China Ford Hatches Segredos-Flagras

Novo Ford Fiesta europeu é flagrado na China

novo-fiesta-china-1-1 Novo Ford Fiesta europeu é flagrado na China

Enquanto o Brasil espera pela atualização do velho Ford New Fiesta, o Novo Fiesta europeu já começa a dar as caras em um mercado bem longe do continente, onde a montadora americana diz ser sua base de produção e vendas. Duas imagens publicadas no site chinês Auto 163 mostram a nova geração do compacto da Ford em testes com quase nenhuma camuflagem.



Lançado em Genebra, no começo do ano, o Novo Ford Fiesta era esperado em muitos mercados ao redor do mundo, especialmente no Brasil e nos EUA. No entanto, a marca rapidamente tratou de jogar um balde de água bem fria sobre os que estavam com esperanças nesse sentido. Para a empresa, o mercado americano não está absorvendo mais tantos compactos quanto antes.

Por conta disso, a Ford decidiu manter o novo modelo fora dos EUA. Aqui no Brasil e provavelmente também na Índia, a questão é o custo. Além disso, nestes dois mercados, um reposicionamento de produtos deve acabar com a faixa onde originalmente o Fiesta se apresenta. Mas, parece que a produção exclusivamente europeia não vai durar muito.

Um exemplar visto na China indica que seu lançamento local está muito próximo, não sendo algo surpreendente se ocorrer já no Salão de Guangzhou, no final de novembro. Com 4.041 mm de comprimento, 1.734 mm de largura, 1.483 mm de altura e 2.493 mm de entre-eixos, o Novo Fiesta europeu é apenas alguns centímetros maior que a geração anterior.

novo-fiesta-china-2-1 Novo Ford Fiesta europeu é flagrado na China

Por ora, não se sabe os detalhes do Novo Fiesta na China, mas ele será fabricado pela Changan-Ford e pode levar o motor 1.0 EcoBoost e provavelmente uma opção 1.5 aspirada. O câmbio deve ser manual ou automático. Com a produção local, o modelo poderá se aproximar do mercado do sudeste asiático, mas aí apenas com a Tailândia, que é quem abastece toda a região e Oceania com produtos da Ford.

Na Índia, a Ford estaria desenvolvendo a segunda geração do Figo, que será maior que o modelo atual, o nosso Ford Ka. Este novo modelo empregará o motor Dragon, mas o três cilindros teria 1.2 litro ao invés de 1.5 litro como no Novo EcoSport. A mudança no mercado indiano pode ser seguida no Brasil após o fim do New Fiesta atualizado, que terá faróis com lentes modificadas, um novo para-choque – já à venda na internet… – e mudanças no painel, que deve seguir o mesmo padrão do SUV compacto, trazendo para o modelo o SYNC 3 com Android Auto e Car Play.

[Fonte: Auto 163]

 

  • vicegag

    Será que o nosso Fiesta geração “6 e 1/2” será exclusivo só para América Latina e Índia?

    • No_Name

      A Índia não tem o Fiesta.

      • vicegag

        Se não tem, o texto dá a entender então, que possívelmente terá.

  • Moreno Rocha

    Sério que o Fiesta ainda tem o tal do “New” no nome? Já tá tão batido que nosso New já é “old” perto do que existe em outros mercados.

  • André A

    A Ford mandou muito mal no design externo dessa nova geração do Fiesta, ficou parecendo uma minivan quase, o carro parece estreito, sei lá.

    Enfim, a marca parece estar com o posicionamento perdido no mercado. Tirando Ka e Fusion, que vão bem em suas respectivas categorias, a Ford matou o New Fiesta e o Focus no Brasil, a Eco não consegue competir com os demais SUVs compactos, da Eco já pula pro caríssimo Edge, Ranger vende metade da S10 e da Hilux…complicado.

