_Featured Crossovers Eventos Honda Lançamentos Test Drive zav-lateral

Novo Honda HR-V: Mercado e impressões do utilitário esportivo nipo-brasileiro

novo-honda-hr-v-NA-test-drive-68-700x466 Novo Honda HR-V: Mercado e impressões do utilitário esportivo nipo-brasileiro

O Novo Honda HR-V desembarca no Brasil com a missão de elevar as vendas da marca japonesa e oferecer uma opção interessante para seus clientes, especialmente aqueles que possuem o Fit.



Além disso, o modelo deverá buscar também aqueles que procuram espaço, conforto e porta-malas, mas que gostariam de ter um crossover na garagem. Atualmente, apenas as minivans aventureiras se aproximam disso, mas não são exatamente um utilitário esportivo.

O Novo Honda HR-V mescla bem um ambiente de minivan com desenho de cupê e ainda apresenta conforto e porta-malas generoso. O modelo chega no momento em que a Honda constrói sua segunda planta no Brasil, mas para dar conta do recado, ela vai reduzir a cadência dos outros três modelos.

novo-honda-hr-v-NA-test-drive-69-700x466 Novo Honda HR-V: Mercado e impressões do utilitário esportivo nipo-brasileiro

Com capacidade para 120.000 unidades por ano, a fábrica de Sumaré/SP fará 50.000 exemplares do HR-V nos próximos 12 meses. A nova fábrica de Itirapina/SP só fica pronta no final do ano e quem vai para lá é o Fit, que está vendendo bem e precisa de volume para atender a demanda. A planta argentina de Campana vai sim ajudar Sumaré a dar conta do recado no Brasil, mas somente se houver real necessidade de importação do produto.

Disponível nas versões LX, EX e EXL, o Novo Honda HR-V só vai começar a ser entregue aos clientes a partir do próximo dia 20, quando toda a rede já estará abastecida. Os preços sugeridos são de R$ 69.900 (LX MT), R$ 75.400 (LX CVT), R$ 80.400 (EX CVT) e R$ 88.700 (EXL CVT). A Honda estima um mix de 1%, 11%, 42% e 46%, respectivamente.

A participação maior da versão EXL se dará por causa do início das vendas, onde a opção topo de linha terá preferência nas entregas. A versão manual (LX somente) deverá chegar somente depois do modelo já estabelecido no mercado. Caso haja maior interesse pelo câmbio manual, outras versões poderão ter essa opção, mais provavelmente a EX.

novo-honda-hr-v-NA-test-drive-10-700x466 Novo Honda HR-V: Mercado e impressões do utilitário esportivo nipo-brasileiro

O que é o Novo Honda HR-V?

Com 4,29 m de comprimento, 1,77 de largura, 1,58 de altura e 2,61 de entre-eixos, o Novo Honda HR-V é feito sobre a base do Novo Fit, mas com estrutura diferenciada na traseira e reforço na plataforma. O tanque continua central e tem 51 litros, enquanto a suspensão dianteira mantém o perfil McPherson e a traseira barra de torção.

O Novo Honda HR-V foi pensado para conquistar cinco estrelas no Latin NCAP e apresenta airbag duplo (laterais apenas no EXL), bem como freios a disco nas quatro rodas com ABS e EBD. Há também de série VSA (controles de tração e estabilidade), MA-EPS (direção elétrica integrada ao VSA), Brake Hold (travamento da rolagem do veículo quando engatado e parado), HSA (assistente de partida em rampa), freio de estacionamento eletrônico e ESS (luzes de freio variáveis de acordo com a frenagem).

novo-honda-hr-v-NA-test-drive-44-700x467 Novo Honda HR-V: Mercado e impressões do utilitário esportivo nipo-brasileiro

Por dentro, os cintos de segurança traseiros têm três pontos e há três apoios de cabeça, bem como dois pontos de Isofix. Os cintos de segurança dianteiros têm regulagem de altura. As lanternas traseiras possuem iluminação por LEDs, mas não há luzes diurnas com essa tecnologia. Todas as versões têm rodas de aço (LX MT) ou liga leve aro 17 e pneus 215/55 R17.

O pacote de série em si é bem generoso, destacando-se o console elevado com acabamento em couro costurado, sendo o mesmo que reveste o frontal do painel, o apoio de braço central deslizante e o entorno do difusor de ar do lado esquerdo. Os apoios de braço das portas apresentam acabamento semelhante.

Ar condicionado digital touchscreen, multimídia Android com tela de 7 polegadas touchscreen, GPS com informações de tráfego, câmera de ré com três visualizações, retrovisores com rebatimento elétrico, direção elétrica, computador de bordo, display do cluster com iluminação personalizável e sistema de ajuste ULT no banco traseiro, estão entre os principais itens de destaque do Novo Honda HR-V.

novo-honda-hr-v-NA-test-drive-50-700x466 Novo Honda HR-V: Mercado e impressões do utilitário esportivo nipo-brasileiro

Impressões gerais e ao dirigir

O Novo Honda HR-V tem visual esportivo e atraente. O porte é musculoso e igualmente dinâmico. Ele não parece nem maior e nem menor do que o visto nas fotos, sendo assim um crossover compacto em sua melhor definição. O modelo não parece ter 1,58 m de altura, já que a impressão é de ser mais alto.

As rodas de liga leve são atraentes e o conjunto frontal é esportivo e jovial, bem diferente da traseira, mais formal por causa das lanternas com prolongamentos verticais. As maçanetas embutidas nas colunas C, os vincos pronunciados nas laterais e queda na altura das janelas traseiras reforçam a proposta de um crossover-cupê.

Apesar disso, ele não apresenta enfeites para parecer ser outra coisa, como as minivans aventureiras, por exemplo. O modelo chama atenção apenas por ser novidade e o público feminino (especialmente as donas de Fit) parece ter declarado sua nova paixão. Uma delas parou o carro para elogiar e outra emparelhou conosco no teste drive, afirmando – ao lado do marido – que queria um igual.

novo-honda-hr-v-NA-test-drive-55-700x466 Novo Honda HR-V: Mercado e impressões do utilitário esportivo nipo-brasileiro

Se por fora o estilo aposta no cupê, por dentro o Novo Honda HR-V está mais para um monovolume, herdando do Novo Fit o sistema de basculamento inteligente do banco traseiro (ULT), bem como oferecendo um porta-malas generoso (437 litros, podendo chegar a 1.010 litros com o assento traseiro rebatido).

Mas, sem dúvidas, o grande destaque do habitáculo do Novo Honda HR-V é o console central elevado com acabamento em couro (de série em todas as versões), bem como os botões de freio de estacionamento eletrônico e Brake Hold. Há couro também no painel e em parte das portas, que são revestidas em tecido na parte superior. O cluster é bem resolvido e tem como destaque computador de bordo e aro do velocímetro iluminado e personalizável (até sete cores).

A multimídia Android com tela de 7 polegadas sensível ao toque (EXL) é outro destaque, bem como GPS com informações de tráfego via ondas FM, acesso à internet via WiFi, câmera de ré com três visualizações, espelhamento do smartphone na tela do carro, entre outros. Sob o console elevado, USB (2 no EXL), auxiliar (LX e EX), HDMI (EXL) e fonte 12V.

novo-honda-hr-v-NA-test-drive-45-700x466 Novo Honda HR-V: Mercado e impressões do utilitário esportivo nipo-brasileiro

O volante multifuncional tem bons ajustes em altura e profundidade, assim como acabamento interessante, tendo couro e detalhes em preto brilhante. Os bancos podem ser em couro ou tecido, sendo firmes. A visibilidade e altura interna são igualmente boas.

