, me ferrei…

      • Filipo

        O Up! não é tão apertado assim no banco de trás e ainda tem porta-malas maior..

        • DiMais

          o up brasileiro teve a parte traseira alterada, o original tem 250l e no Brasil com o acréscimo de alguns mm na traseira ficou com 285l. ao que a parece a Fiat vai apostar forte na imagem de carro urbano, coisa que a VW não teve coragem quando alterou o up nacional.

          • Zoran Borut

            Teve 6,5cm colocados após o eixo traseiro, para aumentar o tanque, o porta-malas e assim abrigar um estepe comum, só que a grande sacada do up! quer todos insistem em “não perceber” está no reduzido espaço ocupado pelo compartimento do motor, o que deixa a cabine praticamente do tamanho da de um Gol numa carroceria bem menor. O Mobi não tem essa vantagem.

            • invalid_pilot

              So é ruim pra dar manutenção, principalmente quando com ar condicionado.
              Alias o Fit e Classe A antigo adotavam construção semelhante no cofre diminuto e motor sobre o eixo praticamente

              • Luiz Fabri

                Me lembrou do cofre do 206 AT que eu tinha, não cabia a mão no cofre…

            • Daniel

              Exato… é o mesmo problema do Uno… muito espaço para motor (que não vem nem como opcional) e espaço para passageiros sacrificado

            • ALVIN_1982

              O UP! também tem o entre-eixos maior que o do Europeu…

              • Zoran Borut

                Não, o entre-eixos manteve a medida, o aumento foi após o eixo mesmo. Eu também pensava que tinham aumentado o entre-eixos (por causa de um site que passou essa informação errada), mas quando fui verificar, vi que não aumentaram.

                • ALVIN_1982

                  Você está certo Zoran… comparando visualmente o Europeu com o BR, o BR tem até a coluna C mais larga… até hoje não sabia que a informação do entre-eixos era errada. Valeu

          • Filipo

            A VW alterou o Up! justamente porque sabe que mais porta-malas e espaço traseiro para o brasileiro é importante. Isso tudo sem deixar de ser um carro “urbano”.
            No Brasil, onde os carros mais básicos ou pé-de-boi são bem caros e o homem médio brasileiro não tem dinheiro para comprar um carro maior e ainda por cima possui 1 ou até 2 filhos, quanto mais espaço e porta-malas, logicamente é melhor. Parabéns à VW!

        • Felippe

          e de quebra é 5 estrelas no crash test, motor muito melhor,….. já andei no Up e gostei demais

        • HugoCT

          O Up é tão bom que ele cobra por ser bom, e muito. Se ele fosse um pouco mais barato seria um sucesso, nunca vai estar entre os cinco mais vendidos. Apesar de gostar do carro, me recuso a pagar 42 mil em um carro apertado, que parece um brinquedo.

          • ALVIN_1982

            Mas com R$ 42 mil você pega o que de melhor que o up! Onix? HB20? Gol? Uno? Palio? Celer? Ka? algum desses oferece a segurança do Up? em que são melhores? Espaço no banco traseiro? vc dirige lá? tem 3 filhos de 1,90m e rodam constantemente com vc? Acho que se pensar um pouquinho mais o up! é um carro que não tem concorrentes no Brasil.

            • Artur

              Sou muito mais um HB20 1.0 do que um Up! MPI. É mais bonito, bem acabado, equipado, confortável, pós-venda é superior, valor de revenda mais alto, segurança (o grande apelo do Up!) quase igual (4 estrelas no Latin NCAP) e consumo idem.
              Quando chegar o HB20 com motor 1.0T, talvez também será melhor negócio que o Up! TSI (a depender do preço).

  • Zoran Borut

    Caramba, a foto do banco traseiro me deu claustrofobia! Tenso, parece que será o carro mais apertado do Brasil.

    • DPSF

      Talvez nao. Os bancos podem ter ficado mais finos. O motorista parece ter recuado os bancos para a posiçao maxima. A foto eh da Samam em aracaju/SE… Dá p ver o nome da css no uniforme

      • HugoCT

        pela foto da pra ver que os banco estão bem inclinados para trás. Acho que considerando a posição correta de se dirigir, com altura media de 1,75 m acho que o espaço traseiro não será tão apertado assim. O grande problema que vejo é que o pessoal ao avaliar o carro esquece de que segmento ele vai pertencer, ficam querendo espaço de seda medo kkkk. No Up, eu sentando atras de mim (1,74m) fico com o joelho no banco.

  • Mais feio que bater em mãe.

    • EuMeSmObYmYsElF

      mais feio que bater em vó

      • Diogo Oliveira

        Mais feio que fazer ataque terrorista em um Asilo de Idosos com Alzheimer

        • Filipe Augustus

          Mais feio que o Agile! rsrs

          • Cleidson

            Mais feio que a Spin Active

            • lheu

              Nem tanto. Kkkkkkkkk

            • fschulz84

              Mais feio que o Fiat Multipla? :O

          • dallebu

            Aí não, até a zueira tem limite hehehehe

            • Blessa

              Para ser feio tem que nascer de novo, esse carro é horrível.

          • Felippe

            conseguiu superar e muito o agile, o agile com o kit sport que vinha de fabrica ainda enganava bem kkk

          • Wagner Lopes

            Mais feio que o Agile só se cruzar spin e montana e o filhote pegar zika…kkk.