    • Vinícius

      Concordo somente com o New Fiesta, que tem potencial para vender mais… Só vermos as vendas do Argo. Em relação ao Focus não vejo culpa da Ford, nenhum Hatch médio está vendendo bem, é um segmento que está ruim como um todo! O Ecosport está vendendo muito bem, mais de 3.000 unidades mensais, muito próximo dos líderes (SUV compacto mais vendido H-RV 3.780 unidades e Ecosport 3.160 unidades no último levantamento).

      • André A

        Já saiu o ranking de outubro, HR-V (10º) vendeu 4.488, Eco (20º), vendeu 3.254, ficando também atrás do Creta (15º) e do Kicks (19º). Fora que a Eco já tem praticamente o mesmo design há 5 anos (beleza, fizeram o facelift na dianteira e mudaram o interior e a motorização, mas é essencialmente o mesmo veículo), já tá cansada. A Ford tá em um ritmo lento com relação às demais marcas, ficou com preguiça depois do fracasso do One Ford e do desgaste com os problemas relacionados ao Powershift…

        • Vinícius

          Nesse caso vender menos que alguns concorrentes não significa que vendeu pouco. No caso do Kicks eu olhei e vendeu 200 unidades a menos. A própria quantidade da Eco é superior a muitos veículos populares do mercado. Em relação ao design da Ecosport, realmente não mudou muita coisa e está cansado. Mas o interior melhorou muito, mudou de um acabamento de New Fiesta para um veículo de segmento superior. Além disso a Ecosport recebeu muitas melhoras em relação a itens de série, se vc comparar os itens de série da Eco “básica” com os itens dos modelos de entrada dos concorrentes, irá ficar assustado (isso custando quase 10.000 a menos), fora o novo motor 1.5 que é mais potente, fora o câmbio automático novo de 6 marchas substituindo o antigo PS, enfim, tirando o design é um carro totalmente novo. Hoje é um dos mais completos do segmento e um dos mais baratos, por isso (mesmo com o design que é praticamente o mesmo) está vendendo bem.

          • Tinho Tenório

            Pessoal acha que vender muito é sinônimo de lucro. A eco nadou de braçada desde 2012, ainda vende bem e já se pagou há muito tempo. Tem fôlego aí até 2020. Agora achei uma mancada não trazer a nova geração do Fiesta, vai dar de bandeja o mercado para polo e argo. Aguardar a nova geração do Focus para revitalizar o mercado de hatch médio. É claro que SUV é uma tendência mundial, mas se vocês anilizarem direito esse seguimento não tem bons atrativos: A novidade cruze é horrível, golf é caríssimo, 308 além de ultrapassado a marca é queimada, o Focus é apertado e tem esse problema do câmbio. A nova geração tem tudo para abocanhar a liderança e vencer muito bem, chuto aí umas mil unidades mês. Falem o que quiser mas esse tipo de carro é muito prazeroso de dirigir!

    • th!nk.t4nk

      Aqui na Europa a receptividade ao design do novo Fiesta foi bem positiva. Creio que eles não fizeram a reestilizaçao pensando na opinião dos mercados onde o carro nem sequer será vendido, então a princípio a Ford mandou bem na verdade. Não sei se você já viu o carro ao vivo, mas ficou muito harmônico e acertado. Não tem nada de minivan não. Curiosidade: o Fiesta é tão forte na Europa, que esse ano encostou no líder do continente (Golf) pra você ter ideia. Já no Brasil esquece, ele fica caro por ser um compacto de estrutura mais sofisticada (mesmo problema do Polo, Sonic, etc). Pro Brasil o Ka é o modelo ideal pra ocupar seu lugar (um carro maior e mais simples/barato).

      • Edson Fernandes

        Gostaria de ver esse Fiesta sofisticado “made in Brazil” no atual Latin NCAP.

        • th!nk.t4nk

          Teoricamente é pra ter o mesmo desempenho, se tiver o mesmo pacote de segurança passiva. Mas como nada é absolutamente certo, vai saber. Poderiam testar o carro de uma vez, mas creio que a Ford já nao tem interesse em patrocinar mais nada a essa altura…

    • ocampi

      Assim que você ver pessoalmente irá mudar seu conceito. Mas terá que sair do Brasil…Aqui na Europa já temos bastante pelas ruas.