Há bastante espaço, especialmente para quem vai atrás. Porta-copos e garrafas são vistos nas portas e entre os bancos dianteiros, além de parte central traseira, que pode ter ainda outra fonte 12V (EX e EXL) e porta-revistas. O banco traseiro é bipartido e tem regulagem de inclinação, bem como pode ficar ao nível do assoalho do porta-malas ou com assento na vertical para transporte de objetos altos.

novo-honda-hr-v-NA-test-drive-78-700x466 Novo Honda HR-V: Mercado e impressões do utilitário esportivo nipo-brasileiro

Foco apenas no conforto, falta desempenho

O Novo Honda HR-V conta com motor 1.8 i-VTEC FlexOne com 139/140 cv a 6.300/6.500 rpm e 17,4/17,3 kgfm a 5.000/4.800 rpm, respectivamente com etanol e gasolina. A potência maior com o derivado de petróleo é em virtude da Honda optar por um maior equilíbrio no consumo com os dois combustíveis.

O propulsor recebeu alterações na ECU para deixa-lo mais frugal. Não dá para saber o quanto ele ficou manso com essa mudança, pois a transmissão CVT com sete posições de marcha segura muito o motor, privilegiando mais o conforto ao dirigir e o consumo reduzido.

Apesar da potência e torque, o Novo Honda HR-V se mostrou muito mais próximo de um 1.5 ou 1.6 de forma geral. Nas acelerações o motor aumenta rápido seu giro, mas o ganho em velocidade poderia ser maior. As retomadas também são longas e é necessário encher o pé para uma ultrapassagem não planejada.

novo-honda-hr-v-NA-test-drive-79-700x466 Novo Honda HR-V: Mercado e impressões do utilitário esportivo nipo-brasileiro

Na estrada, o Novo Honda HR-V se mostrou bem comportado, tendo rotação em 1.900 rpm quando rodando a 110 km/h. O consumo declarado pelo Inmetro é de 12,1 km/litro na estrada, mas nessas condições, deve fazer mais. Rodamos com etanol e a média superava 10 km/litro.

Na cidade, o Novo Honda HR-V se mostrou ágil, apesar da variação longa do CVT. Mesmo em modo S, o comportamento é mais voltado para o conforto. Eleva-se mais o giro e ganha-se apenas um pouco mais de performance, mas longe de propostas semelhantes em outros carros. O conjunto de paddle shifts da versão EXL é a única forma de se obter algo mais, mas também não foge muito da proposta do veículo.

A direção elétrica é leve e progressiva. Os freios atuam muito bem, assim como o ajuste da suspensão, que absorve bem a buraqueira e os defeitos de asfalto. A estabilidade é outro ponto de destaque, tendo pouca tendência de inclinação maior da carroceria. O nível de ruído interno é apenas razoável.

novo-honda-hr-v-NA-test-drive-9-700x466 Novo Honda HR-V: Mercado e impressões do utilitário esportivo nipo-brasileiro

Conclusão

O Novo Honda HR-V é um carro feito para o dia a dia das cidades e não apresenta proposta para o fora de estrada, pois a maioria dos consumidores desse tipo de carro vivem suas vidas nos centros urbanos e geralmente viajam para locais de fácil acesso.

É confortável, tem bom espaço interno, porta-malas adequado e um pacote de itens de série generoso em comparação com a concorrência. Não há pretensão esportiva. A performance é focada na economia e não se pode esperar algo além disso. Oferece boa ergonomia e praticidade para os passageiros.

Em resumo, é uma boa alternativa para quem buscava tudo isso nas minivans aventureiras ou não as encontrava nos utilitários esportivos compactos oferecidos até então. Mais discreto, o Novo Honda HR-V tem um conjunto muito melhor e certamente terá um volume de vendas considerável. Os preços estão dentro da média do mercado, mas como os demais, ocupam a faixa dos sedãs e hatches médios.

Galeria de fotos do Novo Honda HR-V:

Viagem a convite da Honda.

  • Lider do segmento.
    ass: Nostradamus

    • Fábio

      O brasileiro é muito tradicionalista. E os líderes não são obrigatoriamente os melhores da categoria, mas sim os mais conhecidos. Por isso acho que os que perderão mais mercado são as trackers e demais que não estão no topo de vendas de hoje. Minha aposta não é na comparação técnica e de valor dos carros, mas sim nos costumes do nosso mercado.

      • duhehe

        Concordo que os lideres nem sempre são os melhores tecnicamente.
        Mas rapidamente as pessoas vão ficar sabendo do HR-V, a honda tem histórico de oferecer carros de excelente qualidade, ao contrario da Renault e Ford lideres hoje.
        A Eco e o Duster vão ter que brigar no preço para se manter bem no ranking.

        • Marcio Almeida

          concordo plenamente mas acho que temos boas opções como 0 2008 e o próprio Renegade esse segmento vai bombar em 2015

        • Klebson Tinoco

          Concordo plenamente. Já tive 4 Fords. Dois Fiestas (1.0 e 1.6), Ecosport 2.0 4WD e um Focus Automático, e hoje tenho um Civic. Aqui em casa ainda temos um Sandero. Então, conheço o pós-venda da Ford, da Renault e da Honda e posso dizer que não tem termo de comparação entre carros, bem como, pós-venda dessas marcas. O Sandero já está de malas prontas para dar lugar a um HRV.

          • Charlis

            Tenho um Honda e um Ford também, não há comparações entre a Honda e a Ford, seria covardia….

        • DougSampaNA

          Duster pra mim é um carro gastão, desajeitado no transito, e na compra , vem grátis uma escola de samba junto, sem contar a fome de combustível e jurássico AT4..é o barato que não agrada nem por beleza e nem por qualidade; não compro!
          Eco…Nova Forda com seus acabamentos muito ruins…não tambem não dá, principalmente com preços estuprantes…tambem passo.
          Honda HRV, bunitim, carin, da mercenáriazim….não vai rolar.

          tá dificirrr

      • Chega_de_Ignorância

        Eu acho que não é tanto uma questão de costume…
        Por sinal, esse tipo de crossover não é uma tradição aqui.
        Começou com o EcoSport, que é sucesso absoluto, e está crescendo aos poucos, com Duster, Tracker e agora os novos HRV e Renegade.
        Eu acho que esses carros vendem pela imagem que passam, pela vontade das pessoas em ter um imponente SUV e tal…
        Carro não é só razão, é muito mais emoção do que qualquer coisa.
        Quem só vê razão em carro deve optar por um Prius ou aguardar os carros autônomos e durante o trajeto trabalho/casa ficar trabalhando no tablet

        • Rafael

          Lembra que falei que achava o motor 1.8 da Honda apático? O NA tb achou “muito mais próximo de 1.5 ou 1.6”. O motor eh basicamente o mesmo, o câmbio mais moderno.. claro, são carros diferentes, os pesos devem ser semelhantes.. esse motor é ótimo acima de 5000 rpms, mas bem mediano abaixo.. eh um motor girador. Particularmente não gosto. Enfim, fora isso achei o carro show e faria um teste drive sem dúvida. Motor é importante, mas está longe de ser tudo num carro.

          PS. Fora o motor, a baixa autonomia, e poucos itens de série (não me encomodando tanto assim), o Civic era um ótimo carro.

          • Chega_de_Ignorância

            Essa avaliação do NA é subjetiva. É mais ou menos uma opinião…
            Analisando dados técnicos, temos um empate em desempenho do HRV x Ecosport 2.0 (141/147 cv e 19,7/19 m.kgf)
            0-100 HRV venceu
            0-1000m também
            40 a 80 deu Ecosport
            60 a 100 igual
            80 a 120 deu HRV
            consumo igual
            Há mínimas diferenças, um verdadeiro empate técnico.
            Fonte: 4Rodas

            Mas não duvido de que ele aparente certa fraqueza em baixo giro, diferente dos novos carros turbinados.

            • Rafael

              Entao.. nesses testes acaba que os motores são exigidos em rotações elevadas, momento que o vtec da Honda empurra.. mas no dia a dia eu aposto que o Ecosport proporciona mais sensação de força (ao encarar uma subida sem precisar reduzir marcha por exemplo) e deve proporcionar mais prazer nesse aspecto. Mas certamente preço por preço levaria um HRV provavelmente.

              Quantos aos turbinados, possuo um downsize.. e realmente é show de bola, eh uma tendência inevitável. É difícil sair de um turbo e voltar para um aspirado de potência semelhantes. Recomendo fortemente quem ainda não experimentou fazer um test drive (os Tsi, os thps, tjet). Se puder dirigir em estrada melhor ainda!

          • DougSampaNA

            Girador é o lixo 1.4 16v que num passado próximo a Honda pos nos New Fits, são péssimos na versão AT, vc pisa e ele sobe o giro gritando, e andar que é bom nada, toma pau de Celta fácil; passei a ODIAR A HONDA por tamanha Raiva que fiquei. Eu quero que engulam estes HRV, que mofe nos patios das ccs com 500 milhões de ágio por unidade, façam bom proveito..

      • Fabio Marquez

        O Fit, City em versões mais caras estão condenados, além da versão mais barata do Civic com motor 1.8, já que acho difícil acreditar que alguém troque Civic 2.0 pelo manquinho ai.

        • Gustavo73

          Olha que eu não acho. Conheço quem trocou um Cruze LTZ sedan por um Tracker LTZ.

          • Rafael

            Trocou um manco por outro, não vejo problemas. Aqui em casa nós pensamos no HRV, mas sair do 2.0 e ir pro 1.8 não é uma opção. O desempenho e consumo do 2.0 são excelentes.

            • Gustavo73

              A questão aí na minha opinião, mais que o motor. É a categoria de cada um, trocou um médio por um compacto. E ainda por cima menos equipado. De cara o ar condicionado sai de digital para manual, perde o freio a disco e até a CMM é inferior. E pagou mais.

              • Rafael

                Agora entendi oque tu quis dizer. nesse ponto eu concordo contigo.

        • saulo

          Eu já acho que ela vai roubar pelo menos 30% dos consumidores de civic

          • Rodrigo

            Principalmente as mulheres. Adoram “carro altinho”.

      • DIscordo parcialmente, e um exemplo disso é o HB20.

    • MaarcosB

      A honda deve estar rindo da GM e Renault, com a EcoSport o trabalho não é tão simples, mas provavelmente o HR-V será líder no segmento. O Renegade com os preços que estão sendo especulados vai correr fora dessa briga, até porque tem um apelo mais OFF-ROAD assim como a finada TR4 sempre teve (R.I.P).

      • Daniel Mietto

        se esqueceu que a marca JEEP é “PREMIUM” no pais e justamente por isso nao tera o msm volume de vendas… O HR-V vai abocanhar muita venda de carros da própria honda.

        • Leandro1978

          Principalmente co Civic, que possui preços próximos.

        • José Eduardo D’Acampora Guazzi

          JEEP é “Premium ” aqui mas já estão mais que duplicando o numero de revendas e algumas só para vender o Renegade, proximo ao que a Hyundai fez para vender o HB20.

        • MaarcosB

          Concordo, mas a JEEP quer ter maior volume de vendas, dobrou o número de css. Fiz uma enquete aqui em casa, e todos preferiram o design do HR-V, o Renegade é um jipinho muito pequeno. Acredito que vai pegar umas vendas do CR-V porque é bem mais barato, apesar de menor. Sobre o Civic não sei, são públicos diferentes, o HR-V é o típico carro que toda mulher gostaria de ter, “altinho, robusto, mas compacto para a cidade”.

          • Felipe Meyer

            Mas o Renegade não é maior que o HR-V?

      • douglas

        acorda filho…. kkkkk

  • Redpeak77

    Acertou em cheio no maior mercado potencial… o público feminino!

    • Daniel P.

      concordo com voce…

      acho que um bom resumo para a materia seria: um carro confortavel porém lerdo, manco com seu foco voltado totalemnte para uso nas ruas engarrafadíssimas das cidades brasileiras.

      • Matheus Lelis

        vai ter muito 1.0 passando “sufoco” no HR-V

        • Ramom Alencar

          qual? não creio que seja para tanto amigo…

          • Matheus Lelis

            Uno com uma escada em cima, é certeza kkkkk

            • Ramom Alencar

              kkkkkkkkkkkkkkkkk
              cena tradicional

              • Matheus Lelis

                mas é serio, eu tava no meu Linea semana passada a 160, retão, tranquilo, quando um celta da css de energia me passou, pensei, esse sim é maluco. Mas voltando ao assunto, um 2.0 do civic no HR-V seria bom, estou por fora, pode até ter na versão top, mas se não tiver, acho mancada da Honda

                • ObservadorCWB

                  Não é mancada…lançam assim….o ano que vem sobem 5k mas com a história….”agora é 2.0l”. E os patos vão engolindo os aumentos.

                  • Matheus Lelis

                    ou esse ano ainda né? mas acho que você está sendo muito otimista, colocar um 2.0 e aumentar SÓ 5 mil?

                  • Deadlock

                    Ano que vem (final) está previsto o novo (mesmo) Civic top com motor 1.5 turbo de até 204 cv, e as demais versões ficam com o 2.0. Pode ser que o 1.8 seja descontinuado, a não ser que coloquem no City e Fit.

                    • Mario Lion

                      Onde você pegou essa informação? Não faz o menor sentido a Honda mandar um Civic 1.5 turbo com até 204cv sendo que acabaram de lançar o Civic Si com o 2.4 aspirado e a mesma potência

                • FabioH

                  Não sei, acho que não, desempenho não é exatamente o foco do carrinho, o Civic foi vendido um bom tempo somente com essa opção de motor.

                  • Matheus Lelis

                    Sim, pode não ser o foco, mas o povo quer comprar um 2.0, mesmo que nunca passe de 120 km/h.

              • Robinho

                verdade!

        • GPE

          De acordo com os teste ele anda igual ao Civic 1.8 AT. Não acho q dá pra passar “aperto”

          • TukhMd

            Que viagem desse povo… fico besta.

          • Leandro1978

            O problema pode não estar no motor (que no Civic anda muito bem, ao contrário do que alguns aqui pregam), mas no câmbio adotado, o CVT não tem proposta esportiva.