  • invalid_pilot

    Banco de trás só pode ir criança, anão ou quem não tem as duas pernas… caso contrário não vai rolar

    • Marcos Medeiros

      Pior que é ruim até pra crianças pois o banco é gigante e o espaço pras pernas é minusculo, teria que diminuir o tamanho do banco pra acomodar pessoas de baixa estatura ai.

      • invalid_pilot

        Quero ver colocar cadeirinha de bebê

        • Pacheco

          Me perguntei isso tbm.

          • Malvino Jose Moreira Junior

            Tem que esperar não da para saber se o cara jogou o banco todo para trás! Qualquer popular quando joga o banco para trás o bicho pega ate New Civic

        • João Cagnoni

          A Fiat pensou nisso, tem um botão que dá pra retirar o banco da frente, assim sobra espaço pra cadeirinha (quem leu até aqui e pensou que era verdade?).

          • invalid_pilot

            Pior que nem carro pra moleque de 18 anos serve, geralmente nessa idade costumam levar a galera pro role… Imagina

    • SDS SP

      Acredito que tenha espaço interno similar ao do atual Uno. Quem pagou o pato foi o porta malas.

      • invalid_pilot

        Entreixos nao é menor que o do Uno? A conferir na semana que vem kkkk

        • SDS SP

          Mas eles diminuíram o porta malas. Se for menor do que o Uno, será claustrofóbico.

          • invalid_pilot

            To achando que vai ser igual ao 500 mas com espaço pra cabeça

        • DiMais

          sim, mas jogaram os bancos para cima do eixo e sacrificaram o porta malas.

        • A Fiat sempre consegue se virar bem com entreeixos menor que os concorrentes. As vezes o conforto paga o pato (bancos retos demais) ou talvez até a segurança, embora seja prematuro afirmar isso (Por exemplo painel recuado que acaba colocando o motorista próximo do vidro ou diminuindo a área de deformação.

          • invalid_pilot

            Veremos… Ao menos o acabamento parece ser bom, melhor que Palio por exemplo.

            Desço a lenha nos pontos que julgo ser meia boca, mas confesso estar curioso pra ver ao vivo e fazer test drive

            • Posso falar bem sobre esses Fiat’s porque tenho os dois em casa. E assim como questiono a existência atual do Gol, questiono a existência de Palio e do Uno ao mesmo tempo. A diferença de espaço interno não motiva a existência dos dois, o que também acontece nos irmãos Gol/up!. Nessa questão a existência do Mobi é algo bem mais defensável que a existência do Uno.

      • Pacheco

        Parece mais apertado que o Uno.

  • SDS SP

    Esse portfolio de populares da Fiat, assim como da VWB, está uma bagunça. Muitos modelos com sobreposição de preços em algumas versões. Uma verdadeira nhaca.
    Pelo que andei vendo nos comentários, o visual do Mobi não foi aprovado.
    O preço será decisivo, pois do contrário irá encalhar.

    No mais, algum modelo de entrada da Fiat irá pagar o pato pelo Mobi e o primeiro deve ser o velho Palio Fire.

    • Gustavo73

      O Uno Vivace é o primeiro a morrer o Fire vai depender das vendas.

      • SDS SP

        Bem lembrado. Acho que os dois vão para o limbo. O Palio Fire só ficaria por um tempo se o Mobi vier por 33k na versão básica.

    • Pacheco

      Achei esse carro a cara daquele S-18 da Chery.

      Na boa, pra mim a Fiat perdeu a oportunidade de melhorar o Palio Fire. Esse carro é feio e apertado demais.

      • Davi Reis

        O Palio Fire é um bom carro, mas ele já está chegando no final do seu ciclo. A Fiat já tirou tanto dele que não compensaria mais investir, na tocada de hoje acabariam perdendo clientes pra outros espartanos mais modernos em pouco tempo.

        • PedroHMC

          Já está chegando no final de seu ciclo? O carro é de 1996, o “ciclo”dele já deveria ter acabado há mais de 10 anos

          • Davi Reis

            É assim que o mercado brasileiro funciona. Pelo preço certo, ainda era um carro que tinha seu lugar, mas as coisas estão mudando e agora não tem muito mais o que fazer. O Palio Fire não deve durar mais muito tempo.

          • Artur

            Considerando que o Gol de 1980 durou até 2008, o Palio Fire até que está novo… rsrs

            • O Palio nunca passou por uma transformação tão profunda como a de 96 para o Gol.

              • Artur

                Mas a plataforma do Gol sempre foi a mesma até 2008. De 2008 em diante, passou a utilizar a plataforma PQ24 (de 1999), mas com “remendos” da plataforma original, de 1980.

                • Você acha mesmo que o Gol era o mesmo carro em 2007 em relação a 81? Como você acha que nasce uma nova geração? Joga-se fora tudo do anterior e começa do zero?

                  • Artur

                    Estou falando de plataforma, e a plataforma do Gol não foi alterada nesse período, somente a “casca”. Pode ser que tenham sido implementados reforços estruturais ou outros artifícios, mas a base é a mesma.
                    Aliás, até hoje o Gol utiliza “pedaços” da plataforma original, de 1980 (principalmente no porta-malas), mesclada com a PQ24. Somente o Fox é que utiliza a PQ24 em sua integralidade (até com a tecnologia de soldas a laser, que era utilizada pelo nosso Polo). Daí o motivo pelo qual o Fox se saiu bem no Latin NCAP (4 estrelas, salvo engano).
                    E quanto ao Palio, estou falando do Palio Fire (que ainda utiliza a plataforma do original, de 1996, derivada do antigo Punto italiano), pois esse Palio atual (de 2011) tem plataforma diferente, mais moderna.

                    • O Fox saiu bem por ser bem construído, não por causa da plataforma. Até porque o Gol usa a mesma plataforma e foi mal.

                    • Artur

                      Nope. O Fox se saiu bem pq é bem construído e utiliza a PQ24 integralmente. O Gol utiliza partes da PQ24 e não tem o mesmo processo de construção do Fox. Não estou dizendo que a plataforma é o único componente estrutural do veículo que lhe confere segurança, mas é um dos principais.

    • DiMais

      esse é o começo da organização.. o tempo que a linha atual foi concebido era outro, o mercado suportava uma inundação de modelos e todos vendiam bem, hoje as marcas precisam ser mais racionais e lançar menos produtos.
      a Fiat vai atacar com Mobi e Uno (esse vai receber o motor GSE ainda este ano), quando passar o efeito novidade destes dois vem o projeto X6, que na minha opinião mata Palio, Punto, Siena, Grand Siena e Linea mesmo que muitos me contrariem (na verdade a família Palio e Punto são a mesma categoria, mas Punto/Linea foram desenvolvidos para mercados exigentes).
      e os familiares Weekend, Idea e Doblò vão dar lugar a um crossover abaixo do Renegade, acredito que na mesma plataforma do X6 para entrar na briga abaixo dos R$70.000,00 e pelos rumores pode ser um Jeep e não Fiat.

    • Zoran Borut

      O visual não foi aprovado pelos entusiastas, como o do Agile não foi. Mas meu temor é que os leigos achem lindo de morrer e esse bicho fique entre os 20 mais vendidos por um bom tempo. Só não creio que vá vender muito porque carro de entrada tem vendido menos- basta lembrar que o carro mais vendido ano passado foi o Onix, mas o 1.0 mais vendido foi o Ka.

      • SDS SP

        ]isso, vivo batendo nessa tecla. Vale lembrar também que as críticas relacionadas ao design são semelhantes ao do Up na época do lançamento e o resultado está ai: Vendas abaixo do esperado.

      • zekinha71

        Vai entrar no top 10, pois a maioria das vendas será para os escadinhas, pois estão prometendo o menor preço do mercado. E nesse ramo, quanto mais barato melhor e principalmente por ter motor velho a manutenção ou falta dela é baixa e barata.

    • Leonardo

      Bom eu tbm acho estranho esse tipo modelos em cima de modelos porém se formos analisar o mercado exterior, podemos perceber que se torna sim meio bagunçado porem o cliente tem mais opçoes, mas la fora sao boas opçoes, no caso nosso o BR so tem porcaria entao acho q e desnecessario, no caso da fiat ter um mobi, um uno, um fire, um palio disputando clientes

  • Hernan Carlos Granda

    e possivel piorar um fiat novo uno?, resposa sim MOBI

  • Mauro Moraes

    Prefiro ver ao vivo. Essas fotos muito perto enganam muito.

    • Christian Sant Ana Santos

      Pois é, ninguém sabe se os bancos dianteiros não estão completamente para trás. Cheguem os bancos dianteiros de Up, Picanto, etc, para trás e vejam se cabe perna de criança…

  • Luiz Pereira

    Me lembrou a Honda Pop!

  • Guilherme Eduardo

    Até o finado Mille é mais bonitinho….

    • Pacheco

      Pelo menos ele era espaçoso. Esse dai só tem o interior da hora… kkkkk

      • visanpai

        O Mille era mais espaçoso até que o “novo” uno!

  • Fabio Marquez

    Dá para ver bem o cinto subabdominal no meio do banco (dois pontos). Esse carro deveria ter algum diferencial perante a concorrência, sei lá, ter ESP, ou um numero maior de air bags…

    • Guilherme Eduardo

      Acredito que só com o motor novo de três cilindros

    • Pacheco

      A Fiat não coloca ESP nem no Punto e Bravo, imagina nesse carro.

      • DiMais

        as vezes as marcas acabam fazendo inversão de valores como era o caso do Fiesta ter mais airbags que o Focus e o Ka alguns recursos mais tecnológicos que ambos quando lançado, é o timing de projeto que conta nesse caso.

      • Rafael

        Meu Bravo tem, ESP, TCC e Hill Holder. Se não me engano é de série na versão TJET que inclusive ajuda naquela vetorização de torque para fazer curvas mais rápidas.

        • Pacheco

          Na versão T-Jet que não vende mais q 50 unidades por mês. Deveria ter nas versões Sporting e Absolute.

          Toda concorrencia coloca em outras versões. A Fiat vende o Punto T-jet sem ESP.

      • AlfaB

        o bravo tem pesquisa ai

        • Pacheco

          Tem na T-Jet… nas outras versões que são as mais vendidas, não tem.

          Cruze, Golf, Focus, 308… tudo tem ESP.

      • João Cagnoni

        Se não me falha a memória, o Bravo tem ESP… Não?

      • Fabio Marquez

        É um carro sem atrativos. Eu mesmo só fui convencido a adquirir um Up! Tsi por conta do motor e pelo diferencial de ser o popular mais “seguro”, pois de resto é só uma caixa de leite sem graça. Teria comprado coisa melhor por 43k.

        • Ou seja, “só” o motor e a segurança se destacam.

          • Fabio Marquez

            Não é um carro que mima o dono, não tem sequer vidros elétricos atrás, a lataria é aparente, o acabamento interno não tem um pedaço de tecido sequer, a estabilidade não é um primor, ainda mais que o meu é calçado com pneus aro 14″.

  • EDU

    Pra quem nao tem muito $$$ para investir e precisa de um carro urbano ta otimo. Como vi um comentario uma vez
    O Brasileiro comprava carro por metro quadrado nao pelo uso que realmente faria dele . kkkkk

    • Pacheco

      Pelo design eu ainda prefiro o Up.

  • Leandro Balmant

    Carro que nem deveria existir. Se o Uno não estivesse a R$ 38.000, ele deveria assumir esse lugar e não colocar esse carro que deve ser de baixíssimo custo.
    Não posso olhar pra traseira sem me recordar da lanterna parecida com a do J2, e aquela parte em preto acima das lanternas que parece com a traseira do J6 reestilizado.

  • Clayton Martins

    Além do carro ser horroroso, mantém o ultrapassado trem de força da década de 1990. O motor Fire é uma tristeza de tão manco e o câmbio é o pior do segmento. Ademais, nenhum carro compacto popular da Fiat chegou a atingir 4 estrelas no Latin NCAP! Será que esse também vai abrir o assoalho no teste de colisão?
    Mas a Fiat colocou uma telinha multimídia e um visual xing ling, para atrair a atenção dos seus fiéis clientes.

    • Flavio de Castro

      perfeito!, Meu Deus, qual diferença para o fusca do meu avô? não tem cinto 3 pontas.. nem sabia que era permitido em épocas de ‘exaltar”a segurança, abs, esp, ari b… meu Deus, estamos levando “laço”até da india…

    • gustavo

      O motor fire empurra esse Mobi muito bem !! quanto pesa esse carro ?

      • SDS SP

        Especulam por volta de 960kg.

        • João Cagnoni

          Se tiver 960kg, é mais pesado que o Palio Fire.

      • Clayton Martins

        Se você não sabe o peso, como afirmar que o carro vai ter bom desempenho?
        Um fato é que o motor Fire não tem qualquer adoção de tecnologia do séc XXI.

        • gustavo

          Eu e que perguntei a a vc o peso desse carro!! esse mobi não deve passar de 900 kg eu ja tive um uno Fire que andava muito !! e vc acha que o motor fire e da idade da pedra !! vc esta equivocado !! so por que não e 3 cilindros capado.

          • Leandro

            Exatamente, o carro será muito leve – nem tampa traseira tem.

            Outra coisa: falem o que quiserem, mas conheço muita gente que vê vantagem e não desvantagem em um fiat por ter motor fire. Sabe pq? Eles são econômicos e muito robustos, com manutenção barata e fácil. Estes atributos, em um segmento de entrada, são até mais essenciais que o suprassumo da tecnologia…. e a fiat sabe disso.

            • Por isso a Kombi tinha defensores. Isso não quer dizer que eles estavam certos.

            • Clayton Martins

              Sei que existem esses consumidores conservadores. Graças a Deus, nem todos pensam igual não é mesmo?
              Caso contrário, poderíamos estar andando de charrete até hoje. Seria o suprassumo da robustez e da manutenção simples e barata.

          • Todos os motores 3 cilindros disponíveis são mais potentes que o Fire. Quem é capado mesmo?

            • gustavo

              Nem todos o motor da asia towner 3 cilindros e mais fraco !!

              • Ah claro, porque um utilitário também entra na comparação, não é? Hb20/Picanto, up!, Nissan e Ká não, correto?

                • gustavo

                  Vamos esperar o que a Fiat vai apresenta, o Fire tem 75 cv se a Fiat fez alguma atualização em kit de cilindros, admissão , injeção eletronica etc etc esse Fire do Mobi pode estar perto dos 80 cv !!

                  • Nossa! Um monte de “tecnologias” inéditas para um aumento brutal de potência! Acho melhor colocar discos de freio de cerâmica nas 4 rodas e reforçar o monobloco. Enquanto a Fiat espera você pode ir em uma concessionária VW, Ford, Renault/Nissan, Kia/Hyundai/Caoa e levar isso agora.

                    • gustavo

                      Claro e sua opinião eu respeito !!

                    • Ah, um detalhe: A matéria diz que ele terá 75 cv. Não diz que é a potência atual.

          • Clayton Martins

            Não se faz perguntas utilizando exclamação!
            Eu tive um Palio Fire pelado, em 2006, sem condicionador de ar e sem direção assistida. Era a configuração mais leve do carro. O motor era o mesmo Fire da década de 1990. Desempenho? Péssimo. Se alguém acha que o carro andava bem é porque ou é torcedor da marca ou nunca testou os concorrentes. E o que esse motor teve de evolução de lá pra cá? Nada significativo.

            • gustavo

              Olha que esse motor Fire de 2005 em diante teve algumas alteração se comparado com os primeiros da década de 1990 !!

      • Ué, você não sabe quanto pesa e diz que o motor empurra bem?

        • gustavo

          Eu ja sabia(900 kg) quando fiz o comentario !!

          • Clayton Martins

            Esse garoto tá com um sério problema:
            Primeiro informou que o carro anda muito, sem saber o peso;
            Em seguida, ao ser indagado sobre isso, disse-me que ele havia me perguntando sobre o peso do carro. Nota: no comentário anterior, usou uma exclamação para supostamente me fazer uma pergunta;
            Agora, ele afirma que sabia o peso do carro (900kg), contrariando tudo que havia me informado.
            Pra quem disse que o Uno Mille é um foguete, fica a pergunta: com que outros carros você está comparando? Fusca 1974?

            • gustavo

              Vc e bem engraçadinho e gosta de distorcer as coisas !!

          • “O motor fire empurra esse Mobi muito bem !! quanto pesa esse carro ?”

            Ahan, nós vimos.

    • Artur

      Salvo engano foi o Ônix que rasgou o assoalho no Latin NCAP. E você está equivocado, o Palio conseguiu 4 estrelas no Latin NCAP.

      • Onix e Uno.

        • Artur

          O teste do Uno foi em 2011, quando sequer existia obrigatoriedade de AB2 e ABS. Não sei se a Fiat implementou melhorias na estrutura do veículo, pois ele e o Palio dividem a plataforma e o Palio ganhou 4 estrelas no teste refeito no ano passado.
          Já o Ônix tirou 3 estrelas e o assoalho rasgou no teste realizado já em 2014, salvo engano. Parece que a GM promoveu algumas melhorias na plataforma, mas até agora, pelo que sei, não foi realizado um novo teste.

          • E daí? A questão não é nem a nota, mas o fato do assoalho ter aberto. Outros carros testaram e foram tão ruins como o Uno, mas ele foi o único que abriu o assoalho. Se não me engano teve nota pior que o Celta, um projeto bem antigo. E essa desculpa de não ser obrigatório na boca de um fabricante é uma coisa. Mas uma pessoa dita inteligente usar isso como argumento?

            • Artur

              Não estou defendendo o Uno. Só mencionei que o Palio, que compartilha a plataforma, foi testado recentemente e ganhou 4 estrelas. Talvez se o Uno fosse novamente testado com AB2, ABS e possíveis melhorias na plataforma teria uma nota melhor.
              O Ônix também teve o assoalho rasgado e não vejo ninguém meter o pau nele por aqui.
              Aliás, pelo contrário: o carro é atualmente o mais vendido do Brasil!
              Brasileiro gosta de firulas (central multimídia, design etc.) e não se importa com segurança. Essa é a verdade, infelizmente.

              • Desde quando plataforma garante alguma coisa? Nosso March usa a plataforma do Micra. Sandero Europeu usa a do novo Clio Europeu e nem lá os resultados são parelhos. O Ecosport da plataforma do Fiesta tirou 5 enquanto o próprio Fiesta tirou 4. O Uno ter a mesma plataforma do Palio não garante nada. Aliás, poderia ser a mesma da Ferrari. Pense em uma linha de produção. Vamos colocar a da Honda de Sumaré de onde sai Fit e HRV. Você sabe o que é o monobloco, não sabe? Pois bem, ele é toda a estrutura do carro, onde serão colocadas as peças como motor, suspensão, câmbio. Quando carros compartilham a plataforma é comum que alguns elementos sejam iguais como parede corta-fogo (A parte metálica atrás do painel), as torres de suspensão e tal. Em alguns ângulos pode até confundir um com outro, mas a estrutura do carro que é responsável por receber e dissipar impactos, o monobloco é uma estrutura completamente a parte. Você não imagina que eles pega o monobloco do Fit e alargam e ficam soldando até surgir o HRV, não é? A plataforma vai garantir que alguns elementos comuns sejam utilizados, e muitos nem vão no veículo, como manter uma furadeira na mesma posição para o Fit e quando a linha virar para o HRV. Eu tenho impressão que o pessoal ainda está no tempo de chassi e carroceria, onde a linha da VW por exemplo dava o garfo com a suspensão dianteira na frente, motor e suspensão traseira atrás e era encaixado uma carroceria diferente em cima como Kombi, Brasilia, Sedan, Variant, SP2…

                • Artur

                  E aonde é que são colocados todos os componentes do veículo mencionado por você? Sobre a plataforma! Óbvio!
                  Todos os carros que você mencionou receberam plataformas simplificadas de seus pares aqui no Brasil (no caso do March eu não tenho certeza, mas parece que o Micra também não foi muito bem nos testes de impacto no exterior). Até o Ônix recebeu uma plataforma simplificada do Sonic.
                  É claro que os outros componentes fazem sim diferença, mas que a plataforma é fundamental na segurança de um carro isso é inegável.

                  • “..E aonde é que são colocados todos os componentes do veículo mencionado por você? Sobre a plataforma! Óbvio!..”