    • Marco

      É André, você está coberto de razão. Seu comentário falou tudo e mais um pouco. Prá quem sabe ler, pingo é letra.

    • Tinho Tenório

      Verdade, faltou visão de mercado. A Ford deveria ter trazido a nova geração do Fiesta e Focus, o SUV médio escape e esquecer o edge e fabricar a Everest na Argentina, já que é a mesma plataforma da ranger

    • RSRX

      A Eco não consegue? Oi? Ela já tá jantando o renegade

  • No_Name

    Esse Fiesta está programado para o Brasil em 2021 no MCA (Mid-Cycle Action).

    • Tem fontes?

      O segundo focus também chegou no MCA.

    • th!nk.t4nk

      Esse? O modelo de 2017 em 2021? Bate na madeira cara. Pra fazer isso é melhor tirar de linha de uma vez.

      • Creio que ele vá receber a atualização de meia-vida.

      • No_Name

        É isso sim. O nosso atual vai ficar aqui até 2020. A Ford viu que a concorrência está muito fraca aqui e não vê necessidade de trazer o europeu até chegar o facelift dele lá na Europa. Um possível novo projeto, local, para o Fiesta está descartado. Nos bastidores dizem que até o Focus 4 está perigando subir no telhado e ganhar mais uma sobrevida porque o novo vai receber tecnologias inéditas e não vêem como torná-lo viável na Argentina por agora com as vendas cada vez piores na região.

    • Jlsk

      Pq vim só depois da reestilização pq q nao mandam ja esse modelo pro Brasil

  • Louis

    Está parecendo um Fit no formato.

  • parece uma minivan

  • Gostei. Vai sair para o Need for Speed do PlayStation 1 ? Porque tá meio quadrado parece.

    • leomix leo

      Kkkkkkkk

    • uhauahuahaua

    • marc west

      É a versão do mundo Bizarro do Fiesta! kkkk

  • Maycon Farias

    Essa unidade devia estar no Pentágono, pelos cortes milimétricos realmente existe algo ao redor que não deve ser visto! haha. Gostei da lanterna traseira, mas a frente não me encantou.

  • Fabão Rocky

    Isso aí tá parecendo uma minivan!!

    • th!nk.t4nk

      Cara, é por causa do recorte que fizeram na foto. Olha bem 😁

  • jorge

    Sinceramente eu prefiro o nosso, este novo parece uma minivan….

  • Jaspion

    Qual a novidade? todo mundo já viu esse carro.

  • Tinho Tenório

    Era melhor a Ford ter tirado de linha o Fiesta que vender com facelift e motor e câmbio antigo, aí não ficaria tão feio perto do argo e polo. Essa nova política da Ford vai acabar enterrando de vez a marca no Brasil. Eu acho que o fiesta europeu caberia tb no nosso mercado, podendo ser exportado para América Latina já que teria uma demanda limitada aqui no Brasil.

    • No_Name

      Ficar feio no que? O design é melhor que os dois, a dinâmica mais apurada que os dois, oferece 7 airbags, terá Sync 3 que é a melhor multimídia até o momento, faróis com projetores, câmbio AT igual os dois, motores Dragon e EcoBoost…

      • Tinho Tenório

        TO falando do modelo atual, que poderia ter uma sobrevida se tivesse pelo menos o motor dragon e o câmbio de 6 marchas convencional. Não virar com nenhuma dessas mudanças e nem o painel do Ecosport, era melhor tirar de linha e investir no novo Ka. Eu ainda acho que teria mercado para a nova geração, dos concorrentes, é o melhor carro!

        • MauroRF

          O Fiesta remodelado ficaria legal com o Dragon e a transmissão AT de 6 marchas da Eco. E o Focus, o que será dele?