            • GPE

              Mas se quando exigido ao máximo ele desenvolve tão bem como um câmbio AT normal (como os números apontam), não vejo problema. De toda forma, eu preferiria que tivesse um AT tradicional, pois não gosto de CVT

        • Debraido

          Se eu fosse o dono desse hr-v, sendo “empurrado” por um carro 1.0, olharia para o lado e daria risada da cara dele. Por achar que está dentro de um esportivo ena verdade estaria dentro de um carro estupidamente simples e sem conforto. E continuaria seguindo minha viajem tranquilamente.

      • Daniel Mietto

        mas ta mirado certinho no publico feminino, com caixa automatica e tudo. Pode parecer machismo mas que elas preferem, preferem…

        • Redpeak77

          Não é machismo não. As pesquisas já mostram que as mulheres decidem boa parte das compras de carros. As montadoras não ignoram esse fato.
          A própria NA mostra isso. É só perguntar para qualquer mulher se elas gostam do FIT. Esses carros não precisam ter motor forte, bastam promover o menor esforço possível ao dirigir. Ser “altinho” também conta.

      • radiobrasil

        O CRV, irmão maior também é manco…

    • Pedro Rocha

      Então vai ser HR-V e Ecosport para mulheres e Renegade e Duster para homens?
      =D

      • ObservadorCWB

        Dacia Duster é para os andróginos…….

      • Chega_de_Ignorância

        Mas o Renegade de homem é só o diesel

        • Marco Antônio

          E se o cara tiver 75 mil? Renegade 1.8 ou HR-V 1.8??

          • zeuslinux

            Civic 2.0…

            • Marco Antônio

              kkkk sei sei. Mas no caso, acho que seria HR-V. Esse motor fiat não me desce goela a baixo. Não mesmo.

        • Pedro Rocha

          rsrsrs.

    • Martini Stripes

      Já começou a sexologia carrolística. Não sei de onde tiram isso, eu achei tanto o HR-V quanto Renegade bonitos, estão um para o outro assim como Eco para Duster, um é mais moderno e outro mais off road.

      • Leandro1978

        Isso é fruto do atraso de pensamento de alguns. De forma semelhante, tem gente que pensa que determinado carro é de homossexual… Nunca esqueço quando fui conhecer o 206 e o vendedor me falou que era carro de mulher…

        • Vinicius

          Pois é, mas muita gente pensa assim mesmo. Eu compro o que me agrada ao volante e cabe no meu bolso.

  • Guest

    É um mercado bem complicado o nosso, antes o HR-V estava caro por causa do Jeep, e derrepente o Honda fica mais em conta diante do agora cobrado pelo Renegade. Mas acho certo só uma coisa, vai ter fila para os dois!!! E no fim das contas quem vai sair perdendo é Ecosport e Duster, e os doidos que vão pagar uma fortula pelos “carrões novos”!!!

    • Paulo Estevinho

      E no que não se paga uma fortuna hoje?
      Tá tudo caro!

  • Louis

    Realmente ficou bacaninha, a lanterna traseira LED dá um toque de requinte, só pecou no farol monoparábola. Mas particularmente eu iria de Civic.

  • junior

    Melhor do que eu esperava…

  • Doyle

    acho que o HR-V roubará mais os consumidores do Focus e Golf do que os do renegade e ecosport

  • Redpeak77

    Cadê o porta-copos retrátil que tem no HR-V lá de fora?

    • Andrew B.

      E partida no botão?

      • Chega_de_Ignorância

        E os LEDs diurnos?

        • Klebson Tinoco

          E o teto solar panorâmico?

          • Guilherme Eduardo

            Acho que esses itens ficaram para depois. Se as concorrentes (principalmente Ford) melhorar o preço ou os itens de seus carros (principalmente Ecosport), a Honda inclui esses itens.

            • Redpeak77

              É bem possível que alguns itens venham nos próximos anos, como partida no botão, LEDs diurnos, teto solar. Mas alguns itens, como o porta-copos retrátil, acredito que nunca virão por pura economia.
              O fabricante basicamente corta algumas coisas que, na opinião ou baseado nos estudos dele, “não façam falta” para o consumidor. O custo de produção e projeto de um porta-copos retrátil é muito maior do que a boa impressão que o mesmo vai causar.
              Infelizmente isso ocorre com mercados ainda não maduros.

              • André Flandres

                Ou com mercados que nunca amadurecem e provavelmente nunca amadurecerão.

  • Vattt

    O bom foi que esse carro manteve o sistema dos bancos ULT!!! Muito bom isso pra quem precisa de espaço.

  • DGA

    O acerto “na medida” mostra o porquê da Honda ter seus fãs cativos. Toyota idem! São caros, mas satisfazem bem mais seus proprietários do que outras marcas com produtos similares.

  • gveralonso

    Pelo menos não colocaram aquele velocímetro dos Fits mais básicos, pq é bem feio.

  • Gustavo73

    Como já foi dito, tem endereço certo. E twm qualidades para isso, mesmo pecando em alguns pontos.
    Fico feliz da Honda estar esperando 5 estrelas no HR-V, não foi a toa que ela colocou o esp que ano que vem será obrigatório para atingir tal marca. Espero que Fit, Civic e City alcancem os mesmos números.

    • Leandro1978

      E ganhem o esp em todas as versões e que esp não signifique espelho elétrico…rs…

  • Charlis

    Essa solução de couro no painel, parece ser muito interessante hein…
    Não se tem como comparar, mas o painel do Camaro tem algo parecido, e me agradou muito.
    O desempenho só dirigindo pra saber, o quão lento está, mas se pelo menos o consumo passou fácil dos 10km/l, já é uma boa noticia.
    No demais, este carro só me agradou até agora…!

  • Guest

    ecosport despencando nas vendas em 3, 2, 1…
    duster eu nem cito pois está em uma linha a bqixo de preços…
    renegade vai ter muito trabalho diante desse honda
    creio que o ranking será o seguinte:
    1° HR-V
    2° Duster
    3° Renegade
    4° Ecosport

    se a Ford quiser reagir terá que:
    melhorar muito o acabamento
    colocar os motores so focus
    aumentar a lista de equipamentos nas versões de entrada
    e fazer um facelift que fique bonito (um mini-novo edge)

    • Chega_de_Ignorância

      Eu acho que a Ford vai fazer promoções pra conseguir se manter bem com o EcoSport

    • Fábio

      Eu não acredito em seu ranking. O mesmo era esperado para o segmento dos hachts médios qdo o golf se renovou. O que aconteceu foi a ford mudar sua forma de vendas e incluir mais acessórios para o focus. O resultado é que o golf até hoje está em terceiro e o focus continua em primeiro. Creio no mesmo efeito para a Ecosporte, o que é bom para o consumidor. Viva a concorrência!

      • Gabriel

        O caso do Focus/Golf não se aplica muito, a versão mais barata do Golf é um bocado mais cara do que a versão mais pelada do Focus. Quando começar a fabricação nacional e provavelmente uma versão mais simples do Golf é que realmente saberemos a preferência dos consumidores.

        • Fábio

          Não se iluda. O Golf não vai ficar mais barato se for montado aqui. Ele só fica mais barato se a VW capar ele, tirando itens que só os consumidores mais criteriosos dão valor. Como exemplo colocam um freio a tambor nas rodas de trás, calotas, suspensão mais barata, retiram a luz do porta luvas, usa chave comum de carro popular, essas coisas. E para mim um carro capado não é um mesmo carro, ele não barateou, se tornou outro carro (pior).

          • Gabriel

            Você não entendeu, não to dizendo que o Golf vai ficar mais barato. O que deve acontecer é aparecer uma versão Trendline com motor 1.6 e algumas outras economias como as que vc citou, que o equiparam ao Focus 1.6 S em preço e equipamentos.

      • Robinho

        concordo

    • Fábio Henrique

      Em um primeiro momento não, até mesmo pq vão focar as vendas primeiro na cara versão top, o que dá volume mesmo são os mais baratos, principalmente nessa categoria.

      • José Eduardo D’Acampora Guazzi

        Dai que eu não sei pois vejo muito mais Corolla XEi que o GLi. Acredito que o povo que já esta pagando caro prefere pagar um pouco a mais na parcela e levar mais itens.

    • Robinho

      Eu ja acho que será assim…
      1° HR-V
      2° Ecosport
      3° Duster
      4° Renegade

      • Doccar

        Idem… Depois q a Fiat cair na real e ver que o Renegade não será a salvação da lavoura, acredito q outros modelos de origem pernambucana surgirão rapidamente, a princípio a picape média.

        • Robinho

          eu acho que a marca Jeep ainda não é bem vista no Brasil, e quando souberam que se trata de um Fiat pior ainda, a Fiat até tenta, e merece pontos por isso, mas não consegue sucesso fora da linha Uno/Palio e Punto…minha opnião…

      • Como eu sempre digo, o Duster tem um público cativo diferente, que era o mesmo do TR4 e certamente boa parte dos que comprarão Renegade, todavia, o Renault tem uma excelente política de vendas diretas, assim como a montadora tem uma excelente política para licitações. Acredito mesmo que o HR-V pode chegar a liderança se não subir muito, mas irá abocanhar participação do Ecosport, não do Duster, que já por estar bem próximo de participação do modelo da americana, deverá se manter em segundo ou até mesmo alçar a primeira posição.

    • Lucas Gomes

      1º HR-V
      2ºDuster
      3ºEcoSpot
      4ºRenegade
      5ºTracker

  • Vinicius

    A Honda espera vender 40 unidades da versão de entrada por mês? Era melhor não lançar.

    • Matheus Lelis

      40 unidades com um lucro gigantesco, nada mal.

  • Higo Belchior

    Fiquei surpreso positivamente com este carro. Eu tinha outro pensamento antes da avaliação em vídeo (outra reportagem aqui no NA).
    HRV e Renagade deverão ser lideres de vendas. Torço por isso.

  • edgar__rj

    NÃO SEI SABE… Sei lá !!! Acho que eu iria de Uma tr4 seminova ou até mesmo um Jimny…

    • Gustavo Cruz

      Vc fumou uma, só pode…. TR4? Jimny? Proposta TOTALMENTE diferente….

      • Louis

        Cara, nem tanto. Na essência, TR4 foi feito pra barro, mas tem muito TR4 andando por aí que nunca pisou em terra.

        • Bruno Wendel Marcolino

          isso é verdade, eu teria um tranquilo, acho muito melhor que Ecosport por exemplo. Mas gosto é gosto né.

          • TukhMd

            Se for para andar em cidade ou estrada asfaltada ‘normal’ – mesmo nos padrões bananenses – o Ecosport é melhor. Mais confortável, com mais equipamentos e mais moderno.

            • Bruno Wendel Marcolino

              isso se fosse só pro motorista, experimente levar um pessoa de carona no banco de trás, todo conforto vai por água abaixo tornando a TR4 muito mais confortável. Tem que pensar que conforto não é sem motorista e a Ecosport é o carro menos lógico a se comprar no mercado.

              Quer espaço interno? Fora Ecosport

              Quer porta malas? Fora Ecosport

              Concordo contigo que é um projeto moderno e tem vários itens tecnológicos muito bons, mas conforto não é o ponto forte, com certeza.

              • João Pedro

                cara.. vc ja andou numa TR4?

              • Gustavo73

                Cara a TR4 e tão apertada quanto a Ecosport no banco traseiro e no porta-malas.

              • Clayton Martins

                O colega deve estar confundindo o TR4 com um CRV. Se tivesse, ao menos uma vez na vida, entrado em um TR4, não precisaria fazer um comentário tão sem noção.
                Todo mundo que conhece o carro sabe que o TR4 é tão espaçoso quanto um Eco, mas muito mais desconfortável.

                • André Flandres

                  Será que ele não está confundindo com a RAV4?

        • Gustavo Cruz

          O fato de ter gente andando com ela na cidade não quer dizer que é a proposta do carro.

          O que tem de gente andando de Hilux e L200 na cidade e nunca viu terra é mato… Mas brasileiro adora um “altinho”

      • edgar__rj

        Boa noite @gustavo Cruz

        Posso lhe afirmar, não fumei uma , nem hoje e raramente fumo uma… Mas meu pensamento foi equivocado mesmo… Quiz dizer, meio que estranhamente que: Ao invés de comprar este carro , que não assim um avanço tecnológico, compraria um carro de um gosto meu, que tenho vontade de ter… Só que esqueço que nem todos aqui se conhecem , então não entenderiam…
        Talvez se vc tivesse fumado uma , e estivesse na onda do meu pensamento , entenderia.
        Abraços de Luz pra ti…

  • Chega_de_Ignorância

    Se não for líder, será em razão do ágio e da dificuldade de compra (falta de ofertas, rede de concessionárias etc).

  • Matheus Lelis

    Achei horrível essa saída de ar do passageiro, e o motor fraco para o carro, mas que ficou bonito e pelo visto seguro, isso sim.

    • Hiboria

      Pois é, a proposta do veículo é levar de A a B de forma confortável, bonito, econômico e seguro a um preço “acessível”. Vamos ver como o mercado vai aceitar!

      • Matheus Lelis

        se o ponto A-B for dentro da cidade está ótimo, mas e uma viagem mais longa? Acho que vai sofrer muito se cheio, mas dentro do nosso atual mercado, vai vender muito bem

        • Hiboria

          Assim, é um carro com 0-100 em 11 segundos, o Renegade faz em 12,1s, 12,9 KM/l na gasolina na estrada. É o motor do civic, só que com o CVT ficou manso, mas ainda acho uma boa aceleração para a proposta do carro.

          • Matheus Lelis

            Mas a maioria do povo, (inclusive eu), acha que carro tem que fazer 0-100 em menos de 10 s, tem que ter uma máxima la pros 200 a fora, mas que na verdade quase ninguém usa isso, não temos condições pra isso. Se o carro tem boa retomada, pra ultrapassagem, que é muito importante, está bom, porque nossas estradas não permitem andar muito acima de 120. Mas como a maioria gosta de passar todo mundo, esse motor nesse carro, não é pra isso.

            • Hiboria

              Eu também pensava assim, sempre lembro com saudade meu gol 1.8 que coloquei uma turbina em 99, mas agora tenho outra visão, tenho família, e agora penso mais em conforto, espaço e economia. Por isso que falei que para a proposta do carro, acredito que esteja bem colocado, melhor que Duster, Ecosport, Renegade… nesses requisitos. No mesmo custo. Na verdade cabe aqui a típica frase “Mais do mesmo”, diferenciando por ser mais bonitinho.

          • dallebu

            De onde saíram esses dados do Renegade?

            • Hiboria

              não sei se pode colocar a fonte aqui nos comentários, mas tem comparativo no carros na web, da uma olhada lá.

        • GPE

          Eu acho que o motor serve muito bem. Antes da “volta” dos motores 2.0 aos sedas médios, praticamente todos esses carros tinham desempenho de 0 a 100 na casa de 11,5s com câmbio AT de 4 marchas e ninguém achava os carros fracos.

  • dallebu

    Gostei do design e do acabamento, mas fiquei decepcionado com o relato do desempenho, e outra, sério que um carro que começa em 70.000 Reais tem o vão do motor sem pintura igual o Etios?? Clap

    • Franco da Silva

      e faltou foto do modelo com calotas!

      • Não tinha desse modelo no evento, como poderíamos fazer fotos? Na matéria anterior, detalhando versões e preços, tem.

        • Franco da Silva

          Com certeza, sei que, se tivesse vocês colocariam. Falei pela Honda, que vai querer esconder esse modelo de todo jeito.

  • Gustavo Cruz

    Só digo uma coisa:
    Vai vender igual pão quente na padaria….

  • Ramom Alencar

    ecosport despencando nas vendas em 3, 2, 1…
    duster eu nem cito pois está em uma linha a bqixo de preços…
    renegade vai ter muito trabalho diante desse honda
    creio que o ranking será o seguinte:
    1° HR-V
    2° Duster
    3° Renegade
    4° Ecosport

    se a Ford quiser reagir terá que:
    melhorar muito o acabamento
    colocar os motores so focus
    aumentar a lista de equipamentos nas versões de entrada
    e fazer um facelift que fique bonito (um mini-novo edge)

    • Gilberto Silva

      Você se esqueceu de colocar na sua lista, os Peugeot 2008, Chevrolet Tracker e Volkswagen Taigun.

      Acho que a briga será boa, só é uma pena não vermos nela nomes como o Renault Captur, Fiat 500 X, Nissan Juke, entre outros.

      E que modelos como BMW X1, Audi Q1, MB GLA, embora próximos em tamanho, sejam em valores tão distantes, as mesmas marcas em países europeus disputam terrenos com marcas menos “Premium” sem ter esse peso todo que têm aqui.

      Mas é a nossa realidade!

      Pena!

      • Bruno Wendel Marcolino

        A VW desistiu do Taigun, saiu matéria a alguns dias. E se fosse lançado, seria outra categoria, pois sera um Sub-SUV.

      • Ramom Alencar

        2008 e tracker eu concordo, mas taigun praticamente não existe…

      • Gustavo73

        X1 e GLA são médios e maiores que o HR-V. Q1 nem sabemos como será ainda. Taigun seria menor e subiu no telhado.

  • Gustavo73

    Será que o 1.5 earth dream não seria melhor que o 1.8 do Civic nele?

    • GPE

      Creio que não. Acho que o torque do 1.8 é maior (além da potência tbm). E esse 1.8 não é bebedor

      • Gustavo73

        Se o foco é economia acho que seria melhor. Sem perder no desempenho.

        • GPE

          Já saiu a etiquetagem do inmetro?

          • Gustavo73

            Sim.

    • O 1.8 já tá abaixo do necessário, bota um 1.5 e o bicho se arrasta.

      • Gustavo73

        Pelos valores pedidos aqui até pode ser Eber. Mas em boa parte do mundo ele vai usar o 1.5 de 132cv. Esse 1.8 não é ruim no Civic. O que será que torna ele insuficiente no HR-V? As rodas 17″provavelmente mais largas, o carro com um coeficiente aerodinâmico pior, o CVT ou tudo junto? Esperava algo melhor nesses números.

        • Gustavobrtt

          Programação da central, para consumir menos. Software.

  • Gabriel

    Chega a ser surpreendente a quantidade de equipamentos que a Honda colocou, bem ao contrário do que costuma oferecer.

  • Luan Moro Vargas

    Já to vendo duster e eco nas versões de mais de 70k encalharem. Hrv e renegade sao infinitamente superiores e com propostas mais interessantes. A honda fez certo ao amansar o 1.8, pois quem compra esse carro, quer conforto e economia, principalmente em grandes cidades onde desempenho não é item primordial. Vejo ele mais familiar, pelo espaço e praticidade…a o renegade é o contrário, esportivo offroad , quadrado…Por esses e outros motivos( esp de série nos 2) vejo eles como as melhores opções no segmento. Tracker diga adeus e duster e eco só com desconto nas versões básicas para convencerem.

  • V12 for life

    Ainda não me convenceu.

  • Antonio De Julio

    Enfim um carro sem a “pegada” aventureira, ou seja, EMBUSTEIRA!

  • Diogo Amorim

    Irônico, a música que tá rolando na central multimídia de um carro de R$ 88.700 é bem a realidade nacional:

    Não é nossa culpa
    Nascemos já com uma bênção
    Mas isso não é desculpa
    Pela má distribuição

    Com tanta riqueza por aí, onde é que está
    Cadê sua fração

    Até quando esperar?

    • Rodrigo

      Acho que a molecada não vai saber que música é essa!

    • André Flandres

      Tanta riqueza? Onde? Só se for no Estado roubalhão, que se prevalece justamente em cima dessa expectativa que muitos nutrem de “pegar” a sua fração sem fazer por onde, senão reclamando e exigindo da babá Estado, que por isso mesmo vai ficando cada vez maior e, portanto ,cada vez mais roubalhão.

  • Murilo Soares de O. Filho

    Se tivesse grana iria de Renegade Diesel 4×4.

  • Cidadão

    1% de vendas para a versão LX MT.
    Dá pra ver que essa versão é só pra dizer que o carro é a partir de R$ 69.900.
    Mas na prática só vai ter modelos acima de 80 mil nas concessionárias.

  • ALVIN_1982

    Gambiarra de Fit com motor CiviTech 1.8 e faróis monoparábola, Megacalotas (superou a VW) e preço nas alturas… Carro pra madame mostrar pra vizinha madame – Olha, meu carro novo! Lançamento!

    • Luan Moro Vargas

      Pelo menos possui esp(inadmissível não possuir), bom acabamento, boa construção e espaço. Coisa que duster tracker e eco nunca terão . Exceto eco q tem esp.

    • The Canadian

      Tem tudo pra ser líder do segmento, pelo que se nota também em outros sites ele vem para ser referência no segmento, é esperar para ver.
      Enquanto isso:

  • Nismo

    De série já apresenta equipamentos muito bons. Vai ser mt bom para o consumidor essa concorrência.

  • Mr. On The Road 77

    Pelo jeito, a LX manual é só pra constar: a partir de R$….. Acredito que simplesmente não será possível comprar um.

  • Renan

    “…pois a maioria dos consumidores desse tipo de carro vivem suas vidas nos centros urbanos e geralmente viajam para locais de fácil acesso.”

    “Fácil acesso” é uma coisa rara no Brasil. Moro numa rua asfaltada que vive destruindo a suspensão dos carros que vivem por aqui. Isso explica o gosto do brasileiro por carros “altos” ou que aparentam serem off-road de alguma forma.

  • “Eleva-se mais o giro e ganha-se apenas um pouco mais de performance, mas longe de propostas semelhantes em outros carros.”

    Quais outros carros o autor se refere? EcoSport e Duster 2.0? Não vejo tanta performance assim neles… Se esse consumo se confirmar, acho que tá ok, pois 10 km/l de Etanol é bom. Acredito que apesar das rodas de ferro na versão mais barata, a Honda acertou no segmento, vai dar trabalho pro Renegade.

    • Hiboria

      Concordo, achei bem interessante pela proposta do carro. Rodas escolhemos uma por fora depois kkkkkk.

      • dallebu

        Ainda mais considerando o ótimo cambio 6 marchas…

        • Hiboria

          Um cvt com marchas virtuais, só par desperdiçar eficiência e os “pilotos” se sentirem que são super demais kkkk. Espero que consiga um lugar ao sol, pois foi bem racional esse modelo.

  • João Carlos

    Não é a minha praia, mas se e pra ter um SUV, Crossover, ou sei lá que nome, melhor ficar com o original: Jeep.

  • Mauro Schramm

    Melhor opção do segmento, em minha humilde opinião: bom espaço para passageiros, bom acabamento, controle de estabilidade e auxílio de partida em rampa em todas as versões, distribuição equilibrada de equipamentos dentre as versões. E o preço, de maneira incrível para um Honda, ficou igual ao da concorrência.

  • Antonio F.

    O mal do brasileiro é comprar carro por impulso, pra ostentar p/ amigos, parentes e vizinhos, sem analisar suas reais necessidades, se precisa de um carro pra viagens e não abre mão de espaço e conforto vai de Honda HR-V, se quer um que encare além da cidade umas trilhas moderadas (praia ou sítio no final de semana) vai de Jeep Renegade, se quer um todo terreno pra encarar umas aventuras mais radicais vai de Suzuki Jimny ou até uma Land Rover Defender. Já vi gente que comprou Toyota Hilux e só usa pra levar os filhos na escola e fazer supermercado, aí fica brigando por vaga pra estacionar, é cada bestialidade deste povo.

    • André Flandres

      O mal do brasileiro é ter de viver no Brasil e se contentar com a mediocridade da “necessidade”, tendo de abdicar de seus sonhos e de seus impusloso emotivos para se limitar a uma “racionalidade” acachapante. Dá gosto de ir aos EUA e ver aquelas famílias pobres de lá estacionando seus SUVs gigantescos em vagas igualmente gigantescas de centros comerciais não menos gigantescos onde você pode comprar as coisas mais supérfluas – e gigantescas! – por um preço anão. Quando a gente entender o valor do trabalho de verdade e da livre iniciativa, vamos parar de invejar e patrulhar as compras dos nossos vizinhos e aí talvez possamos nos dar ao luxo de não ter de estacionar nossos carros mui racionais em vagas apertadas de supermercados que só vendem produtos caros e de péssima qualidade.

      • Antonio F.

        Perdeste rica oportunidade ao postar um comentário tão inútil e sem sentido, o mundo todo brigando por um consumismo mais responsável, por mobilidade urbana, cidades sustentáveis, construções “verdes”, carros elétricos, energia não poluente, ar puro, menos plástico nos oceanos, enfim, todos sonhando com um mundo melhor para as futuras gerações, e tu invejando os norte-americanos, o povo que mais polui o planeta (segundo estudos do próprio governo dos EUA) e os que mais sofrem com obesidade mórbida no mundo, simplesmente porque não há limite para a sanha consumista e mesquinha deles, que só se preocupam com o aqui e agora, e tu inveja um povo assim e me tira de invejoso. Haja burrice galopante numa pessoa só.

  • Ramom Alencar

    [OFF-TOPIC]
    propaganda aqui no NA
    75x? O.o

    • BillyTheKid

      Que negócio bom, hein? Quase 44 mil por um carro 1.0 que você receberá sabe-se lá quando…

  • zeuslinux

    Resumindo:

    – É um crossover/SUV compacto mas baixinho (1,58 m, apenas 5 cm a mais do que um Fit). O padrão nesse segmento são carros em torno de 1,70 m.

    – O desempenho é fraco, assim como a irmã maior da marca, a CR-V.

    – Só vão vender na prática as versões mais top, ou seja, carros com preços entre 80 e 90 mil, fora o ágio para os apressados fãs da marca. Eu comprei a Captiva em 2012 por esses preços…

    – O câmbio CVT geralmente tira o prazer de dirigir. Vamos ver se esse é mais para o estilo xoxo do Fit CVT ou se está mais para o novo CVT usado no Corolla, que tem um comportamento melhor segundo dizem.

    Se EU tivesse 90 mil reais para gastar hoje preferiria gastar isso num Jetta TSI do que numa HR-V, e olha que gosto de crossovers, tanto que tenho um !

    Só não vou criticar mais o carro porque gostei do design em geral, do ESP em todas as versões e da central multimídia com android. Mas é um carro que só vai agradar quem já gosta do Fit e é capaz de roubar muitas vendas tanto do Fit quando da CR-V. Manca por manca eu preferiria comprar um HR-V do que um CR-V.

    Acredito que o 2008 com motor THP vai ser muito melhor de dirigir do que o HR-V. Baixinho por baixinho, o Peugeot deve ter acabamento ainda mais luxuoso e, com motor THP, mais desempenho. O Ecosport 2.0 também deve andar mais do que esse HR-V.

    • Leandro1978

      Acho que o problema do desempenho é justamente o cambio. O manual (defenestrado) deve ser mais interessante de guiar. E mesmo nos valores abaixo, iria de sedan médio.

  • Malikoff

    A tocada esportiva não me interessa. Prezo o conforto, segurança e baixo consumo. E me atraio por umas belas curvas. Eu facin facin compraria um desses. Pena não ter o dindin…

    • Antonio F.

      Segundo a filosofia do Eike Batista “dindin é só um detalhe”…kkkkk

  • Robinho

    achei o painel muito feio.

  • Sérgio Niski Junior

    Na minha opinião o que vai mais se complicar com estes Suvs novos é o Duster que é de longe o mais defasado vai ter que ganhar no preço…

    • Lyn

      O duster é o que tem mais gordura para queimar.

  • André Maia

    Nossa que lindo carro. Será o meu próximo com certeza, eu estava sonhando com o IX25 mas ficou só no sonho mesmo.
    daqui dois ou três anos se nada melhor aparecer por lá.

  • Bruno Silva

    Nos testes da AE, o HR-V foi melhor que o Evoque a diesel em todas as situações de desempenho, frenagem (Honda freiou cerca de 25% melhor). Então, sei que não se compara diesel com gasolina, mas um carro de 70mil ir melhor em várias situações que um carro de 250mil é no mínimo de se esperar que vale a pena.

  • Giovanni

    O comprimento real da Ecosport é uns 4,00 m os outros 0,24 m(24 cm) são do estepe e tem 2,521 de entre eixo, já o HR-V são 4,29 de comprimento e 2,61 m de entre eixo….praticamente outra categoria….acho que se a ford não baixar ou a honda aumentar o seus preços, o HR-V em pouco tempo vai dominar a categoria….esperemos o Renegade.

  • BAYMAXX

    Carrão, quero um mas não tenho grana pra isso.

  • mpey

    Vou comprar o manual, ja que e para PNE, ia trocar meu c4 hatch por um lounge… mas por esse preco e itens, vou de hrv ex manual

  • Baetatrip

    Bem…..
    Nunca fui fa da Honda…..
    Acho motor bom….. Bem elastico…
    Mas o torque so aparece la 5500…6000rpm…..
    Em baixa…. Ela engatinha….
    Como no meu caso… Prefiro torque a 1800rpm (Como no caso do TSI)… Tem muito em baixa e a alta….
    Quando viajei para Sul de MG….. Civic 1.8 EXL estava acompanhando o meu… Que e TIG….!
    Rodamos 550km…. Conclusao: Ele sofre muito em estrada….. Nao tem aquele seguranca… Ultrapassar la no alto giro……. Eu so dei pisadinha… Fui a 3000rpm e fui…. E olhei atras… Civic nao tem bom torque para ultrapassar….
    CRV… Nem se fala…. usa o motor do Civic 2.0 de 155cv (Povo acha que e possante!)…. E tao fraquinho na estrada que apelidei: Honda Paralistico… Nao Desenvolve… E carro para velho!
    Mas conforto e excelente e so….!
    Quando vejo um City na estrada….. Aquele motorzinho 1.5….. Me da uma raiva…..So tem velho na direcao.. Andando a 80…!

    • Chega_de_Ignorância

      Aprenda….A Escrever…..E a Respeitar…..Não é porque tem carro turbo…..Que os outros precisam andar……Acima do limite……E dê graças a Deus…..Se vc também chegar à velhice……..Com saúde………

      • Rodrigo

        Sem contar que para se fazer ultrapassagens SEGURAS, em qulaquer estrada que for, você não precisa de um motor de trocentos cavalos para fazê-lo.
        É só ter RESPONSABILIDADE que se faz ultrapassagens sem risco!
        Mesmo com um Fusquinha 1300!

        • aparecido silva

          verdade se der um fusca na maos desses caras eles morrem, nao sabem dirigir

  • CanalhaRS

    Parece ser um bom produto, com bom acabamento e desempenho razoável. Dificil é esse preço por um Fit melhorado.

  • Freaky Boss

    Pagar 88mil para ter 4 airbags , é ruim !!!!
    PAra mim o airbag lateral passou a ser fundamental. De tudo o que consegui absorver lendo e discutindo sobre crash tests ou simulações , o impacto lateral é o mais fatal, e o airbag lateral ajuda muito. A Honda vem com conversa que tem barra lateral, etc. , o que ajuda sim, mas o airbag para mim é fundamental.
    E numa boa, por 88mil , vc junta uns 5 mil (5% a mais) e já começa a ter outras opções.
    Bom, respeito quem gostou, claro. Todos têm direito de ter suas opiniões e escolhas, mas como para mim só serviria a EXL , não gostei do preço! Tem outras opções melhores na minha visão. (pega um Focus hatch ou sedã por exemplo)

    • aparecido silva

      verdade o povo é facilmente enganado, analisa vendo a foto e os opcionais do exl e o preço do lx.

  • Roberto Portes

    Coitado da Tracker! Não oferece nenhuma sigla de segurança por quase o mesmo preço, só vai comprar quem gostar mesmo de GM e não troca ou não conhece nada de carro. A Honda também está dando um show na Toyota no quisito segurança. Um absurdo a RAV-4 não ter TCS e ESP, mesmo que seja só na versão top e a Honda está disponibilizando já na versão de entrada. Só não gostei da saída de ar do lado do passageiro, ao meu ver devia ser simétrico.

  • Rasec

    A chegada do HR-V ao mercado servirá de “estímulo” para a Ford e a Renault agilizarem melhorias no EcoSport e no Duster.

    De qualquer forma, pelo conjunto da obra, esse Honda deverá disputar a liderança no segmento dos SUVs compactos.

  • Giovanni

    O comprimento real do Ecosport é 4,00 m, os outros 0,24 m(24 cm) são do estepe e entre eixo de 2,521 m, já o HR-V o comprimento são 4,294 m e entre eixo de 2,610 m….praticamente outra categoria.

  • Rodrigo

    Chora Tracker… GM: se vc realmente quer fazer frente ao HR-V trate de colocar o ESP e os seis airbags de série, do contrário será outro Sonic da vida.
    Aproveite e traga também a versão turbo AWD.

    • Wally

      Os dois crossovers de mentira mais baixinhos do mercado..

      O tracker é ainda pior 15,7 cm de altura livre do solo. Menos que o Tiida hatch que tinha 16 cm.

      O HR-V tem 18cm.

      ASX e Ecosport 20 cm.

      Duster 21cm.

      Jeep Renegade 22cm (Na Trailhawk) e 18cm nas demais.

      Enfim, HR-V é bem equipado, mas só pode falar “chupa” para o tracker mesmo(que por sinal é muito cara para o que oferece). :)

      • Wagner Burton

        obrigado por me poupar o trabalho de procurar a altura livre de todos esses carros!

      • Daniel Ferreira

        Foi isso que eu percebi ao ver o HR-V pessoalmente. Tão baixo que me pareceu mais uma perua! E eu achei o preço bem absurdo também. Quando reclamo do fato de que a versão de entrada manual (70k) não vir nem com faróis de neblina, sempre recebo a resposta de que essa versão quase não vai vender, que a menor no mix de vendas etc. Ou seja, versão do HR-V “decente” só a partir de 80k (manual ainda). Não faz o menor sentido! Será que só eu acho mais interessante um Golf Comfortline + pacote elegance por 78k, também manual?

        • Wally

          Na verdade, se todo mundo cair a ficha comprariam Hatches e sedãs médios ao invés de SUVs, que não passam de hatches com acabamento ruim, suspensão elevada e preço nas alturas.

  • Augusto

    Podia ter um motor mais potente e um conjunto de faróis de LED/Xenon (mesmo que fosse opcional)

  • Wally

    Falta desempenho?? Estão enganados, esse carro foi testado e fez 0-100 em 10,5s com cambio CVT é um excelente numero. Carro bem esperto.

    Agora sabe porque isso?? Porque esse carro é muito leve, como já foi falado, esse carro é apenas um hatch médio altinho, derivado de um hatch pequeno(FIT), tem apenas 1250kg. Para se ter ideia um Cruze hatch tem 1400kg.

    • aparecido silva

      mais ou menos altinho, é da mesma altura de uma weekend trekking, 12 cm mais baixo de uma idea e 6cm mais baixo que uma weekend adventure

  • DougSampaNA

    pena o civic 1.8 AT não ser cvt, já que o foco é economia..

  • Rosi Mara

    Carro bonito, acabamento parece ser bom.. Mas deveria custar no máximo R$40 mil!!! NO MÁXIMOOOO

  • Bruno

    Quer dizer que até o HR-V tem freio de estacionamento eletrônico e a dona VW retirou do seu, baratíssimo. Golf?
    Brincadeira viu!

  • Sergio Vilaça

    Opinião do Proprietário (RJ):

    Comprei o HR-V versão EX prata por R$ 81.600,00 tenho 40 anos moro no Rio de Janeiro zona sul, Sou casado tenho uma filha de 5 anos. O carro é bonito, seguro e confortável.

    Preços:
    – Seguro = R$ 2.400
    – Acessórios = R$ 2.000 – protetor de cárter, película, tapete, protetor de borracha dianteiro e traseiro e friso lateral na cor do carro.

    Devo receber o veiculo no final da próxima semana, irei postar mais informações (desempenho-torque, consumo)..

    • Walter Augusto

      Protetor de carter ? Fogo né…..mais de 80k no carro e não vem protetor….tapete…..afff….

  • Eufrasio Mota

    Chassis do Honda Fit, Eixo de torção na traseira, por R$ 88K? Passo…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Send this to a friend