                    É tão óbvio que você não sabe! Heheheh… Engraçado que antes de trabalhar na área também tinha essa idéia de “chassi-carroceria” que você está tendo. Quem é feito dessa maneira é Hilux, S10, Ranger, Fusca, Brasília… Plataforma não é a parte de baixo de um carro onde é colocada carroceria. Os componentes do veículo são colocados no monobloco.

                    • Artur

                      Desculpe, mas acho que você está enganado. Eu não sou engenheiro automotivo e o que sei sobre carros é inteiramente baseado pelo que leio em revistas e na internet, mas, salvo engano, plataforma e monobloco seriam “sinônimos”. A plataforma seria a base sobre a qual todos os carros com estrutura monobloco são construídos, com exceção de picapes e alguns utilitários que usam chassi.
                      Esse termo nasceu com os modelos anteriores aos que usam monobloco. O chassi era a “plataforma”, antigamente. Ele podia sofrer aumento das longarinas e ser usado em diversos carros. O termo vem daí. Surgiu como uma economia dos recursos de projeto e de manufatura.
                      Hoje os carros utilizam monobloco, mas a plataforma é a base desse monobloco, é onde se instalam todos os demais componentes (carroceria, motor etc.).
                      Veja, por exemplo, as fotos abaixo, ambas referentes à plataforma GSV da GM. A primeira foto mostra a plataforma do Ônix, Sonic hatch e Spin (da esquerda para a direita). A segunda, Cobalt, Sonic sedan e Prisma.
                      Dá pra ver claramente as semelhanças entre a estrutura deles, que nada mais é do que a plataforma:

                    • Legal os desenhos! Estava procurando algo assim. Bem, tenho pós em engenharia, mas biomédica! Hehehehehe… O que sei vem dos 7 anos como metalúrgico e 3 em um fornecedor de eletrônicos. O monobloco NÃO é o mesmo que plataforma. Olhe os desenhos: As colunas A, B e C não aparecem em destaque não é? Pois bem, elas são parte do monobloco. Se plataforma fosse monobloco, Fiesta e EcoSport não teriam a mesma plataforma Já que se tratam de blocos distintos. As partes destacadas do desenho não são peças em comum da plataforma mas não são peças distintas como o garfo dos Vw a ar que você vai montando as peças nela. As partes laterais por exemplo são partes dos monoblocos distintos de Ônix, Cobalt, Spin. Você não vai pedir no mecânico ou funileiro “Quero a chapa da lateral esquerda da plataforma GSV”. Pois essa parte na Spin é a chapa do seu monobloco como é a chapa do Cobalt no sedã. Ah, conheço as linhas de Betim, GM, Honda e PSA. Os componentes não são montados na plataforma. A plataforma serve de base para criação do monobloco, que é onde são montadas as peças.

                    • Correção: As partes destacadas são peças comum..

                    • Artur, fui consultar um colega meu que é engenheiro em um fabricante aqui da minha região para saber o que é plataforma. Na lata: “Plataforma é igual monobloco?”. Ele respondeu: “Podemos dizer que sim”. Ponto para o Artur! Opa, espera lá, ainda não! “Podemos dizer?”. Se fosse isso, ele teria que responder simplesmente sim. Então fiz a pergunta de 1 milhão: Qual o tempo de usinagem de uma plataforma? Quantas plataformas sua empresa faz por hora na empresa? O fabricante não faz uma plataforma a cada 7 minutos e ela não usina a plataforma para todos os carros que saem de lá: Mas se você trocar plataforma por monobloco, aí a pergunta faz sentido. Logo, plataforma e monobloco NÃO são a mesma coisa (Alguém tem visto o Focusman? Acho que ele é melhor que eu para explicar isso).
                      Pois bem, meu amigo me deu um exemplo quando questionei ele: Imagina uma caixa de fósforo, daquelas retangulares antigas. Vamos nos ater a parte interna, de papelão. Imagina que exista uma prensa retangular onde você coloque uma chapa lista de papelão em cima, e embaixo dessa chapa outras quatro chapas que fazem um buraco retangular, no mesmo formato da prensa mas um pouco maior. A hora que a prensa baixa, pressiona a tira de papelão contra o buraco e… temos o formato da caixa! A caixa onde irá se acomodar os componentes do kit, os palitos. Logo, a caixa formada é a plataforma, correto? Não, não é: As 4 chapas de baixo é que são! Isso mesmo, seu carro foi construído em uma plataforma, ele não possuiu a plataforma. Por isso sua afirmação de que o Gol usa parte da plataforma do primeiro Gol pode ser aceita como metonímia, mas ela está errada. O Gol usa componentes comuns a carros feitos na plataforma antiga. Quer um outro exemplo? Sandero usa a suspensão utilizada no Corcel I, um projeto francês. O que a plataforma do Sandero tem a ver com a do Ford? Nada. Apenas são elementos comuns que podem ser usados tanto na plataforma do Ford quando na do Clio III, a plataforma do Dacia.
                      “Se fosse isso a plataforma não seria tão importante”. Mas ela é! Vamos nos ater a 4 chapas que forma nossa plataforma. Ela tem algumas limitações, e impõe outras. Vamos dizer que você não pode pegar as placas laterais de nossa plataforma para gerar uma caixa mais larga. Porque? Ela não se encaixaria na parte externa. E assim também temos essa dificuldade na plataforma de um carro. Porque? Pense nos elementos longitudinais do seu carro: São basicamente chapas como as laterais, das portas, do teto, o escapamento… Tanto que é razoavelmente fácil esticar um carro, como fazer perua ou sedã de um Hatch, mas carros não aumentam lateralmente sem trocar de “plataforma”. Pense nos elementos transversais: Motor, câmbio, suspensão, sub-chassi, parede corta-fogo e algumas chapas externas como capô e tampa do porta-malas. Isso é bem mais complexo de acertar que simplesmente produzir chapas maiores. Voltando para nossa plataforma de exemplo: posso colocar uma chapa de papelão um pouco mais dura? Pode, a plataforma, nossas 4 chapas de madeira aguentam. E papel? Um, nessa plataforma o resultado sairá meio deformado. Hum, então plataforma também implica com a gama de materiais para construção do monobloco. E uma chapa de alumínio? Está louco! É de madeira nossa plataforma! Teríamos que fazer uma especial para produzir essa caixa de fósforo “premium”.
                      Como pode ver plataforma implica em muitas coisas nas limitações de um automóvel e por isso ela é tão importante. Mas assim como você coloca palitos na caixa de fósforo e não nas chapas onde elas foram estampadas, você não monta as peças na plataforma. “Ah, mas na apresentação da plataforma MQB, do BMW a hidrogênio e na plataforma da Volvo eles apresentaram a parte de baixo de um futuro automóvel dizendo ser plataforma”. Sim, o carro dos Flinstones dessas apresentações eram plataformas por metonímia, pois na verdade eram representações das plataformas que originaram aqueles esboços. A prensa onde gerou esses modelos é que é a verdadeira plataforma e é nela que o monobloco será gerado.
                      Espero que tenha ficado claro. Tinha algumas dúvidas mas ele soube ser bem elucidativo com esse exemplo.

                    • Artur

                      Obrigado Alessandro pelos esclarecimentos. Eu achava que plataforma seria o “gênero”, enquanto que chassi separado e monobloco seriam “espécies” do “gênero” plataforma.
                      Pelas suas explanações agora entendi. É como se a plataforma fosse a base, a parte inferior, para fixação do monobloco. Correto?
                      Achei essa explicação em um site (não vou postar o link, porque às vezes o post não é aprovado), de um engenheiro mecânico: “plataforma é o nome que se dá à parte inferior do monobloco, composta por longarinas, painel central e assoalhos, além de outros componentes.”
                      Peço desculpas, pois realmente era eu que estava errado.
                      Abraços!

              • E você não vê ninguém metendo pau no Onix? Caramba, tem leitura bem seletiva, hein?

                • Artur

                  Veja por si mesmo então a quantidade de posts metendo o pau na Fiat e seus carros comparando com a GM e seu carros e depois. Garanto que a proporção será bem maior em desfavor da primeira.

                  • Aí eu concordo com você e já escrevi sobre isso: A visão sobre a Fiat, VW e Ford nesse site é meio enviesada, o que já não acontece com a GM. Mas daí para ninguém criticar o Onix vai um longo caminho…

          • Clayton Martins

            Quem faz melhorias em seus veículos, coloca-os à prova novamente. Se a Fiat patrocinar um novo teste com o Uno e ele obter nota melhor, poderemos considerar que ele é seguro. De momento, é só mais um carro vagabundo, vendido para terceiro mundo, onde as vidas dos proprietários valem menos.

            • Artur

              E eu disse o contrário? Mas acho pior a situação do Ônix, o mais vendido do Brasil e se bobear o pior em segurança em seu segmento.

  • Rodrigo

    Que legal, vai vender pra caraca (#sqn).
    Vamos a alguns dados:
    1. Pretende ser a opção de acesso da Fiat (mais um popular), porém o espaço diminuto e o visual controverso deve colocá-lo como opção apenas aqueles consumidores que rodam sozinhos na cidade e só precisam de um meio de transporte;
    2. Seguro não deverá ser barato, já que a tampa traseira inteira de vidro é a primeira a ir embora numa colisão traseira e deve ser bem “baratinha” pra trocar;
    3. A Fiat poderia começar a incluir a direção elétrica nos modelos de acesso, mas na contramão do bom-senso optou por manter a boa e velha hidráulica;
    4. Plataforma nova parece não ser o caso, estimo um sofrível 3 estrelas no NCAP para adultos;
    5. A ânsia em lançar um novo modelo em uma época de crise para esse segmento a fez adiar o tal motor novo de três cilindros. Entendo que quem, com um mínimo de discernimento, cogitava adquirir o Mobi será mais um motivo para esperar o novo motor. Mais uma bola fora.

    O jeito é esperar e ver o preço. Pelas projeções esperaria algo entre R$28,5 mil na básica a R$35 mil na completa, mas acredito que será mais caro que isso.

  • Diogo Oliveira

    Esse carro é:
    Feio, Motor ultrapassado, Preço altíssimo, pelado (demais), feio, e… eu já disse feio?
    A única coisa que me chamou a atenção foi a central multimídia da versão topo de linha, já que nem carros muito mais caros e superiores como Palio Sporting e Grand Siena sequer possuem central Multimídia.

    • Leandro

      “Preço altíssimo”: já sabe o preço, amigo? Conte para nós.

      • Diogo Oliveira

        SABER eu não sei não, mas de acordo com o CarPlace e o NoticiasAutomotivas, o carro custará na faixa de R$ 30 Mil reais, ou seja, caro demais para o que oferece.
        OBS: Eu sou fã da FIAT, se eu fosse um VWzeiro provavelmente já teria falado muita merda.

  • DiMais

    4 ocupantes como o finado Ka de primeira geração?

  • afonso200

    mais feio que abraçar a mãe de pau d.u.r.o

    • Clayton Martins

      kkkkkkkk. Aloprou!

  • Adriano Tochio

    Quem for atrás vai ter que ir com as pernas pra cima? ou esqueceram de deixar o lugar para a mesma ? rsrsrs

  • Rodrigo

    Conclusão : ninguém viu, conhece, andou ou testou o carro. Mas já é confirmado que é feio de perto, não vai vender e terá 3 estrelas NCAP.
    Os “especialistas” esclarecem tudo!

  • Airplane

    Feio pra kct.

  • 1945_DE

    A Fiat vai me desculpar. O lançamento do Uno foi um lançamento de um projeto muito melhor que isso.

  • gustavo

    Carro por fotos engana, o carro não esta um desastre como o povo fala !! tem gente exagerando na crítica !!

    • Tem gente que não sabe o peso e afirma que o carro anda bem! Qual a diferença?

  • Andres Francisco

    Cabe alguém com mais de 1,70m no banco de trás? E pelo porta-malas, deveria oferecer reboque na lista de opcionais.

    • Daniel

      caber até cabe… só precisa retirar o banco dianteiro! hueheuheue

  • Vitão

    Coisa medonha… Duvido que venda essa carro, pois é muito feio…

  • Pedro Cunha

    Gostei da tampa traseira…. É integral em vidro? Não consegui perceber se há chapa de aço abaixo da vigia. A VW perdeu tempo de não fazer isso no nosso Up!.

    • João Cagnoni

      Sim, é de vidro! Se a Fiat não acertou até hoje aquele acabamento de plástico do lado de dentro do espelho do Palio (que era pra ser furado e tira 100% o som do tweeter), imagina a qualidade desse vidro! Devem ter derretido uns copos que estavam dando bobeira na fábrica.

    • Leandro

      Integral de vidro…

  • fbl

    Vai ser complicado passar os Volvo FHzão 540 com isso aí lotado de coisa rumo a praia…

  • Pedro Cunha

    Pessoal reclamando de porta-malas e espaço do banco traseiro… Será que não deu pra notar que o carro tem uma proposta 100% urbana? Se a questão é espaço, a fiat tem Palio, Punto, Bravo, Doblo, Grand siena…

    • João Cagnoni

      Proposta urbana pra mim é metrô, esse carro é sem vergonha mesmo!

    • Zoran Borut

      Kei car japonês tem mais espaço que isso aí.

  • João Cagnoni

    Já poderia vir pintado de azul com o logo da NET.

  • Daniel

    Tem que vir com um serrote para serrar a perna dos passageiros traseiros, né?

  • Gu.

    É o tipo de carro que só vendo ao vivo pra saber se tem um visual aceitável, se tem espaço para os passageiros no banco de trás, se o desempenho será bom, e por aí vai… Se vai vender bem, ninguém sabe.

  • Felippe

    Não troco meu Fiesta 2003 nesse carro, nem que me fosse oferecido uma troca pau a pau, carrinho descartavel esse ai

  • Natán Barreto

    Eu olho pra essa traseira e só me vem uma imagem na cabeça

    • André Flandres

      Que isso! O Palio era uma obra-prima perto desse Mobi.

  • R1 – o comentário nº1

    Tem tudo o que o brasileiro gosta, design em primeiro lugar, tecnologia, que é relativo, e preço, fator determinante. Com essa receita vai vender muito.

  • filipe santos

    Prevejo, estes carros andando a 300km/h com uma escada dentro de meses!

  • Murilo Soares de O. Filho

    Se olha as fotos da traseira por no angulo que está até não é feio, falaram muito em ser parecido, mas acho que não, aguardando fotos oficiais e lançamento, na verdade eu quero tirar a prova ao vivo… não adianta vir aqui e só meter o pau…O Up foi um carro, eu achava horrível quando apareceu as primeiras fotos, quando vi ao vivo, realmente achei bacana, na verdade você precisa entender a proposta do carro.

  • Compro Vidro de Perfume Vaziou

    Ta ok, agora nada de apoio e cinto traseira pro terceiro ocupante? sera que vem como opcional? .. Será que nenhum carro de entrada na casa dos 30 mil vai trazer isso em todas as versões !!

  • Alessandro

    Esses caras não sabem bater uma foto decente do carro?!

  • RKK

    Lanterninha traseira horrorosa…

  • The Monster Man

    Cabe até uma formiga no banco de trás, vou comprar um… SQN.

  • Vattt

    #carrofeiodagotaserena

  • Leandro Santos

    Tiraram tanta coisa do carro pra parecer barato que imaginei de nem vir com cintos, apoio de cabeça e volante.

  • Antonio

    O UNO já é uma caixinha de fosforo

    E esse Mobi é um UNO encurtado, imagine o espaço dele

    E a nota de segurança no LatinNcap? Será que é zero também.



Send this to friend