          • Tinho Tenório

            Saiu na quatro rodas desse mês e tá sendo replicado em todo site que a Ford não irá vender a nova geração aqui no Brasil. Eu achei infundado, já que a nova geração do fiesta não virá para cá para nao haver canibalizaçao já que o preço iria ficar muito próximo do Focus de entrada. Além do mais, o Focus é o carro chefe da Ford e vende muito bem na Argentina, país de origem. Aí não tem fundamento a Argentina fabricar o modelo lá e não trazer para cá. E outra, o novo modelo utiliza a mesma plataforma do atual, então vai ser um baixo custo produzir aqui e dará espaço para produzir a nova geração do Suv Médio Escape, que também utiliza a mesma plataforma. Foi muito irresponsável o que publicaram! O site carblog aproveitou essa matéria para meter o pau no Focus. Site pago pela VW.

            • MauroRF

              Por coincidência, acabei de ler a “matéria” no car blog. Esse “blog” é nojento de tão parcial, como pode? Em relação ao Focus, estranho se isso acontecer. A Quatro Rodas precisa estar muito segura do que está afirmando, ou estará criando “Fake News”. A menos que eles tenham uma fonte muito quente. De qualquer forma, isso pode indicar uma reestilização do Focus atual nos moldes do Fiesta. A propósito, ocorreu algum flagra de Focus novo em teste por aqui ou ainda na Argentina, onde é fabricado? Isso pode ser um indicativo.

              • Tinho Tenório

                Ainda não teve nenhum flagra p aqui, mas tb o modelo atrasou lá fora. Só há imagens dele na Europa e mesmo assim muito camuflado, mas dizem que será lançado no salão de Detroit, em janeiro do ano que vem e chega nos mercados americano e europeu até março. Tenho esperança de chegar aqui no Brasil até o fim de 2018, mas acho difícil.

                • RSRX

                  O Focus 4 cresceu e muito. É nítido ver como a imprensa está descrevendo ele

  • EDUARDOTEIXEIRA KULL

    Tendo o “novo” Fiesta a mesma plataforma do atual, mesmo que com melhorias, não creio no quesito custo como impeditivo para termos o carro aqui. Deve ser mesmo o bom velho “brasileiro compra qualquer tranqueira mesmo” de sempre, vide resultados desastrosos de Ka e Ônix no teste de impacto e mesmo assim, continuam vendendo. Sobre o dito novo modelo, é bom lembrar que a plataforma é a mesma, com o carro crescendo mesmo é “na lata”. Interior é o do Eco, portanto, que já temos aqui também. Suponho que parte elétrica deva ser a mesma e a eletrônica, sim, deve ter recebido upgrade para algo do tipo frenagem automática. É o não investimento que retorna ao Brasil. Lembrem que montadoras já reclamara muito de anos com prejuízo, mas quando o mercado bombou, enviaram montanhas de dinheiro às matrizes. Será que lucraram tanto assim que conseguiram amortizar os prejuízos acumulados e ainda “sobrou” tanta grana assim para as matrizes? Se conseguiram lucrar tanto, sinal que suas estruturas estavam enxutas para tal produção de lucro e que, com o mercado ruim, deveria fazê-las sofrer menos, inclusive facilitando novos investimentos. O QUE ACONTECE ENTÃO?

    • No_Name

      O Brasil participou do B479 mas ele não vem agora simplesmente porque a Ford acha que não tem necessidade, ponto. O Polo nacional não é tão bom quanto o europeu, FIAT Argo é carro para subdesenvolvidos, 208 e C3 correm risco de ficar sem sucessores…

      • RSRX

        A VW trouxe o polo porque não tem SUV compacto pra preencher no lugar. A Ford não traria o novo Fiesta sabendo que está quase do mesmo tamanho q o atual, e sabemos q um carro tão compacto como o Fiesta não vende por 70 mil reais. Talvez ela espere o Fiesta 8 que poderá ser bem maior

  • Virou um B-Max…

  • Hodney Fortuna

    Parece que os indianos não gostaram do Ka brasileiro, tanto é que já estão desenvolvendo um modelo diferente para o atual! para ser lançado logo em breve!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend