Honda India Sedãs

Novo Honda City será equipado com motor 1.5 atualizado na Índia

Novo Honda City será equipado com motor 1.5 atualizado na Índia

O Honda City 2021 na Índia terá um motor diferente da geração anterior, que continua a ser produzido localmente. O novo sedã compacto da marca japonesa conviverá com o antigo e terá um propulsor identificado como L15B, um 1.5 litro.


Nesse caso, ele será aspirado no mercado indiano, tendo 121 cavalos e 15,8 kgfm. Isso é apenas um pouco acima do L15A 1.5 atual, que no City local, dispõe de 119 cavalos e 14,7 kgfm.

Esse propulsor tem alterações em relação ao antigo, como virabrequim 25% mais leve, válvulas de admissão e escape maiores, pistões com mangas de alumínio e taxa de compressão será elevada em comparação ao L15A.

Novo Honda City será equipado com motor 1.5 atualizado na Índia

O objetivo é que o Novo City atenda à norma de emissão BS6. Esse propulsor é o mesmo que equipa aqui o Honda Civic e o HR-V, ambas na versão Touring, entregando 173 cavalos e 22,5 kgfm. Contudo, existe uma versão aspirada com injeção direta, que entrega 131 cavalos e 15,8 kgfm.

Diferente do 1.5 i-VTEC conhecido, o 1.5 conhecido como VTC tem duplo comando de válvulas variável, que mantém a tecnologia semelhante à anterior, porém, com mudanças importantes no cabeçote.

Como se sabe, o i-VTEC tem apenas um comando de válvulas, que aciona todas as 16 válvulas. Esse propulsor pode ser importante para o mercado brasileiro.

Novo Honda City será equipado com motor 1.5 atualizado na Índia

Caso a Honda desista de adicionar um 1.0 Turbo de 127 ou 130 cavalos, o 1.5 com injeção direta flex (Earth Dream) seria uma oportunidade para o L15B, unificando os motores, caso os 1.8 e 2.0 saiam de linha.

No Japão, a Honda tem uma versão 1.5 Turbo com 150 cavalos, usada também na China, o que seria significativo para o HR-V em versões mais baratas, no lugar do 1.8. Já o Civic 2.0 poderia usar esse mesmo motor.

Assim,a  linha de produção e logística da Honda se resumiria em apenas um motor, o L15B, reduzindo também os custos de modo geral, inclusive até no pós-venda. Novo City 1.0 Turbo ou 1.5 Earth Dream, qual você acha melhor?

[Fonte: Indian Autos Blog]

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Antonio Sergio

    Ficaram muito bonitas a coluna traseira e a moldura da porta, ao estilo Nissan Versa 2012, nesse novo Honda City 2021.

  • Pra mim, esta é a geração mais feia do City.
    Vai continuar sendo o patinho feio da categoria, e certeza, sendo mais pelado e mais caro que a concorrência.

    • Gilson Zotti

      Patinho feio é o WR-V… aquilo é carro feio kkkk. Gosto é individual, mas pra mim, o WR-V é o mais feio vendido pela Honda..
      No caso desse City, melhorou e melhorou bastante, na minha opinião.

      • Eu nem cito o WR-V, pois ele é um carro fora da curva… kkkkkk
        Mas o City, achei que ficou com um “Q”de chinês. Não sei dizer ao certo, mas lembra muito um JAC.

    • oscar.fr

      Sedãs compactos são todos feios. Não é uma carroceria feita para ser aplicada num carro tão compacto.

      • fredggp

        Então os médios (no Brasil) de outrora são todos feios, pois os compactos de hoje estão com as dimensões maiores. Acho que não seria por aí. O sedan compacto é menos harmônico em alguns casos por ser um veículo feito para ser mais barato mesmo….

        • oscar.fr

          Eles não tem a mesma proporção destes compactos bombados. Até porque os carros antigos eles tinham bem menos lata, eram mais baixos (a altura total do carro). A proporção de capô x restante e das rodas x carroceria era mais elegante até em carros julgados feios como Peugeot 306 e Corolla pré-Brad Pitt.

  • Paulo César de Carvalho Júnior

    Uai, os dois motores ora. De preferencia o aspirado sem injeção direta.

  • Alaor

    A melhor opção para City e Fit no Brasil seria o 1.5 EarthDreams de 130 cv. Carro turbo é bom para o primeiro e segundo donos, daí pra frente a manutenção porca que é feita em 80%+ dos carros cobra bem caro.

  • Fabão Rocky

    Pq é q todos os carros da Honda são tão feios ou sem graça? O único q se salva é o Civic.

    • Baetatrip

      …. E Accord!

  • Toyo_Highlander fan

    Interessante é uma coisa. Na versão LX CVT do Honda Fit 2019 na capa de motor tem a designação Earth Dreams enquanto na versão manual que é o DX que usa exatamente o mesmo motor não tem essa designação. Por que?

  • Lucas Porto

    Acho que o 1.5 EarthDreams seria uma boa escolha pensando na manutenção a longo prazo.

  • RKK

    É esse motor que a Honda precisa trazer para o Brasil para o City e Fit: o 1.5 16v (L15B1), DOHC com injeção direta de 130 cv.

  • Anderson Trajano

    Muito provavelmente o motor escolhido para o Brasil será esse 1.5 aspirado com as alterações, visto que nem carros de maior valor agregado como HRV e CIVIC, possuem motor turbo em todas as versões (aqui no Brasil). Fit e City sendo os modelos de entrada, com certeza vão continuar sendo oferecidos com motores aspirados.

    A Honda nunca se preocupou com o Brasil. As opções aqui sempre são mais capadas, só olhar a simplicidade franciscana dos modelos Fit, City e WRV.

  • los hermanos

    Sinto que a Honda vai lacrar no Brasil…
    1.5 VTC, não vai ter Fit, coronavirus, dólar a R$ 6,00 com motor quase todo importado

    Lacra a portaria que já era

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email