*Destaque *Featured Ford Lançamentos Preços SUVs

Novo Ford EcoSport 2018 chega com preços a partir de R$ 73.990

Novo Ford EcoSport 2018 chega com preços a partir de R$ 73.990

Novo Ford EcoSport 2018 já tem preços divulgados e começam em R$ 73.990.


O SUV compacto da marca americana vem com novo visual frontal, interior completamente renovado, mais conectividade e motorização composta pelos propulsores 1.5 3C Flex e 2.0 Direct Flex, além de transmissão de seis marchas, tanto manual quanto automática.

No visual, o Novo Ford EcoSport 2018 adota faróis repaginados com LEDs diurnos e novos projetos de xênon, grade hexagonal com elementos cromados, para-choque com faróis de neblina elevados, novas rodas de liga leve aros 15/16/17 polegadas e opção de teto solar elétrico.

Por dentro, o acabamento foi melhorado e agora conta com um novo painel, onde a instrumentação é mais ampla e com display de 4,2 polegadas, enquanto a multimídia SYNC 3 tem tela de 8 polegadas, bem como câmera de ré e navegador.


Novo Ford EcoSport 2018 chega com preços a partir de R$ 73.990

Bancos em couro, sistema de som Sony com nove alto-falantes, sete airbags, direção elétrica, ar-condicionado automático, Android Auto e Car Play são alguns dos itens oferecidos.

Com cinco opções de cores (preto, vermelho, branco, azul e prata), o Novo Ford EcoSport 2018 adota uma configuração com três versões básicas: SE, FreeStyle e Titanium.

O Novo Ford EcoSport 2018 vem com o novo motor 1.5 3C 12V Flex com três cilindros e duplo comando de válvulas variável, entregando 130 cv com gasolina e 137 cv com etanol, enquanto o torque é de 15,6/16,2 kgfm, respectivamente com gasolina e etanol.

Este propulsor é usado apenas nas duas primeiras versões, ficando a topo de linha Titanium com o motor 2.0 Duratec Direct Flex, que tem injeção direta e foi herdado do Focus, entregando 170/176 cv e 20,6/22,5 kgfm, na mesma ordem.

Novo Ford EcoSport 2018 chega com preços a partir de R$ 73.990

O câmbio manual de cinco marchas permanece, mas uma caixa automática tradicional, equipada com conversor de torque, bem como também seis velocidades, substitui o Powershift. A novidade é opção nas versões SE e FreeStyle, sendo de série na Titanium.

Com estas opções, o Novo Ford EcoSport 2018 quer partir para cima da concorrência, mas ainda mantém alguns detalhes pouco aceitos por muita gente: estepe na tampa de abertura lateral e porta-malas com apenas 362 litros.

A aerodinâmica foi melhorada e o modelo ganhou ainda grade ativa, dotada de aletas móveis. Nesta terça teremos nossas impressões ao dirigir.

Novo Ford EcoSport 2018 chega com preços a partir de R$ 73.990

Novo Ford EcoSport 2018 – Preços e conteúdo das versões

Ford EcoSport SE 1.5 MT 2018 – R$ 73.990 – De série com sete airbags (frontais, laterais, cortinas e joelho do motorista), chave-canivete, ar-condicionado, direção elétrica, sensores de estacionamento, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, sensor de pressão dos pneus, Isofix, assistente de emergência (192), coluna de direção ajustável em altura e profundidade e computador de bordo.

Há também faróis de neblina, rodas de liga leve aro 15 polegadas, banco traseiro bipartido, volante multifuncional em couro, trio elétrico, grade prata, alarme, banco do motorista com ajuste de altura, multimídia SYNC 3 dotada de tela sensível ao toque de 6,5 polegadas com Android Auto e Car Play, bem como duas entradas USB, uma auxiliar e seis alto-falantes.

Ford EcoSport SE 1.5 AT6 2018 – R$ 78.990 – Itens acima, mais transmissão automática de seis marchas, paddle shifts e controle de cruzeiro, ambos com acionamento no volante.

Ford EcoSport FreeStyle 1.5 MT 2018 – R$ 81.490 – Itens do SE MT, mais grade, retrovisores e maçanetas na cor cinza, rodas de liga leve em cinza escuro aro 16 polegadas, LEDs diurnos, porta-malas com prancha separadora de carga, ar-condicionado automático, computador de bordo com tela de 4,2 polegadas, tela de 8 polegadas para multimídia SYNC 3 com navegador, banco do motorista com regulagem lombar, segunda tomada de 12V, bancos em tecido/couro e câmera de ré.

Ford EcoSport FreeStyle 1.5 AT6 2018 – R$ 86.490 – Itens acima, mais transmissão automática de seis marchas, paddle shifts e controle de cruzeiro, ambos com acionamento no volante.

Ford EcoSport Titanium 2.0 AT6 2018 – R$ 93.990 – Itens acima, mais grade cromada, rodas de liga leve aro 17 polegadas, teto solar elétrico, bancos em couro, entrada e partida sem chave, sensores de chuva e crepuscular, faróis de xênon, sensores de ponto cego e tráfego cruzado em ré, acabamento interno em dois tons, retrovisor eletrocrômico e sistema de som Sony Premium com nove alto-falantes.

Novo Ford EcoSport 2018 – Galeria de fotos

 

 

Novo Ford EcoSport 2018 chega com preços a partir de R$ 73.990
Este texto lhe foi útil??

166 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

  • Bom pacote de equipamentos, mas o visual mesmo atualizado continua sendo datado, o que limita muito as vendas. A troca por um câmbio automático era muito aguardada, mas esse estepe na traseira ainda vai afastar muitos clientes em potencial.

    • É um carro seguro e bem equipado de fato (e com ótimos motores), mas pro mercado brasileiro é pequeno. Pra um casal com um filho pequeno até vai, mas quem precisa de mais espaço acaba olhando outras opçoes.

      • problema da plataforma antiga… mais espaço só na proxima geração mesmo. O PM pra uma viagem de 4 adultos (muitas vezes meu caso) é pequeno demais e não acomoda toda a bagagem necessária.

      • Acho que a “desculpa” vai ser o espaço, mas de fato o carro é consideravelmente menor e querendo ou nao isso representa uma perda significativa de imponencia e consequentemente de status. É como se o consumidor fosse comprar uma Mercedes classe E superequipada mas no preço de uma Serie S com menos equipamentos….

    • É que aí entra questão de perfil e necessidade. Hoje, somos apenas eu e minha esposa, então, a proposta da Eco nos atenderia bem. Porém, se pensar em uma família com 4 pessoas, por exemplo, já vejo a Eco como inapropriada, já que a tendência é faltar espaço interno e porta-malas.

      • Imagina a minha situação: 5 adultos, variando de 1,60 a 1,80. Já testei:

        Polo Sedan 1.6 8v: Apertado. Porta-malas insuficiente.
        Clio Sedan 1.0 16v: Apertado. Porta-malas razoável. MANCO!
        Palio Weekend 1.4: Extremamente apertado. Porta-malas razoável. MANCA!
        Zafira CD 2.0: Agradável. Ótimo Porta-malas. Defeito: consumo 6 cidade, 12 estrada gasolina
        Vectra B 2.2 : Agradável. Ótimo Porta-malas. Defeito: consumo 7 cidade, 12 estrada gasolina
        Pra onde posso fugir? kkkkkk
        Existe algum carro com espaço da Zafira, conforto do Vectra e consumo de 8 na cidade e 14 na estrada? Fusion Hibrido? kkk

        • Rsrs…vai muito do seu bolso, não é verdade? Porque aí é o caso de partir para uma Santa Fé ou algo do tipo rsrs…o Jetta TSI 1.4 não o atende? O porta-malas é enorme, tem bom espaço interno e é econômico.

          Sobre sua situação, tem nem o que comentar em relação a Eco né? rsrs…na verdade, acredito que nenhum SUV da categoria da Eco (HR-V, Kicks e cia) seria suficiente para o seu caso, nem mesmo o Creta (vai beber bem).

          • Andei num Logan, dos novos, com o motor 1.6 16v. Sinceramente, é até um carrinho honesto. Podia ser mais barato, podia. Mas tem espaço interno maior que o do Corolla! E esse 1.6 16v é muito bom. Só tenho receio da segurança.

        • já testou um corolla 2.0?
          viagem com 4 adultos e porta-malas cheio: agradável, ótimo porta-malas, consumo 8 cidade e 13 estrada na gasolina (13km/l andando a 120km/h ainda)

  • Achei interessante este motor de 3 cilindros, mas dizem que será importado da Índia. Será que haverá problemas com disponibilidade de peças para manutenção? De resto, até que ficou um pacote razoavelmente legal e preços não tão absurdos.

  • Pelo jeito perdeu a versão 4×4. Engraçado que num pais que tem a maioria das rodovias ainda de terra e tem uma atividade agrícola tão forte consome tão poucos SUV 4×4, a maioria deles nem essa opção tem. Mas ok, verdade, tem muita pick up 4×4.

    • É carro para a cidade e viagens em estradas de asfalto. Não justifica produzir uma versão mecanicamente bem diferente que vai responder por 5% das vendas. (4X4)

      • Aqui no Brasil é assim. O que importa é o lucro das montadoras e não a possibilidade de termos mais versões para comprarmos. Na Europa um carro só tem várias opções de motorização e equipamentos.

          • Oferecer mais versões não é caridade nenhuma. A falta delas só reflete o quanto o consumidor brasileiro não sabe impor o seu poder. Afinal quem paga (e caro!) é ele mesmo.

            • O custo Brasil praticamente impede (ou torna inviavel) que se produza com margens menores; então determinadas versões ou mesmo modelos de carros, só se ”justificariam” caso a fabricante possa obter uma margem de lucro gigante.

              Não é defesa de montadora, mas o lado da carga de impostos que o Estado brasileiro impele a qualquer atividade produtiva sacrifica muito o poder de compra do motorista e a composição de preços dos veículos.

            • Rapaz, não fale besteiras. Se uma versão não vender X quantidades ela não é rentável na linha de produção. Entenda isso: O Brasil não tem o volume da europa ou EUA, China então nem se fala. Então para garantir a rentabilidade é necessário tem menos versões. Olhe só a matéria nesse mesmo site sobre as reformulações que o CEO da VW no Br pretende fazer, uma delas é diminuir a quantidade de versões. É disso que eu estou falando.

      • vendas da versão 4 WD do NOVOECO REPRESENTAM APENAS 1 %da produção. Principal causa. revenda e seus “”consultores”” desconhecem o veiculo….Tive 2 sendo uma ECOSPORT 4WD 2010/2011….e uma NOVOECO 4WD 2013/201. ,,,principal problema nas duas foi “””conseguir compra-las”” pois desconheimnetonas revendas era ridículo. não tinham nenhuma propaganda FOLDER da versão 4WD…em fim quem quisesse compra-la teria de ser no “”ESCURO”

    • Temos poucos SUV pq além de serem caros, poucas pessoas pessoas tem dinheiro prá comprar e manter um carro desse…além do mais a maioria das pessoas mora em cidade grande, entaum não tem mesmo pq ter muitos SUVs 4×4.

    • Na reportagem do site do UOL diz que a versão 4×4 chega até o final do ano. Dessa vez, com cambio renovado, tomara que não cometam o erro de oferecer a versão 4×4 apenas manual, assim segue sendo tiro no pé

  • Com Gol custando 60k, até que os preços não estão absurdos. Mas por que manter esse ridículo estepe na tampa traseira? Alguém precisa avisar pra Ford que isso era legal nos anos 90, mas que a modinha já passou.

  • Elogio a Ford por ser a única montadora a colocar segurança de série em todas as versões: 7 airbags, Esp e Tc. Isso na categoria SUV. Seria ideal isso até na linha ka

    • O Ka nas versões top do 1.0 e do 1.5 tem controle de tração e estabilidade e acho que tb tem assistente de partida em rampas e ainda vem com vidros elétricos nas portas traseiras, além de Isofix…ele é o único da categoria a vir com esses equipamentos de série.

      • O próximo facelift do Focus deveria ter em todas as versões os 7 airbags, TC, ESP e Isofix.

        O Ford Ká na India possui 6 airbags. Isso seria um diferencial na categoria. Argo chegou prometendo tudo, enorme revolução e nem tem os 6 airbags que o velho Punto já tinha – Decepção. E ainda chegou com um motor 1.0 3C que não era necessário e faltou em ter uma versão 1.3T na topo de linha já com os 7 airbags.

    • Os Ka e Ka+ nas versões top de linha do 1.0 e do 1.5 de ambos tem controle de tração e estabilidade e assistente de partida em rampas de série…só ele tem, os concorrente nem como opcional…ele ainda pode ser equipado com vidros elétricos nas portas traseiras a partir da SE Plus 1.0, tanto no hatch, como no sedan…quando lançado, ficou em 6º lugar nas vendas…um tempo depois, ficou em 4º lugar, ou seja saiu do top 10, para o top 5…hj não sei como está em vendas, mas em virtude da quantidade que vejo nas ruas do Rio de Janeiro, deve estar pelo menos entre os 5 primeiros.

    • Isso só mostra o desrespeito das outras marcas de suvs, que poderiam muito bem oferecer os equipamentos que o Ecosport possui de série pelos valores que são cobrados.

  • Consoderando as dotações de equipamentos e a mecânica atualizada, parece bem atrativo no pacote SE 1.5 automático. Não sei se venderá bem porque não é uma novidade, a renovação de estilo foi discreta. Mas que ao menos ajude a regular o preço dos demais SUVs compactos, especialmente do HR-V.

    • Diante dos rivais, o que impressiona é a grande gama de equipamentos. Eu acredito nuam melhora de vendas, mas ainda duvido de ganhar dos lideres pelo motivo citado por ti e outro que a fabricante precisa não só investir em produt ocomo também em treinamento pos vendas. Senão padronizar para melhor, ela terá dificuldade de venda por conta de atendimento.

  • a única coisa que deixa a desejar é este estepe pendurado na traseira, não deixaria de te-la por conta disso, mas a Ford deveria ter tirado, de resto tá ótimo.

  • Não gosto, não teria, mas o pacote segurança está perfeito. Sem falar que o preço da top é o intermediário de renegade e hrv, isso pode ajudar e muito nas vendas, a Ford não foi com sede ao pote, vamos ver até quando vai durar esses preços.

    • A Ecosport surgiu para tirar a Ford do buraco. Será que agora será a que irá manter as boas vendagens juntos do Ka? Eu confesso que concordo quanto a não ir com sede ao pote, mas finalmente apesar do preço alto, os itens de série principalmente focado na segurança está sendo atendido.

      • A ecosport sempre vendeu bem, caiu com a concorrência, mas agora o foco vai ser nos equipamentos, a Se At tem praticamente tudo se ela sair por uns 75 mil, vai ser um trunfo… eu acredito que as vendas irão melhorar.

    • O carro além de melhorado, ainda é discreto, nesse caso ponto pra Ford.

      P.s. mas a grade dianteira realmente poderia ter tido um padrão melhor do que aqueles 2 gigantes filetes cromados.

          • Concordo com vc…estamos em um tempo que as caixas manuais tem 6 marchas…se o Onix, que foi lançado mais cedo (2012) já estava atrasado, imagine o Ka, que foi lançado há 3 anos…a GM tentou compensar lançando no ano seguinte a opção de câmbio automático de 6 marchas do Cruze, mas ai matou parte do consumo, que deixou ele tão gastão quanto o 1.6 16V Ecotec…ele ainda é o modelo mais barato a vir com um câmbio automático convencional (Up! é automatizado, assim como o Uno e o do GSR do Mobi…já o March é CVT. Espero que quando o Ka mudar, ele tenha uma caixa manual de 6 marchas e o câmbio automático de 6 marchas do novo Eco e tenha mais comandos no volante (que aliás poderia ser trocado pow…é o mesmo volante do New Fiesta brasileiro que é o mesmo do Eco antes do atual) . Soube que o motor 1.5 16V dará lugar ao 1.5 Dragon, que tem 3 cilindros, mas tem 137 cv…acho que como opção intermediária, ele deveria vir com o 1.0 Ecoboost do Fiesta e o 1.0 aspirado ter sua potência aumentada em uns 2 cv e o torque em 0,3 kgfm no álcool (assim ele teria 87 cv e 11 kgfm).
            Uma versão esportivada tb seria bem vinda e com o 1.5 Dragon ficaria interessante.

  • A versão 1.5 SE automática deve ser o carro chefe, pois mesmo sendo menor que os concorrentes, já vem com os sete air bags e a “queridinha” multimídia. Vejamos se o conjunto mecânico dará conta do recado.

    • Dá para traçarmos um paralelo entre a Ecosport e a Renegade. Ao menos ao meu ver, a Ford deve ter mirado nele. Se ela conseguir desbancar e ficar em segundo lugar, será um grande feito para o Eco.

      • Bom, o Eco é mais econômico, eficiente, faz bonito em segurança e está com um interior bem legal. Já Renegade é carro que se compra pela emoção. Normalmente o consumidor brasileiro vai mais pelo visual (combinado com preço), então tenho dúvidas se esse novo Eco deslancha mesmo. Por outro lado se vender menos, pode significar maiores descontos.

      • É bem por aí. Hoje, o segundo lugar é do Creta. O Renegade está com desconto de 6 mil há mais de um mês aqui no meu estado, e sofre concorrência interna com o Compass. Acho que a Eco se firma em terceiro, alguns meses alternando a segunda posição com o Creta e o Renegade deve ficar em quarto.

  • Diria que é seguramente a melhor opção do mercado em sua faixa de preço para um casal ou, no máximo, para um casal e um filho pequeno. Infelizmente, as dimensões não são adequadas para uma família maior que esta. De qualquer forma, preço e lista de equipamentos são, de fato, muito interessante, lembrando que as atualizações de mecânica e interior são muito bem vindas e acertadas.

  • Acho que para aqueles que não precisam de espaço ele está muito bem. A versão Freestyle está com bom CxB perante Kicks SV, Creta e HRV… pecando apenas no espaço/porta-malas. Tem a economia do Kicks, sem escorregar na falta do piloto automático, do descansa braço central e a baixa autonomia do tanque pequeno.

    • É um painel de crossover de baixo custo. Não é pra ser nada sofisticado mesmo (e seus concorrentes também têm interior feinho em versões nessa faixa de preço).

  • Gostei dos pacotes. Ainda que eu não concorde em adicionar no Freestyle R$10000 porque considero muito pouco o que vem adicional nele.

    Entretanto, me chamou atenção a proximidade de preço do Freestyle ao Titanium: Certamente irá se optar por mais conteudo e motor maior (e também menos economico) ou irá optar por um menos completo e entretanto mais economico. Acredito que a Ford focou em alguns modelos para isso:
    – Renegade
    – Kicks
    – Duster
    – Captur

    Não acho que ela focou no HR-V, pois não tem por enquanto produto para disputar espaço interno ou soluções inteligentes nesse aspecto. Tanto que está se inserindo no meio deles com um pacote de segurança completo.

    E ele não mirou o Tracker, pois esse é totalmente o oposto em itens: É pobre em itens de conforto e segurança e tem motor bom.

    Creio que a Ford poderá ficar disputando o terceiro lugar podendo até disputar o segundo. Nõa consigo ver ultrapassar o lider já que apesar do bom preço, ela peca em alguns pontos que esse desenho de carroceria não permite.

    Mas veio bem interessante pelo conteudo ofertado. E finalmente os altinhos começam a ter mias relevancia quanto a segurança. Confesso que já se começa a pintar opções no mercado em que se torna possível considerar altinhos compactos ainda que tenham preços de muitos sedans médios e hatches médios. E o Creta? Esse segue mais ou menos a mesma regra, entretanto, com o nivel de segurança apenas compativel no modelo topo de linha (e na parte de itens de conforto e tecnologia idem).

    • E ainda tem uma coisa boa, na versão top de linha, ele é o mais potente dentre os crossovers compactos, com 3cv acima do 2008 THP, e na casa entre 20 ou até mais de 60 cv entre os topo de linha de cada fabricante concorrente. Tomara que tenham melhorado o acabamento, pois como andei por um bom tempo com um Freestyle 2.0 AWD, o acabamento era porcaria, apesar do desempenho excelente do Duratec HE com o câmbio Mazda e o baixo consumo de gasolina pro tamanho do motor

      • Paulo,
        Ser o mais potente na pratica não necessariamente é o que anda mais.

        Mas até a demora na Peugeot qto ao seu 2008 receber um cambio AT mais moderno e principalmente no motor turbo, acredito que seria o mais potente perante os modelos automaticos.

  • Nossa, dentro dos padrões brasileiros achei o preço muito competitivo. Quem diria… jurava que iria ter versão acima do 100 mil. Acredito que agora a Ford recupera um pouco do terreno nesse segmento, liderar acho improvável mas vai figurar no top 3 incomodando os demais.

  • Demorou pra Ford sentir o peso da concorrência!!! Com muito atraso a EcoSport chegou com câmbio AT nas versões de entrada. Só não gosto do estepe na traseira. E sempre achei um ótimo carro mas seu preço não estava nem um pouco compatível como pouco que se oferecia! O mercado PCD agradece.

  • O carro ficou ótimo, é claro que sempre vão reclamar de algo, a bola da vez agora é o estepe pendurado e o espaço interno, uma vez que já não podem mais reclamar do powershift.

    • Que eu lembre o estepe pendurado e o espaço interno já eram reclamações anteriores e não algo a ser usado somente agora como argumento de não comprá-lo.

  • São 5 marchas na transmissão manual e 6 na automática…eu tb acho que câmbio manual de 6 marchas já deveria vir em todos os carros…caixa manual de 5 marchas já está ultrapassada, assim como uma caixa automática de 4 marchas.

  • Ficou bonito e tal, mas po dona Ford… Eco top de linha por R$ 94,000? Tá de zoa né… e pensar que quando lançou a primeira geração, não chegava a R$ 60,000.

    • O Preço tá equivalente com a concorrência, e eu acho que comparando com os outros players está até melhor, com um bom custo benefício, principalmente levando em conta os itens de segurança.
      Agora, não tem nem comparação o preço da Top de linha primeira geração com essa, só a inflação do período já justificaria essa diferença de preço, sem contar o nível de equipamento infinitamente superior….

    • A 1ª geração foi lançada em 2003, portanto lá se vão 14 anos. Quanto foi a inflação do período? Quanto o carro de hoje é melhor que aquele? Essa comparação é, no mínimo, estranha!

  • Ah se tivesse dinheiro pra manter esse carro. Pelas fotos ficou com um excelente acabamento, mas como sou pobre quero saber notícias do Ford Ka e Fiesta.
    Dona Ford, tá na hora de melhorar o acabamento do Ka +, nem que seja na topo de linha.

  • Numa casa com duas pessoas esse carro atende perfeitamente. Em termos de equipamento, especialmente nas versões de entrada, não tem nada melhor na concorrência. A questão do espaço interno é relativa, a meu ver. Nunca vejo esses SUVs com quatro, cinco pessoas. É sempre o motorista sozinho, ou, no máximo, outra pessoa. Uma minoria compra porque a família aumentou…

    • No dia a dia pode ser que tenha uma pessoa no carro, mas nos fds, quando a pessoa está com a família, aí sim vemos que o carro precisa de espaço. Não vou dizer que é a maioria, mas creio que uma boa parte tenha sim necessidade de mais espaço.

  • Agora sim o EcoSport ficou interessante!
    O conteúdo desde a versão de entrada é excelente!
    Difícil ter concorrente com pelo menos 7 airbags no mesmo valor!

  • Para ficar perfeito faltou só a injeção direta no motor 1.5 Dragon e freios à disco nas 4 rodas (como o modelo americano). O estepe fora da tampa traseira também seria bem vindo.

  • Se no Focus esse Duratec já apresenta um excelente desempenho, fico imaginando nesse carro mais leve… Só uma cagada na programação do novo câmbio tiraria do Eco o título de carro mais rápido da categoria.

  • Esse motor do Focus de 176 cv e 22,5 kgfm, na Ecosport, vai fazer com que ela vire um foguete, gostei bastante dos itens de serie, 7 air-bags de serie, Hrv de 100 mil reais vem com somente 2 air-bags e uma central multimídia que mais parece um radio. Ecosport na minha opinião tem o melhor custo/beneficio do segmento.

  • Se for para pegar um Freestyle automático com motor 1.5 de 137cv e 16,1 kgfm, vale a pena investir 7,5 mil a mais para pegar a versão Titanium que além do motor 2.0 de 176cv e 22,5 kgfm, adiciona acendimento automático dos faróis, chave com sensor de presença e partida sem chave, espelho retrovisor eletrocrômico, faróis de xenon, cinco alto falantes e quatro tweeters, sensor de chuva, sistema anti-capotamento, teto solar elétrico.

  • Acho que o visual ficou pouco ousado, ou seja, tirando o teto solar e a dianteira no estilo dos Hyunday creta e new tucson ficou na mesma, já o estepe na traseira é horrível, mata o carro, e é uma solução não usada em nenhum outro modelo novo no mercado, e um item abandonado por outras montadoras e que a Ford teima em deixar do jeito que está, o estepe pindurado na traseira além de matar o estilo do carro ainda é mais suscetível a furtos.

  • Do espaço não reclamo, é um compacto, acho legal. Agora o pneu pendurado, dá para colocar dentro da mala sim, a própria Ford afirma, se o mercado pedir iremos refazer o assoalho da mala. O pneu pendurado tem que ser opcional.

  • Abaixo da opção 2.0, conhecendo bem a Ford, com números de consumo, pacote de revisões e até a relação peso x potência, ainda acho o Nissan Kicks uma opção mais atraente (tendo como única desvantagem, ao meu ver, a falta do controle de cruzeiro).

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email